Você está na página 1de 9

O Fim do Alzheimer – Resumo do livro de Dale Bredessen

- Medicamentos atuais não revertem o Alzheimer, apenas retardam. Estudos sugeriam que os BA (Beta Amilóides)
fossem os causadores do Alzheimer, porém o combate à formação destes BA não interferiu na evolução da doença
- Memantina (Namenda) e Donezepil (Aricept) não interferem na história natural da doença, somente retardam a
evolução

- A primeira descoberta relevante em décadas - São três doenças distintas com os mesmos sintomas:
- Inflamação/Infecção
- Falta de nutrientes/Hormônios e outras substâncias
- Tóxicos ambientais

- Beta Amilóide é mecanismo de defesa que “dá pane” após muitos anos de insultos ao cérebro:
- Dieta inflamatória
- Inatividade física
- Estresse e falta de sono
- Infecções (aparentes e não aparentes)
- Tóxicos ambientais (metais tóxicos, metais pesados, plásticos)

- Como “ganhar” um Alzheimer:


- Comer e beber alimentos açucarados e industrializados
- Ficar gordo e sedentário
- Comer bastante glúten, leite e derivados
- Fast food
- Fumar
- Ficar bastante estressado
- Não dormir direito
- Excesso de Ômega 6

- Como evitar um Alzheimer:


- Alimentos orgânicos
- Atividade física
- Boa higiene oral (focos dentários)
- Cortar glúten, leite e derivados
- Nutracêuticos
- Higiene do sono, controle do estresse, terapias mente e corpo
- Remover metais tóxicos
- Otimizar vitamina D3 e hormônios com modulação responsável

- A chave do “suicídio” celular


- Neurônios tem receptores que sinalizam a célula se ela deve se suicidar (apoptose) ou não
- Em muitas situações a apoptose é muito beneficial ao organismo
- No caso dos neurônios a Beta Amiloide bloqueia sinais tróficos (que evitam a morte celular) obrigando o
neurônio a morrer

- Precursor do BA – a APP – tem papel fundamental


- Como resultado de uma dieta inflamatória, falta de vitaminas do complexo B, D3, dentre outros fatores, a
proteína principal APP se “quebra” em quatro proteínas diferentes, dentre elas a Beta Amiloide. E essas quatro
proteínas inflamatórias vão bloquear esses sinais tróficos (sinais que permitem o neurônio se regenerar), então esses
sinais tróficos quebrados, vão dar ordens para as células (neurônios) se suicidarem. Vai ocasionar morte neuronal
por excesso de Beta Amiloide.

- A dupla do bem e o quarteto do mal – derivados do APP

- Dupla do bem – leva à formação de mais sinapses (conexões entre os neurônios)


- sAPPalfa
- alfaCTF

- Quarteto do mal – leva ao suicídio de neurônios e destruição de sinapses


- aAPPbeta
- Beta amiloide
- Jcasp
- C31

- Alzheimer genética:

- APOE2 – Sem risco de Alzheimer


- APOE3 – Pode ou não ter Alzheimer
- APOE4 – Maior risco de Alzheimer
- APOE4 – Homozigoto – Alzheimer antes dos 60 anos 16x mais

- O famigerado APOE4
- Bloqueia genes antiinflamatórios
- Amplia a NF-Kappa Beta (proteína inflamatória)

- Os tipos de Alzheimer

- Tipo 1: Inflamatório – Uma ou mais cópias dos APOE4


- Chance mais alta do AD (2 cópias – acima de 50%)
- Desenvolvimento mais precoce do Alzheimer

- Tipo 2: Atrófico – APOE4


- Início mais tardio
- Déficit hormonal e de Vitamina D3

- Glicotóxico (Mistura entre o Inflamatório e o Atrófico)


- Resistência à Insulina

- Tipo 3: Tóxico
- APOE3 - Associado a baixo nível de zinco e metais tóxicos
- Não familiar
- Jovens – a partir dos 47 anos
- Menos responsivo a tratamento

- O desequilíbrio no APP
- Estrogênio
- Testosterona
- Estradiol
- Hormônios Tireoidianos
- Insulina
- NF-Kappa Beta (Substância inflamatória que regula o APP)
- SirT1
- 36 fatores afetam o APP

- Checkup a partir dos 45 anos


*Homocisteína
*Vitaminas B1, B6, B12, folato (Ácido Fólico), D3, E
*Insulina de jejum e curva glicoinsulinemica
*Marcadores de inflamação (Gama GT, Proteína C Reativa – Ultra Sensível, VHS)
*Perfil hormonal (sangue no início e depois saliva na modulação)
*Cu, Zn
O Fim do Alzheimer – Protocolo ReCODE

36 fatores relacionados à doença de Alzheimer


Não pode ser revertida apenas com remédios, são vários fatores para reverter a doença
Existem 3 tipos básicos de Alzheimer:
- Tipo Inflamatório
- Tipo Atrófico
- Tipo Tóxico

Como saber qual dos 3 tipos? Com os exames descritos logo abaixo.

Exames:

Checkup a partir dos 45 anos (não serve apenas para detectar possíveis riscos de Alzheimer, mas também para várias
outras doenças):

*Homocisteína
*Vitaminas B1, B6, B12, folato (Ácido Fólico), D3, E
*Insulina de jejum e curva glicoinsulinemica
*Marcadores de inflamação (Gama GT, Proteína C Reativa – Ultra Sensível, VHS, também pode-se checar outros
marcadores, mas estes 3 são os principais)
* Vitamina D3
*Perfil hormonal (sangue no início e depois saliva na modulação) - Pregnenolona, Cortisol, Progesterona, Estradiol,
Estriol, Istrona
*Cu, Zn ( Cobre acima do normal vai trazer uma toxidade relativa do cobre - quelação com vitamina C para
normalizar níveis)
*Magnésio intraeritrocitário (medição do magnésio não através do sangue e sim através da massa intraeritrocitária –
geralmente os convênios não cobrem este exame)
*Selênio e glutationa (selênio interessante medir dentro da hemácia – selênio co-fator importante para várias
enzimas antioxidantes, também para a tireóide. Glutationa uma das principais enzimas antioxidantes do sangue.
Níveis baixos destas substâncias aumenta os fatores de risco para várias doenças, inclusive a de alzheimer)
*Mineralograma capilar ou salivar ou urinário (verificar a presença de metais tóxicos, intoxicação por mercúrio,
chumbo, cádmio, arsênio, alumínio, dentre outras substâncias que são fatores de risco para o Alzheimer e outras
doenças – verificar também fator local, focos de contaminação). Neste exame primeiro é dado para tomar um
“quelante” oral para tirar esses minerais dos ossos e dos tecidos, para ficarem disponíveis no sangue e para
aparecerem nos exames.
*Lipidograma avançado - além do exame do colesterol total em frações e triglicérides, geralmente pedido pelos
médicos, mas só este não basta (LDL oxidado – mede o número de partículas em tamanho pequeno e alta densidade,
que é o LDL que oxida muito mais facilmente, o colesterol não é o inimigo e sim as partículas de colesterol alterado,
que são as que se acumulam nas artérias - enviar sangue para os EUA – este exame não tem no Brasil)
*Avaliar leaky gut (permeabilidade do intestino) e Barreira Hemato Encefálica – é a barreira entre o cérebro e o
sangue, quando esta barreira está danificada o cérebro recebe mais toxinas e mais agentes infecciosos que podem
interferir na função cerebral (enviar sangue para os EUA – não tem no Brasil)
*Autoanticorpos – porque doenças autoimunes também são fatores de risco para doença de Alzheimer (enviar
sangue para os EUA – não tem no Brasil)
*Função mitocondrial (enviar sangue para os EUA – não tem no Brasil)
*Focos dentários (Infecções de tratamento de canal, foco de infecção ou restauração mal feita, procurar dentista
biológico para ver se não tem infecção à distância – existem estudos mostrando que infecções na boca tem a ver
com alzheimer e também com doenças da próstata - P. Gengivalis)
*Testes genéticos do APOE3 e APOE4
*Polisonografia se suspeita de apneia do sono – fator de risco para doença de alzheimer
*Fazer testes cognitivos: Minimental, Montreal, etc... para ver se precisa exames mais sofisticados de imagem do
cérebro (apresentar queda de cognição)
*Exames mais sofisticados de imagem (por exemplo Pet Scan Cérebro, Ressonância Nuclear Magnética do Cérebro –
com medição volumétrica de várias estruturas cerebrais para ver se tem atrofia do Hipocampo (estrutura cerebral
relacionada à memória), Eletro Encéfalo Grama, PET Scan amiloide e TAU PET Scan)
Programa ReCODE - Resumo do Livro de Dale Bredesen:

* Personalizado
* Raíz do problema
* Otimizar níveis destes exames no sangue, não só ficar na faixa normal - Exemplo do exame de Vitamina D3: Valor
aceitável pelos laboratórios e comunidade acadêmica no geral é entre 20 e 30. Porém deve-se levar em conta que
este valor é a média, não é o valor ótimo. Para chegar a esse resultado os laboratórios descartam os 5% indivíduos
mais baixos no exame e também descartam os 5% mais altos, tirando a média do restante. Para reverter o Alzheimer
não queremos valores médios e sim valores ótimos. Utilizar alimentação voltada para alcançar esses níveis e
suplementação vitamínica. Após suplementação vitamínica e hábitos de saúde em ordem, iniciar modulação
hormonal se necessário. (Objetivo não é ficar tratando os sintomas ou ficar remediando, é ir nas causas do problema
– São 36 causas diferentes)
* Drogas não são primeira linha
* Começar o mais cedo possível
* Health coach tem papel importante

- Homocisteína abaixo de 6 (dosar os níveis de Homocisteína no sangue – para os laboratórios a convenção, a média
é permitido entre 5 e 10, mas para evitar doenças cardiovasculares, avc, alzheimer, etc deve-se otimizar os níveis do
tratamento, manter sempre abaixo de 6)
- Proteína C Reativa abaixo de 0,5
- Gama GT abaixo de 15
- Vitamina D3 tem que estar entre 50 e 80 (laboratórios consideram aceitável ou normal de 20 a 30, porém são
valores insuficientes para manter a saúde, visto que a vitamina D3 tem influência em mais de 900 genes. Vitamina D3
abaixo dos níveis aceitáveis corre-se risco de desenvolver câncer, Alzheimer, síndromes psiquiátricas e neurológicas,
facilidade de ter depressão e doenças autoimunes)
- Perfil hormonal (quando começar a fazer modulação hormonal/controle hormonal com hormônios ‘bio-idênticos’
através da pele, a medição deve ser feita através da saliva, pois o exame através do sangue não vai dar um resultado
correto) - Pregnenolona, Cortisol, Progesterona, Estradiol, Estriol, Istrona
- Níveis baixos de Pregnenolona e DHEA podem causar um funcionamento cerebral inadequado, pois são hormônios
intracerebrais. Pregnenolona está relacionada à memória e DHEA também tem papel importante.
- Mulheres acima de 35 anos atenção quanto aos níveis de estrogênio/progesterona, progesterona baixa e muito
estrogênio em relação à progesterona, pode ter a síndrome de predominância estrogênica e ter distúrbios de sono.
Por isso é importante para algumas mulheres fazer a modulação da progesterona.
- Ver vídeo da modulação hormonal: mitos e equívocos. Não causa câncer, porém deve ser aplicado nas doses
corretas e não começar o tratamento sem antes corrigir toda a parte nutricional, de suplementação vitamínica, etc e
de saúde (link do vídeo no final do arquivo). Também atentar para o fato que deve ser aplicado um ‘bio idêntico’.

Dieta Ketoflex 12/3


Dieta Cetogênica baseada em vegetais, fibras e menos proteínas do que a cetogênica padrão
Pequenas quantidades de carne (Máximo 1 grama por Quilo/dia de proteína animal)
50 gramas de carboidratos por dia
12 horas de jejum entre o jantar e a refeição do dia seguinte
Jantar 3 horas no máximo antes de dormir
Melhora microbioma, leaky gut (impermeabilidade intestinal), insulina, melatonina (hormônio do sono), GH
(hormônio do reparo celular), reparo do sistema imune
Baseado em alimentos de índice glicêmico baixo (35 para baixo)
Frutas inteiras, sucos não (frutas de baixo índice glicêmico – frutas tropicais não devem ser utilizadas com muita
frequência)
Contra gluten e derivados do leite (alternativo leite de castanha)
Óleo de côco e MCT - Gene APOE4 evitar consumo de gorduras saturadas (David Perlmutter)
Utilizar óleo de côco no início do tratamento para entrar em cetose, depois continuar com azeite de oliva, óleo de
castanhas, óleo de linhaça, óleo de macadâmia...
Medir cetose por fita (comprar aparelho no Amazon.com) 0,5 à 4 por litro
Cortar carboidratos simples (comer batata-doce por exemplo ao invés de arroz, bata-inglesa, macarrão...)
Comer orgânicos e cortar processados (Tudo que tiver rótulo deve ser cortado dessa alimentação)
Evitar comer carnes de animais que foram alimentados com ração (Evitar comer salmão que foi criado em cativeiro e
carne de boi que foi alimentada com ração – alta dose de hormônios – ao invés de pasto)
Probióticos (bactérias boas do intestino, por exemplo kefir, kombucha, picles azedos, VSL-3 e manipulados),
Prebióticos (fibras) e enzimas digestivas (Procurar médico da medicina integrativa para receitar essas enzimas)

*Alimentos detox:
- Vegetais crucíferos: Couve-flor, brócolis, folha da mostarda, couve, couve de bruxelas, rabanetes...
- Wasabi, abacate, alcachofra, beterraba, dente-de-leão, alho, gengibre, limão, azeite de oliva (100% oliva), algas
marinhas...
- “Se a sua avó não reconhece como comida, não coma!”

Mínimo de 6 meses para resultado


Personalizada de acordo com resultado de exames
Nada mais é que aplicar medicina funcional e integrativa nos seus conceitos
(Talvez procurar médico da área de medicina funcional e integrativa)

* Combater EROS (Estresses Oxidativos, que algumas vezes constituem os radicais livres) e inflamação crônica:
- Vitaminas antioxidantes: A, D, E, K
- Ácido Alfalipóico (interessante para quem tem o fígado com problema, estresse oxidativo no fígado ou com gordura
no fígado, ou ainda se tiver ferretina no fígado)
- NAC (N Acetil Cisteína – Aminoácido mais importante da glutationa) ou fazer reposição da glutationa microssomal
diretamente (mais cara)
- B2, B3, Se (Selênio), Cu*(Cobre – verificar se não está em níveis elevados em relação ao Zinco), Zn (Zinco), Mn
(Manganês)
- Dieta Ketoflex – Ajuda a combater a inflamação e o estresse oxidativo (Radicais livres)

* Corrigir metilação (Se a Homocisteína estiver acima de 6):


- B6, B9, B12, TMG (Trimetilglicina ou betaína)

* Combater glicação:
Meta é Hemoglobina glicada pouco abaixo de 5
Insulina de jejum 4,5 para baixo
Insulina não pode subir mais de 10x na curva insulinêmica
Açúcar no sangue não pode passar de 150 (pré diabetes)
Não comer doces e produtos industrializados
Não comer farinhas processadas e refri
Sucos doces – cortar
Comer orgânico

* Magnésio (Fundamental para a saúde do cérebro)


Combinação de treonato (atravessa melhor a barreira hemato encefálica e vai ter níveis melhores no cérebro) e
dimalato (melhor para a mitocôndria). Consumir os dois tipos de Magnésio – Consumir através de suplementos
vitamínicos, pois no Brasil não tem Magnésio, devido ao fato de não possuir vulcões.

*Ômega 3
De boa qualidade, rico em DHA (ácido docosahexaenóico) Importante para a saúde do cérebro e do intestino.
Ômega 3 são anti inflamatórios enquanto Ômega 6 são pró inflamatórios. (Nível de Ômega 6 nunca deve estar maior
que de Ômega 3).

* Gorduras do sangue
- O que importa é HDL (acima de 40 em homens e acima de 50 em mulheres) e Triglicérides (não pode passar de 100)
- Na maioria dos casos normaliza ao comer orgânicos e cortar industrializados

* Metais Tóxicos:
Exposição ambiental: Evitar exposições a tintas, panelas de alumínio entre outras, garrafas e potes plásticos (evitar
condicionar alimentos em plásticos que tenham graduação de nº 3 ou maior)
Amálgamas dentários
Cuidado com arroz - Indícios de que o Arroz no Brasil e na Ásia está contaminado com Arsênico
Quelação oral ou Intra Venosa (eliminar metais tóxicos)

* Focos Dentários;
- NICO (Tipo de foco infeccioso no dente)
- Canais dentários que acumulou bactérias – Utilizar tratamento com Ozônio
- Extração de próteses de Zircônia (Utilizar Titânio)
* Cortar o glúten e derivados do leite (pesquisar sensibilidade alimentar)
* Combater autoimunidade
- Afastar alérgenos e protocolos específicos (Cícero e Coimbra);
* Evitar exposição a mofo e fungos
- Cuidado com aflatoxinas (amendoim)
- Evitar comer nozes e castanhas muito velhas
- Combater o mofo em casa (Síndrome do Edifício Doente - Alfa toxinas e Glio toxinas risco de Alzheimer)
- Circulação de ar
- Móveis com tratamento específico
- Dispositivos anti-umidade nos móveis (evitar mofo)
- Ficar mais tempo em ambientes externos
* Evitar Estatinas – Que são remédios para tratar colesterol alto (Coleste e mitocôndria) – evitar remédios
* Evitar Antibióticos (Mitocôndrias) – evitar remédios
* Evitar abuso de analgésicos e AINES (Mitoc) – evitar remédios

* Cuidado com cosméticos e produtos de higiene pessoal (shampoo, sabonetes, cremes, tintura para cabelo,
desodorantes, etc)
- Usar álcool iodado para combater o chulé, pois o talco tem alumínio em sua composição.
- Parabenos, chumbo e alumínio
- Usar orgânicos
* Plásticos e micro-ondas (utilizar prato de cerâmica)
* Manter gordura corporal dentro de níveis aceitáveis de acordo com sexo e idade (exame de bio-impedância)
* Gordura visceral (abaixo de 8%)
* Cintura (máximo 88cm mulhers – máximo 102 cm homens)
* Medicamentos problemáticos – Usar somente de fundamental
- Estatinas (omeprazol, prazóis etc..., calmantes e antidepressivos)
*Cuidar da digestão
- Cloridrato Betaína (se dificuldade digestão), enzimas digestivas
- Glutamina, metionina
- Quercetina, gama oryzanol
- Ômega 3

* Otimizar D3 (manter entre 50 e 80), manter Cortisol equilibrado (nem muito alto, nem muito baixo), Testosterona
(tanto em homens quanto em mulheres, tem que ser modulado de acordo, hormônio importante para o cérebro),
Progesterona (em mulheres) DHEA ( em mulheres, cuidado), Pregnenolona (manter equilibrado, é o hormônio que
ajuda a reter novas memórias);
- Tomar sol 15 a 30 min por dia
- Repor Vitamina D3 no sangue
- Cortisol é fundamental (Tem que estar equilibrado, pois muito baixo ou muito alto causa lesão no hipocampo e é
fator de risco para o Alzheimer tipo 3, que é o Alzheimer tipo tóxico)
- DHEA em mulheres – cuidado, usar doses baixas, pois o DHEA em mulheres pode ser convertido em Testosterona
- Mulher também tem Testosterona – repor microdoses
- Homens não precisam repor Estradiol, porque convertem a partir da Testosterona

*Higiene do sono (dormir num ambiente escuro, adequado ..., sem barulho, sem deixar o celular carregando próximo
devido às radiações eletromagnéticas)
*Melatonina (tomar se dificuldade em dormir)
* Exercício físicos 3x a 5x por semana - 45min a 60 min.
*Aeróbicos (corrida, caminhada) e Anaeróbicos (força)
*Controle do estresse
- Yoga, meditação, tai chi chuan, Lian kung, Qi kung...
- Cuidado com o café (não tomar após o meio dia – principalmente para quem metaboliza o café de forma mais
lenta)
*Treinamento cerebral (principalmente para pessoas idosas)
- Aprender coisas novas (exercitar o cérebro)
- Aprender sobre saúde
- Vídeo games (de leve, sem fazer uso excessivo, pouco tempo)
- Hobbies
- Treinamentos específicos online (games, puzzles, treinamentos cerebrais que ajudem a manter o cérebro ativo)

*Leaky gut (Intestino permeável)


- Retirar glúten, lácteos e alimentos que tenha hipersensibilidade
- Retirar alimentos industrializados
- Herbicidas/ Pesticidas – Só consumir alimentos orgânicos
- GMO – Retirar alimentos Geneticamente Modificados da alimentação
- Álcool
- Antibióticos e antiinflamatórios (somente se for extremamente necessário)
- Tutano (Bone Broth) – Comer o tutano do boi – ajuda na disbiose intestinal
- Colostro / glutamine – suplementos intestinais

* Nutracêuticos:
- B1, B5, B6, B9, B12, C, D, E (8), K2
- Resveratrol: Anti-oxidante
- NADH: ajuda na saúde do cérebro
- Alpha-GPC ($$$): precursor da Acetil Colina, ajuda na saúde do cérebro (é mais barato nos EUA – comprar na
internet)
- Acetil -L-Carnitina: ajuda no metabolismo dos açúcares
- Ubiquinol (forma ativa da enzima Q10): ajuda na saúde da mitocôndria
- PQQ: efeito anti-oxidante poderoso
- Ômega 3: Ômega 3 DHA, que age mais especificamente no cérebro
- Café verde (rico em Ácido Clorogênico): ajuda na saúde do cérebro
- Ashwagandha: Calmantes pro cérebro e ajudam a controlar o nível de cortisol
- Bacopa monnieri: Adoptógeno adrenal – modular os níveis de cortisol no organismo
- Rhodiola: Calmantes pro cérebro e ajudam a controlar o nível de cortisol
- Skull cap: Baixar níveis de glicemia
- Canela: Baixar níveis de glicemia
- Picolinato de Cromo/ALA – (Ácido Alfa Lipóico): Baixar níveis de glicemia, melhor queima do metabolismo
- Berberina: Baixar níveis de glicemia (quem tem altos níveis de açúcar no sangue)
- Curcumina: Açafrão da terra (ou açafrão da Índia) - ajuda na saúde do cérebro
- Colostro: Leite materno de origem humana ou animal gerado nas primeiras 72hs (Nova Zelândia vende um dos
melhores Colostro do mercado - Colostro de Búfalo) Ver também em farmácias de manipulação
- SPM Active: Antiinflamatório

Conclusões:
* Não deixe o bom virar inimigo do ótimo
* Quedas são normais. O negócio é cair e levantar.
* Enfiar o pé na jaca a cada 30 - 90 dias
* Fazer metade é melhor que nada
* Fazer 80% é melhor que a metade...
* Busque apoio nas redes sociais
* Estude o máximo que puder. Não perca tempo com bobagens: “Work hard, play hard”
FONTES BIBLIOGRÁFICAS:
https://www.youtube.com/watch?v=ok2uw7ISWNA O Fim do Alzheimer - Resumo do Livro de Dale Bredesen
https://www.youtube.com/watch?v=phDzhiGdLhk O Fim do Alzheimer – Protocolo ReCODE
https://www.youtube.com/watch?v=Ff6Mf3NWYlw como retirar o flúor da água
https://www.youtube.com/watch?v=sFlGu1gtXX0 como retirar o flúor da água, com manjericão santo (da Índia)
https://www.youtube.com/watch?v=lZVmZREgIUk Reverter o Alzheimer com óleo de coco - Dra Mary T Newport
https://www.youtube.com/watch?v=FNaOKL5SRl8 Mestre Dr Lair Ribeiro Alzheimer.
https://www.youtube.com/watch?v=v7sBmoMLGGE Taurina – o aminoácido campeão contra perdas de memória
https://www.youtube.com/watch?v=jU5j9pV6wls Conheça vários benefícios do açafrão da terra
https://www.youtube.com/watch?v=aiTtEZ3tPLU Modulação Hormonal - Parte 1
https://www.youtube.com/watch?v=40yifA7oEAY Modulação Hormonal - Parte 2
https://www.vix.com/pt/bdm/dieta/4244/substituir-arroz-por-quinoa-veja-beneficios-da-troca-para-dieta
http://luciliadiniz.com/a-ameaca-do-arsenico-no-arroz/ A ameaça do arsênico no arroz
https://www.bbc.com/portuguese/brasil-39288151 Brasileiros precisam se preocupar com arsênio no arroz?
https://www.greenme.com.br/alimentar-se/alimentacao/5009-arroz-com-arsenico-brasil-preocupado
https://www.youtube.com/watch?v=OhS_fmkRqOs Deixei de comer arroz integral! 🍚 Saiba porque!
https://www.youtube.com/watch?v=vhjaRQNfPHs como alcalinizar a sua água
https://www.youtube.com/watch?v=ZZywbbHJK4M carlos alcalinizando 20 lts água com teste ph
https://www.youtube.com/watch?v=oQDzqTQAIJk ÁGUA ALCALINA, Aprenda a Fazer Com o Sal Marinho!!! (Lair Ribeiro)
https://www.youtube.com/watch?v=DFmRmYvzzNg – uso do Iodo na suplementação
https://vimeo.com/137843753 Naltrexona (LDN) - Lair Ribeiro
https://www.jolivi.com.br/sua-saude-2/jogue-fora-seu-omeprazol/
https://melhorcomsaude.com.br/conhecia-essas-6-alternativas-naturais-ao-omeprazol/
https://www.youtube.com/watch?v=ttS1zPK_l5g Naltrexona de Baixas Dosagens
https://www2.uol.com.br/sciam/noticias/anestesia_geral_pode_provocar_demencia_.html

OUTRAS CONSIDERAÇÕES:

* Esterilização de frutas e verduras:


5 ml de Iodo a 2% para 1 litro de água.
Tem que ser recipiente de plástico (porque o iodo ‘quela’ as toxinas e pode grudar em outro tipo de recipiente)
Deixar 1 hora, coberto, em local escuro, depois é só lavar em água corrente que pode servir com casca e tudo.

* Purificação da Água (retirando flúor e cloro):


2 litros de água
1º Ferver – retira o cloro
2º Colocar 2 colheres (pequenas de café) de bicarbonato de sódio – alcaliniza a água
3º Passar no filtro de barro (de carvão ativado, de camadas) – retira parte do fluor
4º Colocar os 2 litros de água que saiu do filtro dentro de um recipiente com chumaço de coentro (ver quantidade e
ver também se pode ser manjericão santo), deixar por 1 hora. – o coentro absorve parte do fluor
5º Devolver a água para o filtro, sem o chumaço de coentro (o coentro tem que jogar fora) e filtrar de novo. – o filtro
retira o resto do flúor.
Agora a água está pronta para beber! Obs: O cloro sai com a fervura. O flúor não.

* Estratégia para diminuir o Arsênico do arroz:


Deixar o arroz de molho durante 24hs (elimina 80% do Arsênico)
O arroz integral possui muito mais arsênico que o arroz branco (Arsênico fica concentrado na casca do arroz)
Usar a proporção de 5 xícaras de água para 1 xícara de arroz para cozinhar, ao invés da tradicional 2 por 1

* Água alcalinizada (melhorar o ph da água):


Bicarbonato de sódio - 1 colher de sopa ou 10 gramas (ou 1 colher de café para 5 litros de água)
Cloreto de magnésio - 1 colher de sopa ou 10 gramas (ou 1 colher de café para 5 litros de água)
Sal rosa do Himalaia - 1 colher de sopa ou 10 gramas (ou 1 colher de café para 5 litros de água)
- Diluir os produtos em uma bombona de 20 litros de água.
- Importante: os produtos devem ser, PA. Que significa, puro para análise, tem nas farmácias.
- Beber 2 litros de água por dia
SUPLEMENTAÇÃO VITAMÍNICA:

- Vitamina D3
- Ômega 3 DHA
- Vitamina K2
- Cúrcuma
- Magnésio Dimalato
- Magnésio Treonato
- Lugol Iodo Inorgânico 5%
- Óleo de Côco (APOE4)
- MCT (APOE4)
- LDN 4,5mg* (Naltrexona em Baixa Dosagem: + imunidade: Câncer, HIV, Alzheimer - Farmácias de Manipulação)
- Uso de Probióticos (Intestino)
- Uso de Nutracêuticos
- Modulação hormonal responsável
- Tratamento de Quelação: Extração de metais pesados do cérebro e do organismo

OUTRAS CONSIDERAÇÕES:

- Jogar fora panelas de alumínio e teflon - Intoxicação metais pesados


- Comprar panelas de aço cirúrgico $$$ (aço 316 usado para fazer bisturis e ferramentas hospitalares) ou então de
cerâmica (Não pode ter metais tóxicos na pintura – chumbo, cádmio, etc)
- Panela de ferro - cuidar excesso de ferro no sangue ou no fígado
- Panelas de aço inox (aço 304) ainda soltam alguma coisa, apesar de ser menos (cuidar com o Cromo e Niquel)
- Panelas de vidro temperado (cuidado com choque térmico, risco de acidentes)
- Panelas de titânio $$$$$$$ (muito mais caras que as de aço cirúrgico)
- Parar de tomar Paracetamol (lesão no cérebro) – O Paracetamol, diferente do Ibuprofeno, não age no sintoma, ele
“corta” o sinal da dor no cérebro
- Cuidados com anestesia geral - Experimentos recentes em animais e com células humanas mostram que a anestesia
pode aumentar o acúmulo de proteínas atualmente consideradas subjacentes à doença de Alzheimer, especialmente
se a substância for ministrada em doses elevadas.
- Parar de tomar Omeprazol (medicamento problemático) – substituto natural (Bicarbonato de Sódio por exemplo)
- Faxina em casa para eliminar focos de mofo, fungos e bactérias (principalmente no quarto do casal)
- Cultivar os próprios alimentos

Você também pode gostar