Você está na página 1de 20

Desintoxicação é uma forma de cura

Victoria Boutenko

Por Victoria Boutenko

Quando comemos alimentos cozidos pela primeira vez, quando ainda bebês, a primeira camada de muco é

criada no nosso organismo.

Uma parte do muco é formada como um filamento ao longo do aparelho digestivo, enquanto o restante fica

acumulado num lugar mais conveniente, os pulmões. Esse muco não pode ficar nos pulmões permanentemente,

então, eles usam um mecanismo similar à peristalse, para se livrar do muco. É como milhões de pequenos

dedos na sua superfície, que trabalham como um cinto móvel fazendo a limpeza. Este mecanismo leva porções

do muco dos pulmões até o nariz: é quando vemos os bebês com o nariz escorrendo.

Quando alimentamos um bebê com alimentos que formam muco, o bebê tem corisa o tempo todo. É o seu

corpinho tentando expulsar o muco. É a natureza agindo. Todo excesso do muco seria evacuado através do

nariz do bebê e os pulmões ficariam limpos, se deixássemos que isso acontecesse.

Porém, o que é que nós fazemos quando vemos o nariz do nosso bebê escorrendo? A reação típica é, “oh! meu

bebê está com coriza. A pele em volta do narizinho dele está tão irritada. Tenho que fazer alguma coisa. Vou

levá-lo ao médico”.

O médico prescreve umas gôtas nasais. Nos sentimos bem porque fizemos o que pudemos para ajudar nosso

bebê. Infelizmente essas gôtas não são necessárias, pelo contrário, são prejudiciais. O bebê não tem nenhuma

deficiência no nariz. Essas gôtas são tóxicas. São tão tóxicas que o corpo pára de expulsar o muco dos pulmões

e se concentra em expulsar as toxinas das gôtas nasais. O nariz pára de escorrer e o muco volta para os

pulmões. Olhamos para o nosso bebê e dizemos: “Sim, o remédio funcionou. Meu bebê está bem agora.”

O que não sabemos é que o nariz parou de escorrer porque o organismo concentrou energia para eliminar as

toxinas das gôtas. E que o nariz vermelho escorrendo não é tão perigoso quanto os pulmões cheios de muco e

os efeitos das toxinas das gôtas no corpo.

Com o tempo, as camadas de muco vão se tornando mais densas. Aí, cerca de 3 meses depois, o nariz do

bebê começa a escorrer novamente. O que nós fazemos? Nós pensamos, “está com coriza, é melhor ligar para

o médico”. Levamos o bebê de volta ao médico que prescreve umas gôtas mais fortes, porque dessa vez a

quantidade de secreção é maior e mais concentrada e faz as amídalas ficarem inflamadas. A secreção também

provoca rouquidão, porque percorre a traquéia, cobrindo as cordas vocais. O medicamento mais forte,

geralmente um antibiótico, é tão tóxico que o corpo pára de se desintoxicar e passa a se concentrar nos danos

dos remédios e antibiótico. Aí, o bebê não vai ficar doente por algum tempo, até que o corpo recupere a energia

necessária e continue seu esforço para se desintoxicar.

Para acelerar a liberação das toxinas o corpo cria a febre. Febre não é simplesmente uma elevação da

temperatura, e sim um complexo processo que requer tempo e energia para realizar o seu trabalho.

Para criar a febre, o corpo tem que trabalhar muito. O coração tem que bombear 20 a 30 vezes a mais sangue

que o normal. Todas as glândulas hormonais performam um trabalho extra. É por isso que sentimos moleza no
corpo. Para preservar a energia usada na digestão dos alimentos, o corpo cria a falta de apetite. A língua é

revestida por uma camada de muco para que se perca o paladar; o nariz é congestionado para não sermos

tentados pelo cheiro da comida; as amídalas ficam inflamadas para ficar difícil engolir qualquer coisa. O corpo

precisa do jejum nesse momento, por isso se utiliza desses artifícios.

O que acontece quando o corpo tem febre? Ele entra no processo de transpiração para que o muco saia através

dos poros. Você se lembra daquele suor pegajoso e com um odor típico que acontece durante uma febre alta? A

febre ajuda o muco a ficar mais fino e mais fácil de ser expelido. É quando o nariz começa a escorrer.

Infelizmente o que as pessoas fazem nessa hora é tomar aspirina. Para que tomar aspirina? Não temos

deficiência de aspirina. Temos que ficar na cama porque nos sentimos fracos. A reação do corpo contra a

aspirina é que provoca a fraqueza, e não a febre em si.

Para piorar a situação, quando nos sentimos fracos, comemos alimentos pesados, como sopa de frango, por

exemplo. Não temos apetite. Nosso corpo está dizendo, “Não coma!” E ainda assim, pensamos que precisamos

comer para nos recuperar mais rápido. Eu costumava agir assim com meus filhos. Eu dizia, “tome um pouco de

sopa de frango, você precisa se alimentar para ficar bom logo”, ou então, fazia eles comerem algo que tivesse

bastante calorias. Em reação ao ato de comer, na fase em que não devemos comer, o corpo ainda usa um

último recurso que é o vômito. É como se estivesse dizendo “Não, não é isso. O que eu preciso é recuperar toda

a minha energia para me curar”.

Se comemos quando o corpo está na fase do “não comer” o sangue tem que agir no estômago para processar a

sopa de frango, usando a energia que era necessária ao processo de desintoxicação e cura.

O problema está em não cooperarmos com o nosso corpo. De não entendermos a sua linguagem.

A recuperação depois que usamos medicamentos, requer muita energia. Depois de uma crise dessas, a doença

pode desaparecer por um longo período, só que isso não quer dizer saúde e sim que o corpo não está tendo

energia para se desintoxicar. Ele precisa estocar mais energia para um outro processo de cura. Enquanto isso, o

muco nos pulmões vai aumentando. O muco fresco tem a cor clara. O mais velho é amarelo, verde, laranja

escuro ou marrom. Para eliminar esse denso muco, o corpo pode criar a pneumonia, num esforço heróico para

se purificar. Isso requer ainda mais energia do que no processo de febre. É quando nos sentimos muito

debilitados e a respiração fica difícil. Quando temos pneumonia, tomamos penicilina.

Isso faz parar a expulsão do muco e enfraquecer o corpo. Por muito tempo não vai haver desintoxicação, apenas

fracas tentativas, como pequenos resfriados de vez em quando.

O corpo continua a estocar o excesso de muco nos pulmões até restar apenas 1/3 disponível, e a essa altura os

pulmões dizem: “É demais. Preciso desse 1/3 para continuar respirando. Não posso viver com menos oxigênio

do que isso. Como um recurso, o corpo começa a se utilizar de uma camada embaixo da pele, primeiro

desenvolvendo uma irritação ou fazendo a pele ficar áspera. Depois, quando andamos, mesmo por pouco

tempo, começamos a suar e o muco começa a sair através dos poros. Esse muco é ácido e causa uma irritação.

Se você coloca umas gotas de limão na sua pele e esfrega, ela fica irritada e coça. Quando o muco ácido sai

através dos poros, sentimos essa mesma sensação. Chamamos isso de alergia.
Por que a alergia acontece? Porque temos uma grande quantidade de toxinas no nosso corpo. As pessoas

dizem: "isso acontece quando como frutas ácidas”. Os cítricos apenas dissolvem as toxinas, fazendo elas

passarem através da pele com mais rapidez. Sem dúvida, isso é bom para nós. Significa, na verdade,

que temos uma quantidade enorme de toxinas e que precisamos eliminá-las.

Algumas vezes acumulamos tanto muco que desenvolvemos uma condição de respiração forçada, com dispnéia,

que chamamos de asma. Não podemos respirar. Não temos oxigênio suficiente e fica difícil respirar porque

estamos cheios de secreção.

Há ainda um pequeno espaço entre os ossos do seio da face e a testa. O muco estocado aí, perto do cérebro,

causa dor de cabeça. É a chamada sinusite. Essa frequente congestão pode causar até tumores. Aquele espaço

não foi destinado a ser preenchido.

Podemos verificar quanto muco temos acumulado quando, por exemplo, damos uma corrida em volta do

quarteirão. Normalmente o nariz começa a escorrer. Quanto maior a quantidade de muco, mais secreção é

expelida pelo nariz.

Da mesma forma, se você puder correr respirando apenas pelo nariz, pode dizer que seus pulmões estão limpos.

Você já notou que os corredores de maratonas têm que cuspir quando estão participando de corridas? Eles

comem sua comida cozida, com grandes quantidades de calorias, como arroz e purê de batatas, que são

alimentos que formam muco, e pensam que estão fazendo uma dieta adequada. Conheço muitos crudívoros que

correm e nunca têm problema de secreção. Eles não precisam cuspir e podem respirar pelo nariz. Eles têm

oxigênio bastante para correr e ainda conversar ao mesmo tempo. Seus pulmões estão limpos.

Nosso corpo adora se purificar quando corremos. Somos animais destinados a pelo menos andar. Por isso é que

temos uma quantidade limitada de depósitos de muco. Fomos criados para nos mover. Nós temos esse

mecanismo. Quando estamos nos movendo e sacudindo, os pulmões começam a bombear e deslocar o muco

para ser excretado.

Porém, se não corremos e raramente fazemos caminhadas, como podemos esperar que o muco seja deslocado?

Em vez de ajudar o corpo na eliminação, interrompemos seu esforço e tomamos aspirina, quando temos coriza

ou febre.

O corpo tem que estar preparado para receber a febre. Quando somos capazes de produzir realmente uma boa

febre, devemos celebrar! Fique contente. O corpo se dedica a fazer de você uma pessoa saudável. Quando tiver

febre, faça a sua parte apenas ficando sem comer. O apetite desaparece porque o corpo precisa desse tempo

para se purificar; e volta naturalmente no tempo certo.

Quando eu era criança e tinha febre, nunca queria comer. Minha mãe sempre me dava leite quente e outras

coisas que eu rejeitava. Lembro que quando eu tirava o cobertor, minha mãe dizia: "se cubra, você não pode

tomar vento”. Minha mãe fazia o que ela achava que era o melhor para mim. Agora sabemos que o melhor a

fazer é ouvir o nosso corpo. Você pode se cobrir se sentir frio ou abrir as janelas se sentir calor. Faça o que seu

corpo tem vontade. Ele é claro com relação ao que quer.

Para ajudar o corpo no seu trabalho, você pode fazer compressas, alternar banhos frios e quentes, deitar numa
banheira.

Todos nós temos toxinas no corpo. Desintoxicar é o esforço que o corpo faz para se livrar das toxinas.

Desintoxicar é imprescindível para nos tornarmos saudáveis.

Quando trabalhei no Creative Health Institute (CHI), as pessoas que chegavam lá a procura de ajuda, ficavam

hospedadas por 2 a 6 semanas para se desintoxicar e aprender o estilo de vida crudívoro.

Para resolver seus problemas de saúde, primeiro elas eram instruídas a fazer 2 dias de dieta com sucos, depois

eram alimentadas com sucos de clorofila, grãos brotados e outros alimentos crus. Todos os dias elas se

encontravam com os instrutores para discutir os sintomas da desintoxicação, que são os eventos normais que

envolvem a cura.

Elas se queixavam de erupção da pele, dor de cabeça, diarréia, resfriado e fraqueza. Havia sempre uma

pessoa, em cada grupo, que não apresentava nenhum sintoma. Em vez de ser uma boa notícia, os instrutores

sabiam que não ter sintomas de desintoxicação é um sinal de alerta.

Não ter sintomas de desintoxicação significa que o organismo não tem reservas de energia para criar uma

situação de cura. Por isso é que desejo que vocês celebrem esses eventos. Quando adotamos a dieta crudívora,

imediatamente devolvemos ao corpo a energia que lhe é própria para se curar, e entramos no processo de

desintoxicação. Se isso não acontece, pode ser um sinal de algum problema. Por isso é bom estar alerta,

preparado para viver a reação de desintoxicação do organismo.

Mesmo que você tenha os sintomas de desintoxicação num dia inconveniente, no trabalho ou enquanto

participa de uma reunião ou numa viagem, não importa, seja grato. Se você tem sinais de desintoxicação, você

deve celebrar. Sinta-se feliz! Comemore!

Quais são os sintomas mais comuns de desintoxicação?

75% das pessoas que adotam o crudivorismo, experimentam uma rachadura e inflamação nos lábios. Isso

acontece porque a saliva se torna muito ácida, o que irrita os lábios e a gengiva. Os lábios ficam sensíveis e

irritados. Não adianta lavar ou usar nenhum creme. A única coisa a fazer é esperar que a saliva volte ao

normal. Quando você começa a dieta crudívora, seu corpo começa a se limpar liberando no sangue toda a

sujeira acumulada. Isso cria uma situação de acidez, temporária. Por isso é que quando fazemos jejum,

exalamos mau cheiro. Quando fazemos jejum ou mudamos nossa dieta de forma radical, nosso corpo cheira a

amônia.

Um outro sintoma de desintoxicação é a fraqueza. Muitas pessoas experimentam algumas horas de fraqueza na

primeira semana. De vez em quando nos sentimos tão fracos, de repente, porém essa sensação logo

desaparece e passamos a ter mais energia do que nunca. A fraqueza aparece quando o corpo usa esse tempo e

energia para limpar certos órgãos. De repente ele encontra um órgão que precisa ser trabalhado. Uma

mensagem é enviada ao centro de energia e ele diz, “ôpa, tem alguma coisa aqui. Preciso demorar um pouco

mais nesse local e usar energia extra.” É assim que o corpo trabalha.

Um outro sintoma é dor de cabeça. Se você comeu muito açúcar branco na sua vida, tomou muito café ou

sempre usava analgésico, provavelmente vai experimentar dores de cabeça. A dor de cabeça normalmente não
dura mais que dois ou três dias, mas parece insuportável. Para lhe ajudar a se sentir melhor, deite, descanse,

procure dormir, relaxe numa banheira de água quente ou faça uma lavagem intestinal. Pergunte a seu corpo “o

que é que você precisa?” E ouça.

Nosso corpo divide as toxinas em grupos. Um grupo é eliminado através dos ouvidos, um outro é facilmente

eliminado pelo nariz. Algumas toxinas só podem ser eliminadas através da pele, via suor. Quanto mais ácido o

suor, mais persistente será a irritação. O que fazer para aliviar essa irritação? Entre numa banheira de água

quente e transpire. Faça uma sauna. Quando fizer sauna, lembre-se de tomar banho depois para retirar do

corpo o suor ácido. Tenho observado pessoas entrarem numa sauna e depois sentarem do lado de fora para

secar. O corpo então, reabsorve as toxinas. Quando nossos poros estão fechados, a pele funciona como uma

esponja, absorvendo tudo de volta. Por isso devemos tomar uma boa ducha depois da sauna, para retirar o

suor e as toxinas. Água morna é melhor, porque os poros vão se abrir facilitando a saída das toxinas.

Uma outra forma de eliminação é a diarréia. Algumas pessoas têm diarréia, o que é muito bom. Certa vez rezei

para ter diarréia e não tive. Um amigo meu não queria ter diarréia e teve muitas vezes, por seis meses. Queria

ter diarréia porque eu tinha prolapso do cólon e soube que a diarréia faz o cólon se ajustar. Diarréia não é uma

coisa ruim e nem sempre é causada por bactéria. Diarréia é causada pelo corpo tentando se purificar.

Quando você tiver sintomas de desintoxicação, a primeira coisa a fazer é entrar em contato com alguém da

comunidade crudívora que tem mais experiência e que poderá lhe tirar algumas dúvidas. Esse contato é

importante porque por mais que eu tente explicar, as pessoas muitas vezes entram em pânico, e é preciso

estar confiante de que o caminho escolhido para ter saúde foi o caminho certo. Você pode ligar para um outro

crudívoro. É fundamental ter alguém que possa lhe dizer que você está bem e que tudo o que está sentindo é

normal no processo de cura.

Ao sentir um dos sintomas descritos, você deve levar em consideração fazer um jejum tomando apenas suco

durante 24 a 48 horas. O jejum vai acelerar o processo de desintoxicação. Leia livros sobre o assunto, antes de

decidir fazer jejum. Se você quiser fazer um jejum prolongado, vá a uma clínica especializada, que é a forma

mais segura.

Texto extraído do livro Os 12 passos do crudivorismo - Victoria Boutenko - que será brevemente publicado no

Brasil pela editora Alaúde.

Sucos, lanches e sopas


desintoxicantes

Tags: receitas sucos sopas lanches

Aproveite para praticar estas receitas em momentos onde a desintoxicação e o emagrecer

forem urgentes. Boa prática!

# SUCOS DESINTOXICANTES

Preparados idealmente no liquidificador, evitar colocar água nestes sucos, para não diluir o
coquetel de energia e vida que eles são. Importante: servir imediatamente após o preparo para evitar a

oxidação e a perda do poder terapêutico. Para coar use os coadores de tecidos especiais, também chamados de

panelas furadas.

Suco docinho: 2 maçãs picadas (sem sementes) + ½ xícara (chá) de hortelã (folhas e talos) + suco fresco de

1 limão médio + suco fresco de 1 laranja + 1 mão de semente de girassol germinado.

Bem laxante: 1 xícara (chá) de mamão formosa + 1 inhame cru médio picado + ½ xícara (chá) de poejo (ou

malva) + suco fresco de 1 limão médio + 1 ameixa preta sem caroço + 2 colheres (sopa) de semente de linhaça

previamente hidratada em 10 colheres (sopa) de água filtrada por 4-8 horas.

Bem refrescante e energético: 1 xícara (chá) de melancia picada (com as sementes fica mais digestivo) + ½

xícara (chá) de hortelã (folhas e talos) + suco fresco de 1 limão médio.

Nunca falha: 1 xícara (chá) de abacaxi picado + 1 inhame cru médio picado + ½ xícara de hortelã (ou menta

ou levante) + suco fresco de 1 limão médio + 1 colher (sopa) de semente de linhaça previamente hidratada em

10 colheres (sopa) de água filtrada por 4-8 horas.

Abacaxi vermelho: 1 xícara (chá) de abacaxi picado + 1 beterraba crua média picada + suco fresco de 1 limão

médio + folhas da beterraba + 1 mãos de semente de girassol germinado.

Exótico e muito curativo: 1 xícara (chá) de abóbora picada (ideal a japonesa) com casca e sementes + 1

xícara (chá) de abacaxi picado + suco fresco de 1 limão + 1 mãos de semente de girassol germinado.

Roto-rooter – limpa gorduras encrustradas: 1 xícara (chá) de mamão formosa picado + 1 xícara (chá) de

água de coco-verde + suco fresco de 1 limão médio + 2 ameixas sem caroço + 1 colher (sopa) de germe de

trigo + 1 colher (chá) de lecitina de soja.

# LANCHES DESINTOXICANTES – se consumidos com moderação, eles não engordam porque são

balanceados! Podem ser consumidos também como refeição matinal (30 minutos após toma dos sucos

desintoxicantes).

Mousse gelado alegria do verão: 1 xícara (chá) de manga bem madura, picada e gelada + 1 cenoura média

previamente picada e gelada + suco fresco de 1 limão + 3 castanhas do Pará previamente hidratadas por 4-8

horas. Bater tudo no liquidificador até virar uma mousse/sorvete.

Bananada de verão: 1 banana nanica inteira + 6-8 amêndoas previamente hidratadas por 4-8 horas + gotas

de limão e raspas da casca. Bater tudo no liquidificador e beber mastigando.

Vitamina cremosa de mamão: 1 copo de leite de linhaça + 1 fatia de mamão formosa + 2 colheres de sopa

de abacate + gotas de limão. Bater tudo e servir imediatamente.

Vitamina de colher: 1 banana + 2 colheres de sopa de abacate + 1 colher de sopa de germe de trigo + 1

colher de chá de farelo de aveia + 2 colheres (sopa) de semente de girassol germinado. Amasse e misture tudo

com um garfo.

Suco engana fome: 1 tomate orgânico - ½ pepino com casca orgânico - 1 talo de salsão - suco de 1 limão - ½
colher de chá de missô. Bata tudo no liquidificador e sirva no intervalo da manhã ou da tarde.

# SOPAS DESINTOXICANTES

Levanta a imunidade: 1 xícara de arroz integral bem cozido - 3 beterrabas médias cruas - 3 colheres de sopa

de tâmaras picadas - 3 colheres (sopa) de amendoim cru germinado (sem pele) - suco de 1 limão. Bata no

liquidificador com um pouco de água até virar um creme. Consuma por 3 vezes ao dia a quantidade desejada.

Nutre e limpa: cozinhe em 2 litros de água 3 cebolas médias, 6 talos de aipo com folhas e tudo, 2 alhos-poró

inteiros, 1 cabeça de alho miúdo ou 3-4 dentes graúdos. Deixe ferver por uns 40 minutos em fogo lento com a

panela tampada. Passe todos os sólidos pela peneira para separar as fibras e devolva a massa para a panela e

elimine o que não passou na peneira. Junte 3 xícaras de arroz integral pré-cozido e ferva por mais uns 10

minutos. Acrescente então as folhas rasgadas ou picadas de 1 maço de beterraba. Cozinhe por mais 1 minuto e

desligue. Tempere no prato com 1 colher de chá de missô e folhas frescas de hortelã ou salsa. Sirva no almoço e

jantar quantas xícaras desejar.

Sopa de centrífuga: 3 dentes de alho - 2 folhas de couve - 1 tomate grande (orgânico) - 2 talos de aipo.

Envolva os dentes de alho na folha de couve. Passe tudo pela centrífuga. Coloque numa panela, aqueça em fogo

brando. Não necessita ferver. Adicione gotas de molho shoyo ou uma pitada de missô e sirva imediatamente.

Estas receitas fazem parte do livro Alimentação Desintoxicante - Conceição Trucom - Ed. Alaúde

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a alimentação

natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autora e fonte.

Recomenda-se a leitura na íntegra do livro Alimentação Desintoxicante, o que possibilitará a prática desta

filosofia de vida com consciência e responsabilidade.

Sucos desintoxicantes - Bem Família - TV


Bandeirantes

Tags: receitas sucos

Programa Bem Família - Daniel Bork - TV Bandeirantes - dia 08.02.07

Estes sucos devem ser tomados em jejum e aguardar uns 30 minutos para

realizar a primeira refeição matinal. Ideal tomá-los também 20-30 minutos antes

das refeições principais (para emagrecer) ou nos intervalos das refeições

principais (para fortalecer o sistema imunológico e a vitalidade).

Bem Refrescante e Energético

Ingredientes: 1 xícara de melancia cortada em cubos (com as sementes) + 1/2 xícara de folhas e talos de

hortelã fresco + suco de 1 limão.Opcional: uma rodela de gengibre.


Preparo: bata tudo no liquidificador, acrescente pedras de gelo a gosto e sirva imediatamente.

Bem Laxante

Ingredientes: 1 xícara de mamão formosa picado + 1 inhame médio picado + 2 ameixas sem caroço + suco de

1 limão + 1 xícara de água de coco verde (ou água filtrada) + 1 colher (sopa) de semente de linhaça hidratada

por 4 horas em 5 colheres (sopa) de água filtrada ou de coco verde.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a Alimentação

Natural, qualidade de vida e bem-estar.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a fonte e autora.

Recomenda-se a leitura na íntegra do livro Alimentação Desintoxicante - editora Alaúde, o que possibilitará a

prática desta filosofia de vida com consciência e responsabilidade.

Sucos desintoxicantes - Cátia Fonseca -


TV Gazeta

Tags: receitas sucos desintoxicantes aromaterapia

1) SUCOS DESINTOXICANTES

Importante: Estes sucos devem ser tomados em jejum e aguardar uns 20-

30 minutos para realizar a primeira refeição diária.

Se você desejar uma desintoxicação mais intensa, o ideal é tomar os sucos

desintoxicantes também 20-30 minutos antes das refeições principais (para

emagrecer) ou nos intervalos das refeições principais (para fortalecer o sistema imunológico e a vitalidade).

- Melancia com limão e hortelã

Função : desintoxicante e refrescante, trabalha também a vitalidade e a auto-estima. Ativa o sistema

imunológico.

Ingredientes : 1 xícara de melancia cortada em cubos (com as sementes) + 1 xícara de hortelã (talos e folhas)

+ suco fresco de 1 limão.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

- Manga com cenoura e limão

Função : rejuvenescimento de órgãos como também da pele, cabelo, unhas, olhos e rins. Ativa o sistema

imunológico, além de ser desintoxicante.

Ingredientes : 1 xícara de manga cortada em cubos + 1 cenoura média picada + 1 colher de sobremesa de

linhaça + suco fresco de 1 limão.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

- Adeus gordurinhas
Função: ativar todos os órgãos excretores, ajudando na eliminação de gases, retenção hídrica, toxinas retidas

no pulmão, intestinos e pele.

Ingredientes: 1 xícara de talos e folhas de aipo (salsão ou erva doce) + suco fresco de 1 limão + 1 xícara de

água de coco (colocar 1 pouco da polpa do coco).

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente. Tome por 21 dias, dê um intervalo de 1 semana e

repita se julgar necessário.

2) ÓLEO de massagem DESINTOXICANTE

Função uso externo: ativa a circulação periférica acelerando a eliminação de toxinas via pele. Trata varizes,

pernas cansadas, celulite e gordura localizada.

Ingredientes: 30 ml de óleo de girassol + 30 ml de óleo de babaçu + 10 gotas de óleo essencial de funcho-

doce + 20 gotas de óleo essencial de limão.

Preparo: misture todos os ingredientes e coloque num frasco escuro com tampa aplicadora.

Forma de uso externo: massageie as pernas com movimentos delicados de baixo para cima. O abdome, os

locais com celulite e gordurinha localizada, massageie com movimentos circulares, carinhosos porém vigorosos

(como se estivesse acordando e acariciando toda a pele). Realize este procedimento diariamente, idealmente ao

final do dia, após o banho para deixar agir por toda a noite. Opcional: use uma escova de cerdas macias para

massagear todo o corpo.

3) ÓLEO de massagem ANTIESTRESSE

Função uso externo: ativa a circulação periférica acelerando a eliminação de toxinas como adrenalina e

cortisóis. Relaxa, acalma e viabiliza um espaço de estar tendo o prazer da própria companhia.

Ingredientes: 30 ml de óleo de girassol + 30 ml de óleo de babaçu + 10 gotas de óleo essencial de lavanda +

10 gotas de óleo essencial de ylang-ylang + 20 gotas de óleo essencial de limão.

Preparo: misture todos os ingredientes e coloque num frasco escuro com tampa dosadora.

Forma de uso externo: massageie todo o corpo, principalmente colo, mamas, axilas, pescoço, nuca e braços,

sempre com movimentos carinhosos e atenciosos. Entre em contato com o agradável e estimulante aroma do

óleo e se permitir dar uma parada, lhe convida para o curtir-se. Realize este procedimento diariamente

idealmente pela manhã e ao final do dia, após o banho para deixar agir por toda a noite. Opcional: usar uma

escova para massagear todo o corpo.

4) CUIDANDO DO COURO CABELUDO

Função uso externo: ativa a circulação periférica e acelera a eliminação de toxinas via pele. Trata problemas

de couro cabeludo como também melhora a qualidade e beleza dos fios de cabelo.

Ingredientes: 1 limão partido ao meio + 1 gota de óleo essencial de alecrim + 1 gota de óleo essencial de
limão.

Forma de uso externo: lave seu cabelo com o shampoo neutro de sua preferência. Na segunda lavagem

coloque em meio copo de água o shampoo + 1 gota de cada um dos óleos essenciais. Misture com o próprio

dedo e derrame sobre o cabelo. Massageie bem o couro cabeludo por cerca de 1 minuto ou mais. Enxágue com

água abundante. Enxugue a cabeça. Passe o suco do limão em todo o couro cabeludo. Coloque uma toalha

enrolada e deixe agir por uns 20 minutos. Enxágue com água abundante, passe seu creme condicionador e volte

a enxaguar. Enxugue, penteie o cabelo e deixe que seque naturalmente. Repita esta operação a cada 7 dias,

sempre durante o dia, pois não é recomendável lavar a cabeça antes de dormir.

Maiores informações sobre as matérias-primas destas receitas da aromaterapia, como também sobre estes

produtos prontos: na loja da Aromarte ou por e.mail: milene@aromarte.com.br

Não deixe de participar das novas turmas da OFICINA DO LIMÃO

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a alimentação

natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autora e fonte.

Recomenda-se a leitura na íntegra dos livros Alimentação Desintoxicante e O poder de cura do Limão

(ambos editora Alaúde), o que possibilitará a prática desta filosofia de vida com consciência e

responsabilidade.

SUCOS DESINTOXICANTES

Moro, num país tropical. Abençoado por Deus. E bonito por natureza, mas que beleza!

Pleno verão, país tropical, muitas frutas e a necessidade de alimentar-se ao máximo com alimentos crus.

Adultos e crianças precisam tomar bastante líquidos, fazer refeições leves e hidratar-se é o lema.

Que tal aproveitar esta necessidade e junto com a hidratação ajudar o organismo a desintoxicar-se? De tudo

que desejamos desapegar, para iniciar 2008 com mais leveza, sensação de paz e superação?

Estes sucos podem ser consumidos pela manhã em jejum, mas também antes, durante ou após a ceia e as

comemorações de virada do ano.

Use e abuse de taças e copos bonitos, se possível decorados com flores e frutas. Afinal, estamos no hemisfério

sul, num país tropical!

Leite de coco: nada mais simples do que bater no liquidificador a água do coco com sua própria polpa. Não

acrescente mais nada e delicie-se! Se desejar, decore com raspas de limão.

Suco néctar de UVA: 1 xícara (chá) de UVA sem as sementes + 1 xícara (chá) de água de coco. Bata tudo no

liquidificador, coe e sirva imediatamente.

Suco de melancia: 1 xícara (chá) de melancia em cubos (com as sementes) + 1 xícara (chá) de água mineral

gelada + ramos de hortelã + suco de 1 limão. Bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.
Suco de abacaxi: 3 rodelas de abacaxi picadas (com casca) + 2 colheres (sopa) de semente de girassol

deixada de molho em água por 4 horas (ou mais) + 1 xícara (chá) de água mineral gelada + 5 ramos de

hortelã. Bata tudo no liquidificador, coe e sirva imediatamente.

Leite de gergelim: ½ xícara (chá) de semente de gergelim hidratada em água filtrada por 4 horas (ou mais)

+ 1 xícara (chá) de água mineral gelada. Bata tudo no liquidificador e coe. Guarde o resíduo que fica sobre a

peneira para preparar uma pasta ou patê.

Vitamina de maçã e gergelim: 1 xícara (chá) de leite de gergelim + 1 maçã descascada e picada + canela

em pó a gosto + folhas secas de estévia (opcional).

SALADAS DELICIOSAS

Precisamos consumir, todos os dias, uma salada de folhas verdes. Além da beleza, da fartura e do saudável que

é uma salada verde, ela cumpre o papel de modular nosso apetite para as guloseimas.

Assim, comecem pela salada farta, colorida e temperada com ervas frescas.

Devem ser pelo menos 3 tipos diferentes de folhas. É importante variar os sabores e texturas, até para poder

fazer uso daquelas que são de sabor mais forte ou amargo. Quando são misturadas com outras mais doces, fica

mais fácil.

Lave-as bem (o fato de ser de cultura orgânica não exime a necessidade da boa lavagem), rasgue as folhas em

pedaços (melhor com as mãos que com a faca). Agrião, folhas de beterraba, alface, almeirão, todas as couves

(manteiga, brócolis, flor, repolho), escarola, rúcula, hortelã, salsa, coentro, endívia, acelga, capuchinha,

azedinha, bálsamo, manjericão, orégano, etc.

Todos os dias escolha alguns dos seguintes ingredientes crus para completar a salada, sugerindo que a melhor

maneira de escolher é pela salivação (ao olhar ou pensar) e cor:

Ralados: abóbora, abobrinha, batata doce, beterraba, cará, cenoura, inhame, mandioquinha, nabo, pepino,

rabanete, etc.

Cortados finos: abobrinha italiana, brócolis, cebolinha, cenoura, couve-flor, erva doce (funcho ou anis), milho

verde, nabo, pepino, pimentão, rabanete, salsão, etc.

Cortados em pedaços maiores: pepino, pimentão, tomate, etc.

Germinados: trigo, cevada, girassol, amendoim, grão-de-bico, etc.

Tabule de trigo germinado: germine o trigo (grão inteiro e integral) deixando-o de molho em água filtrada

por toda a noite. Coe e acrescente tomate e pepino picadinhos em cubos, manjericão fresco, azeite extra

virgem, limão e missô a gosto. Opcional: maçã picada, pimentão, cenoura ou beterraba ralada. Misture tudo,

coloque numa saladeira e decore com folhas verdes em volta.

Cenoura com pasta de grão-de-bico: 1 xícara (chá) de grão-de-bico germinado, batido no processador com

1 pitada de sal + suco fresco de 1 limão. Acrescente ¼ de cebola picada depois da massa pronta. Rale as 2

cenouras em fios longos. Junte numa travessa os fios de cenoura com a pasta e sirva acompanhada de salada
verde.

ADORÁVEIS DOCES

Quando bater aquele desejo desesperado por comer algo doce, é bom saber que na sua geladeira tem uma

opção saborosa e saudável para saciar tais desejos. Evitando assim, qualquer possibilidade de sabotagens,

certo?

Mousse de manga: 1 xícara (chá) de manga bem madura picada em cubos + 1 cenoura média picada + suco

e raspas de 1 limão. Bata tudo no liquidificador, ajudando com uma espátula.. Coloque em taças e decore com

as raspas do limão. Leve à geladeira até a hora de servir.

Manjar de coco: use a polpa do coco verde (5 mm espessura é a ideal). Bata no liquidificador com a própria

água do coco, até consistência firme. Coloque em taças e decore com uma ameixa preta (deixe as ameixas

seca pré-hidratando em água de coco) para decorar. Leve à geladeira até a hora de servir.

Pudim de banana: 6 bananas nanica (d’água ou caturra) + suco de 1 limão + 1 colher (sobremesa) de canela

em pó + 2 colheres (sopa) de linhaça hidratada (deixada por 4 horas de molho com 6 colheres de água filtrada)

+ 1 pitada de missô (opcional: sal marinho). Bata tudo no liquidificador, acertando a textura do pudim com a

linhaça. Coloque em taças e decore com ameixa seca picada. Leve à geladeira até a hora de servir.

Receitas Desintoxicantes para


Deixar Sair

Estas são sugestões para praticar em época de festas, ou fins de semana, quando orgias

alimentares levam a problemas digestivos, principalmente estomacais, hepáticos e

intestinais.

Trata-se de receitas da Alimentação Desintoxicante, cuja principal ação é “aliviar” e

acordar de forma intensa, todos os 5 sistemas excretores: intestinos, fígado, pulmões,

rins e pele.

Estes sucos apresentam elevado poder desintoxicante e devem ser tomados frescos

(recém preparados) em jejum, logo ao despertar. Depois é preciso aguardar um mínimo de 30 minutos até a

refeição matinal. O propósito é que a “ação faxina” a que eles se propõem seja realizada com o organismo vazio

(em jejum) e sem interferências digestivas, motivo pelo qual estão na forma líquida.

E, para uma ação mais intensa, tipo tratamento intensivo, o ideal é tomar 3 sucos/dia, sendo o primeiro em

jejum e os 2 demais:

- Para emagrecer (*): 1 copo de suco desintoxicante 30 minutos antes das refeições principais.

- Para fortalecer o sistema imunológico e a vitalidade: 1 copo de suco desintoxicante no meio da manhã e outro

copo no meio da tarde.

Desta forma serão tomados 3 sucos/dia, ou seja, um pontapé para a conquista de mais saúde e um organismo

mais feliz.
Bem, para que estes sucos sejam poderosamente desintoxicantes e terapêuticos é fundamental não colocar

açúcar, não diluir muito e não coar, pois são coquetéis concentrados do poder de "deixar sair" venenos e

toxinas. Mas, quando a pessoa está por demais debilitada ou muito doente, o ideal é coar, ou prepará-los na

centrífuga, pois neste caso os resultados terapêuticos serão mais instantâneos. Entretanto, assim que retomar

sua vitalidade, voltar aos sucos sem coar, pois as fibras fazem parte de uma nutrição saudável.

Sucos IONE - TV Gazeta - Suco de Maçã com Hortelã

Ingredientes: 2 maçãs com casca (sem sementes) picada + 1 colher (sopa) de linhaça deixada de molho à noite

em ½ copo de água filtrada + 1 xícara (chá) de chá digestivo + suco de 1 limão + 1 xícara (chá) de folhas e

talos de hortelã fresco.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Sucos IONE - TV Gazeta - Suco de Caju com Manjericão

Ingredientes: 2 cajus bem maduros picados + 1 xícara (chá) de água de coco + 1/2 xícara (chá) de folhas de

manjericão fresco + 1 colher (sopa) de linhaça deixada de molho à noite em ½ copo de água filtrada.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Suco Bem Feliz

Ingredientes: 1 xícara (chá) de manga em cubos + 2 folhas de couve + 1 xícara de hortelã (talo e folhas) + 1

colher (sobremesa) de uva passa + suco de 2 laranjas + suco de 1 limão.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Suco Bem Laxante

Ingredientes: 1 xícara (chá) de mamão-formosa picado + 1 inhame médio picado + 2 ameixas-secas sem

caroço + suco de 1 limão + 1 colher (chá) de semente de erva-doce + 1/2 xícara de água de coco (ou água

filtrada).

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Suco Bem Néctar de Uva

Ingredientes: 1 xícara (chá) de uvas + suco de 1 limão + 1/2 xícara (chá) de água de coco + 1 colher (sopa) de

linhaça deixada de molho à noite em ½ copo de água filtrada + 1 talo inteiro de funcho (erva-doce).

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Suco Bem Refrescante e Energético

Ingredientes: 1 xícara (chá) de melancia em cubos (com sementes) + 1 xícara de folhas e talos de hortelã

fresco + suco de 1 limão.

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Suco Bem Molotov

Ingredientes: 1 colher (sopa) de linhaça + 2 ameixas-secas sem caroço + 1 copo de água filtrada (ou de coco)

+ 1 colher (sobremesa) de mel ou melado de cana + 1 pêra ou maçã picada com casca (sem sementes) + 1

fatia de mamão-formosa picado.


Preparo: deixe a linhaça e a ameixa de molho na água por toda a noite. Pela manhã bata tudo no liquidificador e

sirva imediatamente.

Bem Lanchinho

Ingredientes: 1 maçã picada (sem semente, com casca) + 1/2 xícara (chá) de água de coco + suco de 1 limão

+ 1 colher (chá) de mel ou melado de cana + 1 colher (sopa) de aveia integral em flocos + 2 colheres (sopa) de

grão de trigo integral deixado de molho em água filtrada por 8 horas.

Preparo: bata no liquidificador a maçã com a água de coco e o suco de limão. Despeje numa tigela. Acrescente o

mel, a aveia e o trigo pré-germinado. Misture e sirva imediatamente.

(*) Neste caso é indicado fazer uso de chá digestivo e desintoxicante tanto no preparo dos sucos, como

substituto de água ao longo do dia, pois a obesidade é um sintoma claro de má digestão. Ver receita chá

digestivo e desintoxicante

Sucos
Desintoxicantes
I

Você não precisa iniciar com mudanças radicais na sua alimentação para manter ou criar a saúde do seu corpo.

Um primeiro passo importante, para ativar um fluxo diário de limpeza e desintoxicação de todas as impurezas

do organismo, é fazer uso de sucos desintoxicantes no seu cardápio matinal, lembrando que devem ser

necessariamente frescos, ou seja, ingeridos imediatamente após seu preparo.

Tais sucos são um coquetel de vitalidade e nutrição básica da vida, que previnem doenças, despertam órgãos e

sistemas, facilitam todas as trocas e ajudam na mobilização de todas as toxinas e venenos presentes no

organismo.

Sucos não devem ser encarados de forma direta como remédios. Inicialmente eles são um concentrado de

alimentos vegetais crus, frescos e nutritivos que oferecem ao corpo energia, vitaminas, sais minerais e fibras,

para que ele se mantenha saudável. Vitalizado!

ALERTA: nada de trocar almoço ou jantar por suco. Os sucos desintoxicantes são r uma ferramenta de

sustentação aos novos hábitos alimentares, ao despertar da consciência. O ideal é que seja ingerido pela manhã

em jejum, momento mais adequado do dia, quando o corpo humano está mais preparado para a mobilização

(eliminação) dos seus excretos. Outro momento adequado seria no intervalo da manhã ou da tarde, quando

aguardamos o melhor horário para a próxima refeição principal.

Os benefícios dos sucos desintoxicantes são numerosos, porque sendo líquidos favorecem a pronta e intensa

absorção dos nutrientes. Vejamos alguns destes benefícios:

- Melhora o sistema cardiovascular, inclusive no controle da hipertensão, quando ajuda na desintoxicação do

sangue;

- Aumenta a disposição e a hidratação, suavizando a pele e dando mais brilho aos cabelos;

- Ajuda na melhoria da qualidade do sono, da memória e da lucidez;


- Ativa o sistema imunológico, portanto previne o câncer e aumenta a resistência a gripes e resfriados;

- Aumenta o volume e o trânsito intestinal, prevenindo problemas de constipação;

- Ajuda na tonificação dos pulmões, rins e fígado.

Evite tomar sucos industrializados e concentrados de caixinha, garrafa ou lata. Os ingredientes passam por uma

espécie de aquecimento (pasteurização) para evitar a deterioração, além dos famosos aditivos e conservantes

químicos.

O suco fresco, contendo frutas, raízes, folhas e sementes, é sem dúvidas, o mais saudável e terapêutico. Deve

ser ingerido imediatamente após o seu preparo, para que não oxide e perca seus efeitos terapêuticos e

nutricionais. Outro detalhe: não se coloca açúcar ou adoçantes nos sucos desintoxicantes, pois devemos

compreender que: não se coloca veneno no remédio. A idéia é fazer uso de frutas bem doces e secas para

acertar o tom de prazer e doçura de cada suco.

Estes Sucos Desintoxicantes são bem bacanas

- De frutas cítricas: fonte de ácido cítrico e vitamina C, são laxantes, mineralizantes e antioxidantes,

retardando o envelhecimento e prevenindo doenças;

- De cenoura com maçã e aipo: um bom revigorante, mineralizante, um enraizador;

- De folhas verdes: ricos em clorofila (magnésio) e fibras, trazem serenidade e ativam todo o sistema

digestivo. Energiza, limpa o sangue e combate a prisão de ventre. Misture sempre com o limão e uma fruta doce

(maçã, manga, mamão formosa, caqui) para proporcionar a perfeita fixação do ferro;

- De alimentos ricos em betacaroteno: ajudam a prevenir certos tipos de câncer. São eles a cenoura, manga,

tomate, abóbora, agrião, espinafre, beterraba e brócolis.

IMPORTANTE

Prepare os sucos em casa com frutas e hortaliças frescas, preferentemente orgânicas (principalmente pepino,

berinjela, tomate e morango), e muito bem lavadas. Tome o suco imediatamente após o seu preparo e não

guarde sobras na geladeira ou congele. Após 5-10 minutos de preparo eles não terão mais as mesmas

propriedades terapêuticas e nutricionais.

Você poderá prepará-los no liquidificador ou na centrífuga, pois para cada caso existe uma forma mais indicada.

Para constipados recomendo no liquidificador sem coar. Para doenças agudas ou crônicas, onde a recuperação

precisa ser urgente, recomendo na centrífuga.

O ideal é tomá-lo ao natural, ou seja, sem adoçar. Aproveite para apreciar melhor o sabor dos alimentos "in

natura" e começar a reduzir suas necessidades de ingerir açúcar em excesso.

Evite usar água, pois a idéia é que sejam coquetéis concentrados de vitalização instantânea. Quando preparados

no liquidificador é comum precisar acrescentar 1/2 copo de água (que pode ser de coco ou suco espremido

previamente) e tendem a ficar bem cremosos. Neste caso, beba mastigando-o. Quando na centrífuga não é

necessário colocar água e os sucos saem bem líquidos, porém super fortes.

Estes Sucos Desintoxicantes são INFALÍVEIS

Imunidade: 2 maçãs + 1 laranja descascada deixando a parte branca + ramos de manjericão + 1 suco de 1
limão e raspas da casca.

Calmante: 1 cenoura + 1 maçã + 1/2 molho de alface (talo incluso) + 1 suco de 1 limão e raspas da casca.

Desintoxicante: 1 cenoura + 1 pepino (com casca) + 1/2 beterraba média crua + 1/2 xícara (chá) de talos e

folhas de hortelã + 1 suco de 1 limão e raspas da casca.

Digestivo: 1 xícara (chá) de abacaxi em cubos + 1 cenoura + 1 xícara de talos de erva-doce + 1 suco de 1

limão e raspas da casca.

Energético: 1 xícara (chá) de uva itália sem as sementes + 3 kiwis + 1 laranja pêra descascada deixando a

parte branca.

Mousse laxante: 1 fatia de mamão formosa (o mamão papaia é mais calórico e contém muito agrotóxico) + suco

de 1 laranja + suco de 1 limão + 5 ameixas secas sem caroço (ou 2 colheres de sopa de uva passa sem caroço).

Bater tudo no liquidificador e tomar sem coar.

Engana fome: 1 tomate + 1/2 pepino com casca + 1 talo de salsão + suco de 1 limão. Bater tudo no

liquidificador, temperar com molho shoyo ou uma pitada de sal e tomar no intervalo da manhã ou da tarde.

ESPECIAL Energético - dizem que é o suco do renascimento. Previne gripes, resfriados e potencializa a cura de

problemas infecciosos. Ajuda a combater náuseas e deixa a pele suave: 4 cenouras + 1 maçã + 1 suco de 1

limão inteiro (com a casca) + suco de 2 laranjas + 1 pedaço de gengibre. Passar tudo pela centrífuga e tomar

imediatamente.

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a

alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autora e a fonte.

Recomenda-se a leitura na íntegra do livro Alimentação Desintoxicante - editora Alaúde, o que possibilitará

a prática desta filosofia de vida com consciência e responsabilidade.

Sucos
Desintoxicantes
II

Você sabia? Que as frutas são o maior reservatório de energia solar (prana) da natureza? Que os brotos e folhas

verdes são os alimentos mais ricos em fibras e clorofila?

Os sucos de frutas, brotos, legumes e hortaliças vêm ganhando espaço cada vez maior como uma alternativa de

incluírem vegetais frescos e crus na dieta diária.

Ricos em vitalidade, sais minerais, vitaminas, fibras, agentes de crescimento, clorofila e substâncias

antioxidantes, eles têm ação vitalizante, alcalinizante, depurativa, adstringente e nutritiva entre tantas outras.

São alimentos vivos, que quando maduros, frescos e crus, são verdadeiros cúmplices para a conquista da

harmonia física, energética e mental do ser humano.

São eficientes para desintoxicar, hidratar, tonificar os músculos e resgatar a vitalidade. Agem rapidamente no
fortalecimento do sistema imunológico, ajudam na prevenção de inúmeras doenças e retardam o

envelhecimento precoce das células.

Uma alimentação verdadeiramente saudável e natural deve ser composta por um mínimo de 50% destes

alimentos frescos e crus.

Estes alimentos quando muito verdes, maduros, conservados ou cozidos já não apresentam a mesma vitalidade

e poder nutricional e terapêutico.

Porém, isso não significa que se deve sempre trocar o prato de salada verde ou de salada de frutas por um copo

de suco. A mastigação também é necessária e um tipo de apreciação e prazer na degustação dos alimentos.

Mas, o consumo diário de 1 a 3 copos de sucos desintoxicantes, é uma atitude extremamente saudável e sábia.

Medicina preventiva.

Os sucos desintoxicantes são uma alternativa para:

1) Colocar mais frutas e vegetais crus na alimentação. Com os sucos desintoxicantes, é possível reunir grande

quantidade de nutrientes em uma pequena refeição. Na centrífuga ou no liquidificador, 2 cenouras + 1 laranja +

três folhas de couve se transformam em 1 copo de suco, refeição esta que dificilmente faríamos se tivéssemos

que mastigar;

2) Evitar gastos energéticos com a digestão de alimentos ineficientemente mastigados, fato comum na

sociedade moderna;

3) Ingerir alimentos que tradicionalmente não costumam ser ingeridos crus, como a berinjela, o brócolis ou o

inhame;

4) Ingerir alimentos que dificilmente fazem parte das nossas preferências, mas que misturados a outros acabam

por serem agradáveis ao palato.

Preparado 100% no liquidificador, o suco costuma ficar bastante cremoso, já que o indicado é evitar diluição

com muita água. São sucos, não refrescos. São concentrados vitalizantes, coquetéis ultra nutritivos. Neste caso,

o suco estará concentrado também em fibras, portanto indicado para pessoas que apresentam problemas

crônicos de constipação, obesidade, glicemia e intoxicação.

Contrariamente, o suco preparado na centrífuga acaba sendo pobre em fibras, portanto indicado para pessoas

que não têm problemas de intestino preso e que desejam fortalecer rapidamente seu sistema imunológico e

acelerar processos de desintoxicação, convalescença e cura.

Acredito que o uso conjugado do liquidificador e centrífuga é a forma que apresenta mais vantagens. Neste

caso, deixo as frutas cítricas (algumas com a casca, como o limão), as folhas mais duras e as raízes para passar

na centrífuga. O suco obtido na centrífuga é acrescentado no liquidificador para bater os demais ingredientes

como as frutas e folhas macias, os brotos e os legumes mais suculentos, como o pepino e o tomate.

O interessante é que dessa maneira as fibras dos vegetais são "quebradas", interferindo menos na absorção da

clorofila, substância que confere a cor verde às plantas e é muitíssimo benéfica ao organismo humano.

Resultado: aproveita-se a clorofila sem eliminar as fibras.


Para tornar mais agradável o sabor destes sucos, principalmente onde entram legumes e folhas de sabor forte,

recomendo acrescentar frutas cítricas como laranja, tangerina e sempre 1 limão, para dar um tom ácido, a maçã

e a cenoura para dar um tom doce e o inhame para neutralizar sabores. Mas não exagerar no número de

ingredientes, pois o sabor poderá ficar sem muita identidade.

Para que não percam seus efeitos terapêuticos, é fundamental que os sucos sejam consumidos IMEDIATAMENTE

após o seu preparo.

ALGUMAS RECEITAS

Cenoura e salsa: 2 cenouras - 1 limão inteiro (polpa e raspas da casca) - suco de 1 laranja - 2 talos de salsão -

½ maço de salsa (talos e folhas). Opcional: substituir as raspas da casca do limão por 3 gotas de óleo essencial

extraído da casca do limão.

Benefícios: o alto teor de sódio atua no combate ao envelhecimento da pele e ajuda na eliminação de toxinas.

Ingerido com freqüência, auxilia as funções dos rins, ajuda a dissolver cálculos renais e a prevenir hepatite. Age

também como diurético natural.

Maçã e brócolis: 2 maçãs - suco de 1 laranja - 1 limão inteiro (polpa e raspas da casca) - 2 folhas de brócolis -

2 hastes com flor de brócolis. Opcional: substituir as raspas da casca do limão por 3 gotas de óleo essencial

extraído da casca do limão.

Benefícios: tem grande quantidade de minerais e substâncias antioxidantes, que evitam a formação de radicais

livres, ajudando a diminuir os efeitos do envelhecimento e o aparecimento de doenças degenerativas, como o

câncer. Age também como auxiliar na prevenção de anemia.

Couve e cenoura: 4 folhas de couve - 4 cenouras - 2 maçãs - 2 tangerinas - 1 limão.

Benefícios: rico em minerais e vitaminas do complexo B, auxilia na prevenção do câncer, facilita o metabolismo

das proteínas, carboidratos e lipídios, além de ser um agente antiestresse natural. Ajuda também a melhorar a

aparência da pele do rosto.

Refrescante: 1 tomate grande maduro e picado - meio pepino picado - 1 talo de aipo ou salsão picado - suco

de 1 laranja - suco de 1 limão. Este suco pode ser temperado com molho shoyo e ser transformado num

delicioso suco mata-fome.

Benefícios: o pepino é um agente refrescante natural, perfeito para os dias de calor. Ajuda a diminuir o inchaço

causado pela tendinite. Também é indicado para quem tem queda de cabelo e precisa fortificar os fios.

Vantagens dos sucos


desintoxicantes

Tags: sucos combinações centrífuga panela furada

Vantagens do consumo diário dos sucos desintoxicantes

-Melhora o sistema cardiovascular, inclusive no controle da hipertensão, porque ajuda

na desintoxicação do sangue;
-Aumenta a capacidade de purificação do sangue;

-Aumenta a disposição e a hidratação, suavizando a pele e dando mais brilho aos cabelos;

-Ajuda na melhoria da qualidade do sono, da memória e da lucidez;

-Aumenta a resistência a gripes e resfriados, por ativar as defesas imunológicas;

-Aumenta o volume e o trânsito intestinal, prevenindo problemas de constipação e todas as doenças

advindas deste problema;

-Ajuda na absorção e posterior eliminação das toxinas;

-Auxilia e promove melhores condições de nutrição e reposição celular;

-Permite que os alimentos promovam sua rápida ação terapêutica específica;

-Ajuda nas práticas meditativas;

-Rejuvenesce.

Posso misturar frutas com hortaliças e legumes?

Não existe base científica comprovada para a teoria da combinação dos alimentos. Existem algumas literaturas

que afirmam ser prejudicial à saúde misturar: frutas com hortaliças, amidos com proteínas e frutas com

proteínas. Outras contradizem.

O que acredito é que essa teoria da proibição nasceu recentemente porque existem uma pandemia de pessoas

com problemas digestivos, alergia múltipla a alimentos ou fadiga crônica, que conseguem alguns benefícios

físicos e de cura ao seguirem esta orientação. Mas não seria um excesso de intoxicação por anos de maus

hábitos que desencadeou esta série de dificuldades? Seria exatamente esta mistura a causa destas anomalias?

Se você não sofre de sintomas adversos, como gases, dores de estômago ou inchaços, a combinação sensata

desses alimentos será perfeitamente viável. Ver link abaixo.

Experimente suas receitas e deixe o seu paladar lhe guiar. Você já ouviu falar ou sentiu a fome instintiva

(orgânica)? Ela acontece muito quando o corpo vai desintoxicando-se e voltando a uma condição natural de

linguagem lúcida e rápida com o dono do corpo.

No liquidificador ou na centrífuga?

Sempre afirmo: o dia que saúde for direito somente dos que têm poder aquisitivo, desisto!

Qualquer pessoa pode ter um liquidificador, já centrífuga...é proibitiva para muitos né?

Mas, a pergunta pode ser: separo as fibras ou não? Entro em contato com os alimentos sensorialmente ou não?

As fibras são essenciais à saúde. Elas não são nutrientes, mas a sua presença no percurso digestivo e excretor é

fundamental. Elas equilibram os tempos digestivos, elas dão saciedade, ajudam na liberação gradual da glicose

no sangue, ajudam na absorção/adsorção das toxinas, dão volume e fluidez fecal, e finalmente evitam a
constipação e o câncer cólon-reto.

O suco no liquidificador, sem coar ou coado na panela furada 2 é mais indicado para quem:

a) apresenta problema agudo ou crônico de intestino preso;

b) deseja prevenir ou tratar um câncer cólon-retal;

c) deseja acelerar a limpeza do sangue ou

d) pratica uma medicina preventiva.

Porém ao coar o suco preparado no liquidificador na panela furada 1 ou na centrífuga, teremos um suco com

baixo teor de fibras. Neste caso, todo o consumo de energia digestiva é evitado ao máximo.

O suco na centrífuga (ou coado na PF1) é mais indicado para quem:

a) está gravemente doente e não tem tempo a perder e

b) deseja fortalecer rapidamente seu sistema imunológico.

E, temos um problema: quando uso sementes germinadas, elas não podem ser colocadas na centrífuga,

somente no liquidificador. Daí, pode não ser prático sujar 2 eletrodomésticos.

Uma sugestão para quem não se importa e quer usar sua centrífuga é: na centrífuga vão as raízes, os cítricos e

as folhas mais duras. No liquidificador as frutas, as sementes, os brotos e as folhas macias. Desta forma torna-

se possível integrar as vantagens destes dois processos de preparo.

Instruções & Recomendações

Prepare os sucos em casa usando frutas, brotos, sementes germinadas, hortaliças, raízes (tubérculos) e

legumes frescos, crus e preferentemente orgânicos.

Não compre grandes quantidades destes alimentos para que sejam consumidos frescos.

Nossos instrumentos de preparo serão o liquidificador, as panelas furadas e opcionalmente a centrífuga.

Portanto nada de mantê-los guardado no armário. De hoje em diante o lugar deles é na bancada.

Tome o suco imediatamente após o seu preparo e não guarde sobras na geladeira nem congele. Uma vez

preparados eles começam a se oxidar e perder seus valores nutricionais mais importantes.

Tome o suco ao natural, ou seja, sem adoçar. Caso extremamente necessário opte pelo uso de frutas secas

como a ameixa ou uva passa. Repito: Aproveite para apreciar melhor o sabor dos alimentos "in natura" e

começar a reduzir suas necessidades de ingerir açúcar em excesso.