Você está na página 1de 2

Grupo 2

Qual a visão da escola, para onde queremos ir?

Queremos construir uma sociedade justa, onde todos tenham os mesmos direitos, com
oportunidades para todos, equidade e menos desigual. Uma sociedade tolerante, pacificadora,
que tenha respeito pelo próximo.

Sendo assim, desejamos formar homens críticos, honestos, participativos, tolerantes,


empreendedores, protagonistas, que saibam a importância da própria voz e que saibam
discernir o certo do errado.

Neste sentido, é função social da escola unir os diferentes grupos sociais e educar para
que haja transformação social.

Nosso papel na formação da sociedade que desejamos é o de oferecer oportunidade de


crescimento pessoal, artístico, cultural e profissional para a comunidade.

E, para garantir a aprendizagem e o desenvolvimento de habilidades e competências em


nossos estudantes, precisamos ver o aluno como protagonista no processo de ensino-
aprendizagem, de forma que ele desenvolva suas habilidades em todas as áreas do
conhecimento, participando do planejamento das aulas de forma interdisciplinar.
Grupo 3

Questão que norteará o debate é?

Desejamos que nosso processo de planejamento seja feito de forma coletiva ( aluno-
escola – família), com um currículo que seja mais flexível, mais interdisciplinar e que atenda as
demandas específicas da comunidade local.

Esperamos que no processo de ensino-aprendizagem e de avaliação, o aluno seja mais


ativo, mais participativo, que respeite o professor e os colegas. Que haja mais trabalhos em
grupos. Que conecte o aluno com o mundo e o faça pesquisar e trocar experiências. Que a
avaliação seja processual, qualitativa e que mostre sem restrições os problemas e os avanços do
processo ensino-aprendizagem.

O desenvolvimento do aluno tem que ser pensado para que desenvolva físico, cognitivo
e profissional.

Para garantir uma educação para além da sala de aula, além dos espaços e tempo, o
ideal seria que contássemos com melhor infraestrutura, seja ela física e de pessoal, para que o
professor possa executar projetos fora da sala e até mesmo fora da escola.

Desejamos um clima organizacional e de aprendizagem com cumplicidade, harmônico e


mais interação entre a escola e a comunidade e a estrutura da escola com apoio psicológico e
psicopedagógico para os alunos e professores.

A nossa escola pode organizar melhor seus tempos e espaços para o desenvolvimento
integral dos estudantes pelas 10 competências gerais da BNCC, valorizando a intervenções
pedagógicas interdisciplinares, voltada para a realidade do aluno.