Você está na página 1de 2

A relevância do entendimento

No caso político, o entendimento é necessário para se implantar as medidas que


não gozam de consenso absoluto e precisam ser discutidas, polidas, adequadas
até chegar a um nível que, mesmo que não agrade a todos os parlamentares,
favoreça algum encaminhamento.

Via de regra, quase todas as medidas anunciadas pelos governos esbarram na


má vontade, na vaidade, na lista ou não das prioridades. Se souberem trabalhar
em conjunto, expurgando os ruídos provocados pelas bases, governo e
parlamentares poderão avançar nas pautas de interesse do país.

Entender a natureza dos projetos, a relevância da aplicação de leis novas e


acima de tudo, responder a inquietação da população é praticar a política
republicana, que põe em relevo o bem comum sem destratar os antagonismos
entre os diversos interesses, mas, dando-lhes porém um relevo de que o bem
comum deve ser buscado, sempre.

Segundo entendimento de Norberto Bobbio, no Dicionário de Política, os fins e


os objetivos da política são definidos de acordo com os interesses dos grupos e
políticos dominantes. Não há de ser assim em todo e qualquer contexto. Aliás,
não deveria ser assim de forma alguma, não devemos viver sob o signo do
conflito de interesses.