Você está na página 1de 3

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí
Campus Teresina Central

PLANO DE DISCIPLINA

I - IDENTIFICAÇÃO

CURSO:
Técnico Integrado em Mecânica
DISCIPLINA: CARGA
Metodologia Científica HORÁRIA:
MÓDULO/SÉRIE: SEMESTRE: ANO:
I I 2018
PROFESSOR:
Leonardo Bruno Vieira Santos
COORDENADOR(A):
Antônio Ítalo Rodrigues Pedrosa

II – EMENTA

Ciência: senso comum e ciência, tipos de conhecimento, método científico, ciência e espírito científico.
Introdução ao planejamento da pesquisa cientifica (finalidades, tipos, etapas, projeto e relatório).
Orientação para apresentação pública de trabalhos de pesquisa. Introdução ao estudo da elaboração de
monografias e textos científicos. Normas para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos. 6. O pré-projeto de
pesquisa. O Projeto de Pesquisa. O Experimento. A organização de texto científico (Normas ABNT)

III - OBJETIVOS

GERAL
Compreender a importância da metodologia e da pesquisa científica

ESPECÍFICO(S)
Compreender a diferença do conhecimento científico em relação a outras formas de conhecimento.

Compreender as etapas de elaboração de uma pesquisa científica

Identificar importantes princípios do pensamento científico.

Desenvolver metodologias adequadas para a eficiência dos estudos e das pesquisas.

IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE 1

1.1. Regras da ABNT

1.2. Tipos de trabalhos acadêmicos.

1.3. Concepções do científico.


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí
Campus Teresina Central

UNIDADE 2 –

1.1. Bases do raciocínio científico

1.2. Problema científico e Hipótese.

1.3. Tipos de métodos.

UNIDADE 3

3.1. Noções gerais da pesquisa científica

3.2. Etapas do projeto e do relatório de pesquisa

V - METODOLOGIA

A disciplina terá atividades teóricas como aulas expositivo-dialogadas, espaço pra debates, leituras de
textos selecionados, etc. e atividades práticas, com a realização de trabalhos científicos.

VI - RECURSOS

Livros, apostilas, notebook, Datashow, quadro e pincel

VII – AVALIAÇÃO

A verificação da aprendizagem nos Cursos Técnicos Integrados ao Médio, ofertados na forma seriado
anual, será expressa em notas, numa escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) pontos, sendo admitida uma casa
decimal e será realizada nas seguintes situações:
I - O resultado da avaliação do conhecimento adquirido terá, obrigatoriamente, valor máximo de 8,0 (oito)
pontos.
II - Os aspectos qualitativos como: Assiduidade e pontualidade, realização de atividades escolares,
disciplina, participação nas aulas, além de outros critérios definidos pelo professor terão,
obrigatoriamente, o valor máximo de 2,0 (dois) pontos que, somados ao que dispõe o inciso I, comporá a
nota do aluno;
Ao final de cada bimestre, o aluno que não obtiver a média 7.0 (sete), terá direito à recuperação contínua
e paralela, mediante uma nova avaliação, com escores de zero (0,0) a dez (10,0).
Será considerado aprovado por média o aluno que obtiver média anual igual ou superior a 7,0 (sete) em
cada disciplina e frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) do total de carga horária
prevista no período letivo.

Conteúdo Programático das Avaliações Bimestrais

1a. Avaliação Bimestral


Definições e propriedades dos fluidos. Equipamentos e componentes dos circuitos hidráulicos e
pneumáticos.
2a. Avaliação Bimestral
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí
Campus Teresina Central

Método Intuitivo para montagem de circuitos pneumáticos e circuitos hidráulicos.


3a. Avaliação Bimestral
Método Cascata e Método Passo-a-Passo para montagem de circuitos pneumáticos.
4a. Avaliação Bimestral
Método Intuitivo para montagem de circuitos eletropneumáticos

As avaliações de recuperação seguirão o mesmo conteúdo abordado nas avaliações bimestrais. A Prova
Final abordará o todo o conteúdo trabalhado na disciplina durante o ano letivo.

VIII - REFERÊNCIAS

BÁSICA

DE ANDRADE, M. M.; Introdução à metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos na


graduação. São Paulo: Atlas, 2010.

LAKATOS, E.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia científica. Rio de Janeiro: Atlas,


2010.

SEVERINO, A. J.; Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2007.

COMPLEMENTAR

ANDERY, M. A. Et alli. Para compreender a ciência. Rio de Janeiro: Espaço e tempo, 2006.

BRITO, E. F. de & CHANG, L. H. (orgs). Filosofia e Método. São Paulo: Loyola, 2002.

FREIRE-MAIA, N. A Ciência por Dentro. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2000.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HUHNE, L. M. (Org.) Metodologia Científica: Cadernos de Textos e Técnicas. 7. ed. Rio de Janeiro:
Agir, 1997.

KÖCHE, J. C. Fundamentos de Metodologia Científica. 24. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

KOYRE, Al. Estudos de história do pensamento cientifico. Rio de Janeiro: Forense-Universitaria,


1991.

COORDENAÇÃO DE CURSO/ÀREA:

Visto do(a) Coordenador:_____________________________________ Data: / /2018