Você está na página 1de 7

Resumo Pensadores em 90 min.

 IV a.c
No século IV a.c. surgiu o confucionismo, o taoísmo, o nascimento de Buda e o início da
filosofia grega.
1. Confúcio (551 a.c. – 479 a.c.)
Intenção: formação dos funcionários públicos e Chuntzus (indivíduos superiores) que
viveriam em harmonia e na virtude, longe da angústia e sofrimento.
 Seus ensinamentos se tornariam base da educação da classe mandarim, que
administrou a China por quase 02 mil anos.

Até a Revolução de Mao em 1948 o Confucionismo era quase sinônimo do modo de vida
chinês.
Era da nobreza empobrecida.
Contexto chinês da época: derrocada da dinastia chou, china feudal, constantes conflitos entre
cidades-estados, população em miséria.
Confúcio percebe os excessos dos governantes da época em meio a essa instabilidade, e que
se essa realidade mudasse a própria sociedade teria de mudar, passando a funcionar em
benefício de todos e não só da elite.
 Os gregos só discutiriam isso 200 anos mais tarde, desenvolvendo o conceito abstrato
de justiça.
Confúcio conclui que a realidade da sociedade deveria mudar a partir da mudança de atitude e
comportamento individuais, “ cada um desempenhando seu papel da forma mais virtuosa
possível”.
Confúci era um pobre bastante letrado e almejava um alto cargo público. Nunca o tendo
conseguido, abre uma escola para ensinar administradores políticos a governar.
 Sua escola parce ter sido semelhante as da Grécia antiga, informal e com aulas que em
sua maioria consistiam em sessões de pergutas e respostas, dadas geralmente em
forma de homilia.
 Confúcio era essencialmente um professor de moral.
 Fundamento básico de seu ensinamento: “ A virtude está em amar os homens”.
 Confúcio acabou criando uma religião sem ter a intenção com seu forte discurso
moral.
 Isso porque seu discurso tinha a intenção de ser bastante prático e praticamente
ausente de questões metafísicas.
 Seus principais tópicos são: ética e política.
 Apesar de profundaemente religioso, considerava, como Sócrates, boa parte da
práticas religiosas do seu tempo superstições.
 Alguns orientalistas o igualam a um Cristo socrático.

Contemporaneamente Lao Tsé, funda o taoísmo, que pode ser considerado complementar ao
confucionusmo vinculando uma crença mística à unidade metafísica do universo.
Elemento chave dos ensinamentos de Confúcio simbolizado pelo ideograma Jen, simboliza
uma mistura conceitual de: magnanimidade, virtude e amor pela humanidade, bem como o te
(virtude) e o vi (integridade).
 Uma ideia próxima a noção cristã de compaixão e benevolência.
STRATHERN, P. Confúcio em 90 Minutos (Lido)

2. Socrates (469 a.c.


Contexto histórico de Sócrates:
 Cresceu na Atenas de Péricles, a mais poderoas e civilizada cidade-estado do mundo
helênico, cujo período de relativa paz, terminou com a Guerra do Peloponesio (Atenas
x Esparta) em 431 a.c.
 Florescimento do pensamento científico, da matemática da democracia.
 Ociosidade Criativa: Sócrates foi beneficiado pela possibilidade nas cidades-estados
gregas de existir uma classe média intelectual, com certo grau de independência (pela
democracia) e de ociosidade (graças à escravidão).

Teve como mestre Axágoras.


Não deicou nada escrito.
Desenvolvei a Dialética, método argumentativo precursor da Lógica (que seria criada por
Aristoteles), utilizando em seu discurso o método analítico.
 A Dialética: uma ferramenta que poderia ser aplicada a tudo.
Mestre de Platão, que com seu discípulo: Arisóteles, são os 03 mais importantes filósofos da
história.
A contribuição desses 03 é crucial para ciência, e a busca da “verdade”, fora de explicações
metafísicas.
O estudo da filosofia naquela época era um “estudo global”: matemática, ciência, cosmologia
…, só mais recentemente a filosofia foi restringida ao estudo das questões metafísicas. Assim,
sempre que a filosofia encontrava a resposta para algo, esse novo ramo do conhecimento se
destacava dela e formava uma matéria distinta, é o que ocorreu com a matemática, a física, a
psicologia e etc.
 Para ser ciência é necessário ser um conjunto de princípios que possam ser
comprovados pela experimentação.
Tendo em vista o ensinamento de Parmenides, tanto Socrates, como Platão, viam a realidade
como uma ilusão, assim, só podemos falar da filosófica como ciência em Aristoteles.
Apesar de Sócrates ser iconoclasta e buscar a construção do discurso pela racionalidade, era
religioso, acreditando na imortalidade da alma e na vida após a morte.
 Assim, apesar de criticar as superstições da época acreditava em algum tipo de Deus.
 Sócrates acreditava que o verdadeiro eu da pessoa era a alma, psique
 espécie de subconsciente imortal, não muito diferente da Doutrina Junguiana,
consciente, inteligente ou burra, boa ou má, e moralmente responsável. Assim,
devemos melhorá-la.
 Para Sócrates o homem busca a felicidade e que só pode ser alcançada por uma “alma
boa”.
 Acreditava que as pessoas queriam fazer coisas boas, mas as vezes fazem coisas ruins
achando fazer coisas boas, assim, se soubessem o que era bom se comportariam
adequadamente.
 Contudo, é inegável que seu conceito de bom e bem era derivado de sua época e
sociedade.
 E cria também que existia um bem único e último alcançável por sua filosofia
 Lembre-se! Soviéticos e nazistas, dentre outros, também acreditavam que só
existia um bem último.
Teoria das Formas (ou Números ou Ideias ou Eidos, em gregos):
 Platão no livro Fédon apresenta pelo personagem Sócrates uma Teoria das Formas
(que discutisse se é seu pensamento ou de Sócrates)
 Essa teoria contudo é de Pitágoras.
 Cujo estudo de harmonia musical levaram-no a crer que o mundo era feito,
essencialmente, de números.
 Para ele abstrações como: números, formas, eram ideias abstratas imutáveis, a
partir dos quais eram gerados os elementos concretos do mundo.
 Esse conceito reflete também a ideia de Parmenides: a realidade
fundamental consiste no Ser (entidade definitiva, que dá origem aos
elementos isolados de nosso mundo ilusório).
 Esse mundo das ideias, que seria o mundo real, não seria acessível pelos sentidos, mas
somente pelo pensamento.
 Para socrates: objetos específicos recebem suas características das ideias que as
produzem. Explicação: as ideias seriam o molde de uma estátua de gesso, objetos da
realidade.
 Esse Mundo das Formas é o único mundo real e é universal.
 Esse Mundo encerraria uma hierarquia cujo grau máximo seria: o Bem, a Beleza, a
Verdade, que seriam perceptíveis em objetos específicos, permitiriam contemplar essas
ideias abstratas em seu “reino”.
 Esta é uma atitude mística do mundo e reflete o pensamento Hindu, de onde pode ter se
originado (onde o Mundo é visto como o véu ilusório de Mya)
Sócrates e a democracia.
Sócrates não era democrata, inclusive era crítico a democracia, que na sua opnião e de muitos
atenienses foram responsáveis pela derrota na Guerra de Peloponeso, quando se elegia
inclusive, generais e almirantes, nem sempre os mais preparados.
Pensamento de Sócrates: teoria x prática.
Aristóteles, também aceita a Teoria das Formas , inverte a direção delineada por Sócrates e
Platão, além de incluir nela diferentes áreas do conhecimento, mapeando o conhecimento
humano da época. Contudo, manteve a lógica de que a teoria era mais importante que a
prática.
 Nesse sentido, com da conquista romana da Grécia a filosofia entra em declínio, pois
não tinha aplicação prática.
 Com a sequencia da queda do império Romano, a idade média, a filosofia permanece
vazia de “abstração”, pois dominada pela metafísica religiosa.
Síntese: Sócrates nos ensina a usar a razão, mas não onde usa-la, pois voltada para estudar a
abstração e não a aplicação prática.
Sócrates: o corpo é um atraso para a evolução da alma, pois seus desejos, necessidades,
medos, etc., que atrapalham a busca para a “perfeição”.
STRATHERN, P. Sócrates em 90 Minutos (Lido)

3. Platão (428 a.c.


Assim como Sócrates foi influenciado por Pitágoras e seu dito de que “Tudo é número”, ao
qual chegou quando estudava a Harmonia Musical. Ou seja, por traz da aparente anarquia da
realidade, existe um mundo abstrato e harmonioso.
 O mundo percebido, material, era o produto das “formas”, esses “números”, do mundo
real, ou ideal.
 Isso já não parece mais tão absurdo frente a moderna física subatômica.

 Pré-socráticos.
Heráclito, discípulo de Pitágoras, tudo é fluxo, “Não se pode entrar duas vezes no mesmo
rio”.
Demócrito, em decorrência dessa perspectiva já fala que o universo é feito de átomos.
 O que se comprovou modernamente.
Xonófanes, declarou que “Nenhum homem conhece, ou conhecerá algum dia, a verdade
acerca dos deuses e de tudo; porque mesmo que alguém, por acaso, dissesse toda a verdade,
não obstante, não a reconheceríamos”.
 Semelhante aos pontos de vista de Wittgenstein no séc. XX.
Elemento central da filosofia de Platão é a Teoria das Ideias (ou das Formas), que a explica
com o mito da caverna.
 Para ele o mundo percebido pelos sentidos é mutável e o mundo das ideias imutável e
eterno.
 Esse reino de Ideias universais possui uma hierarquia, dessas a mais elevada é a Ideia
do Bem.
 Síntese: o verdadeiro conhecimento só pode ser apreendido pelo intelecto e não
pelos sentidos, assim, devemos nos afastar do mundo empírico.
 Isso nos leva a Ética de Platão: no mundo particular percebemos o bem aparente e com
a ajuda da razão chegamos ao maior bem.
 Assim, defende uma moral de iluminação espiritual antes de regras particulares de
conduta.
A Academia que Platão criou reconhecida como a primeira universidade.
Em sua obra a República, Platão pergunta: “ O que é a justiça?”, nesse diálogo reúne Sócrates
e outras personalidades em um jantar na mansão de um magnata. Nessa Sócrates passa a
desenvolver sua Ideia de sociedade justa.
 Abordam-se temas como: Liberdade de expressão feminismo, controle de natalidade,
propriedade pública e privada, etc.
 Na sociedade ideal de Platão, sua Utopia, não haveria propriedade ou casamento (a
não ser para classes anteriores), as crianças seriam retiradas de suas mães e educados
coletivamente, até os 20 anos, (com ginástica, “música edificante” (apenas marchas
militares, para instilar coragem e amor à pátria), depois àqueles que se sobressaíssem,
continuariam, para estudar aritimética, geometria e astronomia por mais 10 anos, o
restante iram ser fazendeiros, comerciantes, etc. Após esses 10 anos, os melhores,
continuaruma para estudar filosofia por 05 anos, os não aptos para o exécito, esses
melhores continuaruam e depois os assuntos de Estado e etc. por mais 15, quando
seriam considerados aptos a governar (Filosofos-Governantes).
 Esses filósofos governantes, viveriam juntos de acordo com a escolha de cada um,
com “igualdade total ente homens e mulheres” (apesar de em outra passagem Platão
dizer que àqueles que em outra vida não conseguissem viver bem como homens,
passariam ao corpo de uma mulher).
 Ele cria que, vivendo em comunidades e desprovidos de interesses pessoais, essa elite
estaria imune a subornos: sua única ambição seria assegurar a justiça no Estado.
 Desse grupo seria escolhido o Chefe de Estado: o Filósofo-Rei.
 Os poetas, dramaturgos e músicos, das músicas “indesejadas”, seriam expulsos. Bem
como seriam proibidos o culto aos deuses, a religião e a mitologia. Contudo, ele
próprio introduz uma Deus próprio ideal, que é implacável e obedecido
 Contextualização: podemos falar que sociedade ideal de Platão é uma resposta a
situação Ateniense, que derrotada na Guerra do Peloponeso, teve na sequencia um
governo no Governo dos Trinta Tiranos e depois por um governo democrático,
igualmente tirânico, tendo, inclusive, morto Sócrates. Assim, para ele era necessário
um país com ordem e com grande controle como a Espartana, que prevaleceu na
guerra.
 Para Sócrates: “os bons são felizes”, para Platão: os injustos são infelizes, ou seja,
crie-se uma sociedade justa e todos estarão bem.
 Por mais de 01 milênio a Sociedade Medieval, com suas classes inferiores, casta
militar, clero poderes, guardou semelhança com a República de Platão.
 Ademais, o comunismo e o fascismos adotaram muitos traços de suas teorias.
 Para Platão: “A menos que os filósofos se tornem governantes ou que os governantes
estudem filosofia, os males da humanidade não terão fim”. Contudo, na prática, os
governantes inspirados por Ideias Filosóficas causaram mais destruição do que os
ignorantes em filosofia.
 A parte não-política da filosofia de Platão se mesclaria com o cristianismo,
proporcionando base filosófica mais firme a fé.
Para Platão a Alma humana tinha 03 elementos: o Racional (que busca o conhecimento), o
Espírito (busca conquista e distinção) e o Apetite (busca satisfação).
 Platão então divide a sua sociedade ideal em 03 elementos: os filósofos, os soldados e
a “ralé”, que mantinha o mundo em andamento e era governada pelo Apetite.
 A justiça só seria alcançada quando cada um dos 03 elementos cumpre seu papel.
Já em o Banquete, Platão discute o amor.
 O amor erótico homossexual de Alcebíades por Sócrates.
O Eros em Platão: é o impulso da alma em direção ao bem.
 Forma inferior: paixão por uma pessoa bonita.
 Forma superior: união dedicada a anseios mais espirituais, que proporcionariam o bem
social.
 A forma mais elevada de amor platônicos seria o consagrado à filosofia, e seu ápice o
alcance da visão mística do Ideia de Bem.
 Essa visão inspira o Amor Cortes dos trovadores da Idade Média, que hoje está quase
extinta.
Platão é morto e sepultado na Academia, que floresceria em Atenas nos anos seguintes até ser
destruída por Justinano em 529 d.c. que quer abolir a influencia da cultura helenista em favor
do cristianismo.
 Essa data é considerada por muitos historiadores como o fim da cultura greco-romana,
e o início da Idade das Trevas.
Todo esse conjunto de ideias ficou conhecido como Platonismo.
Posteriormente, com base nas ideias de Platão, construiu-se o Neoplatonismo que teve Plotino
como referência, que passaram a enfatizar os elementos místicos do platonismo e que foi,
enquanto se espalhava no Império Romano, a principal resistência ao cristianismo.
Contudo, com o nascimento de Santo Agostinho e sua atração pelo neoplatonismo, há por si
uma harmonização da filosofia neoplatônica com a teologia ortodoxa cristã, reforçando o
alicerce intelectual do cristianismo.

STRATHERN, P. Platão em 90 Minutos ( )


4. Aristóteles (384-322 a.c.)
Foi tutor de Alexandre, o Grande.
Teve ampla área de estudo do formato das conchas do mar, à esterilidade, natureza da alma,
meteorologia, poesia, arte …
Cria a Lógica.
Bibliografia:
STRATHERN, P. Aristóteles em 90 Minutos

5.