Você está na página 1de 39
5 BR LinasTERO DA JUSTIA POLICIA JUDICIARIA [DEPARTAMENTO DE NVESTIGAGAO CAMAKAL DE PORTRILD, NUIPC- 201/07.0 GALGS 49 BRIGADA INSPECTOR Jodo Carlos DENUNCIANTE/OFENDIDO- Policia Judicidria DENUNCIADOS/ARGUIDOS- Robert James Queriol Eveleigh Murat, identificado e interrogado a fis, 1170, 1947 e 1959, *Gerald Patrick McCann, identificado e interrogade a fis. 2569 *Kate Marie Healy, identificada e interrogada a fis.2557. TESTEMUNHAS/PESSOAS INQUIRIDAS- Vide indice remissivo. TIPIFICACAO DO CRIME- Desconhecido TEMPO E LUGAR- Entre as 21HO5 ¢ as 22H00 do dia 03 de Maio de 2007, no apartamento GSA, sito no empreendimento “Ocean Club’, Vila da luz, Lagos. ARTIGOS APREENDIDOS- Vide indice (todas os artigos apreendidos foram entregues 205 proprietérios, mediante termo) EXAMES REALIZADOS- Vide indice. 2 2de57 snnustéR0 DA.UsTICGA POLICIA JUDICIARIA DEPARTAMETODE ESTAS CRAM 4 CTE eeE eee 2 PREAMBULO * Respeitam os autos, a uma ocorrfncia que versa o desaparecimento de um2 menor de nacionalidade britanica, MADELEINE BETH MC CANN, filha de GERALD PATRICK MC CANN © KATE MARIE HEALY, 4 data com trés (quase quatra) anos de idade. Atinente ao tempo e lugar, os factos acorreram no dia 03 de Maio dé 2007, no hlato temporal, segundo testemunhos, compreendida entre as 21HO5 ¢ a5 22HOO (sendo certo que apés as 17H30, somente GERALD ¢ KATE contactaram com MADELEINE), no empreendimento denominado “Ocean Club", sito na Vila da Luz, Lagos, local, ande a familia da menor, juntamente com sete outras pessoas, com quem mantinham um relacionamento de amizade, gezavam um perioda de férias, com a duracéo de uma semana. A chegada do grupo, orlundo do Reino Unido, ao territério nacional, via aeroporto de Faro, teve lugar no dia 28 de Abril de 2007, Viajaram em dais grupos distintos, uma vez que habitam em localidades diferentes. A viagem do aeroporto até & localidade da Luz, fol efectuada num pequeno autocarro, cedido pela empresa “Mark Warner”, entidade gestora do empreendimento. 3de57 os MINSTIERIO DA AISTIGA POLICIA JUDICIARIA DEPARTAMENTO DE PovESTIOACD CARNAL Oe PORTINAD, No acto de inscrigéo ("check in") foram colocados em varios apartamentos, todos eles no bloco G5, confinantes entre si, sendo esta uma imposi¢ao, ou pela menos sugestdo, de todo o grupo. Ficaram todos alojados no piso térreo, exceptuando a familia PAYNE (David, Fiona ¢ Diane Webster) que ficou no 1° piso. A familia MC CANN coube o apartamento GSA, |ocalizado no topo esquerdo do bloco residencial (por abordagem frontal) e desta forma, pademos dizé-lo, o mais acessivel ¢ com visibilidade facilitada do exterior. Trata-se de um grupo em que sete dos elementos s&o médicos, de varias especialidades, 2 que acresce 9 facto de todos terem filhos menores de idade, dos quais se faziam acompanhar. A familia MC ‘CANN era composta pelos progenitores, bem como por MADELEINE, © os gémeos SEAN © AMELIE, estes de dois anos de idade, & data dos factos. Esta viagem fol crganizada pela familia PAYNE, designadamente pelo elemento masculino do casal, DAVID ANTHONY PAYNE, conhecedor, na perspectiva de utilizador, dos resorts turisticos da empresa “Mark Warner”, © grupo partithava, concomitantemente, uma amizade anterior a esta viagem, sedimentada em relacées profissionais e noutras deslocagées de lazer. Saliente-se ser esta a primeira vez que os elementos do grupo se encontravam a passar férias neste empreendimento turistico em