Você está na página 1de 6

772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine(SEBP4096 - 38...

Página 1 de 6

Fechar o SIS

Tela anterior

produtos: TRUCK
Modelo: 772 TRUCK RLB00698
Configuração: 772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine

Operação e Manutenção
770 e 772 Caminhão Fora-de-estrada
Número de Mídia -SPBU7837-09 Data de Publicação -01/05/2011 Data de Atualização -06/07/2011

i04413752

Viscosidades dos Lubrificantes - Recomendações de Fluidos


SMCS - 1000; 7000; 7581

Informações Gerais sobre Lubrificantes


Ao operar a máquina em temperaturas abaixo de −20°C (−4°F), consulte o Publicação Especial, SPBU5898,
"Recomendações para Tempo Frio". Essa publicação está disponível junto ao revendedor Cat.

Para aplicações em climas frios nas quais se recomenda o óleo de transmissão com grau SAE 0W-20, o óleo Cat
TDTO para Clima Frio é a primeira opção.

Consulte a seção "Informações sobre Lubrificantes" na revisão mais recente da Publicação Especial, SPBU6250,
"Recomendações para Fluidos de Máquinas Caterpillar" para obter uma lista de óleos de motor Caterpillar e
informações detalhadas. Este manual pode ser encontrado na internet no site Safety.Cat.com. As notas de rodapé
são parte vital das tabelas. Leia TODAS as notas de rodapé sobre o compartimento da máquina em questão.

Seleção da Viscosidade
Para selecionar o óleo adequado para cada compartimento da máquina, consulte a tabela "Viscosidade do
Lubrificante para Temperatura Ambiente". Use o tipo de óleo E a viscosidade de óleo adequado para o
compartimento específico à temperatura ambiente correta.

O grau de viscosidade adequado do óleo é determinado pela temperatura ambiente mínima (o ar nas proximidades
da máquina). Mede a temperatura quando a máquina é ligada e enquanto a máquina é operada. Para determinar o
grau de viscosidade apropriada do óleo, consulte a coluna "Mín" da tabela. Essas informações refletem a mais
baixa temperatura ambiente para se dar partida e para se trabalhar em uma máquina fria. Consulte a coluna "Máx"
da tabela para selecionar a viscosidade do óleo para operação da máquina à temperatura mais alta prevista. A
menos que especificado de outra maneira nas tabelas de "Viscosidades dos Lubrificantes para Temperaturas
Ambientes", use a máxima viscosidade de óleo permitida para a temperatura ambiente ao ligar a máquina.

Em máquinas utilizadas em regime de operação contínua, devem-se usar óleos com viscosidade mais alta nos
comandos finais e nos diferenciais. Óleos com maior viscosidade manterão a máxima espessura possível da
película de óleo.

AVISO

Não seguir as recomendações encontradas nesse Manual pode levar a


um desempenho reduzido e falha do compartimento.

https://sis.cat.com/sisweb/sisweb/techdoc/techdoc_print_page.jsp?returnurl=/sisweb/sisweb/mediasea... 11/08/2011
772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine(SEBP4096 - 38... Página 2 de 6

Óleo do Motor
Os óleos Cat foram desenvolvidos e testados para fornecer o máximo desempenho e vida útil projetados e
incorporados aos motores Cat.

Os óleos Cat DEO-ULS multiviscosos e CatDEO multiviscosos foram formulados com as quantidades corretas de
detergentes, dispersantes e alcalinidade para proporcionar desempenho superior aos motores diesel Caterpillar,
quando recomendados para uso.

Tabela 1
Viscosidades dos Lubrificantes para Temperaturas Ambientes
°C °F
Compartimento ou Requisitos de Tipo de Óleo e Viscosidades de
Sistema Desempenho Óleo Máx
Mín Máx Mín

Cat DEO-ULS Cold Weather −40 40 −40 104


SAE 0W-40

Cat DEO SYN −30 50 −22 122


SAE 5W-40
Cat DEO SYN
Cárter do motor
Cat DEO-ULS −18 40 104
SAE 10W-30 0
Cat DEO
Cat DEO-ULS −9,5 50 122
SAE 15W-40 15
Cat DEO

Quando se usarem combustíveis com concentrações de enxofre de 0,1% (1.000 ppm) ou mais, o Cat DEO-ULS
poderá ser usado se houver um programa de análise do óleo S·O·S for seguido. Baseie o intervalo de troca de óleo
na análise do óleo.

Caminhões Fora-de-Estrada
Cat FDAO SYN, Cat FDAO SAE 60 ou óleo comercial que atenda a Cat FD-1 SAE 60 é preferido na maioria dos
Diferenciais, Rodas Dianteiras e Comandos Finais, particularmente em operação contínua.

Se a temperatura ambiente estiver abaixo de −10°C (14°F), aqueça o óleo antes de operar. O óleo deve ser
mantido numa temperatura acima de −10°C (14°F) durante a operação. Se a temperatura ambiente estiver abaixo
de −10°C (14°F), antes da operação execute o procedimento de aquecimentodo diferencial. Consulte o Manual de
Operação e Manutenção, "Aquecimento do Motor e da Máquina".

Se a temperatura ambiente estiver abaixo de −25°C (−13°F) (abaixo de −35°C (−31°F) para o Cat FDAO SYN),
consulte o seu revendedor Caterpillar para obter instruções. Se o óleo não for aquecido antes da operação, a
máquina será danificada.

Para aplicações em climas frios nas quais se recomenda o óleo de transmissão com grau SAE 0W-20, o óleo Cat
TDTO para Clima Frio é a primeira opção.

Tabela 2
Viscosidades dos Lubrificantes para Temperaturas Ambientes dos Caminhões Fora-de-estrada 770, 772,
770G e 772G
Compartimento ou Sistema °C °F

https://sis.cat.com/sisweb/sisweb/techdoc/techdoc_print_page.jsp?returnurl=/sisweb/sisweb/mediasea... 11/08/2011
772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine(SEBP4096 - 38... Página 3 de 6

Requisitos de Tipo de Viscosidades de Máx


Mín Máx Mín
Óleo e Desempenho Óleo
−40 10 −40
SAE 0W-20 50

Cat TDTO −20 10


Cat TDTO-TMS SAE 10W −4 50
Servotransmissão e Sistema de
Cat TDTO para Clima
Conversor de Torque 50 122
Frio SAE 30 0 32
Cat TO-4
−10 50 122
Cat TDTO-TMS 14

−40 40 −40 104


SAE 0W-20

40 −40 104
SAE 0W-40 −40

Cat HYDO Advanced 40 −40 104


SAE 0W-30 −40
10
Cat HYDO Advanced
40 −22 104
30 SAE 5W-30 −30
Cat BIO HYDO
Advanced 40 −22 104
Cat MTO SAE 5W-40 −30
Cat DEO
Cat DEO-ULS 40 104
Cat TDTO SAE 10W −20 −4
Sistema de Direção Cat TDTO para Clima
Frio 50 122
SAE 30 10 50
Cat TDTO-TMS
Cat DEO SYN
Cat DEO SYN Bio HYDO 40 104
−20 −4
Cat Cold Weather DEO- Advanced
ULS
40 104
Cat ECF-1-a, Cat ECF-2, SAE 10W-30 −20 −4
Cat ECF-3,
Cat BF-2 50 122
Cat TO-4, Cat TO-4M SAE 15W-40 −15 5

40 104
Cat MTO −20 −4

50 122
Cat TDTO-TMS −15 5

Cat TDTO −40 40 −40 104


SAE 0W-20
Cat TDTO para Clima
Sistema do Guincho e Freios
Frio 50 122
Cat TO-4 SAE 10W −20 −4

−10 32
Cat FDAO SAE 50 14 90
Diferencial, Rodas Dianteiras e
Cat FDAO SYN
Comandos Finais 50 122
Cat FD-1 SAE 60 −10 14

https://sis.cat.com/sisweb/sisweb/techdoc/techdoc_print_page.jsp?returnurl=/sisweb/sisweb/mediasea... 11/08/2011
772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine(SEBP4096 - 38... Página 4 de 6

50 122
Cat FDAO SYN −10 14

Recomendações sobre Lubrificação


Tabela 3
Tipo de Lubrificação Caterpillar para Caminhões Fora-de-estrada
Faixa de Temperatura
Fator Ambiente
Carga e Grau
(1) de Tipo de
Ponto de Aplicação Velocidade °C °F NLGI
Carga Graxa
Típicas
Máx Mín Máx
Mín

Fator −35 −31 104


40 1
de
Apertador do Cinto, Estria de Graxa Ultra
Alto carga
Divisão do Eixo de Comando, 122 5Moly
de 40- −30 50 −22 2
Polia do Ventilador, Alavanca 50%
Angular de Controle do
Guincho, Rolamento de Cilindro Fator
do Guincho, Rolamento de de
−20 −4 104 Graxa 3Moly
Quadro A de Eixo Frontal e Médio carga 40 2
Avançada
Traseiro, Extremidade do de 30-
Cilindro de Direção, Articulação 40%.
da Direção, Rolamentos de Pino
e de Haste de Cinta de Direção, Fator
Estabilizador, Comando de de
−30 −22 104 Graxa
Tacômetro Baixo carga 40 2
Multiuso
de 20-
30%
Graxa para
Rolamentos
−20 −4 104
Mancais do Comando do Ventilador 40 2 de Esferas de
Alta
Velocidade
(1)
Exemplos Típicos

Graxa para o Sistema de Lubrificação Automática


A graxa usada com o sistema de lubrificação automática não deve conter grafite nem PTFE.

Nota: A capacidade de bombeamento é baseada em "Testes de Mobilidade de Aço e Ventímetro Lincoln dos
EUA". O desempenho poderá variar dependendo do equipamento de lubrificação e do tamanho das linhas.

Tabela 4
Graxa Recomendada para o Sistema de Lubrificação Automática
°C °F
Compartimento ou Sistema Tipo de Graxa Grau NLGI
Mín Mín
Graxa Cat 3Moly Grau NLGI2 −18 0
Sistema de Lubrificação Automática Cat
Cat Ultra 5Moly (1) Grau NLGI2 −7 20

https://sis.cat.com/sisweb/sisweb/techdoc/techdoc_print_page.jsp?returnurl=/sisweb/sisweb/mediasea... 11/08/2011
772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine(SEBP4096 - 38... Página 5 de 6

Grau NLGI 1 −18 0


Grau NLGI 0 −29 −20
Cat Arctic Platinum Grau NLGI 0 −43 −45
Cat Desert Gold Grau NLGI2 2 35
(1)
Lubrificante preferido para a maioria das aplicações de Caminhão Fora-de-estrada.

ReferênciaConsulte a Publicação Especial, SPBU6250, "Recomendações para Fluidos de Máquinas Caterpillar"


para obter mais informações sobre graxa. Este manual pode ser encontrado na internet no site Safety.Cat.com.

Recomendações para Combustível Diesel


O diesel deve atender à "Especificação da Caterpillar para Combustível Destilado" e às versões mais recentes da
norma "ASTM D975" ou "EN 590", para garantir desempenho ideal do motor.

Os combustíveis preferidos são combustíveis destilados. Esses combustíveis são comumente chamados de
combustível diesel, óleo de caldeira, gasóleo ou querosene. Esses combustíveis devem atender à "Especificação
da Caterpillar para Combustível Diesel Destilado para Motores Diesel Fora-de-estrada". Combustíveis diesel que
atendem à especificação Caterpillar ajudarão a propiciar desempenho e vida útil do motor máximos.

O enchimento inadequado com combustíveis de alto teor de enxofre pode ter os seguintes efeitos negativos:

• Redução da eficiência e da durabilidade do motor

• Aumento do desgaste

• Aumento da corrosão

• Aumento de depósitos

• Redução da economia de combustível

• Diminuição do período de tempo entre os intervalos de drenagem de óleo (intervalos de drenagem de óleo
mais frequentes)

• Aumento dos custos operacionais totais

• Impacto negativo nas emissões do motor

Falhas que resultem do uso de combustíveis indevidos não são defeitos de fábrica Caterpillar. Desta maneira, o
custo de reparos não são cobertos por nenhuma garantia Caterpillar.

A Caterpillar não exige o uso combustível diesel de enxofre ultrabaixo (ULSD) em aplicações em máquinas e
fora de estrada que não contem os motores com certificação de Nível 4/Estágio IIIB. O ULSD não é exigido em
motores que não estejam equipados com dispositivos de pós-tratamento.

Siga as instruções de operação e as etiquetas da admissão do tanque de combustível, se disponíveis, para garantir
o uso dos combustíveis corretos.

Aditivos de Combustível
O Condicionador de Combustível DieselCat e o Limpador do Sistema de CombustívelCat estão disponíveis para
uso, quando necessário. Esses produtos são aplicáveis a combustíveis diesel e biodiesel. Consulte o revendedor
Cat quanto à disponibilidade.

https://sis.cat.com/sisweb/sisweb/techdoc/techdoc_print_page.jsp?returnurl=/sisweb/sisweb/mediasea... 11/08/2011
772 Off-Highway Truck RLB00001-UP (MACHINE) POWERED BY C18 Engine(SEBP4096 - 38... Página 6 de 6
Biodiesel
O biodiesel é um tipo de combustível que pode ser produzido a partir de vários recursos renováveis, como óleos
vegetais, gordura animal e óleo de cozinha usado. Os óleos de soja e de canola são as principais fontes de óleo
vegetal. Para usar esses óleos ou gorduras como combustível, é preciso processá-los quimicamente
(esterificados). A água e os contaminantes são removidos.

A especificação de combustível diesel destilado dos EUA, "ASTM D975-09a," inclui nível até B5 (5%) de
biodiesel. Atualmente, qualquer combustível diesel, nos EUA pode conter até o nível B5 de biodiesel.

A especificação europeia de combustível diesel destilado, "EN 590", inclui até o nível B5(5%) e, em algumas
regiões, até B7 (7%) de biodiesel. Qualquer combustível diesel na Europa pode conter até o nível B5 ou, em
algumas regiões, até B7 de combustível diesel.

Nota: Até o nível de mistura B20 do biodiesel é aceitável para uso em motores do Carregador de Roda Médio.

Quando o combustível biodiesel é usado, certas diretrizes devem ser seguidas. O combustível biodiesel pode
influenciar o óleo do motor, dispositivos depois do tratamento, componentes não metálicos do sistema de
combustível e outros. O combustível biodiesel tem vida útil de armazenamento e estabilidade de oxidação
limitadas. Siga as diretrizes e os requisitos para motores operados de forma sazonal e motores de geração de
potência de emergência.

Para reduzir os riscos associados ao uso do biodiesel, a mistura final de biodiesel e o combustível biodiesel usado
devem atender aos requisitos específicos de mistura.

Informações sobre Líquido Arrefecedor


É possível usar os dois tipos de líquidos arrefecedores a seguir nos motores diesel Caterpillar:

Preferida - Cat ELC (Líquido Arrefecedor de Vida Útil Prolongada)

Aceitável - Cat DEAC (Anticongelante/Líquido Arrefecedor para Motores Diesel)

AVISO

Nunca use somente água sem os Aditivos do Líquido Arrefecedor


(SCA) ou sem líquido arrefecedor inibido. A água isolada é corrosiva
nas temperaturas de operação do motor. Além disso, ela não oferece a
proteção adequada contra ebulição ou congelamento.

Direitos Autorais 1993 - 2011 Caterpillar Inc. Thu Aug 11 09:29:40 UTC-0300 2011
Todos os Direitos Reservados.
Rede Particular Para Licenciados SIS.

https://sis.cat.com/sisweb/sisweb/techdoc/techdoc_print_page.jsp?returnurl=/sisweb/sisweb/mediasea... 11/08/2011