Você está na página 1de 17
ANOTACOES DO 1° CURSO DE SETIMO TOTAL DE 10 (DEZ) AULAS JANEIRO A JUNHO DE 1980 INSTRUTOR: MESTRE NESTOR TRINO ARAKEN SIMIROY Sol-Sinironba é a led do anor, causa e efeito.S%o Deuses que — tem poder enorme, deslocam suas raizes conforme a necessi, dade. As forcas no se deslocam em.vdo. Hi precis%o na eg colha ou necessidade. Os grandes Iniciados s%o preciso, - inclusive tem técnica. SIMTRONBA no junta linha con CHAPAM cavaleiro da langa fatal, o cevalei- ro desce quando hd abuso das leis e é necessdrio justicga, sempre que-descem hd morte ( leila) SIMIROBA junta linha com outros 6rixds, como IFA, CXAN-BY. ete. Jempre cue evocaz0s uma forga, ndo sabemos o que merecenos. Foren, os Ini~ ciados saben com precisfio o que precisenos. Frecisamos sa ver pedir. No devemos invocar as forgas em vaio ou indevi damente, elas nZo se deslocam em vio. 2APIR 6 uma LegiZo. B uma plataforma ou estag&o onde SICIRCERA e OLCRUZ — projetam suas linhase . EESA EVARGELICA, LINHA DE PASSE, s&o poderes jd existentes gue a Tia $rouxe KgSim Westies, € 2 Ciéncia do Amanhecer. Se trabalharmos dentro das leis é — da conduta doutrindria, terenos estas forgas em nosso favor. "Se trebalnarmos mal, teremos CHAFARA, " Salve Deus", TEXBREZES: 0 Jaguar é a forca da terra. io trabalho Ge contagen, tenos assisténcia do 1° Raio de Araken.A Lei de Ara kem 6 a lei de causa e efeito, ou a lei cdrmicey A energia de Arekem é extra~cosmica. ) Comandante dos sete Raios ( do Sol Simétrico) é o Pai Seta Branca. URATZ € a casa transitéria do Canal Vermelho onde os umbandistas pra: suas mecunbase LORUN § imal _a sete linhas Mantras de Tua. Nepois de Fedre Branca , se n&o tivermos compromissos, o nosso guia esp ritual nos leva para a Limha de Olorun, Amedide que 2 energia extra-cdszica vei aginds, nés vamos nos livertando — 2 da energie cdraica e evoluinds. morfstco é toda ent impregnade no corpo fisico. "Centro Coronério-: Toxo vital= fisico, Micro Plex rispirito. : JaAverd ne sua _semi-inconciéncia, pertence a Linha liestra de Olorun. 0 Doutrinsdor vertence a linha de Tapir. th] Coatald, Ch] Cbetald, entrego neste instante mais esta ovelha pera o ‘teu _vedil- é uma chave de desintegracio. i-_ Todo ser humano tem sete forgas. 0 equilifbrio consiste em 4 forgas negatives ou nativas e 3 forges positives. yhonen gera force do Jaguar= forga da terra= flufdo nagnético aninal. O espizito, como toda a mitéria, é uma reunigo de flufdcé oésmicos. Ss no enxersenog um espirito sofredor porque o Neutron nfo deixa. y Oréeulo ten sete refzes. sdjunto de Jurese, € a Corrente Africana no Brasil. Adjunto e Rafzes aio sindnimos. 0 Adjunto de Jurera o om sete posigo’s ritualisticas, é 0 nosso Sol Assinetri eco: a vara © nosso ecuilfprio: Expelimos energia cdrmica, com ag nads na cintura inspirendo pelo nariz e soltando lentemente pela boca, eriatura encarnada ou desencernada onde estiver, respira entre raios de "Vida superior ou inferior que emite om seu redor de seus proprios passos, tal quel cranha que se confunde nos fios escures que proguz, girando en torno de si mesmo, em suma somos o que geranod. alae, Kacro Flexo=pe~ FORCAS DO HON Q Brono Kilenar é um portal de desintegracdo, ali incorpora roderoses es} : vitos, como por ex: Reis, cardeais, pastores. etc. Sio espi- vitos que raciccinam, planejen, senizilam energies, eles ten conhecimentos, So o Jaguar Ima que rode, até o m pora-los, wn trabalho muito pesado, o Doutrinador é so de ser pelo menos un 7? Raio, o trono milerer so pode ser aberto apés es 15:00 horas. Z preciso conduzir ume dewtrina com muito anor, ali passa espiritos con falanges de até cin- co nil espiritos, dentro de sua lei, cles acham que est&o certos, a lei deles é de: te © olho por o: podenos entrar en seu padrac, nfo devenos humilks-los e nem ofende-los, porque ge iseo ocorrer, onde esta a doutrina cris tica, a emissiio flufdica de amor, a vibragio ajuda na sua evo lugo, a evolugio vem de dentro vara fora, Mio acredite no gue ele diz, querem nos desiquilibrar, ele quando enite poe pra fora energia, que apds aanipulcda, volta a ele. Precisa~ mos caminhar con seguranga, pois quem caminha pode ceir, o ~ espirito sofredor precisa de energia vital, no do homem de~ sequilibrado que nfo tem amor no corag&o, doutrine com amor pois anenhi podenos estar ali, ali rassam: obsessores, mons— trinhos, e pode estar até um parente nosso. 0 tempo depende- de como doutrina-los. Deveros mostrar ao espirito que ele ~ tem pai, £ilho, immfo, alma gtwoe, pedindo a cua libertagio. “cuidado con a ?é religiosa que nos amwla a razio e nos submete ao jufzo - dos ovtros." Tia Neiva". S6_devemos falar quando tem alguem que ouga, que entende. que fala 0 cia quando deve". “4 BaaSo humana € 0 reflexo da razBo eterna, hd Deus om nds. Devemos cultivar o santudrio de nossa inteligéncia, porque é por ele que nés evoluinos, " Tia Neiva". Pagsor velo Amanhecer igacrando sva disciplina ou esclarecimento, no se cux Tao néw se cura coisa alguna. "Tis lieiva". © wédiun que nfo trabalha é igual co doente que apés ser medicado, nfo faz - ‘uso do remédio, A lingua é 0 maior chicote do corpo. J desconos aqui vdrias vezes, por vaidade, por orgulho, nio vauos semear = discordia e alimentar correntes negativas. O Peixe mora ntagua gratuitamente, mas sabe que tem que nadar, cada um tem que andar com os seus prézrios pés. RaIZ| é um estado de acomodagio de forcas em movimento, foram formadas na = terra por grandes iniciados, evoluiram mitos espiritos, for uaram grandes poderes, sio tribos, so fomilias espirituais. Hiés estamos tentando organizar a RAIZ GUAR come: Adjunto de Jurema, Trino de Ir as origens BBO Ea sou aquele — as raizes atraen G0, das rafzes destes Iniciados. {zea fornam o Oréculo de Simiromba~cabal: TARO (USK DIgER-Ratzzs DO osu. z SEONS-AVEL pele Lei de cauen e efeito, pelo transporte doa es. piritos até o canal vernelno, ( Espiritos de toda a terras) OLORUY tanben wma rafz milenar, ponto de vartida de trés forgas: 12 I7k- Cavaleiro Ligeiro ¢ o mensageiro dos Orixds. 2@ OAAN-EY-Lan ge Vermelha é€ o beus da cure, 32 CHAPAXI-Ienga Nedra é a justica fatal, OLORUM~significa a Iua~ 0 Aparde de Ariano.