Você está na página 1de 6

Absorção

Processo no qual uma substância recebe outra. Na absorção verifica-se a absorção de um gás ou
líquido por um sólido ou líquido. A substância absorvida infiltra-se na substância que a adsorve.

Ácido

Composto que contém hidrogénio, podendo-o libertar numa solução aquosa. Esta solução aquosa
apresenta sempre um pH inferir a 7. A força de um ácido depende da facilidade com que o ião de
hidrogénio se solvata. De modo mais abrangente, segundo a teoria de Lewis um ácido é um
composto ou átomo capaz de aceitar electrões ou doar protões.

Adsorção

Processo pelo qual uma substância (gás ou líquido) adere à superfície de outra (sólido). Na adsorção
verifica-se a formação de uma camada de gás ou líquido sobre a superfície de um sólido. A adsorção
pode ser química ou física. Na adsorção química, a substância adsorvida reage com a superfície do
adsorvente havendo a formação de ligações químicas. Neste tipo de adsorção forma-se uma única
camada de substância adsorvida na superfície do adsorvente. Por sua vez, na adsorção física não há a
formação de ligações químicas. As moléculas são adsorvidas através de forças de Van der Walls. Para
este tipo de adsorção podemos ter várias camadas de moléculas adsorvidas.

Álcool

Composto orgânico que contém grupos hidroxilo -OH.

Anião

Ião carregado negativamente. Por exemplo, o OH- é um anião.

Ânodo

Eléctrodo onde se dá a reacção de formação de electões, ou seja, onde se dá a reacção de oxidação.


Este eléctrodo é o positivo, pois é para onde se dirigem os aniões durante a electrólise.

Átomo

A mais pequena quantidade de um elemento que pode existir quimicamente, conservando ainda as
propriedades características deste elemento. O átomo de qualquer elemento é constituído por um
núcleo, de protões e neutrões, rodeado por electrões em movimento.

Barómetro

Instrumento que mede a pressão atmosférica.

Base

Composto que se dissolve em água para formar iões hidróxido (OH-). Uma solução aquosa de uma
base tem sempre um pH superior a 7. As soluções aquosas formadas por uma base têm a designação
de soluções alcalinas.
Calor

Transferência de energia (geralmente energia térmica) entre dois corpos que estão a temperaturas
diferentes.

Capacidade calorífica

Quantidade de calor fornecida a uma substância para o seu consequente aumento da temperatura. A
capacidade calorífica é definida como a quantidade de calor fornecida (em Joules) a uma
determinada massa de uma substância (em Kg) para que a temperatura desta aumente (em Kelvin).

Catião

Ião carregado positivamente. Por exemplo, o H+ é um catião.

Cátodo

Eléctrodo para onde se deslocam os electrões, ou seja, onde se dá reacção de redução. Durante a
electrólise, os catiões movem-se para o cátodo.

Centro de gravidade

Ponto de um objecto onde se pode supor que toda a sua massa está concentrada para efeito de
equilíbrio mecânico.

Coloíde

Sistema no qual existe duas ou mais fases com uma fase dispersa num meio dispersivo. A fase
dispersa apresenta dimensões compreendidas entre os nano a micro metros (10-6 a 10-9 m)

Convecção

Um processo de transferência de calor através do qual o calor é transferido de uma parte do fluido
para outra parte por movimento do próprio fluido. A convecção pode ser natural (densidade) ou
forçada (agitação mecânica).

Densidade

Medida da massa de uma substância por unidade de volume.

Difusão

Processo de transferência de massa segundo o qual compostos deferentes se misturam como


resultado do movimento aleatório dos seus elementos (átomos, moléculas ou iões).

Electrão

Partícula elementar de um átomo que apresenta uma carga negativa e uma massa praticamente
duas mil vezes inferior à do protão e do neutrão.

Eléctrodo
Terminal eléctrico que conduz a corrente eléctrica numa célula electroquímica.

Electrólito

Composto químico que conduz iões de um eléctrodo para o outro.

Entropia

Medida directa da desordem de um sistema.

Evaporação

Mudança de estado de um líquido para vapor, a uma temperatura inferior à do ponto de ebulição do
líquido.

Imiscível

Líquido que não se mistura com outro líquido, ou seja, forma uma mistura heterogénea. Por
exemplo, a água é imiscível no azeite.

Isótopo

Átomo de um elemento com um número específico de neutrões.

Massa atómica relativa

Razão entre a massa do átomo de um certo elemento e 1/12 da massa de um átomo de carbono-12.

Miscível

Líquido que forma uma mistura homogénea com outro líquido. Por exemplo, a água é miscível com o
vinagre.

Molalidade

Número de moles de soluto dissolvidos num quilograma de solvente.

Molaridade

Número de moles de um soluto num litro de solução.

Molécula

Grupo de átomos interligados por uma ou mais ligações químicas. As moléculas podem ser
constituídas por átomos de mesmo elemento (O2) ou por diferentes elementos (H2O).

Neutrão

Partícula subatómica constituinte do átomo. Os neutrões fazem parte do núcleo atómico. Estes não
transportam qualquer carga eléctrica.

Osmose
Movimento de moléculas de solvente através de uma membrana semipermeável, de uma solução
menos concentrada em soluto (ou do solvente puro) para uma solução mais concentrada em soluto.

Oxidação

Reacção na qual há uma perda de electrões.

pH

Medida da propriedade ácida ou alcalina de um líquido ou solução baseada da concentração dos iões
de hidrogénio (H+). O pH é definido como –log[H+].

Pilha

Dispositivo que gera energia eléctrica através de uma reacção química. Uma pilha é constituída por
dois eléctrodos (cátodo e ânodo) e um electrólito.

Pilha electrolítica

Uma pilha na qual a corrente proveniente de uma fonte externa passa através do electrólito, ou seja,
consome energia eléctrica.

Pilha galvânica

Pilha electroquímica que produz electricidade a partir duma reacção redox espontânea.

Polímero

Moléculas de elevada dimensão constituídas por unidades que se repetem (monómeros). Os


polímeros podem ser de origem natural ou sintética.

Ponto de ebulição

Temperatura para a qual a pressão do vapor saturado de um líquido é igual à pressão atmosférica
exterior.

Ponto de fusão

Temperatura a partir da qual um sólido passa do estado sólido para o estado líquido e vice-versa.

Pressão

Força exercida numa unidade de área de uma superfície. Por exemplo, uma força de um Newton
exercida numa superfície de um m2 é equivalente a uma pressão de um Pascal.

Protão

Partícula subatómica que suporta uma carga positiva igual à do electrão (simétrica).

Radiação

Um processo de transferência de calor através do qual a energia é transportada na forma de ondas


electromagnéticas ou fotões.
Redução

Reacção na qual há um ganho de electrões.

Solução

Mistura líquida homogénea de dois ou mais compostos.

Soluto

Substância que é dissolvida num solvente para formar uma solução.

Solvente

Líquido no qual é dissolvido o soluto para formar uma solução.

Sublimação

Passagem directa do estado sólido para o estado gasoso. Por exemplo, a naftalina é um sólido que
sofre sublimação.

Tensão Superficial

Força que actua sobre uma superfície por unidade de comprimento da superfície perpendicular à
força. A tensão superficial é uma força intermolecular que faz com que a área superficial de um
líquido seja a menor possível.

Vácuo

Espaço no qual existe uma pressão de gás baixa, havendo uma quantidade mínima de átomos ou
moléculas. O vácuo perfeito é impossível de alcançar.

Viscosidade
Resistência que um fluido exibe ao seu movimento ou ao movimento de corpos através dele.