Você está na página 1de 4

Aluno:

Série: 7º Data:___/___/___
Disciplina: Português Trim.: 1o.

Nome do Professor: Mariana Musa

Correção da lista de exercícios de recuperação

1- Em cada item abaixo, há somente uma oração. Acrescente o número de orações indicado nos parênteses,
de modo a obter períodos compostos.

a) Antes de ir para a escola... (três orações)

Foram aceitas respostas que fizessem sentido e possuíssem (no mínimo) a quantidade de verbos ou
locuções verbais entre parêntesis, formando, assim, outras orações. Exemplo: eu escovo os meus
dentes, tomo banho e me visto.

________________________________________________________________________________________

b) O menininho tinha um olhar triste... (duas orações)

enquanto ouvia sua música preferida e se lembrava de seu cão.

________________________________________________________________________________________

c) Para ganhar o jogo, ele... (quatro orações)

fez de tudo: correu, se atirou e chutou a bola bem alto.

________________________________________________________________________________________

d) Durante a caçada, o cão parava... (três orações)

observava tudo ao seu redor, sentia o cheiro da caça e avançava em sua direção.

________________________________________________________________________________________

e) O artista cantava... (duas orações)

músicas antigas enquanto a plateia ria e ficava em êxtase com o show.

________________________________________________________________________________________

2- A pontuação é muito importante para que possamos entender o sentido das frases. Pontue com vírgulas,
travessão, pontos finais, pontos de exclamação e de interrogação o trecho abaixo de modo que ele volte a
fazer sentido.

Manuel chegou em casa muito zangado. Encontrou a sua mulher na cozinha e perguntou-lhe prontamente:

- Onde está o nosso filho?

- Acalma-te! O Pedrinho? Está na sala a brincar.


Com passos rápidos, Manuel foi atrás de Pedro.

3- Escreva em cada linha um período simples sobre a imagem que você observou.

Era esperado que fossem construídos quatro períodos simples, isto é, orações com apenas um verbo
ou uma locução verbal, baseados na imagem. Alguns exemplos seriam:

Mafalda está ouvindo música.

A menina ouve o rádio.

Mafalda mexe suas mãos.

A menina está sentada.

4- Agora, junte os períodos do exercício anterior, transformando-os em um único período composto.

Para isso, vocêê deverá usar vírgulas e palavras que ligam orações, como pronomes e conjunções e manter
as informações, sem eliminar ou acrescentar qualquer outra.

Exemplo baseado nos períodos anteriormente construídos:

Mafalda está ouvindo música, ela mexe suas mãos enquanto ouve rádio e está sentada.

A cegonha e a raposa

A raposa convidou a cegonha para um jantar.

Serviu para a amiga uma comida mole, sobre uma pedra lisa.

A cegonha apenas conseguia bicar a comida. E foi para casa com fome.

Então a cegonha convidou a raposa para jantar. Colocou a comida em vasos compridos. Mas o focinho da
raposa não alcançava.

Foi a vez de a raposa voltar para casa, faminta.

2
Leia a fábula e responda às questões 5 e 6.

5- Quantos personagens há nessa história? Quem são eles?

Há duas personagens nessa história, a cegonha e a raposa.

6- Na oração “A raposa convidou a cegonha para um jantar”, qual é o sujeito e qual é o predicado?

O sujeito dessa oração é “a raposa” e o predicado é “convidou a cegonha para um jantar”.

7- Observando os quadrinhos, você percebe que o Bidu está chateado com alguma coisa. Com o quê ele está
chateado?

Bidu está chateado com alguma coisa ruim que Franjinha fez a ele.

8- Há uma brincadeira na tirinha com as palavras “cachorrada” e “gentada”. Explique a brincadeira levando
em consideração a sua interpretação da tirinha.

Normalmente a palavra “cachorrada” é dita por um ser humano quando algo de ruim é feito contra ele.
Como Bidu é um cachorro e é ele quem está chateado com seu dono, o Franjinha, ele faz uma
brincadeira e troca os termos para que faça mais sentido com a sua situação.

9- Neste trimestre, aprendemos a reconhecer os tipos de sujeito de uma oração. Observe os exemplos
abaixo, em cada uma delas, qual é o sujeito? De que tipo eles são (simples, composto, inexistente, oculto,
indeterminado)?

Há muitas cadeiras na sala de aula.

Sujeito inexistente
3
A menina e o menino saíram para passear.

Sujeito composto (dois núcleos diferentes)

Os edifícios da cidade eram altos e bonitos.

Sujeito simples (apenas um núcleo)

Vamos sair logo depois da palestra.

Sujeito oculto (nós)

Vende-se este apartamento.

Sujeito simples

10- A transitividade verbal é a forma como os verbos se comportam dentro das frases da Língua. Leia esta
letra da música do Zeca Baleiro. Observe os verbos grifados e diga de que tipo eles são (transitivos diretos ou
verbos de ligação).

Telegrama

Eu tava triste, tristinho (variação informal do verbo “estava” - Verbo de ligação)

Mais sem graça que a top-model magrela

Na passarela

Eu tava só, sozinho! Verbo de ligação

Mais solitário que um paulistano

Que um canastrão na hora que cai o pano

Tava mais bobo que banda de rock Verbo de ligação

Que um palhaço do circo Vostok

Mas ontem eu recebi um telegrama Verbo Transitivo Direto

Era você de Aracaju ou do Alabama

Dizendo: Nêgo, sinta-se feliz Verbo Transitivo Direto

Porque no mundo tem alguém que diz Verbo Transitivo Direto

Que muito te ama! Verbo Transitivo Direto

Que tanto te ama! Verbo Transitivo Direto

Que muito, muito te ama Verbo Transitivo Direto

Que tanto te ama! Verbo Transitivo Direto

*canastrão: mau ator