Você está na página 1de 27

Óleos Vegetais carreadores (OC)

Os óleos carreadores podem ser utilizados sozinhos, e servem também para diluir os óleos
essenciais, já que estes são muito concentrados e não devem ser usados puros sobre a
pele. Cada óleo vegetal tem suas propriedades terapêuticas próprias, e podem ser
escolhidos de modo a completar as propriedades dos óleos essenciais usados com eles.

São chamados carreadores, porque "carregam" (diluem) o óleo essencial. São também
conhecidos como óleo de base, ou óleo vegetal. São oleosos na textura e podem ser
extraídos de sementes, vegetais, frutos, etc.

Os óleos carreadores são utilizados da forma mais natural e puro possível. Os processos
de Prensagem a frio e de maceração são os dois principais métodos de extração desses
óleos. São muito importantes na dieta, e muito úteis nos cuidados com a pele e cabelos,
pois eles são hidratantes e muito nutritivos.

Muitos OC são utilizados para fins terapêuticos.

Alguns óleos vegetais carreadores:


Óleo de Abacate - O Óleo de Abacate é rico em vitamina A, B1, B2 e C, em lípidos,
aminoácidos e substâncias nutrientes essenciais para peles normais e oleosas. Deixa a
pele vitalizada e macia. Ajuda a eliminar as células mortas, aumenta a hidratação e
diminui o envelhecimento. Estimula a síntese de colágeno, retardando o aparecimento de
rugas. Reduz manchas e quelóides. Atenua a desvitalização da pele e cabelos causados
por desequilíbrio hormonal. Ajuda em casos de psoríase.
Possui propriedades emolientes, dermoprotetoras, hidratantes, lubrificantes, suavizantes
e condicionadoras.
Ideal para massagens e drenagens, é adequado para a face e corpo todo. Muito leve e
nutritivo para os cabelos. Use-o se você quiser um tratamento condicionador super
profundo.

Óleo de Algodão: É rico em vitamina E ou alfa tocoferol, um poderoso antioxidante


natural que conserva todas as suas propriedades por muito mais tempo – diminuindo a
probabilidade de rancificação... aliás, diz-se que uma colher de óleo de algodão pesando
11gr pode satisfazer 9 vezes as necessidades diárias do organismo humano em vitamina
E. Contém, ainda, de 45 a 55% de ácido linoleico o seu principal componente, de 17 a
38% de ácido oleico e de 18 a 25% de ácido palmítico. E na pele este óleo é especialmente
indicado para combater o ressecamento cutâneo, prevenindo as rugas e diminuindo as
marcas de expressão. Utilizado para restaurar a barreira lipídica.
Óleo de Aloe Vera (Babosa) - Propriedades regeneradoras, curativas, umectantes,
lubrificantes e nutritivas. É um poderoso regenerador, tônico digestivo e antioxidante
natural. Sendo muito utilizada para casos de intestino preso e baixa absorção de
nutrientes, devido aos principais componentes da babosa: a aloína, aloeferon, aloetina e
barbalodina com propriedades antibacteriana, cicatrizante e re-hidratante.Seu extrato é
utilizado em desodorante, demaquilante (Removedor de impurezas da pele) e loção pós-
barba. Em produtos para peles flácidas, como preventivo de rugas, produtos para peles
secas. Utilizado em sabonetes, cremes e loções faciais, máscaras de beleza,
bronzeadores, produtos pós-sol e produtos infantis. Trata cortes, feridas, acnes, coceiras;
Para shampoos e condicionadores para cabelos secos com caspa. Também dá força e
brilho aos cabelos. ;

Óleo de Amaranto - O Amaranto é uma planta originada das Américas. É um dos grãos
cultivados mais antigos do mundo. Foi utilizado pelos povos Astecas, Incas e Maias.
Os grãos do Amaranto possuem alto teor de nutrientes como vitaminas (A, B6, C,
riboflavina e folato) e minerais (cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco, cobre e
manganês). É rico em proteínas (30% mais que outros grãos). Desta forma, o Amaranto
possui excelente utilização como fonte de energia e vitaminas. Apresenta ação
antioxidante, pois possui um composto chamado Esqualeno, encontrado em grande
quantidade apenas em alguns peixes. Além disso, auxilia na melhora do sistema
imunológico devido à proteção das células.
Seus grãos são utilizados em suplementos alimentares de alto valor nutritivo. Seu extrato
é utilizado em produtos para cuidados com pele e cabelos, devolvendo a vitalidade e
energia e ainda propriedades antioxidantes em produtos anti-aging. Atua também na
formação de colágeno, melhorando a qualidade da pele.

Óleo de Amêndoas doce- Não gorduroso, é facilmente absorvido pelo couro cabeludo e
também é ótimo para nutrir o cabelo. Possui propriedades emolientes, hidratantes,
rejuvenescedoras, regeneradoras, amaciantes e nutritivas. Excelente óleo para os cuidados
com peles delicadas e sensíveis como a de crianças, idosos e grávidas, rico em vitaminas
A, B1, B2 e B6, ácidos graxos e proteínas. Age como suavizante, nutritivo, emoliente
para todos os tipos de pele.
Pode se aplicado puro sem óleos essenciais para a hidratação diária da pele.
É muito utilizado na prevenção de estrias de gravidez.Utilizado como emoliente e
umectante nas preparações cosméticas. Fornece maior hidratação e mantém a oleosidade
natural dos cabelos e da pele, perdidas pela ação do detergente. Apresenta um alto poder
penetrante, característica que faz dele o óleo ideal para diversos tipos de massagens, e é
especialmente utilizado na prevenção de rugas e estrias. Também pode ajudar em doenças
do sistema digestivo. No entanto, não deve ser confundido com o óleo de amêndoas
amargas, que é tóxico em virtude do ácido cianídrico presente em sua composição.

Óleo de Amendoim A vitamina A ou retinol presente no óleo de amendoim, auxilia na


recuperação e rejuvenescimento das células.
Um dos melhores benefícios desse óleo é que ele combate o envelhecimento precoce,
devido ao alto teor de vitamina E e seus antioxidantes, que fortalecem as células, dando
uma aparência mais saudável para a pele.
Topicamente, o óleo de amendoim é usado para artrite e dor nas articulações, doenças de
pele não-inflamatórias, pele seca, eczema, e ictiose.

Para os cabelos:
O óleo de amendoim aumenta a saúde do cabelo por ser enriquecido com vitamina E, que
nutre o cabelo em todas as dimensões possíveis. A vitamina E tem propriedades
hidratantes naturais que ajudam a manter o couro cabeludo hidratado, evitando o
ressecamento do couro cabeludo e condições eruptivas manifestadas no mesmo.
Age como hidratante, regenerador de cabelos danificados, controlador da queda, anti-
caspa, reduz a descamação do couro cabeludo, e fortalece e encorpa os fios.

Óleo de Andiroba O Óleo de andiroba é utilizado em vários produtos para tratamento de


cabelo, deixando o cabelo sedoso e brilhoso. Juntamente com o urucum, é bastante
utilizado pelos índios da Amazônia como um poderoso repelente de insetos (substituindo
a citronela). Além desta propriedade repelente, ele ainda atua como cicatrizante e é um
respeitado anti-inflamatório, em função da presença de limonóides na sua composição.
Promove ação anti-inflamatória e regeneradora, destinadas ao tratamento cosmético da
celulite e regeneração cutânea.
O Óleo de Andiroba pode ser usado puro ou misturado com outros óleos e aplicado
externamente em feridas e hematomas ou usado em massagens.
Pode ser usado ainda como emoliente e hidratante em cremes e loções cremosas, óleos e
cremes para massagem, produtos antiinflamatórios, xampus de tratamento e óleos de
banho e sabonetes.
- Fricções sobre o tecido inflamado
- Tumores
- Distensões musculares
- Repelente a insetos

Óleo de Arroz - Rico em vit.E, contém quatro vezes a quantidade de ômega-6 e ômega-
3 e ácidos graxos do que outros óleos vegetais. Previne o envelhecimento prematuro da
pele e cabelo. Possui proteção solar e proteção térmica. Bom para cabelos coloridos, secos
e danificados. Fortalece os fios, ajuda no crescimento, dá brilho e previne a queda.

Óleo de Aveia: O óleo de aveia tem propriedades anti-inflamatórias e é um excelente


hidratante, adequada para todos os tipos de pele.
É muito eficaz para a pele seca e no tratamento de coceiras, acne, eczema, rosácea,
erupções cutâneas e infecções da pele; além de melhorar a textura da pele, e clarear áreas
manchadas.
Alivia a coceira causada por hera venenosa ou catapora, ou mesmo queimaduras solares.

Para os cabelos: Amacia, hidrata, trata o ressecamento e coceira do couro cabeludo, trata
caspa, combate a queda, e estimula o crescimento devido conter quantidades elevadas de
vitamina A, zinco, ferro, magnésio e potássio.

Óleo de Avelã- O óleo de avelã é rico em vitamina E, que retarda o envelhecimento da


pele, e outras vitaminas do complexo B (B1, B2 e B6). É especialmente indicado para
peles oleosas e acneicas, pois é rapidamente absorvido e possui ótima qualidade
adstringente – além de acalmar e relaxar. O óleo de avelã é extremamente conhecido
pelas suas propriedades adstringentes. Estimula a circulação sanguínea e ajuda a tonificar
e reafirmar a pele. É utilizado como tônico capilar de grande eficácia contra queda de
cabelo. Emoliente, usado para cabelos enfraquecidos dando força e brilho aos mesmos.
Umectante, amaciante e rico em nutrientes.

Óleo de Açafrão: O óleo de açafrão possui propriedades anti-inflamatória, analgésica,


antisséptica, anti-alérgica, anti-bacteriana, anti-microbiana, anti-fúngica, anti-parasitária,
anti-viral e é considerado também um bom anti-veneno.
Também é um grande anti-oxidante, ajudando a afastar os radicais livres, que envelhecem
a pele prematuramente, auxiliando na prevenção de rugas e linhas de expressão; além de
melhorar a elasticidade da pele, o açafrão é um ótimo cicatrizante, ajudando na
cicatrização da pele por cortes, feridas e infecções, e reduzindo cicatrizes e inflamações
de acne, e auxiliando no clareamento de manchas.

Para o cabelo: O óleo de açafrão também é conhecido por auxiliar na prevenção da queda
de cabelos (especialmente na calvície masculina) , e como anti-caspa.

Óleo de Babaçu - É o óleo vegetal de uso industrial que apresenta o mais alto índice de
saponificação e o mais baixo teor de iodo e refração, tornando-o ideal para o preparo de
pomadas cremosas. Por apresentar características semelhantes ao óleo de dendê, ele vem
sendo bastante utilizado para fins alimentícios, principalmente na fabricação de
margarinas. É estimulante do sistema imunológico, possui propriedades antifúngicas e na
pele atua como um poderoso hidratante – com o diferencial de ser extremamente
permeável (em virtude do elevado teor de ácido láurico – 50%). Por fim, solidifica-se a
temperaturas inferiores a 25º C e, além do ácido láurico, contêm 20% de ácido mirístico,
11% de ácido palmítico e 10% de ácido oléico. Penetra com rapidez pelos poros da pele,
facilitando a entrada de óleos essenciais e outros bioativos.

Óleo de Baobá (africano Physalis) é um óleo hidratante e rejuvenescedor ideal para os


cuidados da pele seca e envelhecida. O óleo penetra rapidamente na pele e confere-lhe
uma sensação e aspeto acetinados.
Provém das sementes existentes nos frutos da árvore de baobá que cresce em Madagáscar
e nas savanas africanas. Rico em Vit. A,E,F. Ótimo para cabelos secos. Possui um cheiro
típico.Absorve facilmente e rapidamente melhora a elasticidade e tônus da
pele.Regenerador celular. Alivia Eczema Alivia a Psoríase Alivia a dor de queimaduras.e
regenera o tecido epitelial rapidamente.
Baobá é um óleo extremamente estável, e deve ser de uma cor amarelo dourado.
Ele tem uma vida útil de 4-5 anos

Óleo de Buriti - O Buriti contém a maior quantidade de Vitamina A natural dentre todos
os frutos e vegetais já descobertos, também é rico em vitamina E, vitamina C . Hidrata,
dá brilho, fortifica, amacia os cabelos. Rico em beta caroteno é um potente antioxidante.
Estimula a produção de colágeno e elastina. Possui grande capacidade de nutrição e
cicatrização celular, atua como um renovador natural da derme. Proporciona um toque
sedoso à pele. Ideal para peles sensíveis. Usado pelos indígenas brasileiros para aliviar os
efeitos desagradáveis da pele queimada pelo sol.

Óleo de Café - O Óleo de Café possui propriedades de retenção de umidade na pele,


excelente penetração na pele e aderência. Outro grande potencial do extrato é a foto
proteção, pois é um excelente absorvedor de radiação UV, potencializando a ação dos
foto-protetores.
Recentes estudos descobriram que a cafeína, presente em grande quantidade em sua
composição, tem poder de combater rugas, celulite e gordura localizada. Também contém
triacilgliceróis e ésteres diterpênicos, que estimulam a síntese das fibras dérmicas, e
resultam em efeito firmador e regenerador, auxiliando ainda a formação das ceramidas.
É um excelente estimulante da síntese/produção do colágeno e da elastina. Apresenta ação
estimulante do crescimento do folículo piloso, sendo muito utilizado em produtos
normalizadores da queda capilar.
Óleo de café verde tem um efeito antioxidante poderoso, devido aos seus componentes
polfenolicos, um efeito imuno-modulador, devido aos seus hidratos de carbono e da
atividade vaso-reguladora devido às suas alcalóides. O efeito de dissociação da gordura
ocorre devido aos compostos enzimáticos que reduz visivelmente a retenção da água e
dos depósitos de tecido adiposo.

Óleo de Calêndula - Contém ácidos palmíticos, palmitoleico, oleico, linoleico.


O óleo de calêndula tem uma ação anti-inflamatória, emoliente, anti-séptica, calmante e
cicatrizante.
Indicado para todo tipo de pele, inclusive com acne, sensíveis e avermelhadas pela ação
do ácido oleico, que tem ação calmante e refrescante de absorção rápida.

Óleo de Cártamo - Promove o crescimento do cabelo e pele saudável, pois contém


vitamina E. Ótimo para quem tem cabelos secos e quebradiços Este óleo inodoro, e tem
uma textura muito leve e por isso é facilmente absorvido pelo couro cabeludo. Massagear
óleo de cártamo na cabeça, melhora a circulação sanguínea e fortifica a raiz capilar,
favorecendo o crescimento do cabelo. Ajuda a hidratar, nutrir e reestruturar o cabelo.
Além de ser bom para o cabelo, há também muitos benefícios para a pele. Pessoas que
têm pele seca devem usar óleo de cártamo, pois ajuda na hidratação da pele,
especialmente durante os meses de inverno. Devido à sua textura leve e não gorduroso,
que é facilmente absorvido pela pele e isso faz com que a pele fique suave e macia. O uso
de óleo de cártamo é também recomendado para o tratamento de acne. A aplicação de
óleo de cártamo na pele ajuda a se livrar de outros problemas de pele, como cicatrizes,
rugas e pele extremamente seca e escamosa, juntamente com acne. Ao contrário de outros
óleos, não obstrui os poros e, portanto, pode ser usado por pessoas que têm pele sensível.

Óleo de Castanha do pará Possui vitaminas A e E, e uma considerável quantidade de


dois minerais bastante importantes: o zinco e o selênio. Auxilia na restauração dos cabelos
danificados e desidratados, e proporciona hidratação profunda à pele, e atua na prevenção
de estrias. Ótimo para tratar cabelos secos, deixando-os sedosos e com brilho.

Óleo de Cenoura - este óleo faz bem para a pele, pois é composto de beta-carotenóides,
ácido graxo linoléico, tocoferóis e confere coloração alaranjada ao produto final. Há
poucos trabalhos sobre a eficácia desse óleo, mas é sabido que tem efeito “semi-secante”.
Não deve ser utilizado para fins alimentícios. É rico em beta-caroteno, vitaminas A e E
e provitamina A, equilibra a umidade da pele e hidrata os cabelos.

Óleo de Cereja: Óleo de semente de cereja contém uma riqueza de vitaminas e


antioxidantes, e possui uma notável capacidade de nutrir, hidratar e melhorar o tônus e a
elasticidade da pele, sendo muito benéfico para todos os tipos de pele, e especialmente
para peles secas, sensíveis, e maduras; ajudando a reduzir linhas finas e rugas,
promovendo uma aparência mais jovem.
Também é particularmente útil para pessoas com pele propensa a acne ou em peles que
tornam-se facilmente inflamadas; O alto teor de vitamina A e E do óleo de cereja também
auxilia em psoríase e eczema, pois proporciona hidratação suave, e contém uma
abundância de propriedades para ajudar a restaurar e reconstituir a cútis.
O Óleo de cereja contém ácido eleosteárico, que atua como um protetor solar natural, para
proteger a pele dos raios UV agressivos do sol.
Para os cabelos: Alto poder de emoliência e reparação para cabelos ressecados e
danificados

Óleo de Côco -O óleo de coco é composto de mais de 90% de gorduras saturadas,


vitamina-E, vitamina K, e minerais como o ferro. É considerado um dos melhores
nutrientes para os cabelos e está na disputa com óleos de oliva e jojoba como o rei dos
óleos carreadores. É um excelente condicionador e também fornece as proteínas
essenciais necessárias para o cabelo danificado, nutrindo e amaciando, além de melhorar
as condições do couro cabeludo. É muito eficaz no tratamento de coceiras e couro
cabeludo sensíveis. Ele não obstrui os poros e é absorvido facilmente pela pele. Altamente
recomendável para cabelos afro.
Devido à sua ação bactericida, fungicida e imuno estimulante, o óleo de Coco tem sido
usado com sucesso no tratamento de artrite, cândida, herpes, parasitas, aids, colite,
colesterol, câncer, diabete, gastrite, gripe, problemas de pele, cabelo, do coração e muitos
outros males.
Antioxidante: A vitamina E presente na gordura diminui a produção de radicais livres por
parte do organismo. Para deixar os cabelos menos secos, mais fáceis de pentear e mais
fortes, deve ser aplicado uma vez por semana, sem condicionador.Como apresenta a
mesma constituição da derme, o óleo de coco natural ajuda a limpar o cabelo sem agredi-
lo, mantendo a sua hidratação natural. O óleo vegetal de coco hidrata e amacia o fio do
cabelo, oferecendo grande variedade de elementos nutritivos, como magnésio, potássio,
cálcio e ferro.

Óleo de Copaíba- Agente anti-inflamatório, para tratamento de caspa, todos tipos de


desordens de pele e para úlceras de estômago. Copaíba também tem propriedades
diuréticas, expectorantes, desinfetantes, e estimulantes, e vem sendo utilizado nos
tratamentos de bronquite, dor de garganta, anticoncepcional, vermífugo, dermatose e
psoríase.
É utilizado em preparações cosméticas tais como: sabonetes, espumantes, detergentes,
cremes condicionadores loções hidratantes e capilares, pois sua resina possui atividade
emoliente anti-bacteriana e anti-inflamatória. Protege a cor dos cabelos tingidos, é
emoliente e condicionador.

Óleo de de Damasco - (Apricot): rico em vitamina A, essencial para a vitalidade e beleza


da pele. Usado pelas mulheres tibetanas para proteger o rosto dos efeitos nocivos do sol
nas grandes altitudes. Extremamente fluido, penetra rapidamente a barreira cutânea
tonificando e revitalizando a pele sem deixá-la oleosa. Surpreende quando usado
frequentemente por reduzir manchas. É indicado para todos os tipos de pele, mas em
especial para as desidratadas.
É rico em ácido olêico e linolêico. Tem propriedades regenerativas do tecido cutâneo. O
Óleo de Damasco pode ser usado em cremes faciais, demaquilantes, hidratantes, géis
opacos para contorno dos olhos.umectante, ideal para cabelos secos e sensíveis. Conferem
brilho e maciez. Rico em ácidos graxos, oleico e linoleico, se espalha facilmente pela pele
e cabelo.

Óleo de Gergelim (Óleo de Sésamo) - Rico em vitamina E (e por isso é um grande


antioxidante), vitamina K, magnésio, cobre, cálcio, zinco, vitamina B6 e ácido linoleico.
Tem propriedades anti-bacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes. É empregado na
hidratação e proteção da pele, e retardando seu envelhecimento. É recomendado para
pessoas de pele normal, para tratar de problemas como reumatismos, artrites, eczemas e
psoríases. É também rico em ácidos graxos essenciais e ajuda a manter a integridade do
cabelo, enquanto reestrutura, hidrata, e dá brilho.

Óleo de Germe de Trigo - trata-se de uma riquíssima fonte de vitamina E que, como já
exposto, é a primeira defesa ante a peroxidação lipídica, o processo no qual os radicais
livres invadem as estruturas intracelulares e contribuem para o envelhecimento precoce e
doenças cardiovasculares. Contêm ainda consideráveis níveis de ácidos graxos
insaturados, proteínas e sais minerais, elementos que nutrem as células e previnem o
ressecamento da pele e as rugas. Por fim, é excelente para recuperar a pele seca e áspera
e é ótimo para acelerar a cicatrização de feridas e queimaduras. É rico em vitaminas A,
D e E e é muito nutritivo para a pele.Suavizante, hidratante e emoliente. Recomendado
para peles sensíveis desidratadas. Funciona ainda como regenerador capilar.

Óleo de Girassol - é bastante concentrado em ácidos graxos insaturados com cerca de


70% de ácido linoleico e 19% de ácido oleico que possuem propriedades hidratantes e
emolientes. O óleo de girassol pode ser utilizado puro sobre a pele, de preferência oleosa,
sem estar misturado a outros óleos vegetais. Evita o ressecamento do cabelo e as pontas
duplas,hidrata, amacia e dá brilho. Neutraliza os radicais livres, evitando o
envelhecimento da pele. Reforça os mecanismos de proteção celular. Ação emoliente e
reepitelizante dérmica.

Óleo de Jojoba - Riquíssimo em vitamina E, e devido à sua rica constituição, é indicado


para todos os tipos de pele, inclusive as acneicas e inflamadas. Usado pelos indígenas
norte-americanos como protetor solar natural.
Utilizado em diversos produtos cosméticos que almejam melhorar a regeneração cutânea,
como batons para os lábios desidratados e loções para pele acnéica. Além disso,
proporciona brilho e maciez aos cabelos, combatendo a oleosidade e a secura.
E também é um “óleo” altamente estável e resistente à oxidação e degradação, o que
possibilita a sua estocagem por anos em condições ideais de armazenamento.
É semelhante ao sebo produzido no couro cabeludo, é um grande aliado para o
crescimento capilar. É ótimo para todos os tipos de cabelo e tem a capacidade de inibir a
atividade em excesso das glândulas sebáceas, tornando a escolha perfeita para pessoas
com couro cabeludo oleoso que ainda precisam de condicionamento.
Do mesmo modo pode ser usado para o cabelo seco, uma vez que ajuda a hidratar o cabelo
adequadamente. Muitos problemas no couro cabeludo são causados por um acúmulo de
sebo endurecido, que entope os folículos pilosos. A jojoba penetra rapidamente no couro
cabeludo e haste capilar, dissolvendo o sebo endurecido. Os folículos do couro cabeludo
e os cabelos ficam limpos e livres para continuar a sua função normal. Diminui o excesso
de oleosidade do couro cabeludo, agindo como regulador das secreções glandulares.
O óleo de jojoba tem ação emoliente, umectante, cicatrizante, queratoplástica, repositora
da oleosidade natural da pele. Doador de brilho aos cabelos, restaurador, estimulante do
crescimento dos cabelos e no tratamento da caspa.

Óleo de Linhaça - O óleo de linhaça tem sido utilizado para os tratamentos de eczema,
acne e dermatite atópica, pois apresenta um excelente poder cicatrizante. É composto por
aproximadamente 75% de gorduras poli-insaturadas, como o ômega 3 e o ômega 6 – que,
dentre outras atribuições, reduzem o colesterol ruim (LDL) e impedem o seu acúmulo nas
artérias. O ômega 6, inclusive, dá origem a prostaglandina E1 – substância que apresenta
propriedades anti-inflamatórias e que ajuda a equilibrar os hormônios femininos
(diminuindo os impactos da TPM). Na pele, este óleo tem sido utilizado no tratamento de
eczemas, acne, dermatite atópica.

Para os cabelos, é hidratante, fortificante, dá brilho e diminui o frizz.

Óleo de Macadâmia: Age como um anti-inflamatório natural (talvez devido ao seu teor
de ácido oleico). É viscoso e um ótimo hidratante capilar.Tem alto poder de emoliência,
conferindo maciez e brilho aos cabelos.O Óleo de Macadâmia pode ser utilizado em
loções e cremes hidratantes, tônicos faciais, óleos de banho, condicionadores
capilares. Tem especial utilidade para os cabelos ressecados e sem brilho, lubrificando o
fio, mantendo-o hidratado. Na pele promove a hidratação contínua evitando a formação
de rugas e o envelhecimento precoce. Muito usado em cremes anti-aging.

Óleoa de Manga - Rico em vitamina: A, C, B1, B2, B5, contém fósforo, cálcio, ferro,
gorduras e hidratos de carbono.Óleo vegetal extraído da semente da Manga (Mangifera
indica). Constituído de triglicerídeos que conferem emoliência intensiva às áreas mais
ressecadas dos cabelos e pele. Amacia, suaviza, lubrifica e previne o ressecamento dos
fios e hidratação intensa da pele.

Óleo de Maracujá - O fruto é rico em vitamina C, fósforo, cálcio e ferro além de ser uma
boa fonte de carboidratos, vitamina e vitaminas do complexo B. O óleo das sementes é
utilizado em produtos para cuidados com a pele e cabelos. Possui, em sua composição, o
ácido linoleico (77%), apresentando desta forma um enorme potencial para cuidados com
a pele e cabelos,com propriedades hidratante e reestruturante. É importante para manter
o teor hídrico-lipídio da pele.

A presença em sua composição também de bioflavonoides o faz eficaz no controle da


oleosidade excessiva da pele de adolescentes e do couro cabeludo.
Diferente da maioria dos óleos vegetais, o óleo das sementes de maracujá é um hidratante
com toque seco, não-oleoso.Em shampoos, apresenta ação reguladora das glândulas
sebáceas, proporcionando volume e leveza.

Óleo de Monoi - é um produto do Tahiti ( Polinésia Francesa), venerado pela população


local como óleo sagrado, Monoi significa “Óleo Perfumado”.
O Óleo de Monoi é possui propriedades multifuncionais: Reparadoras, Hidratantes,
Restauradoras, Emolientes e Nutritivas.
O uso frequente, ajuda na proteção e cuidado dos fios enfraquecidos e desvitalizados pela
ação do tempo (ação antiaging), proporcionando vitalidade e luminosidade.
O Óleo de Monoi possui alto teor de nutrientes vitais que fortalecem e reestruturam os
cabelos recuperando a elasticidade, a resistência e o brilho natural.
É considerado um excelente agente umectante, que rejuvenesce suavizando e dando
maciez às camadas externas do cabelo, promovendo assim, uma hidratação progressiva
de longa duração.
O ácido linoléico (ômega 6) tem um papel fundamental na manutenção da membrana
celular, atuando na estrutura interna dos fios, deixando-os mais fortes e com brilho.
(fonte:Engetec)

Óleo de Murumuru - É rico em ácido oleico, proporcionando ação nutritiva e emoliente


para pele e cabelos. Forma uma película protetora que ajuda na retenção da umidade da
pele e cabelos, ou seja, promovendo hidratação, brilho e maciez. É muito utilizado em
produtos para tratamento intensivo dos cabelos, especialmente para os fios danificados
por excesso de produtos químicos, em ceras depilatórias e cremes corporais.

Óleo de Mutamba - A Mutamba é mais uma das plantas medicinais utilizadas na


América do Sul para o tratamento da asma e de problemas do trato respiratório superior.
No Brasil, é considerada como diaforética e usada em febres, tosses, bronquite, asma e
pneumonia. Em estudos pré-clínicos, foi demonstrada a atividade hipotensora, relaxante
do músculo liso e estimulante uterina.
A parte da árvore que é usada é sua casca, cujas propriedades ajudam no tratamento
anticaspa, anti-seborréia e no tratamento de queda do cabelo. Tem ação
adstringente, antisséptico antioxidante, depurativo, cicatrizante e tônico. A mutamba
também ajuda a destruir as afecções parasitárias do couro

Óleo de Neem- Trata-se de um dos principais componentes da medicina Ayurveda,


sendo utilizado no tratamento e na prevenção da hipertensão, diabetes, acne e celulites. É
um excelente inseticida – biodegradável, não volátil, não corrosivo e não inflamável –
que protege diversas culturas (especialmente as de arroz) de mais de 400 tipos de insetos.
Na pele, o óleo de neem atua restaurando a maciez e a elasticidade natural, enquanto age
como um desinfetante da mesma. Possui, ainda, fantásticas propriedades antifúngicas,
especialmente contra pé-de-atleta, bicho-de-pé, cândida e outros fungos que atuam
causando alergias, queda de cabelo e descamação da pele.

Óleo de Nozes: antioxidante, forma uma película protetora que impede o envelhecimento
precoce da pele, contem acido fólico, ferro, vitaminas do complexo B, magnésio e zinco.
Ajuda a manter a cor dos cabelos naturais escuros.

Óleo de nozes Kukui - A castanheira Kukui é a árvore oficial do Havaí e tem sido usada
pelos nativos da ilha durante centenas de anos. Eles reconheceram penetrabilidade alta e
propriedades suavizantes e, atualmente, é colocado para ser usado para ajudar em
queimaduras suaves e pele rachada. Um ingrediente fabuloso para seus cosméticos, óleo
de nozes kukui contém níveis muito elevados de ácidos graxos essenciais linoléico e alfa-
linolênico. Este óleo é prontamente absorvido pela pele, proporcionando tecidos dos
elementos essenciais de que necessita, e é particularmente bom para a pele seca, psoríase,
acne e eczema.

Óleo de Oliva Extra Virgem - A Oliva possui vitaminas A, D, K e E, e é um poderoso


antioxidante, o que faz com que ajude a retardar o envelhecimento da pele. A oliveira é
uma árvore capaz de se auto-regenerar e auto-proteger: na antiguidade, por causa da
resistência de seu tronco e folhas, a oliveira era símbolo de imortalidade.
Por todas as suas propriedades, ele se revelou como uma estrela da cosmética. Suas
aplicações na área da estética e beleza são inumeráveis: É anti-rugas, hidrata e suaviza a
pele seca, é purificador, calmante, serve para amolecer as impurezas da pele e tornar mais
fácil sua eliminação, melhora a elasticidade da pele, dá brilho aos cabelos e é perfeito
para banhos relaxantes e massagens. Tendo em conta todas essas vantagens, não é uma
surpresa que várias empresas de cosmética tenham lançado novos produtos que levam o
azeite de oliva como ingrediente básico.O azeite de oliva também ocupa uma posição de
destaque em massagens, ajudando na hidratação e restauração da pele. Seu uso é
particularmente interessante para pessoas com pele seca. É um ótimo condicionador e
um controlador de caspa. O azeite contém antioxidantes, que mantém o couro cabeludo
saudável. Fortalece e suaviza as cutículas do cabelo.
Óleo de Patauá: Devido ao seu alto teor de ácido oleico, óleo de frutas patauá tem
notáveis propriedades hidratantes. Para os cabelos, é utilizado em formulações anti-caspa,
e como um tônico para o tratamento de queda capilar.

Óleo de Pracaxi - Rico em vitamina E, anti-inflamatório e antisséptico natural.Poderoso


renovador celular e poderoso hidratante para a pele, usado popularmente no tratamento
de manchas escuras, acne, psoríase, e para prevenção de Excelente anti-rugas, com ação
antioxidante atuando diretamente sobre as linhas de expressão.

Para os cabelos, age como um verdadeiro ‘‘silicone natural’’ mantendo a água nos
cabelos, hidratando, regenerando e protegendo. Promove ação condicionante ao cabelo
úmido e seco; Melhora a penteabilidade do cabelo úmido; aumenta o brilho do cabelo
seco, e age no controle de caspa, evitando a queda dos cabelos.

Óleo de Palma/(Dendê) - O óleo de palma é rico em vitamina E e possui alto teor de


carotenóides, proporcionando excelentes propriedades antioxidantes.
Retarda o envelhecimento da pele, e a hidrata profundamente; é capaz de frear a
proliferação de células cancerígenas. Além disso, este óleo contém um elevado teor de
vitamina A, sendo 14 vezes superior ao encontrado na cenoura.

Para os cabelos: O óleo de palma é rico em vitaminas A e E, e essas vitaminas são


essenciais para um cabelo saudável. O teor de umidade no óleo de palma também é muito
benéfico para o cabelo, proporcionando uma hidratação profunda.

Óleo de Pequi - O Pequi (Caryocar brasiliense) é uma árvore nativa do cerrado brasileiro,
cujo fruto é muito utilizado na cozinha nordestina. O sabor e o aroma dos frutos são muito
marcantes e peculiares. O pequi era utilizado para a fabricação do sabão de Pequi, devido
às suas propriedades terapêuticas. É rico em vitaminas A, C e E, em sais minerais (fósforo,
potássio e magnésio) e em carotenóides, que evitam a formação de radicais livres no corpo
e previnem tumores e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. É muito utilizado
na fabricação de sabonetes, shampoos e cremes para pele, devido ao seu alto teor de óleo,
com ação revigorante. Devido ao alto teor de vitamina A, possui ação regeneradora da
pele e dos cabelos danificados, nutrindo e hidratando.Óleo emoliente, protetor,
cicatrizante e antifúngico.

Óleo de Pêssego: Confere maciez e suavidade aos cabelos.

Óleo de Prímula : trata-se de um óleo rico em ácido gama - linolênico (GLA), um ácido
graxo ômega-6 que, dentre outras atribuições, origina a prostaglandina E1 – substância
que apresenta propriedades anti-inflamatórias e ajuda a equilibrar os hormônios
femininos (diminuindo os impactos da TPM). Diz-se, também, que este óleo reduz a
quantidade de colesterol ruim (LDL) e proporciona alívio dos sintomas da artrite
reumatóide. No corpo, é indicado para peles secas, com eczemas e psoríase e no combate
a rugas. É composto por aproximadamente 74% de ácido linoléico, 11% de ácido oléico
e 6% de ácido palmítico.

Óleo de Rosamosqueta - Em aplicações para os cabelos, acredita-se que o uso contínuo


do Óleo de Rosa Mosqueta hidrate e regenere.
É considerado um ingrediente de anti-envelhecimento por causa de seu alto teor de
vitamina C e Vit A, com capacidade de aumentar a regeneração da pele e sua elasticidade.
Ele também é rico em GLA, um ácido graxo essencial que ajuda a reduzir as linhas finas
e combater os efeitos do sol, meio ambiente e clima. Ajuda na cura e regeneração,
enquanto impede a formação de cicatrizes e quelóide espessa, e ainda é útil em cura de
queimaduras e estrias.
Ele penetra na pele facilmente e é considerado um poderoso hidratante e emoliente, e é
usado para uma variedade de doenças da pele, incluindo dermatite, eczema, para hidratar
pele queimada de sol, bem como unhas quebradiças e rugas. É considerado o óleo vegetal
de maior poder regenerador, rico em ácido retinóico, promove a renovação celular como
nenhum outro óleo. Este óleo deve ser aplicado em pequenas áreas como mãos, pés,
cicatrizes antigas, manchas, ressecamentos e etc. Ideal para fricções e tratamentos
localizados.

Óleo de Rícino/Mamona (Castor) - Age como um umectante, atraindo e retendo


umidade para os cabelos. Retira as toxinas do couro cabeludo, nutre, hidrata e deixa o
cabelo mais encorpado, estimulando o crescimento.
Potente hidratante para pele e cabelos.
O óleo de rícino possui baixo peso molecular, o que significa que ele é absorvido
rapidamente pela pele; e logo após ser absorvido, ele estimula a produção de colágeno.
Isso faz com que ele seja eficaz para diminuir as rugas, bem como espinhas, acne, bolsas
nos olhos, queimaduras solares, pele seca, estrias, entre outros.

É um excelente anti-oxidante, e contém diversos compostos que ajudam a combater o


efeito de envelhecimento. O óleo de mamona é um dos melhores tônicos naturais da pele
e pode ser usado para:
> Hidratar a pele e proporciona elasticidade
> Reduzir a aparência de rugas
> Reduzir inflamações e infecções
> Acalmar a pele irritada e com coceira
> Fornecer ácidos graxos essenciais e vitamina E
> Desintoxicar
> Como anti-oxidante

Óleo de Sacha Inchi (Óleo Inca) - veja detalhes


em http://www.clubedocabeloecia.com.br/2013/06/oleo-vegetal-sacha-inchi-oleo-
inca.html

Óleo de semente de abóbora - vitaminas A, B1, B2, E, Niacina, Ácido fólico, e os


minerais magnésio, zinco, ferro, cobre, potássio, manganês, cálcio e selênio. Propriedade
anti-inflamatória, principalmente nas doenças da próstata e do sistema urinário. A
semente de abóbora é ainda um ótimo vermífugo para adultos e crianças, e uma ótima
fonte de magnésio.
O óleo extraído da semente de abóbora, usado tanto interna quanto externamente, auxilia
no tratamento de queda de cabelo, pois combate o DHT (Di-hidrotestosterona), que é o
hormônio que penetra nos receptores dos folículos pilosos, iniciando um processo de
enfraquecimento e perda dos cabelos.

Óleo de semente de ameixa - Um óleo incrivelmente rico e inebriante que graciosamente


partilha benefícios em alimentos e aplicações cosméticas em todo o mundo. Óleo de
ameixa é uma adição recente à cena do óleo exótico e que tem sido incorporado alguns
dos pratos mais finos na França e ele pode ser encontrado em alguns dos cosméticos mais
requintados na Itália. Tendo um sabor e aroma semelhante ao óleo de semente de damasco
com uma nota superior de frutado, este óleo é a certeza de embelezar bem em qualquer
criação que você pode escolher. Ricos em ácidos graxos e deixando praticamente nenhum
resíduo sobre a pele, o potencial do óleo de semente de ameixa em aplicações de higiene
corporal é interminável.

Óleo de semente de Borragem - Por causa de seus níveis extremamente elevados de


ácido gama-linolênico, o óleo de semente de boragem tem muitos usos potenciais. Tem
sido amplamente estudado por a sua capacidade para acalmar e reduzir a inflamação, e
tem sido usado com sucesso para aliviar a dor, inchaço e rigidez das articulações
associado com a artrite reumatóide. Óleo de semente de borragem também tem sido
utilizado com resultados positivos para muitas desordens de pele diferentes, tais como
psoríase, eczema, acne, rosácea, e da pele prematuramente amadurecida. Além disso,
estudos começaram a mostrar que pode ser capaz de ser benéfico para o tratamento e
prevenção de doenças.

Óleo de semente de Cânhamo - Rico em ácidos graxos essenciais e proteínas. Este óleo
tem um cheiro agradável de noz, de cor verde-escuro, e absorve bem na pele. É um óleo
cosmético maravilhoso e por causa do seu elevado valor nutricional, é um óleo de
qualidade superior dietética e que pode ser usado como um ingrediente base para as
receitas de cuidados da pele que requerem a cura usando ingredientes regenerativos.

Óleo de semente de Crambe - ajuda a dar brilho ao cabelo tanto quanto o silicone o
faria. Além disso é hidratante, tem penetração rápida, é altamente resistente à oxidação e
à degradação térmica.

Óleo de semente de Papoula (ópio) -Este óleo contém cerca de 70% de ácido linoléico
e aproximadamente 30% oleico, palmítico e esteárico, e as vitaminas B1, B2, E, e um
pouco de alcalóides - morfina, papaverina codeína. Também fornece nutrientes
antioxidantes (antocianida), fósforo, magnésio e fibras.O ácido linoléico é um importante
ácido graxo (ômega-6), que os pesquisadores dizem que oferece proteção contra doenças
cardíacas e ataques cardíacos. Ele também é rico em ácido oleico, um ingrediente que os
pesquisadores dizem que pode prevenir o câncer de mama. A planta papoula tem sido
usado há anos na fabricação de medicamentos.

Óleo de semente de Romã - Um óleo de luxo e profundamente penetrante retirado das


sementes orgânicas de frutas romã. Este óleo muito valorizado, que é naturalmente rico
em flavonóides e ácido punicic é notável para a pele e tem inúmeros benefícios dietéticos
também. Profundamente nutritivo para a camada externa da epiderme, óleo de semente
de romã fornece poderosos benefícios anti-oxidantes para inúmeras doenças de pele
incluindo eczema e psoríase, auxilia nos radicais livres que danificam a idade da pele.
Um grande aliado para ter em suas criações cosméticas ou como um produto autônomo
para ajudar a nutrir e desenvolver a regeneração celular da pele saudável.

Óleo de semente de Tomate Óleo de semente de tomate é utilizado como um auxiliar


para o tratamento de condições leve a severas da pele, eczemas,e psoríase. Seu alto teor
antioxidante também o torna um remédio célebre para rugas, flacidez, manchas senis e
danos do sol. É um óleo estável e altamente penetrante. É um ótimo nutritivo para cremes
faciais, anti-rugas, soros, formulações antienvelhecimento, produtos para os lábios,
produtos de cabelo, maquiagem, preparações para cuidados com o sol, produtos de
barbear e outros cosmecêuticos. É apropriado para a pele seca, oleosa e mista, e também
pode ser utilizado para tratar cabelos secos e danificados.

Óleo de Semente de Uva - é um dos mais concentrados em ácidos graxos


polinsaturados representando cerca de 95% de sua composição. Até pouco tempo atrás,
o óleo de uva era usado em dietas alimentícias especiais. Além de rico em insaturados,
ele apresenta propriedades bastante interessantes do ponto de vista cosmético e
alimentício: é macio, rapidamente absorvido pela pele, não sendo gorduroso ou pegajoso.
O óleo de uva ajuda a balancear o pH da pele, além de ser hipoalergênico e rico em
vitamina E e proantocianidinas, importantes agentes antioxidantes. Este óleo tem, por
exemplo, 50% mais capacidade antioxidante que o óleo de gergelim. É recomendado para
pelas sensíveis ou irritadas.
Um óleo leve, com alto teor de vitaminas e minerais, contêm vitamina E e esteróides, e é
um ótimo hidratante. tem elevado teor de alfa-tocoferol, ácido linolêico e ácido palmítico,
que são responsáveis pela regeneração e manutenção do tecido cutâneo, revitalizando-o.
É de grande utilidade na prevenção de estrias, devido à alta concentração em alfa-
tocoferol. O óleo de semente de uva é importante para massagens corporais, onde se
utiliza bastante óleo, pode ser aplicado em todos os tipos de pele, penetra integralmente
sem deixar resíduos, tem um bom deslizamento que favorece as massagens relaxantes. É
o óleo que está na preferência dos profissionais de estética e massoterapia.

Óleo de Tamanu - O Tamanu (Calophyllum Inophyllum), também é chamado de Ati,


Kamanu, Calophylle. Considerado a “árvore sagrada das mil virtudes”, era utilizado pelas
tribos indígenas na área do Pacífico, para dar forma às escavações subterrâneas e também
na criação de objetos para rituais.
O Óleo do Tamanu é extraído das amêndoas que são secas ao sol de um a dois meses.
Neste período, perdem até um terço de seu peso, se tornam amarronzadas e
paulatinamente preenchidas com um óleo aromático. Este óleo, então, é extraído por
esmagamento mecânico a frio, filtrado e purificado, antes de ser estabilizado por um
antioxidante natural (vitamina E).
A "árvore sagrada de Ati", como também é conhecido, ainda desempenha papel
importante na farmacopeia local: suas flores, folhas e raízes têm excepcionais
propriedades curativas. Em meados de 1950, estudos científicos comprovaram seus
benefícios curativos, e ressaltaram seus efeitos anti-bacteriano, anti-parasítico e altamente
anti-inflamatórios.
O óleo de Tamanu possui propriedades:
- Calmantes e protetoras, segundo a avaliação do efeito protetor do óleo de Tamanu diante
das agressões ambientais, como exposição ao sol, por exemplo.
- Regeneradoras das células epidérmicas. Anti-bacteriana, anti-sépticas e anti-acne.
- Aumento da Micro-circulação.
- Hidratantes, nutritivas e reparadoras, especialmente em peles e cabelos secos e
danificados.
- Conservante natural.

Óleo de Urucum é emoliente e calmante tópico, possui rápida absorção cutânea, ácidos
graxos que evitam dilatação dos poros, formação de cravos e acúmulo de gorduras. É
coadjuvante de filtro solar
Óleo carreador marroquino:
Argan - Com forte característica antioxidante, graças ao seu alto teor de vitamina
E, hidrata e atua contra o ressecamento e envelhecimento da pele.
Possui ação Anti-inflamatória, efeito fungicida, sendo benéfico contra eczemas, psoríase,
dermatites e seborreia, e recomendado para acne, estrias e queimaduras.

Estimula a circulação do couro cabeludo, hidrata, nutre, fortalece os fios, previne a queda,
repara danos, acaba com o ressecamento dos cabelos, e restaura o brilho.

Por seu conteúdo insaponificável, é perfeito para fortalecer as unhas.


Este óleo é prensado a frio e desodorizado por vapor de água de uso cosmético.

 Os ácidos graxos essenciais em 80%: 50% de ácido linoléico, ácido alfa-linoleico


em 15%, 12% de ácido oléico, ácido gama-linolênico 3% .
 fontes de vitamina E, tocoferol (quase três vezes mais do que o azeite)
 Fitoesterol (D-7 esteróis) muito bom para a saúde
 efeitos anti-oxidantes
 Efeitos anti-envelhecimento
 Antisséptico
 hidratante da pele
 Anti-frizz
 Sela as cutículas e dá brilho
 Dá efeito anti pontas duplas dos fios do cabelo
 Anti-inflamatório benéfico contra eczemas, psoríase, dermatites e seborreia
 Protege contra danos das radiações UV
 Dá proteção térmica aos fios dos cabelos
 Efeito fungicida
 Poder de regeneração da pele

* O óleo de Argan pode ser substituído pelo óleo de coco ou pelo óleo de pracaxi. “O
óleo de coco pode ser uma boa opção, por ser rico em vitamina E e ácidos graxos. Ele
fortalece e hidrata profundamente os fios. Já o óleo de pracaxi tem alto poder cicatrizante
e também auxilia na hidratação dos fios, pois condiciona e sela as cutículas,
proporcionando brilho intenso”. Lembrando que os óleos podem ser usados em qualquer
tipo de cabelo e pele.

Óleos carreadores indianos:


Óleo Bhringraj - Bhringaraj, conhecido no ocidente como falsa margarida, é uma planta
tropical muito utilizada na medicina Ayurveda e na medicina tradicional chinesa. Seu uso
no tratamento de condições da perda de cabelo tem despertado interesse ocidental nos
últimos anos e alguns testes clínicos promissores revelaram que ele pode ser uma opção
séria para aqueles que procuram tratar a perda de cabelo. (Se for comprar, preste atenção
na composição, pois já li que em algumas fórmulas tem parafina líquida)
Óleo Amla - Amla (groselha indiana) contêm uma mistura de óleos vegetais, essenciais
para promover o crescimento capilar e sua hidratação. A aplicação regular pode auxiliar
na redução de pontas duplas e da queda de cabelo. Não é indicado para quem tem cabelos
claros, pois pode fazer escurecer. (Se for comprar, preste atenção na composição, pois já
li que em algumas fórmulas tem óleo mineral).

Óleo Vatika - Vatika óleo de côco é uma delicada mistura de óleo de côco puro com
ervas especiais (henna, amla e limão) que em conjunto proporcionam brilho, força e
nutrição para o cabelo. (falam muito bem dele).

Óleo Brahmi - Brahmi óleo (mais conhecida como Gotu Kola), é extraido de uma erva
regenerativa que tem sido usada por milhares de anos como um remédio. Também
afirmam que o bom funcionamento do sistema nervoso é bastante reforçado pela erva.
Quando usado com frequência combate a caspa, a queda de cabelos e previne a formação
de pontas duplas.

Óleo Shikakai - O enriquecido óleo contém extrato de Shikakai, que é conhecido por sua
capacidade natural de limpeza desde os tempos antigos. Ele protege cada fio, deixando-
os macios e maleáveis, além de combater o acúmulo de sebo no couro cabeludo o que
ajuda no crescimento capilar.

Como usar os óleos vegetais:


A "Umectação'' do cabelo pode ser feita uma vez por semana, porém se o seu cabelo for
muito seco, pode fazer até duas vezes na semana. Comece aplicando no couro cabeludo,
e depois massageie com a ponta dos dedos suavemente. Massagear é mais importante do
que o simples fato de "lambuzar" o cabelo. Você pode usar o óleo numa temperatura
morna. E pode aplicar nos cabelos secos ou úmidos. Quanto mais tempo você puder
deixar o óleo no cabelo, melhor será a absorção pelo couro cabeludo. Depois, lave com
shampoo (se for sem sulfato melhor ainda) em água morna, e remova todo o óleo.

Óleos Essenciais (OE):


Óleos essenciais (OE) são óleos aromáticos. O óleo é considerado como "essencial",
porque ele carrega um odor característico, ou essência concentrada da planta a partir da
qual ele foi extraído. Os óleos essenciais são geralmente extraídos por destilação, que é o
processo de vaporizar o líquido para depois condensá-lo e recolhê-lo em um outro
recipiente. E são geralmente obtidos a partir das sementes. São leves, e não têm a
consistência de um óleo; evaporam rapidamente. Normalmente, estes óleos são utilizados
em aromaterapia e massagens.

Para serem aplicados nos cabelos, eles devem ser adicionados a óleos carreadores.

Não use óleos essenciais diretamente no couro cabeludo, pois podem provocar
irritação, devido serem muito concentrados.
Alguns óleos essenciais:
Óleo de Alecrim - Promove o crescimento de cabelo e é eficaz no tratamento da caspa,
prurido do couro cabeludo e escamosa. Estimula os folículos capilares, e como resultado,
o cabelo pode crescer mais e mais forte. Previne a queda capilar, caspa e o
envelhecimento dos cabelos.
O Óleo Essencial de Alecrim é tônico e estimulante. Atua sobre o sistema
circulatório,estimula a oxigenação de todo o organismo.
Fortalece a musculatura e a pele, é mucolítico,lipolítico, anti-séptico e cicatrizante.
Revigorante, age positivamente sobre o esgotamento físico e mental.Seu aroma combina
com ambientes de trabalho e concentração.
O Óleo Essencial de Alecrim deve ser usado durante o dia, é estimulante e tira o sono.
Excelente para quem sofre de pressão baixa, tonturas ou fraqueza. Bom para massagem
esportiva.
A aplicação em banhos e massagens com óleo de alecrim favorece o sistema circulatório.
No difusor o alecrim estimula e fortalece. Pessoas convalescentes, de cama ou
entristecidas recebem o alecrim com boa aceitação mudando rapidamente o quadro
emocional, bom para trabalhar e estudar durante dia (evitá-lo à noite).

Óleo de alho: bactericida, amebicida, antifúngico, antiviral, vermífugo, diurético e


antihipertensivo, antioxidante, rica fonte de enxofre, selenio. Promove o crescimento de
colagénio que aumenta a resistência das raízes do cabelo. Trata a queda capilar e a caspa.
ContémTiamina (melhora a circulação sanguínea no couro cabeludo = crescimento).
Contém minerais como cálcio, fósforo, cobre, manganês, etc. Ótimo para micose de
unhas.

Óleo de Anis - Propriedade Energizante, anti-inflamatório, anti-séptico, estimulante para


a abertura dos poros,cicatrizante, diurético, tônico estomacal.
Tradição Herbórea
Há muito utilizado como auxiliar digestivo e desodorante. Teve sua origem na Ásia
Menor, na região costeira. Muito usado em vários tipos de produtos de higiene bucal
em perfumaria principalmente na elaboração de colônias frescas.

Óleo de Baunilha -anti-oxidantes, afrodisíacas, febrífugas, anti-cancerígenas, antide-


pressivas, sedativas, tranquilizantes e relaxantes.

Óleo de Benjoim - Propriedades: Anti-séptico, adstringente, carminativo, cicatrizante,


citofilático, expectorante, diurético, desodorante, sedativo e vulnerário.
Indicações Terapêutica: auxiliar de problemas respiratórios, tônicos para os pulmões.
Emocional: Esgotamento emocional, agitação e tristeza.
Estético: dermatite, eczema, pele seca ou rachada.

Óleo de Bergamota - Estimulante, refrescante, relaxante, anti-séptica, antiespasmódica,


digestiva, expectorante e analgésica. Também atua positivamente em casos de depressão,
medo, estresse e tensão pré-menstrual. Bom para acne, eczema nervoso, pele oleosa, pele
inflamada e cabelos oleosos.

Óleo de Bétula: Propriedades: Analgésico, anti-séptico, adstringente, depurativo,


desinfetante, diurético e tônico geral.
Indicações Terapêutica: reumatismo, gota e especialmente para dores musculares.
Emocional: revigorante e estimulante.
Estética: acne, caspa e seborréia.
Precauções: Use-o em baixa concentração. Se aplicado sobre a pele pode causa irritação
ou erupção.

Óleo de Canela: antisséptico e protetor solar em cremes e bronzeadores. Pode ser usado
na aromaterapia para reduzir a sonolência e a irritabilidade. Em geral, é utilizado como
estimulante físico e emocional. Pesquisadores descobriram que a canela reduz ainda a dor
de cabeça. Pesquisa já mostrou que o aroma de canela em um ambiente ajudou os
participantes a se concentrar mais e produzir melhor. O óleo essencial ajuda a relaxar os
músculos e alivia as dores menstruais. Deve ser utilizado em baixa concentração.

Óleo de Camomila - Hidrata o cabelo e proporciona brilho. Propriedades: Refrescante,


relaxante, digestiva, antiespasmódica, diurética, anti-inflamatória e é satisfatório em
casos de depressão, estresse, irritabilidade e ansiedade. Bom para Acne, dermatites e
peles sensíveis

Óleo de Cânfora -Estimula e aquece o coração e os sistemas respiratório e circulatório,


tem ação anti-séptica, combate câimbras e atua positivamente em casos de depressão e
insônia.

Óleo de Capim limão - (Lemongrass, Erva-Cidreira, Capim-Santo, Chá-de-Estrada)


Úteis para cabelos oleosos, desacelera a produção de óleo no couro cabeludo. É o óleo da
memória, fortalece o raciocínio,a criatividade e a concentração. Pode ser considerado a
Gingko-Biloba da Aromaterapia,aliás seu uso é um ótimo complemento para os usuários
de Gingko-Biloba. A melhor aplicação para o lemongrass está na aromatização de
ambientes de trabalho,onde a criatividade e a concentração devam dominar.
Ele age como um facilitador das rotinas diárias. Cria uma atmosfera agradável e
motivadora para enfrentar os desafios no trabalho. Aplique no difusor elétrico 15 gotas
de Lemongrass.Em casa é indicado para o momento do estudo, estudar na presença do
Lemongrass facilita a absorção dos conteúdos, e a posterior lembrança destes. Estudamos
com o aroma e o aplicamos no dia da prova para ativar a memória.
Propriedades: O Óleo Essencial tem um cheiro de Limão e erva. Adstringente, tônico,
calmante,anti-séptico, antiinfeccioso, diurético, digestivo, antiparasítico, depurativo,
sedativo.
Desodorante, relaxante muscular, condicionador cutâneo, antidepressivo. Estudos têm
demonstrado que os aldeídos deste óleo são sedativos.

Óleo de Cardamomo - Propriedades: anti-séptico, antiespasmódico, carminativo,


cefálico, digestivo, diurético, estimulante e tônico geral.
Indicações Terapêutica: debilidade, flatulência e dor de cabeça.
Emocional estimulante mental, reanimador e afrodisíaco.
Estética: Não há indicação conhecida.
Precauções: Usar em baixa concentração, pois pode irritar a pele sensível.

Óleo de Cedro - Age como antisséptico, anti caspa, adstringente e normaliza a produção
de sebo.Propriedades: Anti-séptico, diurético, calmante, expectorante. É satisfatório em
casos de depressão, medo e ansiedade. É um ótimo tônico capilar para cabelos oleosos,
pitiríase e alopecia. Suas propriedades adstringentes ajudam a cuidar da acne, eczemas e
celulite. Bom para a limpeza facial.

Óleo de Cipreste: Propriedades: Relaxante, refrescante, ajuda a estancar o sangue e tem


ação antiespasmódica, vasoconstritora e analgésica. Atua em casos de irritabilidade,
nervosismo e inquietação. Exerce uma ação equilibradora sobre os fluidos ajudando a
combater o excesso de transpiração e a celulite. Seu efeito adstringente cuida bem da pele
oleosa, acne, pitiríase e dermatite seborreica. Bom para peles envelhecidas.

O Óleo de Citronela - é mundialmente conhecido por sua propriedade repelente.


Com o óleo pode ser feito produtos como vela, sabonete, sache, loção hidratante repelente
de insetos, incensos, aroma ambiente enfim uma infinidade formas de aplicação como
repelente.
O Óleo de Citronela age sobre pernilongos e borrachudos, podemos simplificar sua
atuação dizendo que atinge os insetos voadores que picam.
O óleo não é tóxico, não mata o inseto.
O ideal na aplicação ambiente é posicionar 1 difusor de aromas com 15 gotas de Óleo
de Citronela, a cada 40 m², serve para uma proteção de 4 horas.

Óleo de Cravo- é rico em Eugenol, uma substância amplamente utilizada pela medicina
odontológica. O cheiro característico do dentista vem desta substância,que é utilizada
com anti-séptico e analgésico bucal.
O Cravo é tônico estomacal excelente, seu aroma fortalece o sistema digestivo,
principalmente nos momentos de convalescença e fraquezas provocadas por doenças em
geral.
É um óleo muito forte para os cuidados com a pele devendo ser aplicado em massagens
e banhos em baixas dosagens (metade da dose, em relação a outros óleos), age como
revigorante, fortalece o corpo agindo de forma contrária a friagem que provoca o
resfriado. Fortalece as unhas,para micose de unha, mata fungos e restaura o tecido.

Óleo de Erva Doce: Propriedades: anti-séptico, antiespasmódico, carminativo,


galactogogo, desintoxicante, diurético, emenagogo, laxativo, tônico geral e estimulante.
Indicações Terapêutica: Cólica, prisão de ventre, flatulência e problemas digestivo.
Emocional: Ajuda a criar força e coragem ,reanimando e confortando.
Estética: Pelo seu efeito purificador ajuda a eliminar os excessos cometidos com
alimentos e bebidas.
Precauções: Usar em baixa concentração, pois pode ser tóxico em excesso, não usar em
casos de gravidez e epilepsia.

Óleo de Eucalipto é famoso por suas propriedades mucolíticas, descongestionantes e


expectorantes. Excelente no tratamento de doenças das vias respiratórias. Age como
tônico e estimulante, fortalece o sistema imunológico. É também um poderoso
desinfetante de ambientes, principalmente contra bactérias aeróbias e fungos.
Purifica o ambiente de verdade. Em massagens e banhos expande sua ação oxigenadora
para além das vias respiratórias atingindo a musculatura. Relaxa os músculos e alivia
tensões provocadas pelo excesso de esforço ou exercícios físicos. Propriedades:
Descongestionante, depurativo, diurético, expectorante, analgésico, anti-séptico,
cicatrizante. Também atua em casos de falta de atenção e de concentração, dando mais
amplitude mental.
Óleo de Gengibre - Muitos conhecem o gengibre pelo seu uso em alimentos assados ou
receitas asiáticas. Essa planta também pode ser usada para estimular o apetite e aliviar
dores de cabeça. O gengibre alivia náuseas, protege o fígado, anti-inflamatório, reduz a
febre, diminui o colesterol e os triglicerídeos, elimina radicais livres, promove o sistema
imunológico e atividade antiviral.
Propriedades: analgésico, anti-séptico, antioxidante, afrodisíaco, carminativo,
estimulante, expectorante, rubefaciente, sudorífero e tônico geral.
Indicações Terapêutica: doenças infecciosas e respiratórias, artrite, dores musculares,
cãibras, circulação deficiente, dor de cabeça, fadiga física e mental, náusea e vômitos.
Emocional: centra e estimula a mente, animador e revigorante.
Precauções: usar em baixa concentração, pois pode irritar peles sensíveis. Contra-
indicado na gravidez pelo potencial de induzir a contração uterina.

Óleo de Gerânio é uma verdadeira jóia, são necessários 500 kg de planta fresca para a
extração de 1 kg de óleo, daí o valor elevado do Óleo Essencial de Gerânio. É o óleo ideal
para pele seca, envelhecida e desvitalizada. Excelente em aplicações em massagens
corporais e faciais com o intuído de preservar a juventude da pele e mantê-la saudável.
Sua ação em drenagens linfáticas é surpreendedora, melhora o tônus da pele, a coloração
e o brilho natural. É envolvente e confortante nos banhos de banheira, provoca bem-estar
e tranqüilidade duradoura. Combina bem com óleos cítricos como laranja ou grapefruit.
Regulador do sistema hormonal e aliviador dos sintomas da TPM e menopausa.É tônico
para o sistema nervoso, aliviando a ansiedade e a depressão. Equilibra a mente e reduz o
estresse.
Tem efeito estimulante sobre o sistema linfático que ajuda a eliminar toxinas nos casos
de celulite. É útil em todo tipo de pele exceto a pele muito sensível.

Óleo de Grapefruit é pouco conhecido, no entanto trata-se do principal óleo essencial


no combate à celulite. Age positivamente sobre o sistema linfático facilita a eliminação
de toxinas.É lipolítico, em massagens e fricções ajuda no trabalho com a gordura
localizada. O Óleo Essencial de Grapefruit há tempo faz parte dos protocolos de centenas
de clínicas de estética no Brasil e no mundo.
Seu desempenho é excelente no tratamento pós-operatório de varizes. Seu aroma leve,
fresco e amargo traz as sensações de descontração e motivação.
Propriedades: antidepressivo, adstringente, anti-séptico, colagogo, desintoxicante,
eufórico, estimulante linfático e refrescante.
Indicações Terapêutica: convalescença e cansaço em geral.
Emocional: depressão e ansiedade.
Estética: celulite, pele oleosa e pele inflamada.
Alivia a tristeza e a depressão, criando um clima de auto-astral festivo e euforizante.

Óleo de Ho-leaf ou Ho-Wood - Hidratante e possui propriedades que protege e preserva


a pele. Poderoso rejuvenescedor e regenerador celular. Indicados para todos os tipos de
peles, para peles cansadas e maduras. Usado no tratamento de rugas, estrias, dermatites,
eczemas e acnes.
Propriedades: anti-séptico, antidepressivo, anti-inflamatório, diurético,estimulante,
rubefaciente e estimulante circulatório.
Indicações Terapêutica: artrite, dores musculares, reumatismo e má circulação.
Emocional: estresse e depressão.
Estética: pele oleosa e acne.
Óleo de Hortelã Pimenta- Promove o crescimento do cabelo, e ajuda a estimular o fluxo
de sangue para a raiz do cabelo. Isto é muito importante, pois ajuda o cabelo a receber a
nutrição adequada. Pode haver a sensação de formigamento quando o óleo de hortelã-
pimenta é aplicado no couro cabeludo, que é na verdade, a estimulação do fluxo de sangue
para o cabelo. É expectorante e refrescante. Estimula o cérebro e clareia o pensamento.
Ajuda a aliviar a febre, dor de cabeça e náusea. O aroma de hortelã pimenta é altamente
energizante.

Óleo de Jasmim: Propriedades: Relaxante, calmante e afrodisíaco, tem ação anti-séptica,


antiespasmódica.O jasmim acalma o sistema nervoso, por isso é indicado para quando os
nervos estão à flor da pele, e também quando a pessoa sofre de dor de cabeça insônia,
depressão e com os sintomas da TPM e da menopausa. Propriedades: Antidepressivo,
anti-séptico, antiespasmódico, afrodisíaco, emoliente, facilitador do parto, galactagogo,
sedativo, e tônico para o útero.
Indicações Terapêutica: Dismenorréia, letargia, dermatite, tosse, gripes e resfriados.
Emocional: Estimulante, auxilia nos casos de ansiedade, depressão e tensão nervosa.
Ajuda a promover um sentimento de euforia e confiança. É considerado afrodisíaco.
Estética: Útil em peles inflamadas, quentes, sensíveis e secas, especialmente em casos
relacionados ao estresse.

Óleo de Junípero – Propriedades: anti-séptico, anti-reumático, antiespasmódico,


adstringente, carminativo, cicatrizante, depurativo, desintoxicante, diurético, emenagogo,
nervino, rubefaciente, estimulante, sudorífero, tônico geral e vulnerário.
Indicações Terapêutica: amenorréia, dismenorréia, dermatite, flatulência, reumatismo,
infecções do trato urinário, tosse, gripes e resfriados.
Emocional: clareia a mente, estimula, auxilia nos casos de ansiedade, e tensão nervosa.
Estética: É tônico para peles oleosas e congestionadas. E para perda de cabelos em
decorrência de seborreia.Suas propriedades purificadoras amenizam o acne e a celulite.
Precauções: O uso prolongado pode resultar em estímulo excessivo dos rins. Deve ser
evitado em casos de insuficiência renal. Não usar em casos de gravidez.

.Óleo de Laranja - Equilibra a produção de sebo. Revigorante, alivia a ansiedade. Na


aromaterapia, é conhecida por sua habilidade para afetar o humor e baixar a pressão
arterial. O aroma de laranja é o preferido de muitas crianças, e, geralmente, elas se
adaptam melhor à aromaterapia quando este aroma é incluído. Propriedades Calmante,
anticoagulante, sedativo, estomacal, diurético, tônico, antiespasmódico,
anti-séptico, antibiótico e depurativo. Ameniza rugas e manchas na pele.

Óleo de Lavanda - Auxilia no tratamento de coceiras e caspas no couro cabeludo. Útil


para controlar a ruptura do cabelo e melhorar o seu crescimento. O Óleo Essencial de
Lavanda é o mais consumido no mundo, pois além de ter um maravilhoso perfume, é o
óleo anti-estresse. A lavanda acalma e tranqüiliza imediatamente. Na insônia 1 gota de
Óleo Essencial de lavanda no travesseiro.

Para a pele: equilibra a oleosidade, bom para acne, inflamações e peles envelhecidas; é
excelente em queimaduras de qualquer ordem: em áreas pequenas do corpo pode ser
aplicado puro sobre a pele (somente uma gota por aplicação), em áreas grandes de
queimadura aplicamos na forma de compressas frias e em queimaduras solares no corpo
todo aplicamos diluído em Óleo Vegetal de Semente de Uva como hidratante.
O Óleo Essencial de Lavanda trata dores originárias por tensão, por excesso de esforço
físico ou pancadas, alivia o sintomas de torcicolos, cólicas menstruais e
estomacais, espasmos musculares, tendinites, dores nos pés e nas costas. No ambiente o
Óleo Essencial de lavanda proporciona paz, harmonia e aconchego.
É excelente para equilibrar o ambiente após eventos tumultuados ou até mesmo
conturbados por discussões e brigas. Refrescante e relaxante, tem ação analgésica e
anticonvulsiva.
Propriedades:
Anti-séptico, analgésico, citofilático, antiespasmódico, tônico, cicatrizante,anti-
inflamatório, emenagogo, antiparasítico. Relaxante muscular, adstringente,condicionador
cutâneo e antidepressivo. Desodorante, sudorífero, hipotensor,sedativo.

Óleo de Limão - Refresca, revigora, melhora a elasticidade e livra o couro cabeludo de


resíduos. É especialmente benéfico para cabelos oleosos. Ativa a concentração e alivia o
cansaço mental. Tem efeito antidepressivo. O forte aroma cítrico do óleo essencial do
limão é utilizado para tratar dor de garganta, tosses e outras infecções. Ao ser inalado,
ajuda a reduzir a pressão arterial. Também pode ajudar a reduzir a retenção de líquidos e
melhorar a absorção de minerais, além de auxiliar na perda de peso. No Japão, o óleo
essencial de limão é usado em difusores de escritórios e fábricas, pois se acredita que
aumenta a concentração e a capacidade de memorização. Pesquisas comprovam que o
aroma de limão é relaxante, o que aumenta a concentração. Como se considera que o
limão estimula a mente enquanto acalma as emoções, inalar a essência pode auxiliar na
tomada de decisões.

Óleo de Litsea Cubeba -Propriedades: adstringente, antidepressivo suave, anti-séptico,


carminativo, depurativo, estimulante e tônico geral.
Indicações Terapêutica: flatulência e indigestão,
Emocional: revigorante, estimulante, ajudando nos casos de estresse.
Estética: acne, dermatites, transpiração excessiva, pelas oleosas e cabelos oleosos.
Precauções: em doses altas é sensibilizante em peles sensíveis.

Óleo de Louro -Propriedades: adstringente, antiespasmódico, antinevrálgico, anti-


séptico, colagogo, diurético, emenagogo, estimulante, sudorífero, e tônico geral.
Indicações Terapêutica: cãibras, dores musculares e reumáticas.
Emocional: animador, tem efeito excitante sobre as emoções.
Estética: cabelos oleosos, caspa e alopecia.
Precauções: não usar durante a gravidez e usar em baixa concentração. Evitar em peles
sensíveis.

Óleo de Mandarina: Propriedades: antiespasmódico, colagogo, citofilático, emoliente e


digestivo.
Indicações Terapêutica: retenção hídrica .
Emocional: tensão, depressão, insônia e estresse.
Estética: acne, peles oleosas, celulite, edemas, estrias e obesidade.

Precauções: fotossensibilizante; não aplicá-lo antes de exposição solar por pelo menos 12
horas.

Óleo de Manjericão: Propriedades: antiespasmódico, carminativo, diurético, cefálico,


equilibrador, expectorante, sedativo, anti-séptico, revigorante, tônico do sistema nervoso
e estimulante mental.
Indicações Terapêutica: Tem ação benéfica em distúrbios respiratórios e digestivos.
Estimula o fluxo sangüíneo ajudando em casos de cãibras e dores musculares.
Emocional: Aliviador dos sintomas da ansiedade e depressão. Combate o estresse, a
fadiga e a frieza emocional. Ajuda a clareza de raciocínio.
Estética: Sua ação tônica e refrescante beneficia peles congestionadas. Bom para cabelos
oleosos.
Precauções: não usar durante a gravidez e usar em baixa concentração. Evitar em peles
sensíveis.

Óleo de Manjerona: Propriedades: anafrodisíaco, analgésico, antiespasmódico, anti-


séptico, calmante, emenagogo, expectorante, hipotensor, laxativo, sedativo, sudorífero e
vasodilatador.
Indicações Terapêutica: relaxante muscular, circulação, cãibras, fraqueza geral, alivia
dores nas articulações enrijecidas, dores reumáticas, músculos tensos e contraídos,
enxaqueca, sensação de frio.
Emocional: ansiedade, tensão, insônia, relaxante, aquecedor e reconfortante.
Precauções: Não usar durante a gravidez e sua propriedade sedativa, a tornam um bom
tranqüilizante, mas pode entorpecer os sentidos, portanto use-a em baixa concentração.
Atenção: Efeito quase narcótico em doses elevadas.

Óleo de Melaleuca: (Tea Tree oil) Poderosa ação antibactericida e antifúngica,


adstringente natural. Poder cicatrizante, antisséptico e anti-inflamatório. Utilizado para
tratar problemas cutâneos, como micoses, picadas de insetos, queimaduras, brotoejas,
dermatites, herpes e verrugas. É poderoso anti-séptico e fungicida, parasiticida,
germicida, cicatrizante e pode ser utilizado contra quase todos os tipos de infecções.
Em banhos, compressas, massagens, fricções, inalações, escalda-pés e até mesmo puro,
sobre espinhas e pequenos ferimentos. O Óleo Essencial de Melaleuca alivia dores
originadas por infecções.
É excelente para os cuidados íntimos femininos e masculinos pode ser utilizado contra
micoses de unha, aftas, dor de dente, dor de ouvido, candidíase, psoríase, frieiras, calos,
furúnculos, herpes (labialis, genitalis e zoster) e no tratamento de acne. Fortalece o
sistema imunológico, com resultados comprovados em pacientes soropositivos.

Óleo de Menta -é um óleo especial para as situações de inchaço e dor. É vaso constritor,
analgésico e bactericida, ideal para aplicações nas lesões através de compressas frias,
aplique 5 gotas de Óleo Essencial de menta por litro d'água sobre o local inchado, repita
a aplicação de 2 em 2 horas até que o inchaço desapareça. As compressas são uma
excelente forma de reduzir inchaços nos tratamentos
de traumas pré e pós-cirúrgicos. Em massagens e banhos o óleo de menta é refrescante,
revigorante, analgésico e estomáquico.
Em enjôos com perda de apetite e vômito, aplicamos 2 gotas do Óleo Essencial de Menta,
1 colher de açúcar branco em 1 copo d'água com 200 ml, faz-se então gargarejo.
A ânsia de vômito desaparece imediatamente. Obs: não ingerir.

Óleo de Mirra - Úteis para cabelos secos e no tratamento de caspa..Propriedades: Anti-


séptico, anti-inflamatório, adstringente, cicatrizante, citofilático, emenagogo,
expectorante, fungicida, sedativo e tônico.
Indicações Terapêutica: Útil em problemas respiratórios, psoríase, reumatismo, gripes e
resfriados.
Emocional: estimulante e fortificante
Estética: pele madura e oleosa.
Precauções: não usar durante a gravidez e usar em baixa concentração

Néroli - Não deve ser um nome muito conhecido, mas seu óleo essencial é usado em
muitos perfumes e produtos de beleza; melhora a circulação e a saúde da
pele.Propriedades : Antidepressivo, anti-séptico, antiespasmódico, bactericida,
afrodisíaco, desodorante,digestivo, sedativo, carminativo, emoliente, fungicida, tônico
cardíaco.

Óleo de Noz moscada-Propriedades Relaxante, calmante, reenergizante, afrodisíaco,


digestivo, anti-séptico, relaxante muscular, analgésico, antibiótico, antispasmódico,
emenagogo e tônico.

Óleo de Olíbano – É revigorante e excelente para dissolver ressentimentos e


mágoas.Propriedades: séptico, anti-inflamatório, adstringente, cicatrizante, citofilático,
sedativo e tônico.
Indicações Terapêutica: problemas respiratórios, fadiga.
Emocional: Desacelera a respiração produzindo uma sensação de calma que ajuda a
controlar a ansiedade, a tensão e o estresse. Ajuda a concentração; bom para a meditação;
eleva a consciência.
Estética: proporciona vitalidade a peles cansadas e envelhecidas. Sua ação adstringente
ajuda a reduzir a oleosidade.

Óleo de Ópio - Criatividade. Afasta a tristeza, a negatividade e acalma os ânimos. Refaz


o sistema depois de um susto.

Óleo de Orégano: Retarda deterioração de alimentos por suas propriedades


antibacterianas, antifúngicas, antiparasitárias e antioxidantes. Auxilia na cura de
resfriados, gripes, febre leve, menstruação dolorosa, além de infecções causadas por
bactérias, acne, alergias, artrite, asma, constipação, caspa, irregularidades menstruais,
cãibras musculares, dores de cabeça, fungo, micose, pneumonia, tuberculose e infecções
do trato urinário. O orégano é tão potente como morfina e age contra inflamação e
doenças dolorosas.Possui carvacrol, timol, terpenos, ácido rosmarínico, flavonoides,
magnésio, cálcio, zinco, ferro, potássio, cobre, boro, manganês, vitaminas A, C, E e
niacina.

Óleo de Palmarosa - É o melhor óleo para o tratamento da flacidez e das rugas no corpo
(na face é o óleo de Rosas, um dos óleos mais raros e caros óleos essenciais do mundo).
A Palmarosa origina o Geraniol, o mesmo é principal componente da rosa, em grande
abundância e qualidade.

Propriedades: anti-séptico, cicatrizante, regenerador celular, estimulante, hidratante,


digestivo e emoliente.

Indicações
Emocional: ansiedade, tensão e estresse.

Estética: acne, dermatite, escaras, impetigo, todos os tipos de pele, previne estrias, regula
a produção de sebo, pequenos problemas infecciosos de pele e para rugas.
Óleo de Patchouli - Utilizada no tratamento da caspa, principalmente de cabelos
oleosos. Propriedades: Relaxante, tem ação antidepressiva, afrodisíaca, cicatrizante,
desodorante, sedativa e tônica. Seu aroma reduz o apetite e ajuda a aliviar dores de
cabeça.
Propriedades: antidepressivo, antiflogístico, anti-infeccioso anti-séptico, bactericida,
cicatrizante, desodorante, diurético, estimulante, regenerador dos tecidos, regulador e
tônico.
Indicações Terapêutica: impetigo, retenção de líquido.
Emocional: estresse, ansiedade e afrodisíaco.
Estética: acne, dermatite, eczema, pele madura, rachada e ressecada, rugas, pé-de-atleta,
tinha e caspa.

Óleo de Pau Rosa - Hidratante e possui propriedades que protege e preserva a


pele. Poderoso rejuvenescedor e regenerador celular. Indicados para todos os tipos de
peles, para peles cansadas e maduras. Usado no tratamento de rugas, estrias, dermatites,
eczemas e acnes.
Propriedades: antidepressivo, estimulante do sistema imunológico, revigorante,
afrodisíaco e regenerador dos tecidos.
Indicações
Emocional: estresse, ansiedade e afrodisíaco.
Estética: acne, dermatite, eczema, pele madura, seca, desidratada e rachada.

Óleo de Petigrain -é obtido das folhas da mesma laranja amarga que produz o néroli.
Nativa do sul da China e do nordeste da Índia. Os óleos são produzidos na França, norte
da África, Haiti e Paraguai. O nome petitgrain é derivado da época em que era extraído
do brotinho da laranja ainda verdes, daí o nome de pequenos grãos; um dos ingredientes
da água de colônia.
Propriedades: antidepressivo, anti-séptico, antiespasmódico, desodorante, digestivo e
sedativo.
Indicações Terapêutica: falta de concentração.
Emocional: estresse, insônia e tensão.
Estética: acne, pele e cabelos oleosos, odores e tônico capilar.

Óleo de Pimenta negra- Originalmente uma planta silvestre, mas hoje é extremamente
cultivada no Oriente, principalmente em Cingapura, Índia e na Malásia.
Propriedades: anti-séptico, analgésico, antiespasmódico, desintoxicante, digestivo,
diurético,laxativo, rubefaciente, estimulante e tônico geral.
Indicações; Terapêutica: .dores musculares e articulares.
Emocional: muito estimulante, fortalece os nervos e a mente.
Estética: proporciona tonicidade aos músculos, de ação desintoxicante torna-se benéfico
nos tratamentos de celulite.
Para os cabelos: tônico, combate a queda e evita a calvície. Bom para raízes\oleosas com
pontas secas.
Precauções: Usar em baixa concentração, pois pode irritar a pele e estimular
excessivamente os rins.

Óleo de Pinho - Propriedades Anti-infeccioso, antifúngico, antimicrobial, tônico,


expectorante peitoral, diurético, depurativo, restaurador, refrescante, desodorante,
descongestionante, anti-séptico pulmonar e urinário, sudorífero, bactericida, inseticida e
rubefasciente. Estimulante da glândula adrenal.
Óleo de Rosa -.A rosa ajuda também no alívio de sintomas de diversos problemas
femininos, como cólicas menstruais, TPM e alterações de humor inerentes à menopausa.
Propriedades: O Óleo Essencial tem um aroma tão doce como a flor. Ambos são muito
apreciados e
têm um efeito instantaneamente estimulante e positivo. Anti-infeccioso, anti-séptico,
adstringente, tônico, estimulante, afrodisíaco, emoliente, citofilático, bactericida,
antiviral e adstringente, antidepressivo, antiespasmínico,hepático, sedativo,depurativo e
antivirotico.

Óleo de Sálvia (Officinalis) – É um poderoso relaxante, energizante e revigorante.


Possui aroma penetrante, doce e sensual. Calmante e anti-inflamatório e ajuda a preservar
a umidade da pele seca e/ou madura. Equilibra os problemas hormonais femininos.
Propriedades: Anti-séptico, adstringente, antiespasmódico, antidepressivo, adstringente,
afrodisíaco, cicatrizante, desodorante, depurativo, diurético, emenagogo, hipertensor e
tônico.
Indicações Terapêutica: fraqueza geral, astenia, dores musculares e problemas
menstruais.
Emocional: Em dose bem pequena pode acalmar e relaxar, pois tem uma ação no sistema
nervoso central. É indicada para auxiliar nos casos de depressão, insônia, tensão nervosa,
mágoa e tristeza. Ativa os sentidos e estimula a memória.
Estética: Ajuda em casos de lesões cutâneas como dermatites, eczema. É também tônico
capilar.
Precauções: não usar durante a gravidez, nem na amamentação.Contra-indicado em casos
de hipertensão e epilepsia. Usar somente em baixa concentração.

Óleo de Salvia Esclareia - Propriedades: Afrodisíaco, antidepressivo, anti-inflamatório,


antisséptico, adstringente, antiespasmódico, emenagogo, eufórico, cicatrizante,
desodorante, carminativo, hipotensor, tônico e sedativo.
Indicações Terapêutica: hipertensão, dores musculares, problemas respiratórios e
uterinos.
Emocional: Um óleo muito apreciado pelos terapeutas, pois alivia o estresse, a depressão,
a insônia, a agitação mental e os estados de pânico.
Possui uma ação sedativa nos caso de raiva, medo e frustração.
Estética: Por seu efeito regenerador atua em todos os tipos de pele. Bom para peles frágeis
e finas. Ameniza rugas e vermelhidão da pele; estimula o crescimento dos cabelos. Reduz
a produção das glândulas sebáceas combatendo a oleosidade e a caspa.
Precauções: Não usar durante a gravidez.

Óleo de Sândalo - Antisséptico, adstringente, anti-inflamatório, trata o couro cabeludo


seco. Propriedades: Relaxante, tem ação antidepressiva, afrodisíaca, adstringente,
expectorante e sedativa.

Óleo de Tangerina - Propriedades: Antisséptico, suavemente laxativo, sedativo, tônico


estomacal, estimulante linfático e digestivo.
Indicações Terapêutica: Afeta o sistema digestivo além de estimular a digestão de
gorduras.
Emocional: tensão, depressão, insônia e estresse.
Estética: Controla os processos hídricos ajudando nos casos de celulite, edemas e
obesidade.
Óleo de Tomilho - O tomilho é geralmente associado à culinária, mas também possui
aplicações aromaterapêuticas; esse óleo essencial pode ser usado para combater
infecções.

Óleo de Verbena - Propriedades Estimulante do fígado e da digestão. Atua sobre o


sistema neurovegetativo. Antiséptico, carminativo, antiespasmódico, refrescante,
estimulante, desintoxicante, hepatobiliar e estomáquico.

Óleo de Vetiver - Propriedades Anti-séptico, emoliente, citofilático, imuno-estimulante,


afrodisíaco, sedativo do sistema nervoso, calmante, tônico, estimulante do sistema
circulatório, rubefasciente e vermífugo.

Óleo de Ylang-Ylang - Antisséptico, calmante, ajuda a controlar a produção de sebo e


estimula o crescimento do cabelo. atinge os hormônios sexuais femininos que também
são responsáveis pela maciez da pele e cabelos das mulheres. Assim utilizamos o óleo na
menopausa para devolver a maciez e o brilho à pele e cabelos das mulheres que estão
produzindo pouco hormônio. O Óleo Essencial de Ylang-Ylang abaixa a pressão
sanguínea, sendo indicado para quem sofre com pressão alta. Aplique em difusão,
massagem e banhos.

(Fontes: Sites: Sabão e glicerina; Cura pela natureza; Caldeirão de plantas e ervas
medicinais, Phytoterapica, Apostila WNF, material do Curso superior de estética e
cosmetologia ISBF)
______________________________________________________________________

IMPORTANTE:

RESTRIÇÃO DE ÓLEOS ESSENCIAIS PARA GESTANTES:

A restrição à adoção de alguns óleos durante os primeiros meses de gravidez deve-se ao


fato que são compostos altamente concentrados. Em cada gota existe uma grande
quantidade de substâncias, que em contato com a pele ou pelo sistema olfativo, acabam
caindo na corrente sanguínea. Por mais gostoso que possa parecer o aroma, a sua
utilização pode prejudicar a mãe e o bebê.
As essências mais tóxicas possuem elementos químicos, que podem ocasionar contrações,
e consequentemente abortos; alterar a pressão sanguínea e até mesmo envenenamento em
situações extremas.
Os óleos essenciais que possuem propriedades emenagogas também são contra-indicados
à gestante, porque induzem à menstruação. Com o uso frequente, o fígado e os rins sofrem
prejuízos. Portanto, a aromaterapia para crianças, gestantes, epiléticos, idosos e bebês
deve ser sempre acompanhada por um profissional habilitado.
Entre os mestres da Aromaterapia, podemos seguir as orientações de Patrícia Davis
(pesquisadora, terapeuta e diretora da Escola de Aromaterapia de Londres e uma das
fundadoras da Federação Internacional de Aromaterapeutas). A especialista faz restrição
do uso dos seguintes óleos essenciais durante a gravidez.
Óleos Essenciais considerados tóxicos para gestantes:
Alecrim, Anis, Arnica, Artemísia, Bétula, Cânfora, Cedro, Cipreste, Erva-Doce, Sálvia
Esclaréia, Hissopo, Hortelã-Pimenta, Jasmim, Manjericão, Manjerona, Mirra, Orégano,
Poejo, Rosa, Tomilho e Zimbro.

Óleos com propriedades emenagogas:

Alecrim, Camomila, Esclaréia, Hissopo, Lavanda, Manjericão, Mirra, Rosa e Zimbro


(Junípero)

Apesar da Lavanda, Camomila e a Rosa serem considerados óleos "emenagogos", eles


poderão ser usados em uma diluição bastante reduzida, ou seja, de 30 ml de óleo vegetal
para 1 gota de óleo essencial, após o quinto mês de gravidez. A indicação é feita a
pessoas que não tenham um histórico de abortos.
______________________________________________________________________

COMO UTILIZAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS

MASSAGENS - Para formular uma porção suficiente para uma massagem, adicione de
2 a 3 gotas de óleo essencial para cada colher (sopa) de base de óleo vegetal.

COMPRESSAS - Coloque de 5 a 10 gotas de óleo essencial num recipiente com água


morna; embeba uma toalha nesta mistura e aplique sobre a área afetada. Repita de forma
a manter a área sempre coberta e aquecida.

BANHOS - Adicione de 4 a 8 gotas de óleo essencial em uma banheira de água morna.


Em caso de peles sensíveis, dilua as essências em uma colher (chá) de óleo vegetal. Use
de 3 a 5 gotas em escalda-pés ou banho de assento.
INALAÇÕES - Adicione de 5 a 6 gotas de óleo essencial num recipiente com água
fervente. Coloque uma toalha cobrindo a cabeça e o recipiente e inale o vapor durante
alguns minutos. Outra alternativa é colocar de 3 a 4 gotas em um lenço e cheirá-lo
rapidamente.

AROMATIZAÇÃO - Adicione algumas gotas de óleo essencial em um borrifador com


água. Em aromatizadores com vela, coloque uma colher (sopa) de água morna com
algumas gotas do óleo. Para manter o nível da água, complete com água morna.