Você está na página 1de 10

Trabalho realizado

por:
Bianca Silva nº8
Cristiana Silva nº10
Francisco Ferreira
nº12
Leonardo Lopes nº17
Maria Neves nº18
ÍNDICE
 Introdução
 Diferenças na educação antes e depois do
25 de abril
 Instituições repressivas
 Conclusão
 Bibliografia
INTRODUÇÃO
 Com este trabalho esperamos que fiquem a perceber
as semelhanças e as diferenças na educação antes e
depois do 25 de abril;

 O 25 de abril, também conhecido como a revolução


dos cravos, consistiu num movimento social que pôs
fim à ditadura do estado novo e implementou um
regime democrático.
DIFERENÇAS NA EDUCAÇÃO ANTES DO 25 DE ABRIL

 Nas escolas ensinava-se o valor do respeito, da disciplina e da


ordem;
 Os alunos eram obrigados a usar farda;
 As disciplinas lecionadas nas escolas eram matemática, história,
língua portuguesa, geografia, ciências, religião e moral, que
mais tarde foi substituída por uma nova disciplina chamada
educação cívica;
 Os professores aplicavam castigos físicos;
 Os alunos tinham de ser cultos (saber a tabuada de cor, os
nomes dos rios, serras e caminhos de ferro de Portugal).
DIFERENÇAS NA EDUCAÇÃO ANTES DO 25 DE ABRIL

 Os alunos também tinham de rezar todos os dias.


 O analfabetismo incidia principalmente nas mulheres;
 Criação do ensino primário elementar e complementar;
 Rapazes e raparigas frequentavam escolas diferentes;
 Ao entrar na sala de aula os alunos cantavam o hino nacional;
 Nas paredes da sala de aula existiam três símbolos: fotografia
de Salazar, fotografia do presidente Óscar Carmona e um
crucifixo.
DIFERENÇAS NA EDUCAÇÃO DEPOIS DO 25 DE ABRIL
 O ensino de agora é liberal;

 O uso da farda só é obrigatório em alguns colégios


privados;

 É expressamente proibido um professor bater num


aluno, se o aluno se comportar mal o dever do
professor é colocá-lo de castigo;

 Os alunos não necessitam de saber de cor os


caminhos de ferro e todos os rios (apenas os mais
importantes).
AS INSTITUIÇÕES REPRESSIVAS
 As instituições repressivas como a Mocidade
Portuguesa, a Mocidade Portuguesa Feminina
e a Legião Portuguesa eram organizações
destinadas à formação moral e ao
desenvolvimento das capacidades físicas.

 A polícia política (PIDE) tinha por missão


prevenir e reprimir quaisquer ameaças ao
regime.
CONCLUSÃO

• Ao pesquisarmos e analisarmos informação


percebemos que o ensino sofreu muitas diferenças
e que o ensino de hoje em dia transmite mais
liberdade.

• Gostámos de realizar este trabalho, apesar de nos


depararmos com algumas dificuldades.
BIBLIOGRAFIA
o REBELO, Carlos, TAVARES, Vítor, Lisboa: A
Revolução do 25 de abril explicada aos jovens,
2010

o PROENÇA, Maria Cândida Rio de Mouro: História


de Portugal, da República à União Europeia ,
século XX, 2009