Você está na página 1de 80

FÍSICA QUÂNTICA,

CONSCIÊNCIA
E REALIDADE VIRTUAL
Como esse conhecimento pode impactar
positivamente sua vida

Tom Campbell

Ebook: Mário Jorge P. dos Santos


Mário Jorge P. dos Santos

Física Quântica,
Consciência e
Realidade Virtual

Como esse conhecimento pode impactar positivamente sua vida

O que My Big TOE – Minha Grande Teoria de Tudo


– de Tom Campbell diz sobre isso!

1ª Edição

São Paulo
Capa e Editoração: Júlia da Costa Sousa
2019
Título Original: Física Quântica, Consciência e Realidade Virtual -
Como esse conhecimento pode impactar positivamente sua vida.

Copyright © 2019 por Mario Jorge Pereira dos Santos

Todos os direitos reservados - inclusive o direito de reprodução, total ou parcial,


e em qualquer formato. Nenhuma parte pode ser guardada em um sistema de
recuperação, ou transmitida em nenhuma forma ou por nenhum meio eletrônico,
mecânico, fotocopiado, gravado, digital, ótico, ou de outra forma, sem a prévia
autorização por escrito do autor.

Contato com o autor para obtenção de cópia pode ser feito através do site na
web www.mybigtoe.com.br ou pelo e-mail mario@mybigtoe.com.br.

Facebook: www.facebook.com/MyBigToeBrasil/
Youtube: www.youtube.com/channel/UCp9Dxx59qjwPRKFwWNa7lkw
Instagram: www.instagram.com/p/Btlei8

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)


(eDOC BRASIL, Belo Horizonte/MG)

Santos, Mario Jorge Pereira dos


C191f
Física quântica, consciência e realidade virtual: como esse
conhecimento pode impactar positivamente sua vida / Mario Jorge
Pereira dos Santos. - São Paulo (SP): Ed. do Autor, 2019.
80p. : 16x23cm

ISBN 978-85-922212-3-2

1. Ciência. 2. Física quântica. 3. Metafísica. I. Título.

CDD 530.142

Elaborado por Maurício Amormino Júnior - CRB6/2422


A todos os interessados em compreender mais sobre si,
o universo e o contexto da realidade em que vivemos.
SUMÁRIO
Prefácio por Mabel C. Dias 5
Introdução 7
A Realidade é Digital e Virtual 13
• E o que dizem cientistas e outros sobre a realidade ser virtual? 14
• E As Famosas Partículas, Onde Estão? 20
• Mas, O Que Propõe My Big TOE ? 21
Sobre a Física Quântica 26
• Dupla Fenda, o fenômeno incongruente... 27
• Física Quântica & My Big TOE 29
Sobre a Consciência 30
• Dois Pressupostos Básicos 31
Livre Arbítrio existe? 35
Afinal, o que fazemos nesta simulação tridimensional? 38
Como a Realidade Virtual explica a Física Quântica? 41
• Sobre o Entrelaçamento de Partículas 41
• Sobre o Experimento da Dupla Fenda 44
Sobre a Relatividade de Einstein 45
• Como a My Big TOE explica a velocidade da luz como constante? 46
O que posso fazer com tudo isso? 50
• E o que fazer a respeito disto tudo? 52
Existe Vida Após a Vida? E Antes? 54
Eu agradeço... 58
O que opinam os leitores... 61
Referências e Sugestões de pesquisa 78
PREFÁCIO

A lguma vez você se deu mal em um jogo qualquer porque não conhecia
a fundo suas regras?

Grandes jogadores se tornam hábeis porque aprenderam as regras,


praticaram e repetiram as jogadas até atingir a excelência. Com o viver
acontece o mesmo.

Não nascemos com manual de instruções, mas, de tempos em tempos,


algum pensador nos dá boas pistas sobre como funciona o jogo da vida e
como extrair dele os melhores resultados.

Isso é o que fez o físico Thomas Campbell em sua original Teoria de Tudo
(My Big Toe), obra de toda uma vida de pesquisas que unifica a Filosofia,
a Física e a Metafísica, os três principais pilares do conhecimento humano.

Que feito! Quando soube de sua existência, meu coração palpitou de


excitação. E ao lê-la, constatei que era tudo isso e muito mais.

Pela falta de conexão profunda e vivência direta, o homem comum ainda


precisa de modelos para tentar compreender sua realidade. E eis que Tom
Campbell nos traz um modelo simples e elegante sobre a natureza da
realidade, que nos auxilia no bem viver.

Essa obra extraordinária foi traduzida e publicada na língua portuguesa


por Mário Jorge P. Santos, generoso entusiasta da My Big Toe, que agora
nos brinda com esse ebook que tem a função de instigar você a desvendar
esses “mistérios”.

Aqui você fará contato com algumas ideias centrais da teoria e como usá-la
como um bom mapa da realidade.

5 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


E como um mapa não é o território, cabe a você ler o ebook e depois a
trilogia Minha Grande Teoria de Tudo, com mente cética, mas aberta, como
nos sugere Tom Campbell.

Só assim poderá apreender seu conteúdo, testá-lo e verificar os resultados


em sua vida.

Saber como funciona a realidade mudará tudo em sua vida. Uma nova visão
de mundo mais abrangente unida à prática coerente lhe trará sabedoria e
lhe abrirá os caminhos rumo a autorrealização.

Ler Minha Teoria de Tudo não lhe exigirá erudição e sim disposição sincera
de conhecer mais a fundo o Universo, e principalmente a si mesmo.

E lhe adianto (desculpe pelo spoiler) que estamos vivendo nesta dimensão
3D exatamente para isso: para nos (re)conhecermos e nos tornarmos, a
cada dia, uma versão atualizada e melhor de nós mesmos.

Bem-vindo(a) ao Mundo Real.

Dra. Mabel Cristina Dias


(médica, escritora, coach)

6 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


INTRODUÇÃO

Meu nome é Mario Jorge P. Santos. Sou engenheiro, pós-graduado em


economia do comércio exterior, Master Black Belt em Seis Sigma (método
científico e estatístico de solucionar problemas e otimizar qualidade e
resultados na indústria).

Há mais de 10 anos tornei-me um buscador obstinado do autoconhecimento


e da evolução pessoal. Durante esse período estudei Física, Metafísica, PNL
e vários outros temas e autores. Procuro praticar o que aprendi nesses
estudos.

Thomas (Tom) Campbell autor da My Big TOE

Na metade desse processo de busca e autoconhecimento, deparei-me com


o trabalho do Físico e Pesquisador da Consciência Tom Campbell, publicado
na trilogia de livros chamada My Big TOE – Minha Grande Teoria de Tudo
(Despertar, Descoberta e Funcionamentos Internos).

7 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Na época, eu buscava alguma informação sobre Robert Monroe (ver em
Referências) e encontrei alguns vídeos sobre o trabalho do Tom.

Após o primeiro vídeo passei a ver os demais e foi, poderia dizer, uma
paixão à primeira vista. Uma pessoa clara e objetiva, falando de forma lógica
e utilizando exemplos atuais da simulação, realidade virtual, computação e
física, sobre temas filosóficos e existenciais.

Antes de conhecê-lo, tais assuntos me davam dor de cabeça e falta de


paciência, pois eram tratados por estudiosos antigos com exemplos fora do
contexto atual, ou pela religião, sem qualquer tipo de amparo racional.

Isso estava para mudar minha vida e a


interpretação que eu fazia dela.

8 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Após alguns vídeos percebi que o Tom havia publicado alguns livros e passei
a procurá-los. Encontrei uma versão eletrônica aberta no Google Books, em
inglês e comecei a ler imediatamente.

Durante a leitura, fiquei maravilhado com cada palavra, frase e brincadeira


ali colocada. Sim, o Tom sabe ser bem sarcástico e sagaz quando escreve e
tem um tipo de humor que adoro.

E já me agradou logo de cara, quando vi que pedia insistentemente, para


que “não acreditássemos em nada do que ele dizia e, que não estava
fundando nenhuma nova religião ou culto pessoal”.

Pedia apenas que mantivéssemos nossas “crenças atuais” em suspenso até


que pudéssemos formar um julgamento sobre “o conjunto todo”. Até que
conseguíssemos evidências “através de nossa própria experimentação”,
que apontassem (ou não) na direção do que ele dizia.

Tentei discutir essas ideias com outras pessoas, mas ninguém as conhecia
ainda e muito poucos podiam “ler em inglês”. Então decidi traduzir a trilogia
eu mesmo, fosse como fosse.

Tom e eu no Congresso
da IAC em Évora.

9 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Enviei um e-mail para o Tom, que foi muito simpático e me autorizou a fazer
a tradução. Logo em seguida o Celso Júnior (o outro tradutor) também
contatou o Tom, que o pôs em contato comigo.

Logo estávamos alinhados e progredindo na tradução dos livros. Sabíamos


que valia muito o esforço para disponibilizar os livros em português, para
que um maior número de pessoas se beneficiasse do conteúdo.

Além de ser um dos tradutores da My Big TOE, coordenei o processo de


tradução, assim como a edição e publicação dos livros que, caso
interesse a você, estão à venda no site www.mybigtoe.com.br.

Outro ponto fantástico que descobri: quanto mais compreendia o


funcionamento proposto pelo modelo My Big TOE, mais podia deduzir
o funcionamento da realidade e dessa forma encontrar eu mesmo as
respostas que buscava. Isto desmistificava tanta coisa!

Enfim, passei a compreender algumas das conexões entre Física Quântica,


Consciência e Realidade Virtual. E também como isto explicava tudo o
mais, em especial as regras de funcionamento da realidade, ou seja, “as
regras do jogo” do qual participamos.

Conhecer as regras nos ajuda muito a “jogar” bem.

“O grande objetivo de toda ciência é cobrir o maior


número de fatos empíricos, com deduções lógicas a
partir do menor número de hipóteses ou axiomas”.

- Albert Einstein

10 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


“Creio que o Dr. Einstein ficaria orgulhoso de nós
– vamos desenvolver uma Big TOE abrangente que
explica os fatos empíricos – a mente, tanto quanto a
matéria; a filosofia tanto quanto a física; o normal,
tanto quanto o paranormal; a consciência, tanto
quanto o concreto – por dedução lógica, a partir de
somente dois pressupostos. E somente um destes dois
pressupostos é extraordinário”.

- Tom Campbell - My Big TOE Despertar

Ao longo deste e-book vou focalizar naquilo que creio serem alguns dos
pontos principais das ideias contidas na My big TOE.

Famosos físicos Einstein e Hawking.

Caso você não conheça o termo TOE (Theory of Everything ou Teoria de


Tudo), explicarei brevemente. Isto é o Santo Graal que os Cientistas, e
em especial os Físicos, têm buscado há muito tempo - inclusive
Einstein e Hawking.

Uma Teoria de Tudo é uma explicação única e abrangente que esclarece


todos os fenômenos conhecidos, atuais e futuros.

11 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Esclareço que eles não chegaram lá. Tiveram apenas êxito parcial em explicar
partes da “realidade física”, às quais suas teorias ficaram limitadas. Outros
também não conseguiram.

Até aqui...

12 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A REALIDADE É DIGITAL E VIRTUAL

Quando o Tom lançou seu primeiro livro consolidando suas ideias, afirmar
que a Realidade é Virtual, ou seja, que ela é como um videogame, ou
poderíamos dizer como um sonho, isso parecia para muitos assustador.

Seguramente, isso não seria nada que um cientista considerado “sério”


por seus pares, naquele momento, sairia afirmando por aí, sem medo de
perder o financiamento de suas pesquisas, patrocinadas pelo centro do
pensamento científico estabelecido.

A realidade é digital e virtual.

Mas o Tom tinha uma vantagem, não estava procurando impressionar


ninguém do mundo acadêmico, nem obter qualquer financiamento para
seu trabalho.

Sua pesquisa sobre Consciência, que o levou à teoria da Realidade Virtual,


foi feita de forma particular e paralela à sua carreira como físico profissional.
Em seu período diurno, ele trabalhava no desenvolvimento de programas
e simulações para órgãos governamentais americanos, como a NASA e o
Departamento de Defesa.

13 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Seu outro trabalho com a Consciência, durante seu tempo pessoal, o
ajudou também a melhorar seu desempenho profissional e não lhe criou
nenhum problema, pois não fazia parte direta do seu trabalho como físico.

• E o que dizem cientistas e outros sobre a realidade ser


virtual?

Hoje, a hipótese de que a Realidade seja Virtual, ou digitalmente gerada


por um sistema, já é cogitada por muita gente famosa e foi popularizada
em vários filmes de sucesso (de ficção científica) como “O 13º Andar” e
“Matrix”.

Filmes pioneiros 13º Andar & Matrix sobre o tema.

Um dos pioneiros a discutir esta possibilidade, foi o filósofo, físico,


neurocientista computacional e matemático, professor Nick Bostrom, em
um artigo de 2003.

Nesse artigo, de forma lógica, ele chega à conclusão de que a probabilidade


de sermos parte de uma realidade simulada são bem maiores do que a
de não sermos.

14 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Nick Bostrom (Director, Oxford Martin Programme on the
Impacts of Future Technology; Professor of Applied Ethics).

Isto vem gerando muito debate desde então. Saiba mais sobre isso nas
Referências ao final do ebook.

A probabilidade de estarmos em uma realidade


simulada é maior do que a de não estamos.

Mais recentemente o astrofísico Neal DeGrasse Tyson (cientista e divulgador


científico, ligado a série Cosmos), afirmou em uma entrevista à TV “não ser
possível provar que não estamos vivendo em uma realidade virtual”.
E que a probabilidade em favor dessa hipótese, seria de pelo menos 50%.

15 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Astrofísico Neal DeGrasse Tyson de Cosmos

Recentemente o famoso milionário e investidor de novas tecnologias Elon


Musk, ganhou as manchetes quando disse acreditar “que é muito provável
que estejamos vivendo em uma realidade simulada”. Chegou a declarar
que fazia investigações nessa direção.

Milionário e lançador de tecnologias Elon Musk.

Já Brian Whitworth, phD em Sistemas de Informação, tem um excelente


artigo publicado, explorando a ideia de que o Universo é Virtual e a Realidade
é criada pelo processamento de informação (ver mais em Referências).

16 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Brian Whitworth, graduação em Psicologia e Matemática, é PHD
em Sistemas de Informação - Massey University da Nova Zelândia.

Ele relaciona essa ideia da realidade virtual aos achados da física moderna
sobre o mundo “ supostamente” físico. Segundo ele, a realidade virtual é
um tema comum para o mundo “online” e a “Ficção Científica”, mas ainda
pouco usual à Ciência.

Diz também, que o mundo seria uma simulação de informação “rodando”


em uma tela de espaço-tempo multidimensional. Então, sendo o universo
físico constituído por informação, a matéria, a energia e o movimento,
seriam apenas diferentes aspectos da informação.

Ele conclui, que as muitas leis da conservação da energia, poderiam se tratar


de apenas uma lei sobre a conservação da informação.

Sendo o Universo construído como uma realidade virtual, o Big Bang seria
mais facilmente interpretado como um “boot up” ou “inicialização” virtual
do sistema.

17 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Donald Hoffman Cientista Cognitivo e Professor da
Universidade da Califórnia.

Já Donald Hoffman, cientista cognitivo, sugere que o funcionamento da


Realidade se baseia em consciência e agentes conscientes (indivíduos).
O que parece ser “realidade” nada mais é do que a interpretação que
“evoluiu” em nossas consciências, para nos garantir as melhores condições
de reação e sobrevivência.

Ele postula o fim do espaço-tempo como estrutura de suporte. Resumindo,


o que pensa, tudo o que vemos como objetos, seriam melhor descritos
como ícones em uma tela holográfica (3D), de um computador muito
sofisticado.

Esta figura a seguir foi retirada de recente reportagem no site da “Business


Insider”, que tem o seguinte título: “BANK OF AMERICA: There’s a 20%-
50% chance we’re inside the matrix and reality is just a Simulation”.

A figura é parte de um relatório produzido pelo Bank of America para


avaliação de possíveis impacto nos negócios.

18 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


O Bank of América recém incluiu uma lista de ideias com possíveis
impactos em seus mercados, entre elas a possibilidade de estarmos
em uma simulação.

Ou seja, segundo o banco Existe uma possibilidade de 20% a 50%, de que


estejamos dentro de uma “matrix” e que podemos vir a confirmar, que
nossa realidade seja fruto de uma simulação.

Entre outras coisas o artigo da revista aponta que possivelmente uma das
fontes usadas pelo Bank of América para sua análise, tenha sido o artigo
científico original de Nick Bostrom.

Se quiser ver o artigo completo acesse este link para o artigo da Business
Insider: https://www.businessinsider.com/bank-of-america-
wonders-about-the-matrix-2016-9

19 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Nas palavras do próprio banco (ainda segundo o artigo):

“Muitos Cientistas, Filósofos e líderes de negócios, acreditam que existe uma


probabilidade de 20 a 50% de que os humanos já estejam vivendo em um
mundo virtual, simulado em computador. Em abril de 2016, pesquisadores
se reuniram no Museu Americano de História Natural para debater essa
ideia. O argumento é que já estamos nos aproximando de simulações
em 3D onde milhões de pessoas podem participar simultaneamente. É
concebível que com os avanços em inteligência artificial, realidade virtual
e poder computacional, membros de futuras civilizações tenham decidido
“rodar” uma simulação de seus ancestrais”.

Como pode ver, não são poucos hoje, os cientistas, pessoas e até instituições
sérias, apontando em direções semelhantes. No entanto nenhuma das
ideias que vi são mais completas do que My Big TOE.

• E As Famosas Partículas, Onde Estão?

Na ciência formal, em especial as pesquisas sobre a formação da matéria,


temos os “famosos aceleradores de partículas”. Elas vêm sucessiva e
continuamente “quebrando a matéria em pedaços cada vez menores”...
e não se encontra um fim nisso.

O que antes era considerado a partícula fundamental, o átomo, rapidamente


perdeu lugar para elétrons, prótons e nêutrons, que seguiram perdendo
lugar para várias outras ainda menores, tantas que nem logramos guardar
mais seus nomes.

Parece que quanto mais nos aprofundamos, mais espaço vazio encontramos,
e a matéria mesmo, seus blocos constituintes, até agora não foram
encontrados.

20 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A ideia de que a matéria é constituída por partículas também é básica para
a Teoria da Relatividade.

E=m*c². Energia é igual a massa vezes a


velocidade da luz elevada ao quadrado.

A famosa Teoria da Relatividade de Einstein, mostra também que matéria


é como um estado diferente da energia, e que há uma equivalência entre
elas, demonstrada em sua famosa equação: E = m*c².

Traduzindo a equação: Energia é igual à “massa” vezes a “velocidade da luz”


elevada ao quadrado.

Assim, a energia está contida em determinada quantidade de “matéria” fica


definida .Liberar essa energia imensa é o princípio por trás de uma bomba
atômica.

• Mas, O Que Propõe My Big TOE ?

Para o modelo My Big TOE, a realidade é digital e virtual. Não é que ela
seja menos real por isso, mas apenas que seu “meio constitutivo” não é
“material”.

A nossa percepção da matéria gerada por um sofisticado programa - tipo


um programa de computador semelhante aos que temos hoje, rodando
simulações técnicas para empresas e governos. Ou até mesmo similar a
um de nossos videogames preferidos, como Sim City ou The World of
Warcraft.

21 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Holodeck (Star Trek) – sala ou área de simulação
desativada – como realmente parece.

A ideia da simulação é tão plausível que a ficção científica (que sempre


segue a frente da realidade) já a considera uma possibilidade e a explora.
Não apenas nos filmes Matrix e 13º Andar citados anteriormente, como
também na famosa série Star Trek.

Considerando a evolução continuada de nossos videogames e simulações


atuais, facilmente chegaremos lá. Os jogos ficam mais realistas à medida
que progredimos em equipamento e programação. Daí desenvolveremos
simulações realmente imersivas, que por exemplo, venham a estimular e
criar estas “realidades”, diretamente em “nossos cérebros”.

Aliás, o claro e rápido progresso tecnológico nessa área foi um dos fatores
que levou o filósofo e matemático Nick Bostrom, citado acima, a propor a
ideia da realidade como simulação.

Em Star Trek, há o que chamam de “Holodeck”. É uma área especial


controlada por projetores holográficos que simulam dentro de um local

22 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


fechado todo e qualquer ambiente ou pessoa imaginado, tudo controlado
pelo computador da nave. Um ambiente tão realista que por vezes nem os
personagens simulados percebem onde realmente estão.

Holodeck (Star Trek) – sala de simulação ativa.

Isto posto, vejamos algumas das ideias que Tom Campbell desenvolve
em seu modelo:

• nossa realidade é fruto de um programa ou simulação que está rodando;

• tudo o que existe tem base informacional e fundamentalmente binária


(digital), assim como nos computadores atuais;

• o que parece matéria, é apenas informação gerando essa percepção.

• energia é igual a informação.

• devido a perfeição do sistema, a simulação gerada evolui a partir de um


“Big Bang Digital”. Ali, as leis da Física estão programadas para ter
exatamente as condições favoráveis ao nosso Universo.

23 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


• esse evento provavelmente ocorreu após milhões de tentativas e erros,
até chegarmos à uma versão de simulação viável. A parte biológica
também evoluiu para possibilitar a vida, como “parece” existir hoje.

• a simulação na qual “vivemos” é apenas uma de muitas.

• como pilotos nesse simulador, não somos perecíveis como nossos


personagens (avatares).

Como você e eu estamos imersos nesse sistema, e percebendo tudo


através dos cinco sentidos programados (filtros) dos nossos personagens
(avatares), temos a sensação de sermos “sólidos” e participarmos de uma
“realidade 3D sólida”.

Ou seja, a aparência de solidez, é fruto das sensações programadas da


experiência , fruto da própria programação.

De alguma forma isso muda ou diminui o valor desta experiência para


mim e para você? - Não, de forma alguma!

Isso apenas altera a forma de vermos como a experiência é constituída ou


construída.

E quanto melhor conhecermos sobre o jogo, mais poderemos evoluir


pessoalmente para jogá-lo de forma mais produtiva para cada um de nós.

E jogar melhor significa também sofrer menos.

Imagine o sofrimento de entrar em um jogo complexo e não fazer a menor


ideia de como ele funciona... ou pior, sequer saber que se trata de um jogo...

24 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Avatar é um termo de origem hindu que descreve uma
situação da religião, onde um deus vinha a terra e tomava
formas humanas, para interagir aqui.
Nos videogames o termo é usado para descrever os
personagens do jogo na tela, comandados pelo jogador.
Os filmes Avatar e os Substitutos dão ótima ideia do sentido
em que utilizamos esse termo aqui.

Quem observa quem?


Ilustração por Jonas Sildre.

25 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


SOBRE A FÍSICA QUÂNTICA

É provável que estejamos de acordo, que quase tudo ligado ao termo


quântico anda bem desgastado! Junto com mecânica quântica, estão
praticamente vulgarizados pelo uso indiscriminado.

Hoje em dia até a massagem e a culinária podem ser “quânticas”. Tudo ao


que se quer dar um ar científico e moderno, com um toque misterioso e
talvez mágico, ganha o quântico como adjetivo.

Mas, não se engane! Esse artifício não é usado no modelo proposto pela
My Big TOE.

Na visão do autor, os resultados da Física Quântica são indicações


importantes, de que a realidade como percebida por nós e como explicada
pela ciência (até agora), é inconsistente.

Eu diria, que a Física Quântica em especial por causa da sua constatação


da influência do observador nos resultados, se tornou um “osso duro” no
caminho da ciência.

Os experimentos da Física Quântica, demonstraram


os “limites da definição” da “tela” da realidade.

A teoria da Relatividade que era o conhecimento científico em vigor, acabou


expondo suas limitações como uma Teoria de Tudo, no âmbito micro. O
mundo quântico nos mostra as margens da definição do universo no nível
micro, assim como a velocidade da luz constante mostrou os limites da
relatividade no nível macro.

26 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A Mecânica Quântica mostrou a granularidade da “realidade”, sua
quantização ou definição em “pacotes”, unidades de valores mínimos.
Mostrou que no mundo micro a realidade opera de forma estatística,
como uma nuvem de possibilidades, e não de forma exata e determinística
(uma equação definida e perfeita), como desejava a ciência convencional.

Arte - comportamento partícula-onda.

A Física Quântica mostrou com clareza que os resultados dos experimentos


estavam sempre obrigatoriamente ligados ao observador. Esse foi talvez
o maior baque para uma ciência que se orgulhava em ser objetiva, exterior
e independente (ou seja, materialista).

Os resultados das medições quânticas revelaram o comportamento da


matéria ao nível dos fótons, partículas e moléculas, evidenciando a
interferência do “observador consciente”.

• Dupla Fenda, o fenômeno incongruente...

Conforme as informações coletadas pelos equipamentos nos diversos


tipos de experimentos de Dupla Fenda realizados até agora, quando uma

27 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


partícula é observada por um de nós - seres conscientes - os resultados
demonstram “comportamento de partícula”. Quando a mesma partícula
não é observada, demonstram um “comportamento de onda”.

Caso queira saber mais detalhes sobre o experimento de Dupla Fenda


acesse o seguinte link: https://mybigtoe.com.br/experimento-dupla-
fenda-quantica/.

Tipicamente, as partículas (supostamente com massa, mas claro, invisíveis)


se comportam como ondas, até que seu caminho, por uma das duas fendas,
seja medido e observado por um ser consciente. Quando isso acontece, e
apenas nesse momento, as “supostas partículas” passam a se comportar
realmente como partículas.

É como se as “ditas” partículas soubessem que estavam sendo observadas,


o que não faz sentido para uma ciência materialista tradicional.

O famoso experimento da dupla-fenda.

28 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


• Física Quântica & My Big TOE

Primeiro: como dito antes, a Física Quântica denota o comportamento


“aparentemente” anormal no mundo das partículas, sob o ponto de vista
da ciência tradicional.

Segundo: a Teoria da Realidade Virtual de My Big TOE, faz o que outros


ainda não fizeram... explica o porquê e o como dos comportamentos
estranhos da suposta “matéria” nessa esfera micro.

E insisto, até hoje não foi proposto nenhum outro modelo que faça isso e
que também seja tão abrangente.

Veremos como isso acontece.

29 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


SOBRE A CONSCIÊNCIA

Filósofos e cientistas de todos os tipos vêm tentando descobrir e definir


consciência há milhares de anos.

Afinal, onde está a consciência?

Cientistas partidários do ponto de vista do Materialismo, a imensa maioria,


excluem em seus experimentos e conclusões o papel da consciência.

Da forma mais simples, a consciência pode ser considerada como o estado


natural de vigília para nós, seres humanos. Quando estamos acordados,
usamos isso como sinônimo, e dizemos que estamos conscientes.

Também pode ser definida como estar “atento” ou “ciente”, prestando


atenção ao que os sentidos estão nos transmitindo.

Além disso, esse termo é usado como sinônimo de ter “consciência” dos
seus atos, como discernir o certo do errado (aspectos morais). Enfim, vai
longe.

30 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


O que talvez não precise ser discutido é que todos nós sabemos ou
pensamos saber, que temos consciência, ou somos conscientes. É algo
com o qual vivemos diariamente... pelo menos quase todos nós...

Diferente do que você encontra nas propostas de outros pesquisadores,


Tom Campbell não tenta ignorar a consciência. Ele a inclui em sua teoria
desde o início.

• Dois Pressupostos Básicos

Ele nos informa que a consciência está no fundamento de sua Big TOE,
sendo o primeiro pressuposto, em cima do qual desenvolve seu modelo
de realidade.

Ele propõe que uma consciência fundamental, primordial, não muito


desenvolvida no início, está no centro de tudo que virá a existir. É o ponto
de partida para tudo.

Seu segundo e último pressuposto é que essa consciência pode se


desenvolver e na verdade está em evolução, como se existisse uma pressão
sobre ela, na direção do desenvolvimento.

Tom propõe que isto é fácil de observar, pois esta pressão para a evolução
(o 2º pressuposto) está presente em toda a Natureza e, no caso de nossa
realidade física (Universo 3D), vemos isto se manifestando na evolução
biológica das espécies.

Foi isso que gerou essa infinidade de seres vivos, preenchendo cada possível
nicho do ambiente, que encontramos em nosso dia a dia.

31 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A pressão para a
evolução, além da
natureza, movimenta
tudo, inclusive a
consciência.

Então, deste ponto de vista, já não existe o famoso “Hard Problem”


(problema difícil) da ciência em geral, em ter que reconhecer e encaixar a
“consciência”, de alguma forma ainda desconhecida, nas suas “equações”.

Por ter a consciência como premissa, concluímos que My Big TOE é uma
teoria mais afinada com o Idealismo, e tem similaridades com algo do que
era proposto pelos antigos filósofos gregos. O Idealismo é um ponto de
vista que compete com o Materialismo, que propõe que a consciência seja
apenas um acontecimento acidental gerada pelo mundo material.

Navalha de Ocam – princípio científico que favorece


as explicações mais simples, no caso de My Big TOE,
há apenas 2 pressupostos.

32 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A consciência fundamental se desenvolve para realizar seu potencial e se
tornar fonte de tudo o que parece existir. É a criadora das condições que
permitem a geração de “unidades de consciência” como nós, no controle
do “avatar”(personagem do jogo). Pela teoria somos consciência e estamos
“operando” nossos corpos como personagens, mas estamos “identificados”
com os personagens.

A consciência cria seus próprios sistemas digitais de armazenamento e


transmissão de informação, como uma rede de dados da realidade global,
similar a internet. Ela gera e encampa nossa própria e pequena realidade
de experimentação 3D, realidade “material” ou como a conhecemos: nosso
Universo.

Este mesmo raciocínio, usado para a criação do nosso universo, permite


também pressupor a existência de vários outros universos, criados da
mesma forma ou como alguns o chamam, multiverso. Para existir, eles têm
apenas de ocupar diferentes partições no “disco rígido” do sistema maior,
ou diferentes “dimensões”.

A matéria prima da consciência digital é a informação, ou podemos


dizer o arranjo dos bits de dados. É isso que transita na “grande rede” da
consciência.

Nós, como unidades de consciência, estamos conectados nessa rede. Isso


nos abre possibilidades praticamente infinitas. E isto é explorado mais a
fundo nos livros do Tom.

Considere por algum tempo, a ideia de que talvez não seja o cérebro que
“tem” uma consciência... e que talvez seja a consciência que, iludida ou
confusa pelo personagem, “pensa” que tem um cérebro...

33 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A consciência fundamental se desenvolve para realizar seu
potencial e torna-se fonte de tudo o que parece existir.

34 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


LIVRE ARBÍTRIO EXISTE?

Aí está mais uma das grandes questões da humanidade, em todos os


tempos. Muitos pensam que o livre arbítrio não existe. Pensam que dado
o conhecimento das condições iniciais de qualquer “objeto” e as leis da
ciência física vigentes, todo o resto da trajetória daquele “objeto” poderia
ser previsto em detalhes e sem desvio. Não deixando livre qualquer opção.

Mas isto seguramente tende a ser uma visão Materialista da realidade, e


não leva em conta a Consciência.

Também parece não levar em conta o óbvio cotidiano das centenas de


escolhas que fazemos a cada minuto, sejam grandes ou pequenas.

Temos realmente escolhas a fazer?

E ainda existem muitas ideias equivocadas a respeito do livre arbítrio. Ter


livre arbítrio não significa que podemos fazer qualquer coisa.

35 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Quer dizer que temos a possibilidade de escolher dentre as oportunidades
que estão disponíveis para nós, a qualquer momento e situação dados.

Para exemplificar, você está lendo este ebook agora, onde quer que esteja...
talvez possa escolher parar a leitura por um momento, levantar-se, ir até o
banheiro ou ir até a geladeira, ir tirar uma soneca... ou voltar ao trabalho em
que estava, antes de começar a ler o livro.

Pode decidir pedir seu parceiro ou parceira em casamento, pode ser aceito
ou não, podem decidir ter filhos, e por aí vai... Então dentre as opções
possíveis ou disponíveis, você tem como escolher.

Ter livre arbítrio não significa que podemos fazer qualquer coisa.
Apenas que podemos escolher entre as opções disponíveis.

Porém, há quem pense no livre arbítrio como a liberdade para fazer o que
quer “que lhe dê na telha”. Bem, não é esse o caso.

E só precisamos um exemplo em contrário para invalidar isso. Você poderia


ir à Lua agora? Ao Sol? A Alfa Centauro?

Como eu disse, basta um exemplo contrário, mas pode ser qualquer outro
exemplo, bem mais mundano.

E apenas para adicionar mais um tempero, não se esqueça que as


possibilidades de escolha que temos são apenas aquelas que
vemos (ou percebemos).

Se tivermos muitas crenças, elas vão funcionar como filtros colocados na

36 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


frente de nossos olhos, não permitindo que vejamos ou aceitemos opções
que para outra pessoa talvez fossem óbvias.

Ainda dentro desta realidade física material 3D que “vivemos”, estamos


sujeitos aos Conjuntos de Regras da programação, as rotinas ou sub-
rotinas que ajudam a construir o ambiente e dizem o que podemos ou não
fazer, dentro das leis da ciência. Gravidade, limite para velocidade da luz...
etc.

Consciência e Livre Arbítrio estão completamente interligados.


Um não existiria sem o outro. Para que serviria a consciência,
se não existissem escolhas a fazer?

Mas, definitiva e obviamente temos arbítrio. Segundo Tom Campbell


descreve em My Big TOE, livre arbítrio e consciência estão tão amarrados
um ao outro que não existiriam um sem o outro, assim que é quase um
“dado” que vem com a premissa básica número um.

Esse é um tema que o Tom aprofunda bastante, em especial o livro 2


(Descoberta) da trilogia.

37 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


AFINAL, O QUE FAZEMOS NESTA SIMULAÇÃO TRIDIMENSIONAL?

Quem já não se questionou a respeito do que estamos fazendo aqui? Por


vezes, tudo parece ser um grande jogo. Mas tão grande, que do nosso
ponto de vista, as “regras” parecem incompreensíveis. Muito já se filosofou
a respeito.

Neste caso, a “Realidade Virtual”, no modelo do Tom, também traz luz ao


tema.

Na continuidade da sua busca, Tom foi percebendo a similaridade de nossos


ambientes naturais com os ambientes simulados, para aprendizagem
e diversão. Foi vendo como simuladores de voo, jogos e outros, se
comportavam como situações de nosso próprio ambiente. Viu também a
correlação do desenvolvimento técnico levando a simulações cada vez mais
perfeitas e parecidas com a “realidade”.

Alguém tem dúvida da eficácia e utilidade de um moderno simulador de


voo, do tipo que modela um Boeing 747, para o aprendizado dos pilotos
e tripulações? Ou será que seria mais vantajoso submeter equipamentos e
pessoal ao risco, fazendo qualquer novato pilotar e voar até aprender algo?

Ele também percebeu, que a consciência e a vida são também as


únicas coisas que vão na direção contrária à entropia. Lembrando
que entropia se refere à segunda lei da Termodinâmica, que trata da
tendência que os sistemas têm à desorganização, com o passar do tempo.
Mais entropia é igual a menos ordem e menos energia útil disponível para
realizar trabalho.

A consciência busca constantemente organizar mais e melhor a informação,


gerar energia útil, gerar potencial. Vai na direção da organização, da ordem,
da entropia mais baixa. Toda consciência trabalha e busca nessa direção,

38 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


pressionada pelo processo da evolução (o 2º pressuposto).

Qual a ligação entre amor e entropia?

My Big Toe conclui que melhorar a qualidade de “ser” é equivalente a


evoluir espiritualmente, a ter menor entropia, a ter a informação de ser
mais organizada, com maior potencial, a ser mais amoroso e “cuidar”
mais, ir na direção do Amor.

Tecnicamente, ele define amor como o estado de baixa entropia da


informação.

É surpreendente, e é esse o jogo em que estamos envolvidos. Não de agir ou


atuar como se amássemos, mas evoluir de forma a chegar a “ser o amor”.

Ir na direção do amor, da qualidade de ser e da organização, é o oposto


a ir em direção ao medo, ao ego e ao caos.

39 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


A segunda lei da ou segundo princípio da Termodinâmica
expressa, de uma forma concisa, que “A quantidade de entropia
de qualquer sistema isolado termodinamicamente tende a
incrementar-se com o tempo, até alcançar um valor máximo”.

40 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


COMO A REALIDADE VIRTUAL EXPLICA A FÍSICA QUÂNTICA?

A teoria da Realidade Virtual Digital explica exatamente porque o mundo


das partículas funciona como funciona. Deixa claro que não há nenhuma
estranheza sobre isso. E são explicações que permitem que qualquer um de
nós entenda porque é assim.

Fica claro que o mérito da Física Quântica foi mostrar os limites de


funcionamento das teorias vigentes, nos fazendo questionar sobre o papel
da consciência nisso tudo.

• Sobre o Entrelaçamento de Partículas

Vou exemplificar agora, com um dos “mistérios quânticos”, o entrelaçamento


de partículas.

Nada deveria ir mais rápido que a Luz. Einstein


provou isso, não provou?

Caso você não saiba, os cientistas notaram que quando (por exemplo)
dois elétrons entram em contato de determinada forma, eles ficam
“emaranhados”, “entrelaçados” ou interligados de forma “misteriosa”.

Quando emaranhadas, as partículas ficam com spins opostos, “por assim


dizer” uma gira para um lado e a outra para o lado oposto.

41 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Entrelaçamento quântico (arte).

O efeito final disso é surpreendente. Quando estas partículas emaranhadas


são depois separadas, não importando a distância, elas seguem
emaranhadas!

Assim, se você “girar uma delas para um lado” imediatamente a outra “gira
para o outro”. A mudança de uma, ocorre de forma imediata, instantânea
na direção oposta, para a outra.

E qual o problema disso? Instantâneo é mais rápido que a velocidade da


luz. Isso “parece” violar o limite da velocidade da luz, uma barreira
física, parte das leis que parecem reger nosso universo. É simplesmente
impossível.

Nada deveria ir mais rápido que a luz. Nada! Einstein provou isso, não
provou?

No contexto da Realidade Virtual tudo fica simples. Não existe “distância

42 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


física real” para uma realidade simulada em computador. Está tudo no
processador e memória, e é tudo renderizado (tem a imagem gerada) na
“tela”, para nosso consumo, a cada instante.

Sendo a realidade renderizada com base em uma sequência de linhas


de comando, basta existir um comando afirmando que, se o spin de uma
partícula for alterado “em uma ponta”, o spin da outra seja invertido na
“ponta oposta”.

Como estamos trabalhando no limite da definição da “tela da nossa


percepção”, da nossa realidade, acabamos por ter contato direto com um
efeito gerado pela forma como tudo está programado.

E não percebemos isto porque ocorre entre cada rodada do programa,


cada atualização da tela da realidade 3D. Na verdade “não há movimento
ou deslocamento envolvido”. Apenas parece ser assim, por nossa percepção
“ser muito mais lenta” que a taxa de atualização da “nossa tela” holográfica.
Exato o que ocorre também em uma tela do cinema. (Veja mais detalhes
desse mecanismo no tópico sobre a velocidade da luz).

Talvez você não esteja acostumado com o mundo da programação de


computadores, mas certamente consegue extrair uma ideia bem próxima
do que se passa, pois como prometido, as explicações não são complexas.
São na verdade bem simples, ao alcance da nossa experiência diária.

O efeito do entrelaçamento quântico de partículas não trata de


nenhuma mágica impossibilidade física.
Não existe distância, a ser percorrida mais rápido que a luz,
porque tudo é “informação” dentro de um “processador”.
A distância é de apenas uma linha de comando no programa.

43 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


• Sobre o Experimento da Dupla Fenda

Com o experimento da dupla fenda não é diferente.

Se o “programa” constatar a medição e observação da medição por uma


consciência, o resultado que antes era apenas potencial, descrito por uma
nuvem de probabilidades, passa a ficar definido. Ocorre o que é chamado
na física quântica de “colapso de onda”.

Isso é apenas o programa “decidindo” que a informação agora vai ser


renderizada como partícula em vez de se comportar como onda, em
função da observação por uma “consciência”, da medição executada no
experimento. É o programa que detecta a participação ou não do observador.

Nenhuma ação misteriosa ou sobrenatural está envolvida.

Um sistema simulador ou jogo em Realidade Virtual é programado de


forma econômica. Nada que não seja realmente utilizado é “renderizado”.
A renderização ocorre apenas no momento do seu uso.

No Sistema Mais Amplo de Consciência tudo também se dá, nesse mesmo


padrão “econômico” (do ponto de vista de processamento).

Então, a mudança de onda para partícula se dá somente após o programa


constatar que há “observação”, antes disso, tudo é apenas uma nuvem de
probabilidades nas informações do programa.

44 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


SOBRE A RELATIVIDADE DE EINSTEIN

Não é apenas a Física Quântica que tem seus mistérios explicados pela
realidade virtual. Por mais que a ciência pareça um edifício bem erguido ela
tem alguns blocos pouco sólidos em sua edificação.

No caso da Relatividade, temos talvez como tema principal, o fato da


Velocidade da Luz ser postulada como um valor teto constante. Ela seria de
aproximadamente trezentos mil quilómetros por segundo (300.000).

Este valor nos é apresentado como uma constante que faz parte das equações
usadas. Como no caso da física quântica, isto é proposto e demonstrado
funcionar assim, mas não é dada qualquer explicação do porquê.

E podemos questionar, “mas qual o problema disso”? É simples: se dois


carros vêm em direções opostas, a 30 km por hora cada um, os respectivos
motoristas, vão se perceber um ao outro, a 60 km por hora. Se houver uma
colisão, os estragos serão proporcionais a essa velocidade total, e não suas
velocidades individuais. As velocidades sempre se somam. E assim era a
Física Newtoniana, até a chegada da Relatividade e da Velocidade da Luz
constante.

Agora um exemplo da Relatividade: se duas espaçonaves, ou dois raios


de luz, estão viajando no espaço em direções opostas e ambos a velocidade
da luz, quando um cruza com o outro, a “percepção” de cada um seria de
terem se cruzado, exatamente à velocidade da luz (300 mil km/s). E não
o dobro como seria de esperar (600 mil km/s).

A Teoria da Relatividade não explica o porquê desse teto, apenas afirma que
é assim. E mais, a teoria foi evidenciada funcionar na prática. Ninguém hoje
tem dúvida desse ponto. A Teoria da Relatividade é boa para o nível macro,
assim como a Física Quântica é boa para o micro. Mas ela também não tem

45 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


espaço para o papel da Consciência e isso deixou Einstein encucado, até o
fim dos seus dias.

“Consequentemente está claro que o espaço da física não é,


em última análise, nada dado em natureza ou independente
do pensamento humano. Ele é uma função de nosso esquema
conceitual (mente).
Espaço como concebido por Newton provou ser uma ilusão,
ainda que para propósitos práticos, uma ilusão muito frutífera –
de fato, tão frutífera que o conceito de espaço absoluto e tempo
absoluto, vai permanecer para sempre no pano de fundo da
nossa experiência diária”.

- Albert Einstein

• Como a My Big TOE explica a velocidade da luz como


constante?

Para começar, como a realidade é virtual, o que parecemos ver aqui não
é realmente espaço a ser percorrido, é apenas a renderização (geração
da imagem) na “tela” 3D da nossa percepção, por um programa em um
processador (ambos originados na consciência).

Em uma tela de computador, a imagem gerada não é uma forma


contínua. A tela é composta de inúmeros pontos luminosos (seu limite de
definição) individuais que a compõem. Esses pontos luminosos são
chamados “pixels”.

Outra característica de uma tela de PC é sua taxa de atualização, ou seja, a


velocidade máxima na qual os quadros podem ser trocados. Na tela, não

46 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


existe movimento. Existe apenas a sensação de movimento causada pela
troca de quadros. Eles são gerados pelo programa, na velocidade máxima
possível a esse programa, limitada a velocidade máxima de atualização da
tela.

Entrelaçamento quântico (arte).

Então o limite de deslocamento de um ponto, ou objeto qualquer nessa


tela, será definido pela distância entre um pixel e outro e pela taxa de
atualização dela. A velocidade máxima ou limite, como vista na tela será
igual a distância entre dois pixels, dividida pelo intervalo de tempo (taxa)
de atualização.

Dado o exemplo acima e considerando que nossa realidade também é


virtual, digital e tem um programa que a sustenta por trás, fica agora fácil
fazer a ponte para a compreensão.

A Velocidade da Luz em nosso universo simulado, é determinada


pela divisão da menor distância entre os “pixels” da nossa “tela
holográfica”, pelo tempo mínimo de atualização da imagem nessa
“tela”. Não há mais mistério.

47 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


O mecanismo é também muito similar ao que vemos ocorrer no cinema.
Na tela são projetados imagens ou quadros parados (sem movimento) em
rápida sequência. A sensação de movimento vem apenas pela velocidade
de troca dos quadros, ser inferior a nossa capacidade de percepção do
tempo entre as trocas.

Projetor de cinema e filme.

Explicado de outra forma, um ponto luminoso não se desloca na tela. Várias


imagens do ponto, cada uma em um local subsequente, é
projetada sobre a tela dando essa impressão de movimento.

No livro, o Tom é bem mais abrangente no detalhamento, explicando até


como teriam se desenvolvido as “células de realidade”. São as unidades
mínimas dentro da consciência, capazes de armazenar uma informação
binária (0 ou 1). São também a base da formação da definição dos
“pixels” e da definição do “tempo”, batida ou velocidade de rodagem da
“programação”.

Se você conhece a explicação do contexto de funcionamento de um PC e


sua tela, como explicado, fica muito facilitado o entendimento. A
explicação do limite da Velocidade da Luz, pode ser exposta em
apenas um curto parágrafo (mais acima). Isso só ocorre no contexto
da realidade como virtual.

48 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Dado o salto para o sistema de raciocínio, que considera estarmos nós
também em uma simulação, e algum conhecimento básico em programação
e informática, tudo o mais pode ser deduzido com apenas algum esforço.

Um mistério a menos. Entregue como prometido.

49 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


O QUE POSSO FAZER COM TUDO ISSO?

Nesta direção, o Tom também aponta várias possiblidades. Vamos trazer


algumas delas aqui, que nos possam ser úteis.

“O autor descreve nosso mundo como sendo um laboratório virtual de


aprendizado, e um dos mais básicos disponíveis (fique atento ao possíve
impacto para seu ego) nesse Multiverso Virtual.

Então, entender sobre o que é o aprendizado e passar a colaborar


ativamente com ele (em vez de resistir e sofrer, sem saber o que se passa)
pode ser uma boa estratégia... para quem se interesse.”

Evolução é o nome do jogo. E a evolução aqui buscada é aquela da


“qualidade de ser”. Isto não quer dizer que alguém deva descuidar da
saúde, da sobrevivência e da busca do conforto que achar adequado para
si.

Mas, também quer dizer que os objetivos do jogo não são materiais.
Tudo têm muito mais a ver com nossa consciência e com o aprendizado
sobre “ser”.

Toda atividade que ocorre em nosso laboratório


virtual, é atividade voltada para gerar oportunidade de
autoconhecimento.
O tema não é outro que nós mesmos.

As oportunidades de aprendizado principais, ocorrem na linha de frente


das interações que o sistema oferece para cada um, com todos os demais
seres, objetos e situações.

50 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Em cada situação que se apresenta, as escolhas que fazemos, as
intenções que as motivam, o livre arbítrio que aplicamos,
as consequências que ocorrem... de tudo podemos aprender.

Uma boa forma de extrair mais dessas situações é estarmos conscientes


delas, das escolhas que fazemos, das motivações e intenções mais
profundas que nos movem.

Em resumo, o autoconhecimento nos propicia melhores resultados no


jogo. Afinal, cada um de alguma forma está no “centro” de seu universo. E
conhecer mais sobre si, permite também ter uma vaga noção, do que pode
estar se passando com os outros (aos quais não temos nenhum acesso
direto dos processos internos).

De alguma forma, toda atividade com que nos defrontamos, é uma


oportunidade de autoconhecimento à medida que nos permite aprender
mais sobre nós, ainda que a interação seja com outros.

Mas, isso ocorrerá apenas, se estivermos despertos... e não agindo no


piloto automático, seguindo a direção da manada, agindo como zumbis.

A meditação como
caminho viável.

51 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


• E o que fazer a respeito disto tudo?

Um ponto interessante apontado pelo autor: “já que vamos procurar


algo para fazer, é que façamos algo, que no fundo é não fazer...

Ele sugere e aponta várias práticas de meditação, de acordo com a


preferência e tendência de cada um.

Meditar com o objetivo de se “desconectar” dos sinais sensoriais do


“corpo” (nosso avatar).

Interromper o fluxo incessante do ruído da mente que nos faz perder


por completo o foco. Muita coisa boa pode sair daí.

Meditar também é o caminho de desenvolvimento para que qualquer um


possa acessar mais consciente e diretamente as informações que transitam
ou estão disponíveis, no LCS (Sistema Mais Amplo de Consciência). Além
de poder nos levar a operar em um nível mais eficiente de consciência.

A informação é movimentada através do Sistema Mais


Amplo de Consciência, usando nossa intenção.
É com ela que vamos conseguir nos deslocar nesse labirinto,
na www (web) da consciência.

No fundo tudo é informação! As coisas não são “sólidas” como nos parecem.
E a informação é movimentada com a “intenção” treinada, forte e clara.
É nossa intenção que comanda o funcionamento das coisas nesse
sistema.

52 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Os detalhes de funcionamento do sistema dados, explicam até porque é
possível fazer “curas energéticas”, como se pode afetar a
probabilidade de acontecimentos futuros em uma direção ou outra,
e vários outros temas úteis.

Estamos lidando aqui com pensamento/informação transitando em (e


entre) consciências , em uma rede formada por consciência.

Assim, fica mais fácil entender o funcionamento desse tipo de fenômeno,


sem ter que tentar explicá-los como estranhos e paranormais.

No ambiente da consciência eles são corriqueiros.

53 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


EXISTE VIDA APÓS A VIDA? E ANTES?

Existem muitas respostas possíveis, a maioria delas vindo da direção das


religiões e exigindo fé.

A ciência por outro lado, tem pouco a dizer sobre isto. Ela explora
no máximo, as situações de quase-morte, em especial ocorridas em
hospitais. Colhem os depoimentos de pessoas que estiveram
“tecnicamente mortas” por algum tempo. Mas fica tudo no terreno da
especulação, quase sem conclusões.

Quais seriam as conclusões que podemos extrair sobre este tema, seguindo
o raciocínio do Tom em My Big TOE? Vamos analisar juntos.

Já falamos sobre a realidade ser virtual, gerada por uma consciência digital,
e constituída de pensamentos ou informação na consciência - sobre
termos apenas a percepção de ela que é sólida e tridimensional (3D).

Também comentamos sobre nós, as consciências individuais, sobre sermos


apenas uma parte menor dessa consciência fundamental, mas, similar a ela
em constituição e função.

Que esta porção individual de consciência está ligada à (e é responsável


por) este "avatar", que participa do “jogo” local neste laboratório de
aprendizado virtual.

54 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Lara Croft, famoso avatar de games.

Consciência, pelo postulado básico existe desde o princípio, não importando


há quanto tempo isto tenha ocorrido. Não deve ter sido um tempo curto.
Ela se recicla e desenvolve também, através das experiências passadas pelas
consciências individualizadas, através de seus avatares. Os resultados se
somam à consciência maior.

Voltemos à comparação com um videogame ou simulador. Numa situação


dessa, o operador ou “jogador consciente” não faz parte do cenário do
jogo. O “jogador” está controlando seu avatar através do teclado ou joystick,
que juntos com o PC, também não fazem parte desse cenário.

Um personagem (avatar) no videogame ou o piloto em uma simulação não


morrem com o personagem, quando ocorre um acidente ou levam um tiro
ali.

Vida é consciência e consciência é vida.

55 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Para sumarizar e ir direto ao ponto, sendo uma unidade individualizada
de consciência, somos possivelmente tão antigos quanto a consciência
original, ou pelo menos perceptivamente, antigos a partir da nossa
individuação.

Se estamos em algo que funciona de forma similar a um jogo ou


simulação, não tem porque não considerarmos a possibilidade, de
que o “jogador consciência” não possa passar de um personagem a
outro, ao fim de cada ciclo. Na verdade, fica fácil imaginar isso.

Os Substitutos e Avatar - uma noção sobre a


consciência não ser parte do corpo.

No fundo, consciência é tudo que existe e ela não sofre danos reais, ao
participar de um laboratório simulado dentro dela mesma. Aconteça o que
acontecer ali, seja um tiro, um terremoto ou velhice apenas, ela extrai a
qualidade ou conhecimento de ser, de cada experiência que participa, e
segue em frente.

Sob esse aspecto, morte não é oposto de vida. Morte é apenas o oposto
de Nascimento. O que chamamos de vida aqui é apenas o intervalo entre

56 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


esses dois pontos de um “pacote de experiência” proporcionado por
um avatar.

Vida é Consciência e Consciência é vida. É um processo contínuo, que


não parece ter fim.

Como o Tom sempre sugere, “não aceite isto como uma crença,
desenvolva-se para experimentar por você mesmo”. Esta Visão Ampla pode
ser acessada e experimentada por você. “Experimente o pudim”!

“Para focalizar nossa discussão das armadilhas-de-crença,


deixe-me dar a você um entendimento preciso e claro
do que quero dizer quando uso as palavras “crença” e
“conhecimento”.
Crenças podem ser culturais, religiosas, científicas ou
pessoais.
Crença é gerada e necessitada pela ignorância. Se você
“sabe” com certeza, a crença não é necessária. Neste caso,
você tem conhecimento real.
Conhecimento é resultado de conhecer aquilo que é
verdadeiro. Se o seu conhecimento aparente é falso, você
somente acredita que sabe. Nesta situação, a crença esta
mascarada como conhecimento.
Crença posando como conhecimento é pseudoconhecimento,
não é conhecimento real.

- Tom Campbell - My Big TOE Despertar

57 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


EU AGRADEÇO...

Agradeço muito ao Tom, por me apresentar a realidade desmistificada


e descomplicada em sua trilogia. Isso mudou a minha vida de muitas
formas.

Agradeço também à honra que ele me concedeu ao me permitir traduzir


essa interessante e útil obra.

Foi um esforço grande, mas muito prazeroso, em que tive a ajuda direta
de um grupo de amigos especiais (Celso Junior, Sueli Endriukaite,
Gerson Medeiros, Natasha M. Santos e Miguel Queiroz). Obrigado aos
companheiros nesta aventura!

Obrigado por me ajudarem a “renderizar” a versão em português da


My Big TOE (Minha Grande Teoria de Tudo) e disponibilizá-la para as
pessoas que teriam o Inglês como uma barreira intransponível.

Isto é bom demais para ficar inacessível!

Obrigado também aos leitores que, desde o lançamento do Livro Um


(Despertar), foram dando feedback muito positivo,
demonstrando curiosidade forte sobre os livros seguintes e até me
cobrando sobre eles. Isto foi um forte motor para nos manter focados no
objetivo e concretizá-lo.

Agradeço ainda a algumas pessoas, notórias em seus canais de comunicação,


que apenas pela qualidade percebida nas ideias do Tom, têm ajudado
de forma espontânea a divulgar My Big TOE. São elas, Rogério Souza
no antigo canal no Youtube de mesmo nome, Cris Brightlight do canal
“Cosmos Interior”, Adriane Silva do “Café Quântico” e à Dra. Mabel C

58 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Dias, no momento envolvida com “Empreendedorismo Consciente”, que
nos brindou ainda com o prefácio deste ebook.

Um agradecimento final a amiga e Psicóloga Elza Tamas, do blog


“ForaDeMim.com.br” que de forma inteligente questionou meu texto de
ponta a ponta. Isto fez com que várias das explicações que eu dava no
texto, acabassem ficando mais claras.

Nosso próximo desafio é trazer o Tom ao Brasil, em São Paulo, nos dias 3
e 4 de agosto de 2019, para palestrar e responder questões.

Caso queira também saber, como Tom Campbell planeja obter evidências
objetivas sobre a realidade ser virtual, veja mais sobre os experimentos
propostos e em fase de planejamento neste link: https://
mybigtoe.com.br/novos-experimentos-dupla-fenda-e-realidade-
virtual-revista-superinteressante/

Espero que este e-book também lhes seja útil, e para aqueles que decidam
“encarar todo o conteúdo”, direto da fonte, desejo um ótimo
aproveitamento e toda luz no caminho...

Para entrar em contato:

mario@mybigtoe.com.br
www.mybigtoe.com.br
Whatsapp: 011 9 5892 4139

59 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


"E lembre-se sempre: nada do que ler aqui ou nos livros do
Tom, é para ser apenas acreditado.

Tudo que se pede é que você adote uma condição de mente


aberta e cética e que, decida sobre algo como sendo útil
ou verdadeiro, apenas quando tenha dados próprios ou
experimentação que evidenciem isso para você"!

60 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


O QUE OPINAM OS LEITORES...

CRIS BRIGHTLIGHT – LEITORA E EMPREENDEDORA NA ÁREA


DA EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA, CRIADORA DO MÉTODO
CRIANDO UM NOVO SER®

“Tom Campbell através de sua obra MBT disponibiliza ferramentas


práticas, simples e objetivas, para que você tenha suas próprias
aventuras multidimensionais.

E quais são as consequências de experienciar em primeira mão que


você é um Ser Multidimensional? Liberdade!

Assim, você está no caminho para se torna puro Amor.”

61 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


ADRIANE SILVA – LEITORA E FUNDADORA DO CAFÉ QUÂNTICO

O choque de REALIDADE que MBT causou em minha experiência


pessoal!

Prazer, é uma honra poder doar um pouco do meu tempo para


contribuir com esse trabalho incrível que o Mario Jorge está fazendo
e também para o seu Despertar da Consciência.

Sou a Adri do Café Quântico, conheci o fabuloso trabalho do físico


Tom Campbell em 2017 e desde então nunca mais parei, quero
compartilhar um pouco desta fase maravilhosa de aprendizados
com você!

62 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Era uma tarde de primavera, estava morando na Polônia e ao
pesquisar sobre Universo Holográfico e Consciência apareceu nas
sugestões de vídeo uma palestra de Tom Campbell, com o nome:
Nós estamos vivendo em um Jogo de Vídeo Game?

Confesso que na mesma hora aquilo me chamou a atenção, assisti e


fiquei impressionada. Depois dessa palestra comecei a assistir tudo
que havia disponível online sobre o Tom, fiquei completamente em
ecstasy. Parecia que tudo que eu havia estudado até o momento
estava se encaixando, tudo estava fazendo sentido.

Logo em seguida, encontrei a trilogia de Tom, fiquei “em choque”,


pois as ideias dele eram completamente congruentes com o que eu
buscava, confesso que ninguém tinha me tocado tão profundamente
quanto Tom. Até que um dia ao estudar mais intensamente seus
materiais, eu pensei e senti: UM DIA AINDA VOU VER ESTE HOMEM
EM MINHA FRENTE FALANDO ESSAS MARAVILHAS. Fiz isso com
todo meu coração e acreditei profundamente naquilo.

Fazia aproximadamente um mês que estava estudando as teorias de


Tom, então tive um insight: Por que não compartilhar essas ideias
com as pessoas do meu canal no YouTube? Neste dia selecionei alguns
assuntos que achei relevantes e criei um modelo, que posteriormente
seria uma série: Realidade e Consciência (disponível no meu canal
no YouTube).

Nesta série eu expliquei de forma bem resumida algumas coisas que


o Tom ensinava em seu material! E você já deve saber o resultado:
as pessoas ficaram encantadas, pois tudo que Tom Campbell fala
faz total sentido, é algo que podemos assimilar e aplicar em nossas

63 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


vidas, desde que estejamos dispostos a mudar a nível de “Ser” e
preparados para isso.

E eu realmente estava!

Depois da série continuei meus estudos minhas pesquisas, até que


um belo dia, descobri que o Tom estaria na Polônia! Sim, pasmem!
Justamente onde eu estava morando, foi um susto na hora que soube
daquela informação, lembrei do profundo sentimento que havia tido
em poder vê-lo pessoalmente dias antes.

Até chegar o grande dia do evento, eu só falava sobre aquilo, pensava


sobre aquilo, estudava mais e mais sobre os materiais e teorias de
Tom.

O grande dia chegou! Logo de início, ao olhar aquele homem


alto, sério, entrar na sala acompanhado da “The One” sua esposa
encantadora, foi um sentimento profundo de gratidão. O evento
começou, Tom explicou sobre suas teorias, sua trilogia, falou
também sobre suas experiências pessoais, tanto eu quanto os outros
participantes estávamos muito emocionados por fazer parte daquele
momento épico em nossas vidas.

No primeiro coffee break, estava conversando com algumas pessoas


quando um dos assessores da equipe do Tom disse: Você que é a
Adriane? Eu respondi positivamente dizendo que sim, que era eu.

Então ele me convidou para tirar algumas fotografias com a mulher


do Tom e com o próprio Tom, nisso ele citou que o Mario Jorge havia
comentado com eles que eu estava prestigiando aquele evento

64 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


memorável, então falei sobre a série que havia feito a respeito dos
ensinamentos do Tom e a repercussão que estava tendo no Brasil,
então depois disso fui convidada para o jantar de encerramento que
aconteceria no segundo dia de evento.

Você pode imaginar como ficou meu coração naquele momento? Eu


queria gritar, chorar, pular de emoção, pois aquilo era muito melhor
do que eu havia imaginado. Pois eu estaria em um jantar com a
pessoa que eu mais admirava e que estava mudando minha vida e
minha percepção sobre a realidade.

No segundo dia de evento Tom explicou sobre aplicações de MBT nas


principais áreas de nossas vidas, como esses conceitos podem nos
conduzir ao sucesso e nos moldar, transformando nosso nível de Ser.
No jantar pude fazer algumas perguntas pessoalmente ao Tom,
pude experienciar algo único em minha vida, que ficará gravado
para sempre em minha história.

Posso garantir a você que existia uma Adri antes do Tom e há uma
Adri depois do Tom, pois hoje eu sei que eu sou a consciência, que
tudo é informação, claro que há um oceano para explorar, mas sinto
que estou no caminho certo, não me sinto perdida, cheia de medos
e bloqueios como me sentia antes.

Você que está tendo a oportunidade de se deparar com um material


dessa qualidade aproveite! Pois isso criará um impacto extraordinário
em sua vida, além de te deixar uma pessoa com um grau de
conhecimento invejável.

Use todo tempo que você tem para evoluir a qualidade da sua

65 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


consciência e mudar seu nível de Ser. Isso com certeza irá refletir
na sua realidade física, pois ela é um espelho daquilo que pensamos
e sentimos.

Se você quer experienciar algo incrível e positivo, seja isso primeiro.

Meu total respeito e agradecimento a você. Que esses conceitos


te impactem e mudem sua realidade como mudaram a minha.

CLARICE NUNES - LEITORA MBT DE SP E QUESTIONADORA DA VIDA

Ter acesso ao conteúdo de uma teoria como a da My Big Toe do Tom


Campbell, é incrivelmente libertador.

A oportunidade de compreender os pacotes de regras que regem


a nossa realidade com tanta simplicidade e ao mesmo tempo
profundidade, ampliou exponencialmente meu mundo interno e
externo, de tal forma, que alterou com qualidade a minha concepção
de vida e de mundo.

Saber que, toda essa riqueza de informações é apenas um fractal


espelhando uma verdade ainda maior, me faz sentir um ser privilegiado
por me conectar a um material que é de tanta importância para
a pequena parcela da humanidade que leva a própria existência a
sério.

66 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Sou imensamente grata por esse trabalho que, dentre tantos outros,
é, sem dúvida alguma, um dos mais lúcidos e revolucionários que já
acessei.

Muito obrigada aos envolvidos!

PROF. DR. LUCIANO LINS – LEITOR DE PERNAMBUCO

My Big TOE envolve uma linguagem bastante acessível ao mesmo


tempo em que nos faz aprender e perceber um modo de pensar
diferente, puxando também pela Intuição, a qual está além da
linguagem cartesiana e linear.

Um modo de trazer para o campo científico de maneira brilhante


através da física, outros planos da consciência e sua relação com a
totalidade do Ser e do Universo.

WELTON DE OLIVEIRA - LEITOR DE GOIÁS ESTUDANTE DE


CIÊNCIAS SOCIAIS

Conheci “My Big TOE” em 2017. A primeira leitura foi complicada,


confesso, mas na releitura foi completamente diferente. Era como

67 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


se ondas e ondas de informação viessem até mim como uma forte
chuva de verão. Naquele momento comecei a não apenas pensar,
mas raciocinar e compreender, a possível grandeza da incerteza na
qual eu estava inserido.
Antes de ler o Tom, ocorriam com frequência as “saídas do corpo
ou projeção mental”, mas eram conturbadas. Eu era completamente
carregado por crenças, medos e ignorância. O que acontecia? Quando
me projetava, na maior parte das vezes involuntariamente, sempre
“dava” de cara com figuras e energias muito densas e horripilantes e
me assustava muito.

Até esse momento a projeção era sinônimo de tormenta. A medida


que lia “My Big TOE” foi como se camadas e mais camadas de uma
densa massa que encobria minha experiência, lentamente fossem
sendo descobertas...

Passei a meditar usando um mantra criado por mim, a partir da


sugestão do Tom no livro 1. A medida que alterava conscientemente
o fluxo de informações que me chegava, pude ir tomando um certo
controle da experiência fora do corpo e também da minha vida
cotidiana. Passei a me observar, um pouco como uma “bactéria” em
um sistema inteligente e muito mais amplo.

De início foi um ataque ao que percebia então como sendo eu mesmo


“enquanto” ego e tão arrogante que era. Com a leitura e aplicação
de muitas das sugestões que o Tom deixa ao longo da obra, pude ir
alterando meu padrão mental, meu modo de observar e me colocar
no mundo e principalmente minhas respostas aos feedbacks que
me chegavam e ainda chegam. Antes me via como uma vítima do
sistema, ao mesmo tempo que tinha de atacar o sistema. Hoje me

68 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


percebo como um pequeno agente dentro do sistema, mas que é
muito importante para o todo.

A partir desta obra, pude ir conscientemente me atentando para


minha vida exterior e interior, e principalmente, para minha
experiência dentro desse sistema de crenças que nos molda de forma
a parecer ser algo natural e que não deve ser questionado. Pude ver
a vida como um “cientista do cotidiano”, onde por meio de alguns
métodos adotados, pude me colocar a prova e validar ou não muitas
das minhas crenças.

Aliado a isso pude comparar o que lia na “My Big TOE” com o que
estudava em Ciências Sociais e nesse curso, pude perceber e ainda
estou percebendo, o quanto tudo em nossa sociedade é modelado,
para nos afastar do que podemos ser a nível subjetivo e espiritual.
É como se os sistemas de crenças e paradigmas vigentes fossem
“criados” justo para nos restringir. Mas quando você os percebe é
como se cada crença, uma a uma, fosse caindo por terra e assim
permitindo perceber a futilidade e o quanto, um simples pensamento
restringe a experiência de modo que pode fazer um ser humano
sobreviver uma vida toda, de modo tão sem brilho que pode vir a se
tornar uma vítima de si mesmo.

Para concluir, resumo o que tentei explicar aqui sobre minha


experiência com My Big TOE.

Estou relendo pela terceira vez e é algo, que quanto mais se analisa
e experimenta do exposto, mais se liberta. Essa é a expressão,
LIBERDADE do ser. E essa liberdade não é algo que o Tom venda, mas
apenas que ocorre quando o leitor da TOE se coloca a prova, passa a

69 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


experimentar em sua realidade subjetiva, e como consequência em
outras realidades internas e externas, assim como e principalmente,
interagir com outras consciências de outras realidades. Isso sim, é
magnífico! O sentimento é de liberdade, unicidade, grandiosidade
e um profundo sentimento de humildade, perante o todo que nos
envolve. Sou importante, ainda que seja infinitamente pequeno
dentro dessa grande experiência. Entretanto, a conexão que se
desenvolve com o todo é algo que une e não que distingue. O medo-
ignorância vai indo embora e a ordem-amor vai sendo sintonizada.

Caso interesse, veja também o meu site -- www.holomovimento.com.


br -- e faça contato.

MARCO A V HERNANDES – LEITOR DE CURITIBA

Uma trilogia que vai suavemente de uma história pessoal do TOM,


até a nossa própria história.

Um caminho passo a passo, dentro de uma incrível jornada de


descobertas e autodescobertas.

Um convite a você se perceber muito além da sua jornada física. Um


convite para você suavemente ir se desbravando...
Gratidão ao Mario Jorge por ter trazido à nossa língua esta trilogia.

70 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


FRANCISCO LESSA – LEITOR DE VITÓRIA

Quando o discípulo está pronto o mestre aparece. Foi, provavelmente,


por esse motivo pelo qual, há oito anos atrás me deparei com o livro
“ UCEM” e não mais no separamos.

A física e a metafísica, a espiritualidade e a ciência me impulsionam ao


encontro da “minha” grande teoria de tudo, que pela sincronicidade
acaba de cruzar com a “My Big TOE” do físico Thomas Campbell.

Aqui, começo a caminhar com o Tom por sua Big TOE, enquanto
escrevo minha história construindo a “ minha grande teoria de tudo”
para no final da jornada tomar consciência de que os inúmeros
caminhos nos levem talvez à uma só “Grande Teoria de Tudo”.

MARCIA BARROS – LEITORA DE PERNAMBUCO

Como parte que levaria a chegar a ser “UM SER”...., vou limitar meu
comentário a uma descoberta em que o livro me deu um grande
input.

Eu ter a certeza, ou seja, a autoconsciência que antes da leitura do


livro, vinha me experimentando no estado do SER, assim, eu tinha
consciência que se manifestava nos ambientes internos ou externos

71 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


(trabalho, família, música em atividades grupais, ou em atendimentos
individuais, leituras, etc.).

A parte que foi vindo forte a partir da leitura foi ter descoberto que
para continuar evoluindo com sucesso, no aspecto de viabilidade
evolucionária, foi compreender como conceito básico a autopercepção
da Visão Ampla e a auto compreensão dos limites “místicos” - onde
meu conhecimento encontrou a fronteira da minha ignorância.
Minhas teorias anteriores, que fizeram e fazem parte do meu dia
a dia, só servem ou servirão como base para a execução do meu
trabalho e para a estrutura social, porém, não muito mais que isso...

CELSO JÚNIOR – LEITOR (E TRADUTOR) DE SÃO PAULO

Eu e Celso Jr.
(parceiro na
tradução do
MBT)
com nossa
primeira versão
impressa do
Livro 1.

72 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Big Bang

Às vezes me pego perguntando como isso tudo começou e seria


difícil listar todos os pontos importantes que me trouxeram a este
caminho, sem matar o leitor de tédio, que talvez espere algo menos
prolixo em se tratando de uma obra que pretende ser sucinta. Pois
bem, deixemos a parte chata e detalhada para outra obra. Aqui irei
direto ao que realmente importa.

Meu nome é Celso Junior, sou da área de tecnologia, formado em


Processamento de Dados, Tecnologia Gráfica, Design de Games e
especialista em Desenvolvimento de Software, Ciência de Dados
e Inteligência Artificial. Tenho também formação nas áreas de
Neurociência Computacional e em Artes Cênicas.

Entrei em contato com o trabalho do Tom Campbell por acaso (e


como seria diferente? -- acaso deveria ser meu sobrenome), mas
não inocentemente. Buscava informações e maiores detalhes sobre
experimentos da dupla fenda, uma vez que, em uma de minhas
epifanias (daquelas que serão contadas quem sabe um dia),
acreditava ter encontrado uma pista crucial sobre a verdade da nossa
realidade. Pois bem, em seus vídeos no Youtube acabei entendendo
que existia uma trilogia de livros, os quais encomendei rapidamente
e logo estaria lendo avidamente.

Após a leitura, começou a ficar clara na minha mente a ideia de


que uma obra daquelas, não poderia ter seu acesso limitado apenas
a quem dominasse a língua inglesa. Ao me informar nos fóruns
de discussão sobre o assunto descobri que não haviam traduções
para o Português e decidi entrar em contato com o Tom solicitando

73 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


sua autorização para trabalhar em uma tradução. Ele, rápida e
educadamente, respondeu me encaminhando o contato do Mario
Jorge. Assim se iniciou o processo. Acabei colaborando mais na
tradução do primeiro livro que nos restantes, mas pude contribuir
para a conclusão do projeto e disso me orgulho bastante (e esse tipo
de orgulho não é daqueles que devemos nos envergonhar).

O Tom da conversa

Uma das coisas que mais me prendeu a atenção, não só na leitura,


como na ideia de que o cara é ponta firme, foi sua insistência nas
seguintes sugestões: “Não Acredite em mim”, “Descubra por si mesmo”,
“Experimente o Pudim” e “Ceticismo de Mente Aberta”. Obviamente
que o leitor é preparado por um longo processo, no desapego das
suas crenças e convicções e isso só melhora o tempero da sopa de
novas ideias que surgem, na cabeça de quem lê cada página. Ideias
essas que também geram uma sensação de soco no estômago, se
você for um crente inveterado por dogmas religiosos, científicos ou
culturais. Tom, como todo bom cientista, prefere comprovar as coisas
por si mesmo e cria um método para podermos fazer isso da mesma
forma.

Guru é pra Jacu

Uma outra questão que me fez admirar tanto a obra como o autor,
ainda mais, foi seu distanciamento quase que fóbico de qualquer
rótulo “místico messiânico guruzístico e salvador”, de sua figura. Ele
execra isso de maneira firme e bem-humorada no livro e fora dele.
Para quem foge de profetas da nova era, é outro prato cheio.

74 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Virtual física e quanticamente...

Certo, agora as palavras da hora … lets get virtually quantic… que


saco…

Sim, fala-se sobre física quântica e realidade virtual e tal, mas fica
tudo pouco relevante dentro da perspectiva maior onde nada de
estranho existe, quando se leva em conta um sistema fractal auto
organizável, de onde se deriva toda e qualquer experiência, dentro
de infinitas realidades possíveis e impera um pressão natural, para
tornar essa auto organização mais útil em um contexto geral, da
única coisa que derradeiramente existe: a consciência. E é sobre a
qualidade dela de que se trata a vida o universo, a evolução e tudo
o mais.
Putz.. muita informação né? Pois então, o autor é paciente.

Para se fazer uma omelete…. Já viu né...

Não importa sua cultura, religião, crenças, QI ou saldo em conta,


se decidir aplicar os conceitos e caminho que o Tom sugere, você
vai deixar muitas, mas muitas delas, para trás. Isso porque, para
realmente mudar sua perspectiva, você vai sair da zona de conforto
que sua mente criou com todas as suas certezas bonitinhas e mais
difícil, aprender que o negócio aqui não se trata de trocar uma
crença por outra, um dogma por uma promessa de salvação ou
uma incerteza por uma fórmula matemática que responda todas as
suas perguntas. Ter uma perspectiva da Visão Ampla significa tirar
o capacete e sair da espaçonave, em pleno vácuo e olhar a Terra
sentado na Voyager além da órbita de Plutão. Abandonar aquele que
te protegeu e te deu segurança esses anos todos e nunca te deixou

75 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


na mão quando você precisou fugir das malévolas responsabilidades
sobre sua própria existência. Estou falando do seu Ego.

A “Sua” Minha Grande Teoria de Tudo

Tom deixa bem claro a cada capítulo, que tudo o que ele vivenciou e
descobriu se trata e se destina somente a suas próprias interpretações
e conclusões. Seu método científico foi usado para colher dados
e separar o joio do trigo pois, como concluiu, uma Grande Teoria
de Tudo somente é possível, quando se une o método científico do
mundo objetivo com o mundo subjetivo. O mundo objetivo é tudo o
que podemos descrever pela física, química, matemática etc.… seus
valores e resultados, podem ser aferidos sem necessitar depender
de interpretações pessoais (bom, pelo menos é o que deveria
acontecer) enquanto o mundo subjetivo é dominado pela maneira
como enxergamos a realidade e como interpretamos e reagimos às
experiências. Em última análise, como nossa consciência lida com a
existência.

E essa coisa se retroalimenta: o ambiente objetivo permite a


consciência experimentar, que interpreta a realidade, que reage e
gera mais dados para o ambiente objetivo, onde tem mais consciência
interpretando e por aí vai… O grande problema do mundo subjetivo
é que, qualquer afirmação sobre experiências internas, se torna não
falseável por definição -- para isso gerar uma armadilha de crença,
onde você deixa de comprovar por si mesmo e aceita simplesmente,
a experiência de outra pessoa como revelação, basta que qualquer
afirmação atenda um viés de confirmação, que seu ego sabichão use
para completar suas pequenas lacunas de certeza… então fuja disso
meu amigo.

76 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


Resumo: A busca aqui é criar a SUA Grande Teoria de Tudo. Uma que
vai abarcar SEUS mundos, objetivo e subjetivo, pois vai precisar levar
em conta a consciência na equação e não existe maneira do Tom, eu,
o Papa nem o ET Bilú, dizerem o que passa em sua prolífica cabeça.

Boa viagem… literalmente.

77 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


REFERÊNCIAS E SUGESTÕES DE PESQUISA

• www.mybigtoe.com.br – Informações sobre o Tom e os livros em


português.

• @MyBigToeCampbell – Instagram em português.

• https://www.facebook.com/MyBigToeBrasil/ - Facebook em
português.

• https://www.youtube.com/channelUCp9Dxx59qjwPRKFwWNa7lkw
- Meu canal (Mario Jorge) no Youtube com vídeos sobre temas My Big
TOE.

• www.my-big-toe.com – site americano do Tom.

• Livros My Big TOE – Minha Grande Teoria de Tudo – Despertar,


Descoberta e Funcionamentos Internos – por Thomas (Tom)
Campbell.

• Livros Viagens Fora do Corpo, Jornadas Distantes e A Última Jornada


– por Robert Monroe (TMI The Monroe Institute).

• Livro “Flatland” ou Planolândia – por Edwin A. Abbott – uma


metáfora sobre a as dificuldades e preconceitos envolvidos na tentativa
dos seres de uma realidade bidimensional em compreender uma realidade
tridimensional. PDF disponível no link: https://
pedropeixotoferreira.files.wordpress.com/2011/01/
abbott_planolandia_book.pdf

• Artigo científico: O Mundo Físico Como Uma Realidade Virtual – por


Brian Whitworth: http://brianwhitworth.com/BW-VRT1.pdf

78 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL


• Artigo científico: Você Está Vivendo Em Uma Simulação? – por Nick
Bostrom: https://www.simulation-argument.com/simulation.pdf

• Livro A Teoria da Realidade Unificada – por Steve Kaufman. O autor é


citado por Tom Campbell na My Big TOE, por desenvolver neste livro uma
dedução extensiva de como uma realidade poderia ser criada a partir de
células de realidade desenvolvidas em uma consciência primordial.

• Vídeo TED Vemos A Realidade Como Realmente É? – por


Donald Hoffman. Ele é um Cientista Cognitivo e Professor na
Universidade da Califórnia. Links para os vídeos: https://
www.youtube.com/watch?v=oYp5XuGYqqY e https://
www.youtube.com/watch?v=oadgHhdgRkI&t=482s

• Artigo científico de Nick Bostrom acessível no link: https://


mybigtoe.com.br/nick-bostrom-realidade-virtual-matrix/

79 FÍSICA QUÂNTICA, CONSCIÊNCIA E REALIDADE VIRTUAL