Você está na página 1de 6

GUIA DE CURSO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM


FOTOGRAFIA
HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO
FMU / FIAM-FAAM
O Complexo Educacional FMU|FIAM-FAAM engloba o Centro Universitário das Faculdades
Metropolitanas Unidas (FMU) e o FIAM-FAAM Centro Universitário. Há 50 anos é referência na
qualidade de ensino e empregabilidade de seus alunos. Em 2014, passou a integrar a Laureate
International Universities, maior rede internacional de universidades do mundo, que conta com
mais de 70 instituições de ensino e mais de 1 milhão de alunos pelo mundo.
O Centro Universitário FMU tem como missão “Promover educação superior acessível e de
excelência para a formação de profissionais com valores éticos e competências destacadas para
o Mundo do Trabalho cada vez mais globalizado e competitivo e formar cidadãos
comprometidos com a construção de uma sociedade melhor e sustentável. ”
“Ser a maior e melhor IES no seu segmento, promovendo a Empregabilidade e a Inclusão Social”,
resume a sua visão.
Em 2017, conquistou 100 estrelas no Guia do Estudante da Editora Abril e teve 12 de seus cursos
ranqueados entre os cinco melhores de São Paulo pelo RUF – Ranking Universitário da Folha,
tendo destaque para o curso de Educação Física que conquistou o 1º lugar. Entre seus cursos
mais tradicionais e com nota máxima na avaliação do MEC está o programa de Direito, que conta
com mais de 500 egressos aprovados no 17º Exame Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil
(OAB), superando a média de aprovação nacional.

SOBRE O CURSO
O Curso Superior de Tecnologia em Fotografia oferece uma formação ampla e rápida, com o
objetivo de proporcionar a sua imediata entrada no mercado de trabalho. Durante quatro
semestres de estudos, o estudante conhecerá os conceitos de comunicação, fotografia,
iluminação, fotojornalismo, imagem digital, produção cultural e muito mais. Além de contar com
um excelente corpo docente, formado por professores experientes e atuantes no mercado de
trabalho, o curso possui uma completa estrutura de ensino, composta por salas, estúdios e
laboratórios específicos, e conta com uma moderna e completa estrutura para aprendizagem
prática, composta por estúdios de fotografia, salas específicas e laboratório de fotografia P/B,
onde o aluno poderá vivenciar o cotidiano da sua futura profissão e conhecer todas as
possibilidades da carreira. Além disto, o discente poderá participar de atividades extras, como
saídas técnicas, eventos acadêmicos, iniciação à pesquisa e exercícios curatoriais.

OBJETIVO GERAL DO CURSO


O objetivo do curso é capacitar o estudante para atuação na área de fotografia, através de
conhecimentos técnicos, teóricos e práticos, possibilitando ao aluno todas as ferramentas
necessárias para entrar no mercado como profissional qualificado na área.

2
COMPETÊNCIAS DA ÁREA DE CONHECIMENTO E DO CURSO

PÚBLICO ALVO
O curso se destina a pessoas interessadas a desenvolver, ampliar ou formalizar competências e
habilidades na área do curso. O mercado tem se comportado de maneira positiva na absorção
de egressos do curso, que podem ocupar posições de trabalho em produtoras, agências de
publicidade, agências de casting, estúdios de fotografia, lojas virtuais, empresas jornalísticas,
empresas ligadas às artes visuais, entre outras. O egresso também poderá atuar como
profissional autônomo na cobertura de diversos tipos de eventos sociais e corporativos.

DISCIPLINAS E EMENTÁRIO
COMUNICAÇÃO
Estuda o processo comunicativo em diferentes contextos sociais. Discute o uso de elementos
linguísticos adequados às peculiaridades de cada tipo de texto e situação comunicativa.
Identifica e reflete sobre as estratégias linguístico-textuais em gêneros diversificados da
oralidade e da escrita.
CURADORIA E PRODUÇÃO CULTURAL
A disciplina introduz a produção cultural, seus principais conceitos e categorias. Analisa o
contexto da produção cultural no país, seus sistemas e práticas de produção cultural, e explora
a pós-produção.
DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS
Estuda temas relevantes da contemporaneidade como o processo de construção da cidadania e
suas respectivas interfaces com os direitos humanos, ética e diversidade. Analisa as
interferências antrópicas no meio ambiente e discute o desenvolvimento sustentável e o
impacto das inovações tecnológicas. Aborda ainda tendências e diretrizes sociopolíticas, e
questões de responsabilidade social e justiça.

3
ESTÉTICA E INFORMAÇÃO VISUAL
Estuda a filosofia no campo da estética, da natureza e da beleza, explorando a história do
pensamento estético e a história da arte. Analisa a percepção do que é considerado beleza e a
produção das emoções pelos fenômenos estéticos.
FOTOGRAFIA DE ARQUITETURA E DECORAÇÃO
Contempla a evolução da arquitetura e a formação de conceitos históricos e contemporâneos.
Explora a arquitetura residencial, pública e corporativa e a captação de imagens para ambientes,
percepção da luz, uso de diferenciais como valorização da decoração.
FOTOGRAFIA PUBLICITÁRIA
Aborda o percurso histórico da fotografia e o desenvolvimento da técnica pelas fases analógica
e digital. Introduz e aperfeiçoa o estudo da linguagem fotográfica, analisando a inserção da
fotografia em textos escritos e eletrônicos. Explora o desenvolvimento prático da técnica pelas
fases analógica e digital.
FOTOGRAFIA SOCIAL
Enfoca os tipos de abordagem da fotografia social: política, economia, negócios, fotografias de
fatos gerais dos acontecimentos do dia a dia. Explora a definição de fato, acontecimento,
relevância e impacto da fotografia na opinião pública.
FOTOJORNALISMO
Introduz conceitos fundamentais sobre fotografia jornalística, técnicas, processos e materiais
empregados na produção analógica e digital de imagens. Analisa o projeto gráfico de produção
de jornal, incluindo programação visual, tipologia, diagramação, papel, texturas, cor, esboço,
layout, arte-final, além de processos de pré-impressão, impressão e acabamento.
FUNDAMENTOS DA LINGUAGEM AUDIOVISUAL
Introduz a linguagem audiovisual abordando os fundamentos da linguagem audiovisual como
enquadramentos, movimentos de câmera, decupagem e storyboard. Oferece noções básicas de
edição/montagem e discute concepções estéticas para cinema, TV e internet, examinando-as
no contexto da história do audiovisual.
HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA
A disciplina aborda o percurso histórico da fotografia e suas conexões com o contexto de cada
época, de maneira evolutiva. Dedica-se também do desenvolvimento da técnica pelas fases
analógica e digital.
ILUMINAÇÃO E TÉCNICAS DE ESTÚDIO
A disciplina discute o uso de iluminação, técnicas de controle de luz, ambientação de estúdio,
modelos 3D, iluminação de cenários. Trabalha uso de fundo infinito, captação de imagem
estática e em movimento.
LABORATÓRIO P&B E REPERTÓRIO VISUAL
A disciplina exercita práticas de produção fotográfica artística, utilizando nuances de cores e de
possibilidades de uso de acabamentos. Desenvolve captação de imagens e analisa seus usos e
aplicações.

4
LINGUAGEM E DESENVOLVIMENTO AUTORAL
Estuda a linguagem dos signos, semiótica e análise de discurso. Analisa produtos visuais e
textuais, presentes em suportes analógicos e digitais. Dedica-se ao estudo de marcas, logotipos,
slogans e discursos corporativos.
OFICINA DE FLASH
A disciplina estuda a aplicação de técnicas para uso de flash dedicado, técnicas de iluminação,
gerenciamento de luz, cores e fundos. Estuda o uso de iluminação direta e indireta, em
ambientes fechados e abertos.
PESQUISA AUTORAL E NARRATIVAS VISUAIS
A disciplina dedica-se à identificação da evolução da imagem, e estuda a história da antropologia
visual e construção de narrativas a partir da identificação dos contextos sociais. Apresenta
autores, conceitos e teorias.
PROCESSO EXPERIMENTAL
A disciplina estuda experimentações artísticas, apresentações de trabalhos alternativos no
campo da produção cultural. Experimentações visuais com luz e cenários. Apresentação de casos
nacionais e internacionais.
PROCESSOS ARTÍSTICOS DA FOTOGRAFIA
Estuda as relações entre arte e fotografia em sua origem e desenvolvimento, bem como a
inserção da fotografia na arte contemporânea. Explora o imaginário fotográfico a partir do
estudo de diferentes técnicas e manipulações aplicáveis à fotografia. Desenvolve trabalho
criativo por meio da obtenção de imagens, prática em laboratório, explorando as possibilidades
plásticas do suporte.
PROCESSOS DE VEICULAÇÃO DE IMAGEM
Explora a distribuição de imagens e de mensagens por meio dos veículos de comunicação
convencionais e fora do mainstreaming, bem como o uso de técnicas de relações públicas para
construção de significados e disseminação de mensagens.
PROCESSOS FOTOGRÁFICOS AVANÇADOS
A disciplina prepara para a construção de portfólio em sistemas analógicos ou digitais, atua com
construção de carreira e de atuação no mercado. Analisa a evolução dos equipamentos e seu
uso e adequação.
TRATAMENTO DE IMAGEM
Enfoca desde a teoria das cores e tipologias/ tipografias até os elementos técnicos para a
materialização de produtos gráficos. Mostra a união entre a teoria e a prática da comunicação
visual visando formas de desenvolvimento de projetos visuais. Exercita a prática em softwares
de tratamento de imagem.
EMPREENDEDORISMO
Apresenta a importância do empreendedorismo para o desenvolvimento, bem como os seus
conceitos de e evolução histórica. Descreve o empreendedorismo como competência
socioemocional e as características do Comportamento Empreendedor como criatividade,
empreendedorismo e inovação. Demonstra a ação empreendedora nos âmbitos corporativo,
social e na criação de Novos Negócios.

5
OPTATIVA

FOTOGRAFIA
Promove análises e reflexões sobre a fotografia e sua utilização como recurso de linguagem na
produção audiovisual dando ênfase para o domínio tecnológico dos equipamentos disponíveis
para o exercício consciente e responsável do fotógrafo.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Atividades práticas e/ou teóricas, relacionadas ao contexto do curso que contribuem na
formação profissional mais ampla do aluno, envolvendo alternativa ou simultaneamente,
produção, pesquisa, intercâmbio, visitas técnicas, participação em eventos e outras
consideradas próprias ao curso.
FREQUÊNCIA
A avaliação do desempenho escolar, além do aproveitamento, abrange aspectos de frequência.
A Instituição adota como critério para aprovação a frequência mínima de 75% da carga horária
total da disciplina. O estudante que ultrapassar esse limite está automaticamente reprovado na
disciplina. Nas disciplinas e cursos a distância a frequência é apurada a partir da completude das
atividades propostas no ambiente de aprendizagem e seguem o mesmo critério para aprovação.

FIAMFAAM

Você, estudante, é parte integrante da comunidade acadêmica da FIAMFAAM e pode desfrutar


de toda a infraestrutura que a Instituição oferece.
São diversos campi com instalações modernas, laboratórios de última geração, bibliotecas com
acervo abundante, além de outros diferenciais.

 Campus Vila Mariana II - Rua Agostinho Rodrigues Filho, 201 - Vila Clementino, São Paulo - SP.