Você está na página 1de 12

Ferramentas Apoio

Técnico ALT TECNOLOGY 1

ENTREVISTA COM O CLIENTE

Assistência Técnica - È proibido a Entrada de estranhos ?

Saber do cliente se ele efetuou mudanças ou upgrade de hardware.


Saber do cliente que softwares foram instalados antes do erro.
Ouvir dele a sua historia de utilização

Centro de Assistência TechNet

Através do Portal TechNet a Microsoft mantém um canal de comunicação técnica


atualizada com a comunidade de profissionais de TI, através do qual disponibiliza
artigos técnicos, um calendário de eventos presenciais e online e outros recursos para a
carreira dos profissionais de TI. O portal conta ainda com uma base de conhecimento
com mais de 250 mil documentos técnicos sobre produtos Microsoft, oferecendo
conteúdo para quem trabalha com planejamento, implementação, manutenção e
suporte da plataforma Microsoft como atualizações críticas, Service Packs, HotFixes e
guias de implementação. O cadastro para acesso ao site é gratuito e o programa conta
ainda com uma assinatura paga no qual conteúdo técnico entregue em CDs/DVDs é
enviado mensalmente via correio para o profissional.

Através do Portal TechNet você tem acesso a:


Microsoft Knowledge Base (base de conhecimento): Milhares de artigos técnicos
publicados pela equipe de suporte técnico, voltados para o suporte de produtos
Microsoft.

Últimas atualizações críticas dos produtos Microsoft: Service Packs, HotFixes e guias de
implementação. Os boletins de segurança também são disponibilizados no site TechNet.

Ferramenta Sharepedia: O Sharepedia é uma ferramenta através da qual os


participantes da comunidade podem submeter procedimentos técnicos, dicas, artigos
ou código fonte de scripts administrativos de produtos e tecnologias Microsoft para
serem publicados e compartilhados com toda comunidade. O material submetido
através do Sharepedia é avaliado pela Microsoft e o prazo para aprovação/reprovação
do mesmo é de até 30 dias. O usuário recebe um comunicado sobre o resultado.

Newsgroups Técnicos de Discussão - Querendo publicar suas dúvidas e receber


respostas de profissionais de alto nível em todo o Brasil, incluindo profissionais da
própria Microsoft ? Utilize o Newsgroup Technet, disponível para toda a comunidade de
TI. Em Maio/2005 migramos de um Forum local TechNet para uma ferramenta de
Newsgroup com o objetivo de seguirmos o padrão mundial utilizado pela Microsoft Corp.
Durante a migraçao do Forum para a ferramenta de Newgroup uma série de postings
de usuários se perderam e não temos o histórico destes usuários. Muitos usuários ainda
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 2

não se adaptaram com este nova interface apesar da mesma ser o padrão utilizado
pelas comunidades de profissionais de TI. A diferença principal entre os Newsgroups e
os Fóruns está na possibilidade de acesso via NNTP nos newgroups, ou seja, pode-se
utilizar um cliente como Outlook Express para acesso aos conteúdos. Já o Fórum é
baseado numa interface puramente Web, com recursos mais estruturados como
ranking de posters e avaliações de cada post. A Microsoft está avaliando a possibilidade
de implementar um Forum para complementar as discussões dos Newsgroups de forma
que nossos profissionais possam moderar as discussões.

Seminários OnLine: Os seminários online Technet são o ponto de partida para você
estudar a plataforma de servidores Microsoft. Os seminários Online são gravados
previamente pelo apresentador (apenas voz) e tem duração de aproximadamente 20
minutos, são de nível básico para iniciantes naquela tecnologia e o usuário pode
acompanhar através dos slides.

Webcasts ao vivo: existe um calendário com webcasts semanais que os usuários devem
se inscrever previamente através do WWE como se fosse um evento presencial. Cada
usuário inscrito recederá via email as instruções e o link para assistir o webcast na data
e horário agendado. Cada webcast tem duração de 45 min e é apresentado ao vivo pelo
palestrante, além disto os usuários podem fazer perguntas ao vivo via chat ao
moderador do webcast sobre o assunto que está sendo apresentado. Todo webcast é
disponibilizado para download 5 dias após o webcast ao vivo.

Calendário de Eventos: Para manter-se ainda mais atualizado, acesse sempre que
possível o nosso calendário de eventos. Nossos profissionais estão periodicamente
ministrando palestras sobre os produtos e tecnologias Microsoft, em várias cidades do
país. Em São Paulo o TechNet disponibiliza eventos semanais na sede da Microsoft.
Em Brasília, Rio de Janeiro e Porto Alegre os eventos são mensais. Além disto existe um
calendário extenso de eventos em várias cidades do Brasil que a Microsoft disponibiliza
em parceria com algum CPLS local. Os eventos TechNet são estritamente técnicos e
gratuitos.

Consultor de Carreiras: O Consultor de Carreiras identifica seu perfil a partir de algumas


respostas fornecidas pelo usuário e então faz recomendações para que o profissional de
TI/estudante mantenha-se atualizado e assegure sua posição atual ou ainda adquira
mais experiencia e desenvolva suas habilidades. As recomendações ficam arquivadas
no perfil do usuário e o assistente pode ser executado a qualquer momento,
atualizando o perfil de carreira.

Programa e Loja TOPIT: O TopIT é um programa criado especialmente para o profissional


de TI membro da comunidade TechNet. Com ele, quanto mais o profissional participa da
comunidade, mais ganha! Funciona assim: primeiro o profissional se cadastra ou
atualiza seus dados. Depois, é só continuar publicando ou acessando dicas, códigos de
scripts e artigos, fazendo provas e acumulando pontos, para trocá-los por prêmios que
ele pode escolher na Loja TOPIT. A loja oferece CDs de produtos, de conteúdo técnico,
livros, produtos completos, entre outros prêmios. A partir de Outubro a loja sofrerá
melhorias, otimizando o processo de entrega dos produtos e aumentando a linha de
produtos disponibilizados. O regulamento está em
http://www.technetbrasil.com.br/topit/regulamento.aspx.

Downloads: A área de downloads do site fornece muito material técnico, incluindo slides
utilizados nas palestras, vídeos de webcasts gravados e vídeos de demonstrações
específicas.
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 3

Academias TechNet
Um programa que proporciona aos usuários, um aprendizado diferenciado e sólido nas
tecnologias Microsoft. Agora você profissional de TI tem a oportunidade de se manter
competitivo e atualizado para o mercado de trabalho.

O que são as Academias TechNet


O programa Academias TechNet é uma fonte de conhecimento teórico do TechNet. Composto por
etapas, o programa permite aos participantes obterem uma sólida base teórica de
conhecimento, através do estudo e da aprovação em uma prova realizada ao final de cada
etapa.

Como funciona:
O conteúdo é agrupado em módulos e cada um deles tem sua prova. O participante só pode
fazer o módulo seguinte após ter sido aprovado na prova da etapa a ser concluída, ou seja, para
fazer o Módulo 2 é preciso ter sido aprovado no Módulo 1.
Academia de Segurança
No mundo atual a posse e o uso do conhecimento passou a ser um fator estratégico decisivo
para muitas empresas e corporações. Estamos vivendo a época batizada como "Era da
Informação". Mas a informação é volátil. é frágil. Hoje, ela pode desaparecer na velocidade de
um pulso elétrico.

O objetivo da Academia de Segurança é capacitar o profissional de TI no que se refere a


proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para um
indivíduo ou uma organização. São características básicas da segurança da informação os
atributos de confidencialidade, integridade e disponibilidade, não estando esta segurança
restrita somente a sistemas computacionais, informações eletrônicas ou sistemas de
armazenamento. O conceito se aplica a todos os aspectos de proteção de informações e dados.

Academia Business Intelligence


A Academia de BI (Business Intelligence) ajudará na sua capacitação sobre o processo de coleta,
organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que oferecem suporte
para a gestão de negócios.

No final do curso o profissional terá os conhecimentos suficientes para compreender o que é


Business Intelligence, sua necessidade, utilidade, seu desenvolvimento e implementação. Ela é
direcionada aos profissionais que trabalham com bancos de dados, bem como estudantes e
profissionais de TI que desejam saber mais sobre o funcionamento e os benefícios de se
implantar uma solução de Business Intelligence.

Academia de Gerenciamento
Uma infraestrutura de rede sem gerenciamento pode se tornar o maior risco dentro de uma
organização. Cada vez mais surge a necessidade de gerenciar computadores, servidores,
aplicações, ambientes virtualizados e demais dispositivos. A Academia de Gerenciamento
auxilia a capacitação do profissional de TI nas tecnologias e metodologias para gerenciar de
forma eficiente e fácil a infraestrutura de TI. No final do curso o profissional terá os
conhecimentos suficientes para compreender o que é Gerenciamento, sua necessidade,
utilidade, seu desenvolvimento e implementação.
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 4

Acesso
Dia 21 de maio de 2005 implementamos no nosso site o login via Passport, que nos dá
as bases para trabalharmos em conteúdos personalizados e melhorarmos a segurança
para a nossa comunidade. Mas o Passport não é só isso, ele é também uma ferramenta
da Microsoft para identificar usuários únicos em diferentes relacionamentos com a
corporação, permitindo que seu contato conosco seja exclusivo e personalizado de
acordo com os seus interesses. E é por isso que, com uma única conta Passport, você
poderá acessar o TechNet, o MSDN, o site de eventos da Microsoft (WW Events), o seu
MSN Messenger e muito mais.

Webcasts
Os Webcasts Microsoft são seminários ministrados através da Internet, que utilizam a
tecnologia Live Meeting e contam com áudio, slides, demonstrações e um moderador
que tira suas dúvidas técnicas sobre a ferramenta utilizada para assistir ao evento e
sobre o assunto do evento. Confira o calendário em
http://www.technetbrasil.com.br/eventos/SeminariosWebcast.aspx e faça sua inscrição
através da Web, no link indicado nos detalhes do evento.

Mais Informações
http://www.microsoft.com/brasil/technet/faq/default.mspx

Conceitos Lógicos

A lógica estuda a razão como instrumento da ciência ou meio de adquirir e possuir a


verdade. E o ato próprio da razão é o ato de raciocinar (ou argumentar). O raciocínio ou
argumentação é um tipo de operação do pensamento que consiste em encadear
logicamente ideias para delas tirar uma conclusão. Essa operação vai de uma ideia a
outra passando por um ou vários intermediários e exige o uso de palavras.
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 5

Visualizador de Eventos

Antes de apresentarmos o Visualizador de Eventos, falaremos sobre alguns conceitos,


como: eventos, log de eventos, tipos de logs e tipos de eventos.
• Eventos : são ações efetuadas pelos usuários, baseadas em diretivas de
auditoria, ou ações efetuadas pelo próprio Windows 2000. Através dos eventos,
ficamos sabendo sobre erros, tentativas de ruptura da segurança, entre outras
informações ocorridas no sistema.
• Log de eventos : com os logs, podemos monitorar informações sobre segurança e
identificar problemas de software, hardware e sistema. Existem 3 tipos de logs:
o Log de sistema : armazena os eventos registrados por componentes do
Windows 2000, como o não carregamento de um drive, entre outros.
o Log de aplicativo : armazena os eventos registrados por aplicativos ou
programas.
o Log de segurança : registra os eventos de segurança, como tentativas de
logon válidas e inválidas, entre outros.
O log de segurança só pode ser visualizado por usuários com direitos administrativos.
Com relação aos eventos de log de sistema e aplicativo, podemos ter 3 tipos:
• Informação : exibe informações sobre operações bem sucedidas de um
aplicativo.
• Aviso : pode indicar um problema futuro. Fique atento a esses eventos.
• Erro : indica problemas significativos nas operações do sistema.
Já os eventos de log de segurança podem ser:
• Auditoria com êxito : registra auditorias executadas com sucesso, como tentativa
de logon efetuada com sucesso.
• Auditoria sem êxito : registra auditorias executadas sem sucesso, como tentativa
de logon efetuada sem sucesso.
Finalmente, para visualizarmos todos esses eventos, o Windows 2000 nos fornece
o console Visualizador de Eventos. Acessamos esse console através das Ferramentas
Administrativas, localizadas no Painel de Controle.

Algumas considerações sobre o Visualizador de Eventos:


• Podemos visualizar os logs de computadores remotos.
• Em cada log de evento, podemos visualizar as seguintes propriedades de um
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 6

evento: tipo, data, hora, origem, categoria, evento, usuário e computador.


• Podemos também procurar por eventos específicos.
• Podemos limitar o tamanho dos logs de eventos. O tamanho do log varia de 64
KB a 4 GB. O valor padrão é 512 KB.

Figura 2 – Propriedades do log


• Quando um log de eventos está cheio, podemos definir quais serão as ações do
Windows 2000. As opções são as seguintes:
o Substituir eventos conforme necessário : com essa opção ativada, você
pode perder informações se o log ficar cheio antes de você arquivá-lo.
o Substituir eventos com mais de x dias : parecida com a opção anterior,
porém podemos especificar a quantidade de dias que um evento deverá
permanecer no log.
o Não substituir eventos : essa opção exige que você limpe o log
manualmente. Quando o log estiver cheio, o Windows deixará de registrar
os eventos e emitirá uma mensagem informando que o log está cheio.
• Podemos arquivar o conteúdo de um log de evento em 3 formatos, os quais são:
o .evt : podemos visualizar os logs no Visualizador de Eventos
posteriormente.
o .txt : podemos visualizar os logs em processadores de texto.
o .csv : formato de arquivo de texto delimitado por virgulas. Pode ser
visualizado e planilhas eletrônicas e banco de dados.
• Podemos também limpar o log de eventos.

Salvar o log de eventos.


• Abra o Painel de Controle;
• Clique em Ferramentas Administrativas;
• Clique em Visualizador de Eventos;
• Escolha um dos logs de eventos do lado direito da tela e clique com o botão
direito sobre o log;
• Escolha a opção Salvar arquivo de log como;
• Defina o caminho, nome do arquivo e extensão do arquivo;
• Clique em Salvar.
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 7

Configurar o log de eventos.


• Abra o Painel de Controle;
• Clique em Ferramentas Administrativas;
• Clique em Visualizador de Eventos;
• Escolha um dos logs de eventos do lado direito da tela e clique com o botão
direito sobre o log;
• Escolha a opção Propriedades;
• Defina o nome do log;
• Defina o tamanho máximo do log;
• Defina a opção de substituição dos eventos quando necessário;
• Poderemos ainda restaurar os valores padrões e limpar o log;
• Após definir as configurações, clique em OK.

Beep de Windows (Identificação de erros no POST)

Durante o boot, o BIOS realiza uma série de testes, visando detectar com exatidão os
componentes de hardware instalados no micro. Este teste é chamado de POST
(pronuncia-se poust), acrônimo de “Power-On Self Test”. Os dados do POST são
mostrados durante a inicialização, na forma da tabela que aparece antes do
carregamento do Sistema operacional, indicando a quantidade de memória instalada,
assim como os discos rígidos, drives de disquetes, portas seriais e paralelas e drives de
CD-ROM padrão IDE instalados no micro.

Além de detectar o hardware instalado, a função do POST é verificar se tudo está


funcionando corretamente. Caso seja detectado algum problema em um componente
vital para o funcionamento do Sistema, como as memórias, processador ou placa de
vídeo, o BIOS emitirá uma certa sequência de bips sonoros, alertando sobre o
problema. Problemas menores, como conflitos de endereços, problemas com o teclado,
ou falhas do disco rígido serão mostrados na forma de mensagens na tela.
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 8

O código de bips varia de acordo com a marca do BIOS (Award ou AMI por exemplo)
podendo também haver pequenas mudanças de uma placa mãe para outra.
Geralmente, o manual da placa mãe traz uma tabela com as sequências de bips
usadas. As instruções a seguir lhe servirão como referência caso não tenha em mãos o
manual da placa mãe:

1 Bip Curto: Post Executado com sucesso: Este é um Bip feliz emitido pelo BIOS quando
o POST é executado com sucesso. Caso o seu Sistema esteja inicializando
normalmente e você não esteja ouvindo este Bip , verifique se o speaker está ligado à
placa mãe corretamente.

1 Bip longo: Falha no Refresh (refresh Failure) : O circuito de refresh da placa mãe está
com problemas, isto pode ser causado por danos na placa mãe ou falhas nos módulos
de memória RAM

1 Bip longo e 2 bips curtos; 1 Bip longo e 3 bips curtos: Falha no Vídeo: Problemas com
o BIOS da placa de vídeo. Tente retirar a placa, passar borracha de vinil em seus
contatos e recolocá-la, talvez em outro slot. Na maioria das vezes este problema é
causado por mau contato.

2 Bips curtos: Falha Geral: Não foi possível iniciar o computador. Este problema é
causado por uma falha grave em algum componente, que o BIOS não foi capaz de
identificar. Em geral o problema é na placa mãe ou nos módulos de memória.

2 Bips longos: Erro de paridade: Durante o POST, foi detectado um erro de paridade na
memória RAM. Este problema pode ser tanto nos módulos de memória quanto nos
próprios circuitos de paridade. Para determinar a causa do problema, basta fazer um
teste com outros pentes de memória. Caso esteja utilizando pentes de memória sem o
Bit de paridade você deve desativar a opção “Parity Check” encontrada no Setup.

3 Bips longos: Falha nos primeiros 64 KB da memória RAM (Base 64k memory failure) >
Foi detectado um problema grave nos primeiros 64 KB da memória RAM. Isto pode ser
causado por um defeito nas memórias ou na própria placa mãe. Outra possibilidade é o
problema estar sendo causado por um simples mal contato. Experimente antes de mais
nada retirar os pentes de memória, limpar seus contatos usando uma borracha de vinil
(aquelas borrachas plásticas de escola) e recolocá-los com cuidado.

4 Bips Longos: Timer não operacional: O Timer 1 não está operacional ou não está
conseguindo encontrar a memória RAM. O problema pode estar na placa mãe (mais
provável) ou nos módulos de memória.

5 Bips: Erro no processador: O processador está danificado, ou mal encaixado. Verifique


se o processador está bem encaixado, e se por descuido você não esqueceu de baixar a
alavanca do soquete Zif (acontece nas melhores famílias)

6 Bips: Falha no Gate 20 (8042 – Gate A20 failure): O gate 20 é um sinal gerado pelo
chip 8042, responsável por colocar o processador em modo protegido. Neste caso, o
problema poderia ser algum dano no processador ou mesmo problemas relacionados
com o chip 8042 localizado na placa mãe.

7 Bips: Processor exception (interrupt error): O processador gerou uma interrupção de


exceção. Significa que o processador está apresentando um comportamento errático.
Isso acontece às vezes no caso de um overclock mal sucedido. Se o problema for
persistente, experimente baixar a frequência de operação do processador. Caso não dê
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 9

certo, considere uma troca.

8 Bips: Erro na memória da placa de vídeo (display memory error) : Problemas com a
placa de vídeo, que podem estar sendo causados também por mal contato.
Experimente, como no caso das memórias, retirar a placa de vídeo, passar borracha em
seus contatos e recolocar cuidadosamente no slot. Caso não resolva, provavelmente a
placa de vídeo está danificada.

9 Bips: Erro na memória ROM (rom checksum error): Problemas com a memória Flash,
onde está gravado o BIOS. Isto pode ser causado por um dano físico no chip do BIOS,
por um upgrade de BIOS mal sucedido ou mesmo pela ação de um vírus da linhagem do
Chernobil.

10 Bips: Falha no CMOS shutdown register (CMOS shutdown register error): O chamado
de shutdown register enviado pelo CMOS apresentou erro. Este problema é causado por
algum defeito no CMOS. Nesse caso será um problema físico do chip, não restando
outra opção senão trocar a placa mãe.

11 Bips: Problemas com a memória cache (cache memory bad): Foi detectado um erro
na memória cache. Geralmente quando isso acontece, o BIOS consegue inicializar o
Sistema normalmente, desabilitando a memória cache. Mas, claro, isso não é
desejável, pois deteriora muito o desempenho do Sistema. Uma coisa a ser tentada é
entrar no Setup e aumentar os tempos de espera da memória cache. Muitas vezes com
esse “refresco” conseguimos que ela volte a funcionar normalmente.

Existe o software “BeepCodesViewer” que identifica todos os Beeps de todas


as placas existentes.

Base de Conhecimento

Base de Conhecimento define bases de dados ou conhecimento acumulados sobre


um determinado assunto. Essas informações podem ser utilizadas na solução dos
problemas apresentados pelos clientes, por meio de ferramentas de Inteligência
Artificial (I.A.) ou sistemas especialistas.

Poucas empresas hoje desfrutam do benefício do uso de uma base de conhecimento


para as atividades do service-desk. Na verdade a relação custo x benefício que talvez
não esteja clara, pois quando se começa a colocar os números no papel eu não tenho
duvidas que a base começaria a ser criada no dia seguinte. A má notícia é que não é
tão fácil e rápido criar uma base de conhecimento com procedimentos, workarounds e
fixes.

Essa dificuldade não se dá por problemas técnicos, mas na mudança da cultura do


grupo solucionador - especialistas de banco de dados, infra-estrutura e rede, Window,
Unix, Linux e etc - com fim de participar da criação e da atualização da base de
conhecimento. Geralmente, todos alegam que não têm tempo ou não sabem escrever
"procedimentos simples". Eu compararia essa atitude à de um cachorro que corre atrás
do próprio rabo. É muito comum encontrar incidentes ocupando as pessoas no grupo
solucionador, e estes poderiam ser resolvidos no service-desk com uma simples
consulta à base de conhecimento.

A base de conhecimento pode também ser compartilhada em um site interno self-help


onde o usuário procura a resolução de seu problema, economizando tempo do time de
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 10

TI.
Uma pergunta recorrente sobre esse assunto é: Quais as melhores práticas e modelos
para montar uma base de conhecimento para o service desk? Felizmente existem
vários modelos maduros na Internet. Um dos mais maduros em minha opinião
(sinceramente) é o site de suporte da Microsoft: http://support.microsoft.com/.

Na página inicial, você encontra uma área para pesquisa, perguntas e respostas,
pesquisas mais realizadas, chat, artigos mais populares e etc. Além disso, o site é
consultado por milhares de pessoas do mundo todo, e contem milhares de artigos que
datam desde a versão NT 3.5. Manter tudo isso atualizado e disponível é um desafio.

Os artigos de KB têm todos a mesma estrutura de dados. Para artigos que tratam de
incidentes, por exemplo, a Microsoft usa os campos: título, última versão, última
atualização, plataforma a que se aplica, sintoma, causa, resolução e status do artigo. Já
para Requisição de informação os campos mais utilizados são: título, última versão,
última atualização, plataforma a que se aplica, introdução e as informações. Todos
esses com um identificador único e palavras chaves para ajudar a pesquisa.
Em um ambiente corporativo esse modelo se encaixa perfeitamente. A única diferença
é que você deve especificar os serviços aos quais esse artigos se aplicam, em vez da
plataforma.

Vou aqui então detalhar como se poderia montar uma base de procedimentos (KB) e
quais pontos você deveria ser preocupar. Importante: os passos aqui são um apanhado
do que vivi no mercado, esteja à vontade de comentar, acrescentar ou discordar.

1. Defina poucos modelos de documento, e escreva os procedimentos em Word


e/ou Excel. É fácil de editar, funciona corretamente e a maioria das pessoas sabe
como operar.

2. Utilize o Sharepoint (MOSS 2007) como repositório dos procedimentos. Além da


ferramenta de pesquisa que permite encontrar palavras dentro dos documentos
do Office, o MOSS grava versões anteriores e mantém o log da última pessoa que
alterou o documento e quando isso ocorreu. Não queira passar pela situação em
que um procedimento é alterado e ninguém sabe quem e quando o fez.

3. Defina uma nomenclatura para os procedimentos. Em um futuro, você pode


relacionar a classificação dos incidentes a um procedimento corretivo.

4. Estabeleça regras para para criar e atualizar os procedimentos. Uma boa forma
de conseguir cooperação das áreas de suporte é definir que quando houver um
incidente resolvido eles precisam escrever o procedimento de como foi. Outra
boa experiência foi definir 30min por dia para uma pessoa de cada equipe e
definir uma métrica de processos por mês.

5. Monitore se os procedimentos estão sendo efetivos e procure sempre melhorar o


processo.

Manutenção para Windows Formatada Discussão Técnica

São procedimentos formatados, testados e Uma filosofia: Cada homem que encontro é
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 11

validados pela Microsoft para soluções superior a mim em alguma coisa e nesse
especificas de problemas, tais como: particular eu aprendo dele.

• Computador lento
• Internet lenta
• Recuperação de dados

Certificação Microsoft

Obter uma Certificação Microsoft é um dos principais requisitos para que


profissionais de TI alcancem posições de destaque no mercado de trabalho e equipes
tenham o seu desempenho aprimorado.
E o melhor caminho para tornar-se um Profissional Certificado Microsoft inscrever-se nos
cursos de um Centro de Treinamento Oficial Microsoft (Certifica Partner for
Learning Solutions).
Nesses locais, os treinamentos são realizados por instrutores certificados, utilizando
materiais didáticos exclusivos, elaborados pela própria Microsoft, aumentando as
chances de o participante ser aprovado no exame* para receber a certificação e tornar-
se um superprofissional de TI reconhecido e requisitado mundialmente.
Ferramentas Apoio
Técnico ALT TECNOLOGY 12

Em pesquisa realizada pelo instituto de pesquisa IDC, um time de TI considerado de alta


performance tem entre 40% a 55% de profissionais certificados. 75% dos gerentes de TI
acreditam que a certificação é importante para o desempenho do seu time. E 66% dos
gerentes de TI acreditam que a certificação aumenta o nível de serviço e suporte
oferecido pelo profissional de TI para clientes internos e externos.

Primeira Certificação Continuando a Certificação Contratando


profissionais
realmente
qualificados
Mostre que você é Mostre que você é muito Mostre que você sabe
diferente dos demais melhor que os demais reconhecer talentos
Com uma certificação Adquirindo certificações Contratando
profissional Microsoft, você profissionalizantes a cada novo profissionais com
se torna um MCP produto lançado no mercado é certificação Microsoft
(Microsoft Certified mostrar que você está em você tem certeza que
Professional), demonstra constante mudança, adaptação e está contratando
para o mercado que você é rápido como o mercado de TI. profissionais qualificados
tem expertise com Saia na frente, mostre para o para o trabalho. Com a
produtos e plataformas MS mundo o que você conhece e certificação Microsoft a
e é reconhecido sabe. E alcance o sucesso performance do time de
mundialmente. profissional. TI aumenta sempre.
Maiores informações:
http://www.microsoft.com/brasil/certifique/certificacao/default.aspx