Você está na página 1de 4

O Islã e sua importância histórica no passado e no presente

Desenvolvimento da aula

1 - (Com o professor - aula dialogada - anote as discussões da sala no seu caderno) O que você sabe sobre o Islã?

O que é o Islamismo? Como são chamados os adeptos do Islã? Qual sua importância histórica no passado
e no presente? Em que regiões do mundo esta religião está mais presente? Poderíamos dizer que acontece
hoje uma "diáspora islâmica"? Você sabe o que faz uma pessoa ser considerada "muçulmana? Ser árabe é
a mesma coisa que ser islâmico? O terrorismo é um pilar do Islã? O islamismo é uma força política e social,
além de religiosa?

2 - (Em sala, use a intuição e a dedução para observar as imagens a seguir):

3 - (Leia o seguinte documento) Que tipo de fala é mostrada? Quem a proferiu, e em que momento?
Em 11 de setembro, os inimigos da liberdade cometeram um ato de guerra contra o nosso país. Os norte-americanos
têm experiência com guerras - mas, nos últimos 136 anos, elas vêm acontecendo sempre em território estrangeiro, exceto
por um domingo de 1941. Os norte-americano conhecem as baixas que as guerras causam, mas não no centro de uma
grande cidade e em uma manhã pacífica. [...] Os norte-americano conhecem ataques de surpresa - mas nunca antes
tendo como alvos milhares de civis. Tudo isso foi imposto a nós em um único dia - e a noite caiu sobre um mundo mudado,
no qual a liberdade mesma está sob ataque. Os norte-americanos têm muitas questões, esta noite. Estão perguntando
quem atacou o nosso país. As provas recolhidas apontam para uma coalizão de organizações terroristas frouxamente
afiliadas conhecida como Al Qaeda. Trata-se dos mesmos assassinos indicados por atentados a bomba contra as
embaixadas dos Estados Unidos no Quênia e na Tanzânia, e dos responsáveis pelo ataque ao destroier USS Cole. Os
terroristas praticam uma forma radical de extremismo islâmico que foi rejeitada por estudiosos da religião islâmica e pela
vasta maioria dos líderes religiosos muçulmanos - um movimento marginalizado que perverte os ensinamentos pacíficos
do islamismo. As ordens dos terroristas são de que devem matar cristãos e judeus, matar todos os norte-americanos e
não fazer distinções entre militares e civis, incluindo mulheres e crianças. [...] Este grupo e seu líder, um homem chamado
Osama bin Laden, estão vinculados a muitas outras organizações em diferentes países, entre os quais a Jihad Islâmica,
no Egito, e o Movimento Islâmico do Uzbequistão. Suas fileiras abarcam milhares de terroristas, em mais de 60 países.
São recrutados em suas nações e territórios vizinhos, e levados a campos em lugares como o Afeganistão, nos quais
são treinados nas táticas do terrorismo. Mais tarde, são enviados de volta aos seus lares ou para países de todo o mundo
nos quais se ocultam a fim de planejar o mal e a destruição.

4 - (Analisar um acontecimento contemporâneo) Duas versões diferentes sobre um fato. Inserir o debate sobre o
conceito de FUNDAMENTALISMO.

6 - (Prestar atenção à narrativa sobre surgimento do Islamismo - anotar principais informações no caderno)
A Península Arábica. A influência do judaísmo e do cristianismo. A atuação-chave de Maomé. A fuga para Medina. A unificação árabe sobre
o domínio islâmico. A grande expansão. As Cruzadas com o Ocidente.

7 - (Aspectos culturais) O que há de comum nestas palavras?

açougue, açúcar, alambique, alcateia, alcaparra, alface, aldeia, alfaiate, alfândega, almôndega, álgebra,
algema, algarismo, alforria, algodão, almofada, almanaque, armazém, arroz, arroba, almoxarifado, auge,
azeite, azeitona, azul, azulejo, esmeralda, enxaqueca, elixir, fulano, garrafa, girafa, jaca, javali, laranja,
limão, nora, prisão, papagaio, talco, salada, tambor, xadrez, xarope, xaveco, xerife, xeque-mate.

8 - Informação relevante:

O islamismo será a religião com o maior crescimento mundial nas próximas quatro décadas e, se a atual
tendência se mantiver, se aproximará muito do cristianismo em número de fiéis em 2050. A informação foi
revelada pelo Centro Pew em um novo estudo publicado sobre as projeções para o crescimento das
populações religiosas nas próximas quatro décadas. O relatório intitulado “O futuro das religiões do mundo:
População e Projeções de Crescimento 2010-2050” constatou que em 2050 o número de cristãos irá girar
em torno de 2,9 bilhões de pessoas, enquanto os muçulmanos, com um aumento percentual muito maior,
chegarão a 2,8 bilhões. Atualmente existem 1,6 bilhão de muçulmanos em todo o planeta, enquanto os
cristãos somam 2,17 bilhões de seguidores. Segundo estas projeções, o islamismo será praticado então por
29,7% da população mundial, enquanto o cristianismo será a religião de 31,4%. O destaque no crescimento
ficou para a Europa, onde o número de fiéis muçulmanos chegará a 10% da população.
1- Jihad é um termo árabe que significa "luta", tempo positiva e negativa, do cristianismo e
Foi nesse terreno predominantemente "esforço" ou "empenho" do fiel muçulmano em do islamismo, sobre uma área comum
desértico que, na primeira quadra do século VII, concretizar sua fé. A sua interpretação dá impregnada pela cultura greco-romana."
se constituiu (...) a religião (...), que num espaço margem a inúmeras ações. Assinale a(s)
José Ortega y Gasset (1883-1955).
de tempo relativamente exíguo, e, na quadra alternativa(s) correta(s):
seguinte, os conversos saíram para fazer a sua
entrada decisiva no palco da história universal, 01. A jihad justificaria, para todos os islâmicos, O texto acima permite afirmar que, na
construindo um dos mais poderosos impérios as guerras santas travadas contra não- Europa ocidental medieval,
da face da Terra e ampliando de maneira
considerável o número de adeptos da nova fé. muçulmanos mundo afora, servindo como ideal a) formou-se uma civilização complementar
(Mamede Jarouche) universal que embasa o terrorismo à islâmica, pois ambas tiveram um mesmo
fundamentalista. ponto de partida.
02. Acontecimentos como o Onze de Setembro b) originou-se uma civilização menos
Assinale a alternativa correta - o texto acima
de 2001 nos EUA são comumente associados complexa que a islâmica devido à
faz menção a uma religião surgida na Idade
a grupos que têm como fundamentos uma predominância da cultura germânica.
Média:
interpretação radical do significado da jihad. c) desenvolveu-se uma civilização que se
a) que abriga a crença na existência de vários beneficiou tanto da herança greco-romana
deuses, todos eles personificações dos astros 04. Podemos considerar jihad, guerra santa e
quanto da islâmica.
(sobretudo o Sol) e de fenômenos da natureza terrorismo fundamentalista como sinônimos.
d) cristalizou-se uma civilização marcada
(como o raio e o trovão). 08. Muitos dos conflitos religiosos deflagrados pela flexibilidade religiosa e tolerância
b) cuja denominação indica um de seus mais no mundo atual têm sua origem na Idade cultural.
importantes princípios, ou seja, a submissão do Média, período em que surgiu o islamismo e o e) criou-se uma civilização sem dinamismo,
fiel à vontade de Alá, “único Deus”. cristianismo se difundiu. em virtude de sua dependência do Império
c) que possui entre seus dogmas a absoluta 16. O terrorismo é inerente ao islamismo: Bizantino e do Islã.
tolerância em relação a povos de religiões podemos considerá-lo como um dos cinco
diversas. pilares da fé muçulmana.
8 - Que críticas sociais fazem as duas
d) cujos fiéis devem praticar a antropofagia 32. A interpretação radical, militarista e violenta charges abaixo?
ritual, considerada fonte de virilidade e bravura do Islã de certos setores contemporâneos pode
guerreira. ser considerado também uma resposta aos
e) que suprimiu completamente a crença em conflitos com as potências ocidentais e aos
profetas (“os anunciadores da vontade de séculos de exploração imperialista em áreas
Deus”) e em anjos (“os protetores dos como o Oriente Médio.
homens”), e não possui texto sagrado.

4 - Pode se dizer que Maomé:


a) Usou seus conhecimentos sobre outras
2 - (UFLA) religiões para criar uma nova religião para seu
"Cinco vezes ao dia para tudo no país. Até a povo.
globalização. São os momentos dedicados a
Alá. O muçulmano ajoelha-se e reza." b) Fundou o islamismo, eliminando qualquer
("Próxima Viagem", ago. 2000, pág. 70) semelhança da nova religião com o
cristianismo.
"Miséria e falta de democracia, aliadas ao c) Defendia a adoração às imagens como uma
nacionalismo, fazem o caldo no qual nasce o forma de se chegar à salvação.
radicalismo islâmico - uma minoria na religião." d) Aliou-se aos sacerdotes de seu povo para
(Veja, 19-09-2001)
criar uma nova e mais justa religião.
e) Era um homem comum, que sabia muito
Nos trechos acima, pode-se perceber as "duas pouco sobre as outras religiões existentes no
faces" do islã. Todas as alternativas abaixo mundo.
expressam um aspecto do radicalismo islâmico
(responsável por atos terroristas), exceto:
5 - Qual das alternativas abaixo não é um
dos pilares do islamismo?
a) Os movimentos radicais islâmicos entendem
a) Declaração de fé em Alá.
os textos sagrados e os dogmas religiosos
como única orientação para a organização da b) Oração diária.
sociedade. c) A peregrinação à Meca.
b) O fundamentalismo, como movimento, não é d) A prática do jejum religioso.
exclusividade do mundo muçulmano, e) O culto às imagens de Maomé
ocorrendo em outras religiões, inclusive no
judaísmo e no cristianismo. Ele apenas ocorre 6 - A religião muçulmana, na sua expansão:
atualmente de forma mais intensa entre
adeptos do Islã. a) Inspirava a forma de governo parlamentar,
pois os líderes religiosos reuniam-se em
c) Se o "radicalismo islâmico", exemplificado assembleia proporcional.
em um dos textos acima, é uma "minoria na
b) Pregava o politeísmo na medida em que
religião", é também insignificante como
reconhecia a adoração de vários deuses.
movimento social e político.
c) Retirava sua orientação dos textos
d) A existência de grupos fundamentalistas
considerados sagrados, contidos no Corão.
atualmente é que determina a origem de alguns
conflitos culturais, étnicos, religiosos e políticos
d) Reconhecia em Maomé o único e
ao redor do mundo.
verdadeiro Deus a ser adorado pelos
islamitas.
e) Uma das características do fundamentalismo
e) Tinha como seu mais importante centro
islâmico, por exemplo, está na organização da
espiritual a cidade de Bagdá.
sociedade regida pelo Alcorão.
7 - "A Idade Média européia é inseparável da
3-
civilização islâmica já que consiste
precisamente na convivência, ao mesmo