Você está na página 1de 4

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA

2ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS

Processo nº. : 0092739-52.2015.8.05.0001


Classe : RECURSO INOMINADO
Recorrente(s) : REINALDO ESTRELA DOS SANTOS

Recorrido(s) : BANCO SANTANDER BRASIL S A

Origem : 12ª VSJE DO CONSUMIDOR (VESPERTINO)


Relatora Juíza : MARIA AUXILIADORA SOBRAL LEITE

VOTO EMENTA

RECURSO INOMINADO. CONSUMIDOR. SEGURO PRESTAMISTA.


ALEGAÇÃO DE VENDA CASADA QUANDO DA CONTRATAÇÃO DE
EMPRÉSTIMO. JUNTADA DO INSTRUMENTO CONTRATUAL COM A
ASSINATURA DA PARTE AUTORA. INSURGÊNCIA DA PARTE
AUTORA APÓS TER USUFRUÍDO DOS BENEFÍCIOS DA
COBERTURA CONTRATUAL VIGENTES DURANTE O
PERÍODO.COMPORTAMENTO CONTRADITÓRIO. VENIRE CONTRA
FACTUM PROPRIO. INEXISTÊNCIA DE ATO ILÍCITO. DANOS
MORAIS NÃO CONFIGURADOS..SENTENÇA DE IMPROCEDÊNCIA
MANTIDA.

1.Trata-se de recurso inominado interposto contra sentença que


julgou improcedente o pedido formulado na exordial, nestes termos: “ No caso sob
julgamento, o autor alega e não produz prova robusta dos danos sofridos, bem como, do nexo
de causalidade existente entre os prejuízos por ele suportados e a alegada conduta
antijurídica do acionado.Colaciona aos autos uma série de documentos que demonstram sua
tentativa de produzir algum tipo de prova, mas tais documentos e declarações não se mostram
hábeis e /ou suficientes para lastrear de forma veemente as alegações de sua narrativa...”.
2. A parte recorrente busca a reforma da sentença, aduzindo, em
síntese, que não tivera prévia ciência acerca da contratação de seguro
prestamista quando da contratação do empréstimo , que não fora informado
acerca do mencionado contrato, sustenta tratar-se venda casada, requerendo
por fim a restituição em dobro dos valores pagos a tal título, bem como
indenização pelos danos morais sofridos.

3. A despeito das alegações da parte autora , as provas constantes


dos autos demonstram a ocorrência da regularidade da contratação do seguro
prestamista, inclusive consta do instrumento contratual, juntado pela parte
acionante no ev 01 o destaque para a contratação do seguro, com a sua
assinatura, o que revela a prévia ciência da mesma acerca do teor e das
consequências jurídicas da avença.

Ademais, . é fato que em se tratando de contrato de seguro, no qual


busca-se tutelar um bem contra eventos pré-determinados contidos na apólice ,
a cobertura fora efetivamente prestada durante todo o período reclamado pela
parte acionante, inexistindo nos autos qualquer prova da insurgência anterior
da mesma no tocante a sua cobrança, fazendo-o apenas muito tempo depois.

Tal prática, desta feita, revela comportamento contraditório da parte,


verdadeiro “venire contra factum próprio”, na medida em que esta valera-se dos
benefícios advindos do contrato de seguro durante dado período, e após o
transcurso do tempo requer a devolução dos valores cobrados e alega ter
sofrido danos morais, sendo que a cobertura contratual sempre fora
disponibilizada.

.Nesta senda, diante do quadro probatório consignado nos autos, que


corroboram com a tese defensiva de que houve a regular contratação, não
resta caracterizada qualquer ilicitude por parte da ré, sendo portando devida a
cobrança do seguro em tela, tendo a parte usufruído de seus benefícios ao
longo de sua vigência.

6.ISTO POSTO, voto no sentido de CONHECER DO RECURSO E


NEGAR-LHE PROVIMENTO, para manter a sentença objurgada pelos
próprios fundamentos. Sem custas processuais e honorários advocatícios,
por ser a parte beneficiária da justiça gratuita.

Salvador, Sala das Sessões, 06 de JULHO de 2017


BELA. MARIA AUXILIADORA SOBRAL LEITE
Juíza Relatora
BELA CÉLIA MARIA CARDOZO DOS REIS QUEIROZ
Juíza Presidente

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA


2ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS

Processo nº. : 0092739-52.2015.8.05.0001


Classe : RECURSO INOMINADO
Recorrente(s) : REINALDO ESTRELA DOS SANTOS

Recorrido(s) : BANCO SANTANDER BRASIL S A

Origem : 12ª VSJE DO CONSUMIDOR (VESPERTINO)


Relatora Juíza : MARIA AUXILIADORA SOBRAL LEITE

ACÓRDÃO
Acordam as Senhoras Juízas da 2ª Turma Recursal dos Juizados
Especiais Cíveis e Criminais do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia,
CÉLIA MARIA CARDOZO DOS REIS QUEIROZ –Presidente, MARIA
AUXILIADORA SOBRAL LEITE – Relatora e ALBÊNIO LIMA DA SILVA
HONÓRIO, em proferir a seguinte decisão: RECURSO CONHECIDO E
IMPROVIDO . UNÂNIME, de acordo com a ata do julgamento. Sem custas
processuais e honorários advocatícios por ser a parte beneficiária da justiça
gratuita.

Salvador, Sala das Sessões, 06 de JULHO de 2017


BELA. MARIA AUXILIADORA SOBRAL LEITE
Juíza Relatora
BELA CÉLIA MARIA CARDOZO DOS REIS QUEIROZ
Juíza Presidente