Você está na página 1de 36

Relatório de auto-avaliação

Contexto e caracterização
1. Contexto

1.1 Escola/agrupamento
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar

1.2 Endereço
Rua Monte Branco
4435-739 Baguim do Monte

1.3 Oferta Curricular


Percursos Curriculares Alternativos, CEF T2 Bar,Ensino Básico

1.4. Dados Escolares

1.4.1. Taxa média de transição/conclusão


95.00%

1.4.2. Taxa de abandono escolar


0.50%

1.4.3. Nº de alunos com apoios educativos


150

2. Intervenientes no processo de auto-avaliação

Ano / Ciclo de Ensino N.º de Alunos N.º de %


intervenientes
Pré-Escolar 220 0 0.00%
1.º Ano 116 0 0.00%
2.º Ano 165 0 0.00%
3.º Ano 122 0 0.00%
4.º Ano 154 0 0.00%
Total 1.º Ciclo 777.0 0.0
5.º Ano 143 13 9.09%
6.º Ano 138 18 13.04%
Total 2.º Ciclo 281.0 31.0
7.º Ano 117 9 7.69%
8.º Ano 112 9 8.04%
9.º Ano 122 16 13.11%
Total 3.º Ciclo 351.0 34.0
10.º Ano 0 0 --
11.º Ano 0 0 --
12.º Ano 0 0 --
Total Ensino Secundário 0.0 0.0
Outros cursos (CEF, EFA, …) 23 1 4.35%
Total 1432.0 66.0
Departamento/ outros intervenientes N.º de Docentes N.º de inquiridos %
com funções pedagógicas
Línguas 25 10 40.00%
Matemática e Ciências Experiementais 20 4 20.00%
Expressões 18 2 11.11%
1º CEB 30 0 0.00%
Pré Escolar 9 0 0.00%
-- 0 0 --
-- 0 0 --
Ciências Sociais Humanas 18 8 44.44%
Total 120.0 24.0
Pais/ encarregados de N.º N.º de %
educação inquiridos
655 655 66 10.08%
Outros a definir N.º N.º de %
inquiridos
-- -- -- --
Alunos 655 66 10.08%
Docentes 120 24 20.00%
Total 775.0 90.0

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
1/36
Secção A
B. Leitura e literacia

B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento

Evidências (1)
A leitura dos inquéritos permite verificar que os utilizadores encontram, quase sempre, o que procuram e, no caso dos alunos, estes consideram que a equipa
os apoia muito e auxilia nas suas escolhas. Os professores classificaram, na sua generalidade, de muito bons e bons os recursos documentais facultados e
procuram integrar, na sua prática os serviços da BE, através do incentivo à leitura/requisição e utilização de material de leitura para as aulas.
Muitos utilizam o próprio espaço para trabalho de aula. As actividades desenvolvidas (encontro com escritores, exposições, comemoração de datas
significativas, Foge do Erro, escrita Criativa, Halloween, Escrever Contigo, Hoje há Poesia...,Boletim Informativo,Blog "leravaler",Formação de utilizadores,
Participação em concursos, Articulação Curricular com os Departamentos, Articulação Vertical dos diferentes ciclos, Parcerias com a Câmara e Biblioteca
Municipal de Gondomar, RBE, ) foram consideradas muito interessantes/interessantes pela maioria dos utilizadores. A BE desenvolveu, em todo o
Agrupamento, um conjunto alargado de actividades propostas pelo PNL, organizou, dinamizou e divulgou actividades no âmbito do conhecimento explícito da
língua (Foge do Erro) e Hora do Conto em todas as turmas do agrupamento;
As estatísticas de requisição e de utilização informal da BE apontam para a valorização deste recurso por alunos e professores enquanto espaço de apoio ao
processo de ensino-aprendizagem.

Pontos fortes identificados


Para além da grande adesão por parte dos alunos às actividades dinamizadas, foi feito um trabalho de motivação para a leitura, foi elaborada uma variedade
dos recursos documentais bem como uma grande diversificação de actividades de promoção da leitura.

Pontos fracos identificados


- Mau funcionamento da internet o que impediu uma maior frequência de leitura em ambientes digitais;
- Dificuldade de deslocação dos alunos das escolas mais afastadas da BE sede;
- Preparação de espaços para discussão de temas.

B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao nível da escola/agrupamento

Evidências (1)
A BE e a sua função na promoção do sucesso educativo encontra-se bem definida no Projecto educativo, especialmente no que toca à promoção de hábitos
de leitura e de competências ao nível da Língua Portuguesa falada e escrita. Neste âmbito a BE realizou um trabalho de suporte às aprendizagens em
contexto de sala de aula e no próprio espaço da BE, que passou pela circulação de materiais; organização de actividades de leitura, conhecimento explícito da
língua e escrita;
Todos os professores inquiridos envolvem-se nas actividades propostas pela BE; 58% dos inquiridos participa na planificação de actividades, e 41%
colaboram na criação/exploração de ambientes digitais. A divulgação/partilha de trabalhos de promoção da leitura foi mais expressiva no Conselho de
Docentes do 1ºCEB e no Grupo Disciplinar de Língua Portuguesa.
No que respeita aos Encarregados de Educação a "integração da BE nas estratégias e programas de leitura" é muito positiva. 76% dos pais conhecem a BE,
e a grande parte dos que conhecem a BE desloca-se à mesma (19,7% - sempre / 25,8 – Ocasionalmente) a título pessoal ou acompanha o educando à BE
(72,7%- sempre) mais de 83% afirma que costuma receber informação sobre actividades desenvolvidas pela BE e apenas 27% afirma que já colaborou em
actividades. No entanto mais de 87,9%
reconhece a importância que a BE tem na "aprendizagem e formação global" do seu educando.

Pontos fortes identificados


-Desenvolvimento de actividades de leitura e escrita;
- Colaboração no âmbito do PNL;
- Aproximação ao trabalho de sala de aula e aos curricula;
- Promoção de um trabalho colaborativo no âmbito da promoção da leitura.
Todas as escolas do agrupamento deram feedback às actividades desenvolvidas.

Pontos fracos identificados


Não haver uma BE ou espaço de promoção de leitura e local onde se guardem as obras do PNL a trabalhar durante o ano nos JI e nas EB1. Os professores
têm que se deslocar à escola sede ou à EB1 de Vale Ferreiros.Dificuldade de deslocação de alguns JI e EB1 à BE sede.

B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e da literacia

Evidências (1)
Da análise dos diferentes instrumentos de recolha de informação utilizados ao longo do processo de auto-avaliação da BE, é possível concluir que: de acordo
com os alunos, o trabalho desenvolvido pela BE tem um forte impacto na melhoria das suas competências de leitura/literacia, nomeadamente, no número e
extensão dos livros procurados; na compreensão do que lêem; na autonomia sentida na discussão sobre livros e outros assuntos. A maioria dos alunos
considera que o trabalho da BE tem um impacto positivo nos seus resultados escolares.
Os professores confirmam os pontos de vista dos alunos, afirmando que se verificam melhorias ao nível das competências de leitura, da expressão oral e
escrita e ao nível do uso de ambientes digitais.
Estes dados são ainda confirmados pela análise das grelhas de observação que apontam para uma melhoria gradual no desempenho dos alunos observados
perante diferentes tarefas de leitura.

Pontos fortes identificados


- Melhoria das competências de leitura e compreensão
- Grande adesão por parte dos docentes e alunos, conforme registos efectuados na BE e inquéritos.

Pontos fracos identificados


Nenhum

(1) Estas evidências resltam da análise e interpretação dos dados obtidos a partir dos diversos instrumentos de recolha de informação.

Quadro Síntese
B. Leitura e literacia

Motivo da escolha do domínio


A escolha deste domínio fundamenta-se no facto de a sociedade actual se caracterizar pela busca da informação, do conhecimento. A educação dos
indivíduos precisa enfatizar a leitura como via de inclusão social e de melhoria para a sua formação.
Sendo assim, o objectivo principal é consciencializar a sociedade para a intensificação de acções de incentivo à leitura.
A leitura promove o resgate da cidadania, devolve a auto-estima ao promover a integração social, desenvolve um olhar crítico e possibilita formar uma
Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
2/36
sociedade consciente.
Ler ajuda a crescer. A leitura desenvolve todas as competências dos outros domínios da Língua Portuguesa e das outras áreas do saber.
.

Nível obtido
4

Acções para melhoria


- Dar continuidade às actividades dinamizadas pela BE.
- Implementação das novas propostas apresentadas em reunião de Departamento de línguas para exploração das obras do PNL.
- Definir uma estratégia de trabalho articulado com todos departamentos curriculares por forma a envolver maior número de professores em projectos de
promoção da leitura e no desenvolvimento das competências digitais;
- Reforçar o envolvimento da BE na promoção do sucesso educativo, através de acções concertadas com a Direcção, as Associações de Pais,Conselho de
docentes e Conselhos de Turma.

Observações
O cumprimento dos programas, essencialmente no final de cada ciclo,Provas de Aferição e Exames Nacionais, limitam a disponibilidade dos docentes e dos
alunos.

Fontes de evidências
Neste item pode transcrever/ incluir excertos de diferentes documentos.

Documentos de gestão da Escola/ Agrupamento


(Projecto Educativo, Projecto Curricular, Plano de Acção, Regulamento Interno, Plano Anual de Actividades, relatórios de avaliação, currículos profissionais da equipa da BE,
outros.)
1.Excerto Acta 156 Conselho Pedagógico "Na noite do dia onze do corrente mês realizou-se, com a presença de alguns Professores, uma actividade na
Biblioteca “Escrever contigo” para Alunos e Encarregados de Educação onde foram lidos contos e recitados poemas alusivos à quadra natalícia. Foi ainda
dramatizado um pequeno texto pelos alunos do quinto C, orientados pela professora Isabel Esteves. Por fim, encarregados de educação, familiares e alunos
escreveram a sua mensagem de Natal. Estas actividades têm como finalidade trazer os Encarregados de Educação à Escola.
2- "Assistente Operacional com 5 anos de experiência nesta função, tem 25 h formação / 35 h semanais; Prof Aida Branco 2 anos coordenação e 2 anos como
membro equipa:
3 - Excerto PE " Desenvolver o gosto pela leitura
Meta: Aumentar em 5% o número de alunos que requisitam livros na biblioteca;
Estratégias:
- Aumentar o fundo documental das bibliotecas do Agrupamento.
- Desenvolver projectos de leitura, em todas as turmas, centrados na
biblioteca/centro de recursos e ou integrados no Plano Nacional de Leitura.
- Apresentar a biblioteca a todos os encarregados de educação e incentivar a requisição de livros."
4- Excerto do PCA -"IX. BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS
O Centro de Recurso Educativo tem como função principal a oferta de recursos
diversificados ao estudo e à ocupação de tempos livres dos alunos. Possuindo uma dinâmica
própria, tem como principal finalidade a promoção de projectos de dinamização e animação da
leitura, de investigação bem como o apoio a projectos das diferentes áreas curriculares
procurando assegurar a todos os alunos condições e oportunidades para o seu desenvolvimento integral. Neste sentido assumiu a coordenação do Projecto
Nacional de Leitura em parceria com o Departamento de Línguas. Pretende-se ainda proporcionar aprendizagens significativas e dinamizar a aplicação prática
de saberes transversais.
5- Excerto Plano acção "Desenvolver Projectos/Actividades de promoção de leitura envolvendo todas as turmas da escola "Mil histórias para contar" / Visita
autor ;
Criar contextos diversificados de leitura e de produção/comunicação da informação com recurso a suportes tradicionais e a ambientes digitais - Hora do Conto

Documentos pedagógicos da Escola/Agrupamento


(Planificações dos departamentos, ACND, AEC, SAE, PTE-TIC, OTE, projectos curriculares das turmas, orientações/ recomendações do CP, trabalhos de alunos, resultados
de avaliação dos alunos, outros)
1- Trabalho alunos escrita criativa ver blog "leravaler"
Excerto da ficha de actividade"Ao longo deste ano lectivo, a BE Sede desenvolveu a actividade denominada “ Workshop de Escrita Criativa ”, dirigida aos
alunos dos 2º e 3º ciclo.
Num primeiro momento foram apresentadas noções e técnicas de escrita através de dois PowerPoint, um direccionado para o 2º ciclo e outro direccionado
para o 3º ciclo. Num segundo momento foram apresentados os temas a desenvolver e por fim, os melhores textos foram lidos ao grupo turma e postados no
Blog da BE."

Documentos de Gestão da BE
(Plano de Acção, Plano Anual de Actividades, acordos de parceria, Política de Desenvolvimento da Colecção, Manual de Procedimentos, Regimento, horário, relatórios,
plantas, inventários, outros)
Plano de Acção - Domínio B
PAA - consultar site do AVEB- http://www.eb23-frei-manuel-sta-ines.rcts.pt/
Parceria - RBEP e Câmara Municipal de Gondomar e BE Concelhia.
Dossier da BE com documentos dos diferentes domínios.
Política de Desenvolvimento de colecção - Bibliobase
Regimento- consultar site do AVEB http://www.eb23-frei-manuel-sta-ines.rcts.pt/

Horário - 8.25h às 16.30


Excerto relatórios Trimestral - "“Promoção da leitura”, dirigida a todos os quintos anos, com o conto “A menina que detestava livros”. Foram feitas
actividades de motivação, de pré-leitura, leitura/compreensão, seguindo-se a actividade de pós-leitura que consistiu na divulgação de livros apropriados a esta
faixa etária. A sensibilização para a leitura manifestou-se através de um elevado número de requisição de livros; “Foge do erro – Quem quer ser vencedor” -
Concurso sobre Ortografia e Funcionamento da Língua / interturmas (TIC) dirigida aos alunos do 2º Ciclo. A BE Sede desenvolveu esta actividade ao longo do
ano lectivo. No final do terceiro período foi realizada a final, com os quatro melhores de cada 5º e 6ºs anos tendo os alunos Márcia Teixeira do 5º A e Rafael
Oliveira do 6º B obtido o primeiro prémio. Esta actividade proporcionou momentos de promoção do conhecimento explícito da língua e da ortografia de uma
forma lúdica, criativa e motivadora, com utilização de diferentes técnicas. Além de ser uma actividade muito mobilizadora e com uma aceitação muito positiva
por parte dos alunos e por parte dos docentes, permitiu, ainda, uma articulação curricular nos diferentes domínios da Língua Portuguesa; “Hora do Conto”,
actividade desenvolvida pela BE Sede e a BE da E.B.1 de Vale de Ferreiros dirigida aos alunos dos jardins-de-infância, com a história “A folha de papel”. A
BE sede realizou a “Hora do Conto” a todos os quintos anos, com o conto “A Menina do Capuchinho Vermelho do Século XXI” de Luísa Ducla Soares, ao
longo do ano. Foram feitas actividades de motivação, de pré-leitura, leitura/compreensão, seguindo-se as actividades de pós-leitura (conclusão da história por
escrito). No âmbito da comemoração do “Dia da Terra” foi feita uma abordagem à “evolução” do lobo ao longo dos tempos e sensibilizaram-se os alunos
para a necessidade de proteger e preservar as espécies e a natureza. Breve referência ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico na Malveira. Esta
actividade promoveu também um trabalho conjunto entre professores e professoras bibliotecárias;

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
3/36
Planta - 120m2

Documentos de funcionamento e dinamização da BE


(Actas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projectos/ actividades realizados, estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e outras
ferramentas utilizadas, resultados de avaliação da colecção, outros)
1. Excerto Ficha de actividade -Ao longo deste ano lectivo, a BE Sede desenvolveu a actividade denominada ““Foge do erro – Quem quer ser vencedor” -
Concurso sobre Ortografia e Funcionamento da Língua / interturmas (TIC) dirigida aos alunos do 2º Ciclo.
No final do terceiro período foi realizada a final, com os quatro melhores de cada 5º e 6ºs anos, tendo os alunos Márcia Teixeira do 5º A e Rafael Oliveira do 6º
B obtido o primeiro prémio.

Avaliação da actividade
Participação, interesse e comportamento dos alunos: Todos estes aspectos foram excelentes, uma vez que esta actividade proporcionou momentos de
promoção do funcionamento da língua e da ortografia de uma forma lúdica, criativa e motivadora, com utilização de diferentes técnicas.

Aspectos positivos: Actividade muito mobilizadora e com uma aceitação muito positiva quer por parte dos alunos quer por parte dos docentes. Esta actividade
foi igualmente muito positiva, permitindo uma articulação curricular nos diferentes domínios da Língua Portuguesa.

Aspectos negativos: Nenhum

Avaliação global: Excelente

Materiais da Apoio - PPT; grelhas de controlo;cartões de motivação para a leitura; fichas de trabalho.
Actualização do computador catálogo
Resultados de avaliação da colecção- 8500 títulos de material livro;
2- Escrever contigo - Descrição da actividade

•Num primeiro momento, todos os elementos presentes foram recebidos com duas peças musicais, tocadas ao piano pela aluna Ana Mota do 9º B;
•Num segundo momento, os alunos declamaram poemas e/ou leram contos de Natal. Foi ainda dramatizado um conto de Natal “O Bolo-Rei”;
•Num terceiro momento fomos presenteados com a colaboração de um encarregado de educação, que se disponibilizou para tocar e cantar, acompanhado
por duas alunas, três canções clássicas de Natal.
•Num quarto momento os encarregados de educação foram desafiados a escrever uma mensagem de Natal, a partir da área vocabular da palavra “Natal”.
•Por fim, depois dos respectivos agradecimentos, feitos quer pela Coordenadora da Biblioteca, quer pelo Director do Agrupamento, a todos os intervenientes
foram convidados a partilhar um momento de degustação natalícia.
Avaliação da actividade
Participação, interesse e comportamento dos alunos: Excelente empenho, participação, interesse e sentido de responsabilidade de todos os participantes.

Aspectos positivos: Actividade muito mobilizadora e com uma aceitação extremamente positiva quer por parte dos alunos, encarregados de educação e
familiares dos mesmos, quer por parte dos docentes que fizeram questão de estar presentes na actividade, os quais tiveram oportunidade de conversar, trocar
impressões com alguns encarregados de educação.
Aspectos negativos: Nenhum

Avaliação global: Excelente


3- Hora do Conto - Ao longo deste ano lectivo, a BE Sede e a BE da E.B.1 de Vale de Ferreiros desenvolveram a actividade denominada “Hora do Conto”,
dirigida aos alunos dos jardins-de-infância, com a história “A folha de papel”.
Motivação: Num primeiro momento foram feitas actividades de motivação com “acetatos mágicos”;
Pré-leitura: As crianças observaram e tocaram em diferentes tipos de papel como preparação para o tema do conto;
Leitura: Leitura e exploração da história “A folha de papel”;
Pós-leitura: Trabalho de ilustração na “folha branca” – personagem da história.

A BE sede realizou a “Hora do Conto”a todos os quintos anos, com o conto “A Menina do Capuchinho Vermelho do Século XXI” de Luísa Ducla Soares, ao
longo do ano.
Foram feitas actividades de motivação, de pré-leitura, leitura/compreensão, seguindo-se as actividades de pós-leitura (Conclusão da história por escrito). No
âmbito da comemoração do “Dia da Terra” foi feita uma abordagem à “evolução” do lobo ao longo dos tempos e sensibilizaram-se os alunos para a
necessidade de proteger e preservar as espécies e a natureza. Breve referência ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico na Malveira.

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
4/36
Secção B

Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular

A.1. Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes

Relatório de avaliação
- Presença nas reuniões de Grupo de Língua Portuguesa
- Reuniões com a Coordenadora de Departamento e com a sub-coordenadora de LP para articulação PNL;
- Ao longo do ano lectivo, a BE procurou desenvolver um trabalho articulado e colaborativo com as várias estruturas pedagógicas e curriculares, através da
organização de actividades. Esse trabalho teve uma expressão muito significativa em todo o agrupamento: JI, 1º CEB e dos departamentos de Línguas e
Ciências Socais. Os recursos da BE são rentabilizados em espaço de sala de aula, por todos os departamentos. Congratulamo-nos em termos a nossa BE
como espaço de eleição por parte de toda a comunidade escolar.

Evidências que fundamentam o relatório


- Referências ao trabalho colaborativo com a BE nos PCT;
- relatórios de avaliação das actividades;
- Registo de empréstimo temporário;

Acções para melhoria


- Continuação das reuniões de articulação
- Definir uma estratégia concreta de trabalho colaborativo com todos os departamentos curriculares.

A.2. Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital

Relatório de avaliação
A BE organizou algumas actividades de formação de utilizadores dirigidas especialmente aos alunos que frequentam a escola sede pela primeira vez;
- Apoio prestado aos alunos na consulta, pesquisa e tratamento da informação.

Evidências que fundamentam o relatório


- Registo no relatorio de Actividades e nas fichas de avaliação de actividades;
- Questionários

Acções para melhoria


- Elaborar e fornecer guiões para realização de trabalhos;
- Programar visitas mensais ou bimensais dos alunos das escolas do Agrupamento.
- registos internos de utilização das TICs.

Domínio C. Projectos, parcerias e actividades livres e de abertura à comunidade

C.1. Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular

Relatório de avaliação
- O horário da BE permitiu a utilização em período do almoço como espaço de leitura e lazer. Em toda a sua acção, a BE sempre apoiou as iniciativas dos
alunos que se traduziram no apoio prestado aos diferentes clubes(Clube de Francês e Clube Europeu).
-Sessões de esclarecimento( A adolescencia e a sexualidade- Santa Casa da Misericordia e Centro de Saúde)
- Apoio a diversas actividades dos diferentes departamentos e ciclos ( Pré escolar, 1º, 2º e 3º ciclos).

Evidências que fundamentam o relatório


Relatórios de actividades e fotos publicadas no Blog.

Acções para melhoria


- Dar continuidade ao apoio prestado às actividades livres.

C.2. Projectos e Parcerias

Relatório de avaliação
A Biblioteca Municipal foi, ao longo do ano lectivo, um parceiro importante para a concretização da missão da BE sede e da BE Vale Ferreiros, ao nível das
actividades inter concelhias. A Biblioteca Itinerante da CMG tem sido ao longo dos anos uma mais valia para os JI e para as EB1 visto a carrinha se deslocar
quinzenalmente a cada instituição.
A BE procurou mobilizar os pais/EE à participação na promoção da leitura, para tal alargou o horário de funcionamento até às 18 horas na Semana da Leitura
que trouxe alguns pais à BE para poderem adquirir o seu livro favorito na Feira do Livro. Embora não seja possível abrir a BE em horário extra-lectivo, a
requisição de documentos é permitida a qualquer elemento da comunidade.
- RBEP - Somos membros da rede de Bibliotecas escolares do Porto desde 2004.
- Centro de Saúde, PSP, Porto Editora, Santa casa da Misericórdia, Projectos PNL.

Evidências que fundamentam o relatório


Participação em actividades da Semana da Leitura Concelhia;
Tertúlia do livro ilustrado.
Registo das actividades na página web do Agrupamento e da BE; relatórios de avaliação das actividades; actas de CP.
Prémios recebidos.

Acções para melhoria


- Envolvimento da Junta de Freguesia e da Associação de Pais no 2º e 3º ciclos.
- Definir uma estratégia de promoção da leitura e do livro junto da comunidade local.
- Organizar sessões de formação para pais de forma a implicá-los na promoção da leitura.

Domínio D. Gestão da biblioteca escolar

D.1. Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE.

Relatório de avaliação
- Deslocação aos JI(Hora do Conto) e EB1( Foge do Erro e Hora do conto)
- Visita dos JI à BE sede e EB1 Vale Ferreiros
- Recepção aos alunos do 4º ano

Evidências que fundamentam o relatório

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
5/36
Powerpoints sobre a Hora do Conto e sobre a actividade Foge do Erro;
Blog; http://www.eb23-frei-manuel-sta-ines.rcts.pt/

Questionários

Acções para melhoria


- Melhorar o equipamento PTE( Quadro Branco e projector) nos JI e EB1;
- Disponibilização de transporte por parte da autarquia para a deslocação dos alunos dos JI e das EB1 à BE

D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços.

Relatório de avaliação
A BE possui muitos pontos fortes, forças que lhe permitem a concretização do trabalho. Dispõe de um excelente fundo documental, da colaboração de uma
equipa em que a assistente operacional desempenha um excelente papel, possui um bom relacionamento de toda a equipa com os alunos, um espaço
acolhedor e agradável, a catalogação está feita e informatizada com qualidade, existem bons índices de leitura, um grande número de utilizadores e os
utilizadores possuem uma excelente formação a nível do uso da biblioteca.Sente-se, contudo, que ainda se pode fazer mais por toda a comunidade escolar.
Este trabalho tem sido feito sobretudo em conversas informais, carecendo de uma planificação consistente que o promova.
Dado que se possuem todas as condições para tal, penso ser uma das prioridades uma vez que a biblioteca do agrupamento conta com o excelente apoio do
órgão da gestão.

Materiais para prestação de serviços:


- Computadores
- Projectores
- Fotocopiadora
- Impressora
- Aparelhagem de som
- Máquina fotográfica

Evidências que fundamentam o relatório


- Estatísticas da BE
- Relatório Final
- Blog
- Questionários

Acções para melhoria


-Dar continuidade ao trabalho desenvolvido

D.3. Gestão da colecção/da informação.

Relatório de avaliação
Sempre que a BE adquiriu novo fundo documental, este foi divulgado no Blogue e exposto na BE em expositores adequados para o efeito, na zona de
acolhimento e em diferentes espaços da escola através de cartazes.
Uma das apostas da equipa incidiu na promoção da leitura, domínio de avaliação, dada a consciência da sua importância como factor de desenvolvimento
individual e de progresso colectivo. Para tal, animaram-se painéis e divulgaram-se autores, havendo, por parte dos alunos interesse em requisitar, para leitura
domiciliária, os livros divulgados nesta actividade.
A nível da gestão, informatizaram-se as novas aquisições. O nosso agrupamento conta já com cerca de 8500 títulos.
A BE geriu ainda o fundo documental do Plano Nacional da Leitura e do Plano de Acção da Matemática, procedendo á catalogação dos livros, bem como a
organização e dinamização do plano.
O empréstimo domiciliário continua com muito movimento, houve uma média de cerca de 250 empréstimos mensais para leitura domiciliária. Apesar de os
alunos fazerem sessões de leituras semanais na sala de aula, PNL a requisição domiciliária não deixa de aumentar. Houve um acréscimo significativo de
inscrições por parte dos encarregados de educação como leitores.

Evidências que fundamentam o relatório


Registos e estatísticas de requisição domiciliária e de utilização da BE para leitura e trabalho.

Acções para melhoria


- Dar continuidade ao trabalho desenvolvido

Fontes de evidências
Neste item pode transcrever/ incluir excertos de diferentes documentos.

Documentos de gestão da Escola/ Agrupamento


(Projecto Educativo, Projecto Curricular, Plano de Acção, Regulamento Interno, Plano Anual de Actividades, relatórios de avaliação, currículos profissionais da equipa da BE,
outros.)
1. Relatórios de avaliação das actividades:
Descrição da actividade "Vamos olhar o jornal":
Os alunos iniciam a actividade com a referência a jornais seus conhecidos. É-lhes explicada, especialmente, a diferença entre os jornais diários e os
semanários. Vários jornais diários foram distribuídos por grupos de alunos com o objectivo de uma análise mais atenta da sua estrutura e organização. É dada
uma atenção especial à mancha gráfica da 1ª página do jornal (títulos, subtítulos, tamanho de letras e imagens, cores utilizadas, …)., relacionando-a com a
intenção comunicativa subjacente.
- Ao longo deste ano lectivo, a BE Sede desenvolveu a actividade denominada “Promoção da leitura”, dirigida a todos os quintos anos, com o conto “A
menina que detestava livros”.Foram feitas actividades de motivação, de pré-leitura, leitura/compreensão, seguindo-se a actividade de pós-leitura que consistiu
na divulgação de livros apropriados a esta faixa etária. A sensibilização para a leitura manifestou-se através de um elevado número de requisição de livros.

Avaliação da actividade

Participação, interesse e comportamento dos alunos: Boa participação, interesse e sentido de responsabilidade dos participantes

Aspectos positivos: A disponibilidade e entusiasmo dos alunos participantes, a possibilidade de o jornal ser visto e analisado com olhos mais atentos.

2. Plano Anual de Actividades:


- Vamos olhar o jornal
Distribuição de vários jornais diários por grupos de alunos com a finalidade de proceder a uma análise mais atenta da sua estrutura e organização.
- Promoção da Leitura
Mil histórias para contar; Concursos
Ao 2º ciclo ser-lhes-á contada uma história de infância escrita por personalidades suas conhecidas. Posteriormente os alunos escreverão a sua própria história
de infância.

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
6/36
3 - PE - http://www.eb23-frei-manuel-sta-ines.rcts.pt/
4 - Regulamento Interno- http://www.eb23-frei-manuel-sta-ines.rcts.pt/

5.Currículos da equipa ( Assistente operacional, Professoras Aida Branco e Maria José Bernardes).

Documentos pedagógicos da Escola/Agrupamento


(Planificações dos departamentos, ACND, AEC, SAE, PTE-TIC, OTE, projectos curriculares das turmas, orientações/ recomendações do CP, trabalhos de alunos, resultados
de avaliação dos alunos, outros)
- Planificações Departamento
- PCT 6C "O autor do mês (todos os alunos); Concurso Poemas Soltos (nº1, Alberto Pacheco, nº 3, Ana Pereira, nº 8, Cátia Dantas e nº11, Jéssica Vieira); Ler
e Contar Consigo (actividade com a participação de todos os alunos e com a colaboração activa dos encarregados de educação (actividade com
encarregados de educação – ver relatório anexo); Jornal digital do Agrupamento (todos os alunos); Dia Internacional das Bibliotecas (todos os alunos);
Escrever contigo (todos os alunos); Semana da Leitura/Encontro com um escritor (todos os alunos); Semana da Leitura/Feira do Livro (todos os alunos); Dia
do Autor Português (todos os alunos); Hoje há poesia ( nº1 Alberto Pacheco, nº 8, Cátia Dantas, nº 11, Jéssica Vieira e nº 20, Marlene Ferreira); Foge do erro
(todos os alunos); painel do autor do mês (todos os alunos); Criação de e-mails para os alunos de forma a possibilitar contactos aluno/aluno e aluno/ professor
para envio de trabalhos, esclarecimentos e dúvidas."
- Acta 158 Conselho Pedagógico "158 A professora Maria José Bernardes, Coordenadora da Biblioteca, agradeceu aos professores José Carlos Costa e
Ângela Figueiredo os manuais escolares oferecidos à Biblioteca. Informou que todas as escolas do primeiro ciclo estão a participar no projecto “Já sei ler” e
no concurso “Faça lá um poema”, no âmbito do Plano Nacional de Leitura. A Escola Básica do primeiro ciclo de Regadas não participará no concurso “Faça
lá um poema”. A turma do quarto B da Escola Básica do primeiro ciclo de Vale de Ferreiros foi a segunda classificada no Prémio “Conto Infantil Ilustrado
Correntes d’Escritas Porto Editora”, com o conto “Contou-me o meu avô”. Está, igualmente, a decorrer o concurso “Poemas Soltos”, promovido pela
Câmara Municipal de Gondomar. Referiu, ainda, que a actividade “Foge do Erro” – Conhecimento Explícito da Língua – promovida pelas docentes Maria
José Bernardes e Aida Branco, será levada a cabo em todas as escolas do primeiro ciclo, para os terceiros e quartos anos de escolaridade, a partir da
próxima quinta-feira (Escola Básica do primeiro ciclo do Seixo)."
- Trabalho de alunos - Blog "leravaler" e dossier.

Documentos de Gestão da BE
(Plano de Acção, Plano Anual de Actividades, acordos de parceria, Política de Desenvolvimento da Colecção, Manual de Procedimentos, Regimento, horário, relatórios,
plantas, inventários, outros)
Horário da BE:
8,25h-16.30h
Documentos de funcionamento e dinamização da BE
(Actas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projectos/ actividades realizados, estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e
outras
ferramentas utilizadas, outros)

Documentos de funcionamento e dinamização da BE


(Actas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projectos/ actividades realizados, estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e outras
ferramentas utilizadas, resultados de avaliação da colecção, outros)
(Actas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projectos/ actividades realizados, estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e
outras
ferramentas utilizadas, resultados de avaliação da colecção, Materiais da Apoio - PPT; grelhas de controlo;cartões de motivação para a leitura;
Actualização do computador catálogo
Resultados de avaliação da colecção- 8500 títulos de material livro e outros).

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
7/36
Secção C

Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular

A.1. Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--

A.2. Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--
Domínio B. Leitura e literacia

Nível obtido
4

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


2010

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--
Domínio C. Projectos, parcerias e actividades livres e de abertura à comunidade

C.1. Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--

C.2. Projectos e Parcerias

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--
Domínio D. Gestão da biblioteca escolar
Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
8/36
D.1. Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE.

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--

D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços.

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--

D.3. Gestão da colecção/da informação.

Nível obtido
--

Resultados das acções de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.


--

Ano de incidência da auto-avaliação.


--

Data de apresentação ao Conselho Pedagógico.


--

Recomendações do Conselho Pedagógico


--
Observações
--

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
9/36
QA2. Questionário aos alunos

1. Identificação
Masculino 20 30.3%
Feminino 46 69.7%

2. Frequento o ano de escolaridade seguinte:


5.º 15 22.7%
6.º 18 27.3%
7.º 5 7.6%
8.º 18 27.3%
9.º 9 13.6%
Outros cursos 1 1.5%

3. Vais à Biblioteca Escolar (BE) ou usas os livros, revistas, … que ela faz circular para ler:
Todos os dias 34 50.7%
Uma ou duas vezes por semana 25 37.3%
Uma ou duas vezes por mês 5 7.5%
Muito raramente e de forma irregular 2 3.0%
Nunca 1 1.5%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
10/36
4. Em que situações mais utilizas a BE nas tuas actividades de leitura?
Indica as três situações mais frequentes.

4.1 Situação 1
Sozinho(a) ou com colegas 51 100.0%

4.2 Situação 2
Nos intervalos 47 100.0%

4.3 Situação 3
Em actividades que a BE organiza 32 100.0%

5. Requisitas livros para ler?


Diariamente 13 20.3%
Uma ou duas vezes por semana 17 26.6%
Uma ou duas vezes por mês 23 35.9%
Uma ou duas vezes durante cada período 9 14.1%
Muito raramente ou nunca, porque em casa arranjo os livros de que gosto 2 3.1%

6. Se requisitas livros, quando é que o fazes?


Durante o período de aulas 59 78.7%
Nas férias do Natal/ Páscoa 16 21.3%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
11/36
7. Quando vais à BE para ler ou requisitar um livro, a equipa da BE dá-te sugestões e apoia-te, se pedires?
Sempre 54 81.8%
Às vezes 10 15.2%
Nunca 2 3.0%

8. Quando procuras livros para ler ou para fazer trabalhos, encontras o que queres?
Sempre 48 72.7%
Às vezes 18 27.3%

9. Os teus professores incentivam-te a ler?


Sempre 52 78.8%
Às vezes 11 16.7%
Nunca 3 4.5%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
12/36
10. Costumas participar em actividades de leitura na BE acompanhado(a) do teu professor e dos teus colegas?
Sempre 35 53.0%
Às vezes 26 39.4%
Nunca 5 7.6%

11. Como classificarias as tuas competências de leitura?


Excelentes 14 21.2%
Boas 42 63.6%
Médias 10 15.2%

12. Qual a tua opinião sobre o trabalho realizado pela biblioteca escolar?
Motiva-te para ler mais 66 18.2%
Ajuda-te a encontrar livros interessantes 66 18.2%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
13/36
Tem actividades que me fazem gostar mais de ler (divulgação de livros, clubes, encontros com escritores, concursos, ...) 62 17.1%
Informa-te sobre livros e outras publicações ou acerca de outras novidades ou actividades relacionadas com livros 56 15.4%
Oferece formas de exprimir as minhas opiniões (blogues, jornal, fóruns, ...) 53 14.6%
Ajuda-te a conhecer escritores e pessoas ligadas aos livros 60 16.5%

13. Como classificas as seguintes actividades realizadas pela BE?

13.1. Divulgação do escritor do mês.


Muito interessante 34 51.5%
Interessante 23 34.8%
Pouco interessante 9 13.6%

13.2 Guiões de leitura sobre autores ou obras.


Muito interessante 30 45.5%
Interessante 27 40.9%
Pouco interessante 9 13.6%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
14/36
13.3 Exposições/actividades temáticas relacionadas com autores ou obras.
Muito interessante 47 71.2%
Interessante 16 24.2%
Pouco interessante 3 4.5%

13.4 Celebração de datas significativas (dia da poesia, dia do livro infantil, dia da biblioteca escolar...).
Muito interessante 55 83.3%
Interessante 10 15.2%
Pouco interessante 1 1.5%

13.5 Participação em projectos de leitura com o docente e a turma.


Muito interessante 40 60.6%
Interessante 26 39.4%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
15/36
13.6 Realização de sessões de leitura, de apresentação/ debate sobre livros ou temáticas relacionadas com os livros.
Muito interessante 47 71.2%
Interessante 19 28.8%

14. Já participaste em algumas destas actividades?


Sessões de leitura, de reconto na BE 53 21.5%
Projectos de leitura 50 20.2%
Blogue/ Fórum de discussão 50 20.2%
Concursos de leitura 47 19.0%
Clubes de leitura 47 19.0%

15. Compara o que fazes agora com o que fazias no início do ano lectivo.
Agora leio mais livros. 56 13.0%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
16/36
Agora leio mais depressa. 52 12.1%
Agora leio livros com mais texto e textos mais longos. 56 13.0%
Agora leio qualquer tipo de texto e compreendo melhor o que leio. 59 13.7%
Agora perco-me menos, quando procuro informação na Internet. 51 11.9%
Agora gosto mais de falar e de escrever sobre livros ou sobre outros assuntos. 51 11.9%
Agora estou mais à vontade para discutir/ dialogar sobre preferências de leitura ou outros assuntos. 52 12.1%
Agora tenho melhores resultados escolares, porque estou mais à vontade na leitura. 53 12.3%

16. Em que medida consideras que a BE contribuiu para as tuas competências de leitura e para os teus resultados escolares?
Muito 48 72.7%
Medianamente 17 25.8%
Pouco 1 1.5%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
17/36
QD2. Questionário aos docentes

Ciclo de ensino

1. Costuma integrar a BE e os seus recursos nas suas funções docentes relacionadas com o desenvolvimento de competências relacionadas com a leitura?
Se responder Sim, assinale as três situações mais frequentes
Sim 24 100.0%

1.1 Situação 1
Incentivar os alunos a ir à BE para ler e requisitar livros relacionados com temas da sua disciplina. 15 20.0%
Participar em actividades organizadas pela BE e relacionadas com a leitura. 19 25.3%
Requisitar materiais para a sala de aula. 17 22.7%
Recorrer a material de leitura (informativa e/ ou ficção) para as suas aulas. 14 18.7%
Aceder aos computadores para realizar trabalhos. 10 13.3%

1.2 Situação 2
Participar em actividades organizadas pela BE e relacionadas com a leitura. 19 100.0%

1.3 Situação 3
Requisitar materiais para a sala de aula. 17 100.0%

2. Classifique o nível dos recursos documentais facultados pela BE ou postos a circular no agrupamento, relacionados com a leitura de temas na sua área
disciplinar.
Muito bom 24 100.0%

3. Com que frequência se envolve em actividades propostas ou articuladas com a BE?

3.1 Envolvimento na discussão das problemáticas referentes aos resultados dos alunos ao nível das competências de leitura e das literacias.
Sempre 6 25.0%
Quase sempre 10 41.7%
Às vezes 8 33.3%

3.2 Planificação de projectos e actividades conjuntas.


Sempre 3 12.5%
Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
18/36
Quase sempre 14 58.3%
Às vezes 7 29.2%

3.3 Participação em projectos decorrentes do Projecto Educativo de Escola, de projectos curriculares e outros.
Sempre 4 16.7%
Quase sempre 11 45.8%
Às vezes 9 37.5%

3.4 Colaboração na criação/ exploração de novos ambientes digitais (blogues, Wikis, …) para desenvolver a leitura, a escrita e um conjunto diversificado de
competências.
Sempre 6 25.0%
Quase sempre 4 16.7%
Às vezes 11 45.8%
Nunca 3 12.5%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
19/36
3.5 Colaboração em eventos culturais (encontros com escritores, encontros científicos, exposições temáticas, celebração de datas), associando-os ao
desenvolvimento de competências ao nível da leitura/literacias.
Sempre 7 29.2%
Quase sempre 13 54.2%
Às vezes 4 16.7%

3.6 Colaboração no âmbito de actividades relacionadas com o Plano Nacional de Leitura.


Sempre 7 29.2%
Quase sempre 8 33.3%
Às vezes 7 29.2%
Nunca 2 8.3%

3.7 Colaboração no sentido do envolvimento das famílias em actividades relacionadas com a melhoria das competências de leitura.

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
20/36
Sempre 7 29.2%
Quase sempre 9 37.5%
Às vezes 5 20.8%
Nunca 3 12.5%

4. Classifique o nível do trabalho realizado pela BE no âmbito da leitura e literacia.


Muito bom 22 91.7%
Bom 2 8.3%

5. Expresse a sua concordância ou discordância relativamente às afirmações seguintes, no que se refere ao trabalho da BE no âmbito da leitura.

5.1 Desenvolve um trabalho sistemático e continuado no âmbito da promoção da leitura.


Concordo plenamente 20 83.3%
Concordo 4 16.7%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
21/36
5.2 Promove a leitura literária e a discussão sobre temas, autores e livros.
Concordo plenamente 20 83.3%
Concordo 4 16.7%

5.3 Promove actividades diversificadas de leitura, associando diferentes formas de comunicação e de expressão.
Concordo plenamente 16 66.7%
Concordo 8 33.3%

5.4 Cria condições de espaço e de tempo para a leitura individual e por prazer.
Concordo plenamente 23 95.8%
Concordo 1 4.2%

5.5 Promove a leitura informativa e o desenvolvimento da reflexão e do pensamento crítico.


Concordo plenamente 7 29.2%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
22/36
Concordo 17 70.8%

5.6 Disponibiliza recursos documentais actualizados muito adequados ao trabalho no âmbito da leitura e da literacia.
Concordo plenamente 9 37.5%
Concordo 15 62.5%

5.7 Acompanha os alunos durante o acesso e apoia-os na selecção de documentação e no uso e produção da informação.
Concordo plenamente 24 100.0%

5.8 Desenvolve actividades e projectos conjuntos no âmbito da leitura.


Concordo plenamente 15 62.5%
Concordo 9 37.5%

5.9 Mobiliza para o desenvolvimento do PNL e apoia as actividades relacionadas


Concordo plenamente 20 83.3%
Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
23/36
Concordo 4 16.7%

5.10 Trabalha com recurso a ambientes digitais e ferramentas da Web2.0 (blogue, Wiki, Twitter, plataforma de aprendizagem) que permitem a discussão de
temas, a produção de conteúdos e o trabalho colaborativo.
Concordo plenamente 14 58.3%
Concordo 10 41.7%

5.11 Desenvolve actividades diversificadas (divulgação de livros, clubes, encontros com escritores, concursos...) que motivam para leitura e promovem a
discussão e o trabalho escolar, desenvolvendo diferentes literacias.
Concordo plenamente 20 83.3%
Concordo 4 16.7%

6. Em que medida considera que a BE e os recursos que disponibiliza contribuem para o desenvolvimento das competências de leitura e para os resultados
escolares dos seus alunos?

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
24/36
Muito 24 100.0%

7. Que impacto considera que a BE tem nas competências de leitura dos seus alunos?
Melhoria das competências de compreensão 24 23.5%
Aumento da diversidade das escolhas no sentido da opção por leituras mais extensas e complexas 22 21.6%
Aumento do gosto pela leitura 24 23.5%
Melhoria ao nível da oralidade e da escrita 24 23.5%
Melhoria no uso de ambientes digitais de leitura e das literacias digitais e da informação 8 7.8%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
25/36
QEE1. Questionário aos pais e encarregados de educação

Ano de escolaridade do educando


5.º 6 9.5%
6.º 10 15.9%
7.º 21 33.3%
8.º 14 22.2%
9.º 12 19.0%

1. Conhece a biblioteca escolar que serve a escola do seu filho/ educando?


Sim 51 76.1%
Não 16 23.9%

2. Costuma acompanhar as leituras do seu filho em casa, apoiando-o ou sugerindo-lhe leituras?


Sempre 48 72.7%
Ocasionalmente 18 27.3%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
26/36
3. Desloca-se a título pessoal à biblioteca escolar ou acompanha o seu filho/ educando à biblioteca para actividades de leitura/ consulta de documentação ou
de empréstimo domiciliário?
Sempre 13 19.7%
Ocasionalmente 17 25.8%
Nunca 36 54.5%

4. Costuma deslocar-se à escola para participar em actividades dinamizadas pela biblioteca escolar?
(Feira do livro, sessões de contos, festa de Natal, Semana da Leitura, colóquios, exposições, outros.)
Sempre 24 35.8%
Ocasionalmente 34 50.7%
Nunca 9 13.4%

5. Costuma receber informações sobre actividades desenvolvidas pela biblioteca escolar?


Sempre 55 83.3%
Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
27/36
Ocasionalmente 11 16.7%

6. Já tem colaborado ou sido envolvido no trabalho ou organização de actividades da biblioteca escolar?


Sempre 18 27.3%
Ocasionalmente 12 18.2%
Nunca 36 54.5%

6.1 Em caso afirmativo, indique em que situações – pode assinalar uma ou várias hipóteses:
Como orador ou interveniente. 31 30.4%
Como formador 2 2.0%
Como leitor/animador de leitura. 32 31.4%
Como voluntário, auxiliando na abertura e funcionamento da BE. 2 2.0%
Como apoiante, contribuindo com recursos materiais ou financeiros. 35 34.3%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
28/36
7. Considera que as actividades realizadas pela biblioteca escolar contribuem para estimular o interesse do seu filho/educando pela leitura?
Sim 66 100.0%

8. Que importância atribui à biblioteca escolar para a aprendizagem e formação global do seu filho/educando?
Muito importante 58 87.9%
Importante 8 12.1%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
29/36
GO3. Grelha de observação – Participação em actividades de leitura

a) Em relação à actividade:

1. Demonstra interesse e motivação pela actividade.


1 1 1.8%
2 7 12.3%
3 17 29.8%
4 32 56.1%

2. Participa de forma activa nos vários aspectos envolvidos na actividade.


2 9 15.8%
3 26 45.6%
4 22 38.6%

b) Em relação à situação de leitura:

3. Sabe situar os acontecimentos relatados no contexto, se interpelado.


2 10 17.5%
3 28 49.1%
4 19 33.3%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
30/36
4. Realiza antecipações, inferências, deduções.
1 4 7.0%
2 13 22.8%
3 22 38.6%
4 18 31.6%

5. Interpreta, reflecte e tece comentários sobre personagens ou acontecimentos.


1 2 3.5%
2 13 22.8%
3 24 42.1%
4 18 31.6%

6. Associa acontecimentos e outras leituras realizadas.

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
31/36
1 6 10.5%
2 16 28.1%
3 21 36.8%
4 14 24.6%

7. Interage facilmente com diferentes suportes de leitura (ecrã, livro, jornal, outros).
1 6 10.5%
2 14 24.6%
3 20 35.1%
4 17 29.8%

8. Compreende textos escritos com complexidade e extensão adequadas ao nível de escolaridade.


1 4 7.0%
2 17 29.8%
3 20 35.1%
4 16 28.1%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
32/36
9. Revela capacidade de escrita associada às competências de leituras evidenciadas.
1 9 15.8%
2 14 24.6%
3 22 38.6%
4 12 21.1%

Nota
A grelha pode ser usada numa mesma ocasião ou em situações distintas; pode ser utilizada para registo individual ou relativo às competências globalmente demonstradas por
um determinado grupo. Devem ser seleccionadas as competências (em função do ano/ciclo de escolaridade) mais significativas para a observação a realizar. Esta análise
pode ser realizada em colaboração com o docente da turma. A grelha pode também ser utilizada para obter uma perspectiva diacrónica sobre um determinado aluno ou grupo
de alunos; neste caso, no cabeçalho identifica-se o aluno/os alunos e nas colunas indica-se a data em que é realizada a observação/ registo, possibilitando o registo do
panorama ao longo de um ano lectivo, por exemplo. Neste caso, a primeira observação corresponderá à situação inicial do aluno ou grupo de alunos, servindo de referência e
de elemento de comparação na análise evolutiva.

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
33/36
GO4. Grelha de observação – Motivação para a leitura

1. Recorre a diferentes tipos de leitura, recreativa ou informativa, de acordo com as suas motivações.
1 4 6.2%
2 13 20.0%
3 29 44.6%
4 19 29.2%

2. Sabe seleccionar o que lê de acordo com os seus interesses ou necessidades de informação, revelando-se um leitor crítico e independente.
1 4 6.2%
2 18 27.7%
3 25 38.5%
4 18 27.7%

3. Lê e usa informação em diferentes suportes (digital, livro, jornal, outros).


1 6 9.2%
2 12 18.5%
3 25 38.5%
4 22 33.8%

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
34/36
4. Frequenta a biblioteca autonomamente para actividades de leitura.
1 6 9.2%
2 14 21.5%
3 24 36.9%
4 21 32.3%

5. Amplia os seus interesses de leitura, pesquisando, seguindo sugestões, outros.


1 8 12.3%
2 18 27.7%
3 24 36.9%
4 15 23.1%

6. Partilha leituras e pontos de vista sobre livros (p. ex., em clubes de leitura, fóruns, outros).

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
35/36
1 5 7.7%
2 18 27.7%
3 23 35.4%
4 19 29.2%

Nota
A grelha pode ser usada numa mesma ocasião ou em situações distintas; pode ser utilizada para registo individual ou relativo às competências globalmente demonstradas por
um determinado grupo. Devem ser seleccionadas as competências (em função do ano/ciclo de escolaridade) mais significativas para a observação a realizar. Esta análise
pode ser realizada em colaboração com o docente da turma. A grelha pode também ser utilizada para obter uma perspectiva diacrónica sobre um determinado aluno ou grupo
de alunos; neste caso, no cabeçalho identifica-se o aluno/os alunos e nas colunas indica-se a data em que é realizada a observação/ registo, possibilitando o registo do
panorama ao longo de um ano lectivo, por exemplo. Neste caso, a primeira observação corresponderá à situação inicial do aluno ou grupo de alunos, servindo de referência e
de elemento de comparação na análise evolutiva.

Relatório de auto-avaliação
1304516 Escola Básica de Baguim, Baguim do Monte, Gondomar
2010/07/27 15:20:05
36/36