Você está na página 1de 3

XXVII Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música – Campinas - 2017

CARTA DO GT Pedagogia da Performance Musical na Educação


Superior.

Coordenador: Prof. Clifford Korman


01 setembro, 2017

Introdução

• Gostaríamos de agradecer os organizadores do congresso pelo


convite e a oportunidade de debater temas de alta relevância
na área da pedagogia da performance. E eu gostaria de
agradecer particularmente a colega Professora Daniele Bri-
guente pela sua ajuda na confecção, redação e formatação
desta carta.
• Pretendemos continuar a comunicação através de um Google
drive e um e-mail coletivo que foram criados durante a sema-
na.

Perfil do grupo

• Os participantes são docentes do nível superior e técnico,


mestrandos, e doutorandos, vinculados às instituições UFRN,
UFBA, UFU, UNICAMP, UNESP, UFPE, UFPB, UNILA, EMMEA (Escola
Municipal de Música de Embu das Artes), UFOP e UNIRIO.

Atividades

• No início do primeiro encontro a carta de comunicação do GT


2016 foi lida com a intenção de deixar os membros do grupo a
par do que foi discutido no ano anterior. Foram apresentados
os artigos “Analise e(ou) performance” do John Rink e “Entre
o processo e o produto: música e/enquanto performance” do
Nicolas Cook sobre as relações entre performance, análise, e
o processo de aprendizagem, e também alguns assuntos sugeri-
dos pelo coordenador para iniciar e nortear as discussões do
grupo.

Foram contemplados os seguintes assuntos:


• O significado de performance no contexto acadêmico
• A finalidade de se formar na performance
O perfil do egresso que estamos imaginando
• Interpretação como um processo criativo e interdisciplinar

1
XXVII Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música – Campinas - 2017

• Música de fronteira
A visão do programa de performance na UNILA que busca a
união dos universos “erudito” e “popular” através de
prática de improvisação, arranjo, e a prática da música
erudita
• Os termos e conceitos “texto”, “obra”, e “partitura”
A significância das diversas maneiras de representar
graficamente uma expressão sonora, e como incluí-las no
ensino da performance.
• Dicotomia entre prática e a academia
Foi contemplada a presença de uma espécie de alienação
entre o discurso acadêmico e as realidades encontradas na
vida profissional atual.
• Heterogeneidade entre as universidades no Brasil
devido a diversidade das realidades de cada
instituição (ex. o perfil do corpo discente, a estrutura
curricular, a cultura em que a universidade está
inserida) percebeu-se a necessidade de diálogo entre
docentes de várias instituições(escola técnica,
conservatórios, institutos e universidades)para promover
um intercâmbio de informações e idéias alem de melhor
compreender as necessidades da contemporaneidade.

• A necessidade de incluir a reflexão crítica durante o estudo


de performance
a contextualização histórico-social, a história das
interpretações, a compreensão do gêneros e estilos dos
objetos de estudo

• O perfil de professor em termos de formação e concepção ped-


agógica, e os benefícios de atualização profissional
contínua

• A corporalidade como elemento essencial na pedagogia da per-


formance

• O valor de se trazer para a pedagogia de performance musical


abordagens e técnicas de outras disciplinas entre elas dan-
ça, teatro, literatura, e filosofia

• Foram consideradas diferenças entre a pedagogia de diversos


tipos de notação, e as consequentes diferenças na relação
entre o planejamento e a liberdade de interpretação na per-
formance

2
XXVII Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música – Campinas - 2017

• A inclusão, num programa de performance, de outras disci-


plinas relacionadas a vida profissional de hoje, entre elas
O gerenciamento de carreira, empreendedorismo,
produção, gravação, pedagogia e docência

• Os conceitos de global- e glocalização e o impacto na con-


sideração de gêneros, estilos, e idiomas musicais

Considerações finais

• Em geral, foi considerado pelo grupo que o ensino de perfor-


mance pode ser considerado como ensino de um conjunto de
processos criativos

• Com intenção de contribuir para a conversa sobre a área em


âmbito internacional, a importância de tradução para outros
idiomas de pesquisas feitas no Brasil foi mencionada

• Começamos a imaginar um curso de performance transdiscipli-


nar. Foram sugeridos algumas disciplinas e estruturas, e foi
contemplada a ideia de montar uma lista atualizada de
referências pertinentes da pesquisa da área. Pretendemos dar
andamento a esse processo.

Referências

COOK, Nicholas (tradução: Fausto Borém). Entre o processo e o


produto: música e/enquanto performance. Per Musi, Belo Hori-
zonte, n.14, p.05-22, 2006.

Rink, John, Analise e(ou) performance, in Zélia Chueke (trad.


et org.), Leitura, escuta e interpretação, Curitiba, Editora
UFPR, p.17-48, 2007.