Você está na página 1de 14

]ESTADO DE PERNAMBUCO

POLÍCIA MILITAR
QUARTEL DO COMANDO GERAL

SEGUNDA-FEIRA - RECIFE, 19 DE JUNHO DE 2017 - BG Nº A 1.0.00.0 114


____________________________________________________________________________________

BOLETIM GERAL
POLÍCIA MILITAR COMEMORA 192 ANOS DE HISTÓRIA COM 41ª
CORRIDA GUARARAPES

E o dia do 192º aniversário da Polícia Militar de Pernambuco começou com muita música e
aquecimento para a 41ª Corrida Guararapes. A corrida que teve largada no Quartel do Comando Geral, no Derby,
foi de 5km e 10km. Mais de 800 pessoas participaram do evento, inclusive o Comandante Geral da Corporação,
coronel Vanildo Maranhão. O primeiro colocado geral Gleison da Silva completou a prova dos 10km em 31'23'',
seguido de Jair José da Silva aos 31'25'' e do terceiro colocado Cícero Vieira Rocha que completou a prova em
32'09''. Confira abaixo a classificação.
PMS PRIMEIROS COLOCADOS
5 KM MASCULINO 5 KM MASCULINO
1º – JADSON DOUGLAS FARIAS (16'49'') 1º – JORGE LUIZ
2º – WELLINGTON FIGUEIREDO (18'06'') 2º - ANDRÉ MEDEIROS
3º – ARNALDO NETO (18'32'') 3º – ALAN CARLOS

10 KM MASCULINO 10 KM MASCULINO
1º – GLEISON DA SILVA (31'23'') 1º – AIRTON ALVES
2º – JAIR JOSÉ DA SILVA (31'25'') 2º – JOSEMIR GADELHA
3º – CÍCERO VIEIRA ROCHA (32'09'') 3º – JONATA JOSÉ

5 KM FEMININO 5 KM FEMININO
1º – JULIANA BALDER (20'07'') 1º – ADRIANA KÉCIA
2º – MARIA DA CONCEIÇÃO FELICIANO (22'43'') 2º – LEILIANE MOURA
3º – SILVANIA BERNARDINO (22'37'') 3º – EDIJANE TOMAZ

10 KM FEMININO 10 KM FEMININO
1º – MARY EMANNUELA DA COSTA (37'31'') 1º – MILENA BEZERRA
2º – SANDRA MARIA ALEXANDRE (39'44'') 2º – SUSYANE NUNES
3º – ROSEM MAYARA VIEIRA (43'15'') 3º – JASSYLENE CORDEIRO

Fonte: Site da PMPE

QUARTEL DO COMANDO GERAL DA PMPE


Praça do Derby s/nº , Derby, Recife-PE CEP 52.010-140 Fones (081) 3181-1320, Fax 3181-1002,
E-mail pmpe_acg@yahoo.com.br ou pmpeacg@bol.com.br
“Nossa presença, sua Segurança!”
02 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

Para conhecimento desta PM e devida execução, público o seguinte:

1ª P A R T E
I – Serviços Diários

Para o dia 19 (SEGUNDA-FEIRA)

COORDENADOR DE OPERAÇÕES – Maj PM Hugo BPRp

Fone: 98740-2155

SUPERVISOR ADMINISTRATIVO AO QCG - Ten PM Omar CSM/MB

GUARDA – A CARGO DO BPGd

2ª P A R T E
II – Instrução

1.0.0. CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DE ADMINISTRAÇÃO (CFOA-PM/2017)

1.1.0. Homologação de Inscrição de Impetrantes (Decisão Judicial)

Os policiais militares, abaixo relacionados, obtiveram na justiça, o direito de serem inscritos


no processo seletivo interno do Curso de Formação de Oficiais de Administração – CFOA/17,
estabelecido através da Portaria do Comando Geral nº 055/DEIP, de 31JAN17, publicado no aditamento
ao BG nº 022, de 31 de janeiro de 2017, pelo critério de Merecimento. Em cumprimento à Decisão
Judicial, suas inscrições foram homologadas, conforme Decisão Judicial da Comarca de Surubim, de
20MAI17; Decisão Judicial da Comarca de Surubim, de 09MAI17; Decisão Interlocutória, Ofícios nº
058 e 059 – GDASMJ, de 19MAI17; SIC/Contencioso nº 216/17-DEAJA, de 25MAI17; Decisão
Judicial do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública da Capital, de 18MAI17; Decisão Judicial da
Comarca de Goiana, de 19MAI17; Decisão Judicial do 4º Juizado Especial da Fazenda Pública da
Capital, de 19MAI17.

Grad. Mat. Nome OME Processo


2º Sgt 107601-9 Diogenis Sangiorgy de Sá Andrade CPO 0000440-10.2017.8.17.3410
2º Sgt 106819-9 Dannuzio Sangiorgy de Sá Andrade CEMATA 0000440-10.2017.8.17.3410
2º Sgt 104629-2 Marcos Antônio Valério Cabral 6º BPM 0000388-14.2017.8.17.3410
2º Sgt 104726-4 Mauricio Simões da Silva Filho CMH MS-0476070-5
2º Sgt 950774-4 Jose Fernando de Assis DGP-7 0002212-53.2017.8.17.0000
2º Sgt 028044-5 Selma Maria da Silva Fragoso CFARM 0015287-97.2017.8.17.8201
2º Sgt 103351-4 Ricardo Apolinário da Silva COPOM/DIM 0015287-97.2017.8.17.8201
BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114 03
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

2º Sgt 22595-9 Wellesson Ramos Epifanio 3ª CIPM 0000816-80.2017.8.17.2218


2º Sgt 990144-2 Francisco Rosa de Assis 16º BPM 0004482-16.2017.8.17.9000
1º Sgt 940736-7 Marcio Antônio Ferreira CMH 0019033-70.2017.8.17.8201
2º Sgt 104124-0 Margarete Maria da Silva CORREG 0017675-70.2017.8.17.8201
(Nota nº 082/2017/SRSEL).

Os policiais militares, abaixo relacionados, obtiveram na justiça, o direito de serem


inscritos no processo seletivo interno do Curso de Formação de Oficiais de Administração – CFOA/17,
estabelecido através da Portaria do Comando Geral nº 055/DEIP, de 31JAN17, publicado no aditamento
ao BG nº 022, de 31 de janeiro de 2017, pelo critério de Merecimento. Em cumprimento à Decisão
Judicial, sua inscrição foi homologada, conforme Decisão Judicial da Comarca de Surubim, de
09MAI17; Decisão Judicial do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública da Capital, de 18MAI17.

Grad. Mat. Nome OME Processo


2º Sgt 107718-0 Josinaldo Felipe dos Santos 22º BPM 0000388-14.2017.8.17.3410
2º Sgt 103343-3 Abraão Gama Da Silva DIM/COPOM 0015287-97.2017.8.17.8201

1.1.1. AS OMEs Deverão informar por meio de ofício à SRSEL/DEIP, se os policiais,


atendem as “Condições Essenciais” contantes no item 4.2 da Portaria, acima citada, com exceção da
alínea “c” do sobredito edital.

1.1.2. É oportuno destacar que os referidos candidatos deixaram de cumprir o ítem 2.1 da
Portaria 055 (DA INSCRIÇÃO), sendo requisito essencial para participação no certame. (Nota nº
083/2017/SRSEL).

O policial militar, abaixo relacionado, obteve na justiça, o direito de ser inscrito no processo
seletivo interno do Curso de Formação de Oficiais de Administração – CFOA/17, estabelecido através
da Portaria do Comando Geral nº 055/DEIP, de 31JAN17, publicado no aditamento ao BG nº 022, de 31
de janeiro de 2017, pelo critério de Merecimento. Em cumprimento à Decisão Judicial, sua inscrição foi
homologada, conforme Decisão Interlocutória do TJPE, de 20/05/17 e SIC/Contencioso nº 219/17 -
DEAJA, de 26MAI17;

Grad. Mat. Nome OME Processo


2º Sgt 1063901 João Batista Brito de Albuquerque 14º BPM MS – 0475981-9

1.1.1. É oportuno destacar que até a data de 07 de abril de 2017, prazo final para o
recebimento da inscrição, o candidato possuía apenas a graduação de 3º sargento PM, logo, não
satisfazia o constante no item 4.2, alínea “a” das normas editalícias, qual seja, possuir a graduação de 2º
ou 1º sargento, ou subtenente, inclusive não sendo portador de curso superior, no ato da inscrição,
conforme o item 4.2, alínea “c” do sobredito edital.

1.1.2. A OME Deverá informar por meio de ofício à SRSEL/DEIP, se o policial, atende as
“Condições Essenciais” contantes no item 4.2 da Portaria, acima citada, com exceção da alínea “c” do
sobredito edital. (Nota nº 084/2017/SRSEL).
04 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

O policial militar, abaixo relacionado, obteve na justiça, o direito de ser inscrito no processo
seletivo interno do Curso de Formação de Oficiais de Administração – CFOA/17, estabelecido através
da Portaria do Comando Geral nº 055/DEIP, de 31JAN17, publicado no aditamento ao BG nº 022, de 31
de janeiro de 2017, pelo critério de Merecimento. Em cumprimento à Decisão Judicial, sua inscrição foi
homologada, conforme Decisão Interlocutória do TJPE, de 20/05/17;

Grad. Mat. Nome OME Processo


2º Sgt 1056190 Edmar Pereira da Silva Filho 7º BPM MS – 0476210-9

1.1.1. É oportuno destacar que até a data de 07 de abril de 2017, prazo final para o
recebimento da inscrição, o candidato possuía apenas a graduação de 3º sargento PM, logo, não
satisfazia o constante no item 4.2, alínea “a” das normas editalícias, qual seja, possuir a graduação de 2º
ou 1º sargento, ou subtenente, inclusive não sendo portador de curso superior, no ato da inscrição,
conforme o item 4.2, alínea “c” do sobredito edital.

1.1.2. A OME Deverá informar por meio de ofício à SRSEL/DEIP, se o policial, atende as
“Condições Essenciais” contantes no item 4.2 da Portaria, acima citada, com exceção da alínea “c” do
sobredito edital. (Nota nº 085/2017/SRSEL).

O policial militar, abaixo relacionado, obteve na justiça, o direito de ser inscrito no processo
seletivo interno do Curso de Formação de Oficiais de Administração – CFOA/17, estabelecido através
da Portaria do Comando Geral nº 055/DEIP, de 31JAN17, publicado no aditamento ao BG nº 022, de 31
de janeiro de 2017, pelo critério de Merecimento. Em cumprimento à Decisão Judicial, sua inscrição foi
homologada, conforme Decisão Interlocutória da Comarca de Jaboatão dos Guararapes, de 18/05/17;
Grad. Mat. Nome OME Processo
2º Sgt 1062859 Luciano da Silva Barros DASDH 0004652-31.2017.8.17.2810

1.1.1. É oportuno destacar que até a data de 07 de abril de 2017, prazo final para o
recebimento da inscrição, o candidato possuía apenas a graduação de 3º sargento PM, logo, não
satisfazia o constante no item 4.2, alínea “a” das normas editalícias, qual seja, possuir a graduação de 2º
ou 1º sargento, ou subtenente, inclusive deixou de cumprir o ítem 2.1 da Portaria 055 (DA
INSCRIÇÃO), sendo requisito essencial para participação no certame.

1.1.2. A OME Deverá informar por meio de ofício à SRSEL/DEIP, se o policial, atende as
“Condições Essenciais” contantes no item 4.2 da Portaria, acima citada. (Nota nº 086/2017/SRSEL).

3ª P A R T E
III – Assuntos Gerais e Administrativo
1.0.0. ALTERAÇÃO DE OFICIAL

1.1.0. Férias – Concessão


Concedo, a contar de 26 de junho de 2017, 30 (trinta) dias das férias regulamentares relativas
ao ano de 2016, ao Cel QOPM Mat. 2030-3, José Ailton Teles da Silva - Diretor Integrado do Interior II,
com permissão para gozo em trânsito neste país, devendo se apresentar de retorno no dia 26/07/2017.
BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114 05
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

Em consequência passa a responder pela DINTER II o Cel QOPM Mat. 2046-0, Valme
Zeferino de Souza, cumulativamente com as funções que já exerce. (Nota nº 034/2017/QCG).

2.0.0. ALTERAÇÃO DE CIVIL

2.1.0. Requerimentos Despachados

Josinaldo Carlos da Silva impetrou requerimento administrativo - SIGEPE nº 5671359-


0/2016, no qual pleiteia anulação do ato Administrativo que o licenciou a pedido, em virtude de não ter
sido publicado em Diário Oficial do Estado e a consequente reinclusão na PMPE.

A Procuradoria Geral do Estado, por sua vez, por meio do Parecer nº 390/2009, de 1º de
setembro de 2009, manifestou-se pela legalidade da publicação em Boletim Geral da PMPE e concluiu:
(…) revisando o entendimento encampado no Encaminhamento nº 167/2001 e no
Parecer nº 2.213/1999, perfilhamos a tese de que os atos de desligamento publicados
apenas no Boletim Geral da PMPE, estando em consonância com o disposto no Art.83,
Parágrafo Único, da Lei Estadual nº 6.783/1974, são válidos e eficazes. Aplicando
esse entendimento ao caso em apreço, opinamos pelo indeferimento do pleito de
reingresso formulado pelo ex-policial militar (…). (sic.art.87,PÚ).

Embora alegue que foi excluído ex-officio da Corporação sem processo administrativo
regular, consta anexada ao presente requerimento a publicação em Boletim Geral do deferimento de
Licenciamento a pedido, o que diverge da documentação acostada aos autos.

Com efeito, a matéria já foi apreciada pela Procuradoria Geral do Estado, além disso o
licenciamento a pedido do ex-militar ocorreu no ano de 1992, conforme fez publico o Boletim Geral
PMPE nº 131, de 17 de julho de 1992, em consonância ao que dispõe o Art. 109, inciso I, da Lei nº
6.783/74, tendo seu pleito sido alcançado pela prescrição quinquenal na forma do Decreto nº.
20910/1932, pois não configura pena disciplinar, mostrando-se o pedido incongruente aos fatos
comprovados.

Diante do exposto e face ao Encaminhamento/Consultiva nº 035/2017-DEAJA, de 02 de


fevereiro de 2017: - Indefiro o pleito. (Nota nº 038/2017/DGP-8/S.Cart.).

--oo(0)oo--

Aldo Zeferino de Lima impetrou requerimento administrativo - SIGEPE nº 5617444-4/2017


e 5731753-4/2016, no qual pleiteia anulação do ato Administrativo que o licenciou a pedido, em virtude
de não ter sido publicado em Diário Oficial do Estado e a consequente reinclusão na PMPE.

A Procuradoria Geral do Estado, por sua vez, por meio do Parecer nº 390/2009, de 1º de
setembro de 2009, manifestou-se pela legalidade da publicação em Boletim Geral da PMPE e concluiu:

(…) revisando o entendimento encampado no Encaminhamento nº 167/2001 e no


Parecer nº 2.213/1999, perfilhamos a tese de que os atos de desligamento publicados
apenas no Boletim Geral da PMPE, estando em consonância com o disposto no Art.83,
Parágrafo Único, da Lei Estadual nº 6.783/1974, são válidos e eficazes. Aplicando
esse entendimento ao caso em apreço, opinamos pelo indeferimento do pleito de
reingresso formulado pelo ex-policial militar (…). (sic.art.87,PÚ).
06 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

Embora alegue que foi excluído ex-officio da Corporação sem processo administrativo
regular, consta anexada ao presente requerimento a publicação em Boletim Geral do deferimento de
Licenciamento a pedido, o que diverge da documentação acostada aos autos.

Com efeito, a matéria já foi apreciada pela Procuradoria Geral do Estado, além disso o
licenciamento a pedido do ex-militar ocorreu no ano de 1995, conforme fez publico o Boletim Geral
PMPE nº 197, de 19 de outubro de 1995, em consonância ao que dispõe o Art. 109, inciso I, da Lei nº
6.783/74, tendo seu pleito sido alcançado pela prescrição quinquenal na forma do Decreto nº.
20910/1932, pois não configura pena disciplinar, mostrando-se o pedido incongruente aos fatos
comprovados.

Diante do exposto e face ao Encaminhamento/Consultiva nº 047/2017-DEAJA, de 13 de


fevereiro de 2017: - Indefiro o pleito. (Nota nº 038/2017/DGP-8/S.Cart.).

3.0.0. TRANSCRIÇÃO DE PORTARIAS

3.1.0. Da Secretaria de Defesa Social

Nº 3091, de 15/06/2017

O Secretário de Defesa Social, no uso de suas atribuições, e atendendo proposta do


Comandante Geral da PMPE,

R E S O L V E:

I - Dispensar o TC PM Jamerson Pereira de Lira, matrícula nº 940198-9, da Gratificação por


Encargo de Comando, símbolo GEC, do BEPI, da Polícia Militar de Pernambuco/SDS, face ao contido
no Art 2º da Lei nº 16.058, de 06 de junho de 2017, que incluiu o Art 6º-A na Lei 13.487 de 1º de junho
de 2008.

II – Retroagir os efeitos desta Portaria ao dia 01/06/2017.

--oo(0)oo--

Nº 3092, de 15/06/2017

O Secretário de Defesa Social, no uso de suas atribuições, e atendendo proposta do


Comandante Geral da PMPE,

R E S O L V E:

I - Dispensar o Maj PM Hilberto Batista de Oliveira Neto, matrícula nº 940684-0, da


Gratificação por Encargo de Subcomando, símbolo GEC-2, do BEPI, da Polícia Militar de
Pernambuco/SDS, face ao contido no Art 2º da Lei nº 16.058, de 06 de junho de 2017, que incluiu o Art
6º-A na Lei 13.487 de 1º de junho de 2008.

II – Retroagir os efeitos desta Portaria ao dia 01/06/2017. Angelo Fernandes Gioia -


Secretário de Defesa Social.

(Transcritas do BG SDS nº 111, de 15 JUN 2017)


BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114 07
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

3.2.0. Da Secretaria Executiva de Gestão Integrada

Nº 3093, de 15/06/2017

Constitui Comissão Patrimonial de Desfazimento

O Secretário Executivo de Gestão Integrada, no uso das atribuições que lhe foram delegadas
pelo Titular desta Secretaria de Defesa Social, conforme Portaria nº 3841/2016, publicada no Boletim
Geral desta Secretaria de Defesa Social nº 205, de 02/11/2016 e, considerando o disposto na Portaria
SAD/PE nº 505, de 14 de fevereiro de 2017;

Considerando a necessidade de identificar e avaliar os bens móveis inservíveis da Secretaria


de Defesa Social do Estado de Pernambuco;

Considerando que os bens, após perderem sua utilidade para o serviço público estadual,
podem ser revertidos em recursos financeiros para o tesouro ou doados para outras unidades federativas,
entidades filantrópicas ou educativas, sem fins lucrativos.

R E S O L V E:

Art. 1º. Fica instituída, no âmbito da Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco,
Comissão Patrimonial de Desfazimento de Móveis Inservíveis, constituída pelos seguintes servidores,
sob a coordenação do primeiro:

I – Edilson de Assis Silva, 1º Sargento da Policia Militar de Pernambuco, matrícula nº


22645-9;

II – João Bosco Cavalcanti, Tenente, matrícula n° 367590-4;

III – Edécio Luna de Araújo, 1º Sargento da Polícia Militar de Pernambuco, matrícula nº


950274-2;

Art. 2º. Compete à Comissão Patrimonial de Desfazimento de Bens Móveis Inservíveis:

I – relacionar os bens móveis inservíveis;

II – remover as etiquetas patrimoniais e adesivos institucionais dos bens móveis e


encaminhá-los para descarte;

III – avaliar e atestar as condições dos bens móveis quanto à inservibilidade;

VI - recomendar a destinação dos bens móveis avaliados; e

V - elaborar Relatório de Bens Móveis Inservíveis – RBMI (Anexo I) ou Relatório de


Veículo Inservível – RVI (Anexo II), contendo, no mínimo: período total de execução dos serviços,
qualificação da Comissão, relação de bens com valor, estado de conservação, tipo de inservibilidade,
fotos, assinatura da Comissão e data de conclusão do Relatório. José Cavalcanti Carlos Júnior -
Secretário Executivo de Gestão Integrada

(Transcrita do BG SDS nº 111, de 15 JUN 2017)


08 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

3.3.0. Da Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco

A Diretora-Presidente.

R E S O L V E:

Publicar a Portaria nº 3908 de Retificação de Aposentadoria, Transferência para Reserva


Remunerada e Reforma dos Militares, que se encontra disponível, na íntegra, no endereço eletrônico
www.funape.pe.gov.br.

--oo(0)oo--

A Diretora-Presidente.

R E S O L V E:

Publicar a Portaria nº 3994 de Retificação de Aposentadoria, Transferência para Reserva


Remunerada e Reforma dos Militares, que se encontra disponível, na íntegra, no endereço eletrônico
www.funape.pe.gov.br. Tatiana de Lima Nóbrega - Diretora-Presidente.

(Transcritas do DOE nº 111, de 15 JUN 2017)

4.0.0. PORTARIAS DO COMANDO GERAL

Nº 346, de 13 JUN 2017

Determina abertura de Processo Administrativo de Aplicação de Penalidade (PAAP)


para averiguação de inexecução contratual por parte de Empresa Contratada da PMPE,
designa Comissão para condução do Processo e Autoridades para aplicação de
possíveis Sanções Administrativas

O Comandante Geral no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 101 do
Regulamento Geral da PMPE, aprovado por meio do Decreto Estadual nº 17.589, de 16 de junho de
1994, e em observância ao disposto na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, na Lei Federal nº
10.520, de 17 de julho de 2002 e no Decreto Estadual nº 42.191, de 1º de outubro de 2015.

R E S O L V E:

I – Determinar, com base no Artigo 23 do Decreto Estadual nº 42.191/15, a Abertura de


Processo Apuratório para averiguar possíveis faltas cometidas pela Empresa HML COMERCIAL
LTDA-ME na execução do Contrato formalizado por meio da Nota de Empenho nº 00408/2017,
celebrado com a Polícia Militar de Pernambuco, cujo objeto se refere à Aquisição de Colchões para o
Centro de Reeducação da PMPE / CREED.

II – Designar para condução do Processo em questão a comissão composta pelos Militares


do Estado abaixo relacionados:

Posto/Grad. Matrícula Nome Função


Ten Cel PM 1988-7 Petrônio Araújo Gonçalves Ferreira Filho Presidente
BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114 09
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

SGT PM 25843-1 José Natanael Gomes do Nascimento Membro


SGT PM 30028-4 JOSEILDO COSME MELO Membro

III - A comissão designada efetuará a intimação da Contratada, bem como todas as


diligências que se fizerem necessárias à demonstração do cometimento ou não de Falta que possa
caracterizar inexecução dos termos contratuais, devendo ao final, emitir Relatório opinando pela
aplicação de sanção administrativa ou pelo arquivamento do Processo, nos moldes previstos no Decreto
nº 42.191/15.

IV – Com lastro no que dispõe o Parágrafo Único do Artigo 19 do Decreto 42.191/15, fica
delegada competência ao Diretor Geral de Administração da PMPE para aplicação da Sanção de Multa,
e ao Subcomandante Geral da Corporação para aplicação da Sanção de Impedimento de Licitar e
Contratar com a Administração e de Descredenciamento do Sistema de Cadastro de Fornecedores do
Estado de Pernambuco, se vier a ser o caso.

V - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

VI - Publique-se em Boletim Geral da Corporação. Vanildo Neves de Albuquerque


Maranhão Neto – Cel PM Comandante Geral.

--oo(0)oo--

Nº 349, de 16 JUN 2017


Revoga Portarias do Comando-Geral que designou Oficiais para confecção de
Procedimentos Operacionais Padrão.
O Comandante-Geral, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo inciso I e III do
art. 101 do Regulamento Geral da Polícia Militar de Pernambuco, aprovado por meio do Decreto nº
17.589, de 16 de junho de 1994;
Considerando que por questões de ordem administrativa, não foi possível iniciar a
confecção, conclusão e/ou entrega de alguns Procedimentos Operacionais Padrão,

R E S O L V E:
Art. 1º Revogar as seguintes Portarias do Comando Geral:

I - nº 198, de 14 de maio de 2015, publicada no BG nº 090, de 18 de maio de 2015;

II - nº 450, de 4 de setembro de 2015, publicada no BG nº 170, de 10 de setembro de 2015;

III - nº 289, de 22 de junho de 2015, publicada no BG nº 119, de 29 de junho de 2015;

IV - nº 314, de 03 julho de 2015, publicada no BG nº 134, de 21 de julho de 2015;

V - nº 288, de 22 de junho de 2015, publicada no BG nº 119 de 29 de junho de 2015;

VI - nº 373, de 30 de julho de 2015, publicada no BG nº 143 de 03 de agosto de 2015;


10 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

VII - nº 403, de 12 de agosto de 2015, publicada no BG nº 152 de 14 de agosto de 2015;

VIII - nº 569, de 18 de novembro de 2015, publicada no BG nº 219 de 23 de novembro de


2015;

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor a contar da data de sua publicação. Vanildo N. de A.
Maranhão Neto – Cel QOPM Comandante-Geral.

5.0.0. CENTRO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

5.1.0. Hotel de Trânsito da PMPE

O Centro de Assistência Social – CAS/ PMPE, visando normatizar o acesso do efetivo que
solicita reserva para hospedagem no Hotel de Trânsito da PMPE, sobretudo os contribuintes lotados fora
da região metropolitana, exclusivamente em ato de serviço, informa a todo efetivo, que tais solicitações
deverão ser feitas com 08 (oito) dias de antecedência, através de Ofício endereçado à Chefia do CAS
fisicamente e através do e-mail ajudanciacas@hotmail.com.

O efetivo que NÃO É contribuinte, deverá proceder o(s) pagamento(s) de sua(s) diária(s),
conforme Portaria do Comando Geral nº 929, de 07 NOV 2012, publicada no BG nº 2013, de 08 NOV
2012.

Os casos omissos serão analisados e dirimidos pela Chefia e/ou Gerência do HTPM. (Nota nº
006/2017/CAS).

6.0.0. 8ª SEÇÃO DO ESTADO-MAIOR GERAL

6.1.0. Determinação

Determino aos Diretores, Chefes e Comandantes que sugiram temas para os Procedimentos
Operacionais Padrão (POP) e para os Guias de Procedimentos Administrativos (GPA),
impreterivelmente, até o dia 26JUN2017, através do link de cadastramento disponível na página inicial
da PMPE na internet, na parte LEGISLAÇÃO E DOUTRINA. As diretorias Operacionais (DIM,
DIRESP, DINTER I e DINTER II), deverão reunir as informações das OMEs subordinadas e realizar a
implantação dos dados no formulário.

Todos os setores deverão sugerir, no mínimo 01 (um) tema voltado para a área operacional e
01 (um) tema para a área administrativa, excluindo os temas abaixo relacionados, que já foram
levantados pela DEIP:

DIRETORIA DE FINANÇAS
1. Criação de uma metodologia para produzir uma fórmula para cálculo das diárias (parcial e integral)
estabelecendo tecnicamente e cientificamente uma rotina para as OMEs.

DIRETORIA DE APOIO AO SISTEMA DE SAÚDE


2. Terceirização de serviços administrativos;
3. Guarda Patrimonial em serviços administrativos;
4. Criação de um quadro de saúde de praças e expansão do quadro de oficiais no que tange às áreas;
5. Convênios com entidades educacionais para fins de colaboração ao Sistema de Saúde.
BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114 11
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

DIRETORIA DE TECNOLOGIA
6. Criação do Centro de Treinamento de Tiro;
7. Criação do Centro de Treinamento de Viaturas Policiais;
8. Desconcentração do suprimento de intendência;
9. Transformação do CIPOMA em BPA (Batalhão de Polícia Ambiental);
10. Proposta de Manual de Comunicação Social;
11. Proposta de Articulação e Matriz organizacional;
12. Proposta de implantação da rede de rádio digital para todo o Estado;
13. Reforma do CDME;
14. Proposta de RISG para a PMPE;
15. Definição do Perfil Profissiográfico do militar da PMPE;
16. Plano de Recompletamento de efetivo;
17. Consolidação da Legislação de remuneração;
18. Criação do Quadro Complementar de Oficiais (administração, direito, ciências contábeis,
engenharia, arquitetura, enfermagem, educação física, psicologia, nutrição, analista de sistema)
19. Proposta de indicadores de capacidade, eficiência e produtividade para a atividade meio;
20. Rádio digital X 4G – Uma solução para as comunicações na PMPE;
21. Alocação de novos policiais recém formados nas OMEs (saturação x dispersão);
22. Atuação do serviço social nos serviços de saúde;
23. Programa de atenção integral a saúde do policial militar;
24. Programa de saúde do diabético;
25. Prevalência de substâncias psicoativas em policias militares;
26. Assédio moral e suas implicações na saúde mental;
27. Política de saúde baseado em evidências;
28. O stress no policial militar e o impacto na vida profissional e familiar;
29. As atividades múltiplas do profissional de saúde militar;
30. Síndrome metabólica na Polícia Militar;
31. Atuação e ações da equipe de enfermagem das Corporações Militares;
32. Atuação do farmacêutico nos hospitais militares 33 suicídio; prevenção e cuidados;
34. Experiência de centros de reabilitação nas instituições militares;
35. Programas de saúde mental em unidades da PMPE;
36. Obesidade e o serviço militar – controle nutricional;
37. Junta Médica Militar: aspectos psiquiátricos, ortopédicos e cardiológicos;
38. Distúrbios do sono – impacto na saúde do PM;
39. Violência doméstica contra a mulher;
40. Violência no ambiente doméstico contra os filhos por policiais militares;
41. O aumento das psicopatologias entre os policiais militares;
42. Fundo de atendimento a saúde dos usuários como instrumento de natureza patrimonial e contábil.

DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS


43. Suspensão da pena administrativa disciplinar após a interposição de recursos; entendimentos
divergentes entre a Lei 11.817/00 e a Lei Federal 9.784/99, quanto aos efeitos do recurso;
44. O recurso administrativo disciplinar de representação conforme a Lei estadual nº 11.817/00:
ausência de prazo de interposição e ambiguidade quanto a condição do impetrante;
45. O emprego dos policiais Militares, que passaram para a Reserva Remunerada, com expertise na área
de gestão de pessoas, exclusivamente, nas atividades meio da corporação;
46. A valorização profissional dos policiais militares, através da meritocracia;
47. A necessidade da criação de uma ouvidoria, no âmbito da PMPE;
48. A importância dos cursos de capacitação, e a precípua necessidade de sua periodicidade;
12 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

49. Qual instituição mais antiga em Pernambuco: Polícia Militar ou Polícia Civil?;
50. Considerando o caráter contributivo de Previdência Social surgido com a promulgação da CF 88, a
regra do art. 89, parágrafo 2, da Lei nº 6.786/74 – Estatuto da PMPE, que impede a aposentadoria a
pedido, por tempo de contribuição, ao militar estadual que responde processo administrativo ou
judicial em qualquer esfera e qualquer natureza, ou cumpre pena de qualquer natureza, tem
semelhança de tratamento em outras categorias de serviço público?;
51. Necessidade de concurso para servidores públicos civis da PMPE;
52. Aposentadoria dos servidores públicos civis da PMPE e os impactos da reforma da previdência.

DIRETORIA DE APOIO LOGÍSTICO


53. Extravio de armas cargas da PMPE: Relação entre Portaria do Comando Geral nº 012/2008 –
publicada no SUNOR nº 27/2008 e o Código Penal Militar Art. 265;
54. Relação de custo e benefício: Viatura Locada X Viatura Carga;
55. Sinistro com viaturas e a complexidade da legislação aplicada às viaturas locadas e a viaturas cargas,
respectivamente a Apuração Sumária, Inquérito Técnico e Sindicância, consoante a Portaria do
Comando Geral nº 144/2013 – Publicada no SUNOR nº 018/2013 e Instrução e Serviços Internos
nº 151 – nº001/2014, RAE – Regulamento de Administração do Exército, NARMNT – Normas
Administrativas Relativas a Manutenção, Portarias da SAD – Secretaria de Administração do
Estado de Pernambuco relativo a sinistro com viaturas;
56. Adequação Interna à PMPE da Portaria nº 505/2017/SAD e 152/2016/SEFAZ relativas ao modal de
inclusão/exclusão de bens móveis;
57. Desburocratização do Processo de Aquisição de armar particulares junto ao Exército Brasileiro;
58. Legalização das Armas apreendidas/ Doadas pela Justiça às Polícias;
59. Assingelar e facilitar o processo de aquisição de armas Particulares dos Militares da reserva;
60. Sugiro um projeto de interligação das OMEs com a DAL e DGA, de modo a disponibilizar os
estoques dos Almoxarifados e a situação da RMB e STC, em tempo real, via web, a fim de
subsidiar, o planejamento dessas Diretorias;
61. Sugiro um estudo monográfico que vise a criação de um setor (órgão) vinculado à Diretoria de
Apoio Logístico a fim de cumprir o que preconiza a Lei nº 13.399, de 03 de março de 2008, no que
concerne a autorização, fiscalização e controle do comércio de uniformes, fardas, distintivos e
insígnias da PMPE pelo critério de venda direta. Tal projeto vislumbra desde Organização Básica
do Órgão (efetivo, estrutura e especificidades) à sua viabilização técnica em nível de projeto;
62. Sugiro um estudo a cerca da possibilidade da DAL-2 cadastrar através de um sistema informatizado
todos os patrimônios da PMPE e com isso substituir as plaquetas de metal por etiquetas de papel a
fim de diminuir o gasto com a compra desse material, procedimento esse adotado por outros órgãos
públicos, dentre eles o Corpo de Bombeiros;
63. Interligação informatizada dos almoxarifados das OMEs com o CSM/Int.

AJUDÂNCIA GERAL
64. A vulnerabilidade do Quartel do Comando Geral, ante a área fluvial;
65. Quartel do Comando Geral da PMPE: A importância da delimitação de área militar.

DIRETORIA DE APOIO GERAL


66. Código de Administração da Polícia Militar.

1ª SEÇÃO DO EMG
67. Procedimentos com arma de fogo;
68. Patrulha do Bairro com 02 Policiais;
69. Atuação sobre arrombamento de caixas eletrônicos e bancos;
BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114 13
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

70. Procedimentos utilizados no dia a dia pelas especializadas;


71. Procedimento quanto a paralisação de policiais;
72. Abordagem de transporte coletivo;
73. Emprego de armas menos letais;
74. Emprego de gás não letais;
75. Procedimento e composição de pelotão de Choque nas OMEs;
76. Normatização do procedimento de escolta, condução e custódia de detentos;
77. Emprego de tonfa;
78. Utilização de dispositivo luminoso e sonoro nas Vts da PMPE;
79. Ocorrência envolvendo armas de fogo;
80. Atuação do policial frente aos grupos vulneráveis (LGBT, Surdo/mudo, mulheres, idosos, crianças e
adolescentes, profissional do sexo dentro outros);
81. Procedimento para pagamento de diárias;
82. Procedimentos dos trâmites quanto o ato de prisão em flagrante delito no âmbito da PMPE. 83.
Técnicas de Abordagem x Letalidade PM;
84. Gerenciamento de Crises x Mídia;
85. Ocorrências policiais e o apoio institucional x motivação policial;
86. Uso do colete balístico e compleição física, conforto ou necessidade?;
87. A importância das intervenções preventivas sociais pelas OMEs da Corporação, no controle do
CVLI e CVP do PPV;
88. Lei de Promoções na PMPE;
89. Regionalização do Centro de Suprimento de Intendência;
90. Organização do cronograma anual das atividades administrativas e operacionais da Corporação;
91. Criação de um mecanismo para calcular a quantidade de diárias por OME, nivelando conhecimento
e dando caráter técnico. (Nota nº 003/2017-8ª EMG).

4ª P A R T E

IV – Justiça e Disciplina

1.0.0. JUSTIÇA COMUM

1.1.0. Recolhimento ao CREED - Comunicação

Comunicou o Diretor do Centro de Reeducação da PMPE, por meio do Ofício nº 059/2017 –


DPJ, de 23 FEV 2017, que os policiais militares: Sd PM Mat. 116.482-1/6º BPM, JOSÉ FELIPE DA
SILVA e Sd PM Mat. 118087-8/6º BPM, VICTOR LUIZ RIBEIRO, acusados da prática de crimes
tipificados no Art. 305 e 308, § 1º, c/c o Art. 9º, Inciso II, alínea “c”, todos do Código Penal Militar,
foram recolhidos naquele Centro, no dia 17 FEV 2017, em cumprimento aos Mandados de Prisões
Preventivas nº 2017.0767.00468, respectivamente, de 17 FEV 2017, oriundos da Central de Flagrantes
do Recife/PE. (Nota nº 013/2017/DGP-8/S.Cart.).
14 BOLETIM GERAL Nº A 1.0.00.0 114
19 DE JUNHO DE 2017
_____________________________________________________________________________________

MARINEZ FERREIRA LINS DA SILVA - CEL QOPM


Ajudante Geral

C O N F E R E:

MENSAGEM BÍBLICA

O profeta que tem um sonho conte o sonho; e aquele que tem a minha palavra, fale a minha
palavra com verdade. Que tem a palha com o trigo? diz o Senhor. (Jeremias 23:28)

Você também pode gostar