Você está na página 1de 4

995265692

1-Um bloco de 600 g de prata, inicialmente a 20 °C, é aquecido até


70 °C, ao receber 1 680 calorias. Determine:
a) a capacidade térmica desse bloco de prata;
b) o calor específico da prata.

Determine as capacidades térmicas de X e Y e, também, os calores


específicos das substâncias que os constituem.
2-Considere duas amostras, X e Y, de materiais distintos, sendo a

massa de X igual a quatro vezes a massa de Y. As amostras foram

colocadas em um calorímetro e, após o sistema atingir o equilíbrio

térmico, determinou-se que a capacidade térmica de X corresponde ao

dobro da capacidade térmica de Y. Admita que cX e cY sejam os

calores específicos, respectivamente, de X e Y.

4-Uma garrafa térmica contém água a 60 °C. O conjunto garrafa


térmica + água possui capacidade térmica igual a 80 cal/°C. O sistema é
3-Considere X e Y dois corpos homogêneos, constituídos por colocado sobre uma mesa e após algum tempo sua temperatura diminui
substâncias distintas, cujas massas correspondem, respectivamente, a para 55 °C. Qual foi a perda de energia térmica para o ambiente nesse
20 g e 10 g. O gráfico abaixo mostra as variações da temperatura intervalo de tempo?
desses corpos em função do calor absorvido por eles durante um
processo de aquecimento.

1
995265692

5-Para o aquecimento de 500 g de água, de 20 °C a 100 °C, utilizou-se


uma fonte térmica de potência 200 cal/s. Sendo o calor específico da
água igual a 1,0 cal/g °C, quanto tempo demorou esse aquecimento, se o 8-Fuvest-SP Um ser humano adulto e saudável consome, em média,
rendimento foi de 100%? uma potência de 120 J/s. Uma caloria alimentar (1,0 kcal) corresponde
aproximadamente a 4,0 · 103 J. Para nos mantermos saudáveis, quantas
calorias alimentares devemos utilizar, por dia, a partir dos alimentos
que ingerimos?
a) 33
b) 120
c) 2,6 · 103
d) 4,0 · 103
e) 4,8 · 103

6-Uma fonte térmica foi utilizada para o aquecimento de 1,0 L de


água (1 000 g) da temperatura ambiente (20 °C) até o ponto de ebulição
(100 °C) num intervalo de tempo igual a 1 min 40 s com rendimento de
100%. Sendo o calor específico da água igual a 1,0 cal/g °C, qual o valor
da potência dessa fonte?

9-Tia Anastácia é famosa por sua habilidade na cozinha. Um de seus


pratos mais famosos é o risoto de camarão feito em panela de pedra.
Inácia, sobrinha de Tia Anastácia, ao tentar reproduzir o famoso prato,
frustou-se, pois, apesar de todos os cuidados e da bela aparência do
prato, quando do momento da retirada do fogo, surpreendeu-se com o
fato de que, posto à mesa, o arroz acabou por queimar. Ao questionar
Tia Anastácia sobre o ocorrido, esta lhe respondeu que o segredo do
cozimento dos alimentos em panela de pedra, para que a comida não
7-O gráfico mostra o aquecimento de um bloco de ferro de massa 500 queime, está no fato de se retirar a panela do fogo um pouco antes que
g. O calor específico do ferro é igual a 0,12 cal/g °C. o prato esteja totalmente cozido. Nas palavras de tia Anastácia: “— A
quentura da panela acaba por cozer os alimentos mesmo que ela já não
esteja mais no fogo.” Dentre as afirmações abaixo, qual a que explica
corretamente a “quentura” da panela de pedra salientada por tia
Anastácia?
a) A capacidade térmica da panela de pedra é muito pequena, fazendo
com que a temperatura se mantenha elevada por muito tempo.
b) A capacidade térmica da panela é grande, permitindo que seu
resfriamento se dê com rapidez, passando todo o calor para o alimento,
fazendo-o queimar.
c) A capacidade térmica da panela é grande, o que signif ica que, para
uma pequena variação de temperatura no resfriamento, a panela irradia
grande quantidade de calor, podendo acarretar a queima do alimento.
Qual a potência dessa fonte térmica, sabendo que seu rendimento foi
d) A frase de Tia Anastácia é mais uma crendice popular. O fato de a
de 50%?
comida ter queimado não está relacionado à panela de pedra, e sim ao
tempo excessivo à espera do prato na mesa.
e) A pedra, de que é feita a panela, tem a capacidade de reproduzir
calor quando estimulada, acabando por queimar o alimento se o estímulo
for muito grande.

2
995265692

Uma mesma quantidade de calor é fornecida a massas iguais de água e


alumínio, inicialmente à mesma temperatura. A temperatura final do
corpo de alumínio é maior que a da água, pois o alumínio tem:

a) maior calor específico.


b) menor calor específico.
c) menor calor latente.
d) maior densidade.
e) menor densidade.

A Lua é um satélite árido, sem atmosfera, com montanhas rochosas,


planícies e crateras. Quando uma de suas metades está iluminada pelo
Sol, sua temperatura pode chegar a 120 °C, enquanto, no mesmo
momento, a face escura pode ter uma temperatura em torno de 150 °C
abaixo de zero. Essa grande variação de temperatura é explicada,
principalmente, por uma característica física das rochas, isto é,
Um calorímetro de equivalente em água 10 g, à temperatura ambiente
a) o seu calor latente. (20 °C), foi utilizado para misturar 200 g de um líquido de calor específ
b) a sua capacidade térmica. ico 0,79 cal/g °C, a 35 °C, com um bloco de metal de massa 300 g, a 150
c) o seu calor específico. °C. Sabendo que a temperatura final atingida foi de 40 °C, determine o
d) o seu coeficiente de dilatação. calor específico do metal.

Num calorímetro ideal são colocados três corpos, A, B e C, de


temperaturas θA, θB e θC. Se a temperatura f inal de equilíbrio
térmico θE é tal que θA > θE = θB > θC , podemos af irmar que:
a) o corpo A recebe uma quantidade de calor igual à perdida por C;
b) a quantidade de calor recebida por C é menor que a cedida por B;
c) a quantidade de calor cedida por B é igual à soma das quantidades
recebidas por A e C;
d) no término do balanço energético, observamos que o corpo B possui a
mesma quantidade de energia térmica que tinha no início;
e) o corpo B serve de intermediário, recebendo calor do corpo C e
transferindo-o imediatamente para o corpo A.

Num recipiente termicamente isolado e com capacidade térmica


desprezível, misturam-se 200 g de água a 10 °C com um bloco de ferro
de 500 g a 140 °C. Qual a temperatura final de equilíbrio térmico?
Dados: calor específ ico da água = 1,0 cal/g °C; calor específ ico do
ferro = 0,12 cal/g °C

Um bloco de gelo com 200 g de massa, a 0 °C, precisa receber uma


quantidade de calor Q1 para sofrer fusão total. A água resultante, para
ser aquecida até 50 °C, precisa receber uma quantidade de calor Q2.
Qual é o valor de Q, sendo Q = Q1 + Q2? Dados: calor latente de fusão
do gelo = 80 cal/g; calor específico da água = 1,0 cal/g °C.

Numa garrafa térmica ideal, com 1,0 L de capacidade, são colocados


500 cm3 de leite, à temperatura ambiente (20 °C), e 200 cm3 de café a
90 °C. Admitindo-se que as trocas de calor somente aconteçam entre o
café e o leite (cujas densidades e calores específicos podem ser
considerados iguais), qual será a temperatura final de equilíbrio
térmico do sistema?

3
995265692

Deseja-se transformar 100 g de gelo a –20 °C em água a 30 °C. Sabe-se


que o calor específico do gelo vale 0,50 cal/g °C e o da água, 1,0 cal/g
°C, e que o calor latente de fusão do gelo vale 80 cal/g. Quanto calor,
em quilocalorias, devemos fornecer a esse gelo?

Você tem 100 g de água à temperatura ambiente (25 °C). Quanto de


calor deve-se retirar dessa água para obter-se um bloco de gelo de 100
g a 0 °C? Dados: calor específico da água = 1,0 cal/g °C; calor latente
de fusão do gelo = 80 cal/g.