A Importância da Matemática na Administração A administração é um conjunto de normas e funções elaboradas para disciplinar elementos de produção que tem como

objetivo alcançar um resultado eficaz e retorno financeiro. Administrar envolve a elaboração de planos, pareceres, relatórios, projetos, arbitragens e laudos, em q eu é exigido a aplicação de conhecimentos inerentes à matemática. Através de raciocínio lógico alcançado pela matemática os administradores poderão tomar suas decisões financeiras e analisarem os riscos. Dentro da administração a matemática possui sua importância praticamente em todas as áreas, temos como exemplo a Administração de recursos humanos, na pesquisa operacional, na administração de materiais, logística, administração da produção financeira, contabilidade estatística e outras, mas dentre todas elas cabe ressaltar a importância que a matemática financeira possui, que através da interpretação de dados podemos acompanhar as diversas formas de pagamento de empréstimo, observar como ocorre a depreciação dos bens patrimônio, trabalhar com financiamento de imóveis. É por falta de planejamento e controle financeiro é que muitas empresas quebram no terceiro ano de experiências, apresentando insuficiência e existência de suporte financeiro para sua organização. A estatística já nos permite a interpretação das planilhas e as variações a médio e longo prazo. Na vida pessoal, quando o administrador aplica os conhecimentos matemáticos em seu cotidiano financeiro, alcançará a melhor forma de administrar seus recursos. NOTAÇÕES COMUNS QUE SERÃO UTILIZADAS NESTE MATERIAL C Capital n número de períodos (Prazo) j juros simples decorridos n períodos (J= C.i.n.) J juros compostos decorridos n períodos (J= M-C) r taxa percentual de juros i taxa unitária de juros (i = r / 100) P Principal ou valor atual M Montante de capitalização simples (M=C+J) S Montante de capitalização composta (M=C.(1+i)n)

m.00 J= 100. J=C. vamos entender o que é CAPITAL: C ± é a quantia aplicada em uma aplicação financeira.06% a.n C= R$ 1000. A taxa de juros é dada sob duas formas: TAXA PERCENTUAL: (r) representada por 6% a.10% a. MONTANTE: M ± é a soma do CAPITAL com os juros em todo o período.12% a.00 i= 10%= 10/100= i= 0.i. 0. Ex: (1) ± Antonio fez uma aplicação financeira de R$ 1000. onde a taxa é de 10% a. JUROS: J ± é a remuneração recebida ou ganha em uma aplicação financeira sob o capital empregado.a. PRAZO: n ± é o período de tempo em que o CAPITAL será aplicado.m..m.s.. podemos classificá-los como: JUROS SIMPLES E JUROS COMPOSTOS JUROS SIMPLES É o juros de cada intervalo de tempo.m n= 6 meses (2) ± Qual será o Montante? M= J+C M= R$ 1600.6 J= R$ 600.JUROS Antes de darmos início. ou seja.(ao mês). é calculado sobre o aplicado. Após 6 meses qual será o valor do juros a ser resgatado? J= C.i.. 12% a. 0. 36% a.n. M=C+J. TAXA DE JUROS: i é a importância cobrada ou paga pela utilização da unidade de capital percentual aplicada ao CAPITAL para apuração dos juros.10. capital emprestado ou Capital vezes Taxa de juros vezes Prazo ou tempo de aplicação.a.36% a. TAXA UNITÁRIA: (i) representada por: 0.00 em regime de juros simples. Capital mais Juros..0.00 .s.

i.= 1.2% a. Qual o valor do juros à receber? J=C.m.08% a.00 i= 1.000.00 + 600. Qual será o valor do juro a ser pago? J= C.n C= 24.0. J= C.a.00 J= 24000.a.00.= 8/100 i= 0.2 J= 7200.n C= 30.00 que deve ser pago com juros de 8% a.n J= 12000.2% a.M= 1000.2/100 i= 0.m. Qual será o juros a ser pago? Calcule o Montante.30 a. Determine o juro obtido..00 C= 12. 10 J= R$ 60. pelo prazo de 2 anos. J=C.00 é aplicado durante 10 meses.012% a. pelo prazo de 3 meses à taxa de 1.m n= 3 meses J= 30000.2 J= 160.00 i= 30% a.= 30/100 i= 0.m.m.00+ 160. pelo regime de juros simples e devemos pagá-la em 2 meses.30.0.3 J= R$ 1080.00 _____________________________________________________________ EXERCÍCIOS: (1) Temos uma dívida de R$ 1000. à taxa de 25% a.25.00 .i.00. à taxa de 30% a.0.00 M= C+J M = 1000.i.08.00 (4) Um Capital de R$ 24000.a.n C= R$ 1000.000. n= 2 (3) Aplicou-se a importância de R$ 30000.000.000.012.0. n= 2 meses J= 1000.00 (2) Tomou-se emprestado a importância de R$ 12000.m.00 i= 8% a.m.i.00 M= R$ 1160.

= 1.(1+i) n C= 7000. durante 3 anos.(1+0.m.0613634 M= 7429. M= C.m.n C= 32.00 JUROS COMPOSTOS O atual sistema financeiro utiliza o regime de juros compostos.00 aplicado a uma taxa de juros compostos de 1.25%a.5 % a.. e no composto o juro inicial de mês a mês.= 25/100= 0.5/100 i= 0.i. isto é.m. M= C. n= 3 anos J= 32500. i= Taxa de juros.18% a.m. à taxa de 18% a.m.015)4 M= 7000.500. durante 4 meses.00 i= 1.5 % a.i= 25% a. de acordo com o somatório acumulativo do Capital com o rendimento mensal.500.1. = 18/100 i= 0.0. pois ele oferece mais rentabilidade se comparado ao regime de juros simples.a. pois ele oferece um maior rendimento.015 a. n= 10 meses (5) Calcule o juro resultante de uma aplicação de R$ 32.3 J=R$ 17.550. prática do juro sobre juro.015)4 M= 7000. As modalidades de investimentos e financiamentos são calculados de acordo com esse modelo de investimento. onde o valor dos rendimentos se tornam fixos.a.00 i=18% a. n= prazo Como calcular o juros Compostos? J=M-C Exemplo: (1) Qual o Montante produzido por um Capital de R$ 7000.5438 .00.(1. n= 4 meses M= 7000. J=C.18.a.(1+i) n M= Montante C= Capital.

5% a.m.003 .00 i= 3.= 2/100 i= 0.4092 M= C.035% a.02 % a.m. M= C. n= 12 meses M= C.m.(1+0.02) 10 M= 15237. aplicado à uma taxa de 2% a.m.(1+0.1.035)12 M= 6000..035)12 M= C.5% a.= 2/100 i= 0.(1.m.(1+i) n C= 6000.(2) Calcule o valor do Capital que.m.2189941.43. n=10 meses M= 15237.5110682 M= 9066.43.43 EXERCÍCIOS: Calcule o Montante de um capital de R$ 6000.1. rendeu em 10 meses a quantia de R$ 15237. à taxa de 3.C C= 12500.00 aplicado a juros compostos durante 1 ano.(1+i)n M= 15237.43? C= ? i= 2% a.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful