Você está na página 1de 3

Panorama da Bíblia por: Pr.

Carlos Lopes

BACHAREL LIVRE EM TEOLOGIA

Panorama da Bíblia

‘’Toda a Escritura é divinamente inspirada por Deus, e proveitosa


para ensinar, para corrigir, para instruir em justiça, afim de que o
homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado em toda a
boa obra. ’’ 2 Timóteo 3:16.

A Bíblia foi escrita por mais de 35 gerações ao longo de


aproximadamente 1.500 anos, por autores diferentes em lugares
diferentes. A Bíblia é muito mais que um livro de histórias, a Bíblia
é a revelação dada por Deus ao ser humano. Escrita sob uma
divisão, sendo elas: Antigo Testamento e Novo Testamento.

Deus, na verdade, abre seu coração e convida o ser humano a ouvi-


lo pela Bíblia.

Observe essas informações sobre a escrita bíblica:

Mais ou menos 35 gerações;


Mais ou menos 1.500 anos;
Mais ou menos 40 autores;
3 continentes diferentes;

Vamos destacar os autores, as pessoas a quem Deus utilizou para


enviar sua mensagem. Quem foram essas pessoas?

Autor Função
Moisés Líder, estadista
Amós Pastor de ovelhas
Pedro Pescador
Lucas Médico
Davi, Salomão Rei
www.institutomundobiblico.com
Paulo Rabino, filósofo
Esdras Sacerdote
Neemias Funcionário público

Deus usou homens de diversas ocupações para escrever a sua


Palavra, como podemos observar acima.

Apesar de conter histórias, não podemos chamar a Bíblia de livro


histórico pois ela não foi escrita em ordem cronológica e suas
ênfases estão em seus ensinamentos, e não na própria história em
si.

Mas quais são os estilos literários que podemos encontrar na


Bíblia?

Crônicas: a Bíblia registra os fatos, nela, podemos constatar


diversas análises e histórias contadas.

Genealogia: em alguns momentos na história do povo bíblico, foi


necessário citar a árvore genealógica para entender algumas
situações.

Poesia: os Salmos são poesias, cânticos, por exemplo.

Histórico: a Bíblia cita fatos que aconteceram, fazendo uma


narrativa de situações passadas.

Profecias: são as palavras registradas com o cunho de uma


intervenção dos céus. São revelações sobre o futuro. Por exemplo,
em Isaías 9, é citado o nascimento de Jesus aproximadamente 700
anos antes de acontecer.

A Bíblia foi escrita em diversos lugares diferentes, abrangendo


diversos contextos históricos, como desertos, prisões, guerras e
palácios. Deus fala em todos esses lugares e esses contextos são
muito importantes para a melhor interpretação da Palavra.

www.institutomundobiblico.com
As evidências bíblicas comprovam a sua preciosidade. Evidências
são fragmentos, podemos citar algumas delas:

Unidade literária;

Profecias cumpridas;

Atualidade;

Efeito transformador;

Preservação no tempo;

Filipenses 4:3: Tudo posso naquele que me fortalece.

Separe um tempo e se aproxime de Deus, ler a


Bíblia é a melhor ferramenta para conversar com
o Pai.

www.institutomundobiblico.com

Você também pode gostar