Você está na página 1de 33

O FINAL DA DÉCADA E A GRANDE

MUTAÇÃO DE 2020

CELISA BERANGER
A GRANDE MARCA DA DÉCADA

Quadratura Crescente Urano/Plutão - Consequências até 2020

Crise econômica, ameaças de conflitos e conflitos armados,


desastres naturais, extremismo, terrorismo e anormalidade.

Mais chances de solução para os problemas surgidos e uma


certa redução do impacto e dramaticidade.

Até o final da década, nem a economia nem os mercados


voltarão a crescer como antes da crise.
O quadro político também não será animador, mas podemos
constatar um certo movimento de retomada.
CICLOS PLANETÁRIOS

Até 2020 nenhum da relevância da Quadratura Urano/Plutão.

Os ciclos em desenvolvimento contribuirão para o âmago da


marca deixada pela quadratura.

Ativismo público em várias dimensões de justiça social deverá


ganhar impulso com aumento de apoio por parte da população,
visando um caminho que seja bom para muitos ao invés de
beneficiar poucos.
MOVIMENTAÇÃO DOS CICLOS PLANETÁRIOS

Maioria dos 10 ciclos na fase decrescente


Júpiter/Saturno - saiu da quadratura. Novo ciclo importante em
2020.
Júpiter/Netuno saiu da oposição.
Júpiter/Plutão saiu do trígono. Novo ciclo em 2020.
Saturno/Urano a caminho do trígono.
Saturno/Netuno quadratura
Saturno/Plutão - final de ciclo. Novo ciclo 2020.

Júpiter e Urano farão oposição a partir do final do ano. Em


2017 o ciclo entrará na fase decrescente.
CICLOS PLANTÁRIOS FASE CRESCENTE

Urano/Netuno - semiquadratura.

Urano/Plutão - saiu da quadratura

Netuno/Plutão - sextil
INDICE CÍCLICO - BARBAULT
QUADRATURA DECRESCENTE SATURNO/NETUNO
Quadratura T formada com Júpiter marcou 2016.
A caminho do terceiro aspecto exato - 10/09/2016 - 10º25’
Inconsistência de líderes e organizações, desmoralização,
muitas vezes através de escândalos nos quais políticos,
empresários e lideres religiosos tiveram suas reputações
arruinadas e foram derrubados de pedestais.
Consequência - desilusão, desânimo e pessimismo coletivo.

Após um ano e meio a quebra de confiança em autoridades


institucionais se aprofundou.

Confiar em lideres autorizados, especialmente os carismáticos,


continua arriscado. Organizações sociais independentes são
soluções mais confiáveis.
QUADRATURA DECRESCENTE SATURNO/NETUNO

Outras questões: intolerância social e religiosa.


crises na saúde e epidemias difíceis de
conter.
enchentes, inundações e poluição.
acidentes marítimos.
incursões invasivas.
violação de acordos e tratados e conflitos.

Ciclo relacionado a Rússia


ECLIPSE ANULAR DO SOL - 01/09/2016

Lua Nova 29/11 - 7º43’ Sagitário Marte em Peixes 2016/2017


QUADRATURA DECRESCENTE JÚPITER/PLUTÃO

Novembro de 2016 a agosto de 2017

24/11/16 – 15º47’ Libra/Capricórnio


30/03/17 - 19º17’
04/08/17 - 17º31’

Exacerbações
Desafio para mudanças significativas que revisem leis sociais
e econômicas.
Discernir entre líderes experientes e verdadeiros e outros que
se promovem, mas são enganadores.
Fanatismo e terrorismo.
OUTROS CICLOS E O SOLSTÍCIO DE CAPRICÓRNIO
OPOSIÇÃO JÚPITER/URANO
Culminação de ciclo progressista iniciado em 2010.
Dezembro de 2016 a outubro de 2017
26/12/2016 - 20º34’ Libra/Áries
03/03/2017- 22º11’
28/09/2017- 27º22’

Otimismo para mudanças e avanço tende a intolerância,


radicalismo e extremismo.
Audácia e risco incentivam o ativismo social em todos os
níveis.
Júpiter estimula Urano a se rebelar e desafiar autoridades, em
especial se forem injustas no uso de poder.
Em condições de crise provoca sua explosão.
TRÍGONO DECRESCENTE SATURNO/URANO

Novembro 2016 a novembro 2017


25/12/2016 - 20º34’ Sagitário/Áries
19/05/2017 - 26º23’
11/11/2017 - 25º38’

Favorece o equilíbrio entre austeridade e liberdade


promovendo diálogo entre conservadores e inovadores.
Novos caminhos em termos sociais, políticos e econômicos.

Ciclo relacionado aos Estados Unidos


SEXTIL DECRESCENTE JÚPITER/SATURNO

Dezembro de 2016 a agosto de 2017


Único aspecto exato 27/08/2017 - 21°11’ - Libra/Sagitário

Interação entre planejamento e execução.


Favorece o equilíbrio entre o trígono Saturno/Urano e a
oposição Júpiter/Urano.
ECLIPSE ANULAR SOL – 26/02/2017 – 08º12 PEIXES
SEMICUADRATURA URANO/NETUNO
Maio de 2017 a junho de 2019
11/08/2017 - 28º30’ Áries/Peixes
07/10/2017 - 27º02’
16/06/2018 - 01º29’ Touro/Peixes
15/12/2018 - 28/49’ Áries/Peixes
02/05/2019 - 03º03’ Touro/Peixes

Fase crescente testa a sabedoria de utilizar o que foi criado na


conjunção. Reação se apresenta.
Problemas ignorados aparecem e precisam ser resolvidos para
que a ideia possa ser mantida.
Uso irrestrito da tecnologia, tanto pessoal como coletivo.
ECLIPSE TOTAL DO SOL - 21/08/2017 - 28º53’ LEÃO
PLUTÃO NO NODO SUL – 2018/2019

Os Desafios e Mudanças de Plutão em Capricórnio - 2008


“Em Capricórnio Plutão nos fará confrontar os limites do
consumo descontrolado e o potencial de escassez, seja
de energia, água, terra e outros recursos. O mais alto grau de
limitação e fim ocorrerá na passagem por seu Nodo Sul (2018-
2019).
Nesta ocasião os desafios da humanidade estarão ainda mais
enfatizados e a chamada para transformação poderá atingir
seu grau máximo de urgência”.

Abril 2018 - Marte em Capricórnio fará conjunção com Saturno


e após com Plutão e seu Nodo Sul.

Julho 2018 - Eclipse parcial do Sol, dia 13, em 20°41’ de


Câncer, fará oposição ao encontro.
MOVIMENTO DOS PLANETAS LENTOS NO ZODÍACO
2016 a 2020
Júpiter - Libra, Escorpião e Sagitário. Capricórnio 02/12/2019.

Saturno em Capricórnio 20/12/2017.

Urano em Touro 15/05/2018. Voltará a Áries em 06/11/2018.


Entrará para percorrer Touro em 06/03/2019.

Plutão alcançará 23º de Capricórnio em março de 2019.


2020 - 2° CHOQUE DO SÉCULO
Maior baixa do índice cíclico e aproximação dos planetas
2020 E O ECLIPSE ANULAR DO SOL - 26/12/2019
4º07’ CAPRICÓRNIO

Capricórnio ressaltado e Tríplice Conjunção


CONJUNÇÃO SATURNO/PLUTÃO -12/01/2020
CONJUNÇÃO SATURNO/PLUTÃO

Novo ciclo de reestruturação política e econômica através de


medidas duras e restritivas.
Aumento de controle.
Mudanças na estrutura política mundial.
Redistribuição de poder visando retificação de erros e abusos.
Economia - visa fim de retração mas indica recessão
econômica.
Débitos e déficits, especialmente dos governos, terão que ser
resolvidos. Mudanças no sistema bancário.

Ciclo reverbera na China e este ocorrerá no grau de Júpiter da


China Nacionalista.
MARTE EM CARPICÓRNIO

Quatro planetas exteriores em Capricórnio entre 17 de


fevereiro e 22 de março de 2020.

Mobiliza tríplice conjunção

Capricórnio ressaltado coloca em pauta questões politicas


relativas a poder.

Será o declínio do Ocidente superado pela Ásia?

Realização da previsão da supremacia da China sobre


Estados Unidos?

Natureza também mostrará sua força.


CONJUNÇÃO JÚPITER/PLUTÃO

05 de abril - 24º53’ Capricórnio


30 de junho - 24º06’
12 de novembro - 22º52’ - grau da conjunção Saturno/Plutão

Renovação política e social visando crescimento.


Reforma de leis sociais.
Impacto sobre a economia visando seu crescimento.
CONJUNÇÃO JÚPITER/PLUTÃO

Marte em Áries retrógrado - setembro a novembro - ativará os dois novos


ciclos.
CONJUNÇÃO JÚPITER/SATURNO - NOVA ORDEM
Encerra etapa de conjunções no elemento Terra iniciada em
1842.
Nova conjunção, um único aspecto exato em 21 de dezembro
de 2020, em 0º29’ de Aquário, abre ciclo da ordem de 200
anos de 9 ou 10 conjunções no elemento Ar.
Ciclo completo de conjunções nos 4 elementos - da ordem de
800 anos.
Júpiter/Saturno, “cronocratores”, formam o mais longo dos
ciclos planetários (Netuno/Plutão 493 anos).
Grande ciclo - Pano de fundo em termos sociais, políticos e
econômicos. Passagem de Terra para Ar indica a Grande
Mutação, uma mudança de paradigma para a humanidade,
uma nova ordem em termos políticos, econômicos e sociais.
CICLO JÚPITER/SATURNO EM TERRA

O ciclo no elemento Terra marcou quase 180 anos de política


materialista, territorial, financeira e dominadora, valorizando o
material.
O ciclo foi marcado pelas consequências sociais da revolução
industrial, o deslocamento da população do campo para a
cidade, o desenvolvimento do capitalismo e a luta de classes, a
busca de países por supremacia, a organização dos governos
para dominar as grandes massas.
Florescimento da democracia.
Ascensão dos Estados Unidos como potência mundial.
ECLIPSE TOTAL DO SOL E SOLSTICIO CAPRICÓRNIO
CONJUNÇÃO JÚPITER/SATURNO - AR
CICLO JÚPITER/SATURNO
Mudança de líderes por eleição ou outra condição, inclusive
assassinato.
Conjunção - John Kennedy e Ronald Reagan nos EUA e
Vladimir Putin na Rússia.
Novo líder deverá surgir nas proximidades da conjunção de
2020.
Europa - ressonância com o ciclo, última quadratura ressaltou
o grave problema dos refugiados, e ainda reverbera a saída do
Reino Unido. Nova conjunção deverá trazer mais uma prova.
Comunidade Europeia terá que passar por mais uma revisão
importante.
Argentina - nova conjunção no Meio do Céu - mudará liderança
ou estilo de governo para promover mudanças sociais e
econômicas.
CICLO JÚPITER/SATURNO ELEMENTO - AR
Coletivo - valorização do humano e do intelecto, e também das
relações pessoais, em detrimento da importância dada ao
material no ciclo de Terra.
Política - sobrepor o humano ao material, o intelecto ao
dinheiro.
Supremacia mundial - mudança de pais.
9 ascendentes
www.espaco-do-ceu.com.br

Você também pode gostar