Você está na página 1de 12

Transformada Inversa de Laplace Prof.

Cristiana Andrade Poffal

1 A TRANSFORMADA DE LAPLACE

1.1 Definição

Seja f(x) uma função de x definida para x>0. Então a transformada de


Laplace de f(x), denotada por £{f(x)} é definida por
+∞
− sx
£{f(x)} = dx .
∫ f ( x )e
0

Diz-se que a transformada de Laplace de f(x) existe se a integral (*)


converge para algum valor de s; caso contrário, ela não existe.
Pierre Simon Laplace
(1749 – 1827)
Exemplo 1: Calcule a transformada de Laplace das funções:

a) f(x) = 1 b) f(x) = eax

Exercício 1: Calcule a transformada de Laplace das funções:

a) f(x) = x b) f(x) = cos (px) c) f(x) = sen (px) d) f(x) = eiax

1.2 Transformada de Laplace de Algumas Funções Elementares

f(x) F(s)
1 1
s
x 1
s2
n
x n!
n=0, 1, 2,... s n +1
eax 1
s−a
sen(ax) a
s2 + a2
cos(ax) s
s2 + a2
senh(ax) a
s2 − a2
cosh(ax) s
s2 − a2

1.3 Propriedades

1. Linearidade

Se c1 e c2 são constantes quaisquer enquanto f(x) e g(x) são funções com transformadas de Laplace
F(s) e G(s), respectivamente, então:
£{ c1 f(x) + c2 g(x)}= c1 £{ f(x)} + c2 £{g(x)}
= c1 F(s) + c2 G(s).

Exemplo 2: Utilizando a propriedade Linearidade, calcule a transformada de Laplace de:

a) f(x) = 5x2 – 4 cos(3x) + 6 e-x b) g(x) = (x + 1)2 +cosh (mx) c) h(x) = sen (nx)

1
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

Exercício 2: Utilizando a propriedade Linearidade, calcule a transformada de Laplace de:

2
a) f(x) = 2x3 + x2 – x +5 ( )
b) g(x) = e 2 x + 2 − senh(mx) c) f(x) = 6 + cos (mx)

2. Translação ou Deslocamento I (var. de transformação)

Se f(x) possuir transformada de Laplace e £{f(x)}=F(s), então £{eax f(x)}=F(s–a).

Exemplo 3: Calcule a transformada de Laplace de:


a) g(x) = x e4x b) h(x) = cosh (x) cos(2x) c) m(x) = eax sen(px)

Exercício 3: Calcule a transformada de Laplace de:


a) g(x) = ex cosh (3x) b) h(x) = x2 e3x c) m(x) = eax cos(px)

3. Translação ou Deslocamento II (var. da função)

⎧ f (x − a ) x>a
Se £{f(x)}=F(s) e g (x ) = ⎨ então, £{g(x)}= e-asF(s).
⎩ 0 x<a

Exemplo 4: Calcule a transformada de Laplace de:

⎧ ⎛ 2π ⎞ 2π
⎪⎪cos⎜ x − ⎟ x > ⎧ (x − 2) 2 x > 2
a) g (x ) = ⎨ ⎝ 3 ⎠ 3 b) h(x ) = ⎪⎨
⎪ 0 2π ⎪⎩ 0 0< x<2
x<
⎪⎩ 3

4. Mudança de Escala

1 ⎛ s ⎞
Se £{f(x)}=F(s), então £{f(ax)}= F ⎜ ⎟ .
a ⎝ a ⎠

Exemplo 5: Utilizando a propriedade de mudança de escala, calcule a transformada de Laplace f(x) = sen(10x).

5. Transformada de Laplace de Derivadas

Se £{f(x)}=F(s), então £{f’(x)}=sF(s)−f(0) se f(x) é contínua para 0 ≤ x ≤ N e de ordem exponencial


para x > N , enquanto f’(x) é seccionalmente contínua para 0 ≤ x ≤ N .

d
Exemplo 6: Calcule £{ sen(5 x) }.
dx

Se £{f(x)}=F(s), então £{f’’(x)}=s2F(s)−sf(0)−f’(0) e f(x) e f’(x) são contínuas para 0 ≤ x ≤ N e de


ordem exponencial para x > N , enquanto f’’(x) é seccionalmente contínua para 0 ≤ x ≤ N .
Se £{f(x)}=F(s), então £{f n (x)}=sn F(s) − sn -1 f(0) − sn -2 f ’(0) − ... − s f (n-2)(0) − f (n-1)(0)

se f(x), f’(x), ..., f (n-1)(x) são contínuas para 0 ≤ x ≤ N e de ordem exponencial para x > N , enquanto f (n)
(x) é
seccionalmente contínua para 0 ≤ x ≤ N .

2
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

6. Transformada de Laplace de Integrais

x
F (s )
Se £{f(x)}=F(s), então £{ f (u ) du }= .
∫ 0
s
x

Exemplo 7: Usando a propriedade da transformada de Laplace de Integrais, calcule £{ cos(3u ) du }.



0
x

Exemplo 8: Usando a propriedade da transformada de Laplace de Integrais, determine £{ u 2 -u + e −u du }.



0

7. Multiplicação por xn
n dn n
Se £{f(x)}=F(s), então £{ x f(x)}= (−1) F (s ) .
ds n
Exemplo 9: Determine a transformada de Laplace das seguintes funções: a) g(x) = x2 sen(ax) b) h(x) =x e5x


−3 x
Exemplo 10: Calcule ∫ xe sen(x )dx .
0

8. Comportamento de F(s) quando s → ∞

Se £{f(x)}=F(s), então lim F (s ) = 0 .


s →∞

9. Teorema do Valor Inicial

Se os limites indicados existem, então lim f (x ) = lim sF (s ).


x →0 s →∞

10. Teorema do Valor Final

Se os limites indicados existem, então lim f (x ) = lim sF (s ).


x →∞ s →0

Exemplo 11: Considere a função f(x)= 3e-2x, utilizando a transformada de Laplace dessa função, calcule:

a) lim f (x ) b) lim f (x )
x →0 x →∞

3
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

Lista I
Transformada de Laplace

1. Encontre a transformada de Laplace de cada uma das seguintes funções:

a) f(x) = 2x2 – e-x b) f(x) = 6 sen(2x) – 5 cos(2x) c) f(x) =(sen(x) – cos(x))2

d) f(x) = 3 cosh(5x) – 4 senh(5x) e) f(x) = 4 cos2(2x) f) f(x) =(x2 + 1)2

⎧0, 0< x<2


2. Determine £{ f(x)} se f (x ) = ⎨ .
⎩ 4, x>2

⎧5sen(x − π 4 ), x >π4
3. Se f (x ) = ⎨ , encontre £{ f(x)}.
⎩ 0, x< 4
π

4. Calcule:

a) £{(x+2)2 ex} b) £{ e2x (3 sen(4x) – 4 cos(4x))} c) £{ e-x sen2x}

d) £{3x4 –2x3+4e-3x–2sen(5x)+3 cos(2x)} e) £{x e-bx cos(ax)} ⎧1 0 ≤ x < 1


f) ⎨ x −1
⎩e x >1
⎧ x ⎫
⎪ 4 x ⎪
5. Determine: a) £{ sen(3x )} b) £ ⎨e x e − 4u sen(3u )du ⎬
⎪⎩ 0
∫ ⎪⎭

1
e− s
6. Se £{ f(x)}= , encontre £{e-x f(3x)}.
s

7. Verifique o teorema do valor inicial para as funções : a) f(x) = 3 – cos(x) b) f(x) = (2x+3)2

8. Verifique o teorema do valor final para as funções: a) f(x) = 1 + e-x (sen(x) + cos(x)) b) f(x) = x3 e-2x

s e − as
9. Encontre f (0) para as seguintes funções: a) F(s) = b) F(s) =
s 2 − 5s + 12 s 2 + 3s + 5

Respostas

4 + 4s − s 3 12 − 5s 4 − 2s + s 2 3s − 20 ⎡ 1 s ⎤
1. a) b) c) d) e) 2⎢ + 2
3
s (s + 1)
2
s +4 ( 2
s s +4 ) s 2 − 25 ⎥
⎣ s s + 16 ⎦
24 + 4s + s2 4
4e−2 s
5e −πs / 4
4s 2 − 4s + 2 20 − 4s
f) 2. 3. 4. a) b) 2
s5 s s2 +1 (s − 1)3 s − 4s + 20
2 72 12 4 10 3s (s + b )2 − a 2 e −s 1
4.c) d) 5 − 4 + − 2 + 2 e) f)
(s + 1)(s 2
+ 2s + 5 ) s s s + 3 s + 25 s + 4 +
[(s + b)2 + a 2 ]2 s(s − 1) s
2
3 9(s − 4 ) + 48(s − 4 ) + 75
5. a) 2 b)
s +9 [(s − 4) 3 2
+ 8(s − 4 ) + 25(s − 4 ) ]2

−3 7. a) 2 b) 9 8. a) 1 b) 0
e +1
s
6.
s +1
9. a) 1 b) 0

4
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

1.4 Cálculo de Integrais

∞ ∞
− sx
Se F(s) = £{f(x)}, então
∫e f (x )dx = F (s ). Tomando limite quando s→ 0, ∫ f (x )dx = F (0) supondo
0
0
que a integral seja convergente.


−2 x
Exemplo 12: Calcule: ∫ xe cos(x )dx usando a transformada de Laplace.
0

1.5 Algumas Funções Especiais

I. Função Unitária de Heaviside

A função de Heaviside é definida por:

⎧0, x < a
u (x − a ) = ⎨ .
⎩1, x > a

Considere uma função f(x) definida para x ≥ 0, a


função

⎧ 0, x < c
u (x − c ) f (x − c ) = ⎨ .
⎩ f (x − c ), x ≥ c

representa a translação de f(x) de c unidades na direção positiva do eixo x.

Oliver Heaviside

(1850-1925)

Observação: Considere a função f(x), com transformada de Laplace F(s), então:

£{u(x-c) f(x-c)}=e-sc F(s).

Exemplo 13:

1. Faça o gráfico da função f (x) = u(x − 2) − u(x − 3).


2. Faça o gráfico da função f (x) = 2u(x − 2) − u(x − 4).
1 − sc
3. Mostre que £{u(x-c)}= e .
s

Observação: A função de Heaviside pode representar uma dualidade como “estar ligado” ou “estar desligado”.
Por exemplo, uma força externa agindo sobre um sistema mecânico ou uma voltagem impressa a um circuito
pode ser desligada após um período de tempo.

5
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

II. Função Impulso Unitário ou Delta de Dirac

A função impulso unitário, denotada por δ(x), é a função limite


⎧ 1
⎪ ,0 ≤ x ≤ ε
de Fε (x ) = ⎨ ε quando ε→0.
⎪⎩0, x >ε
Comportamento de Fε (x ) quando ε→0: A altura da região
retangular sombreada cresce indefinidamente e a largura decresce de tal
modo que a área é sempre igual a 1.

Propriedades:

1.
∫ δ (x)dx = 1
0

2.
∫ δ (x)G(x)dx = G(0), para qualquer função contínua G(x).
0
Paul Dirac

3.
∫ δ (x − c)G(x)dx = G(c), para qualquer função contínua G(x).
0
(1902-1984)

4. £{δ (x)}= 1

Exemplo 14: Determine: a) £{δ (x − a)} b) £{F (x)}


ε

Observação: A força impulsiva que ocorre durante a colisão de dois objetos é uma força de grande magnitude e
aproximadamente constante que atua no sistema por um curto espaço de tempo. Uma raquete batendo em uma
bola de tênis imprime uma força imensa a esta, mas a raquete só esteve em contato com a bola por uma fração
de segundo.

III. Funções Nulas


x
A função N(x) é dita nula se para todo x>0: ∫ N (u )du = 0.
0

Exemplo 15: Indique quais das seguintes funções são nulas:

⎧ 1, x =1 ⎧ 1, 1≤ x ≤ 2
a) f(x)= ⎨ b) g(x)= ⎨ c) h(x) = δ(x)
⎩0, caso contrário ⎩0, caso contrário

6
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

1.6 Tabela de Transformadas de Laplace de Funções Especiais

f(x) F(s)

u(x−a) e − as
s
u(x−a)f(x−a) e-sa F(s)

δ(x) 1

δ(x−a) e − as

F (x)
ε
1 − e − sε

N(x) 0

Lista II
Transformada de Laplace

1. Faça o gráfico de cada uma das seguintes funções:

a) g(x) = u(x–2) –2u(x–3)+ u(x–4)


b) h(x) = 3u(x–3) –2u(x–4)+ u(x–5)
2. Determine a transformada de Laplace de cada uma das seguintes funções:

a) f(x)= x2 u(x–2)
b) f(x)= e-x (1– u(x–3))
c) f(x)= x u(x–1)+x2 δ (x–1)
3. Indique quais das seguintes funções são nulas:

⎧ 2, x=2 ⎧ 3, 1≤ x ≤ 2
a) f(x)= ⎨ b) g(x) = ⎨
⎩0, caso contrário ⎩0, caso contrário

4. Sabendo que δ’(x–a) denota a derivada da função delta, e que:


∫ f (x)δ ' (x − a)dx = − f ' (a),
0

−4 x
calcule: ∫e δ ' (x − 2)dx .
0
+∞
⎛ π ⎞
5. Calcule: cos(2 x )δ ⎜ x − ⎟dx

0
⎝ 3 ⎠
Respostas

2 e −2 s 1 − e −3(s +1) 1 + e − πs e −s
2. a) (1 + 2s + 2s 2 ) b) c) d) (
1+ s + s2 )
s3 s +1 (s2 +1 ) s 2

3. a) f(x) é uma função nula b) g(x) não é uma função nula


1
4. 4e −8 5. −
2

7
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

2 TRANSFORMADA INVERSA DE LAPLACE

2.1 Definição

Se a transformada de Laplace de uma função f(x) é F(s), isto é, £{f(x)}= F(s), então, f(x) é a
transformada inversa de Laplace de F(s) e escrevemos simbolicamente f(x) = £-1{F(s)} onde £-1 é chamado
operador da transformada inversa de Laplace.

s 1
Exemplo 1: Calcule: a) £-1{ } b) £-1{ }
s2 + a2 s2

Exemplo 2: Determine a transformada inversa de Laplace de cada uma das funções:

1 1 1
a) F(s) = b) F(s) = e) F(s) =
s−a s n +1
s − a2
2

1 s
c) F(s) = 2 2
d) F(s) =
s +a s − a2
2

Exemplo 3: Calcule:

4 1 s s
a) £-1{ } b) £-1{ 2
} c) £-1{ 2
} d) £-1{ 2
}
s−2 s +4 s +3 s − 25

2.2 Tabela de Transformadas Inversas de Laplace

F(s) f(x)
1 1
s
1 x
s2
_n!_ xn
sn+1 n=0, 1, 2,...
1 xn
n +1
s n!
1 eax
s−a
1 sen(ax )
2 2 a
s +a
s cos(ax)
2 2
s +a
1 senh (ax )
2 2 a
s −a
s cosh(ax)
2 2
s −a

2.3 Propriedades

1. Linearidade

Se c1 e c2 são constantes quaisquer e £{f(x)}= F(s) e £{g(x)}= G(s) então: £-1{c1 F(s) + c2 G(s)}= f(x) + g(x).

5s + 4 2s − 18 24 6 3 + 4s 8 − 6s
Exemplo 4: Encontre: a) £-1{ 3
− 2
− 4
} b) £-1{ − − }
s s +9 s 2s − 3 9s 2 − 16 16s 2 + 9

8
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

2. Translação ou Deslocamento I

Se £-1{F(s)}= f(x) então £-1{F(s−a)}= eax f(x).

6s − 4 8s + 20
Exemplo 5: Calcule: a) £-1{ 2
} b) £-1{ 2
}
s − 4s + 20 s − 12s + 32

3. Translação ou Deslocamento II

⎧ f (x − a ), x > a
Se £-1{F(s)}= f(x) então £-1{e-asF(s)}= ⎨ .
⎩ 0, x<a
Exemplo 6: Calcule:

− 4πs 5
se e −5 s (s + 1)e −πs }
a) £-1{ } b) £-1{ } c) £-1{
s 2 + 25 (s − 2)4 s2 + s +1

4. Transformada Inversa de Laplace de Derivadas

dn
Se £-1{F(s)}= f(x) então £-1{Fn(s)}= £-1{ n
n n
F (s )}= (−1) x f(x).
ds

s s +1
Exemplo 7: Determine: a) £-1{ } b) £-1{ }
2 2 2
(s 2
+a ) (s 2
+ 2s + 2 )
1 1
Exemplo 8: Calcule £-1{ } sabendo que £-1{ }=eax.
(s − a ) 3 (s − a )

5. Multiplicação por sn

Se £-1{F(s)}= f(x) e f(0)=0, então £-1{s F(s)}= f’(x).

A multiplicação por s tem o efeito de derivar f(x).

Se f(0)≠0, então £-1{s F(s) − f(0)}= f’(x) ou £-1{s F(s)}= f’(x) + f(0) δ(x).

s 1
Exemplo 9: Calcule £-1{ 2
} sabendo que £-1{ 2
}= sen(x).
s +1 s +1
6. Convolução

x
-1 -1 -1
Se £ {F(s)}= f(x) e £ {G(s)}= g(x) , então £ {F(s) G(s)}=
∫ f (u )g(x − u )du = f ∗ g .
0
x

A integral
∫ f (u )g(x − u )du = f ∗ g é chamada convolução de f e g.
0
Propriedades:

1. f (x)∗ g (x) = g (x)∗ f (x)


2. £{ f (x)∗ g (x)}= F(s) G(s)
3. £-1{F(s) G(s)}= f (x)∗ g (x) = g (x)∗ f (x)

Observação: Às vezes é mais fácil calcular g (x)∗ f (x) que f (x ) ∗ g (x ).

9
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

Exemplo 10: Calcule a transformada inversa de Laplace das seguintes funções por convoluções:

1 1
a) H(s) = b) M(s) =
(
ss +42
) (s − 1)2
Lista III
Transformada Inversa de Laplace

1. Encontre cada uma das seguintes transformadas inversas de Laplace:

se −πs 8s 3s − 12 1 1
a) £-1{ } b) £-1{ 2
} c) £-1{ } d) £-1{ } e) £-1{ 2
}
s2 + 4 s + 16 2
s +8 2s − 5 s − 2s + 9

5s + 10 s 8e −3s 5s − 2 s+4
f) £-1{ 2
} g) £-1{ 5
} h) £-1{ } i) £-1{ 2
} j) £-1{ 2
}
9s − 16 (s + 1) s2 + 4 3s + 4s + 8 s + 4s + 8

2. Use o teorema da convolução para encontrar:

1 1 1
a) £-1{ } b) £-1{ } c) £-1{ }
(s + 3)(s − 1) 2
(s + 2) (s − 2) (s + 1)(s 2 + 1)
Respostas

⎧cos 2(x − π ), x > π b) 8 cos (4 x )


1. a) ⎨ c) 3 cos 8 x − 12
sen 8 x
( ) ( ) d)
1 2x
e
5

⎩ 0, x < π 8 2
1 x 5 ⎛ 4 ⎞ 5 ⎛ 4 ⎞ e − x
⎧4 sen2(x − 3), x > 3
e)
2 2
e sen 2 2 x ( )
f) cosh ⎜ x ⎟ + senh⎜ x ⎟ g)
9 3 6 3
4x 3 − x 4 ( ) h) ⎨
⎝ ⎠ ⎝ ⎠ 24 ⎩ 0, x < 3
2
− x j) e −2 x [cos(2 x ) + sen(2 x )]
e 3 ⎡ ⎛ 2 5 ⎞ ⎛ 2 5 ⎞⎤
i) ⎢25 cos⎜⎜ x ⎟ − 8 5sen⎜ x ⎟⎥
15 ⎣⎢ ⎟ ⎜ 3 ⎟
⎝ 3 ⎠ ⎝ ⎠⎦⎥
1 x 1 2x 1
2.a)
4
(
e − e −3 x ) b)
16
( e − e − 2 x − 4 xe − 2 x ) c)
2
(
senx − cos x + e − x )

10
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

2.4 Métodos de Inversão da Transformada de Laplace

Vários métodos podem ser utilizados para determinar transformadas inversas de Laplace:

1- Método das frações parciais 3- Uso de tabelas


2- Utilização das propriedades 4- A fórmula complexa da inversão

2.4.1 Método das Frações Parciais

P(s )
Toda função racional onde P(s) e Q(s) são polinômios, com o grau de P(s) menor do que o de
Q(s )
Q(s), pode ser escrita como soma de frações tais que o denominador de cada uma é um polinômio do primeiro
grau ou do segundo grau elevado a certa potência.
A cada fator Q(s) da forma (s-a)m corresponde uma soma de m frações da forma:

A1 A2 A3 Am
+ + + ... + .
(s − a ) (s − a ) (s − a )
2 3
(s − a )m
A cada fator Q(s) da forma (s2+bs+c)p corresponde uma soma de m frações da forma:

B1 s + C1 B2 s + C 2 B3 s + C3 Bps + C p
+ + + ... + .
(s 2
+ bs + c ) (s 2
+ bs + c
2
) (s 2
+ bs + c
3
) (s 2
+ bs + c ) p

As constantes A, B e C devem ser determinadas.


P(s )
Em seguida, iguala-se a fração à soma de frações obtida como acima. Eliminando os
Q(s )
denominadores e identificando coeficientes de potências iguais a s, chega-se a um conjunto de equações lineares
nas incógnitas A, B e C. Resolvido esse sistema estão determinados os coeficientes.

Observação: No caso em que o grau de P(s) for maior do que o de Q(s), deve-se dividir o numerador pelo
denominador e considerar, para efeito de decomposição, apenas o termo que contém o resto.

Exemplo 11: Determine a transformada inversa de Laplace de:

1 3s + 7 5s 2 − 15s − 11
a) F (s ) = b) G(s ) = c) H (s ) =
(s + 1)(s 2
+1 ) 2
s − 2s − 3 (s + 1)(s − 2)3
s 2 + 2s + 3 s2
d) M (s ) = e) N (s ) =
(s 2
)(
+ 2s + 2 s 2 + 2s + 5 ) (s 2
−1 )
2.4.2 A Fórmula de Desenvolvimento de Heaviside

Sejam P(s) e Q(s) polinômios onde P(s) tem grau menor do que o de Q(s). Suponha que Q(s) tem n
n
(s ) ⎫ =
-1 ⎧ P P(rk ) rk x
zeros distintos rk , k= 1, 2, 3, ..., n. Então, £ ⎨ ⎬
⎩ Q(s )⎭
∑ Q' (r )e
k =1 k
.

Esse é o teorema ou a fórmula de desenvolvimento de Heaviside.

Exemplo 12: Utilizando a fórmula do desenvolvimento de Heaviside, se possível, calcule a transformada


inversa de Laplace de:

2s 2 − 4 3s + 1
a) F (s ) = b) G (s ) =
(s + 1)(s − 2)(s − 3) (s − 1)(s 2 − 4)

11
Transformada Inversa de Laplace Prof. Cristiana Andrade Poffal

Lista IV
Transformada Inversa de Laplace

1. Utilize o método das frações parciais para determinar a inversa de Laplace das seguintes funções:

3s + 16 s +1 s 2 − 2s + 3
a) G(s ) = 2
b) F (s ) = 2 c) M (s ) =
s −s−6 6s + 7 s + 2 (s − 1)2 (s + 1)
11s 2 − 2s + 5 s2 − 3
d) H (s ) = e) N (s ) =
(2s − 1)(s − 2)(s + 1) (s 2
)
+ 2 s + 5 (s + 2 )(s − 3)

2. Utilize a fórmula de desenvolvimento de Heaviside para determinar a transformada inversa de Laplace das
seguintes funções, caso seja possível:

3s + 16 s +1
a) G(s ) = 2
b) F (s ) = 2
s −s−6 6s + 7 s + 2
11s 2 − 2s + 5 s 2 − 2s + 3
c) H (s ) = d) M (s ) =
(2s − 1)(s − 2)(s + 1) (s − 1)2 (s + 1)
x
3. Calcule ∫ sen(u )cos(x − u )du , utilizando a transformada de Laplace.
0

4. Calcule as seguintes transformadas inversas de Laplace:

s−9 1 4 s +1
a) £-1{ } b) £-1{ } c) £-1{ } d) £-1{ }
s2 − 9 (s 2
+ 25
2
) 2
s + 3s + 2 s2 +1

1 nπL 9 2 1
e) £-1{ } f) £-1{ } g) £-1{ } h) £-1{ + }
s(s + 1) Ls + n 2π 2
2 2
s + 3s s s+2
1 4 1
i) £-1{ 2 } j) £-1{ 3 } k)
s (s + 1) s + 4s 2 (s − 2)(s + 1)2

Respostas

(
1. a) 5e 3 x − 2e −2 x ) ⎛ 1 − x 1 − 2 x ⎞
b) ⎜ e 2 − e 3 ⎟
⎛ 1 3 ⎞
c) ⎜ xe x − e x + e − x ⎟
⎛
⎜
1 ⎞
3 2 x ⎟
⎝ 2 2 ⎠ d) ⎜ 5e 2 x + 2e − x − e ⎟
⎜ 2 3 ⎟ ⎜ 2 ⎟
⎝ ⎠ ⎝ ⎠
1 −x 18 1 3 1
e) − e cos(2 x ) + e − x sen(2 x ) − e −2 x + e 3x 3. xsenx
50 50 25 50 2
4. a) 2e −3 x − e 3 x b) −
x
cos (5 x ) +
1
sen(5 x ) (
c) 4e − x − 4e −2 x ) d) cos (x ) + sen(x )
50 250
e) 1 − e − x ⎛ nπ ⎞ g) 3 − 3e −3 x h) 2 + e −2 x
f) Lsen ⎜ x ⎟
⎝ L ⎠
i) x − 1 + e − x ⎛ e −4 x 1 ⎞ ⎛ e 2 x e − x xe − x ⎞
j) ⎜ + x − ⎟ k) ⎜ ⎟
⎜ 4 4 ⎟ ⎜ 9 − 9 − 3 ⎟
⎝ ⎠ ⎝ ⎠

12