Você está na página 1de 3

Centro Integrado de Capacitação, Estação de Aquicultura e Unidade de

Processamento de Pescado (CICEAUPP)

Apresentação

Cabe uma Mini Introdução sobre a produção de pescado e do Centro de


Capacitação/Incubadora?

O pescado é um alimento saudável, rico em proteínas e sais minerais. Significa


mais saúde e qualidade de vida para as pessoas. A Organização Mundial da Saúde, OMS,
recomenda o consumo de pelo menos 12 kg por pessoa ao ano. Mas o consumo de peixe no
Brasil ainda fica bem abaixo da média mundial.

Os produtos Industrializados possui uma presença limitada no mercado


brasileiro, demostrando um grande potencial a ser desenvolvido, sendo uma tendência de
consumo, pois se trata de produtos de alto valor nutritivo e biológico, possuindo muitos
efeitos nutracêuticos, assim como a necessidade de produtos de fácil.

O processamento do pescado agrega valor aos pescados, pois proporciona


uma melhor conservação e garantia de qualidade, promove o aumento da vida útil, garante o
fornecimento durante todo o ano, facilitando sua comercialização, manuseio e transporte.
Sendo possível o aproveitamento integral do pescado, onde a carne principal sendo usada para
a filetagem, o restante da carne para produção do patê, salsichas e etc., e o resíduo usado para
fazer farinha de consumo animal ou fertilizante.

Objetivo Geral

O Centro Integrado de Capacitação buscará fortalecer a parceria com a


prefeitura de Aracati, na qualificação e treinamento de servidores e a comunidade Aracatiense
em diversas áreas do conhecimento, disponibilizando o espaço para treinamento diverso que a
Prefeitura venha realizar.

A Unidade de Processamento de Pescado buscará formas de processamento


de pescados existentes na região do Litoral Leste do estado do Ceará e principalmente no
município do Aracati, promovendo o aumento da vida útil, tornando possível a comercialização
de pescados sazonais fora do período de coleta, como os mariscos (sururus), ocasionando
alternativas viáveis de renda para as famílias da região, sempre possuindo como foco a
qualidade e a segurança alimentar requerida pelos consumidores e legislação vigente.

Objetivos Específicos

Centro Integrado de Capacitação


 Promover treinamento e cursos de qualificação nas áreas de
Carnicultura, Psicultura, Processamento de Pescado e nas mais diversas áreas, através
dos cursos de extensões e da Incubadora do IFCE – Campus Aracati.
 Oferecer apoio técnico à formação de novas empresas, nas
áreas de produção e processamento do pescado e demais áreas, através da
Incubadora e Empresa Júnior do IFCE – Campus Aracati.

Estação de Aquicultura

 Desenvolver técnicas de cultivo de convivência com as


enfermidades na carcinicultura, através das modernas técnicas de manejo animal.
 Realizar o diagnóstico presuntivo das principais enfermidades
na aquicultura, e como preveni-las, através das modernas técnicas de manejo animal.
 Produzir alevinos para povoamento de lagos e lagoas e
Cooperativas de Micro Produtores no município de Aracati.
 Oferecer apoio técnico à aquicultura familiar na produção e
processamento do pescado

Unidade de Processamento de Pescado

 Identificar as características químicas, nutritivas e as de


deterioração dos pescados da região;
 Manter as Boas Práticas de Fabricação (BPF’s) garantida à
segurança alimentar dos produtos;
 Identificar as melhores formas de conservação do pescado,
tendo como foco a realidade da comunidade local. Tipos de métodos de conservação:
pelo o frio, pelo a secagem, pela a salga, pela a defumação, pela a fermentação, pela a
conserva;
 Identificar as melhores formas de processamento do pescado,
tendo como foco a realidade da comunidade local. Tipos de produtos de processados:
nuggets de pescados, carne mecanicamente separada, fishburguer, patê de pescado,
presunto e fiambre de pescado, linguiças e salsichas de pescado, pescado enlatado,
pescado em conserva, empanados de pescados, pescados defumados, pescados pré-
cozidos, farinha de pescado para consumo humano e animal, óleo de peixe, gelatina
de pescado e etc.

Colaboradores do Projeto – IFCE campus Aracati

Márcia de Negreiros Viana doutora em Educação - Área de Políticas Públicas e


Administração da Educação Brasileira será a responsável pelo Centro Integrado de
Capacitação, Incubadora e Empresa Júnior.

Sandro Régio de Araújo Neto doutor em Ciências Marinhas Tropicais será o


responsável pela Estação de Aquicultura.

Romano Max Ferreira Carneiro especialista em Engenharia de Alimentos será o


responsável pela Unidade de Processamento de Pescado.
Alunos Bolsistas

Necessidades

Reforma nos Tanques

Abertura para o Dique

Separação do CICEAUPP da Escola através de muro

Necessidade do espaço da Biblioteca, cedendo o espaço dos Laboratórios de


Química e Física em Troca.

Pintura Geral