Você está na página 1de 12

Exatamente.

VOVÔ EXPERIMENTA
DONA LURDES
(2012) Mas é artista ou dentista, essa Carmem?
VOVÔ EXPERIMENTA
DONA LUZIA
Personagens: Ela não é nada. Os filhos que são.

Dona Lurdes; senhora mais idosa e DONA LURDES


desesperada (depois de uma longa pausa) Ah, não lembro
Dona Luzia; senhora religiosa e com memória de Carmem nenhuma.
fraca
Tião; senhor resmungão DONA LUZIA
Enfermeiro James; jovem calmo Como não lembra? A mãe da Carmem teve
Violeta; neta de Seu Guilherme aquele problema com...
Valquíria; namorada puta de Seu Guilherme
Seu Guilherme; senhor descolado TIÃO
Eu tô tentando ouvir a tv.
Cenário: o hall de um asilo particular; dois
sofás, nas duas extremidades; ao centro, uma DONA LUZIA
mesa com jogos de tabuleiros; uma televisão ... álcool, lembra? Foi um escândalo, que eu
no canto esquerdo. me lembre. Ainda mais naquela época.
Lembra? Hoje não. O James é um alcóolatra e
CENA 1: ninguém fala nada.

(Dona Lurdes, Dona Luzia e Tião assistem DONA LURDES


televisão atenciosamente; Dona Lurdes faz um Filha de mãe solteira?
crochê; ouve-se a narração de um
documentário sobre as múmias do Egito) DONA LUZIA
Não, ela tinha pai. Você não lembra do
DONA LURDES Ronaldo, marido da alcóolatra?
Eu sempre quis visitar o Egito. Não tive tempo.
DONA LURDES
DONA LUZIA Mas nós estamos falando da Carmem ou do
É. O filho da Carmem foi uma vez. Numa menino lá que foi no dentista no Egito?
excursão de dentistas.
DONA LUZIA
DONA LURDES Não, ele não foi no...
Que Carmem?
TIÃO
DONA LUZIA Pelo amor de deus, vocês duas!
Como assim “que Carmem”? Aquela que tem
uma filha que é artista. Lembra? DONA LUZIA
... dentista. Era uma excursão. Ele era dentista.
DONA LURDES E nem era mais menino.
Ah.
(longa pausa; Tião se acomoda aliviado; Dona
(pausa; todos continuam a assistir o Luzia ainda pensa em seus assuntos; Dona
documentário) Lurdes continua seu crochê calmamente)

DONA LURDES DONA LUZIA


Mas não era excursão de dentista, que você Eu queria morar num sítio, assim, bem bonito.
disse?
TIÃO
TIÃO Fica quieta!
Chiu!
DONA LURDES
DONA LUZIA
Ai, Luzia, eu sempre quis morar num sítio.
Desses bem bonitos. Não tive tempo. DONA LURDES
O que?
DONA LUZIA
Mas deus proverá. Tem que acreditar. DONA LUZIA
Que horas que foi isso?
DONA LURDES
Ixi, agora não. Olha onde a gente tá. Agora é DONA LURDES
só esperar. Que se deus quiser, um dia ele Isso o que, minha filha?
vem nos buscar.
DONA LUZIA
DONA LUZIA Você quem tava falando, Lurdes.
Mas não esperamos todo esse tempo mesmo?
Que custava arriscar agora, se fosse possível? DONA LURDES
Se eu tivesse condições eu ia morar no sítio. Eu?
Só que tem que ser nas regras sociais e da
família. Nada de maluquice de jovem velho DONA LUZIA
igual o pamonha do Seu Guilherme. Ai, eu não entendo mais nada!

TIÃO DONA LURDES


Caramba! Ixi, eu que sou a velha aqui, Luzia. Tem tempo
pra ficar gagá.
DONA LURDES
Sei lá! Já que você me lembrou, eu acho que é DONA LUZIA
melhor você acordar o Seu Guilherme. Tá Eu, gagá? Você tá me chamando de gagá,
dormindo faz tempo já, o coitado. Eu tô Lurdes?
fazendo esse gorro pra ele. Avisa ele lá.
DONA LURDES
DONA LUZIA Eu não disse isso, meu deus! Eu falei que você
Tião, vai lá acordar o Seu Guilherme. ainda tem tempo pra ficar gagá. Eu que já tô
com noventa tô bem ainda. Quantos você já
TIÃO tá?
Eita, que saco. (sai contrariado com sua
muleta) DONA LUZIA
Do que?
(silêncio; as duas se interessam pelas imagens
que passam na televisão) DONA LURDES
Ai, mas de novo, Luzia? Vou falar pro James
DONA LURDES que você tá tendo isso.
Credo. O Egito é horrível, meu deus!
DONA LUZIA
DONA LUZIA Eu não entendi o que você perguntou.
Eu tô começando a ficar com dor de dente. O
do fundo. DONA LURDES
Nada, nada!
DONA LURDES
A Carmem tem um filho que é dentista. (silêncio)

DONA LUZIA DONA LURDES


(pausa) Ah, mas então você lembra da Credo! Que múmia!
Carmem, Lurdes!
DONA LUZIA
DONA LURDES Múmia é você, Lurdes! Onde já se viu?
Eu lembro porque você falou. Essa Carmem é
só problema, parece. DONA LURDES
Eu tô falando da tv, Luzia! Que difícil, meu
DONA LUZIA deus!
Que horas?
(Tião entra) E ele saiu sem avisar. Eu só sei porque eu
observo as coisas. Ele deu uma olhadinha
TIÃO quando eu...
Caramba! Não achei o véio.
DONA LURDES
DONA LURDES Tá vendo? Ele fugiu! Fugiu! Esse velho!
Como não achou? Ele tá lá dormindo.
JAMES
TIÃO Dona Lurdes, o Seu Guilherme está em seu
Num tá. Tô falando que não tá. quarto. Ele não pode ter saído.

DONA LURDES TIÃO


É claro que tá. Não tá. Já disse que no quarto ele não está.
Por que vocês insistem?
DONA LUZIA
Vocês estão falando do Seu Guilherme? JAMES
Ele deve estar no banheiro. Eu fiquei na
TIÃO portaria o tempo todo. Não tem como ele ter
É. Ele não tá lá dormindo. Se quiserem ir ver, saído. E tem as câmeras.
pode ir. Agora me deixem em paz pra eu
assistir o programa. DONA LURDES
Eu tô dizendo, vai lá ver. Vai lá ver, Luzia.
DONA LUZIA
É claro que ele não tá dormindo. Ele saiu. DONA LUZIA
Vai lá, Tião.
DONA LURDES
Saiu? Saiu? Onde? Que horas? TIÃO
Meu deus, que múmia!
DONA LUZIA
Antes do almoço ainda. Saiu pela porta da DONA LUZIA
frente. Deu uma olhadinha pra trás quando Você que é, velho caduco!
eu...
TIÃO
DONA LURDES Ah, vá!
E por que você não falou nada, Luzia? (chama)
James! James! Eu não acredito. Cadê esse DONA LURDES
filho da mãe? James! Eu tô chamando! Puxa Você tem que fazer alguma coisa, James. Ele
vida, se fosse pra morrer tinha morrido. fugiu! Fugiu!

(James entra) DONA LUZIA


Já não era em tempo. Esse Seu Guilherme é
JAMES mesmo muito esquisito. Disse que nunca foi na
Sim, senhora. missa. Acredita? Eu torcia pra que chegasse
esse dia logo. Acho que ele é má influência pra
DONA LURDES todo mundo aqui.
O Seu Guilherme saiu. Fugiu, James. Vá atrás
dele. JAMES
Seu remédio, Tião.
JAMES
Dona Lurdes, fique calma. Está tudo bem. TIÃO
Caramba, viu. Vai logo com isso. (toma
DONA LURDES seguido de um copo d’água)
Eu estou calma. Estou só dizendo que tem
alguma coisa errada. Seu Guilherme não sai DONA LURDES
sem avisar. Eu gosto do Seu Guilherme, tá, Luzia? Ele é
um velho esperto. Me faz sentir jovem de novo.
DONA LUZIA E você, James? Não vai fazer nada?
JAMES
Eu... DONA LURDES
De jeito nenhum! Você tá querendo me tapear.
DONA LURDES Chega dessa baboseira! Eu vou lá ver se ele
Por que não acredita em mim? Vai lá ver no está no quarto. (resmungando) Onde já se viu?
quarto! Que palhaçada! Essa molecada de hoje em dia
não quer ajudar ninguém!
JAMES
Porque vocês sempre aprontam dessas (demoradamente ela atravessa a cena;
comigo. Eu não vou cair nessa de novo. enquanto isso, James se interessa pelo
documentário e senta-se com Tião; Dona Luzia
DONA LURDES fica pensativa olhando para o horizonte; depois
É o Seu Guilherme quem faz as brincadeiras de um bom tempo, Dona Lurdes sai de cena;
com o senhor, senhor James. Ele que planeja silêncio)
todas aquelas pegadinhas com o senhor. E ele
não está aqui agora. DONA LURDES
(em off) Eu disse! Eu disse! James! Chame a
DONA LUZIA polícia!
É verdade. Aquele outro dia eu não tinha nada
a ver com isso e você não acreditou em mim. (ouve-se a campanhia)
Esse Seu Guilherme, viu!
JAMES
DONA LURDES Quem será? (sai para atender)
Você não vai me fazer ir lá conferir, não é?
Hein, James? DONA LURDES
(entra) É ele! É ele! Ele voltou! Ufa!
TIÃO
Deixa o velho! Seu Guilherme é diferente. Não (entram James e Violeta)
era pra ele estar aqui mesmo. Caramba, olha
essa múmia com a boca caída de lado! JAMES
Ele está lá no quarto, eu vou ir chama-lo. (vai
DONA LURDES saindo chamando) Seu Guilherme, visita para
Onde será que ele foi, meu deus? você!

JAMES DONA LURDES


Ele não foi a lugar nenhum, Dona Lurdes. Ele está fazendo de propósito. Eu já falei
Fique calma. Talvez seja mais uma das suas que...!
brincadeiras.
VIOLETA
DONA LUZIA Boa noite, pros senhores!
Puta dor de dente!
DONA LURDES
JAMES Só pra você que é jovem e as pessoas levam a
Quer que eu marque um dentista, Dona Luzia? sério. Tá procurando o Seu Guilherme? O que
Pede agora que eu já falo com ele amanhã é dele?
cedo.
VIOLETA
TIÃO Neta.
No Egito? Se for eu quero ir também.
DONA LUZIA
JAMES Sério? Eu não achei que fosse possível...
Não. Por que seria?
DONA LURDES
DONA LUZIA Ele sumiu, minha filha. Mas não adianta falar
Longa história. nada pra ninguém.

JAMES VIOLETA
Seu remédio, Dona Lurdes. Impossível. Ele não tem pra onde ir.
VIOLETA
DONA LUZIA (ri) Imagina, meu avô é bem normal. Ele tá
É verdade. Eu vi. inteirão ainda, e olha que já tá quase com cem
anos.
(entra James um pouco nervoso)
DONA LURDES
JAMES Noventa e oito. Eu sei. Eu sei tudo dele,
É... ele está no banheiro. Está se arrumando. querida. E eu sei que seu avô trama coisas
aqui nesse lugar. Vive aprontando pegadinhas
VIOLETA nos outros, criando planos mirabolantes,
(despreocupada) Estranho. Vovô nunca se etecetera.
importou tanto com isso.
VIOLETA
DONA LURDES Nós não estamos falando da mesma pessoa.
Está? Meu avô é um doce. Não seria possível.

JAMES DONA LURDES


Sim. E não vamos alarmar pânico. (para Olha o que eu estou falando, menina...
Violeta) A senhora aceita um suco, algo pra
beber? DONA LUZIA
Você sabia que seu avô nunca foi na missa?
DONA LUZIA
Claro, James. De pera. TIÃO
Ele só é um senhor moderno, gente. Tá na
VIOLETA moda já.
Não, obrigada.
DONA LUZIA
JAMES Senhor moderno! Isso é coisa daquele lá. Você
Se quiser se sentar... sabe, né?

VIOLETA VIOLETA
Não, prefiro ficar em pé. Aquele lá?

DONA LUZIA TIÃO


Eu já tô acomodadinha aqui, querido. Capeta, moça. Ela adora falar dele.

JAMES DONA LUZIA


Como queira. (sai) Deus me livre, adorar! O que é isso? Tá gagá?
Eu adoro somente nosso senhor Jesus Cristo
DONA LURDES Salvador.
Ele sumiu, minha filha. James está mentindo.
Nesse momento ele está dando um jeito de DONA LURDES
achar seu avô. Sabe internet? Vai lá você mesma conferir. Procura seu avô
por aqui. Ele não está em lugar nenhum!
VIOLETA
Tá bom. VIOLETA
Vou esperar o James voltar.
DONA LURDES
É sério. Eu não sou louca. Isso aqui é um asilo, DONA LURDES
não um hospício. Que merda! Ninguém me ouve aqui!

VIOLETA DONA LUZIA


Eu entendo. Não fale essas coisas, Lurdes. Que coisa feia.

DONA LURDES DONA LURDES


Você não tá levando a sério, minha filha. Seu Esse Seu Guilherme tá dando nos nervos já.
avô é um velho muito perturbado. Pelo menos uma vez por semana ele age feito
moleque. Que papelão! Que papelão!
Quem é a senhora? Posso saber?
VIOLETA
Isso é impossível, dona. Meu avô é um santo. (entra James)
Trabalhou desde pequeno na fazenda do meu
bisa, casou cedo e nem teve tempo de ser VALQUÍRIA
criança, dona. Impossível que estejamos É senhorita! Senhorita, tá! Onde está aquele
falando da mesma pessoa. Criou sete filhos e vagabundo?
dezenove netos. E era uma benção. Sempre
falava de Jesus, também. É verdade. Você JAMES
falando assim até parece que meu avô é um A senhora terá que esperar aqui. Tem fila pra
maluco irresponsável. essa visita hoje.

DONA LURDES VALQUÍRIA


Mas ele é um maluco irresponsável. Que merda! Ai, que raiva!

VIOLETA VIOLETA
Eu não consigo ver meu avô fazendo Desculpe, mas... James, essa senhorita veio
pegadinhas. Impossível. Eu me lembro dele na visitar meu avô?
varanda, fumando seu cigarrinho de palha,
suspensório apertando sua barriga. Aí aqueles JAMES
cabelinhos brancos, os olhinhos pequeninhos Sim. Eles são namorados.
de vovô. Não dá pra imaginar. Ele é do tipo que
conta histórias, sabe? Depois de um tempo ele VALQUÍRIA
começou a repeti-las, mas sempre foi muito Nós estamos saindo, na verdade.
bonzinho e criativo. Meu avô sempre foi um
santo. DONA LURDES e VIOLETA
O que?
DONA LUZIA
O capeta é astuto, menina. JAMES
Exatamente. Ela vem de vez em quando. Eu
VIOLETA deixo eles usarem meu carro. Daí ele me
Se o capeta existe mesmo, a última pessoa do compra cigarro em troca, quando aperta.
mundo que ele chegaria perto seria meu avô.
VIOLETA
DONA LURDES (indignada) Você o que?
Você tem certeza que conhece mesmo seu
avô? JAMES
É a globalização, dona. Foi mal. Seus pais não
(ouve-se uma campanhia) me pagam tão bem.

DONA LURDES VALQUÍRIA


Ufa! Pronto. James achou seu avô. Graças a A hora que eu ver aquele desgraçado...
deus!
DONA LURDES
TIÃO Como eu nunca vi essa mulher aqui?
Seu Guilherme não volta mais, não. Escreva o
que eu tô dizendo. DONA LUZIA
Eu já vi. E aí, Val? Só na moral? (ri)
(Valquíria entra nervosa)
VALQUÍRIA
VALQUÍRIA Beleza, Lu? Desculpa o stress. Aquele
Cadê aquele filho da puta? Eu vou matar lazarento tá me fodendo!
aquele desgraçado!
DONA LUZIA
DONA LUZIA Fique calma. O Seu Guilherme é assim
Gente, ela falou “filho da...” (tampa a boca) mesmo. Mas não precisa ser chula, Val.

DONA LURDES VALQUÍRIA


Perdão aí. Como vai, Tião? Eu tenho trinta e sete, moça. E sou neta dele.
Cadê ele, James?
TIÃO
Só na múmia aqui. JAMES
Eu vou chamar. (sai)
VALQUÍRIA
Bacana. Ah, eu já vi esse. No fim vai aparecer DONA LURDES
a múmia mais velha do mundo. Eu tô cansada de falar que ele não está aqui.

TIÃO VALQUÍRIA
Caramba. Minha unha já acabou até. Como não está aqui? Onde aquele filho da
puta foi?
DONA LURDES
Só eu que não sei de nada aqui? VIOLETA
Opa! Você pode namorar ele, mas não tem o
DONA LUZIA direito de xingá-lo assim! Ele é meu avô.
Calma querida, você já tem mais idade, né?
VALQUÍRIA
VIOLETA Querida, seu doce avô me emprenhou, tá
Então você namora meu avô? bom? Choca. E agora ele está foragido,
segundo ela.
VALQUÍRIA
Sim. E você é... VIOLETA
Isso é impossível.
VIOLETA
Eu sou a neta dele. A sétima. Violeta. DONA LURDES
Emprenhada? (chora)
VALQUÍRIA
Caralho! Que prazer imenso te conhecer, cara! DONA LUZIA
Me dá um abraço. (abraça Violeta) Caramba, Que foi, Lurdes? Meu deus, não chore porque
menina! Seu avô fala bastante de você. De senão eu choro também. O que significa
qual casamento? emprenhada, gente?

VIOLETA DONA LURDES


Do único. Ele só casou com minha avó! Eu queria tanto ter um filho. Não tive tempo.

(silêncio) VIOLETA
Isso não está acontecendo. Quando eu contar
VALQUÍRIA pra mamãe... Meu deus, o que mais eu não
Hum. sei?

VIOLETA DONA LUZIA


Eu juro que eu estou bem confusa. Desculpa te Dona Lurdes era amante de seu avô.
perguntar, mas quantos anos você tem, meu
bem? VALQUÍRIA
O que?
VALQUÍRIA
Trinta e três. A idade de Cristo. (ri) DONA LUZIA
Ela pensava que era namorada, mas agora
VIOLETA podemos ver o tipo de homem que seu avô
Meu deus. Meu avô tem quase cem, moça. era, não é?

VALQUÍRIA VIOLETA
Noventa oito, pra ser mais preciso. Mas não Vocês estão de brincadeira.
vamos ser caretas e ter esse assunto de idade,
vai. Já ouvi demais por toda uma vida. TIÃO
Ele colocou um piercing no mamilo semana
VIOLETA passada.
DONA LUZIA DONA LURDES
E fuma maconha escondido no carro do É verdade! Ele me mostrou a cicatriz! O Seu
James. Eu vi! Pode falar o que quiser que eu Guilherme é operado! Impostora! Golpe da
sei o que eu vi! barriga!

(James entra) VALQUÍRIA


Não é nada disso! Eu não faço esse tipo de
JAMES coisa, sua múmia psicótica!
Eu não tenho nada a ver com isso.
TIÃO
VIOLETA Pode crer.
Meu deus, mas o que é isso? O que vocês
fizeram com meu avô nesse lugar? VALQUÍRIA
Acredito que posso estar me confundindo, já
TIÃO que...
Certo dia ele acordou jovem de novo. Foi isso.
Só isso. Acontece. Eu vi no Discovery Channel. DONA LUZIA
Acontece um negócio na cabeça da velharada Maria, Jesus e José! Mãe solteira que nem
que... sabe quem é o pai! (joga as peças do xadrez
em Valquíria)
DONA LUZIA
Esqueci de falar do Xbox 360. Comprou pela VALQUÍRIA
internet também, junto com a esteira. Viciado Pirou, Lu? Para com isso.
já.
DONA LUZIA
VIOLETA Desculpa, sou católica.
Meu avô... não é possível. Estamos falando de
outra pessoa. VIOLETA
Como ele pode ter sumido, James? Nós
VALQUÍRIA pagamos esse lugar para ele ficar seguro!
Além de ser um ninfomaníaco, né? Pode ser pouco, mas é o suficiente. E agora
descubro que faz sexo com essa menina,
VIOLETA talvez tenha tido outra família, mostra cicatriz
Não! Ele é todo certinho. Carinha de avô, do saco pra essa daí, tem um piercing no
jeitinho de avô. Do clássico. Cadê ele? (chama) mamilo e é viciado em videogame!
Vô?!
DONA LUZIA
JAMES Eu também vi a cicatriz.
Ele sumiu mesmo.
TIÃO
(silêncio) Dizem por aí também que Seu Guilherme é
apaixonado por uma tal de Carmem. Não fui eu
VIOLETA quem falei.
Como assim sumiu?
DONA LURDES
DONA LURDES A do Egito?
Não disse? Hã? Grita agora.
VIOLETA
VALQUÍRIA Hã?
Filho da puta! Que ódio! Tá fugindo do bebê!
DONA LUZIA
VIOLETA A filha da Carmem faz novela. É verdade. (pra
Ele é operado, sua imbecil! Não pode ter filhos ela mesma) Eu me lembro disso e meu dente
faz tempo! Tem alguma coisa errada nessa dói. Que estranho.
história! O que você tá querendo com meu avô,
hein? Eu não acredito que ele tem feito tudo TIÃO
isso!
Eles se encontram uma vez por mês no parque
ecológico. Isso o que me disseram. VALQUÍRIA
Lembrei. Que alívio. Realmente. Acho que o
VALQUÍRIA filho não é do Gui mesmo. (pensa) Não, não.
Esse Seu Guilherme é um babaca mesmo! Certeza. Filho da puta. É do Ronaldo.
Igual todos os outros homens! E eu, idiota, caí
na lábia daquele velho charmoso! DONA LUZIA
Pai da Carmem?
VIOLETA
Eu não tô acreditando. Alguém pode chamar a VALQUÍRIA
polícia? Temos uma pessoa desaparecida Não, outro Ronaldo. Só um minutinho. Dá uma
aqui! licença. (disca no celular) Ronaldo, seu filho da
puta! Escuta aqui seu... (sai)
DONA LURDES
Queria tanto ter tido uma chance com Seu VIOLETA
Guilherme. Mas eu não tive tempo. Só deu pra (olha Valquíria sair) Como ele pôde ficar com
olhar pra cicatriz. essa... essa...

DONA LUZIA DONA LURDES


Graças a deus, amiga! Você é quem tem sorte. Vaca?
(se lembra de algo e faz cara de nojo)
VIOLETA
JAMES Pode ser.
Ele volta. Ele gosta dessas palhaçadas.
Alguém quer um suquinho? DONA LURDES
Eu estou desapontadíssima.
TIÃO
Eu acho que dessa vez ele não volta mais. TIÃO
Deixa o velho, gente! Ele quer é ser feliz.
DONA LURDES
Vire essa boca pra lá! DONA LUZIA
Que babaca que você é, Tião! Feliz, feliz! Você
JAMES só fala besteira. Quem é que faz isso?
Por que acha isso?
VIOLETA
TIÃO É meu avô em questão, gente! Pelo amor de
Ele falou que ia fazer uma loucura. Disse que deus! E se ele se matar?
tava cansado de se olhar no espelho, de se ver
velho todo dia e, blá, blá, blá. Todo aquele TIÃO
papo de velho. Já tá velho mesmo. Vai morrer de um jeito ou
de outro. E logo.
VIOLETA
Ai, meu deus! Ele vai se matar, é isso? (Valquíria entra)

JAMES VALQUÍRIA
Eu vou ligar pra polícia. (sai) Viu, gente, eu vou indo nessa. Até mais,
queridos! Desculpem a confusão, gente! Já
TIÃO resolvi. (vai sair) Ah, o Ronaldo é mesmo o pai
Pode ser, pode não ser! da Carmem. Dá pra acreditar? Mundo pequeno
esse. (sai; gritando no telefone) Eu não quero
DONA LUZIA saber de dez por cento porcaria nenhuma! Eu
Quem se mata vai pro inferno. quero mais é que você se...

VALQUÍRIA (longo silêncio)


Lembrei! Lembrei, ufa! Ai.
VIOLETA
VIOLETA E agora? Eu estou ficando preocupada. Eu vou
O que você lembrou? ligar pra mamãe.
Final do ano passado ele quis pular de
JAMES paraquedas. Lembra da grana pra uma
Não! Não ligue pra ela, por favor! Sua mãe me excursão pra Aparecida do Norte, menina?
come vivo. Ela é uma bruxa, aquela louca! O
dia que ela quiser me contratar pra cuidar dela DONA LUZIA
velha, eu me recuso! Que pecado.

DONA LURDES TIÃO


James! Então. Ele pirou. Tá fazendo essas maluquices.
O véio tá só querendo se libertar nesses
VIOLETA últimos anos, gente. Deixa ele ser feliz. (pausa)
É verdade. Ela é mesmo. Mal chegou aos Agora aquela história da outra família eu não
sessenta e é mal humorada pra chuchu. sei de nada, hein!
Frustrada. Chegou à melhor idade
desesperada, por não ter feito nada de VIOLETA
importante. E desconta em todo mundo. O que eu acho é que... Não tá certo ele...

DONA LUZIA TIÃO


Deus nos livre. A vida é difícil de entender pra todo mundo,
menina. Corajoso é ele. Bem que eu queria ter
TIÃO a mesma coragem. Viver intensamente, de um
Talvez seu avô esteja tirando o atraso. dia pro outro! Eu sou fã do seu Guilherme, de
verdade mesmo.
VIOLETA
Como assim? VIOLETA
Não, moço. O problema é que...
TIÃO
Você disse que ele quase que não teve TIÃO
infância, casou cedo, não é? Talvez ele esteja Vocês não entendem! Ele está
brincando de ser criança agora depois de experimentando! Deixa o cara experimentar a
velho. vida. Logo ela passa e ninguém viu. Ninguém
anotou.
DONA LURDES
Que coisa mais ridícula! Isso é ridículo! Nós VIOLETA
crescemos, temos que agir como velhos. Mas...
Roupa social, boina, suspensório.
TIÃO
TIÃO Não tem “mas”, minha filha! Ele já tá bem
E quem regrou essa bosta? crescido, mais vivido que qualquer um aqui. Ele
é mais esperto que todos nós juntos! Vai
(silêncio) morrer experiente. Sortudo.

TIÃO (silêncio)
Olha, eu só posso dizer uma coisa. Seu avô é
um cara muito especial. Confesso. Eu o ajudei DONA LUZIA
a experimentar alguns tipos de drogas nesse Eu queria tanto conhecer o forró que a Neide
tempo todo aqui no asilo. Alguns remédios tanto falou. Mas minha mãe nunca deixou.
relaxantes aí. Eu tenho um sobrinho que vende Você já ouviu Falamansa, Lurdes? O moço que
umas paradas e o James não sabe cuidar canta é uma gracinha.
direito da prateleira de remédio.
(Seu Guilherme entra; ele está com alguns
JAMES piercings no rosto e uma grande tatuagem no
Eu... braço; ele cumprimenta os amigos
tranquilamente, beija o rosto de Violeta e entra
TIÃO nos aposentos do asilo)
E confesso também. Ajudei o velho a encontrar
essas namoradas na internet. Que tem? Hã? VIOLETA
Ajudei ele com as coisas que ele queria fazer. Meu deus...
DONA LURDES TIÃO
Esse é o Seu Guilherme hoje. Faz quanto Ah! Não vou mais, não! Folgada!
tempo que você não vê ele, minha filha?
DONA LURDES
VIOLETA Eu vou!
Alguns meses. (segue Seu Guilherme)
(demoradamente ela atravessa a cena;
DONA LURDES enquanto isso, ouve-se iniciar um
Ixi, agora vai dar barraco. documentário sobre a morte; Dona Luzia fica
pensativa olhando para o horizonte; depois de
DONA LUZIA um bom tempo, Dona Lurdes sai de cena)
Que vida, hein. Tadinha.
TIÃO
TIÃO Vai começar outro programa.
Tadinha nada, ô lerda. Tem nego que daria o
rabo pra ter um avô igual ele. (pausa) Será que DONA LUZIA
dói furar o mamilo? Do que é agora?

(os três se interessam pelas imagens na (Dona Lurdes entra)


televisão)
DONA LURDES
DONA LUZIA O Seu Guilherme... ele... não tá... é... parou...
Meu deus! Que múmia horrível!
DONA LUZIA
TIÃO Do que é o programa, Tião?
É a mais velha do mundo.
TIÃO
DONA LURDES É sobre a morte.
Acontece com todo mundo.
DONA LURDES
TIÃO ... o coração. Seu Guilherme morreu.
A diferença é que ou você morre enfaixada ou
morre com a cabeça livre. (tensão; os três se olham em choque; música
fúnebre e melancólica; James atravessa a cena
DONA LUZIA preparando um possível funeral, com Seu
É pra gente escolher? Guilherme em uma maca coberto com um
lençol branco; os três, imóveis, aos poucos vão
TIÃO levando a atenção a televisão novamente;
Ué, é possível. Olha o Seu Guilherme. Valquíria entra com um bebê e deixa uma flor)

(Violeta entra) DONA LUZIA


Deus castigou Seu Guilherme.
VIOLETA
(depois de uma longa pausa) Adeus, meninos. TIÃO
(vai sair) Minha avó foi única. (sai) Que nada. Ele apenas chegou exatamente no
ponto final. E não acredito que tenha se
(longo silêncio) arrependido de algo.

DONA LUZIA (black-out; ouve-se a narração do


Nossa! Só isso? Minha avó foi única? documentário)

DONA LURDES NARRAÇÃO


Ele não vai falar nada? Que palhaçada, meu A morte é a única certeza que temos. Sem ela
deus! Vai lá ver, Luzia. não poderia ter acontecido evolução nenhuma,
nem poderíamos existir. O que dá sentido a
DONA LUZIA vida é exatamente que ela termina no fim. Se
Vai lá, Tião! fossemos imortais, não lutaríamos por nada.
Iríamos nos reproduzir até que o planeta enfim
explodisse de protozoários e plânctons não TIÃO
desenvolvidos que iriam viver para sempre, Piercing no mamilo!
sem rumo. Da mesma forma há aqueles que
tentam encontrar uma continuação para a vida. DONA LUZIA
Você morre, seu corpo leva suas memórias Forró com a Neide!
para o pó. O que acontece depois não vai ter
mais tanta importância se você não fez a coisa DONA LURDES
direita por aqui. Você se torna eterno quando Amor! Finalmente, amor. (mostra os peitos
entende que o mais importante não é apenas para a plateia)
seguir o que dizem sobre a morte, mas apenas
seguir o que os caras mais espertos da história (black-out)
humana já disseram sobre a vida.

(luz; Tião, Dona Luzia e Dona Lurdes estão FIM


com figurinos de rock-star)

Interesses relacionados