Você está na página 1de 1

A Estrutura Homilética

A Importância da Estrutura Homilética


D. Martyn Lloyd-Jones, conhecido pastor da Capela de Westminster de Londres, Inglaterra, ressaltou em sua obra,
Estudos no Sermão da Montanha, que o sermão não é mero ensaio nem uma composição literária para publicação, que
será lida e relida, mas uma mensagem cujo objetivo é ser ouvida e causar impacto imediato sobre os ouvintes.
Para produzir esse impacto, o sermão deve ser isento de ambigüidade e não conter material alheio ao tema principal.
Por outro lado, deve ser distinto ou padronizado, e suas idéias devem indicar continuidade de pensamento, e o discurso
todo deve dirigir-se para um alvo ou clímax definido. Em outras palavras, o sermão deve ser elaborado de tal forma
que os ouvintes possam compreender, sem dificuldade, o ponto principal da mensagem e também os seus outros vários
aspectos. É este o motivo da estrutura homilética. Os capítulos que se seguem tratarão da mecânica da elaboração de
sermões. Não há caminho fácil para a preparação eficaz de sermões. Exige esforço laborioso e estudo paciente.
Aprendidos esses princípios, deve haver ainda uma aplicação assídua deles, se o estudante deseja dominar a arte da
pregação. Contudo, as recompensas de tal diligência serão de muito maior valor do que todo o tempo e labor
empregados, pois se o estudante dominar por completo os princípios da elaboração de sermões ele estará a caminho de
tornar-se um construtor de sermões. Ele poderá apresentar suas mensagens com uma clareza tal, do começo ao fim,
que seus ouvintes poderão acompanhar,
ponto por ponto, as verdades bíblicas que ele procure revelar.

Formato do Esboço de Um Sermão

Para que o leitor tenha um quadro completo do formato correto do esboço de sermões,
apresentamos um abaixo.
Título____________________________________________
Texto____________________________________________
Introdução________________________________________
1_______________________________________________
2__________________________________
Proposição________________________________________
Sentença interrogativa_____________________________
Sentença de transição_____________________________
I. Primeira divisão principal_______________________
1. Primeira subdivisão-_______________________
Discussão
2. Segunda subdivisão________________________
Discussão
Transição_____________________________________
II. Segunda divisão principal____________________
1. Primeira subdivisão________________________
Discussão
2. Segunda subdivisão________________________
Discussão
Transição____________________________________
Conclusão
1_______________________________________________
2________________________________
3 _______________________________________________________