Você está na página 1de 2

Arroz doce tradicional

Esta semana apresento para vocês uma receita tradicional que é


facilmente encontrada não só nas nossas residências, como também
pode ser saboreada nos cafés e restaurantes mais tradicionais da
capital paulista: o arroz doce.
Sua simplicidade e ingredientes básicos remetem à sua origem nas
fazendas paulistas, onde um pouco de leite combinado com açúcar e
alguma fruta ou outro ingrediente qualquer dava origem a alguma
guloseima deliciosa.
O hoje popular e conhecido leite condensado não era utilizado, apesar
de já existir, porque era caro e poucos consumidores tinham este
item em suas despensas, considerado ingrediente de luxo.
Segue a receita:
Ingredientes:
1 xícara (chá) de arroz branco;
Água suficiente para cozinhar o arroz;
Açúcar refinado a gosto;
1 litro de leite caipira;
Canela em pau;
2 gemas.
Método:
Cozinha-se o arroz somente com água até esgotar o líquido (a
quantidade de água necessária você pode usar de acordo com a
indicação na embalagem do arroz, porém sem tempero nenhum).
Quando tiver esgotado a água, acrescenta-se todo o leite, o açúcar e
canela em pau a gosto. Usei meia xícara de chá de açúcar e uma
canela em pau inteira. Com esta quantidade de açúcar o sabor ficou
muito bom, nem doce demais nem de menos. Eu diria que ficou
perfeito.
Quando o leite tiver reduzido pela metade, você bate as duas gemas
com um garfo em uma tigelinha, acrescenta um pouco do arroz em
cozimento, mistura, e logo em seguida mistura este pouco de arroz
no restante que está na panela. Deixe reduzir o leite até ter um arroz
macio e cremoso. É incrível como o arroz fica cremoso e saboroso.
Dica: Utilize uma panela grande porque o leite ferve e pode vir a
derramar, caso a panela seja pequena.
Como estava um dia frio quando testei a receita, servi o arroz doce
morno em tigelinhas de louça polvilhado com canela em pó, mas se
preferir pode servir gelado.
Algumas receitas recomendam uma pitada de sal no preparo do arroz
para ressaltar o sabor e raspas de laranja opcional.