Você está na página 1de 8

EXPERT EM

FUNCIONAL curso do sistema gaff studio

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


Condicionamento
Cardiovascular
Funcional

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


RETROSPECTIVA

• Regeneração – Clínica 1
• Função Articular - Clínica 1
• Preparação de Movimento - Clínica 1
• Neuromusculação - Clínica 2
• Análise, Interpretação e Correção de Movimentos Fundamentais - Clínica 3

INTRODUÇÃO

Uma programação de treinamento precisa ser trabalhada em cima de alguns


aspectos básicos que oferecem boas condições de treino e favorecem à conquista
de resultados. Um sistema de treinamento completo tem, basicamente, os
componentes abaixo:

• Manutenção (Clínica 1 e 3)

• Condicionamento (Clínica 4)

• Fortalecimento (Clínica 2)

HISTÓRIA DO CONDICIONAMENTO

• Treinamento Aeróbico – Moderado, contínuo e prolongado com repetição de um


mesmo movimento

• Treinamento Intervalado – Intenso, com interrupções e mais curto com repetição


de um mesmo movimento

• Treinamento em Circuito – Variação de estímulos, variação de intensidade, similar


ao intervalado, porém diversos movimentos são repetidos ao invés de um apenas.

não é a única opção

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


OBJETIVO

Precisamos estimular o sistema cardiovascular por diversos motivos. Os mais


importantes, porém, são a saúde do sistema cardiovascular, e sua associação com
o controle de peso e percentual de gordural corporal. Um bom treino cardiovascular
consiste de:
• Maior gasto calórico
• Estímulos mais intensos
• Melhor utilização do Sistema Neuromuscular
• Menor consumo de tempo

ESTRATÉGIA

A melhor forma de alcançarmos os objetivos citados acima é não colocar forma


a frente de função. Em outras palavras, não tentar perder peso a qualquer custo
fisicamente. Utilizando os estímulos citados logo abaixo da forma correta,
respeitando funções, é possível se montar uma programação que preserve o
indivíduo e o auxilie a alcançar seus objetivos, seja visando saúde ou estética.

• Coordenação
• Pliometria
• Potência
• Balístico
• Força Especial

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


BENEFÍCIO

Condicionamento cardiovascular não é algo muito agradável de adquirir. Se


levarmos em consideração que até pouco tempo a única forma de condicionamento
físico a disposição eram movimentos lineares e repetivos (corrida, esteira, bicicleta,
elípticos, climbers) dá para se ter uma idéia por que era, ou ainda é, tão difícil de
convencer as pessoas a iniciarem uma rotina de condicionamento. Por esse motivo,
buscamos oferecer condições que motivem nossos alunos a iniciarem uma rotina
cardiovascular que fuja da realidade que não agrada a grande maioria do público
que necessita perder peso ou manter o sistema cardiovescular de forma eficiente.

• Estimular o Sistema (Força, Potência, Coordenação, Estabilidade, Mobilidade, etc)


• Oferecer Desenvolvimento ao Sistema (Aprimorar função)
• Possibilidade de Variações (Monotonia não pertence ao nosso sistema)
• Motivacional (Cada treino é um desafio)

ESTRATÉGIA GAFF studio

Utilizar estímulos que promovem o condicionamento cardiovascular sem a


necessidade da utilização de ferramentas de custo alto ou que venham a ocupar
muito espaço dentro um espaço já limitado.

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


CIRCUITOS

• Linear / Lateral

1) Coordenação
2) Pliometria Inferior
3) Força Especial
4) Pliometria Superior

• Dia 2 / Alternativo

1) Potência - Dominância de Joelho


2) Balístico - Dominância de Quadril
3) Compostos
4) Força Especial

COMPONENTES DO CIRCUITO: Dia 1 / Dia 3

Geralmente optamos por desenhar a mesma estrutura de circuito para os dias 1 e 3.


Para cada fase de treinamento, estimulamos componentes de deslocamento linear e
deslocamento lateral. Essa estratégia nos dá condições de oferecer opções variadas
com o passar o treinamento, permitindo que os alunos não se sintam acomodados
por estarem fazendo sempre a mesma coisa.

• (Linear / Lateral)

- 2T Joelho Alto; Entra e Sai Trocando


- 3T Zig Zag Lateral; Cruzado por Tras; Cruzado pela Frente
- 4T Entra e Sai; 1 2 3 Dentro

• Pliometria Inferior (Linear / Lateral)

- Step Up
1) Sem Salto
2) Salto sem Excêntrica
3) Salto com Excêntrica
4) Alternando Lados
5) Saltos Elásticos

• Força Especial (Em detalhes da Cl. 5)


- Linear - Trenó (Caixa)
- Lateral - Slide; Marcha Lateral (Salto Horizontal)

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


• Potência / Pliometria Superior

- OverHead

1. Estabilidade
2. Mobilidade (Quadril)

- Peito

1. Estabilidade c/ Auxílio do Quadril


2. Estabilidade
3. Mobilidade (Torácica)

- Rotação

1. Lateral
1) Estabilidade Anti Rotacional
2) Mobilidade de Torácica
3) Mobilidade de Quadril

2. Frontal
1) Estabilidade Anti Rotacional
2) Mobilidade de Torácica
3) Mobilidade de Quadril

• DESENHO

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com


COMPONENTES DO CIRCUITO: Dia 2 / Alternativo

• POTÊNCIA - Dominância de Joelho

- Agachamento Bilateral

1) Reativo - Absorção de Impacto e Dissipação de força pelas articulações


2) Concêntrico - Força
3) Elástico - Transferência rápida da fase excêntrica para concêntrica

• Agachamento Alternado

1) Reativo - Absorção de Impacto e Dissipação de força pelas articulações


2) Concêntrico - Força
3)Elástico - Transferência rápida da fase excêntrica para concêntrica

• Agachamento Unilateral

1) Reativo - Absorção de Impacto e Dissipação de força pelas articulações


2) Concêntrico - Força
3) Elástico - Transferência rápida da fase excêntrica para concêntrica

• BALÍSTICO - Dominância de Quadril

- Swing Básico
- Swing Alto

• COMPOSTO

- Agachamento + Desenvolvimento
- Corda
1) Simultâneo
2) Giro Interno
3) Giro Externo
4) Alternando Mãos

Licenciado para Carlos Fábio Souza de Lima - - Protegido por Nutror.com

Interesses relacionados