Você está na página 1de 1

Confira o Diagrama abaixo.

Ele explica com clareza como e porque desenvolvemos tantos processos de lesão.

Trauma - Este trauma não necessariamente se remete a uma pancada. Quantas vezes
você já não ouviu alguém se queixar de um desconforto que surgiu de repente, ao
acordar? Muito comum isso, não é verdade?

Inflamação - Essa queixa de desconforto ou dor é resultado de uma inflamação, que


começa no nível subconsciente e tende a tomar proporções maiores na medida que o que
era apenas um incomodo de torna uma dor insuportável. Quem consegue se relacionar a
isto?

Espasmo Muscular - quando o desconforto aparece, isso é um sinal de que o problema


já existe há algum tempo. Quando o incomodo se torna consciente, isso quer dizer que o
sistema neuromuscular está sobrecarregado e em estresse acima do necessário. Nesse
cenário nada satisfatório, os espasmos se tornam uma característica

Adesões - Sistema em estresse, é sistema que perda harmonia. Uma região inflamada
possui acúmulo de resíduo e essa acúmulo cria tensão desnecessária, modificando a
densidade da fáscia.

Controle Neuromuscular Alterado - A fáscia com densidade modificada, gera tensão


em excesso e modifica o potencial neuromuscular da região, que se tornar hiperativada

Desequilíbrio Muscular - A consequência de todo esse processo é o desequilíbrio


muscular e o surgimento de um ambiente totalmente favorável para o surgimento de
lesões!

Eis o Ciclo Acumulativo de Lesões