Você está na página 1de 4

1

CARTILHA CONSCIÊNCIA POLÍTICA


por amar é simples e Politize!

1. A DIVISÃO DOS TRÊS PODERES

DE ONDE SURGIU A SEPARAÇÃO DE PODERES?

A separação dos poderes consiste na divisão das


funções do poder estatal. No Brasil, adotamos a

“ Todo homem que detém o


“ tripartição dos poderes, ou seja, a distinção das
funções em legislativa, executiva (administrativa)
poder tende a abusar dele. e jurisdicional. Os três "poderes" devem atuar de
forma autônoma e independente, porém de
Montesquieu forma harmônica, visto que são, em verdade,
"funções estatais" dentro de um poder Uno.

Garantia e proteção da Maior eficiência


1 liberdade dos indivíduos. 2 do estado.

saiba mais

MECANISMOS DE FREIOS E CONTRAPESOS

Legislativo xJudiciário

Executivo xLegislativo JudiciárioxExecutivo


2

2. PODER EXECUTIVO

O Poder Executivo tem a função de governar o povo e


administrar os interesses públicos, de acordo as leis previs-
tas na Constituição Federal e normas vigentes no país. O
Brasil adota o regime presidencialista, onde o líder do
Poder Executivo - Presidente da República, no âmbito
federal - tem o papel de Chefe de Estado, ao exercer as
relações internacionais e Chefe de Governo, quando
assume as relações políticas e econômicas no plano interno.

ESTADO ESFERA
OU MUNICÍPIO FEDERAL

Secretários Ministros
Presidente da República,
Governadores e Prefeitos

3. PODER LEGISLATIVO

O Poder Legislativo é o órgão encarregado da elabo-


ração das leis, ou seja, legislar. Exerce também alguns
controles, como o político-administrativo e o finan-
ceiro-orçamentário. Pelo primeiro controle, cabe a
análise do gerenciamento do Estado, podendo, inclusive,
SENADO CÂMARA questionar atos do Poder Executivo, e pelo segundo
controle, aprovar ou reprovar contas públicas.

PROCESSO LEGISLATIVO

Iniciativa Emendas Votação Sanção


Parlamentares ou veto
3

4. ELEIÇÕES

COMO FUNCIONA O SISTEMA ELEITORAL


Existem dois sistemas utilziados nas eleições: majoritário e propor-
cional. No sistema majoritario, o mais votado vence. Já no sistema
proporcional, os partidos e coligações ganham direito às vagas no
Legislativo proporcionalmente ao número de votos que obtiveram.
Essas vagas são ocupadas pelos candidatos individualmente mais
votados. Entenda com mais detalhes abaixo:

ELEIÇÕES MAJORITÁRIAS

As eleições majoritárias +50%


podem ter segundo turno VOTOS
para presidente, governa-
dores e para prefeitos (mas
apenas em cidades com mais
de 200 mil habitantes). saiba mais Presidente, Governador,
Senador, Prefeito

ELEIÇÕES PROPORCIONAIS

VOTOS

PARTIDO OU
É usado para eleger
Deputado Federal,
Deputado Estadual e
+ COLIGAÇÃO

Vereadores Nesse sistema, o voto não beneficia apenas


o candidato escolhido, mas também
seu partido ou coligação.

PARTIDO 1
x votos =

PARTIDO 2
partidos e coligações 2x votos = saiba mais

As cadeiras são distribuídas com o auxílio


do quociente eleitoral (nº de votos / nº de cadeiras)
4

VOTOS BRANCOS E NULOS

Os votos brancos e nulos são inválidos. Isso quer dizer que eles não entram
na contagem final de votos, são simplesmente descartados.
O voto em branco não vai para o candidato mais votado. Mais de 50% de
votos nulos não anulam uma eleição. Por outro lado, esses votos beneficiam
o candidato mais votado, já que ele precisará de menos votos para ser eleito.
saiba mais

5. PARTICIPAÇÃO POLÍTICA

Voto Apoiando Cargo eletivo Reuniões e


candidato/partido manifestações

OK! Eu quero participar da política.


Mas por onde eu começo?

Ouvidorias dos Associações Audiências


1 órgãos públicos 2 de Moradores 3 Públicas

Orçamento Conselhos Municipais


4 Participativo 5 de Políticas Públicas

Realização
Mais informações:
www.amaresimples.com.br
www.tse.jus.br
www.transparencia.org.br /ongamaresimples
www.politize.com.br @amaresimples_ong

Apoio

/portalpolitize Politize!
Politize!
www.politize.com.br