Você está na página 1de 37

Antropologia e

Cultura
Brasileira
Fórum Avaliativo - Atividade Unidade 1

Olá estudante,

Nosso Fórum de Antropologia e Cultura Brasileira vai discutir um aspecto


importante do nosso cotidiano: os padrões de beleza ao redor do mundo e suas
origens. E nós vamos começar nossa discussão assistindo a um vídeo produzido
pelo canal Fatos Desconhecidos. No vídeo, vemos uma lista de tipos de beleza
apreciados em sete diferentes países do mundo, tanto para mulheres quanto para
homens. Para assistir ao vídeo, clique no ícone a seguir:

A partir do que foi apresentado e das situações que você já presenciou,


responda: Será que existe um conceito universal de beleza? O “gosto” é mesmo
uma manifestação de preferência pessoal ou ele está marcado pela cultura em
que nos inserimos? Será que esse mesmo “gosto” esconde algum tipo de
preconceito, como por exemplo, a preferência pelos modelos e padrões de
origem europeu?

Lembre-se de que aqui você pode estabelecer uma argumentação teórica ou pode
optar por nos contar uma experiência sua. Atente-se também para o fato de que
nossos critérios de avaliação implicam em você realizar pelo menos três
postagens: uma respondendo ao post original e outras duas interagindo com seus
colegas.

Orientações Importantes:

Caso você opte por usar alguma citação de outros autores, não se esqueça de fazer
as devidas referências: coloque o trecho entre aspas e indique sua fonte;
Opinar é permitido, desrespeitar não! Procure observar se o seu texto não ofende a
nenhum colega e não o coloque em letras maiúsculas;
Evite participações como “sim, não, concordo ou não concordo”, justifique suas
respostas.
Esperamos por você!

Resposta:

No Brasil, os padrões de beleza são muito diversos, além das influências


culturais, cada beleza tem seu espaço no mercado de trabalho e na cabeça
das pessoas. Somos um país miscigenado, com diversos tipos de beleza que
vai desde uma Gisele Bündchen á Fluvia Lacerda, ambas belas e famosas
centro do mercado de beleza. Infelizmente o que ainda e determina o
sucesso é a magreza, a altura, a postura, os cabelos e o corpo dentro de um
padrão mais europeizado. O nosso país tem dado um passo bem a frente
desses padrões e as modelos Plus Size tem se destacado muito por muitas
passarelas, estamos quebrando paradigmas. Acredito sim que tudo é questão
de preferência pessoal, nossa cultura tem mudado muito como citei acima.
Nesse universo da beleza existe sim muito preconceito disfarçado de bem
me quer, até mesmo pelas próprias modelos que acreditam na busca pela
beleza perfeita, vale tudo, e apostam em cirurgias plásticas para alcançar
esse objetivo. Aceitar as imperfeições é a chave para estar satisfeita com
sua beleza.
PERGUNTA 1

Teoria antropológica percebia os valores sociais e culturais transcendendo a


biologização das relações sociais:
a. Evolucionismo.
b. Etnocentrismo.
c. Etnologia.
d. Estruturalismo.
e. Funcionalismo.

Resposta Selecionada: e.
Funcionalismo.
Resposta Correta: e.
Funcionalismo.
Feedback O material referencial nos diz (Ebook, 2015, p. 07): “A Antropologia, que
da vivia uma quebra de paradigma nesse período – o selvagem (como era
resposta:
concebido o indivíduo das culturas distantes e diferentes do europeu) deu
lugar ao homem do campo, logo substituído pelo operário urbano-industrial
– ainda tinha os moldes do evolucionismo do século XIX, mas o questionava
e se encaminhava para a Antropologia Cultural, na Inglaterra, e Social, nos
Estados Unidos, e para a Etnologia, na França (vistas a partir no início do
século XX). Nas décadas de 1920 e 1930, surgiu o Funcionalismo, cujos
teóricos que mais se destacaram foram Malinowski, Radcliffe-Brown, entre
outros, e que viam que os valores sociais e culturais transcendiam a
biologização das relações sociais”

PERGUNTA 2

A imagem abaixo se refere a um fenômeno contemporâneo ligado ao


surgimento de inúmeras narrativas que se sobrepõem à realidade. De que
fenômeno estamos falando?
a. A sociedade da tolerância
b. A sociedade da imagem
c. A falência do capitalismo neoliberal
d. O processo de gameficação
e. A sociedade da autoestima

Resposta Selecionada: b.
A sociedade da imagem
Resposta Correta: b.
A sociedade da imagem
Feedback da A ideia da imagem é mostrar a quantas novas narrativas estamos expostos
resposta: coditianamente, dispondo "novas realidades sobre o real e a mídia incessante".
Assim, a alternativa correta é a que traz o conceito de "socidade de imagem".

PERGUNTA 3

Qual das alternativas abaixo se refere melhor à hibridação cultural?


a. Trata-se da maneira mais eficiente de diminuir o custo de produção
em massa através da excessiva qualificação dos trabalhadores.
b. Trata-se da forma como os direitos humanos fundamentais são
estruturados no Oriente após a Guerra do Böers.
c. Trata-se da campanha internacional de inclusão de medidas
ambientais e anti-nucleares para países como Irã e Coréia do Norte.
d. Trata-se de uma quebra com os modelos das culturas tradicionais,
marcada também pela fragmentação das identidades.
e. Trata-se do processo histórico de automação dos processos
industriais do ramo têxtil.

Resposta d.
Selecionada: Trata-se de uma quebra com os modelos das culturas tradicionais,
marcada também pela fragmentação das identidades.
Resposta d.
Correta: Trata-se de uma quebra com os modelos das culturas tradicionais,
marcada também pela fragmentação das identidades.
Feedback Diz o material referencial (Ebook, 2015, p. 14): “Por fim, a hibridação
da cultural está sempre presente na rotina de cada indivíduo e formando sempre
resposta:
novas identidades. Sendo um marco da sociedade globalizada, dotada de
misturas, e variadas cores e estilos, formando o aspecto do homem moderno
e pós-moderno, marcando uma quebra com o modelo das culturas
tradicionais”.

PERGUNTA 4

Em nosso material referencial, ao estudarmos as diferentes escolas


antropológicas, vimos que a atribuição de sentido a objetos e comportamentos
é um fenômeno cultural. A cor branca, por exemplo, é a cor adequada para o
luto em algumas sociedades orientais. Já a cor negra é a cor do luto para
grande parte das sociedades ocidentais. Analise as assertivas abaixo no que
diz respeito ao processo de simbolização:

Simbolização é o processo de uma determinada cultura de atribuir a uma coisa


um valor ou significado.
Simbolização é a metodologia de pesquisa utilizada para a compreensão de
fenômenos puramente econômicos nas sociedades orientais.
Simbolização é uma forma individual de pensar os valores financeiros
atribuídos a transações bancárias nas sociedades pré-industriais.
Estão corretas as assertivas:

a. Apenas II
b. Apenas I
c. Apenas III
d. Apenas II e III
e. Apenas I e II

Resposta Selecionada: b.
Apenas I
Resposta Correta: b.
Apenas I
Feedback Apenas a assertiva I está correta. Diz o Material Referencial: "Por simbolização,
da entende-se o processo de atribuir a uma coisa um valor ou significado. Por exemplo,
resposta: em algumas sociedades asiáticas o branco é uma cor apropriada para luto - dessa
forma, atribui-se à cor esse valor. Já na sociedade ocidental, a cor que representa o
luto é o preto".
PERGUNTA 5

Vimos no material referencial o fenômeno da industrialização (desde fins do


século XVIII) modificou profundamente a vida de grande parte das pessoas.
Pra compreender tal processo diferentes autores como o Émile Durkheim, Karl
Marx e Max Weber propuseram diferentes visões para pensar as sociedades
contemporânea. Segundo Karl Marx, o que é a "Visão revolucionária"?

a. Trata-se de uma visão dos fenômenos sociais a partir de uma análise


empírica biologizante.
b. Trata-se de uma análise subjetiva dos sujeitos históricos
politicamente dominantes em sociedades estamentais como
acontece no subcontinente indiano.
c. Trata-se de uma visão que foi mais tarde adotada por grandes líderes
ocidentais, tais como Margareth Thatcher (Primeira Ministra Britânica,
entre os anos 1970-80) e Angela Merkel (atual Premier Alemã).
d. Trata-se de uma metodologia de pesquisa de campo para o estudo
de sociedades medievais.
e. Trata-se de uma visão que pensa a sociedade industrial dividida em
duas classes: os capitalistas, donos dos meios de produção, e o
proletariado, que tem apenas a força de trabalho para vender.

Resposta e.
Selecionada: Trata-se de uma visão que pensa a sociedade industrial dividida em duas classes:
os capitalistas, donos dos meios de produção, e o proletariado, que tem apenas a
força de trabalho para vender.
Resposta e.
Correta: Trata-se de uma visão que pensa a sociedade industrial dividida em duas classes:
os capitalistas, donos dos meios de produção, e o proletariado, que tem apenas a
força de trabalho para vender.
Feedback De acordo com o material referencial "Já Karl Marx (1818-1883), um economista
da alemão (...) foi fundador da doutrina comunista moderna e tinha visão
resposta: revolucionária. Para ele, a sociedade estava dividida em duas classes: a dos
capitalistas, ou seja, daqueles que detém os meios de produção; e o proletariado,
cuja única posse é sua força de trabalho"

PERGUNTA 6

Deleuze em uma de suas obras discorreu: “[...] não existe sequer um


acontecimento, um fenômeno, uma palavra, nem um pensamento cujo sentido
não seja múltiplo”. A que conceito ele estava se referindo?
a. Antropologia.
b. Redes sociais.
c. Pós-Modernidade.
d. Vida líquida.
e. Cultura.

Resposta Selecionada: c.
Pós-Modernidade.
Resposta Correta: c.
Pós-Modernidade.
Feedback O material referencial nos diz (Ebook, 2015, p. 08): “Como diria Deleuze
da (1976, p. 3) “[...] não existe sequer um acontecimento, um fenômeno, uma
resposta:
palavra, nem um pensamento cujo sentido não seja múltiplo”. E o início na
pós-modernidade, tal como ainda é nos nossos dias, foi plural e continua
sendo de uma fluidez ainda a ser entendida, baseada no consumo, na
propaganda e na aparente superficialidade: uma vida cada vez mais líquida,
como diria Bauman (2001)”.

PERGUNTA 7

De acordo com a leitura do material referencial, pudemos perceber que foi feita
uma discussão sobre o conceito de Sociedade do Conhecimento. Em termos
de datas e períodos, qual das alternativas abaixo se encaixa no momento do
surgimento da Sociedade do Conhecimento?

a. Trata-se do período que envolveu as causas da Revolução Inglesa e o


desmonte das hierarquias rurais.
b. Trata-se do período do "descobrimento" do continente americano,
bem como a colonização de diferentes partes do mesmo.
c. Trata-se do período que abrange os 4 séculos iniciais da Idade
Medieval envolvendo os países que hoje compõem a Europa Oriental.

d. Trata-se de um dos períodos transitórios da sociedade helênica em


sua disputa pela hegemonia cultural local.
e. Embora os muitos autores que pensem o conceito discordem em
muitos aspectos, podemos afirmar que se trata do período que se iniciou no
século XIX.
Resposta e.
Selecionada: Embora os muitos autores que pensem o conceito discordem em muitos
aspectos, podemos afirmar que se trata do período que se iniciou no século
XIX.
Resposta e.
Correta: Embora os muitos autores que pensem o conceito discordem em muitos
aspectos, podemos afirmar que se trata do período que se iniciou no século
XIX.
Feedback De acordo com o material referencial "Existem diversas correntes teóricas sobre a
da pós-modernidade. Saiba que definir esse conceito e aquilo que o caracteriza é um
resposta: desafio, pois ele não é estático, ou seja, as mudanças são frequentes e os fenômenos
se modificam mesmo antes de os compreendermos (...) Para alguns teóricos, a pós
modernidade é um paradigma que abrange o período após o século XIX e a
Revolução Industrial e que não prevê a próxima etapa, o próximo momento
histórico".

PERGUNTA 8

A sociedade do conhecimento está intimamente ligada à Pós-Modernidade e


trouxe uma série de mudanças na vida cotidiana. A que âmbitos da vida
estamos nos referindo ao tratar dessas mudanças?
a. Exclusivamente à organização cultural.
b. Exclusivamente à organização social.
c. Exclusivamente à organização científica.
d. Nenhum tipo de mudança ocorreu em decorrência da Pós-
Modernidade.
e. Organização social, cultural, econômica e científica.

Resposta Selecionada: e.
Organização social, cultural, econômica e científica.
Resposta Correta: e.
Organização social, cultural, econômica e científica.
Feedback O material referencial nos diz (Ebook, 2015, p. 08): “Em suma, a sociedade
da do conhecimento se refere ao tipo de organização social, cultural, econômica
resposta:
e científica, cujo termo advém das discussões sobre a Pós-Modernidade.
Muitas pessoas ainda confundem o termo Sociedade do Conhecimento – que
tem um aspecto mais amplo, sendo o propulsor econômico de uma sociedade
– com Sociedade da Informação – que se refere a uma sociedade integrada
por complexas redes de comunicação e de trocas de informação; é ela que
otimizaria o compartilhamento das informações”.
PERGUNTA 9

Observe a imagem a seguir, que traz um resumo das diferentes formas como
as distintas gerações se relacionam com o mundo do trabalho:

A imagem é uma tabela que traz as principais características de baby boomers,


geração x e geração y no mercado de trabalho, em relação à postura
profissional, foco no trabalho, relação com a liderança e tecnologias

Sobre a tabela, leia as assertivas, retiradas do artigo “Juventudes, gerações e


trabalho: é possível falar em geração Y no Brasil?”, de Sidney Rocha de
Oliveira, Valmiria Carolina Piccinini e Betina Magalhães Bitencourt ( ROCHA-
DE-OLIVEIRA, Sidinei; PICCININI, Valmiria Carolina; BITENCOURT, Betina
Magalhães. Juventudes, gerações e trabalho: é possível falar em geração Y no
Brasil?.Organ. Soc., Salvador, v. 19, n. 62, p. 551-558, Sept. 2012. Disponível
em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-
92302012000300010&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 06 outubro 2017).

I. Na sociedade ocidental, o ingresso do jovem no mundo do trabalho está


entre os marcos de passagem para a vida adulta (GALLAND, 2007). Porém, as
mudanças ocorridas na esfera laboral trouxeram significativas mudanças para
os jovens, levando à ampliação do tempo de estudos e ao adiamento do
ingresso no mercado de trabalho, sobretudo nos países desenvolvidos
(GALLAND, 2000; COHEN, 2007). Nos países periféricos, essa tendência
ocorre entre as famílias de maior poder aquisitivo, e os jovens mais pobres,
geralmente, engrossam as fileiras dos desempregados (OIT, 2011).

II. (...) Constrói-se um duplo discurso: o primeiro de despadronização do curso


de vida e a fragmentação das trajetórias biográficas (DIB; CASTRO, 2010); o
segundo, mais frequentemente adotado pelos autores da área de
Administração e amplamente divulgado na mídia de negócios, aponta o
surgimento de uma nova geração, com comportamento diferente, que demanda
uma mudança nas formas de gestão (VELOSO; DUTRA, 2008;
VASCONCELOS et al., 2010; POUGET, 2010). Estes jovens integram a
chamada Geração Y, grupo definido a partir de uma delimitação etária
(nascidos a partir de 1978) e por um conjunto de comportamentos relacionados
ao ritmo de mudança, elevada interatividade, rapidez no acesso à informação e
entendimento do mundo.

A partir da tabela exposta, podemos dizer que:

a. I e II estão corretas e II contrapõe-se à I.


b. I e II estão corretas e I é consequência de II.
c. I e II estão corretas e II é consequência de I.
d. I e II estão corretas e I contrapõe-se à II.
e. I e II estão corretas e II restringe o significado de I.

Resposta Selecionada: c.
I e II estão corretas e II é consequência de I.
Resposta Correta: c.
I e II estão corretas e II é consequência de I.
Feedback da I e II estão corretas e II é consequência de I, na medida em que nela
resposta: aparecem propostas explicativas para a situação que se analisa em I.

PERGUNTA 10

Nos dias atuais, marcados pela instantaneidade das trocas de informação


possibilitadas pela intensificação da globalização e a propagação em escala
global dos meios de comunicação de massa, vivencia-se um forte processo de
hibridização cultural. Entende-se por hibridismo cultural, o processo de
“mistura”, junção de diferentes matrizes culturais.

SOUSA, Leila Lima de. O processo de hibridação cultural: prós e contras.


Temática. v.9, n.3 (2013). Disponível em:
periodicos.ufpb.br/index.php/tematica/article/view/21983. Acesso em: 05 out
2017.
A imagem mostra duas mulheres, vestidas com roupas que mesclam influência
indígenas de várias etnias e rendas. Elas estão pintadas. Há várias pessoas ao
redor elas. Elas estão em um parque. Ritual xamânico realizado em um parque
da cidade de São Paulo (Tribal Archive).
O texto acima introduz um artigo panorâmico sobre o que é a hibridação e seu
significado em um mundo globalizado; já a imagem, retrata um ritual xamânico
neopagão, realizado em solo brasileiro.

Sobre o tema, leia as assertivas a seguir.

I. A hibridação cultural se intensifica com a globalização, que se configura


como um processo de intensas trocas culturais, sociais e econômicas.
II. Diferentes culturas, que antes viviam em relativo isolamento ou cujas
características se preservavam nos contatos, passaram a se misturar de forma
que surgissem manifestações dentro das quais se identificam traços mistos e
características novas, próprias.

Assinale a alternativa correta:

a. Apenas II está correta e II justifica I.


b. I e II estão corretas e I nega II.
c. I e II estão corretas e II nega I.
d. I e II estão corretas e II justifica I.
e. Apenas I está correta e I justifica II.

Resposta Selecionada: d.
I e II estão corretas e II justifica I.
Resposta Correta: d.
I e II estão corretas e II justifica I.
Feedback da Ambas as alternativas estão corretas e II justifica I, na medida em que explica
resposta: como acontece a hibridação cultural, fenômeno que se comporta da maneira
descrita na assertiva I.

FAZER TESTE: ATIVIDADE 3

Em novembro de 2015, rompeu-se a barragem do Fundão, em Minas Gerais. O


líquido, que se espalhou com o rompimento da barragem de rejeitos da
mineração, devastou a cidade de Mariana que fizera, outrora, parte de um
conjunto de cidades de fundamental importância para a História do Brasil, já
que esteve no coração do ciclo da mineração do século XVII.

A imagem a seguir traz um panorama da cidade antes e depois do rompimento


da barragem.

O impacto no ecossistema é visível e inegável. Contudo, não podemos


esquecer dos significados desse desastre para o patrimônio cultural brasileiro e
a consequente construção de nossa memória.

A partir do que vimos na Unidade 3, explique, a partir dos conceitos


de patrimônio cultural e memória, alguns dos significados do desastre de
Mariana.
Instruções
Não se esqueça de reler seu texto, verificando se ele está de acordo com as
normas cultas da língua portuguesa, se ele está claro (coeso e coerente) e se
ele não contém longas passagens em letras maiúsculas. Além disso, é
importante que todas as suas contribuições sejam autorais, ou seja, que você
use apenas suas palavras para compor seus textos. Se você optar por usar
palavras de outros autores, não se esqueça de fazer as devidas referências:
coloque a passagem entre aspas e indique sua fonte. Textos compostos por
trechos não autorais que não forem devidamente identificados não serão
considerados para nota.

A tragédia, ocorrida no dia 5 de novembro de 2015,causada pelo rompimento da barragem de


Fundão, em Mariana, devastou não somente o meio ambiente , a vida do homem e a silvestre,
houve uma perda irreparável em seu patrimônio cultural ,levando para debaixo de 62 milhões
de m³ de lama a história de gerações de séculos, dentro destas perdas estavam destruídas
quatro igrejas que remontavam ao século 18 , patrimônio esse que não tem preço. Seiscentos
e sessenta e três quilômetros de rios e córregos foram atingidos;1.469 hectares de vegetação,
comprometidos; 207 de 251 edificações acabaram soterradas apenas no distrito de Bento
Rodrigues, por essa lama resultantes da produção de minério de ferro pela mineradora
Samarco. Infelizmente ,devido todo esse derramamento de lama cheia de minérios, tornou o
solo de Mariana infértil, os rios sofrerão com assoreamento, mudanças nos cursos, diminuição
da profundidade e até mesmo soterramento de nascentes. Além de todo impacto ambiental
não podemos deixar de falar sobre as mais de 600 famílias que perderam suas casas e seus
bem materiais e até mesmo suas vidas.

Para que a tragédia não seja lembrada apenas como um susto e não se perca a memória de
300 anos de Mariana, alguns distritos estão sendo transformados em Memorial .

"A tragédia faz parte da vida das pessoas que viviam lá. E a história delas foi totalmente
alterada. Então, preservar a memória cultural dessas pessoas é também falar da tragédia",
afirma Ana Cristina

“A exemplo do Memorial de Hiroshima, no Japão, ou das Torres Gêmeas, nos Estados Unidos.
São exatamente para isso: em nome da memória e para que não se repita”, reitera Ana
Cristina.

“Se não lembrarmos conscientemente, lembraremos como um susto, na próxima vez que a
ganância ditar as regras da exploração ambiental”, alerta o historiador Alfredo Ricardo.

Segundo Alfredo Ricardo, “Catástrofes certamente acontecerão, entretanto cabe à sociedade


como um todo buscar diminuir ou anular o impacto delas. O memorial é uma intencionalidade
materializada e tem o objetivo de lembrar o que alguns querem esquecer”

ATIVIDADE 4

PERGUNTA 1

Aprendemos, com a leitura do material referencial, que cada sociedade


desenvolve a partir de sua cultura uma espécie de padrão de beleza e de
comportamento que é considerado melhor. Todos aqueles que não estão
dentro desse "padrão", muitas vezes, acabam sendo vítimas de exclusão.
Quais, dos grupos abaixo, não sofrem qualquer tipo de exclusão?

a. Uma mulher transexual buscando vaga de emprego como professora


de educação infantil.

b. Uma mulher voltando para sua residência e andando por ruas escuras
depois das 10 da noite.
c. Um jovem médico aproveitando suas férias.

d. Um cadeirante que precisa utilizar o transporte público a partir de uma


parada em uma ladeira íngreme.

e. Um jovem afrodescendente residente de uma comunidade no Rio de


Janeiro.

Resposta Selecionada: c.
Um jovem médico aproveitando suas férias.
Resposta Correta: c.
Um jovem médico aproveitando suas férias.
Feedback Como podemos perceber pelo Material Referencial (Ebook, 2015:14): "a cultura
da impacta não só o modo como as pessoas convivem umas com as outras em uma
resposta: sociedade, mas também no modo de valorização de si mesmas. Toda sociedade
possui um tipo ideal de indivíduo que dela faz parte e isso pode implicar em
exclusão, em diferentes níveis, daqueles que estão fora do padrão (...) Dessa forma,
conforme a cultura, cada sociedade vê e valoriza as pessoas de determinado modo,
propondo seus princípios de respeito e de ideologia e a sua relação com aqueles que
são diferentes". Nesse sentido, podemos compreender que mulheres,
afrodescendentes, cadeirantes e transexuais sofram discriminação nas situações
acima descritas, ao contrário do jovem médico: homem, com ensino superior
completo, em um espaço social de privilégio.

PERGUNTA 2

De acordo com o estudo do material referencial, como podemos melhor


explicar o que é feminismo?

a. Trata-se de um movimento científico que pesquisa a superioridade


física e mental das mulheres sobre os homens.

b. Trata-se de um movimento social de descriminalização das drogas.

c. Trata-se de um movimento social de pacificação e ocupação militar


em comunidades no Rio de Janeiro.

d. Trata-se de um movimento que prega a igualdade social e políticas


entre homens e mulheres.

e. Trata-se de um movimento social de socialização das terras e do


registro das mesmas.

Resposta d.
Selecionada: Trata-se de um movimento que prega a igualdade social e políticas entre
homens e mulheres.
Resposta Correta: d.
Trata-se de um movimento que prega a igualdade social e políticas entre
homens e mulheres.
Feedback da Como podemos perceber pelo Material Referencial (Ebook, 2015:11): "... o
resposta: feminismo, por exemplo, é um movimento que contesta a posição social de
mulheres e avança nas discussões sobre a formação de identidades sexuais e de
gênero".

PERGUNTA 3

Qual das alternativas abaixo define melhor o que é cidadania?

a. Trata-se do pertencimento de um indivíduo – direitos e obrigações -


dentro de uma comunidade politicamente articulada.

b. Trata-se da maneira com qual cada indivíduo se coloca frente do seu


processo de alienação produtiva.

c. É um produto da Revolução Industrial no sentido em que a


massificação do trabalhador cresce.

d. Trata-se de um tipo de periodização mental que se desenvolve a partir


da descoberta da psicanálise.

e. É busca pela alienação específica dos trabalhadores rurais envolvidos


na Revolução dos Cravos.

Resposta a.
Selecionada: Trata-se do pertencimento de um indivíduo – direitos e obrigações -
dentro de uma comunidade politicamente articulada.
Resposta a.
Correta: Trata-se do pertencimento de um indivíduo – direitos e obrigações -
dentro de uma comunidade politicamente articulada.
Feedback O material referencial diz (Ebook, 2015, p. 14): “Trata-se de um estatuto de
da pertencimento de um indivíduo a uma comunidade politicamente articulada,
resposta:
tendo esses direitos e obrigações, sob a forma de leis. A cidadania pode ser
vista na modernidade sob duas categorias: formal (refere-se ao direito
indicativo de nacionalidade – como um “cidadão brasileiro”) e substantiva
(definida pela sociologia e pela ciência política como posso de direitos
sociais)”.

PERGUNTA 4

De acordo com o estudo do material referencial, como podemos compreender


a categoria de gênero?

a. Trata-se de uma categoria de diferenciação genética de sexo que


acontece com os fetos no início da vida no útero.

b. Trata-se de um conjunto de ideias, percepções e noções sobre o


masculino e o feminino.

c. Trata-se de uma forma de análise das comunidades remanescentes


de quilombos.

d. Trata-se de um conceito racial de cunho biológico, tradicional da


segunda metade do século XIX.

e. Trata-se de uma prerrogativa religiosa que as mulheres possam não


trabalhar nos dias santos.

Resposta b.
Selecionada: Trata-se de um conjunto de ideias, percepções e noções sobre o
masculino e o feminino.
Resposta Correta: b.
Trata-se de um conjunto de ideias, percepções e noções sobre o
masculino e o feminino.
Feedback Como podemos perceber pelo Material Referencial (Ebook, 2015:11): "O gênero é
da um conceito diferente de sexo para muitos teóricos das ciências humanas e é como a
resposta: questão é vista atualmente. Não se trata da mesma coisa, apesar de os termos se
relacionarem. O gênero é um conjunto de ideias sobre o masculino e o feminino, ao
passo que o sexo refere-se às características biológicas de homens e mulheres.
Entenda, portanto, que o gênero se refere às construções sociais e culturais que se
desenvolvem a partir desses elementos biológicos".

PERGUNTA 5

Nosso material referencial nos mostrou um padrão de exclusão crônica dos


trabalhadores com necessidades especiais no mercado de trabalho brasileiro.
Sobre as raízes deste padrão é correto afirmar:

a. O mercado de trabalho é um ambiente de aceitação e de cooperação


entre pessoas com diferentes necessidades especiais, sempre foi assim.

b. O padrão do mercado de trabalho no Brasil é de facilidade de acesso


a todos, desde nossa independência em 1822.

c. É provável que seja fruto das práticas escravistas que não prestavam
qualquer ajuda para aqueles trabalhadores (escravos ou livres pobres) que
eram, assim, descartados.

d. O mercado de trabalho europeu tem enfrentado muitas dificuldades


com o aumento dos imigrantes provenientes da Síria.

e. Os portadores de necessidades importaram a legislação da antiga


União Soviética que responsabilizava a família e os indivíduos que não
tivessem as mesmas condições de trabalho.

Resposta c.
Selecionada: É provável que seja fruto das práticas escravistas que não prestavam
qualquer ajuda para aqueles trabalhadores (escravos ou livres pobres)
que eram, assim, descartados.
Resposta c.
Correta: É provável que seja fruto das práticas escravistas que não prestavam
qualquer ajuda para aqueles trabalhadores (escravos ou livres pobres)
que eram, assim, descartados.
Feedback Segundo o material referencial (EBOOK, 2015:12): “Em outro exemplo no
da que se refere ao Brasil, Freyre (2006, p. 157) fala que o regime agrário
resposta:
escravista concebia o negro (após a substituição da mão de obra indígena)
não como um ser humano, mas como um bem produtivo. Caso este se
acidentasse, nascesse com necessidades especiais ou sofresse uma
mutilação, era descartado e excluído dos demais – inclusive essa prática era
prevista pela Lei do Sexagenário.
Isso poderia ser uma das raízes da segregação e discriminação do
trabalhador com necessidades especiais na sociedade brasileira no âmbito
do trabalho, como vemos na atualidade. Há uma cultura da discriminação
nas esferas do trabalho em todos os campos profissionais quanto ao portador
de necessidades especiais”.

PERGUNTA 6

Qual das alternativas abaixo define melhor o que é estigma social.

a. O estigma social envolve aculturação de sociedades endógenas para


a formação extraterritorial de nações apátridas;

b. O estigma social trata da metodologia de análise de sistemas


complexos.

c. O estigma social é a forma de dissociação do indivíduo em fase


pediátrica vítima de mudanças do sistema educacional básico.

d. O estigma social está ligado sobre as formas exógenas de dominação


social e econômica no período helênico.

e. O estigma social é a desaprovação de aspectos ou crenças pessoais,


que vão contra normas culturais estabelecidas, o que pode levar à
marginalização.

Resposta e.
Selecionada:
O estigma social é a desaprovação de aspectos ou crenças pessoais, que
vão contra normas culturais estabelecidas, o que pode levar à
marginalização.
Resposta e.
Correta: O estigma social é a desaprovação de aspectos ou crenças pessoais, que
vão contra normas culturais estabelecidas, o que pode levar à
marginalização.
Feedback O material referencial diz (Ebook, 2015, p. 15): “Você sabe o que é estigma?
da Para a Antropologia, o estigma social é a desaprovação de aspectos ou
resposta:
crenças pessoais, que vão contra normas culturais estabelecidas, o que pode
levar à marginalização. É o que acontece muitas vezes entre pessoas com
necessidades especiais, portadores de doenças ou vírus como o HIV,
etnicidade específica, etc. Um teórico que observou a questão do estigma foi
o antropólogo e cientista social Erving Goffman (1922-1982)”.

PERGUNTA 7

A imagem a seguir ilustra uma reportagem de abril de 2016, com o seguinte


título: “Marcas ampliam tons de nude para atender a todas as mulheres”.

No corpo da reportagem, descobrimos que diversas marcas, de esmaltes a


meias-calças, estão redefinindo a ideia de “cor da pele”, tradicionalmente
associado ao bege.

A imagem mostra vários esmaltes cor da pele, em tonalidades diferentes

Podemos dizer que essa mudança reflete um ganho social resultado de


articulações de diferentes grupos que lutam pela conscientização a respeito:

a. Das questões de gênero e como elas aparecem na política.

b. Da pós-modernidade e sua pluralidade.

c. Das questões étnico-raciais e como elas aparecem no dia a dia.


d. Das questões de minorias étnicas e como elas aparecem por conta
das migrações.

e. Das questões de economia e como elas se organizam no cenário


global.

Resposta Selecionada: c.
Das questões étnico-raciais e como elas aparecem no dia a dia.
Resposta Correta: c.
Das questões étnico-raciais e como elas aparecem no dia a dia.
Feedback Quando marcas passam a compreender que não há uma única cor de pele
da resposta: (bege; portanto, branco), elas estão respondendo à articulação de grupos que
procuraram chamar atenção para as questões étnico-raciais e como elas
aparecem no dia a dia: na escolha de um esmalte, de um sapato, de uma meia-
calça ou de um sutiã.

PERGUNTA 8

Sobre os avanços ocorridos nas últimas duas décadas no Brasil, o material


referencial nos mostrou que podemos afirmar que os portadores de
necessidades especiais:

a. tem sido objeto de muitas políticas públicas e corporativas de


inclusão.

b. são um bancada tão forte como a bancada ruralista no Congresso


nacional.

c. são a maioria nas áreas de gerenciamento de atendedores de


telemarketing.

d. tem sido vítimas de um esforço genocida oficial e organizado.

e. não existem mais devido aos tratamentos genéticos intrauterinos aos


quais todas as gestantes são submetidas no sistema público de saúde.

Resposta a.
Selecionada: tem sido objeto de muitas políticas públicas e corporativas de
inclusão.
Resposta Correta: a.
tem sido objeto de muitas políticas públicas e corporativas de
inclusão.
Feedback Segundo o material referencial (EBOOK, 2015:15): “Outro aspecto
da importante é a dissociação da “pregação” da inclusão e de sua prática, muito
resposta:
em voga nos últimos anos. No mundo do trabalho, mais especificamente no
Brasil, percebemos que, nas últimas duas décadas, se tornaram frequentes
as políticas corporativas de inclusão, beneficiadas inclusive por programas
públicos de inserção de minorias no mercado de trabalho.

PERGUNTA 9

Observe a imagem e o texto a seguir:

A imagem é uma charge que traz uma família negra se despedindo para o dia
de trabalho. A esposa pede ao marido que tenha cuidado para não ser preso
por engano

Relatório divulgado terça-feira (8) pelo especialista de direitos humanos da


ONU sobre tortura, Juan E. Méndez, criticou a prática frequente de tortura e
maus-tratos nos presídios e delegacias brasileiras, apontando ainda um
“racismo institucional” do sistema carcerário do país, no qual quase 70% dos
presos são negros. (...) O relatório também citou a existência de uma prática de
“racismo institucional” no sistema carcerário do país. De acordo com o
documento, em 2014, em torno de 67% dos presidiários brasileiros eram
classificados como negros ou mulatos. “Negros enfrentam risco
significativamente maior de encarceramento em massa, abuso policial, tortura e
maus-tratos, negligência médica, de serem mortos pela polícia, receber
sentenças maiores que os brancos pelo mesmo crime e de sofrer discriminação
na prisão – sugerindo alto grau de racismo institucional”, afirmou o documento.

ONUBR. Relator da ONU condena prática de tortura e 'racismo institucional'


nos presídios brasileiros. Disponível em: https://nacoesunidas.org/relator-da-
onu-condena-pratica-de-tortura-e-racismo-institucional-nos-presidios-
brasileiros/. Acesso em: 09 de outubro de 2017.
Sobre a situação retratada na charge e no texto, podemos afirmar que:

a. A charge ilustra bem o texto, na medida em que reforça a ideia da


democracia racial que compõe a estrutura básica da sociedade brasileira.
Frutos que somos de uma intensa miscigenação, não há racismo no Brasil,
mas discriminação de classes; pobres, independentemente de sua pertença
racial, são mais discriminados.

b. Tanto a charge quanto o texto traduzem uma das consequências das


relações raciais estabelecidas no Brasil. Frutos de miscigenação intensa, não
temos clara definição de quem seriam esses “negros” a quem o texto ou a
imagem da charge se referem, o que coloca toda a população brasileira em
situação de vulnerabilidade frente ao poder.

c. Tanto a charge quanto o texto traduzem uma das consequências mais


nefastas das desiguais relações raciais estabelecidas no Brasil. Negros e
pardos encontram-se em situação de exposição à uma leitura enviesada por
parte dos detentores do poder e, por conta disso, tornam-se mais vulneráveis
às prisões, sejam elas válidas ou não.

d. A charge não tem relação necessária com o texto. A charge fala em


prisões equivocadas, enquanto o texto discorres sobre a realidade dentro dos
presídios, logo, um espaço de não existência de prisões equivocadas. A
questão racial, nesse sentido, aparece apenas como uma variável secundária.

e. A charge se opõe ao texto, na medida em que ela denuncia um


racismo que é individual (para com um indivíduo específico) e não institucional,
como denunciado no texto. A questão carcerária, no Brasil, passa pela questão
do racismo; contudo, a questão policial está desassociada da questão
carcerária.

Resposta c.
Selecionada: Tanto a charge quanto o texto traduzem uma das consequências
mais nefastas das desiguais relações raciais estabelecidas no Brasil.
Negros e pardos encontram-se em situação de exposição à uma
leitura enviesada por parte dos detentores do poder e, por conta
disso, tornam-se mais vulneráveis às prisões, sejam elas válidas ou
não.
Resposta c.
Correta: Tanto a charge quanto o texto traduzem uma das consequências
mais nefastas das desiguais relações raciais estabelecidas no Brasil.
Negros e pardos encontram-se em situação de exposição à uma
leitura enviesada por parte dos detentores do poder e, por conta
disso, tornam-se mais vulneráveis às prisões, sejam elas válidas ou
não.
Feedback Tanto a charge quanto o texto traduzem uma das consequências mais nefastas
da das desiguais relações raciais estabelecidas no Brasil. Negros e pardos
resposta: encontram-se em situação de exposição à uma leitura enviesada por parte dos
detentores do poder e, por conta disso, tornam-se mais vulneráveis às prisões,
sejam elas válidas ou não. Isso significa dizer que uma preocupação real por
parte dessa população é ser confundindo ou pressuposto culpado, o que
contribui para a maior presença de negros e pardos dentro da população
carcerária.

PERGUNTA 10

No início de 2017, a cantora Rihanna, natural de Barbados, lançou uma nova


linha de maquiagens, a Fenty Beauty. Não é incomum que celebridades
lancem seus próprios produtos de beleza. Contudo, o lançamento de Rihanna
chamou atenção por um detalhe inusitado: o fato de que suas bases contam
com 40 diferentes tons, algo que não é comum na indústria.

A imagem traz os 40 tons de base da coleção da Fenty BeautyOs 40 tons de


base da Fenty Beauty, marca de maquiagens da cantora Rihanna

A partir das informações acima e das discussões que tivemos a respeito das
relações raciais e étnicas, observe as assertivas a seguir:

1.O fato do lançamento da Fenty ser tão inovador traduz o racismo presente na
indústria da beleza: peles negras têm, tradicionalmente, menos produtos
desenvolvidos para si, criando, dessa forma, mais uma forma de diferenciação
entre etnias.

2.A proposta de uma marca com 40 tons de base não tem relação alguma com
questões sociais. Trata-se, afinal de contas, de uma decisão econômica e de
busca exclusiva por um nicho de mercado que, provavelmente, sequer existe.

3.A indústria da moda e da beleza não tem relação alguma com a sociedade,
na medida em que se desenvolve além dela. Cabe a cada indivíduo conformar-
se às propostas da indústria.

Está (ão) correto(s) o que se afirma apenas em:

a.I e II

b.II e III

c.I

d.III

e.II

Resposta Selecionada: c.
I
Resposta Correta: c.
I
Feedback Está correto apenas o que se afirma em I. Claro está que uma linha de
da maquiagem que tenha 40 tons de base tem em si uma variável econômica e que
resposta: busca um nicho de mercado. Contudo, não podemos dizer que ele sequer existe,
como afirma a assertiva II. Em relação à assertiva III ela está incorreta, na
medida em que não podemos afirmar que nenhuma indústria, muito menos a da
moda, possa existir além da sociedade; elas se misturam e se influenciam
mutuamente.
Provas
Antropologia e
Cultura
Brasileira

Prova 1
Postado Setembro25, 2016

Pergunta 1

Sobre o aspecto cultural da Língua, observe as assertivas a seguir:


I. Apesar dos regionalismos, podemos dizer que existe uma identidade linguística no
Brasil.
II. A língua desempenha uma função social, na medida em que funciona como um fator de
unificação nacional.
III. A língua portuguesa pode ser considerada um modo de expressão da cultura brasileira.
IV. Se não houvesse a forma escrita, a fala não seria suficiente para o surgimento de uma
identidade linguística.
Quais das assertivas acima estão corretas?

Resposta Selecionada: e. I, II, III e IV


Resposta Correta: c. I, II e III
Feedback da resposta:
Existem povos que não possuem escrita, sua tradição é apenas oral. Mesmo
assim, esses povos têm identidade linguística e suas línguas exercem função
social, tanto porque funcionam como um fator de unificação quanto porque
também expressam uma cultura específica.

Pergunta 2

Analise os possíveis exemplos do conceito Hibridismo Cultural:

I. Uma mulher inglesa que se converteu ao budismo tibetano.


II. Alguém nascido no Brasil, e descendente de alemães, que aprendeu a lutar o KungFu
(uma das artes marciais de origem chinesa).
III. Uma criança nascida na França que aprendeu a falar francês.
IV. Um homem nascido na Argentina que compôs um tango com os seguintes intrumentos
musicais: pandeiro e cuíca.
Dentre as afirmativas, estão corretos os exemplos de Hibridismo Cultural das frases:

Resposta Selecionada: I, II e IV
Resposta Correta: I, II e IV
Feedback da resposta:
Estão corretas apenas as assertivas I e IV, elas exemplificam o que o Material
Referencial define como hibridismo cultural. "Como é possível perceber
pontualmente esse hibridismo? Quando um grupo de mulheres ocidentais em um
centro urbano decidem fazer dança do ventre sem mesmo ter origem cultural entre
essas etnias tradicionais, isso é exemplo de hibridismo cultural" (EBOOK,
2015:12). A mesma lógica está por trás da composição do tango com insturmentos
brasileiros.

Pergunta 3

O conceito de cultura envolve diferentes aspectos e abordagens, tal como a cultura


material: objetos ou materiais arquitetônicos que tem significado para o grupo social.
O estudo das tradições e manifestações de um povo (que não se traduzem em objetos
materiais) também pode ser considerado como um dos aspectos do patrimônio cultural de
um povo.
Assinale a opção correta que apresenta o nome deste aspecto da cultura, seguido de um
exemplo:

Resposta Selecionada: d. Cultura Imaterial e capoeira


Resposta Correta: d. Cultura Imaterial e capoeira
Feedback da resposta:
De acordo com o material referencial, podemos definir cultura material e cultura imaterial a
seguinte forma: "A cultura material refere-se
à finalidade ou ao sentido que os objetos têm para um grupo social. Ela pode apreendida,
reproduzida, preservada etc. Já a cultura imaterial refere-se ao conhecimento transmitido
na prática, muitas vezes de modo oral, e não se refere propriamente a um objeto. A
capoeira, por exemplo, faz parte da cultura imaterial do Brasil".

Pergunta 4

Analise as afirmativas abaixo sobre o conceito de Cultura Híbrida:

I. Cultura híbrida é aquela produzida por todo aquele grupo humano que se desenvolve em
completo isolamento de outros grupos.
II. Cultura híbrida é aquela que se desenvolve a partir da contribuição de diferentes grupos
humanos que convivem nos mesmo espaços.
III. Cultura híbrida diz respeito aquelas sociedades modernas do subcontinente indiano.
Quais das afirmativas estão corretas?

Resposta Selecionada: c. Apenas II


Resposta Correta: c. Apenas II
Feedback da resposta:
Apenas a assertiva II está correta. De acordo com o material referencial: "O termo culturas
híbridas refere-se ao limite entre o tradicional e o moderno, entre o elitista, o popular e o
massivo. Trata-se de uma espécie de miscigenação entre diferentes culturas, ou seja, uma
heterogeneidade cultural presente no cotidiano do mundo moderno".

Pergunta 5

O patrimônio cultural é “o conjunto de elementos materiais e expressões culturais legítimas


de um povo ou nação”. São exemplos, respectivamente, de patrimônio material e imaterial
brasileiro:

Resposta
Selecionada:
c.
O Cristo Redentor (Rio de Janeiro) e o Ofício das Baianas do Acarajé.
Resposta Correta: c.
O Cristo Redentor (Rio de Janeiro) e o Ofício das Baianas do Acarajé.
Feedback da resposta:
O Cristo Redentor, localizado no Rio de Janeiro, é parte do patrimônio material brasileiro e
o Ofício das Baianas do Acarajé, patrimônio imaterial, na medida em que se trata de uma
expressão cultural legítima, porém intangível.

Pergunta 6

A identidade cultural brasileira não é um objeto simples de ser analisado.


Quais são os fatores relacionados à colonização do Brasil que justificam a afirmação
acima?

Resposta
Selecionada:
a.
Trata-se de uma identidade que nasce do intercâmbio entre duas visões de
mundo, uma (europeia) se impondo sobre a outra (nativa). À essa equação, adiciona-se
ainda, a inserção da visão de mundo africana, importada à força.
Resposta
Correta: a.
Trata-se de uma identidade que nasce do intercâmbio entre duas visões de mundo, uma
(europeia) se impondo sobre a outra (nativa). À essa equação, adiciona-se ainda, a
inserção da visão de mundo africana, importada à força.
Feedback da resposta:
Diz o Material Referencial: “O que precisamos compreender é que o Brasil nasceu
de um intercâmbio cultural já bastante intenso (entre europeus, indígenas e, mais
tarde, africanos), e esse fator influenciou enormemente na composição de nossa
identidade como nação, séculos depois. É por isso que Holanda afirma que o
encontro entre dois modos de enxergar o mundo (e eventualmente a subjugação do
indígena nativo e do negro africano pelo europeu colonizador) é um fato rico em
consequências.

Pergunta 7

A globalização é um dos fenômenos mais marcantes do século XX, ligado à revolução


tecnológica. O processo de globalização do século XX gerou um paradoxo, ou contradição,
do qual não se pode escapar.
Assinale a opção que melhor exemplifica o processo de contradição gerado pela
Globalização:

Resposta
Selecionada:
b.
Por um lado, aumentou o contato entre diferentes grupos sociais, com
diferentes desejos e necessidades políticas. Por outro lado, intensificou o
conflito entre esses grupos, interferindo diretamente na luta por espaços sociais
e políticos e por direitos.
Resposta
Correta:
b.
Por um lado, aumentou o contato entre diferentes grupos sociais, com
diferentes desejos e necessidades políticas. Por outro lado, intensificou o
conflito entre esses grupos, interferindo diretamente na luta por espaços sociais
e políticos e por direitos.
Feedback da resposta:
O Material Referencial define esse paradoxo de forma clara, trazendo também suas
consequências. Diz ele: "Se a globalização, por um lado, trouxe um contato maior entre
diferentes grupos sociais, por outro, intensificou os conflitos e reconfigurou a luta por
espaços e direitos. Isso se deve também ao fato de globalização suprimir a comunicação
entre esses diferentes elementos a experiência de conhecer o outro não é valorizada e
isso provoca impactos econômicos, políticos, no modo de perceber o tempo, na divisão
dos espaços e na estruturação social" (EBOOK, 2015: 08).

Pergunta 8

Claude LéviStrauss foi um dos antropólogos mais importantes do século XX, conhecido
por habitar e conviver com os grupos que eram alvos de suas pesquisas.
Sua categorização das etapas da pesquisa antropológica foi estudada em nosso material
de referência da disciplina. De acordo LéviStrauss, do que se trata a Etnografia?

Resposta
Selecionada:
a.
Trata-se da etapa da pesquisa antropológica que envolve o trabalho de campo, de
convivência e observação do grupo estudado.
Resposta
Correta:
a.
Trata-se da etapa da pesquisa antropológica que envolve o trabalho de campo,
de convivência e observação do grupo estudado.
Feedback da resposta:
De acordo com o material referencial "Para LéviStrauss, o estudo da Antropologia ocorre
em três etapas: a Etnografia, a Etnologia e Antropologia. A Etnografia seria o
correspondente aos primeiros estágios da pesquisa, tratando do trabalho de campo e da
observação; a Etnologia seria mais aprofundada, a elaboração de conclusões mais
extensas que não seriam possíveis no primeiro momento (síntese)".

Pergunta 9

Em nosso material de estudo da disciplina vimos que Claude LéviStrauss foi um


importante antropólogo do século XX, que realizou a categorização das etapas da
pesquisa antropológica, dentre outros estudos. De acordo com LéviStrauss, do que se
trata a a Etnologia?

Resposta
Selecionada:
a.
Trata-se de uma etapa da pesquisa antropológica que envolve sintetizar as
observações feitas na fase de pesquisa de campo.
Resposta
Correta:
a.
Trata-se de uma etapa da pesquisa antropológica que envolve sintetizar as
observações feitas na fase de pesquisa de campo.
Feedback da resposta:
De acordo com o material referencial "Para LéviStrauss, o estudo da Antropologia
ocorre em três etapas: a Etnografia, a Etnologia e Antropologia. A Etnografia seria o
correspondente aos primeiros estágios da pesquisa, tratando do trabalho de campo e da
observação; a Etnologia seria mais aprofundada, a elaboração de conclusões mais
extensas que não seriam possíveis no primeiro momento (síntese)" (EBOOK, 2015:6).

Pergunta 10

Sabemos que o conceito de "raça' faz parte de uma ampla e complexa discussão,
especialmente ligado aos aspectos do preconceito em suas origens no século XIX :
A Antropologia atual não ignora o termo "raça", mas o pensa de forma bastante específica.
Sobre esse contexto, analise as assertivas a seguir:

1. Para a Antropologia atual, raça existe fora das construções sociais, políticas e culturais,
trata-se de um conceito completo em si só, fora do tempo e do espaço estudado.
2. Para a Antropologia atual, raça se constrói ao longo do processo histórico. Ela não é,
portanto, um dado da natureza.
3. Para a Antropologia atual, nós aprendemos a enxergar raças, trata-se, portanto, de um
processo cultural.

Quais das assertivas acima estão corretas?

Resposta Selecionada: d. Apenas a assertiva 1 está correta


Resposta Correta: b. As assertivas 2 e 3 estão corretas
Feedback da resposta:
Tanto a assertiva II quanto a assertiva III estão corretas. A assertiva I não está correta
porque ela nega algo que a Antropologia atual defende veementemente: a ideia de que o
termo raça resulta, de fato, de “um misto de construções sociais, políticas e cultural nas
relações sociais e de poder ao longo do processo histórico” (EBOOK, 2015:06).
Prova 2
 Pergunta 1

1 em 1 pontos

Analise os possíveis exemplos do conceito Hibridismo Cultural:

1. Uma mulher inglesa que se converteu ao budismo tibetano.


2. Alguém nascido no Brasil, e descendente de alemães, que aprendeu a lutar o Kung-Fu (uma das a
3. Uma criança nascida na França que aprendeu a falar francês.
4. Um homem nascido na Argentina que compôs um tango com os seguintes intrumentos musicais:

Dentre as afirmativas, estão corretos os exemplos de Hibridismo Cultural das frases:


Resposta Selecionada:

I, II e IV
Resposta Correta:

I, II e IV
Feedback da Estão corretas apenas as assertivas I, III e IV, elas exemplificam o que o Ma
resposta: ter origem cultural entre essas etnias tradicionais, isso é exemplo de hibridis

 Pergunta 2

1 em 1 pontos

Considerando a figura abaixo e os materiais de estudo da disciplina, responda:

Do que se trata a ciência da Antropologia?


(Pintura "A dança de Matisse", por Claudio Casares)

Resposta Selecionada: a.

Trata-se da ciência que estuda o homem do ponto de vista da cultura.


Resposta Correta: a.

Trata-se da ciência que estuda o homem do ponto de vista da cultura.


Feedback da resposta: De acordo com o material referencial "O surgimento da Antropologia foi u

 Pergunta 3

1 em 1 pontos

O patrimônio cultural é “o conjunto de elementos materiais e expressões culturais legítimas de

Resposta Selecionada: a.

O Cristo Redentor (Rio de Janeiro) e o Ofício das Baianas do Acarajé.


Resposta Correta: a.

O Cristo Redentor (Rio de Janeiro) e o Ofício das Baianas do Acarajé.


Feedback da resposta: O Cristo Redentor, localizado no Rio de Janeiro, é parte do patrimônio ma

 Pergunta 4

1 em 1 pontos

Nas imagens abaixo temos dois patrimônios culturais brasileiros registrados pelo Instituto do Patr

Elevador Lacerda (Salvador)


Ofício das Baianas de Acarajé

Leia as afirmações:

I. O Elevador Lacerda, além de cartão postal de Salvador, é um exemplo de patrimônio cultural im


II. O Ofício das Baianas de Acarajé é um exemplo de patrimônio cultural material brasileiro.
III. Ambos são expressões da complexidade cultural da identidade do povo brasileiro.

São verdadeiras:
Resposta Selecionada: b.

Apenas III

Resposta Correta: b.

Apenas III

Feedback da resposta: Tanto o Elevador Lacerda quanto o ofício das baianas de acarajé são expre

 Pergunta 5

1 em 1 pontos

Por meio de suas teorias, o antropólogo James Frazer procurou associar as diferenças culturais do

De acordo com o autor: “um selvagem está para um homem civilizado assim como uma criança e
Resposta Selecionada: b.

Evolucionista
Resposta Correta: b.
Evolucionista
Feedback da resposta: James Frazer foi um antropólogo evolucionista que acreditava que todos o

 Pergunta 6

1 em 1 pontos

Claude Lévi-Strauss foi um dos antropólogos mais importantes do século XX, conhecido por hab

Sua categorização das etapas da pesquisa antropológica foi estudada em nosso material de referên
Resposta Selecionada: b.

Trata-se da etapa da pesquisa antropológica que envolve o trabalho de cam


Resposta Correta: b.

Trata-se da etapa da pesquisa antropológica que envolve o trabalho de cam


Feedback da De acordo com o material referencial "Para Lévi-Strauss, o estudo da Antro
resposta: aprofundada, a elaboração de conclusões mais extensas que não seriam poss

 Pergunta 7

1 em 1 pontos

As reflexões sobre os diferentes aspectos da cultura fazem parte dos estudos em Antropologia.

Analise as afirmações abaixo sobre a Cultura Material:

1. Cultura material é toda atribuição que diferentes grupos humanos dão a determinados objetos.
2. Cultura material é o processo de atribuição de significado a comportamentos inconscientes.
3. Cultura material é a metodologia de análise psicossocial utilizada para a compreensão de fenôme

Estão corretas as assertivas:


Resposta Selecionada: a.

Apenas I
Resposta Correta: a.

Apenas I
Feedback da resposta: De acordo com o material referencial "A cultura material refere-se à finalid

 Pergunta 8

0 em 1 pontos

Leia o texto abaixo:

“Não podemos fugir das influências precisas de nosso ambiente, principalmente das que atuam em

Nestas palavras do geógrafo alemão Friedrich Ratzel, também conhecido por ser o “pai da Geopo
Resposta Selecionada: a.

Determinismo biológico
Resposta Correta: d.

Determinismo geográfico
Feedback da resposta: A teoria do século XIX que associa a diferença cultural de um povo a ques

 Pergunta 9

1 em 1 pontos

Escolha a opção que apresenta os diferentes aspectos da cultura, representados respectivamente


Resposta Selecionada: b.

Cultura Material e Cultura Imaterial


Resposta Correta: b.

Cultura Material e Cultura Imaterial


Feedback da De acordo com o material referencial "A cultura material refere-se à finalida
resposta: refere propriamente a um objeto. A capoeira, por exemplo, faz parte da cultu

 Pergunta 10

0 em 1 pontos

A imagem abaixo traz uma das maiores torcidas de futebol europeu, a torcida do Barcelona.
A teoria antropológica oferece um conceito válido para explicar o que ocorre, por exemplo, em um

Resposta Selecionada: b.

Fanatismo
Resposta Correta: d.

Identidade social
Feedback da resposta: Segundo o Material Referencial , entende-se por “identidade social” a e

Quarta-feira, 12 de Julho de 2017 20h46min36s BRT