Você está na página 1de 3

SERAFIM - ASSESSORIA & CONSULTORIA JURÍDICA

MARCELO SERAFIM DE SOUZA - OAB/ES 18.472


______________________________________________________

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DE EXECUÇÕES PENAIS DO JUIZADO DE


VILA VELHA - ESPÍRITO SANTO

Bem-aventurados os que
observam a justiça...
(Salmos 106:3)

GE nº 0001191-02.2015.8.08.0020

LUIZ CARLOS CESAR VALADARES, devidamente qualificado nos autos da GE, processo supra
epigrafado, por seu advogado signatário, com escritório descrito no rodapé da página, onde
recebe as intimações e notificações de praxe, vem mui respeitosamente à honrada presença de
Vossa Excelência apresentar JUSTIFICATIVA e requerer o deferimento da PRISÃO DOMICILIAR,
com fulcro no artigo 117, II, da Lei n.º 7.210 de 11.07.1984, pelas razões que passa expor:

O reeducando cumpre pena privativa de liberdade desde 28/02/2018, com previsão de


Progressão para o Regime Aberto para 23/10/2021.

Conforme denota-se de farta documentação colacionada aos autos (fls. ________________), o


mesmo é portador de doença grave, pela qual já esteve internado, sendo paciente de
tratamento contínuo e ininterrupto.

_______________________________________________________________________________________________________
Rua José Alexandre Buaiz, nº 300 Vitória/ES (27) 99778-6930 / 3224-4950
Salas 1215/1216, Ed. Work Center Enseada do Suá marceloserafim.adv@gmail.com
SERAFIM - ASSESSORIA & CONSULTORIA JURÍDICA
MARCELO SERAFIM DE SOUZA - OAB/ES 18.472
______________________________________________________

Os exames laboratoriais acostados, comprova a existência da moléstia que acomete o


reeducando.

Diante das ponderações retro consignadas e pela documentação em anexo, evidente está que
o condicionamento do reeducando, torna inviável o cárcere, principalmente onde não há
acomodações e atendimento àqueles destinados ao martírio da doença.

Encontrando-se, pois, o apenado em estágio crítico da doença, almejando a concessão da prisão


domiciliar, conforme o preconizado pelo artigo 117, II da Lei de Execução Penal.

A admissibilidade da concessão de tal benesse, tem sido acolhida humanamente pelos tribunais
pátrios. Neste sentido, é digna de compilação a decisão do Relator Alberto Marino, no agravo
n.º 1546553, de São João da Boa Vista, em 18.04.1994:
"Réu portador de AIDS – Hipótese em que a prisão domiciliar é mais
favorável ao réu devido o lapso temporal restritivo ser menor, com direito
a todas as benesses legais (detração, indulto, etc.) – Recurso não provido."

O entendimento doutrinário é favorável à concessão da prisão domiciliar em casos como o do


requerente. A visão do TACRIM-SP, por Carlos Biasotti na obra ‘Execução Penal – Visão do
TACRIM-SP’, Editora Oliveira Mendes, 1998, à páginas 107 a 111, segue neste sentido:
"Mais que aconselhável, seria verdadeira obra de misericórdia isso de o
Magistrado, para melhor aferir as condições físicas do enfermo, proceder
a uma inspeção ocular e, de seguida, num generoso impulso de
consciência reta, sensível sempre às tragédias humanas, transferi-lo para
o domicílio, onde familiares o possam assistir até o doloroso momento em
que ao curto dia de sua vida suceda a noite eterna".

_______________________________________________________________________________________________________
Rua José Alexandre Buaiz, nº 300 Vitória/ES (27) 99778-6930 / 3224-4950
Salas 1215/1216, Ed. Work Center Enseada do Suá marceloserafim.adv@gmail.com
SERAFIM - ASSESSORIA & CONSULTORIA JURÍDICA
MARCELO SERAFIM DE SOUZA - OAB/ES 18.472
______________________________________________________

ISTO POSTO, REQUER:


I-) Seja dada vista ao notável Doutor Promotor de Justiça que oficia junto a Vara de Execuções
Penais.
III-) Seja concedido ao peticionário, a prisão domiciliar por ser portador de moléstia incurável,
nos termos do artigo 117, II da LEP.

Termos em que,
Pede e espera deferimento.

Vitória/ ES, 21 de novembro de 2018.

_________________________
MARCELO SERAFIM DE SOUZA
ADVOGADO - OAB/ES 18.472

_______________________________________________________________________________________________________
Rua José Alexandre Buaiz, nº 300 Vitória/ES (27) 99778-6930 / 3224-4950
Salas 1215/1216, Ed. Work Center Enseada do Suá marceloserafim.adv@gmail.com