Você está na página 1de 5

Novo Espaço – Matemática A 12.

º ano
Preparação para o Teste Intermédio
Nome: __________________________________________________

Ano / Turma: _________ N.º: _____ Data: ___ / ____ / ___

GRUPO I
Na resposta a cada um dos itens deste grupo, seleciona a única opção correta.
Escreve, na folha de respostas:
• o número do item;
• a letra que identifica a única opção escolhida.
Não apresentes cálculos, nem justificações.

1. Considera em referencial o.n. Oxyz, os pontos A, B, C, D e E cujas coordenadas são:

A (–1, 4, 3); B (7, 4, –2); C (2, 4, 3); D (3, 4, 0) e E (2, 4, –2).

Escolhidos dois destes pontos ao acaso, qual é a probabilidade de definirem uma reta paralela
ao plano coordenado xOz?

1 1
(A) (B) (C) 0 (D) 1
5 10

2. De uma certa linha do Triângulo de Pascal sabe-se que a soma dos três últimos
elementos é 497.

A soma dos três primeiros elementos da linha seguinte é:

(A) 498 (B) 529 (C) 500 (D) 994

3. De um número natural x sabe-se que x!  a e  x 1!  b . Então pode concluir-se


que  x  1! é igual a:

a a2 ab a 2  ab
(A) (B) (C) (D)
b b b b

4. Na figura está representado um hexágono regular de vértices


A, B, C, D, E e F sobre um referencial o.n. xOy.

Sabe-se que a reta AB é paralela ao eixo das abcissas.

Escolhem-se, ao acaso, dois vértices do hexágono.

A probabilidade de os dois vértices escolhidos definirem uma reta que


intersete o eixo Ox é:

1 13 4
(A) (B) (C) (D) 1
3 15 5

1
Novo Espaço – Matemática A 12.º ano
Preparação para o Teste Intermédio

5. Em relação a uma experiência aleatória, considera dois acontecimentos A e B possíveis


e independentes. Sabe-se que P  A  B   0,82 e P  A  0, 4 . Pode concluir-se que:

(A) P  A  B  0 (B) P  A  B   0, 42

(C) P  A  B   0, 24 (D) P  A  B   0, 28

6. Uma variável aleatória X tem a seguinte distribuição de probabilidades:

xi 1 a 2a
P  X  xi  0,35 0,45 b

Sabe-se que o valor médio da variável aleatória X é 2,9. O valor de a é:

(A) 0,2 (B) 2,7 (C) 5 (D) 3

7. Considera uma variável aleatória X que admite distribuição normal.

Sabe-se que P  X  22  é superior a P  X  30  e P  X  22  0,5 . Qual dos


seguintes valores pode corresponder ao valor médio?

(A) 27 (B) 24 (C) 21 (D) 32

15
 1 
8. No desenvolvimento de   x  , pelo Binómio de Newton, o número de termos
 x 
em que o expoente de x é um número inteiro positivo é:

(A) 5 (B) 0 (C) 6 (D) 10

9. O diretor de uma empresa convocou seis


colaboradores para uma reunião. O diretor ocupa o topo da
mesa e os colaboradores distribuem-se, ao acaso, pelos
restantes oito lugares, sendo quatro de cada lado da mesa
conforme é sugerido na figura.
A Joana e o Pedro são colaboradores e vão participar na
reunião. O número de maneiras diferentes de distribuir os seis
colaboradores para que a Joana fique ao lado do Pedro do mesmo lado da mesa é dado por:

(A) 8C2  6 A4 (B) 8C2  2!  6C4 (C) 3  2  2! 6 A4 (D) 82  6C4

2
Novo Espaço – Matemática A 12.º ano
Preparação para o Teste Intermédio

GRUPO II
Na resposta a cada um dos itens deste grupo, apresenta todos os cálculos que tiveres de efetuar
e todas as justificações necessárias.
Atenção: quando, para um resultado, não é pedida a aproximação, apresenta sempre o valor
exato.

1. Na figura estão representados nove cartões, quatro com


letras e cinco com números. Dos que têm letras há três
exatamente iguais com a letra E.

1.1. Admite que os nove cartões vão ser dispostos, em fila, lado a lado, de forma aleatória.

Uma das sequências possíveis é a seguinte:

Determina o número de sequências distintas que há de modo que os três cartões com a letra E
ocupem posições consecutivas.

1.2. Os nove cartões vão ser distribuídos, ao acaso, pelas nove


quadrículas da base quadriculada da figura ao lado.

Determina a probabilidade de os cartões com a letra E ficarem na mesma


linha, ou na mesma coluna ou na mesma diagonal.

2. Em relação a um referencial o.n. Oxyz considera o plano  que passa pelo ponto
T  3, 4,0 e é paralelo ao plano xOz.

Seja A o conjunto dos pontos em que as coordenadas são números naturais menores que 10 e
distintos.

Escolhe-se, ao acaso, um ponto do conjunto A.

Determina a probabilidade de a soma das coordenadas do ponto escolhido ser igual a 9,


sabendo que esse ponto pertence ao plano .

3
Novo Espaço – Matemática A 12.º ano
Preparação para o Teste Intermédio

3. Seja  o espaço de resultados associado a uma certa experiência aleatória.


Sejam A e B dois acontecimentos ( A   e B   ).
Seja P  A B  a probabilidade de A, se B.
Sabe-se que:
3
 P  A  B 
11
P  A B 
3

8
 
P A B   2
11
Determina P  A .

4. Um sistema de vigilância é apoiado por três computadores A, B e C e qualquer


ocorrência numa determinada zona é registada nos três computadores.

Sabe-se que:

 3% das ocorrências registadas no computador A apresentam erro;


 2% das ocorrências registadas no computador B apresentam erro;
 5% das ocorrências registadas no computador C apresentam erro.

Admite que houve uma ocorrência relevante e um dos computadores é escolhido, ao acaso,
para consulta do registo. Determina:

4.1. a probabilidade de o computador escolhido não ser o A e o registo não conter erro.
Apresenta o resultado em forma de dízima, arredondado às milésimas.

4.2. a probabilidade de ter sido escolhido o computador B, sabendo que o registo continha
erro. Apresenta o resultado em forma de fração irredutível.

5. Seja Ω o espaço de resultados associado a uma certa experiência aleatória. Sejam A e B dois
acontecimentos possíveis ( A   e B   ).

5.1.       
Prova que P B A  P B A  P A  P B  A . 
5.2. Numa caixa há bolas de diferentes cores, tendo cada uma delas inscrito um número
natural. Sabe-se que:
 16 % das bolas são azuis;
 das bolas azuis 75% têm número ímpar.
Da caixa, escolhe-se, ao acaso, uma bola. Determina a probabilidade de se obter uma bola que
não seja azul ou tenha número ímpar. Apresenta o resultado na forma de fração irredutível.

Sugestão: Aplica o resultado apresentado em 1.1., começando por definir os acontecimentos A


e B.

4
Novo Espaço – Matemática A 12.º ano
Preparação para o Teste Intermédio

6. Na figura estão representados cinco quadrados e cinco discos numerados de 1 a 5.


Considera a experiência aleatória que consiste em distribuir, ao
acaso, os círculos pelos quadrados, um círculo em cada quadrado e
verificar os números associados a cada quadrado.
Seja X a variável aleatória “Número de discos com número
ímpar que ficam na coluna vertical”.
Elaborou-se a seguinte tabela de distribuição de probabilidades
relativa à variável aleatória X:

xi 1 2 3

P  X  xi  3 3 1
10 5 10

6.1. Numa composição matemática justifica os valores da variável aleatória e das


probabilidades registadas na tabela.

6.2. Seja A o acontecimento: “Os três discos com número ímpar ficam na coluna vertical”.
Se a experiência for realizada cinco vezes qual é a probabilidade de ocorrer o acontecimento A
exatamente três vezes?
Apresenta o resultado em forma de dízima.

6.3. Os discos foram colocados num saco e foram acrescentados n discos numerados de 6
em diante. Em seguida, foram retirados, simultaneamente, ao acaso, dois discos do saco.

5
Sabe-se que a probabilidade de o maior dos números retirados ser 6 é .
66
Determina o valor de n.
Para resolver este problema começa por o equacionar e resolver a equação sem recorrer à
calculadora.

FIM