Você está na página 1de 1

Notas Bibliográficas

A EVOLUÇÃO DAS INDICADORES DE


CIÊNCIAS CONTÁBEIS SUSTENTABILIDADE -
NO BRASIL. De Carlos uma Análise Comparativa.
Eduardo Barros Leite. Rio de De Hans Michael van Bellen.
Janeiro: Editora FGV, 2005. Rio de Janeiro: Editora FGV,
260 p. ISBN: 8522504946. 2005. 256 p. ISBN:
A obra relata os principais 8522505063.
acontecimentos sociais, Numa releitura histórica da
econômicos e educacionais questão ambiental, mostra-se
que ocorreram no Brasil, desde o descobrimento como os problemas ambientais da sociedade
até o final do século XX. Possibilita o contemporânea advêm de uma antiga relação
entendimento da influência desta evolução sobre entre sociedade e ambiente. O autor analisa a
a educação na área contábil, além de contribuir mensuração do desenvolvimento sustentável,
com soluções para cada uma das atuais abordando temas como a percepção ambiental,
dificuldades, pelo fato de revelar sua origem, a necessidade do uso de indicadores, e os
bem como o nível de crescimento da economia, a principais meios de avaliação ambiental e
educação e a sociedade de diferentes épocas sustentável. Apesar de aprofundar a questão,
(Nota por Joyce de Souza Cunha Melo - reconhece-se a dificuldade de transpor conceitos
CEPEAD/UFMG). e utilizá-los através de ferramentas de gestão
(Nota por Thiago Duarte Pimentel – CEPEAD/
EMPREENDEDORISMO - UFMG).
Além do Plano de Negócio.
De Eda Castro Lucas de C O N TA B I L I D A D E
Souza e Tomás de Aquino INTERNACIONAL. De
Guimarães (Orgs.). São Jorge Katsumi Niyama. São
Paulo: Editora Atlas, 2005. Paulo: Editora Atlas, 2005.
564 p. ISBN: 8522441758. 165 p. ISBN 8522441367.
O livro apresenta uma A obra procura entender as
multiplicidade de enfoques, que retratam as causas das diferenças
diversas visões de especialistas, com formações existentes no processo de
e experiências diferenciadas, constituindo-se em elaboração e evidenciação
leitura obrigatória sobre Empreendedorismo. O das demonstrações contábeis. É feita uma
Instituto Euvaldo Lodi, em parceria com comparação entre as normas de diferentes países,
SEBRAE, apoiou a iniciativa desta obra, o que além da discussão das normas do IASB,
evidencia uma aproximação entre universidade e organismo responsável pela harmonização
empresa, fundamental na discussão de um contábil no mundo. Em termos internacionais, o
assunto que traz reflexos para a sociedade e, autor apresenta situações de diferentes países,
especialmente, para o setor produtivo. O leitor como Estados Unidos, Japão, Holanda, Grã-
encontrará aspectos conceituais, com Bretanha. Ao final de cada capítulo são
contribuições fundamentais para a construção apresentadas questões para discussões e
teórica sobre o tema, assim como relatos de comentários (Nota por César Augusto Tiburcio
experiências e evidências empíricas que Silva – UnB).
estimulam a prática de ações empreendedoras
no país (Nota por Maria de Fátima Bruno de
Faria – UnB).

RAC, v. 9, n. 4, Out./Dez. 2005 205