Você está na página 1de 2

PROBLEMA nº 3

Pretende-se calcular o momento resistente


4,0
último da secção de betão armado,
1 2 1
indicada na Figura, ao fim de duas horas
de exposição ao fogo segundo a curva
padrão em 3 faces apenas.
A armadura inferior é constituída por 5
40 varões ∅ 25 mm e a armadura de

compressão é composta por 3 ∅20mm. O


aço das armaduras tem uma tensão de
1 2 3 2 1 cedência à temperatura ambiente
4,0 σy,20º=400Mpa, A400NR. O valor
característico da tensão de compressão do
5,2 5,0 5,0 5,0 5,0 5,2
betão à temperatura ambiente é
30,4
fck=35Mpa, B40.

Como a secção tem armadura de compressão, o momento último vai ser composto de
duas parcelas. Um resultante do binário formado pela armadura de compressão com
parte da secção de aço de tracção, Mu1, e outra é devida ao momento de uma secção de
betão sujeito à compressão com a restante armadura de tracção, Mu2.

Para o cálculo da 1ª parcela é necessário determinar a temperatura média dos varões de


aço de compressão:
1
T1 = 425º C T2 = 100º C Tm = (2 x425 + 100) = 317º C
3
A área da armadura de compressão é de
A’s=9,42x10-4 m2
Supondo que, a armadura de compressão tem uma extensão de 0,5%, o gráfico para a
σ0,5,θ
relação para aços laminados a quente ou endurecidos e frio que
σy,20

65
1
Eθ 0.9
E20 0.8
σp,θ 0.7
σy,20 0.6
Series1
E θ E 20
σy,θ 0.5
σy,20 0.4 σp,θ σy,20
Series2
Series3
0.3 σy,θ σy,20
0.2
0.1
0
100 300 500 700 900 1100
Temperaturas
Figura : Aço natural, parâmetros de definição da lei elíptica

apresentem lei constitutiva elíptica conforme as definidas no EC2; está representado a seguir.
A Figura anterior mostra os parâmetros que definem a lei constitutiva do aço de betão armado
laminado a quente.

1
σ0,5;θ
0.9
σy ,20
0.8

0.7

0.6

0.5 end. frio


lam. quen.
0.4

0.3

0.2

0.1

0
100

200

300

400

500

600

700

800

900

1000

Temperaturas

A tensão média σs,k para a armadura de compressão, com a Tm=317ºC é:

σ0,5,317
= 0,82
σy ,20

A força da armadura de compressão é de:

66