Você está na página 1de 3

QUIMICA GERAL – Departamento de Química / ICEx Prof.

Luciano Andrey Montoro

LISTA DE EXERCÍCIOS – Teoria Atômica

(1) Na Figura abaixo é mostrada a representação de uma onda eletromagnética. Qual o


comprimento de onda desta radiação? Qual a sua frequência em Hertz?

(2) O espectro do magnésio possui uma linha de emissão em 266,8 nm. Quais das
seguintes afirmações são verdadeiras? Explique.
(a) Ela possui frequência maior que uma radiação de comprimento de onda 402 nm.
(b) Ela é visível a olho nu.
(c) Seu comprimento de onda é maior do que o de raios-X.

3) Determine qual dos seguintes comprimentos de onda representa a luz de mais alta
frequência. (a) 6,7x10-4 cm; (b) 1,23 mm; (c) 80 nm; (d) 6,72 m.

4) Arranje em ordem crescente de frequência as seguintes radiações eletromagnéticas:


(a) Luz vermelha; (b) onda de rádio FM com 91,9 MHz; (c) luz com uma frequência de
3,0x1014 s-1; (d) luz com um comprimento de onda de 49 nm.

(5) Use a equação de Rydberg aplicada a série de Balmer, para calcular:


(a) A frequência (em s-1) da radiação correspondente a n = 5.
(b) o comprimento de onda (em nm) da linha correspondente a n = 7.
(c) o valor de n correpondente a linha em 380 nm.

6) A energia necessária para dissociar a molécula de Cl2 para átomos de Cl é de 239


kJ/mol de Cl2. Se a dissociação de uma molécula de Cl2 for acompanhada pela
absorção de um único fóton com a mesma energia necessária à dissociação, qual deve
ser o comprimento de onda deste fóton (em metros)?

(7) A temperatura do ferro derretido pode ser monitorada pelo uso da lei de Wien. Se o
ponto de fusão do ferro é 1540 oC, qual será o comprimento de onda no ponto de
intensidade máxima quando a peça de ferro funde?
8) Um astrônomo ao descobrir uma nova estrela vermelha, encontra que a sua
intensidade máxima de emissão ocorre em  = 715 nm. Qual a temperatura da
superfície da estrela?

(9) O sol possui uma temperatura de cerca de 6000 K. Nestas condições ele emite
radiação com um max = 483 nm. Em 1965, descobriu-se que uma radiação
eletromagnética com um max = 1,05 mm (microondas) foi gerada no evento do “Big-
Bang” e está presente ao longo de todo o universo. Baseado nestes dados, calcule a
temperatura do espaço ‘vazio’ do universo (utilize apenas os dados do enunciado para
o cálculo).

(10) Lâmpadas de vapor de sódio, usadas na iluminação pública, emitem luz amarela
de 589 nm. Quanta energia é emitida por (a) um átomo de sódio excitado quando ele
gera um fóton? (b) 1,00 g de átomos de sódio emitindo luz a esse comprimento de
onda?

(11) A velocidade de um elétron que é emitido de uma superfície metálica por um fóton
de radiação eletromagnética é 2,2  103 km.s-1. (a) Qual o comprimento de onda desse
elétron? (b) Nenhum elétron é emitido da superfície do metal até que a frequência da
radiação alcance 1,00  1015 s-1. Quanta energia é requerida para remover um elétron
da superfície do metal? (c) Qual o comprimento de onda do fóton que causou a ejeção
do elétron do metal, que se movimenta a 2,2  103 km.s-1? (d) A que classe de radiação
eletromagnética pertence o fóton?

12) A função trabalho do césio metálico é 2,14 eV. Calcule a energia cinética e a
velocidade dos elétrons emitidos por luz de comprimento de onda (a) 750 nm, (b) 250
nm.

13) A transição de comprimento de onda mais curto na série de Paschen no hidrogênio


ocorre em 821 nm; em que comprimento de onda ela ocorre no Li 2+?

(14) A chamada série de Lyman das linhas de emissão correspondem a transições de


estados excitados para o orbital n = 1. Calcule o comprimento de onda da linha de mais
baixa energia da série de Lyman. Em qual região do espectro ela ocorre?

15) A “Série de Humphreys” é um grupo de linhas de emissão no espectro do H


atômico. Inicia-se em 12368 nm a aparece até 3281,4 nm. (a) Quais as transições
envolvidas? (b) Quais os comprimentos de onda das transições intermediárias?

(16) Um cátodo é feito de cobre polido. Sabendo que a função trabalho do cobre é 4,7
eV, determine a frequência mínima da radiação (“limiar fotoelétrico”) capaz de provocar
a emissão de elétrons desse cátodo.
17) Um íon hidrogenóide tem um núcleo de carga +Ze e um único elétron em órbita. Os
níveis de energia destes íons são –Z2 / n2 (onde Z é o número atômico,  é a
constante de Rydberg). Calcule o comprimento de onda da transição de n = 3 para n =
2 no He2+, um íon hidrogenóide. Em qual região do espectro essa emissão ocorre?

Constante de Planck (h) = 6,62610-34 J.s ou 4,13610-15 eV.s


1 eV = 1,602  10-19 J
Número de Avogadro = 6,022  1023
Velocidade da Luz = 3,0  108 m/s
Massa do elétron = 9,11  10-31 Kg
Constante de Rydberg (R) = 1,0969  10-2 nm-1