Você está na página 1de 33

ESCOLA SUPERIOR TÉCNICA

DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA

[SERVIÇOS DE REDES]

[Maputo©2019|3ºAno|1ºSemestre] Ambrósio Patrício Vumo

„Theory is when you know everythink but nothing works”


„Practice is when everything works but no one knows why“

„Here, theory and practice are combined: nothing works (Theory) and no one knows why (Practice)“
DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

nós, seres humanos, podemos ser identificados por diversas


maneiras. Por exemplo, podemos ser identificados pelo nome que
aparece no: Bilhete de Identidade , Passaporte ou NUIT. Embora
cada um desses números possa ser usado para identificar
pessoas, em um dado contexto um pode ser mais adequado que
outro.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Assim como seres humanos podem ser identificados de varias


maneiras, exatamente o mesmo acontece com os host’s na
Internet.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Os nomes como www.up.ac.mz, cnn.com, www.yahoo.com,


gaia.cs.umass.edu e cis.poly.edu - são fáceis de lembrar e, portanto,
apreciados pelos seres humanos.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Todavia, eles fornecem pouca informação sobre a localização de


um host na Internet. (Um nome como www.eurecom.fr, que termina
com o código do país .fr, nos informa que o host provavelmente
está na França, mas não diz muito mais do que isso.)

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Os nomes dos servidores podem consistir em caracteres


alfanuméricos de comprimento variável, seriam difíceis de ser
processados por router’s. Por essas razões, os host’s também são
identificados pelo endereços IP.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Um endereço IP é constituído por 4 bytes e sua estrutura


hierárquica é rígida. Ele é semelhante a 121.7.106.83, no qual cada
ponto separa um dos bytes expressos em notação decimal de 0 a
255

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Um endereço IP é hierárquico porque, ao examiná-lo da esquerda


para a direita, obtemos mais informações específicas sobre onde o
host está localizado na Internet.

De maneira semelhante, quando examinamos um endereço postal de


cima para baixo, obtemos informações cada vez mais específicas
sobre a localização do destinatário.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Acabamos de ver que há duas maneiras de identificar um host - por


um nome (Por exemplo: www.up.ac.mz) e um endereço IP do Host
(Por exemplo: 196.3.99.98).

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

As pessoas preferem o identificador por nome de host por ser mais


fácil de lembrar, ao passo que router’s preferem endereços IP.

Para satisfazer essas preferência, é necessário um serviço de


directório que traduza nomes de host’s para endereços IP. Esta é a
tarefa principal do DNS (domain name system - sistema de nomes
de domínio) da Internet.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

O DNS é:
• uma base de dados distribuído implementado em uma
hierarquia de servidores de nome (servidores DNS); e
• um protocolo de camada de aplicação que permite que host’s
consultem a base de dados distribuído.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Os servidores de nome são frequentemente máquinas UNIX que


executam o software BIND (Berkeley Internet Name Domain) [BIND,
2009]. O protocolo DNS utiliza UDP e usa a porta 53.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

O que acontece quando um utilizador, requisita o URL


www.someschool.edu/index.html?

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

Para que a máquina do utilizador possa enviar uma mensagem de


requisição HTTP ao servidor Web www.someschool.edu, ela precisa
primeiro obter o endereço IP de www.someschool.edu. Isso é feito
da seguinte maneira:
1. A Máquina do utilizador executa o lado cliente da aplicação DNS
2. O Browser extrai o nome de host, www.someschool.edu, do URL e
passa o nome para o lado cliente da aplicação DNS.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Services Provided by DNS

3. O cliente DNS envia uma consulta contendo o nome do host


para um servidor DNS
4. O cliente DNS finalmente recebe uma resposta, que inclui o
endereço IP correspondente ao nome do servidor
5. Logo o browser receba o endereço do DNS, pode abrir uma
conexão TCP com o processo servidor HTTP localizado naquele
endereço IP.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

A Distributed, Hierarchical Database

DNS usa um grande número de servidores, organizados de maneira


hierárquica e distribuídos por todo o mundo. Nenhum servidor de
nomes isolado tem todos os mapeamentos para todos os hostname
da Internet.

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

A Distributed, Hierarchical Database

há três classes de servidores de nomes: servidores de nomes raiz,


servidores DNS de domínio de alto nível (top-level domain - TLD) e
servidores DNS com autoridade - organizados em uma hierarquia

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

A Distributed, Hierarchical Database

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

A Distributed, Hierarchical Database

Na Internet há 13 servidores de nomes raiz (denominados de A a M)


e a maior parte deles está localizada na América do Norte...!!!

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

A Distributed, Hierarchical Database

O DNS é utilizado por outras entidades da camada de aplicação, por


exemplo: HTTP, SMTP e FTP - para traduzir nomes de servidores
fornecidos por utilizadores para endereços IP

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

O Host cis.poly.edu pretende o endereço


IP de gaia.cs.umass.edu

Modo interactivo:

• Servidor contactado responde


com o nome do servidor a contactar
• “Eu não conheço esse nome, mas
pergunte a este servidor”

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Modo recursivo:
• Coloca o fardo da resolução no servidor
de nomes contactado
• Fardo pesado?

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Mensagens DNS

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Mensagens DNS

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Mensagens DNS

A semântica dos vários campos de uma mensagem DNS é a


seguinte:
Os primeiros 12 bytes formam a secção de cabeçalho, que tem vários campos. O
primeiro campo é um número de 16 bits que identifica a consulta. Esse
identificador é copiado para a mensagem de resposta a uma consulta, permitindo
que o cliente combine respostas recebidas com consultas enviadas.

A secção de pergunta contém informações sobre a consulta que está sendo feita.
Essa seção inclui (1) um campo de nome que contém o nome que está sendo
consultado e (2) um campo de tipo que indica o tipo de pergunta que está sendo
feito sobre o nome — por exemplo, um endereço de hospedeiro associado a um
nome (Type A) ou o servidor de correio para um nome (Type MX).

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


DNS - The Internet’s Directory Service

Mensagens DNS

A semântica dos vários campos de uma mensagem DNS é a


seguinte:
Em uma resposta de um servidor de nomes, a secção de resposta contém os
registros de recursos para o nome que foi consultado originalmente. Lembre-se de
que em cada registro de recurso há o Type (por exemplo, A, NS, CSNAME e MX), o
Value e o TTL.

A secção de autoridade contém registros de outros servidores com autoridade.

A secção adicional contém outros registros úteis. Por exemplo, o campo resposta
em uma resposta a uma consulta MX conterá um registro de recurso que informa
o nome canônico de um servidor de correio.

A secção adicional conterá um registro Type A que fornece o endereço IP para o


nome canônico do servidor de correio.
[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]
DNS RESOURCE RECORDS (RR)

DNS: BD distribuída que armazena resource records (RR)

Type=A Type=CNAME
• name é o nome de um host • name é um alias (nome alternativo)
• value é o endereço IP para outro nome “canónico” (o real!)
por exemplo: www.up.ac.mz é na
realidade ulimwengo.up.ac.mz
Type=NS • value é o nome canónico (real)
• name é um nome de um
domínio (ex:. up.ac.mz)
Type=MX
• value é o nome do host
• name é um nome de domínio
do servidor DNS autoritativo
• value é o nome do servidor de email
para o domínio
associado ao nome name
[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]
THE IN-ADDR.ARPA DOMAIN

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


THE IN-ADDR.ARPA DOMAIN

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


THE IN-ADDR.ARPA DOMAIN

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


THE IN-ADDR.ARPA DOMAIN

Most specific Least specific

www.up.ac.mz

98 . 99. 3. 196

[James F. Kurose, Keith W. Ross; 2013]


ESTRUTURA DO DOMINIO DE NOMES

Servidor Raiz

Top Level .arpa .com .net .org .pt .mz .br


Domains
Generic top-level domain (gTLD) Country top-level domain code (ccTLD)

.org .ac .net

mail www ftp

www.up.ac.mz
TP-II