Você está na página 1de 1

A Música na Educação Infantil

Objetivo:

Analisar as contribuições que o ensino de música pode proporcionar ao


desenvolvimento das crianças na educação infantil e o papel dos professores
na exploração deste recurso.

 A presença da música na vida das pessoas é incontestável. É uma


linguagem universal. Acompanha a história da humanidade desde as
primeiras civilizações. É uma forma de expressar os mais diferentes
afetos da alma.
 Existem muitas possibilidades de buscar as contribuições da música no
desenvolvimento da criança, uma vez que ela se faz presente em suas
vidas no ventre materno e segue no decorrer da sua infância.
 No ambiente escolar, a música contribui como forma de expressão oral e
corporal, para estabelecer regras, relações sociais, diversão, alegria,
estímulo à criatividade, concentração, memória, aperfeiçoamento
auditivo e aprendizagem. Esses são breves exemplos da ampla
importância da música na educação infantil.
 A música é um subsídio de possibilidades interdisciplinares e cabe ao
professor explorar este recurso de forma a extrair as potencialidades,
para tanto, é importante perceber que o ensino de música não está
somente ligado ao aprendizado de instrumentos ou de repetição de
canções e cantigas decoradas, descontextualizadas e pouco
producentes, práticas muito frequentes no ambiente educacional.
 Para ser significativa e atingir seus objetivos, a música deve ser
trabalhada de diferentes formas, por exemplo, com exercícios de ritmo,
canto, parlendas, cantigas de roda, brincadeiras cantadas, sonorização
de histórias. Pode-se trabalhar com os alunos ruídos cotidianos,
construção de instrumentos musicais, a partir de materiais alternativos,
proporcionar um trabalho que permita o aluno a experimentar sensações
e sentimentos como de tristeza, alegria, e que ele venha a expressar
esses sentimentos através da manipulação dos instrumentos musicais.
 O ensino de música não tem o objetivo de formar músicos, tem como
enfoque o desenvolvimento global da criança na educação infantil,
respeitando sua individualidade, seu contexto social, econômico,
cultural, étnico e religioso, entendendo a criança como um ser único com
características próprias, que interage nesse meio com outras crianças e
também explora diversas peculiaridades em todos os aspectos.
 A música possibilita experiências que nem o mais sofisticado brinquedo
eletrônico pode proporcionar.