Informativo Mensal do Solar Bezerra de Menezes – Abril de 2008

PRINCIPAL

Influência dos espíritos sobre nossos atos e pensamentos
nados do que se supõe. Misturam-se nas atividades comuns, perambulando no ninho doméstico, participam das conversações, seguem com os comensais de quem dependem, em processo legítimo de vampirização. Não podemos descuidar da nossa casa mental e seguir , vida a fora, arrastando pela ação maléfica dos Espíritos atrasados. Através da prece e da vigilância constante dos atos e pensamento voltado para o bem, nos dispomos ao concurso dos bons Espíritos, que só para o bem aconselham, suscitam bons pensamentos, desviam o homem da senda do mal, neutralizando a influência dos Espíritos inferiores. Tomando consciência de que o pensamento exterioriza-se e projeta-se, formando imagens e sugestões que arremessa sobre os objetivos que se propõe atingir. A química mental é a base de todas as transformações, porque realmente evoluimos em profunda comunhão telepática com todos aqueles encarnados ou desencarnados que se afinam conosco. Quando a emissão mental for equilibrada e edificante, é natural que se consiga harmonia e felicidade, quando for desequilibrada e doentil, só causa aflições e quedas morais. Podemos neutralizar a influência dos maus espíritos, procurando repelir as sugestões inferiores e não atender aos maus pensamentos, que geram as discórdias, o ciúme, a inveja e a exaltação do orgulho. A medida que se perseverar no propósito firme de melhoria, através do desligamento do mal, a influência provocada pelas entidades inferiores, dará lugar aos conselhos e sugestões edificantes dos benfeitores espirituais.

É tão grande que, de ordinário, são eles que nos dirigem. Esta influência pode ser boa ou má, oculta ou ostensiva, fugaz ou duradoura, através da sintonia que se estabelece entre encarnado e desencarnado. Pensar é viver, é entrar em relação com o Universo espiritual que nos envolve, e, conforme a espécie das emissões mentais de cada ser, elementos similares se lhe imantam, acentuando-lhes as disposições no seu esforço ascensional ou em sua queda e deslizes. Os Espíritos infelizes, de mente ultrajada, vivem mais com os companheiros encar-

Emmanuel
Do livro Pérolas do Além (Ed. FEB). Psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier. Livro dos Espíritos – pergunta 459.

SIMPLIFICANDO O ESPIRITISMO “Muitos os chamados, poucos os escolhidos”
Esse tema está no Capitulo XVIII do E.S.E. Este capítulo inicia-se com uma parábola como muitas de que Jesus se valia naquela época. Fala sobre o rei que decidiu comemorar as bodas de seu filho e entre outros sobre o convidado que não trajava a veste nupcial. Vestir a túnica nupcial como nos narra a parábola, significa a pureza de coração e o desejo de servir ao próximo que devemos trazer dentro de nós. Essa a condição colocada por Jesus para aquele que pretende de fato penetrar o Reino dos Céus. Assim, declarar-se simplesmente membro desta ou daquela religião não basta, é preciso vivenciar o evangelho como agente transformador, renunciando aos vícios, aos defeitos e amando o seu próximo “E” a si mesmo. Os chamados de Deus ocorrem de forma sutil, interior e nas pequenas coisas. Atender aos anseios da família que é nosso primeiro e maior compromisso nessa reencarnação, pois muitas vezes nos doamos no auxílio ao próximo, mas deixamos nossos familiares em casa, carentes de afeto e certa forma órfãos sem o nosso amparo. Quando somos chamados a assumir nosso papel de cristãos, assumindo tarefas que nos são oferecidas na Casa Espírita, muitas vezes nos declaramos demasiadamente ocupados, tímidos, ou ainda justificamos dizendo que somos jovens demais ou velhos demais. Encerramos lembrando, que ainda nesse capitulo Jesus nos afirma que muito será cobrado à quem muito for dado. Assim, muitos preferem fechar os ouvidos para não se inteirarem das máximas do evangelho, acreditando que nada sabendo, nada lhes será cobrado, todavia hoje conhecemos a palavra de Jesus e sua significação e se recuamos diante do caminho de amor que nos espera, sempre haverá de ser por preguiça, por covardia ou ainda por comodismo. Que Jesus nos abençoe, ilumine e ampare a todos.

DICA DE LEITURA

Pérolas do Além
Emmanuel – psicografado por Chico Xavier (FEB Editora)

Uma coletânea de pensamentos extraídos de 42 obras mediúnicas de Francisco Cândido Xavier, catalogadas alfabeticamente de acordo com os assuntos, possibilitando identificar, de maneira rápida e fácil, as fontes literárias onde foram colhidas. Compila termos como: aborto; ciúme; feminismo; mediunidade; pensamento; política, e mais 448 sobre variados temas, todos de real interesse. É, assim, um verdadeiro dicionário de substanciosos ensinamentos de que nos podemos servir para nossas meditações e também para instruir palestras e escritos doutrinários.

HOMENAGEM DO MÊS

Ignacio Bittencourt
Espíritos. Medite bastante neles e encontrará resposta para suas indagações!” Com 30 anos de idade, recusou-se a ingressar na política numa eleição fácil para ele como candidato à deputado, para continuar com seu humilde trabalho espírita. Fundou o Semanário “Aurora” em Maio de 1912 e dirigiu-o por mais de 30 anos. Sob sua presidência foi fundado em 1919 o “Abrigo Teresa de Jesus”, até hoje funcionando no auxilio à crianças desamparadas. Fundou ainda o Centro Cáritas e durante muitos anos foi vice-presidente da Federação Espírita Brasileira, além de ser médium receitista e curador. Aos 80 anos de idade nosso homenageado retornou à pátria espiritual após lenta agonia. Dias antes de sua desencarnação, com a coragem e a serenidade que lhe eram peculiares, ditara para seus familiares os termos do convite para os seus funerais: “A família Ignacio Bittencourt comunica o seu falecimento. A pedido do morto dispensam-se flores”. E assim partiu nosso homenageado para a pátria espiritual, As curas operadas através de sua mediunidade foram das mais marcantes. Inúmeros casos considerados perdidos pela medicina convencional foram resolvidos pela sua interferência. Dessa forma rendemos nossas homenagens à esse grande homem que foi sobretudo exemplo para todos nós. Que Jesus nos abençoe!

MINUTOS DE SABEDORIA
Não critique! Procure antes colaborar com todos, sem fazer críticas. A crítica fere, e ninguém gosta de ser ferido. E a criatura que gosta de criticar, aos poucos se vê isolada de todos. Se vir alguma coisa errada, fale com amor e carinho, procurando ajudar. Mas, sobretudo, procure corrigir os outros através de seu próprio exemplo.

por Marcus Mazza
Nascido a 19 de Abril de 1862 no Arquipélago dos Açores, em plena juventude emigrou para o Brasil sem idéias de enriquecimento pessoal, mas buscando um ideal que sua intuição lhe afirmava, poder encontrar em sua segunda pátria. Sem qualquer proteção ou amparo desembarcou no porto do Rio de Janeiro com uma quantia irrisória no bolso, entretanto era homem sério e de grandes dotes morais. Ignacio Bittencourt era um desses abnegados que só se alegravam com a alegria do seu semelhante, por isso foi aquinhoado com a mediunidade natural que muitas vezes depende da evolução moral do individuo. Descobriu o espiritismo aos 20 anos de idade. Bastante enfermo e desesperançado foi levado à presença de um médium chamado Cordeiro, e graças ao auxilio recebido, teve sua saúde completamente restabelecida. Inconformado com a rapidez da cura, voltou e indagou do médium: “Não sendo o Senhor médico, não indagando dos meus padecimentos, e não me tendo auscultado ou apalpado qualquer dos órgãos como pôde curar-me?”. E a resposta veio incontinenti: “Leia o Evangelho Segundo o Espiritismo e o Livro dos

Pastorino MENSAGEM DE CONFORTO

Consciência do Bem
O homem que se conscientiza das próprias responsabilidades, melhor se arma de recursos para enfrentar as vicissitudes. Tem fé no futuro e trabalha por alcançá-lo mediante as realizações de enobrecimento. Quando sofre, reúne os valores morais e enfrenta o problema sem perder o equilíbrio, fator preponderante em qualquer empreendimento. Quando incompreendido ou sob os camartelos da dificuldade, permanece íntegro no culto do dever, confiando na resposta do tempo, que é o inevitável desvelador de todas as coisas. Se colocado em situação relevante, utilizase da oportunidade para repartir as conquistas que o engrandecem no grupo social em que se movimenta. Sob tensão, age com harmonia; em posição de paz, atua com entusiasmo. Nesse homem estão presentes os títulos do cidadão ideal, que um dia se tornará comum, numa sociedade mais justa, portanto, mais feliz. Tendo como exemplo Jesus, que jamais desanimou ou se precipitou, confia na lição das horas bem aproveitadas e prossegue no campo dos deveres que lhe dizem respeito. Ao mesmo tempo, tem, em Allan Kardec, o exemplo ideal do discípulo da Verdade – que em “tomando da charrua não olhou para trás” – produzindo, em breve período, a Obra colossal que vem triunfando sobre o tempo como um monumento de luz para clarear a Humanidade de todas as épocas, futuro a fora.

CALENDÁRIO DAS REUNIÕES PÚBLICAS

Quarta-Feira – 20 hs
02/04 – Evangelho Segundo o Espiritismo Palestrante: Sandra Azeredo 09/04 – Boa 16/04
Nova Palestrante: Inês Catarina – Nosso Lar (parte 4) Palestrantes: Sônia Amâncio e Rosângela Mariano (feriado)

Sexta-Feira – 15 hs
04/04
– O Valor da Doutrina Espírita Palestrante: Luis Pereira

11/04 – Autoridade da Doutrina Espírita Palestrante: Aimar Sobreira Greco 18/04 25/04
– Brasil, coração do mundo Palestrantes: Luis Fernando Paulo – Importância do livro espírita em nossas vidas Palestrante: Wilta Corrêa da Silva

23/04 – não haverá palestra 30/04 – E a Vida Continua
Palestrante: Sandra Pereira

EXPEDIENTE
Informativo do Solar Bezerra de Menezes|Campo de São Cristóvão, 402 (21) 2580-4445/2580-8478 Vice-Presidente: Fernando Pires da Silva Diagramação: Camila Simas Aceitamos contribuições compatíveis com a doutrina espírita

Joana de Ângelis
Do Livro Receitas de Paz – Psicografado pelo médium Divaldo P. Franco.

Entre em contato, dê sua opinião ! amigo.espirita@yahoo.com.br

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful