Você está na página 1de 7

SISTEMAS DE CONTROLE EM ACIONAMENTOS ELÉTRICOS

FRENAGEM

Consiste na desaceleração controlada através da


inversão do sentido do torque eletromagnético
desenvolvido pela máquina elétrica.

1
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS
Frenagem Regenerativa:
Consiste na inversão do conjugado, obrigando o
acionamento a operar no II quadrante como gerador,
recebendo potência mecânica e fornecendo potência
elétrica para o barramento.
E fica maior que V
I troca de sentido

𝑉 𝑟.𝑇𝐸𝑙𝑒𝑡𝑟𝑜
𝑤= − 𝑇𝐸𝑙𝑒𝑡𝑟𝑜 =-𝑇𝑓
𝑘∅ 𝑘∅2

𝑉 𝑟.𝑇𝑓 𝑟.𝑇𝑓
𝑤= + V= 𝑘∅𝑤 −
𝑘∅ 𝑘∅2 𝑘∅
2
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS
Frenagem Dinâmica:

Consiste em curto circuitar os terminais da máquina,


isolando-a do barramento, inserindo o reostato na
partida cujos módulos vão sendo curto-circuitados à
medida que a máquina desacelera; por semelhança de
triângulos ou através das equações, conclui-se que o
torque de frenagem fica limitado pelos mesmos valores
máximo e mínimo obtidos na partida, porém com sinal
contrário.

3
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS
Frenagem Dinâmica:

4
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS
Frenagem por Contra-Corrente:

Consiste na inversão da tensão de alimentação


concomitantemente com a inserção do reostato de
partida acrescido de um módulo extra ∆rf = R1 para
limitar no processo de frenagem o torque ao valor em
módulo ao da partida.

5
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS
Frenagem por
Contra-Corrente:

𝑉 (𝑅1 +∆𝑟𝑓 ). (−𝑇𝑚á𝑥.𝑝𝑎𝑟𝑡𝑖𝑑𝑎 )


𝑤𝑜 = − −
𝑘∅ 𝑘∅2
𝑉 𝑉 (𝑅1 +∆𝑟𝑓 ). (−𝑇𝑚á𝑥.𝑝𝑎𝑟𝑡𝑖𝑑𝑎 )
=− −
𝑘∅ 𝑘∅ 𝑘∅2

2𝑉 (𝑅1 +∆𝑟𝑓 ). 𝑇𝑚á𝑥.𝑝𝑎𝑟𝑡𝑖𝑑𝑎


=
𝑘∅ 𝑘∅2
2𝑉𝑘∅
= 𝑅1 + ∆𝑟𝑓 = 2𝑅1
𝑇𝑚á𝑥.𝑝𝑎𝑟𝑡𝑖𝑑𝑎
6
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS
Para tensão V ......... - V

−𝑉 − 𝐸 𝑉+𝐸 −2𝑉
𝐼𝑓 = =− ≅
𝑅𝑓𝑐𝑐 𝑅𝑓𝑐𝑐 𝑅𝑓𝑐𝑐

𝑉
Para que: 𝐼𝑓 = 𝐼𝑚á𝑥. =
𝑅1

𝑅𝑓𝑐𝑐 = 2𝑅1

∆𝑅𝑓 = 𝑅1

𝑉
𝐼𝑓 = 𝐼𝑝 =
𝑅1
7
Prof. Joel Rocha Pinto - FACENS