Você está na página 1de 33

Capítulo 1 Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom

Importando
colocando suas fotos no
photoshop lightroom
Agora, realmente precisamos de abarrotado de Capítulos 1. Então
todo um capítulo apenas sobre você começaria a me dizer palavrões.
como importar fotos? Não. Podemos Palavrões indizíveis. Palavrões que
simplesmente ignorá-lo, mas então fariam você se sentir envergonhado
o livro começaria com o Capítulo 2, e sujo, mas você os diria de qualquer
e você estaria enviando e-mails à modo pois estaria certo de que
editora do livro reclamando a falta isto tudo é parte de uma estratégia
do Capítulo 1 em seu livro. Perceba, engenhosamente desenvolvida para
esta é a palavra chave aqui – falta. impedi-lo de conhecer o conteúdo do
Você não pensaria que eu o ignorei Capítulo 1. Obviamente, há alguma
intencionalmente – você imaginaria coisa no Capítulo 1 que “eles”
que ouve alguma confusão na não querem que você conheça.
gráfica, e sua copia acidentalmente Repentinamente vale a pena lutar
acabou sem um Capítulo 1. Então, por aquele Capítulo 1. Você merece
você a levaria de volta à livraria e um Capítulo 1, e saber exatamente
pediria uma cópia de reposição. Você o que há nele. Então, já que eu me
chegaria em casa para descobrir importo com você, meu leitor, da
que, novamente, o Capítulo 1 está forma como me importo, eu encarei
faltando. Então começaria a pensar “o homem” em sua defesa e exigi
que não se trata de uma coincidência. que este livro tivesse um Capítulo 1,
Deve haver algum tipo de conspiração e que seja sobre importar fotos, pois
de impressores (orquestrada por uma há mais para falar sobre isto do que
agência secreta do governo), e que se vê de primeira. Perceba, tudo faz
exatamente agora, em algum lugar do um perfeito sentido uma vez que você
Meio Oeste, há um depósito anônimo olhe com calma e lógica.

1
A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Antes que você mergulhe no Photoshop Lightroom e comece


Antes de Fazer a importar fotos, você deve tomar uma decisão sobre onde irá
Qualquer Coisa, armazenar sua biblioteca de fotos. Esta não é uma decisão tão fácil
quanto você pode pensar, pois você tem de considerar quantas
Escolha Onde fotos você tirou até agora (e deseja gerenciar com o Lightroom),

Armazenar quantas você acha que pode tirar nos próximos anos, e precisa se
certificar de que haja espaço suficiente para armazenar milhares de
suas Fotos fotos, onde você decidir armazená-las – em seu computador ou em
um disco rígido externo. Aqui é onde se começa:

Para Usuários de Computadores de Mesa: Para Usuários de Laptop:


O Lightroom assume que você estará armazenando Se você utiliza, primariamente, um computador laptop
suas fotos no disco rígido interno de seu computador, para editar suas imagens, então eu recomendaria,
então, por padrão, ele automaticamente escolhe a definitivamente, utilizar um disco rígido externo para
pasta Imagens do seu Mac ou PC (Minhas Imagens, armazenar sua biblioteca de fotos devido ao espaço
no Windows XP) para armazenar todas as suas fotos. limitado em disco rígido na maioria dos laptops.
Então, a não ser que você escolha uma diferente (no Pense nisto. Você precisará gerenciar, literalmente,
diálogo Import do Lightroom, sobre o qual você irá milhares (ou dezenas de milhares) de imagens, e
aprender em apenas alguns minutos), ele sempre irá seu laptop ficará realmente cheio, realmente rápido
optar por salvar suas fotos nesta pasta. Enquanto (acredite em mim, ele chega lá mais rápido do que
você tiver muito espaço disponível no disco rígido em você imagina), então utilizar uma unidade externa
seu computador (e eu quero dizer muito!), está tudo (elas estão surpreendentemente acessíveis hoje em
certo. (Observação: Se você está se perguntando o dia) se tornou a opção para muitos fotógrafos que
quanto é “muito,” considere isto: se você fotografa utilizam o Lightroom. (Você pode encontrar disco
apenas uma vez por semana, e enche nada mais rígidos externos de cerca de 500-GB por menos de
que um único cartão de 4-GB em cada sessão, em R$650 hoje em dia, mas se você pode gastar um
apenas um ano, você irá devorar mais de 200 GB de pouco mais, adquira uma unidade popular de 1-TB
espaço em disco. Então, quando pensar em espaço [terabyte], que armazena 1.000 GB.)
de armazenagem no disco rígido, pense grande!)
Caso você não tenha espaço livre suficiente no disco
rígido de seu computador, então você precisará
adquirir um disco rígido externo para armazenar
todas as suas fotos (não se preocupe, o Lightroom
ainda gerenciará todas as suas imagens, você apenas
estará armazenando-as em um disco rígido separado.
Você aprenderá sobre como configurar isto tudo nas
próximas páginas).

2 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

O Lightroom pode fazer um trabalho brilhante em mantê-lo


organizado, desde que você comece sendo organizado, e isto Em Seguida, Faça
significa se ater a esta única, porém crucial, regra: mantenha todas Isto: Prepare
as suas fotos dentro de uma pasta principal. Não importa quantas
outras pastas você tem dentro dela, apenas certifique-se de que a Organização
todas as suas fotos residem dentro daquela pasta principal. Este é
o ingrediente chave para fazer tudo funcionar suavemente. Se, pelo
de sua Pasta
contrário, você importar fotos de pastas em locais diferentes por (É Realmente
todo o seu computador, você estará procurando problemas. Aqui
está como configurar a coisas corretamente desde o início:
Importante)
Passo Um:
Como você leu acima, nosso objetivo
é colocar todas as nossas fotos dentro
de uma pasta principal, certo? Bem,
se você optou por armazenar todas as
suas fotos em seu computador, então
o resto é bastante simples. Por padrão,
o Lightroom automaticamente escolhe
a sua pasta Imagens (ou Minhas
Imagens) como sua pasta principal
de fotos, e quando você vai importar
fotos de um cartão de memória, ele
automaticamente escolherá aquela
pasta para você. Entretanto, eu vou
recomendar executar algo a mais,
agora, para tornar sua vida muito mais
fácil: entre em sua pasta Imagens (ou
Minhas Imagens), crie uma nova pasta
vazia, e nomeie-a “My Lightroom
Photos” (você não precisa nomeá-la
exatamente assim, mas apenas para
tornar as coisas consistentes aqui no
livro, foi assim que nomeei minha pasta
principal). Desta forma, quando chegar
o dia em que você vai ficar sem espaço
no disco rígido (e virá mais cedo do que
você possa imaginar), você pode mover,
copiar, ou fazer cópia de segurança,
de toda a sua biblioteca de fotos
simplesmente movendo uma pasta –
sua pasta My Lightroom Photos. Esta
é uma daquelas coisas que se você
faz agora, virá um dia quando ela irá
economizar a você não apenas horas,
mas literalmente dias, de trabalho.

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 3


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo Dois:
Se você já possui pastas cheias de
fotos em seu computador, antes de
começar a importá-las no Lightroom,
você irá querer primeiro arrastar
e soltar estas pastas para dentro
da pasta My Lightroom Photos.
Deste modo, todas as suas fotos
estarão dentro desta única pasta
My Lightroom Photos antes de você
importá-las no Lightroom. Apesar de
não parecer por agora, novamente,
é incrível como esta pequena dose
de organização irá tornar sua vida
muito mais simples adiante. Se você
optou por armazenar suas fotos em
um disco rígido externo, então você
terá apenas um passo adicional aqui,
nesta fase de preparação (que está no
próximo passo).

Passo Três:
Em seu disco rígido externo, apenas
crie uma nova pasta, nomeie-a My
Lightroom Photos (ou qualquer
nome que você goste), e então
arraste e solte qualquer foto em seu
computador que você deseja que seja
gerenciada pelo Lightroom naquela
pasta My Lightroom Photos na
unidade externa. Claro, mantenha-as
em suas pastas originais quando você
arrastar e soltar elas em sua pasta
My Lightroom Photos (afinal, você
não deseja simplesmente arrastar
milhares de fotos em uma grande
pasta vazia). Faça isto tudo antes de
começar a importar elas no Lightroom
(sobre o que falaremos em detalhes
na próxima página, juntamente com
sobre como dizer ao Lightroom como
utilizar esta nova pasta que você criou
para armazenar todas as suas fotos
importadas).

4 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Em seu âmago, o Lightroom é uma esperta base de dados


fotográfica, e uma das coisas mais bacanas sobre ele é que ele fica
de olho em todas as fotos que você importa, mesmo que elas não
estejam mais em seu computador. Por exemplo, se você importou
fotos que mantém em um disco rígido externo, mesmo quando você
Colocando
desconecta esta unidade, suas miniaturas ainda estão na base de Suas Fotos no
dados do Lightroom, de forma que você ainda pode trabalhar com
estas fotos, e quando você reconecta a unidade, ela se reconecta às Lightroom
fotos reais. Nada ordinário. Mas tudo isto começa colocando suas
fotos no Lightroom, então vamos lá.

Passo Um:
As fotos que você traz para o Lightroom
estão, provavelmente, vindo de sua
câmera (bem, do cartão de memória
de sua câmera), ou já estão em
seu computador (todo mundo tem
um punhado de fotos já em seu
computador, certo?). Vamos começar
com a importação de fotos do cartão de
memória de sua câmera. Se você está
com o Lightroom aberto, e conecta sua
câmera ou leitor de cartão de memória
em seu computador, o diálogo Import
Photos, visto aqui, aparece. (Nota: Se
você realmente não deseja importar
fotos do cartão de memória neste
momento, apenas clique no botão
Cancel e este diálogo desaparece. No
final deste capítulo, irei mostrar a você
como impedir que o diálogo Import
Photos surja automaticamente caso isto
esteja enlouquecendo você.) Se você
cancela o diálogo Import Photos, você
sempre pode trazê-lo de volta clicando
no botão Import (encontrado na área
inferior do Painel lateral esquerdo do
módulo Library do Lightroom). Se a
sua câmera ou cartão de memória
ainda estiverem conectados, o diálogo
menor Import (mostrado aqui) aparece.
Clique no botão que lista sua câmera
ou o leitor de cartão de memória para
importar as fotos de seu cartão de
memória, ou clique no botão de baixo
se desejar escolher arquivos que já
estão no seu computador. No nosso
caso, clique no botão do topo.

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 5


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo Dois:
Eu recomendo ativar a opção Show Preview na parte
inferior esquerda do diálogo Import Photos para que
você possa ter uma previsão das fotos em seu cartão
de memória. Deste modo, você escolhe quais fotos
deseja importar (ou pode importar todas, mas desta
forma, ao menos, você tem uma escolha, certo?).
Quando você ativa a opção Show Preview (mostrada
aqui circulada em vermelho), uma seção Preview
surge no lado direito do diálogo (como mostrado
aqui). O deslizante que aparece abaixo do lado direito
da seção Preview controla o tamanho das miniaturas
da visualização, se você desejar ver estas miniaturas
maiores, apenas arraste este deslizante para a direita.

DICA: Atualizando a partir


do Lightroom 1
Se você está atualizando a partir do Lightroom 1
(ou as versões 1.1, 1.2, 1.3 ou 1.4, dependendo da
freqüência com que você atualizou), quando você
abrir o Lightroom 2 pela primeira vez, ele perguntará
se você quer importar qualquer catálogo existente no
qual você já estava trabalhando a partir do Lightroom
1. Claro, você pode dizer “não” e começar criando
um catálogo novo, recente. Entretanto, se você
decidir mais tarde que quer importar um ou mais de
seus velhos catálogos, apenas vá ao menu File do
Lightroom e escolha Open Catalog. Indique o local do
velho catálogo, clique no botão Import, e o Lightroom
2 irá atualizar seu velho catálogo para funcionar com
o Lightroom 2.

Passo Três:
Por padrão, cada foto nesta seção Preview está
selecionada para importação (é por isto que existe
uma caixa de verificação ativa no canto superior
esquerdo de cada miniatura). Se você ver uma ou
mais fotos que não deseja importar, apenas desative
suas caixas de verificação. Agora, e se você tem 300
ou mais fotos em seu cartão de memória, mas deseja
importar apenas um punhado delas? Você clica no
botão Uncheck All abaixo da seção Preview (que
desefaz a seleção de todas as fotos), e Command-
Clique (PC: Control-Clique) apenas nas fotos que
deseja importar. Então, ative as caixas de verificação
para qualquer uma destas fotos e todas as fotos
selecionadas são ativadas, e serão importadas.

6 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

DICA: Selecionando Múltiplas Fotos


Se as fotos que você deseja estão adjacentes,
então clique na primeira foto, pressione e
segure a tecla Shift, role até a última foto, e
clique nela para selecionar, de uma só vez,
todas as fotos entre elas.

Passo Quatro:
No topo esquerdo deste mesmo diálogo
Import Photos, vá ao menu pop-up File
Handling (mostrado aqui) onde você tem de
escolher se deseja apenas copiar as fotos de
seu cartão de memória e importá-las para o
Lightroom como estão, ou convertê-las para
o formato DNG da Adobe à medida que são
importadas (se você não está familiarizado
com as vantagens do formato DNG da Adobe,
vá à pagina 29). Por sorte, não existe resposta
errada aqui, então, se neste momento você
estiver inseguro sobre o que fazer, por hora
apenas escolha a opção padrão Copy Photos
to a New Location and Add to Catalog, o
que copia as imagens de seu cartão para
o computador (ou unidade externa) e as
importa para o Lightroom. Nenhuma das
escolhas tira os originais de seu cartão de
memória, apenas os copia, então se houver
um problema sério durante a importação (ei,
isto acontece), você ainda tem os originais no
cartão de memória.

Passo Cinco:
Agora chegamos à parte em que você diz
ao Lightroom onde armazenar as fotos que
você está importando. Você faz isto logo
abaixo do menu pop-up File Handling, na
seção Copy To. À direita de Copy To, ela
mostra a você a localização padrão onde o
Lightroom irá salvar suas fotos importadas,
mas você precisará clicar no botão Choose
(como mostrado aqui) e navegar até sua
pasta My Lightroom Photos (a que você criou
na página 3, que está em seu computador
ou em um disco rígido externo conectado ao
seu computador). Clique no botão Choose
no diálogo Choose Folder, e agora suas fotos
serão copiadas de seu cartão de memória
para sua pasta My Lightroom Photos quando
você importá-las no Lightroom.

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 7


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

DICA: Convertendo Fotos para DNG


Se você não escolheu Copy Photos as Digital
Negative (DNG) and Add to Catalog no
menu pop-up File Handling e deseja suas
fotos importadas salvas neste formato
de arquivo, você sempre pode converter
quaisquer fotos importadas no Lightroom
em um DNG simplesmente clicando na(s)
foto(s), indo ao menu Library do Lightroom, e
selecionando Convert Photo to DNG (apesar
de, tecnicamente, você poder converter JPEGs
e TIFFs para o formato DNG, convertê-los
em DNG não oferece realmente nenhuma
vantagem, então eu converto apenas fotos
em RAW para DNG). Este DNG substitui o
arquivo RAW que você vê o Lightroom, e o
arquivo RAW permanece na mesma pasta
em seu computador (o Lightroom, entretanto,
dá a você a opção de apagar o arquivo RAW
original quando você faz a conversão. É isto que
eu escolho, pois o DNG inclui a foto em RAW
dentro dele).

Passo Seis:
A seguir você tem de escolher (a partir do
menu pop-up Organize no diálogo Import
Photos) como estas imagens serão organizadas
enquanto são importadas. Se você clicar no
menu pop-up Organize, você verá uma lista de
escolhas diferentes, e a primeira vista esta pode
parecer uma lista complicada, mas você tem,
na verdade, apenas duas escolhas: (1) Se você
escolhe Into One Folder, ele joga todas as suas
fotos espalhadas em sua pasta My Lightroom
Photos, e elas não são organizadas dentro
de suas próprias pastas separadas. Então, eu
recomendo que, no caso de você escolher esta
opção, ative a opção Put in Subfolder (como
mostrado aqui), e então nomeie a pasta.
Deste modo, ele as importa em sua própria
pasta separada dentro da pasta My Lightroom
Photos. De outro modo, as coisas ficarão bem
bagunçadas, bastante rápido. Eu cubro a
segunda opção do Organize no próximo passo.

8 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo Sete:
Sua segunda opção no Organize é a de
ter o Lightroom organizando suas fotos
em pastas por datas. Todas as opções
By Date que você vê no menu pop-up
permitem que você escolha o formato de
data que gosta mais. Todos eles começam
por colocar as fotos dentro de uma pasta
do ano. Por exemplo, se você fotografou
em 2008, elas automaticamente irão
para uma pasta (que o Lightroom cria
para você dentro da pasta My Lightroom
Photos) chamada “2008”. Então, o que
você realmente está escolhendo nesta
lista é o nome da pasta que irá aparecer
dentro desta nova pasta 2008. Novamente,
por exemplo, se você fotografou em 4 de
agosto, você pode escolher ter esta pasta
batizada de “08-04” ou “2008-08-04”
ou “August 04” e daí por diante. Se você
observar o menu pop-up (mostrado aqui),
caso você escolha uma opção de data que
possua uma barra nela, isto significa que a
pasta dentro da pasta 2008 será nomeada
com o que aparece após a barra.

Passo Oito:
Se você escolher uma opção de data do
menu pop-up Organize que não possua
uma barra aparecendo após o ano (uma
das três últimas opções do menu), ele
não cria uma pasta 2008 e então outra
Se você escolher uma das opções que possui uma barra após pasta com o mês e dia dentro dela. Ao
o ano, ela cria uma pasta com o ano (como 2008) dentro invés, ele cria uma nova pasta com a data
da sua pasta My Lightroom Photos, e então cria outra pasta completa, e a coloca dentro da sua pasta
dentro desta nomeada com o mês e dia em que a foto foi My Lightroom Photos, como qualquer outra
obtida (como visto acima). pasta. Então, por exemplo, se você escolher
a opção 2005 Dec 17 do menu pop-up, ela
irá criar uma pasta chamada “2008 Aug
04” dentro de sua pasta My Lightroom
Photos (percebe como ela não cria uma
pasta 2008 antes?). Não há escolha certa
ou errada aqui; é apenas uma questão de
preferência pessoal de como você quer as
Se, ao invés, você escolher uma das opções pastas em seu computador (ou unidade
sem uma barra após o ano, ele cria apenas externa) nomeadas e organizadas.
uma pasta com a data em que a foto foi obtida
dentro da pasta My Lightroom Photos.
Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 9


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo Nove:
Se você é como eu, provavelmente acaba
tendo muitas sessões dentro do mesmo cartão
de memória (por exemplo, eu normalmente
fotografo um dia, e então fotografo alguns
dias depois com o mesmo cartão de memória
na câmera). Se este for o caso, então existe
outra vantagem em utilizar a função Organize
By Date, que é o fato de que ele mostra cada
uma das sessões no seu cartão de memória
por data (como mostrado aqui). Apenas as
sessões com uma caixa de verificação ativada
ao lado dela serão importadas no Lightroom,
então se você quer importar fotos apenas de
uma data em particular, você pode desativar
as caixas de verificação ao lado das datas que
não deseja importar.

Passo 10:
Uma última coisa sobre a função Organize
By Date que pode surpreendê-lo, e que
é incrivelmente útil, é que você pode
realmente renomear as pastas para que não
sejam importadas por data, mas sim por
um nome personalizado criado por você.
Apenas dê um duplo-clique diretamente
na data na lista de sessões, e ela será
destacada de forma que você possa digitar
um nome personalizado. Pressione a tecla
Return (PC: Enter) quando tiver digitado seu
nome personalizado e agora sua sessão irá
aparecer em uma pasta separada, por nome,
dentro de sua pasta principal My Lightroom
Photos. Este é o método que utilizo em meu
próprio fluxo de trabalho quando importo
imagens de diversas sessões. Há duas outras
opções logo abaixo da lista de sessões,
mas elas são bastante auto-explicativas, e
eu sempre deixo ambas ativadas pois não
quero importar fotos duplicadas, gastando
espaço em meu disco rígido, e uma vez que
minhas fotos estão importadas, quero que
o Lightroom ejete automaticamente meu
cartão de memória.

10 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo 11:
Na parte de baixo da seção File Handling
está a opção Backup To, e quando você
a ativa (e, absolutamente, você deve), ela
automaticamente faz uma cópia de segurança
das fotos que você está importando (de
preferência, em um disco rígido separado), de
forma que você sempre tenha uma cópia de
segurança de suas fotos originais. Deste modo,
você tem um conjunto de fotos para trabalho
em seu computador (ou unidade externa) no
qual você pode experimentar, alterar e editar
sabendo que tem os originais intocados (os
negativos digitais) arquivados. Somente após
ter dois conjuntos de cópias (um em meu
computador [ou unidade externa] e outro em
minha unidade de cópia de segurança) eu irei
apagar o meu cartão de memória.

Passo 12:
Para esta função de cópia de segurança
funcionar corretamente, você tem de
salvar as cópias de segurança em um disco
rígido externo separado. Você não pode
simplesmente copiar suas fotos no mesmo
computador (ou o disco rígido externo onde
está armazenando suas fotos), pois se o seu
disco rígido do computador (ou o seu disco
rígido externo) falha, então você perde tanto
as cópias de trabalho quanto as cópias de
segurança. Por isto você tem de estar certo
de que as cópias de segurança vão para um
disco rígido externo completamente separado.
Então conecte esta unidade externa separada,
clique no botão Choose à direita da caixa de
verificação Backup To, e no diálogo Backup
Folder selecione aquela unidade (sob Devices
na barra lateral do Finder em um Mac, ou sob
Computador no PC) para fazer as cópias de
segurança nela (não esqueça de manter as
coisas simples – coloque suas pastas dentro
de uma pasta principal aqui também).

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 11


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo 13:
Adicionalmente, se você já está
armazenando suas fotos originais em um
disco rígido externo, isto significa que agora
você tem dois discos rígidos externos – um
para suas fotos de trabalho, e outro para
as cópias de segurança. Muitos fotógrafos
adquirem dois pequenos discos rígidos
empilháveis (pequenos discos rígidos que
podem ser empilhados um no topo do
outro), e então conectam um com um cabo
FireWire (chamado de IEEE 1394 no PC), e
outro com o cabo USB 2 (ei, eu nunca disse
que isto iria ser barato, mas pense por este
lado: se um dia você perder todas as suas
fotos, você pagaria tudo para tê-las de volta,
certo? Ao invés disto, apenas pague parte
disto agora por um disco rígido para cópias
de segurança – acredite em mim, você
dormirá melhor a noite).

Passo 14:
Antes de seguir adiante, e se você não estiver
importando fotos a partir de um cartão de
memória, mas fotos que já estão em seu
computador? É muito mais simples e rápido
– você não precisa tomar muitas decisões,
já que as fotos já estão em seu computador
(se você seguiu minhas instruções anteriores,
elas estão em uma pasta dentro de sua pasta
My Lightroom Photos). Vá ao menu File no
Lightroom e escolha Import Photos from Disk,
ou pressione Command-Shift-I (PC: Ctrl-
Shift-I). Selecione as fotos que deseja importar
e clique Choose. No diálogo Import Photos, a
partir do menu pop-up File Handling, escolha
Add Photos to Catalog Without Moving. A
única opção aqui é a caixa de verificação na
parte de baixo para não re-importar fotos que
o Lightroom considere duplicadas. Quando
você clica em Import, ele não copia ou move
qualquer foto, simplesmente as adiciona ao
catálogo do Lightroom para que você possa
gerenciar, editar e imprimir elas como qualquer
foto que importou de um cartão de memória.

12 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo 15:
A próxima seção abaixo (no diálogo Import
Photos) é a seção File Naming. (Nota: Você
verá esta seção File Naming apenas se
escolher as opções de copiar ou mover no
menu pop-up File Handling). Por padrão, o
Lightroom utiliza o nome atual do arquivo
da foto, como mostrado aqui no topo (em
outras palavras, ele mantém o nome quase
inútil fornecido por sua câmera digital, como
DSC01869.JPG. Sou apenas eu, ou este não
é um nome particularmente descritivo para
a foto de um córrego na montanha?). Agora,
existem, provavelmente, tantos esquemas de
nomenclatura por aí quanto existem fotos
em seu cartão de memória, e o Lightroom
tem alguns dos mais populares inseridos
nele, em forma de modelos de Nomenclatura
de Arquivo, então clique no menu pop-up
Template para ver a lista (como mostrado
aqui, na parte de baixo).

Passo 16:
Não existe forma “correta” de nomear
suas fotos; é realmente uma questão de
preferência pessoal, então eu renomeio as
fotos que estou importando com nomes
que, na verdade, descrevem a sessão.
Por exemplo, minhas imagens podem
ser renomeadas com alguma coisa como
Boston.JPEG. Deste modo, eu tenho um
nome que posso pesquisar e, sem mesmo
ver a imagem, eu sei que a foto foi feita em
Boston. Caso eu possa fotografar lá mais
de uma vez, então eu incluo o ano primeiro,
tornando-a 2008 Boston.JPEG, ou se eu
fotografo lá diversos dias, então eu faço
delas Boston 1.JPG e Boston 2.JPG. Você
faz isto escolhendo Custom Name do menu
pop-up Template na seção File Naming,
e você digita o nome que quer no campo
Custom Text (o Lightroom automaticamente
numera os arquivos para você, de forma que
o nome final ficaria Boston 2.JPG, Boston
2-1.JPG, Boston 2-2.JPG e daí por diante).
Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 13


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

DICA: Vários Cartões de uma Única


Sessão
Se você fotografa dois ou três cartões de
memória do mesmo assunto, você irá querer
escolher Custom Name – Sequence no menu
pop-up Template, que adiciona um campo
Start Number onde você pode digitar em qual
número quer começar à medida que importa
cada cartão, como mostrado aqui (ao invés
de sempre começar com o número 1 como o
modelo Custom Name). Por exemplo, se você
importou 236 fotos do primeiro cartão de
memória, você irá querer começar o segundo
cartão com o número 237, de forma que estas
fotos do mesmo assunto fiquem seqüenciais.
Uma vez que aquele cartão seja importado
(digamos que você tivesse 244 fotos naquele
cartão), então você irá querer começar a
numeração do terceiro cartão em 481. Todavia,
eu não faço a matemática, eu apenas olho o
último número de arquivo da última foto que
importei, e então adiciono 1 a ele no campo
Start Number.

Passo 17:
Uma última coisa sobre nomear arquivos: se
você não vê um modelo de nomenclatura de
arquivos do qual goste, você sempre pode
criar seu próprio modelo personalizado de
nomenclatura, e uma vez que terminar, ele irá
aparecer no menu pop-up Template na seção
File Naming, assim como os fornecidos. Você
faz isto escolhendo Edit no menu pop-up
Template, que traz o diálogo que você vê aqui,
onde você cria seu modelo. Nota: eu inclui um
tutorial passo-a-passo sobre como criar estes
modelos mais adiante neste capítulo, e se você
simplesmente não pode esperar para criar seu
próprio modelo de nomenclatura de arquivos,
vá para a página 22. Após salvar seu novo
modelo, volte para cá e continuaremos de onde
paramos. Para o resto de nós, apenas escolha o
modelo oferecido Custom Name do menu pop-
up Template da seção File Naming no diálogo
Import Photos, e seguiremos adiante daqui.

14 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo 18:
A próxima sessão abaixo no diálogo Import
Photos é Information to Apply, onde você pode
optar por ter até três diferentes configurações
aplicadas automaticamente às suas fotos
quando são importadas. Primeiro é Develop
Settings, que permite que você aplique pré-
definições de ajustes tonais (tanto os fornecidos
quanto os personalizados que você cria no
módulo Develop). Por exemplo, digamos que
sua câmera sempre faça fotos um pouco
vermelhas demais para o seu gosto, então
você acaba sempre ajustando suas fotos
para que elas tenham um pouco menos de
vermelho. Você pode criar uma pré-definição
que automaticamente removeria um pouco
do vermelho de cada foto importada de sua
câmera. Deste modo, logo que elas apareçam
no Lightroom, já terão o vermelho ajustado do
jeito que você gosta. É bem legal – eu sei. Você
aprenderá como utilizar e criar suas próprias pré-
definições de Develop no Capítulo 4 então, por
enquanto, simplesmente deixe o Develop Setting
em None.

Passo 19:
O próximo menu pop-up, Metadata, é
onde você pode escolher inserir sua própria
informação pessoal de autoria, contato, direitos
de uso, legendas e várias outras informações
diretamente em cada arquivo importado. Você
faz isto entrando, primeiramente, com todas as
suas informações de autoria, contato, etc., em
um modelo (chamado de modelo de Metadata),
e então quando você salva o seu modelo, ele
aparecerá no menu pop-up Metadata (como
mostrado aqui). Você não está limitado, também,
a apenas um modelo; você pode ter modelos
diferentes por diferentes motivos. Eu mostro
a você, passo a passo, como criar modelos de
Metadata na página 30 deste capítulo, então vá
em frente e tire dois minutos para ir até lá agora
e criar seu primeiro modelo, então volte aqui e
escolha seu modelo a partir deste menu pop-up.
Vá em frente. Eu esperarei por você. Verdade,
não é incômodo.

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 15


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo 20:
Certo, bem vindo de volta (viu, eu disse a
você que seria rápido). A terceira opção na
seção Information to Apply é um campo
surpreendentemente importante – o campo
Keywords. Keywords são simplesmente termos
de busca – palavras que o Lightroom anexa
diretamente em suas fotos quando elas são
importadas, para que mais tarde você possa
procurar por (e realmente encontrar) elas
utilizando uma ou mais destas palavras-chave.
Neste estágio do jogo, você irá querer utilizar
palavras-chave bem genéricas – palavras que
se aplicariam a qualquer foto que você esteja
importando. Por exemplo, para estas fotos
de prédios, eu cliquei meu cursor uma vez no
campo Keywords, e digitei palavras chaves
genéricas como Boston, prédios, e arquitetura.
Coloque uma vírgula entre cada palavra ou frase
de busca, e certifique-se de que as palavras
escolhidas sejam genéricas o suficiente para
cobrir todas as fotos (em outras palavras, não
utilize “prédios marrons” pois nem todos eles
são marrons).

DICA: Escolhendo Palavras-Chave


É assim que eu escolho minhas palavras-chave:
eu me pergunto, “se, daqui a alguns meses,
eu estiver tentando encontrar estas mesmas
fotos, que palavras eu provavelmente digitaria
no campo de busca?” Então eu utilizo estas
palavras. Funciona melhor do que você imagina.

Passo 21:
No final da seção Information to Apply, há
um menu pop-up chamado Initial Previews
onde você escolhe o quão rápido o Lightroom
apresenta a pré-visualização de suas fotos.
Você realmente está fazendo uma decisão
de qualidade aqui, pois quanto mais alta
a qualidade da pré-visualização que você
escolher, mais tempo levará para você vê-las
no Lightroom. Você tem quatro opções, e nos
próximos passos observaremos as vantagens e
desvantagens de cada uma.

16 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo 22:
Não importa qual opção você escolha aqui, o
Lightroom primeiro extrai uma pré-visualização
em JPEG de baixa resolução da foto enquanto
ela é importada (a mesma pré-visualização que
é mostrada no monitor LCD na parte de trás de
sua câmera digital), e apresenta-a no Lightroom
como uma pequena miniatura (então, não importa
qual opção você escolha, todas as suas miniaturas
aparecem no módulo Library com quase a mesma
velocidade, pois são todas pré-visualizações de baixa
resolução). Entretanto, quando você vai ampliar
uma delas é que surge a diferença. Por exemplo, se
você escolhe Embedded & Sidecar (que fornece as
pré-visualizações mais rápidas), quando você der um
duplo-clique em uma foto, terá de esperar alguns
momentos antes da pré-visualização maior, de alta
qualidade, surgir na tela (você literalmente verá
uma mensagem surgir na tela que diz, “Rendering
Preview”). Se você ampliar ainda mais, terá de
esperar mais alguns momentos (a mensagem agora
mostrará “Rendering: High Quality”). Isto é porque
ele não cria uma pré-visualização de alta qualidade
até que você tente ampliar a foto.

Passo 23:
Minimal é a segunda mais rápida, e ela também
obtém as miniaturas JPEG de baixa resolução de
sua câmera, mas uma vez que elas carreguem,
ela começa a carregar miniaturas de resolução
mais alta que se parecem mais com o que será a
visualização ampliada de alta qualidade (mesmo
que a pré-visualização ainda seja pequena). A
pré-visualização Standard toma um pouco mais de
tempo, pois ela renderiza uma pré-visualização de
alta resolução tão logo tenham sido importadas as
pré-visualizações JPEG de baixa resolução, então
você não precisa esperar para visualizar o primeiro
nível de pré-visualização ampliada para nenhuma das
fotos importadas (assim, se você dá um duplo-clique
em qualquer uma, ela amplia para a visão Fit Screen
sem ter de esperar pela renderização). Entretanto, se
você ampliar ainda mais, você terá aquela mensagem
de Rendering: Higher Quality e esperará alguns
segundos.

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 17


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo 24:
A pré-visualização 1:1 (um para um) importa as
fotos, apresenta as miniaturas de baixa resolução,
e então começa a renderizar as visualizações de
mais alta qualidade, de forma que você pode
ampliar o quanto quiser sem ter de esperar nada.
Há dois pontos negativos: (1) É evidentemente
lento. Basicamente, você precisa clicar no botão
Import, e então dar um passeio e buscar uma
xícara de café (talvez duas), mas quando você
voltar poderá ampliar qualquer foto e nunca
verá a mensagem de renderização – ela amplia
na hora. (2) Estas visualizações grandes, de alta
qualidade, são armazenadas na base de dados
do Lightroom, então seu arquivo de base de
dados fica bem grande em termos de tamanho.
Tanto que o Lightroom permite que você apague
automaticamente estas visualizações 1:1 após
um certo tempo (um dia, uma semana ou mesmo
30 dias). Assim, se você não tem visualizado
um conjunto particular de fotos por 30 dias, ele
conclui que você não precisa das visualizações
de alta resolução e as apaga para você. Você
configura isto indo ao menu Lightroom (PC:
menu Edit) e escolhendo Catalog Settings, então
clicando na aba File Handling e selecionando sua
configuração (como mostrado aqui).

Passo 25:
Então qual devo utilizar? Eu utilizo Embedded
& Sidecar, pois quero ver minhas miniaturas
surgirem, e começar a escolher minhas fotos,
o mais rápido possível. Então, se clico em uma
miniatura, eu tenho de esperar um minuto ou
dois enquanto ele renderiza a pré-visualização de
resolução mais alta, mas desde que eu não amplie
cada foto (apenas aquelas que eu considere
boas), eu tenho de esperar para renderizar em
qualidade mais alta apenas aquelas fotos em
que dou duplo-clique (um fluxo de trabalho ideal
para pessoas que querem satisfação instantânea
– como eu). Entretanto, se você cobra por hora,
escolha a pré-visualização 1:1 – ela vai aumentar
suas horas cobradas. (Você sabe que estou
brincando, certo?)

18 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Ver Apêndice Passo 26:


de Figuras Eu rodei um teste do tempo de pré-visualização
do Lightroom, importando apenas 14 imagens
RAW de um cartão de memória para um laptop.
Aqui está quanto tempo levou para importá-las e
renderizar as pré-visualizações:
Embedded & Sidecar: 19 segundos
Minimal: 21 segundos
Standard: 1 minuto, 15 segundos
1:1: 2 minutos, 14 segundos
Você pode ver que a pré-visualização 1:1 levou
sete vezes mais tempo que a Embedded &
Sidecar. Isto pode não parecer ruim com 14
fotos, mas e quando forem 140 ou 340 fotos?
Opa! Então, munido desta informação, você
pode tomar a decisão que se adequa ao seu
fluxo de trabalho. Se você é o tipo de fotógrafo
que amplia cada uma das fotos para verificar
o foco e os detalhes, então pode compensar
esperar a pré-visualização 1:1 renderizar antes
de trabalhar com suas imagens. Se você é
como eu, deseja examiná-las rapidamente e
amplia apenas as escolhidas (talvez 15 ou 20
imagens de uma importação), então Embedded
& Sidecar faz sentido. Se você as observa a
maior parte do tempo na visão Full-screen (mas
não amplia mais do que isto com freqüência),
então Standard pode funcionar, e se você quer
miniaturas que representem mais precisamente
a aparência da foto em alta qualidade, escolha
Minimal em seu lugar. Logo que fizer sua escolha
em Initial Preview, clique no botão Import no
canto inferior direito do diálogo. Enquanto suas
fotos são importadas, elas irão aparecer na
visão Grid (como mostrada aqui) do módulo
Library. Levamos 25 passos aqui no livro antes
de clicarmos no botão Import, mas na vida real
(uma vez que você tenha configurado sua pré-
definição de metadata, de nomenclatura de
arquivo, etc.), você gastará, literalmente, cerca
de um minuto neste diálogo. Mas este minuto
lhe poupará horas do seu tempo e fardos de
frustração pelo caminho.

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 19


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Se você está trabalhando em um estúdio, espero que cogite


Fotografando experimentar isto: fotografe direto de sua câmera, ignorando
o cartão de memória, e envie suas fotos diretamente para o
Conectado (Vá Lightroom. Há duas vantagens: (1) ao invés de ver suas imagens
Direto de Sua apenas na pequena tela atrás de sua câmera, agora você pode vê-
las em tamanho de tela cheia no Lightroom, e (2) quando você vê
Câmera para o uma imagem que imagina que vá funcionar, pode ajustá-la direto
Lightroom) no Lightroom e ver o resultados imediatamente. Experimente uma
vez; você irá amar!

Passo Um:
O primeiro passo é criar uma pasta
vazia em um local conveniente em seu
computador que irá servir como sua
pasta vigiada (eu criei a minha na área
de trabalho, de forma que eu não precise
ter que cavar atrás dela). Vá em frente e
crie esta pasta vazia agora (eu nomeei
a minha “Import Into Lightroom”,
simplesmente para ficar claro, a primeira
vista, a função desta pasta.

Passo Dois:
Para conectar sua câmera ao seu
computador, você irá precisar de um
software que aja como intermediador
para sua câmera e o Lightroom. Para
usuários de Nikon, ele é chamado de
Camera Control Pro 2 (caso você não o
possua, pode baixar uma versão de teste
de 30 dias totalmente funcional em
www.nikonusa.com). Logo que o abrir,
vá até o menu Tools do Camera Control
Pro e escolha Download Options. No
topo, onde ele pergunta em qual pasta
colocar as fotos da câmera, clique no
botão Choose (como mostrado aqui), e
escolha a pasta Import Into Lightroom
que você criou no Passo Um. Então, a
partir do menu pop-up When a New
Image is Received from the Camera,
escolha Do Nothing. Isto é tudo que
você tem de fazer; agora clique OK. Se
você fotografa com Canon, sua câmera
veio com o software que você precisa,
chamado EOS Utility.

20 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo Três:
De volta ao Lightroom, vá ao menu File, sob
Auto Import, e escolha Auto Import Settings.
Isto faz surgir o diálogo que você vê aqui. A
primeira coisa que você escolhe aqui é qual
pasta deseja que seja sua pasta vigiada. Então,
clique no botão Choose à direita de Watched
Folder, e escolha sua pasta de Importação para
o Lightroom. A seguir, abaixo de Destination,
clique no botão Choose e escolha onde
você quer que qualquer foto auto-importada
seja armazenada em seu computador (aqui,
escolha sua pasta My Lightroom Photos). Logo
abaixo está um campo de texto onde você
pode nomear a sub-pasta onde as imagens
importadas no Lightroom serão armazenadas.
O resto deste diálogo é igual ao padrão do
diálogo Import Photos, então é isto que você
deve fazer no restante do diálogo: sob File
Naming, dê às suas fotos um nome descritivo,
então sob Information, adicione sua metadata
de autoria (bem, se você já a tiver criado),
então adicione algumas palavras chaves
genéricas para ajudar a tornar as buscas por
estas fotos mais simples no futuro, e escolha
sua configuração de pré-visualização. Agora
que suas configurações estão no lugar, você
pode clicar OK, mas ainda há mais uma coisa
a se fazer...

Passo Quatro:
Você configurou as opções de Auto Import,
mas ainda não o ativou. Você faz isto indo
ao menu File, sob Auto Import, e escolhendo
Enable Auto Import (como mostrado aqui). É
isto – agora qualquer foto que você colocar
nesta pasta será importada automaticamente
para o Lightroom, com sua informação de
autoria e palavras-chave já anexadas.

DICA: Importando
Automaticamente uma Pasta
Vigiada
Você também pode utilizar esta função Auto
Import para ter uma pasta vigiada na sua
área de trabalho, onde qualquer foto que você
colocar seja automaticamente importada para
o Lightroom.

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 21


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Se manter organizado é fundamental quando você possui milhares


de fotos e, devido ao fato das câmeras digitais gerarem o mesmo
Criando Seus conjunto de nomes repetidamente, é realmente importante que você
renomeie suas fotos com um nome único durante a importação. Uma
Próprios Modelos estratégia popular é incluir a data do disparo como parte do novo
de Nomenclatura nome. Infelizmente, apenas uma das pré-definições de nomenclatura
do Lightroom inclui a data, e ela faz você manter o nome original do
de Arquivo arquivo da câmera junto dela. Por sorte, você pode criar seus próprios
modelos personalizados de nomenclatura de arquivos da forma que
você quiser. Aqui está como:

Passo Um:
Comece no módulo Library, e clique no
botão Import na parte inferior esquerda
da janela (ou utilize o atalho de teclado
Command-Shift-I [PC: Ctrl-Shift-I]).
Quando surgir o diálogo Import Photos,
a partir do menu pop-up File Handling
na parte superior, escolha Copy Photos
to a New Location and Add to Catalog, e
a seção File Naming irá aparecer. Nesta
seção, clique no menu pop-up Template
e escolha Edit (como mostrado aqui)
para abrir o Filename Template Editor
(mostrado abaixo, no Passo Dois).

Passo Dois:
No topo do diálogo, há um menu
pop-up onde você pode escolher
qualquer uma das pré-definições de
nomenclatura fornecidas como um
ponto de partida. Por exemplo, se você
escolhe Custom Name – Sequence, o
campo abaixo mostra dois marcadores
azuis (é disto que a Adobe os chama;
em um PC, a informação aparece entre
chaves) que formam a pré-definição:
o primeiro representa o texto, o
segundo representa a numeração
automática. Para remover qualquer um
dos marcadores, clique nele, e então
pressione a tecla Delete (PC: Backspace)
em seu teclado. Se você simplesmente
quer começar do zero (como irei fazer),
delete ambos os marcadores, escolha as
opções que deseja dos menus pop-up
abaixo, então clique nos botões Insert
para adicioná-los ao campo.

22 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo Três:
Eu irei mostrar a você a configuração para
um sistema de nomenclatura de arquivos
popular entre os fotógrafos, mas este é
apenas um exemplo – você pode criar um
modelo personalizado mais tarde que se
adeque às necessidades de seu estúdio.
Vamos começar adicionando o ano
primeiro (isto ajuda a manter os nomes de
seus arquivos unidos quando ordenados
por nome). Para evitar que os nomes dos
arquivos fiquem muito longos, recomendo
utilizar apenas os últimos dois dígitos
do ano. Então vá à seção Additional do
diálogo, clique no primeiro menu pop-
up, e escolha Date (YY), como mostrado
aqui (o Y permite a você saber que esta
é uma entrada de ano, o YY permite que
você saiba que ele irá mostrar apenas
dois dígitos). O marcador Date (YY) irá
aparecer no campo de nomenclatura
e se você olhar sobre o canto superior
esquerdo dele, verá um exemplo
instantâneo do modelo de nome que está
criando. Neste ponto, meu novo nome de
arquivo é 08.NEF, como visto aqui.

Passo Quatro:
Após os dois dígitos do ano, nós
adicionaremos os dois dígitos do mês em
que a foto foi capturada indo ao mesmo
menu pop-up, mas desta vez selecionando
Date (MM), como mostrado aqui. (Ambas
as datas são extraídas automaticamente
da metadata anexada à sua foto pela sua
câmera digital no momento em que a foto
foi capturada.) Todavia, se você tivesse
escolhido Date (Month), ele mostraria o
nome do mês inteiro, então seu nome de
arquivo teria ficado assim: 08February, ao
invés do que desejamos, que é 0802.

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 23


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo Cinco:
Antes de seguir adiante, você precisa saber
que há uma regra para nomenclatura de
arquivos: sem espaços entre as palavras.
Entretanto, se tudo fica junto, realmente se
torna difícil de ler. Então, após a data você
irá adicionar um separador visual – uma
fina linha reta chamada de Underline. Para
adicionar um, apenas clique seu cursor logo
após o marcador Date (MM), então pressione
a tecla Shift e a tecla Hífen para adicionar
o Underline (mostrado aqui). Agora, é aqui
que me diferencio de algumas das outras
convenções de nomenclatura: após a data, eu
incluo um nome personalizado que descreve
o que há em cada sessão. Isto difere pois
algumas pessoas, por sua vez, optam por
ter o nome de arquivo originalmente criado
pela câmera aparecendo ali (pessoalmente,
eu prefiro ter um nome ali que faça sentido
para mim sem ter de abrir a foto). Então, para
fazer isto, vá até a seção Custom do diálogo
e à direita de Custom Text, clique o botão
Insert (como mostrado aqui) para adicionar
um marcador Custom Text após o Underline
(isto permite que você digite, mais tarde,
um texto descritivo de uma palavra), então
adicione outro Underline (de forma que fique
_Custom Text_. Apesar disto, nenhum texto
irá aparecer no seu exemplo no topo, até que
você o adicione).

Passo Seis:
Agora, você terá o Lightroom
numerando automaticamente suas fotos
seqüencialmente. Para fazer isto, vá até a
seção Numbering e escolha sua seqüência
de numeração a partir do terceiro menu pop-
up. Aqui eu escolhi o marcador Sequence #
(001), que adiciona uma auto-numeração de
três dígitos no fim de seu nome de arquivo
(você pode ver o exemplo acima do campo
de nomenclatura).

24 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo Sete:
Logo que o pequeno exemplo de
nomenclatura pareça certo para você,
vá sob o menu pop-up Preset, e escolha
Save Current Settings as New Preset.
Um diálogo irá aparecer onde você pode
nomear sua pré-definição. Digite um
nome descritivo (para que você saiba o
que ele fará na próxima vez que aplicá-
lo – eu escolhi “Year, Month, Type in
Name, Auto Nbr”), clique Create, e então
clique Done no Filename Template Editor.
Agora, quando você for ao diálogo Import
Photos e clicar no menu pop-up File
Naming Template, você verá seu modelo
personalizado como uma das opções de
pré-definições (como mostrado aqui).

Passo Oito:
Agora, após escolher este novo modelo de
nomenclatura no menu pop-up Template,
clique abaixo no campo Custom Text (é
aqui que o marcador Custom Text que
adicionamos antes entra em jogo) e digite
a parte descritiva do nome (neste caso, eu
digitei “StevieHeadshots”, tudo em uma
palavra – sem espaços entre as palavras).
Este texto personalizado irá aparecer
entre dois underlines, fornecendo a
você um separador visual para que não
fique tudo junto (veja como tudo faz
sentido agora). Logo que você clicar em
outro campo, se olhar no exemplo de
nomenclatura (logo acima do menu pop-
up Template), você verá uma previsão
de como suas fotos serão renomeadas.
Uma vez escolhidas, todas as suas
configurações da seção Information to
Apply na parte de baixo do diálogo, você
pode clicar no botão Import.

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 25


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Eu coloquei as preferências de importação próximas ao fim do


Escolhendo Suas capítulo de importação, pois conclui que, por agora, você já terá
Preferências para importado algumas fotos e sabe o suficiente sobre o processo de
importação para saber o que deseja que fosse diferente. É sobre
Importação de isto que tratam as preferências (e o Lightroom tem controles de

Fotos preferências, pois isto dá a você muito controle sobre a forma como
quer trabalhar).

Passo Um:
As preferências para importação de
fotos são encontradas em dois lugares
diferentes. Primeiro, para chegar ao
diálogo Preferences, vá ao menu
Lightroom no Mac ou menu Edit
no PC, e escolha Preferences (como
mostrado aqui).

Passo Dois:
Quando surgir o diálogo Preferences,
primeiro clique na aba Import no topo
(mostrada em destaque aqui). A primeira
preferência permite a você dizer ao
Lightroom como reagir quando você
conecta um cartão de memória de sua
câmera em seu computador. Por padrão,
ele abre o diálogo Import Photos.
Entretanto, se você preferir que ele não
abra aquele diálogo automaticamente
cada vez que você conectar a câmera ou
leitor de cartões, apenas desative esta
opção (como mostrado aqui).

26 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo Três:
Há duas outras configurações de
preferências importantes que eu
gostaria de mencionar, mas elas são
encontradas clicando-se na aba General
no topo (mostrada em destaque
aqui). Na seção Completion Sounds,
você não somente pode escolher se o
Lightroom toca ou não um som audível
quando termina de importar suas fotos,
como também pode escolher qual
o som (a partir do menu pop-up de
sons de alertas do sistema já em seu
computador, como mostrado aqui).

Passo Quatro:
Enquanto você está bem ali, diretamente
abaixo do menu para escolher o som de
“fim da importação” está outro menu
pop-up para escolher um som para
quando a exportação está terminada.
Eu sei, esta não é uma preferência de
importação, mas já que estamos bem
aqui, eu pensei... mas que droga. Eu
falarei mais sobre as outras preferências
mais adiante no livro, mas sendo que este
capítulo é sobre importação, eu imaginei
que seria melhor lidar com esta aqui.

Continua

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 27


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

Passo Cinco:
Agora, na parte de baixo da aba General,
clique no botão Go to Catalog Settings
(também encontrado no menu Lightroom
[PC: Edit]). No diálogo Catalog Settings,
clique na aba Metadata. Aqui você pode
determinar se quer pegar a metadata que
adiciona às suas fotos (autoria, palavras
chaves, etc.) e tê-la escrita em um arquivo
totalmente separado, assim você terá dois
arquivos para cada foto – um contendo
a foto propriamente dita e um arquivo
separado (chamado de sidecar XMP) que
contém a metadata da foto. Você faz isto
ativando a opção Automatically Write
Changes into XMP, mas por que você iria
querer fazer isto? Bem, normalmente o
Lightroom administra toda esta metadata
e adiciona-a ao seu arquivo de base de
dados – ele não anexa a informação
realmente até que a foto deixe o Lightroom
(ao exportar uma cópia para o Photoshop,
ou exportar o arquivo como JPEG, TIFF ou
PSD – todos os quais suportam a metadata
inseridas diretamente na foto). Entretanto,
alguns programas não conseguem ler a
metadata inserida, então eles precisam de
um arquivo sidecar XMP separado.

Passo Seis:
Agora que lhe mostrei a opção
Automatically Write Changes into XMP, eu
realmente não recomendo que você a ative,
pois escrever todos estes sidecars XMP
tomam tempo, o que reduz a velocidade
do Lightroom. Ao invés disto, se você
quer enviar um arquivo para um amigo
ou cliente e deseja a metadata escrita em
um arquivo sidecar XMP, primeiro vá ao
módulo Library e clique na imagem para
selecioná-la, então pressione Command-S
(PC: Ctrl-S), que é o atalho para Save
Metadata to File (que é encontrado no
menu Metadata). Isto escreve a metadata
existente em um arquivo XMP separado
(então você precisará enviar a foto e o
sidecar XMP juntos).

28 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Eu mencionei que você tem a opção de converter suas fotos para


DNG (Negativo Digital) enquanto são importadas. O DNG foi criado
pela Adobe porque, atualmente, cada fabricante de câmera possui
seu próprio formato de arquivo RAW proprietário, e a Adobe está
Vantagens do
preocupada que, um dia, um ou mais fabricantes possam abandonar Formato de
um velho formato por alguma coisa nova. O DNG não é proprietário
– a Adobe fez dele um formato aberto, de forma que qualquer um Arquivo Adobe
possa escrever para esta especificação. Além de garantir que seus
negativos possam ser abertos no futuro como um objetivo principal, o
DNG
DNG traz também outras vantagens.

Configurando suas Preferências de


DNG:
Pressione Command-, (vírgula; PC: Ctrl-,)
para abrir o diálogo Preferences do Lightroom,
então clique na aba Import (como mostrado
aqui). Na seção Import DNG Creation, você
vê as configurações que uso para a conversão
DNG. Apesar de você poder embutir o
arquivo RAW proprietário original, eu não o
faço (isto aumenta o tamanho do arquivo, e
basicamente elimina a vantagem #1 abaixo).
Todavia, você escolhe Copy Photos as Digital
Negative (DNG) and Add to Catalog no
menu File Handling do diálogo Import Photos
(mostrado abaixo).

Vantagem #1: Arquivos DNG são


menores Arquivos RAW são, normalmente,
bastante grandes em tamanho, então eles
devoram o espaço do seu disco rígido
rapidamente, mas quando você converte um
arquivo para DNG ele fica, geralmente, cerca
de 20% menor.

Vantagem #2: Arquivos DNG não


necessitam de um sidecar separado
Quando você edita um arquivo RAW, aquela
metadata é, na verdade, armazenada em
um arquivo separado chamado de arquivo
sidecar XMP. Se você quer dar a alguém seu
arquivo RAW e incluir a metadata e mudanças
aplicadas no Lightroom, você tem de fornecer
a ele dois arquivo: (1) o arquivo RAW e (2)
o arquivo sidecar XMP, que armazena as
informações de metadata e edição. Mas
com o DNG, esta informação é anexada
diretamente no próprio arquivo DNG, então
você precisa de apenas um arquivo.

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 29


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafos D igitais

No início deste capítulo, mencionei que você desejaria configurar


Criando seus seu próprio modelo de metadata personalizado, de forma que você
possa simples e automaticamente anexar suas próprias informações
Próprios Modelos autorais e de contato diretamente em suas fotos à medida que

de Metadata elas são importadas para o Lightroom. Bem, aqui está como você
faz isto. Tenha em mente que você pode criar mais de um modelo,
Personalizados então se você cria um com suas informações de contato completas
(incluindo número de telefone), pode desejar criar outra apenas
(Autoria) com informações básicas, ou outro para quando estiver exportando
imagens para serem enviadas para algum banco de imagens, etc.

Passo Um:
Você pode criar um modelo de metadata
diretamente do diálogo Import Photos,
então pressione Command-Shift-I (PC:
Ctrl-Shift-I) para abrir o diálogo Import
Photos (primeiro, você precisará escolher
uma pasta, ou cartão de memória,
com imagens para importar – você
não precisa realmente importar estas
imagens, mas o Lightroom quer que você
escolha uma pasta [ou cartão] antes
de abrir este diálogo). Logo que surja,
na seção Information to Apply, escolha
New no menu pop-up Metadata (como
mostrado aqui). Nota: Você também
pode ir ao painel Metadata no módulo
Library do Lightroom, e no menu pop-up
Preset, escolher Edit Presets.

Passo Dois:
Um diálogo New Metadata em branco
irá aparecer. Primeiro, clique no botão
Check None na parte inferior do
diálogo, como mostrado aqui (assim
nenhum campo em branco irá aparecer
quando você visualizar esta metadata
no Lightroom – apenas os campos com
dados serão mostrados).

30 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Passo Três:
Na seção IPTC Copyright, digite suas informações
de autoria (como mostrado aqui). A seguir, vá
à seção IPTC Creator e insira suas informações
de contato (afinal, se alguém vai até sua página
de internet e baixa algumas de suas imagens,
você irá querer que ele possa contatá-lo para
acertar o licenciamento de suas fotos). Agora,
você pode sentir que o Copyright Info URL
(endereço de internet) que você adicionou na
seção anterior é informação suficiente para o
contato, e se for este o caso, você pode ignorar o
preenchimento das informações do IPTC Creator
(afinal, este modelo de metadata é para ajudar
a alertar seus clientes em potencial de que seu
trabalho é registrado, e de como entrar em
contato com você). Logo que as informações de
metadata que você deseja anexar à suas fotos
estejam completas, vá ao topo do diálogo, dê
à pré-definição um nome – eu escolhi “Scott's
Copyright (Full)” - e então clique no botão
Create, como mostrado.

Passo Quatro:
Criar um modelo de metadata é muito fácil,
mas deletar é uma história diferente. Você tem
de encontrar a pasta em seu computador que
contém suas pré-definições de metadata do
Lightroom, e arrastar as pré-definições que
deseja apagar para a Trash (PC: Lixeira). Em
um Mac, comece na pasta Home no Finder,
então em sua pasta Library, vá até Application
Support. Dentro desta pasta está uma pasta
da Adobe, e dentro dela você encontrará uma
pasta Lightroom (você está quase lá), e dentro
desta pasta, você verá a pasta Metadata
Presets. (Caramba! O caminho em meu próprio
computador está mostrado aqui.) Em um PC:
comece na unidade C: no Windows Explorer.
No XP, procure em sua pasta Documentos e
Configurações pela pasta Dados de Aplicativos,
então a pasta Adobe, e dentro dela a pasta
Metadata Presets. No Vista, na unidade C:,
procure na pasta Usuário, então sob o seu nome
de usuário, vá na pasta AppData. Dentro dela,
vá em Roaming, e sob Adobe encontre a pasta
Lightroom que tem a pasta Metadata Presets
dentro dela.

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom  /  Capítulo 1 31


A dobe P hotoshop L ightroom ® 2 Para Fotógrafias D igitais

Dicas Rápidas do Lightroom > >

Arraste-e-Solte Diretamente no tem um ou dois outros fotógrafos para o Lightroom, como mostrado
Lightroom 2 trabalhando com ele. Do modo na página 20 deste capítulo), aqui
Se você tem fotos em sua área de dele, o Lightroom realmente fala vai uma grande dica para ter seu
trabalho, ou em uma pasta, que alto, pois cada catálogo possui balanço de branco perfeito assim
deseja importar para o Lightroom, apenas mil e tantas fotos (onde para que a imagem chega no Lightroom.
você pode arrastar-e-soltar a foto muitas pessoas, não é incomum ter Fotografe a primeira foto da sessão
(ou uma pasta cheia de fotos) 30,000 ou 40,000 imagens, que com um cartão cinza na foto (faça
diretamente no ícone do Lightroom tendem a desacelerar um bocado o fotografado segurar o cartão
(ou no ícone da Dock caso esteja o Lightroom). Ei, se você for um cinza, ou simplesmente coloque-o
utilizando um Mac), e ele irá abrir fotógrafo de grande volume, vale a claramente na cena caso seja uma
o Lightroom (caso já não esteja pena considerar esta opção. foto de produto). Então, quando
aberto), e trazer automaticamente o esta foto chegar ao Lightroom,
diálogo Import Photos do Lightroom. Quando a Janela Import Não pressione W para acessar a
Aparece Automaticamente ferramenta White Balance Selector,
O Lightroom Não Permite Se você conecta um leitor de cartões e clique diretamente naquele
que Você Faça Importação de memória em seu computador, o cartão cinza para configurar seu
Duplicada diálogo Import Photos do Lightroom balanço de branco. Agora, vá ao
Se você vai importar algumas fotos, deveria aparecer automaticamente. painel Presets na área de painéis
e algumas (ou todas) já estão Se por algum motivo ele não esquerda do módulo Develop, e
em seu catálogo do Lightroom aparece, pressione Command-, clique no botão + (sinal de adição)
(em outras palavras, estas são (vírgula; PC: Ctrl-.) para abrir as para salvar aquela configuração
duplicadas), abre-se um diálogo preferências do Lightroom, então de balanço de branco como
informando quais fotos das que clique na aba Import no topo, e uma pré-definição. Em seguida,
você está tentando importar que já
certifique-se de que a opção Show vá ao menu File do Lightroom,
estão no Lightroom. Se você clica no
Import Dialog When a Memory Card sob Auto Import, e escolha Auto
botão Show in Library, ele fecha o
is Detected está ativa. Import Settings. Quando o diálogo
diálogo e mostra a você estas fotos
abrir (ele parece muito similar ao
na visão Grid do módulo Library.
Espaço no Disco Rígido é um diálogo padrão de Import Photos),
Problema? Converta para DNG na seção Information, onde diz
Utilizar Catálogos Separados
na Importação Develop Settings, escolha aquela
Deixa o Lightroom Mais Rápido
Se você estiver trabalhando em um pré-definição que acabou de criar
Apesar de eu manter um único
laptop, e gostaria de economizar e clique OK. Agora, cada foto que
catálogo para todas as minhas fotos
entre 15% e 20% (na maioria é importada de sua sessão terá
no laptop, e apenas três catálogos
dos casos) de espaço no disco a correção de balanço de branco
para toda a minha coleção no
rígido quando importar arquivos aplicada automaticamente à ela,
estúdio, eu tenho um amigo que é
em RAW, escolha Copy Photos então quando você vê a foto
fotógrafo integral de casamentos
as Digital Negative (DNG) and grande na tela, o balanço de branco
que utiliza uma estratégia diferente
Add to Catalog no menu pop-up aparece correto.
de catálogos no Lightroom que
me apavorou quando ouvi pela File Handling na parte superior
Por que Você Pode Querer
primeira vez, mas realmente faz esquerda do diálogo Import Photos.
Esperar para Renomear seus
perfeito sentido (de fato, pode ser
Arquivos
exatamente o que você precisa). Corrigindo o Balanço de Branco
Como você viu neste capítulo,
Ele cria um catálogo do Lightroom “Na Hora” Quando Fotografa
você pode renomear seus arquivos
separado (vá ao menu File e escolha Conectado
à medida que os importa ao
New Catalog) para cada casamento. Se você está fotografando
Lightroom (e eu, definitivamente,
Em cada casamento, ele fotografa conectado, indo direto da sua
acho que você deveria dar nomes
mais de mil fotos, e geralmente ele câmera para o computador (e então

32 Capítulo 1  /  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroom 


Biblioteca  |  Desenvolvimento  |  Slideshow  |  Impressão  |  Web

Dicas Rápidas do Lightroom > >

descritivos aos seus arquivos), lado esquerdo do módulo Library) do Lightroom é instalada, então
mas você pode querer esperar e clicando em Previous Import. não há nada para ativar. Mas, no
até depois de ter selecionado Entretanto, eu acho mais rápido (e Windows XP, você precisa rodar o
suas fotos (e deletado qualquer mais conveniente) ir à película, e arquivo setup64.exe encontrado
disparo desfocado, ou foto nas no lado esquerdo, onde você vê o na pasta Lightroom 2 (em sua
quais o flash não disparou e nome da coleção atual, clique-e- pasta Arquivos de Programas).
etc.), pois o Lightroom numera segure, e à partir do menu pop-up
automaticamente os arquivos que aparecer, escolha Previous Sua Biblioteca do Elements
para você. Bem, se você apaga Import. Se você estiver mudando para o
alguns destes arquivos, então Lightroom 2 à partir da versão
sua numeração estará fora Tirando Vantagem do Windows do Elements 5 ou 6,
de seqüência (terão números Lightroom ser 64-Bit você pode fazer o Lightroom
faltando). Isto não me incomoda O Lightroom 2 é a primeira versão importar seu catálogo do
nem um pouco, mas aprendi que a ser apta ao 64-bit, e caso você Elements. Apenas vá ao menu File
isto enlouquece algumas pessoas esteja trabalhando em um Mac, do Lightroom, escolha Upgrade
(você sabe quem você é), então há uma coisa que deve fazer Photoshop Elements Catalog, e
é, definitivamente, algo a ser para ativar este modo 64-bit então escolha seu catálogo do
considerado. (que permite acessar tanta RAM Elements à partir do submenu.
quanto você puder empurrar Pode ser necessário atualizar
Recuperando Suas Últimas em seu computador): vá à pasta seu catálogo do Elements para o
Imagens Importadas Applications, clique no ícone Lightroom, então simplesmente
O Lightroom fica de olho no do Lightroom 2, e pressione clique Upgrade caso seja
último conjunto de imagens Command-I para abrir a janela perguntado. O Lightroom irá
que você importou, e você Get Info, e então desative a fechar e então reabrir com seu
pode recuperar estas imagens opção Open in 32 Bit Mode. É catálogo do Elements importado.
a qualquer momento indo ao isto. No Windows Vista 64-bit, por
painel Catalog (nos painéis do padrão, apenas a versão 64-bit

  Colocando suas fotos no Photoshop Lightroomtroom  /  Capítulo 1 33