Você está na página 1de 77
Sobre A liberdade é uma luta constante ‘Conceisso Evaristo © langamento de mais esta obra de Angela Davis no Brasil am de permicir ao piblico leitor acompanhar a saga dessa ‘conhecida atvista contra as diversas formas de submissio humans, vem um significado expecial neste momento tio ctitco da sociedade brasileta, Varios grupos de movimentos sociis ttm vivido certo sentimento de desesperanca ¢ impoténcia 20 avaliar os resultados de las ¢ demandas colocadas pela saciedade civil hd anos. Constata-se uma ausincia de ages colesivae que efetivamente ‘embarguem as decixécs tomadas no ambito do poder politica que nos dlkimos anos vém afrontando o povo. A militinca brasileira, tio ativa em diversos expagos de luta ~ das associagSes de moradotes aos partidos politicos -, tem assnido, perplea, &s perdas de virias conquisas no Ambito das politica piblicas, na dtea da educagio, da cultura da saiide ¢ outras. Esa agressio do Estado brasileiro, principalmente ds populagses pobres, causa desinimo ao ativisme social, Pecebe-se quia longe estamos de uma mudanga ‘xtrutual na politica brasileira, que implique mudangas efetivas na condigio de vida da maioris, onde desde o proces hisrica da ‘scravizagso dos afticanos e seus descendetes se encontra a maior parte dos afto-brasileitos, Portano, a leitura da presente obra pode nos recolocar em um espago préprio, o da resstinia, o de nunca desir da luta que deve ser empreendida. Reenconttar, por meio deste liveo, 0 pensamento, as ages, © comprometimento de Angela Davis com as lutas que ultapassam as questocevividas em solo nacional nos ensina também pensat a nosis luca em relagio a todos of “condenados da tera”, como escreveu Frantz Fanon. ©. petsstence ¢ ousado ativismo de Davis, que vem sendo empreendido desde os anos 1960 até a contemporaneidade, nos ajuda na recuperagio de nossasforsas. A vor ¢ of punhos cerrados para cima, a exética do cabelo black power e de outras © outros affo- americanos reverberaram em solo brasileiro, inspirando a miltancia negra, ainda nos finais dos anos 1960. Nest li a imceleccual Angela Davis que tem mantido especais didlogos com as atvistas negras brasleiras, As publicaghes de sua autora, as ‘entrevista, os dscursos, tudo nos traz novasorientagSes para pensar a huta conta o acismo, o machismo, o sexsmo e outta formas cde subjugasio exiatentes em nossa sociedade, Eo teor desa nova obra que acaba de scr publicada insste com veemiéncia cm sspectos {que particularmente considero primordiis para fortalecer nowsas agées: 4 compreensio de que nosso comprometimento deve se cescender tambémy 3s outeas e novas luas reivindicatéras de dteito A liberdade e& vida (nosso ativismo nos pede uma compreensio, ‘uma visio global sobre a Iutaaflemativa empreendida por todas as identidadee agredidas nor mais diferentes expagos geogrificas)s © uma outra refleio, cio necesiria 3 nossa mileincia atual, em qualquer campo de atuasio, de que nossas ages dever ser inconporadas e compreendidas no coletivo. Angela Davis afitma que a sua luca insptada pela soidariedade do coleivo e nos adverte sobre 0 cuidado que devemos rer para nio buscar a "representagio da historia como o trabalho de individuos heroicos”, e sim o reconhecimento das pessoas como “parte de uma comunidade de luta sempre em expansio", crendo, pois, no coleivo come um “agente potencial” de mudanga Sigamos na leitua,recepeionando 0 pensamento de Angela Davis entre és. Sobre A liberdade é uma luta constante Em seu novo livro, intelectual ¢ arvista Angela Davis erata da internacionalizcio das hutas socais em nosso tempo, antculando discussbes sobre feminismo, movimento negro, LGBTQ, transexualidade e causa Palestina. JUDITH BUTLER "Angela Davis nos oferece, mais ums ver, uma compreensio incisva, urgentee abrangente do racismo sistemsitico, das bases para a andlse © 2 solidaredade incerseccionais ¢ da imporeincia de trabalharmos como iguais para desvelar e destronar sistemas injustos. DESMOND TUTU, "O novo livre de Angela Davis me fer pensar no que Nelson Mandela sempre dizia: que devemos estar dispostos a assumir a longa caminhada rumo & liberdade. Compreender o que & necesirio para se livre e ndo cet medo & 0 primeito e mais importante paso que alguém deve dar antes de empreender essa jomada. Angela é a prova viva de que exte desafio também pode st etimlance belo.” ‘MUMIA ABU-JAMAL_ "Baa & a Angela clissica: perspica, curiosa, observadora ¢ brithante, atando de temas deste séeulo que parecer ssurpreendentemence semelhantes aos do século passado.” ALICE WALKER “Eis alguém digna de seus ancestais, Angela Davis se mantém me em todas as quests relevantes pata a vtalidade de nosso povo ede planeta.”