Você está na página 1de 40

Caderno de Questões ( https://tec.

ec/s/QaEtd )

Comunicação Social

Questão 200: CESPE - Ana (FUNPRESP)/FUNPRESP/Comunicação/2016


Assunto:
Acerca da comunicação pública, julgue o item a seguir.

A comunicação governamental, como uma comunicação pública, torna-se um instrumento de construção da agenda pública ao atuar na prestação de contas e estimular o
engajamento político da população e o reconhecimento das ações desenvolvidas nos campos político, econômico e social, promovendo, portanto, o debate público.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/339354

Questão 201: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
A charge que melhor representa a interatividade dos novos meios de comunicação é a seguinte:

a)

b)

c)

d)
e)

Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344882

Questão 202: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
Grande parte dos estudos da comunicação pública, que entendem ser ela um espaço de manifestação da cidadania, destaca a importância dos ensinamentos de um autor
moderno que afirma ser a esfera pública um lugar onde os cidadãos se encontram para discutir assuntos de relevância pública. Para ele, “a esfera do mercado chamamos
de esfera privada; a esfera da família, como cerne da esfera privada, chamamos de esfera íntima”. Ao se referir à esfera pública burguesa, ele chama a atenção para o
fato de que nela os interesses coletivos ficam restritos aos cidadãos cultos.

O nome desse autor é

a) Marshall McLuhan.
b) Robert Ezra Park.
c) Harold Lasswell.
d) Paul Lazarsfeld.
e) Jürgen Habermas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344884

Questão 203: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
Segundo Emilio Prado (Estrutura da Informação Radiofônica), “a entrevista é, dos gêneros jornalísticos, aquele que tem maior adaptabilidade ao rádio e às características
específicas do veículo”. O autor sistematizou os tipos de entrevistas do meio. Dentre elas, destaca a entrevista

a) de informação em profundidade, que é a mais difícil de ser executada, mas a mais esperada pelos ouvintes porque tem riqueza de matizes. Apresenta riscos
posteriori
por dificultar o controle do tempo e prejudicar a retificação a .
b) “noticiosa”, que é a mais utilizada porque é breve. Serve para veicular uma fonte de informação por meio de seu protagonista ou de uma fonte presente. É
constituída apenas pelas declarações do representante. O entrevistador é elemento ausente.
c) diferida, que oferece a possibilidade da montagem antes da emissão, tornando possível o controle de sua duração e a correção de pequenos erros. Pode-se
modificar a ordem das perguntas e respostas para tornar o desenvolvimento mais lógico.
d) direta, que tem um papel reflexivo no rádio informativo. Ela fornece ao ouvinte, além da informação estrita, os dados adicionais que o ajudarão a compreender o
fato e a conhecer suas causas e efeitos.
e) de caráter, que explora a redundância das questões que são respondidas pelo entrevistado. As contestações do entrevistador às respostas são importantes na
sua construção. O que vale nesse tipo de entrevista é a sua essência e a ligação entre o entrevistado e o núcleo da pauta.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344946

Questão 204: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
A tecnologia que permite a navegação em ambientes virtuais, como blogs, redes sociais (facebook, sonico etc), é chamada de
a) hotlinks.
b) hiperlink.
c) hipertexto.
d) hipermídia.
e) hotwords.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344948

Questão 205: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
A comparação dos artigos da Constituição Brasileira que estabelecem princípios que devem ser respeitados pelos canais de rádio e televisão e recente levantamento sobre
o cumprimento dos preceitos por eles estabelecidos pelas empresas revela o seguinte: o artigo
a) 54 preconiza que deputados e senadores não podem ser donos de concessionárias de serviços públicos. Levantamento de 2014 comprova que senadores e
deputados, ou seus familiares, não têm ingerência em emissoras de rádio e televisão.
b) 221 define que as produções regional e independente devem ser estimuladas. Até 1988, 98% da produção era feita no eixo Rio – São Paulo. Esse índice caiu para
15%.
c) 223 determina que deve haver complementaridade entre os setores de comunicação pública, privada e estatal. Atualmente, a grande maioria das emissoras de
rádio e televisão não tem fins lucrativos, com predominância para as emissoras comunitárias.
d) 222 proíbe que o capital de empresa estrangeira com filial no território nacional tenha participação societária em emissoras de rádio e televisão do Brasil. Essa
determinação está sendo observada por todas as empresas do setor.
e) 220 determina que não pode haver monopólio ou oligopólio na comunicação eletrônica. Hoje, no Brasil, aproximadamente 70% do controle da imprensa brasileira
está nas mãos de apenas seis famílias.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344960

Questão 206: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
Observe o texto que introduziu uma entrevista:

“Atualmente trabalhando na área do entretenimento no reality show A Fazenda, Britto Junior, 48, começou sua carreira bem cedo. Com apenas 16 anos já era repórter
esportivo da Rádio Independência. Ele entrou na RBS TV Caxias em 1981 e era repórter esportivo de manhã e repórter geral à tarde, editava textos e imagens e ainda
atuava como apresentador de vários telejornais. Trabalhou também para Rede Globo e SBT, atualmente está na Rede Record.”
(Lucas Almeida)
Pelas suas características, é possível afirmar que o texto apresentado é de uma entrevista

a) opinativa.
b) de personalidade.
c) de pesquisa.
d) de grupo.
e) informativa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344961

Questão 207: VUNESP - Ass Imp (CM Guarat.)/CM Guaratinguetá/2016


Assunto:
Segundo Magaly Prado ( Webjornalismo), em 1994 foi criado o QR Code que é
a) um sistema de armazenamento de dados, usado para agilizar os negócios digitais.
b) um código de acesso a softwares livres, que garante a integridade do programa livre de vírus e elementos que possam corromper arquivos digitais.
c) uma codificação fotográfica que substitui as senhas de acesso aos computadores.
d) uma matriz bidimensional, que permite criar números de identificação e armazenar texto e URLs que poderão ser acessados através da imagem dessa matriz.
e) um código que substitui o IP dos internautas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/344971

Questão 208: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
A premissa dicotômica entre língua e fala foi abordada por diversos autores, dentre os quais se destaca Roland Barthes. Segundo ele, “Língua é uma instituição, um
corpo abstrato de coerções; Fala é a parte momentânea dessa instituição, que o indivíduo extrai e atualiza para atender às necessidades da comunicação; a Língua é
oriunda da massa de falas emitidas, no entanto toda Fala é extraída da Língua: em história, essa dialética é a dialética entre estrutura e acontecimento; em teoria da
comunicação, dialética entre código e mensagem” (BARTHES, Roland. Sistema da Moda, pg. 41, 2009). O teórico e jornalista Nilson Lage, por sua vez, ao discorrer sobre
a linguagem jornalística, explica que a Língua nacional abriga pelo menos dois registros de linguagem: o formal e o coloquial. Segundo ele, o registro formal é uma
imposição de ordem política e que o manejo correto dessa linguagem serve como índice de ascensão social. Já o registro coloquial é espontâneo e permite maior
expressividade. A partir daí, pode-se inferir que a linguagem jornalística:

a) fará prevalecer sempre a norma culta, uma vez que a hemerografia servirá no futuro como registro histórico oficial de uma época;
b) propugnará pela conciliação de palavras, expressões e regras possíveis tanto no registro coloquial como no registro formal, levando-se em conta a linha editorial
dos veículos de comunicação;
c) incorporará determinados neologismos ou denominações de objetos novos que, por sua vez, irão compôr a gramática oficial;
d) resultará da predominância dos jargões, gírias e falares regionais a fim de garantir a sobrevivência financeira dos veículos de comunicação;
e) determinará escolhas de natureza ideológica e mercadológica tanto para reforçar o senso comum como para impedir que os falares regionais dificultem a
aceitação de publicações que circulam em âmbito nacional.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355494

Questão 209: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
Dentre as técnicas de redação do texto jornalístico, o lead é uma das possibilidades. Observe a seguir a redação de um acontecimento fictício: “A inauguração da linha J
do metrô, o desfile de um bloco de carnaval com trinta mil integrantes e o discurso da Presidente da República em cadeia de rádio e TV marcaram o dia de ontem na
capital do país. O motivo foi o aniversário de 55 anos de Brasília”.

Ao consultarmos bibliografia a respeito das técnicas para a apresentação das matérias e, com base no texto acima, é possível concluir que o redator optou pelo lead:

a) simples;
b) documentário;
c) pessoal;
d) integral;
e) composto.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355509

Questão 210: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
O YouTube, plataforma pertencente ao Google, permite a distribuição e o compartilhamento de produtos audiovisuais. De acordo com dados de 2015, fornecidos pela
própria empresa, o YouTube é uma rede social com um bilhão de usuários ativos na rede, sendo ainda que ela atinge mais adultos, na faixa etária compreendida entre 18
e 34 anos, nos Estados Unidos da América, do que qualquer rede a cabo naquele país. Séries exclusivas, músicas, documentários e entrevistas, por exemplo, podem ser
acessados a qualquer momento. O consumo de produtos midiáticos de modo fragmentado é, de certa forma, reflexo da transformação do público a partir do advento de
novas tecnologias digitais. Deste modo, é correto afirmar que:

a) para a chamada geração C, ou seja, adultos jovens com menos de 35 anos de idade, a internet e as redes sociais são fontes secundárias de entretenimento e
informação;
b) a classe C, no Brasil, não se vê representada nas telenovelas nacionais e, por esse motivo, prefere consumir produções de teledramaturgia latino-americanas
disponibilizadas online;
c) os microconteúdos disponíveis no YouTube são acessados por usuários com interesses em áreas específicas e que não encontram tais produções audiovisuais no
chamado circuito comercial;
d) as novas linguagens proporcionam profícuo diálogo entre consumidores e produtores de conteúdo audiovisual, em que a tônica do relacionamento é a lógica do
mercado;
e) o próprio jornalismo se rearranja na rede em busca de novos consumidores na medida em que os grandes grupos de mídia não se mostram interessados em
explorar o potencial mercadológico da internet.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355512

Questão 211: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
Determinado especialista foi convidado a redigir o editorial do jornal impresso que será publicado no dia seguinte. Levando em consideração o fato de ele não ser afeito à
rotina das redações, algumas instruções foram dadas sobre as especificidades daquele texto jornalístico. Dentre as orientações do editor sobre os editoriais, destacam-se:

a) gênero informativo; impessoalidade; texto argumentativo; com pé biográfico;


b) gênero informativo; impessoalidade; texto narrativo; com pé biográfico;
c) gênero opinativo; pessoalidade; texto argumentativo; sem pé biográfico;
d) gênero informativo; pessoalidade; texto narrativo; com pé biográfico;
e) gênero opinativo; impessoalidade; texto argumentativo; sem pé biográfico.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355515

Questão 212: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
A expressão em inglês news value, ou traduzindo para o português “valor-notícia”, enfeixa critérios de interesse tanto para o leitor como para o jornalista. Dessa maneira,
alguns manuais de redação e estilo sugerem como guia para definição de notícia jornalística marcos como “atualidade”, “proximidade”, “interesse público”, “frequência”,
dentre outros. Com relação aos valores de noticiabilidade dos acontecimentos hodiernos, torna-se peremptório refletir sobre os critérios para a inscrição da factualidade
na mídia, de modo a:

a) garantir à opinião pública o recebimento de notícias desprovidas de recortes editoriais;


b) referendar que cabe às corporações editoriais o controle sobre o produto elementar do discurso informativo, ou seja, o fato;
c) considerar a notícia-mercadoria como modelo que garante o direito civil de livre expressão e representação objetiva da realidade cotidiana;
d) relativizar o papel da grande mídia como processo único de visualização e reprodução dos fatos sociais na esfera pública;
e) ressalvar que tanto os microfatos como os macroacontecimentos comportam um único ponto de vista sobre o ocorrido.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355517

Questão 213: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
A presidente de uma grande empresa do setor de petróleo e gás foi convidada por uma revista nacional a conceder uma entrevista exclusiva. A pauta estava centrada na
tecnologia de prospecção de gás em grandes profundidades e poderia ajudar na consolidação da marca da empresa perante a opinião pública e os investidores. Contudo,
no decorrer da entrevista, começaram a ser feitas perguntas que diziam respeito, única e exclusivamente, ao foro privado da presidente. A Assessoria de Imprensa
interveio e interrompeu a entrevista, com o aval da entrevistada. Ao agir dessa maneira, a Assessoria:

a) acertou, pois existia uma relação contratual que obrigava a Assessoria a agir na defesa da cliente, independentemente dos fatos;
b) errou, pois a relação com a revista foi abalada e outras oportunidades não ocorrerão tão cedo;
c) acertou, pois o direito à privacidade deve ser preservado e os fatos abordados não eram de interesse público;
d) errou, pois a revista tinha o direito de perguntar o que lhe conviesse na medida em que se tratava de exclusiva;
e) errou, pois é livre o exercício profissional e as questões de interesse do público estão acima da privacidade da presidente.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355540

Questão 214: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
Por intermédio de clipping eletrônico, a Assessoria de Imprensa coleta dados sobre a exposição do cliente na mídia. Posteriormente, é organizado um dossiê mensal que
tem, dentre outros objetivos, detalhar as empresas jornalísticas que mais noticiaram o cliente a partir das ações da Assessoria de Imprensa. Com relação aos
instrumentos de aferição de resultados, é correto afirmar que:

a) a minutagem relativiza a importância de dossiês, uma vez que os dados obtidos diariamente já dimensionam o sucesso ou o fracasso das ações da Assessoria de
Imprensa;
b) a costumeira classificação das matérias em positivas, neutras ou negativas é um dos elementos para a produção dos dossiês;
c) a maior exposição do cliente na mídia demonstra de modo inequívoco o sucesso das ações perpetradas pela Assessoria de Imprensa;
d) o clipping tradicional não dá mais conta das mudanças no campo da recepção, pois as redes sociais se constituíram nas plataformas de maior visibilidade positiva
para as empresas;
e) o monitoramento deve ser feito sempre pela área de marketing pois, dependendo da exposição da empresa na mídia, o reposicionamento da marca pode ser
necessário.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355541

Questão 215: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
Questão premente nos dias de hoje diz respeito à convergência midiática. A produção, distribuição e consumo de conteúdo informativo em rede, por exemplo, é um dos
desafios enfrentados pelas empresas de comunicação. Uma emissora de TV que deseja atingir parcela da audiência pode, por exemplo, apostar em um blog com
conteúdo exclusivo desenvolvido pela equipe de jornalismo. Para consolidar essa nova plataforma como mais uma opção à disposição do público, a emissora responsável
pelo weblog deverá considerar:

a) a imediata contratação de um blogueiro de renome como estratégia principal para alavancar a audiência;
b) os produtos desenvolvidos pela concorrência como modelos a serem seguidos;
c) a relativização das demais redes sociais da emissora a fim de que não haja concorrência interna;
d) a aposta na interatividade como estratégia de fidelização da audiência;
e) a possibilidade de restringir o acesso e cobrar determinado valor do assinante do produto.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355597

Questão 216: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
O conceito de jornalismo colaborativo tem sido bastante discutido atualmente por conta do grande número de blogs e websites alimentados por usuários não-jornalistas.
A origem do jornalismo colaborativo remonta ao período da mídia:

a) digital, pois as mídias impressa e eletrônica são unilaterais e não permitem que sejam veiculadas informações sem a presença de grupos de mídia;
b) digital, pois a disseminação da Internet permitiu a veiculação em larga escala de informações que antes se destinavam ao público individual;
c) digital, pois tem um custo menor, o que facilita a criação de sítios de informação por um número maior de cidadãos;
d) impressa, pois já no século XVIII, nos Estados Unidos, panfletários e autores anônimos imprimiam as próprias publicações;
e) impressa, pois ao longo do século XX as gráficas tiveram custos mais acessíveis, tanto para a grande imprensa quanto para as publicações menores.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355611

Questão 217: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
O uso de mídias sociais por empresas e organizações permite que os usuários, ao contrário do que acontece com as mídias tradicionais, possam:

a) ter um envolvimento com uma marca em um nível mais profundo do que nunca;
b) experimentar uma comunicação de mão dupla com as organizações;
c) ser ouvidos em suas necessidades, desejos e demandas pelos gestores das organizações;
d) participar de pesquisa e enquetes sobre opinião pública e imagem corporativa;
e) realizar críticas às organizações, suas políticas e ações sociais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355632

Questão 218: FGV - Ana (IBGE)/IBGE/Jornalismo /Redes Sociais/2016


Assunto:
O uso de redes sociais entre funcionários de uma organização pode reforçar o espírito de corpo e disseminar uma cultura colaborativa, através da difusão da informação
por diversos setores. Um dos perigos em potencial para o não atingimento desse objetivo está no desenvolvimento de redes sociais centradas em um(a):

a) grupo que trabalhe regularmente off-line;


b) área funcional da organização;
c) grupo que trabalhe regularmente on-line;
d) área geográfica da organização;
e) grupo demográfico homogêneo.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/355642

Questão 219: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A comunicação pública passou por três estágios evolutivos, foram eles:

a) Escrita digital, comunicação falada e comunicação verbal.


b) Comunicação anagráfica, comunicação de serviço, comunicação para identidade competitiva e solidária.
c) Comunicação codificada, comunicação gestual e comunicação escrita.
d) Estágio comportamental, sentimental e tecnológico.
e) Desenhos rupestres, hieróglifos e escrita.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372025

Questão 220: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
Uma das principais funções da comunicação pública consiste em:

a) Criar meios para obtenção de benefícios privados.


b) Amenizar informações relativas à corrupção.
c) Promover partidos políticos.
d) Diminuir a distância entre instituições e cidadãos, através da transparência das informações.
e) Valorizar empresas privadas e o lucro.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372026

Questão 221: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A comunicação pública está intimamente ligada à accountability, que refere-se a:
a) Cotação de moedas estrangeiras.
b) Responsabilidade, controle e fiscalização de agentes públicos, diante da delimitação de objetos, sujeitos, meios e escopo, na atuação de organizações públicas,
sociedade civil e mídia.
c) Contabilidade financeira do país.
d) Habilidade da contabilidade pública, fiscalizando empresas privadas para promoção das organizações públicas.
e) Evolução econômica do país.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372027

Questão 222: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
Os processos de comunicação pública têm contribuído com informações referentes à Agenda 21 permitindo que:

a) Países do oriente médio fiquem atentos às consequências de problemas religiosos.


b) Cada país possa consumir mais recursos naturais.
c) Cada país reflita e compreenda, global e localmente, sobre a forma pela qual governos, empresas, organizações não-governamentais e todos os setores da
sociedade podem cooperar no estudo de soluções para os problemas socioambientais.
d) Sejam detectados focos de corrupção moral nos países da Europa.
e) Países mais desenvolvidos sejam atraídos pelo consumo e desenvolvam a economia mundial.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372032

Questão 223: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A comunicação política trata:

a) Do discurso a favor da corrupção.


b) Do discurso e ação de governos, partidos e seus agentes na conquista da opinião pública em relação às ideias ou atividades que tenham a ver com poder político,
relacionado ou não a eleições.
c) Do discurso e prática de conferências empresariais em favor da globalização.
d) Da divulgação do fluxo de informações sobre temas relacionados à legalidade das normas.
e) De anunciar essencialmente as irregularidades governamentais e do terceiro setor.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372103

Questão 224: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
Comunicação Pública pode ser melhor definida como:

a) Da divulgação do fluxo de informações sobre temas relacionados à legalidade das normas.


b) Do discurso e prática de conferências empresariais em favor da globalização.
c) Uma comunicação destinada a qualquer tipo de público, dentro ou fora do país de origem.
d) Destinada à interação e ao fluxo de informação relacionados a temas de interesse coletivo. O campo da comunicação pública inclui tudo que diga respeito ao
aparato estatal, às ações governamentais, partidos políticos, terceiro setor e, em certas circunstâncias, às ações privadas.
e) Destinada a hospitais, escolas e segurança, em qualquer estabelecimento comercial.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372104

Questão 225: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A comunicação pública é delimitada em três subáreas:

a) Igualdade, Liberdade e Fraternidade.


b) Comunicação da Instituição Pública, Comunicação Política, Comunicação Social.
c) Relevância de informações, Unidade da oralidade e Comando de ações.
d) Comunicação Política, Comunicação Pública e Relevância de Informações.
e) Ação, Segurança e Sociedade.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372105

Questão 226: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A comunicação pública tem como objeto direto o interesse geral, e este objeto possui dois sujeitos diretos, são estes:

a) Comércio e Estado.
b) Mercado e Sociedade.
c) Sujeitos ainda não definidos pelo Estado, e sujeitos do Governo.
d) Sujeitos públicos definidos por Estado e Governos, e sujeitos privados definidos por organizações de mercado e organizações do terceiro setor.
e) Sujeitos Locais e Sujeitos Universais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372106

Questão 227: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A Comunicação Pública tem como objetivo:

a) Ao registro de uma realidade relevante englobando essencialmente normas empresariais.


b) Apresentar resultados do governo para mídias televisivas.
c) Interagir atores públicos e privados na perspectiva de ativar a relação entre Estado e cidadão, com o intuito de promover um processo de crescimento civil e
social.
d) Divulgar o fluxo de informações sobre temas relacionados à legalidade das normas empresariais.
e) Estreitar laços entre partidos políticos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372107

Questão 228: IESES - APO (BAHIAGÁS)/BAHIAGÁS/Comunicação/Publicidade e Relações Públicas/2016


Assunto:
A Comunicação Pública Normativa pode ser nomeada como:

a) O fluxo de informações específicas para o Mercosul.


b) O conjunto de informações específicas para o terceiro setor.
c) Comunicação jurídico-formal e tem como objetivo a regulação jurídica a fim de aplicar normas, fornecer certezas, obter a cognoscibilidade jurídica de um ato e
outras atividades similares.
d) Fluxo de informações envolvendo partidos políticos no período de eleições presidenciais.
e) Ao registro de uma realidade relevante englobando essencialmente normas empresariais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/372108

Questão 229: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
No que concerne a conceitos, processos, instrumentos e legislação relacionados à comunicação pública, julgue o item que se segue.

A campanha Outubro Rosa, de enfrentamento ao câncer de mama e difundida em numerosos países, entre eles o Brasil, pode ser considerada uma ação de comunicação
pública, mesmo que, para a sua propagação, conte com a adesão espontânea de particulares, pessoas físicas e jurídicas.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388455

Questão 230: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
No que concerne a conceitos, processos, instrumentos e legislação relacionados à comunicação pública, julgue o item que se segue.

Ações de comunicação pública podem perpassar as esferas do Estado, do governo e da sociedade, bem como os níveis municipal, estadual, federal e internacional.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388456

Questão 231: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
No que concerne a conceitos, processos, instrumentos e legislação relacionados à comunicação pública, julgue o item que se segue.

Ações de comunicação do terceiro setor não podem figurar entre as modalidades de comunicação pública, se a captação de recursos tiver como origem o setor privado.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388457

Questão 232: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
No que concerne a conceitos, processos, instrumentos e legislação relacionados à comunicação pública, julgue o item que se segue.

Ações de comunicação para a promoção de personalidades, a exemplo do marketing eleitoral, podem se enquadrar entre as modalidades de comunicação pública.
Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388458

Questão 233: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
A respeito da entrevista como técnica de apuração jornalística, julgue o item que se segue.

A entrevista formal, mecanismo básico de coleta de informações do jornalista, existe desde o início do jornalismo.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388500

Questão 234: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
A respeito da entrevista como técnica de apuração jornalística, julgue o item que se segue.

São conhecidos os seguintes tipos de entrevistas: pingue-pongue, em que o entrevistado fica em evidência; coletiva, na qual alguém tem uma informação importante a
repassar à sociedade e se dirige a vários jornalistas ao mesmo tempo; e exclusiva, que é destinada a apenas um jornalista ou um veículo.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388501
Questão 235: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016
Assunto:
A respeito da entrevista como técnica de apuração jornalística, julgue o item que se segue.

Para realizar uma entrevista de boa qualidade, é necessário que o jornalista não utilize roteiro, demonstrando espontaneidade, e que não esteja completamente inteirado
do assunto a ser abordado, a fim de buscar se informar durante a entrevista, criando ampla abrangência do assunto em foco.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388502

Questão 236: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
A respeito da entrevista como técnica de apuração jornalística, julgue o item que se segue.

A enquete é empregada tanto no jornal impresso quanto na televisão; nesta última, em que são gravadas e editadas várias declarações sobre um mesmo assunto, esse
gênero de entrevista é conhecido como “O povo fala”.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388503

Questão 237: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
Julgue o item subsecutivo, acerca das mídias sociais.

Os sítios de redes sociais permitiram novas práticas sociais, como o ato de copiar conteúdos e enviá-los a outra pessoa, a qualquer hora.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388508

Questão 238: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Jornalismo/2016


Assunto:
Julgue o item subsecutivo, acerca das mídias sociais.

As redes sociais Twitter e Facebook, ao estabelecerem um limite para os posts em cento e quarenta caracteres, ampliaram a participação de indivíduos que têm por
característica o poder de síntese.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388509

Questão 239: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Publicidade/2016


Assunto:
A respeito da comunicação pública, julgue o item subsequente.

Opinião pública, também denominada senso comum, é a expressão da participação popular na criação, no controle, na execução e na crítica das diretrizes de uma
sociedade.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388519

Questão 240: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Publicidade/2016


Assunto:
A respeito da comunicação pública, julgue o item subsequente.

Os instrumentos básicos para a efetivação da comunicação pública, como, por exemplo, as pesquisas, os planos e as diretrizes, devem ser definidos a partir das
características e da missão dos variados públicos que fazem interface com a esfera pública, bem como a partir da intenção do emissor da comunicação.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388520

Questão 241: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Publicidade/2016


Assunto:
A respeito da comunicação pública, julgue o item subsequente.

Apesar de ser considerada uma estratégia ou ação comunicativa direcionada ao interesse público, a comunicação pública não possui como propósito promover a
cidadania nem o debate de interesse da coletividade.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388521

Questão 242: CESPE - Aud CE (TCE-PA)/TCE-PA/Comunicação/Publicidade/2016


Assunto:
A liberação comercial da Internet, no início dos anos 1990, desencadeou uma das maiores revoluções culturais da história. Acerca das novas tecnologias de informação
resultantes desse processo, julgue o item a seguir.

A utilização de redes sociais representa uma forma poderosa,rápida e de baixo custo para a prática profissional do publicitário, para quem é mais adequada a criação de
fanpages do que perfis para a atuação profissional.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/388536

Questão 243: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Acerca das atribuições, da organização, da estrutura e do funcionamento da assessoria de comunicação, assinale a opção correta.

a) Entre as atribuições do porta-voz inclui-se conceder entrevista coletiva, sendo seu direito e seu dever não deixar que o seu assessorado, por despreparo ou
inadvertência, declare algo que se reverta em prejuízo organizacional.
b) A assessoria de imprensa é responsável pela elaboração do clipping
, que é definido como um conjunto de documentos de mídia impressa e, portanto, não inclui
imagens e sons, analógicos ou digitais.
c) Ao escrever para um house organ , o jornalista tem o dever de ouvir todas as pessoas físicas e jurídicas envolvidas no fato que será divulgado, sob pena de ferir o
decoro profissional.
d) Boletins e newsletters , por serem instrumentos jornalísticos exclusivos de comunicação interna, não devem ser encaminhados a públicos externos, como, por
exemplo, à imprensa.
e) A função do porta-voz não pode ser improvisada ocasionalmente, uma vez que ele deve ser uma fonte reconhecível.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395187

Questão 244: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Acerca de planejamento e execução de campanhas no âmbito da comunicação pública, assinale a opção correta.

a) Por estarem abertas a intervenções polêmicas e outras formas de interações não oficiais, as redes sociais são inadequadas como agendamento de mídia para as
organizações estatais.
b) Campanhas institucionais de publicidade de órgãos estatais programadas em mídia paga não podem ser veiculadas espontaneamente por veículos de comunicação
não agendados, com vistas a evitar cobranças indevidas de divulgação.
c) Campanhas públicas, a exemplo das campanhas de combate ao mosquito da dengue, podem ser consideradas ações de comunicação pública, quando da inserção
espontânea de merchandising social em telenovelas e outros meios ficcionais.
d) A publicidade legal, que se destina ao conhecimento geral do público, é um ato de Estado ou governo, não se aplicando, portanto, em nenhum caso, ao âmbito da
competência de particulares.
e) Campanhas de iniciativa não estatal e não governamental, como a denominada Outubro Rosa, não se enquadram no campo da comunicação pública, mas ao
segmento das estratégias do marketing comercial.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395189

Questão 245: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Com relação a imagem e identidade institucionais, assinale a opção correta.

a) A veiculação de um merchandising social como teaser para a veiculação imediata de um anúncio comercial deve ser buscada pelos programadores de mídia, pois
possibilita o máximo de rendimentos midiáticos na promoção de ideias, serviços e produtos.
b) A imagem institucional corresponde à identidade institucional e se expressa no imediato reconhecimento da marca de um produto em espaços comerciais e
promocionais, podendo os seus respectivos níveis de associação ser aferidos por sondagens em pontos de venda.
c) Desde que os seus empregadores não se oponham, os jornalistas podem negociar matérias pagas diretamente com outros profissionais de reconhecido capital
simbólico, uma vez que esses profissionais transferem prestígio a marcas e imagens por meio de artigos assinados.
d) Para reconhecimentos do tipo ISO, certificações asseguradoras de um diferencial mercadológico para a imagem da organização, é suficiente que o discurso voltado
para a responsabilidade socioambiental esteja expresso em documentos referentes à missão e aos valores da organização.
e) É desejável que o planejamento de comunicação organizacional integre as atividades de jornalismo, relações públicas e propaganda, que podem se complementar,
não havendo inconvenientes no fato de que os resultados de suas ações ocupem espaços comuns na mídia.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395191

Questão 246: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Acerca dos fundamentos e das finalidades da comunicação nas organizações, assinale a opção correta.

a) Um assessor deve orientar o seu assessorado a não banalizar o atendimento de pedidos de entrevista, ou seja, deve orientá-lo a somente atender aqueles que lhe
pareçam, de fato, relevantes.
b) Entrevistas coletivas devem ser convocadas somente quando houver segurança de que elas ofereçam à imprensa informações de efetivo valor noticioso, casos em
que o interesse jornalístico não deve ser colocado em segundo plano em relação à organização e seus dirigentes.
c) A distribuição de brindes em dias de visita (open days
), que deve ser planejada somente para familiares de empregados diretos e terceirizados, deve ser evitada
para que essas ocasiões não sejam confundidas com propaganda indireta.
d) Cursos, oficinas, seminários e treinamentos não devem ter jornalistas como público-alvo, para se evitar que aspectos fora do foco temático desses eventos acabem
por chamar a atenção de repórteres convidados.
e) Todo e qualquer acontecimento de importância organizacional deve ser objeto de um press-release, pois a sua constância subsidia repórteres e editores para suas
matérias.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395192

Questão 247: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Como atividade técnica, o jornalismo institucional é muito amplo, envolvendo publicações diversas, programas de TV, rádio, Web, toda a comunicação interna — como
releases, relatórios anuais, gestão e prevenção de crises — e, ainda, a elaboração de estratégias e o aconselhamento das lideranças quanto ao relacionamento com a
mídia. Com relação a esse assunto, assinale a opção correta.

a) Os chamados house organs são destinados ao público interno, não sendo, portanto, produzidos para clientes externos nem para outras instituições, mesmo que
façam interface com a instituição.
b) O profissional especializado em comunicação institucional tem como principal função elaborar e implantar políticas de comunicação interna, sendo responsabilidade
do publicitário a comunicação da instituição com os públicos interno e externo.
c) Para exercer a função de administrar conflitos, uma das atividades do assessor de imprensa, esse profissional deve limitar-se a dialogar com o público interno,
entre os diversos públicos das redes de relacionamento da instituição.
d) Na ocorrência de situação dramática passível de abalar profundamente a imagem da empresa, a comunicação de crise deve agir de forma cautelosa, evitando
contato inicial com a imprensa e, quando necessário, omitindo determinadas informações à imprensa e ao público em geral.
e) O jornalismo institucional exerce importante função dentro do processo mediático maior: ele não visa apenas vender motivações dirigidas, nele incluem-se também
conceitos maiores de relações interpessoais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395196

Questão 248: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
No que concerne ao processo de entrevistas, assinale a opção correta.

a) Criar um bom ambiente para o repórter, em entrevistas coletivas, com cadeiras, serviço de água e café, entrega de pastas contendo papel e caneta é algo
ultrapassado.
b) Entrevistas coletivas devem ser realizadas somente no período vespertino.
c) Em situações em que jornalistas não dominem determinados assuntos técnicos, o entrevistado deve utilizar termos rebuscados como estratégia de manipulação da
mídia.
d) O repórter deve encaminhar, antes da publicação, o texto final da entrevista para que o entrevistado aprove.
e) Distribuição de press kits para repórteres, além de ser importante para manter o nível da entrevista, serve para tentar direcioná-la para os interesses da
instituição.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395205

Questão 249: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Com relação à utilização de web
semântica, aplicativos, algoritmos e bancos de dados, bem como a manifestações ciberculturais que alteram as formas de comunicação e
o jornalismo contemporâneos, assinale a opção correta.

a) As plataformas de mediação social buscam criar estruturas para a tomada de decisões editoriais, criando espaço para a produção jornalística descentralizada,
independente e sem restrições tecnológicas ou financeiras.
b) As novas plataformas digitais impactaram a comunicação entre as pessoas, mas pouco influenciaram a forma como o conteúdo da notícia é consumido, uma vez
que ele ainda é acessado diretamente nos sítios que o originam.
c) Os algoritmos utilizados nas novas ferramentas e redes sociais seguem os princípios da teoria hipodérmica, segundo a qual uma mensagem midiática enviada a um
público de massa afeta diferentemente cada indivíduo.
d) As fórmulas matemáticas utilizadas como filtro de informações em sítios como o Facebook e o Google selecionam as notícias que serão expostas para direcionar a
publicidade sem influenciar a opinião do público, de forma a assegurar o direito à livre informação.
e) A utilização de algoritmos em sítios de mídias sociais suscita uma discussão a respeito do equilíbrio entre a condição essencial desses sítios de buscar o lucro e a
responsabilidade social de seu papel como fornecedores de informação em sociedades democráticas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395219

Questão 250: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Em decorrência da reestruturação e da incorporação das tecnologias digitais de comunicação, os processos de apuração, produção, circulação e consumo de informações
no jornalismo têm sido modificados, de maneira a se contribuir para a adoção da convergência jornalística digital. A respeito desse assunto, assinale a opção correta.

a) No jornalismo, a convergência digital é aplicada para que conteúdos apresentados anteriormente sejam reproduzidos em formato multimídia.
b) A convergência jornalística digital deve centrar-se nos aspectos tecnológicos, e não em fundamentos conceituais.
c) O fator cultural deve ser desconsiderado na generalização da convergência jornalística.
d) A principal finalidade da convergência jornalística é reduzir custos no atendimento à demanda das grandes corporações do mercado jornalístico.
e) A convergência jornalística é utilizada para definir a produção integrada e contínua de informações para múltiplas plataformas, de acordo com o formato e a
linguagem próprios de cada tipo de plataforma.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395225

Questão 251: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
Assinale a opção correta, a respeito de webjornalismo.

a) A informação on-line reproduz o valor econômico que gera, assim como os bens materiais e serviços prestados.
b) O jornalismo on-line limita-se a interpretar e noticiar acontecimentos, bem como impede o acesso às fontes de informação não tradicionais.
c) Uma das limitações dos jornalistas on-line é a restrição ao uso de recursos de áudio e vídeo nas transmissões de cada notícia.
d) A forma de tratamento dos dados e as relações que são articuladas com os usuários são semelhantes no jornalismo digital e no jornalismo praticado nos meios de
comunicação tradicionais.
e) Jornalismo digital refere-se ao produto discursivo que retrate a realidade com base na singularidade dos eventos e tenha como suporte de circulação tecnologias
que permitam interação com os usuários.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395229

Questão 252: CESPE - AC TCE PR/TCE-PR/Comunicação Social/2016


Assunto:
A respeito do determinismo tecnológico na transformação da cultura e das linguagens utilizadas para a produção de notícias, assinale a opção correta.

a) Predomina nos smartphones a opção pela convergência de conteúdos, típica do jornalismo na Web.
b) Comparado à produção feita para outras mídias, o webjornalismo estabelece rupturas severas na elaboração de produtos jornalísticos, apresentando aspectos
próprios e inovadores.
c) Para o jornalista, a introdução de diferentes elementos multimídia não modifica o processo de produção de notícia; entretanto, para o leitor, isso muda
radicalmente a forma de ler.
d) Tanto na arquitetura de texto de pirâmide invertida quanto na de pirâmide deitada, o jornalista organiza a notícia colocando a informação mais importante no
início da matéria e a menos importante ao final, cabendo ao leitor efetuar a leitura de acordo com o roteiro que foi definido pelo jornalista.
e) O hipertexto funciona como dispositivo de organização e formatação das informações em um webjornal.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/395230

Questão 253: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
Em uma Assessoria de Comunicação, o papel do jornalista é fundamental, seja o assessorado um cliente particular, uma instituição pública ou privada.

Uma das funções desse profissional é a seguinte:

a) servir de anteparo entre o jornalista e o assessorado, impedindo que os profissionais das redações tenham acesso a quaisquer informações cuja divulgação seja
prejudicial ao assessorado.
b) ser um mediador entre o cliente e a mídia e produzir releases para divulgar informações não só de interesse do assessorado, mas também de interesse público,
para motivar a produção de notícias.
c) realizar uma tarefa diária chamada clipping, que é o contato com o jornalista nas redações para lembrar ou reforçar a sugestão de pauta feita pelo release.
d) ser um mero porta-voz das informações de interesse do assessorado, pois quem decide tudo o que ocorre na assessoria de comunicação é apenas o cliente.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402039

Questão 254: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
O diretor de uma empresa pública foi acusado por um ex-funcionário de participar de um esquema ilícito relacionado à compra de imóveis em uma cidade do interior do
estado. As acusações são infundadas, mas ganharam destaque nos principais meios de comunicação e uma quantidade considerável de visualizações em várias postagens
nas redes sociais, provocando uma situação de crise na empresa. Diante desse cenário, a primeira medida a ser tomada pelo assessor de comunicação é a seguinte:

a) definir estratégias de como abordar a crise com o objetivo de minimizar a importância do assunto, não fornecendo muitos detalhes à imprensa e escolher um
meio de comunicação para conceder uma rápida entrevista.
b) reconhecer a existência da crise, elaborar uma ação estratégica para tentar reverter o cenário e prestar informações de interesse público, além de informar à
imprensa o posicionamento da empresa e as medidas a serem tomadas diante do fato.
c) ignorar as acusações diante da falta de provas concretas; aguardar que o assunto não esteja em evidência nos meios de comunicação para convocar uma
entrevista coletiva, inocentando o diretor acusado.
d) entender que a imagem da empresa foi muito prejudicada por causa das acusações publicadas nos meios de comunicação; entrevistar o ex-funcionário para
tentar extrair informações mais precisas sobre o esquema e negociar com os meios de comunicação a publicação da entrevista.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402042

Questão 255: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
Empresas e instituições públicas e privadas, fundações do terceiro setor e ONGs, celebridades, políticos, esportistas, enfim, todos têm assessores de imprensa que, na
maior parte das vezes, são jornalistas. Essa realidade tem despertado inúmeras questões, inclusive éticas, para esses profissionais, não só no que diz respeito ao seu
relacionamento com clientes, mas também com os jornalistas que trabalham nas redações dos veículos de comunicação.

Considerando essa realidade, é possível afirmar que

a) para manter um bom relacionamento com os jornalistas que trabalham nas redações e tentar assegurar a publicação das informações que quer divulgar, o
assessor de imprensa deve dar presentes, oferecer favores e agradar o jornalista com “jabás”.
b) no momento de realizar o follow up do release enviado, o assessor de imprensa deve insistir com o jornalista para publicar a informação que quer divulgar,
mesmo que para isso seja preciso ligar muitas vezes para o veículo e mandar vários e-mails no mesmo dia.
c) o jornalista que trabalha em uma assessoria de imprensa e recebe de seu cliente a ordem de mentir aos jornalistas das redações sobre determinada informação
deve fazê-lo, pois tem como função proteger os interesses de seu assessorado a qualquer custo.
d) os jornalistas que trabalham em assessoria de imprensa devem tentar interferir na postura a ser adotada por seus clientes no trato com a imprensa e com a
opinião pública, para favorecer e positivar a imagem do assessorado, inclusive em momentos de crise.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402043

Questão 256: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
Na elaboração de uma matéria jornalística, seja ela uma notícia ou uma reportagem, um dos alicerces mais importantes são as entrevistas. A esse respeito, pode-se
afirmar que as entrevistas

a) em profundidade podem ser realizadas sem que o jornalista faça uma pesquisa prévia sobre o entrevistado, pois tudo o que é preciso saber pode ser perguntado
na hora do encontro.
b) realizadas à distância são melhores que as realizadas em presença do entrevistado, pois todos ganham tempo e não há perda de conteúdo jornalístico.
c) em estilo “perguntas e respostas” também podem ser chamadas de enquetes e devem ser usadas apenas quando a pessoa entrevistada é muito famosa.
d) coletivas ocorrem nos casos em que o entrevistado fala com mais de um jornalista ou veículo ao mesmo tempo e, em geral, são agendadas pela assessoria de
imprensa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402046

Questão 257: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
A tarefa de elaborar uma pauta é o primeiro e um dos mais importantes passos para o sucesso de uma matéria jornalística, seja ela uma notícia ou uma reportagem.

Logo, sobre isso, é CORRETO afirmar que


a) a pauta deve apresentar o gancho, o ângulo de interesse e a dimensão pretendida da matéria, as indicações de fontes, e, para ser completa, pode prever
inclusive as possíveis sub-retrancas e sugestões de imagens.
b) no jornalismo, no momento de elaborar uma pauta mais completa, não é necessário prever as imagens que poderão ilustrar a matéria, pois essa é uma etapa
posterior à apuração e que só ocorre depois que a matéria já está pronta.
c) os releases podem ser usados como pautas e devem ser reproduzidos pelo jornalista da mesma forma que chegam à redação, sem que seja necessário
complementar a apuração com entrevistas, opiniões e dados colhidos pelo jornalista.
d) a pauta deve ser fechada; direcionar o jornalista e não dar espaço para algo inesperado e interessante que possa acontecer no decorrer da apuração, pois isso
pode confundir o profissional, que corre o risco de se desviar da proposta original.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402047

Questão 258: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
O profissional de jornalismo deve dominar as normas que regem a construção de um texto jornalístico, seja para que mídia for. O lead, utilizado na imprensa brasileira
desde a década de 1950, é uma das técnicas usadas para se organizar uma notícia.

A esse respeito, é CORRETO afirmar que lead é o

a) primeiro parágrafo de uma notícia, que traz a essência do fato e procura responder a seis perguntas fundamentais: o que, quem, quando, onde, como e por quê.
b) que dispõe os dados e informações no primeiro parágrafo em ordem cronológica, para facilitar a compreensão do público.
c) mesmo que nariz de cera, ou seja, um primeiro parágrafo que faz uma espécie de apresentação vaga do tema.
d) conjunto formado pelos três primeiros parágrafos de uma notícia, que contam, em ordem cronológica, o que ocorreu.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402048

Questão 259: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
Atualmente é comum o acesso à informação por dispositivos móveis. Observa-se uma mudança comportamental dos usuários das mídias sociais no momento de escolher
ao que assistir e em que canal assistir. A luta pela audiência nas redes faz com que os sitesde notícias criem estratégias para atrair o público alvo.

O webjornalismo trabalha na produção de textos


a) lineares sem utilização de títulos e subtítulos.
b) lineares com utilização de título e várias ideias expressas por parágrafo.
c) com informações detalhadas e sem interatividade com o leitor usuário.
d) concisos com linkspara outros blocos de informações (em vídeo, texto e fotos) relacionados ao assunto.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402051

Questão 260: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
O jornalismo on line é uma importante fonte de informação e vem transformando não só a forma de se fazer jornalismo, mas também as demandas sobre os profissionais
da área e a maneira como o público consome a informação.

Diante dessa realidade, é possível afirmar que

a) as narrativas do jornalismo on line exigem menos envolvimento do jornalista que produz esse conteúdo, pois os posts
ficam pouco tempo no ar e não é preciso
lidar com diferentes mídias ou transitar por suportes diferentes.
b) devido à demanda por rapidez na publicação do conteúdo na internet, a exatidão e a precisão são requisitos dispensáveis no jornalismo on line, pois erros que
possam ocorrer são corrigidos no post seguinte, sem prejuízo à credibilidade do site.
c) o perfil mais requisitado de um jornalista que atua em veículo on line é ser um profissional multitarefa, capaz de realizar com a mesma habilidade as tarefas de
escrever, gravar, filmar, editar e postar material informativo.
d) a convergência midiática que caracteriza o jornalismo on line imprime mudanças na rotina das redações, mas não afeta as relações do público com os meios de
comunicação, pois o receptor continua sendo passivo diante das informações que recebe.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402052

Questão 261: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
A titulação é um importante momento na edição de uma matéria jornalística. Afinal, o título é o chamariz do texto.

Para a redação de um bom título noticioso, recomenda-se

a) criar títulos vagos e pouco específicos, que provoquem curiosidade e obriguem o público a ler a matéria para saber do que se trata.
b) usar verbo de ação, geralmente no presente, e eleger uma ou mais palavras-chaves, que permitam ao público saber o teor da matéria.
c) dar preferência ao uso de verbos na voz passiva ao de verbos na voz ativa, pois isso facilita a compreensão da notícia.
d) utilizar metáforas e figuras de linguagem, que colaborem para que o título seja mais genérico e atraia o leitor.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402054

Questão 262: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
Em tempos de novas tecnologias e meios de disseminação das informações, o trabalho de uma assessoria de imprensa inclui também o uso de ferramentas de
monitoramento e mensuração das redes sociais, que podem auxiliar o trabalho de um assessor. Esse acompanhamento é útil não só para saber o que falam de seu
cliente nas mídias sociais, mas também para planejar formas de compartilhar e divulgar esclarecimentos, informações positivas, produtos e eventos na . web
Portanto, a alternativa que identifica corretamente algumas destas ferramentas é

a) Facebook, Whatsapp e Snapchat.


b) Mailing, clipping e follow up.
c) Trendsmap, Tweetreach e Scup.
d) Feature, standard e copyright.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402055
Questão 263: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016
Assunto:
João da Silva é repórter de uma emissora de televisão. O chefe de reportagem escalou a equipe de jornalismo para fazer a cobertura das eleições à prefeitura da cidade
de Nova Iguaçu. Uma das orientações dada ao repórter foi sobre a gravação de uma passagem e uma sonora. Entende-se por passagem em uma matéria jornalística,
a(s)

a) gravação da voz do repórter, narrando os acontecimentos locais; é uma locução coberta por imagens.
b) gravação realizada pelo repórter com informações que serão utilizadas no meio da matéria jornalística; deve ser feita no local do acontecimento.
c) fala de um entrevistado que será utilizada na matéria jornalística; normalmente, são trechos curtos e bem objetivos em relação ao assunto.
d) principais informações de um acontecimento transmitidas pelo repórter na abertura de uma matéria jornalística.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402058

Questão 264: FUNRIO - Com Soc (CM NI)/CM Nova Iguaçu/2016


Assunto:
A entrevista é um dos formatos utilizados na rádio, onde o apresentador do programa faz perguntas ao convidado de acordo com um tema específico. Logo, também são
considerados formatos de veiculação jornalística na rádio,

a) a Coletiva e oSpot.
b) o Spot e o Boletim.
c) o Boletim e o Flash.
d) o Flash eo Spot.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/402059

Questão 265: FCC - Ceri (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Suponha que o Presidente da Câmara Municipal tenha sido convidado para o primeiro showcasing de Campo Grande/MS, instalado no Centro de Convenções Arquiteto
Rubens Gil de Camillo. Showcasing
é

a) um salão de exposição de produtos de uma determinada indústria. Os visitantes podem comprar os produtos diretamente do fabricante.
b) uma feira temática para lançamento de produtos de consumo. São contratados atendentes para esclarecer aos visitantes as dúvidas sobre o exposto. Não há
venda.
c) um evento organizado para anunciar um case de sucesso de uma indústria do Estado. Tem o formato de uma entrevista coletiva aberta a jornalistas e convidados
VIPs .
d) uma mostra de produtos novos lançados por uma indústria da região onde se realiza o evento. Tem a finalidade de valorizar a marca junto ao público.
e) uma feira com produtos expostos em vitrines. Os interessados têm acesso a materiais impressos e linhas telefônicas em cabines que interligadas a uma central de
informações sobre os produtos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/410929

Questão 266: FCC - Ceri (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Um evento realizado pela Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul contou com a colaboração de empresas da cidade. É correto afirmar que

a) a empresa de transporte que se incumbiu de transladar os convidados gratuitamente deve ser citada no cartaz de veiculação do evento como patrocinadora.
b) as empresas que deram ajuda financeira ao evento devem ser consideradas patrocinadoras.
c) a agência bancária que permitiu que cartazes sobre o evento fossem afixados no seu interior deve ser incluída no conjunto de patrocinadores.
d) os rapazes e as moças contratados para distribuírem filipetas a respeito do evento devem ser relacionados como apoiadores.
e) a emissora de rádio que fez entrevista jornalística com o organizador do evento deve ser elencada como apoiadora.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/410942

Questão 267: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Considere:

I. atrair a atenção inicial do leitor.


II. complementar uma informação da matéria.
III. traçar o perfil de um personagem.
IV. ter como objetivo a compra da publicação.

Admitindo-se como principais características, é correto afirmar que se referem

a) I e III à chamada.
b) II e III ao boxe.
c) III e IV à manchete.
d) II e IV ao editorial.
e) I e IV à legenda.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411371

Questão 268: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
A primeira delas trata-se de um espaço que é publicado com certa regularidade. A segunda procura explicar um fato noticiado e que tem desdobramentos.
Essas são, respectivamente, definições de

a) coluna e suíte.
b) matéria e coluna.
c) legenda e manchete.
d) suíte e matéria.
e) cabeça e legenda.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411392

Questão 269: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
A estruturação racional de valores, objetivos, normas e diretrizes para implementar, coordenar e promover a atuação de um departamento de comunicação por prazo
indeterminado e afinada com os objetivos de uma organização, seja ela pública ou privada, denomina-se

a) política de comunicação.
b) plano de comunicação.
c) identidade institucional.
d) imagem institucional.
e) gestão comunicacional.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411405

Questão 270: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
O Conselho Curador existe para zelar pelos princípios e pela autonomia da EBC − Empresa Brasil de Comunicação, impedindo que haja ingerência indevida do Governo e
do mercado sobre a programação e gestão da comunicação pública. Além disso, visa a representar os anseios da sociedade, em sua diversidade, na aprovação das
diretrizes de conteúdo e do plano de trabalho da empresa. Sua existência, como instância de participação social prevista na Lei no 11.652/2008, é um critério
fundamental para que a EBC seja de fato pública.
Para garantir que suas decisões sejam tomadas em nome do interesse público, a maior parte de seus membros representa a sociedade civil no colegiado e são escolhidos
por meio de consulta pública. O Conselho Curador da EBC é composto por 22 membros: quinze representantes da sociedade civil; quatro do Governo Federal; um da
Câmara dos Deputados; um do Senado Federal; e um representante dos trabalhadores da EBC.
(Adaptado de: http://www.ebc.com.br/institucional/conselho-curador)
A composição de um conselho no formato como o da Empresa Brasil de Comunicação tem por finalidade garantir

a) a hegemonia dos poderes estatais sobre a programação.


b) o controle social da empresa e da sua programação.
c) os interesses de governo e de mercado na empresa.
d) o aparelhamento da entidade por entidades civis e partidárias.
e) que ocupantes de cargos federais nomeiem livremente os gestores.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411407

Questão 271: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
A teoria do jornalismo pela qual o público tende a considerar os assuntos veiculados na mídia como os mais importantes para sua realidade, sendo objeto de suas
conversas do dia a dia, é denominada teoria

a) da ação pessoal, ou gatekeeper.


b) do espelho.
c) do agendamento, ou agenda setting.
d) instrumentalista.
e) do newsmaking
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411413

Questão 272: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Considere a notícia abaixo.

Tóquio será governada por uma mulher pela primeira vez


Das Agências de Notícias
Domingo, 31/07/2016
Pela primeira vez uma mulher, Yuriko Koike, foi eleita, neste domingo, governadora da cidade de Tóquio, que se prepara para acolher os Jogos Olímpicos de 2020.
Sobre ela, é correto afirmar:

a) Os valores-notícia deste fato são proximidade (Tóquio e Rio de Janeiro são cidades olímpicas) e conflitos e controvérsias ao apelar para a existência de conflitos
na participação desigual de homens e mulheres na política.
b) Os valores-notícia que transformam este fato em notícia são as proximidades econômica (pois Brasil e Japão têm relações comerciais) e cultural (o Brasil tem
colônias japonesas). Além disso, há a referência a nações de elite (o Japão é considerado um dos países do centro do capitalismo e relevante na geopolítica
internacional).
c) O fato se tornou notícia pelo apelo sensacional. Ao redigir a notícia desta forma, destacando a eleição de uma mulher, o que é fato corriqueiro na política, aposta-
se no apelo sensacionalista, supervalorizando o acontecimento.
d) O fato se tornou notícia pelo dia noticioso fraco. Domingo é, geralmente, dia de plantão nas redações, portanto qualquer fato tem grande possibilidade de se
tornar notícia. Outro valor-notícia deste fato é a proximidade com o Brasil, que também foi governado por uma mulher.
e) Os valores-notícia que transformaram este fato em notícia são novidade (a primeira vez é sempre importante para a tribo jornalística) e a referência a nações de
elite (o Japão é considerado um dos países do centro do capitalismo e relevante na geopolítica internacional).
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411431

Questão 273: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Sobre a estrutura do texto jornalístico informativo, é correto afirmar:

a) O último parágrafo contém desdobramentos dos fatos já anunciados nas seis perguntas do lide, o que permite, nos momentos do fechamento, a edição mais
acelerada do texto.
b) Redigir de acordo com as técnicas da pirâmide invertida significa colocar na ponta da pirâmide (o vértice) as informações mais importantes. Por isso, o texto deve
conter parágrafos que prendam a atenção do leitor até o final.
c) Redigir de acordo com as técnicas da pirâmide invertida significa colocar na base da pirâmide as informações de contextualização do fato (ambiente, histórico,
declarações de efeito) e depois partir para as informações.
d) O nariz de cera, primeiro parágrafo com informações de contextualização do fato (ambiente, histórico, sensações do repórter, etc), é recurso moderno e muito
utilizado para atração do leitor em razão da concorrência com as redes sociais.
e) O lide vem do inglês, to lead (guiar). Isso sugere o que a redação do texto deve conduzir o leitor dos fatos menos importantes (colocado no início do texto) para
os mais importantes (colocados no último parágrafo), como forma de garantir a audiência.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411434

Questão 274: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
A Comunicação Pública

a) é o conjunto de produções jornalísticas que ficam sob a responsabilidade dos jornalistas concursados para atuarem nas empresas públicas, de economia mista ou
nos diversos órgãos da Administração pública, federal, estadual ou municipal.
b) refere-se à comunicação das empresas públicas estatais e de economia mista com o objetivo de reforçar a imagem positiva destas instituições na sociedade e
conduzir o processo de gerenciamento das crises de imagem dos entes públicos.
c) é um processo centrado no cidadão, garantindo não só acesso à informação, mas também pelo incentivo ao diálogo e à participação do público em vários estágios
deste processo, tornando-o também responsável por decisões, como inclusão de temas e pautas ou aumento de investimentos, por exemplo.
d) é a garantia de acesso à informação promovida por veículos de comunicação controlados pelo estado e que, por sua vez, possam fazer o controle das informações
estratégicas que possam prejudicar a condução das diferentes esferas da Administração pública.
e) é a garantia de acesso à informação quando há crises de imagem das instituições públicas das esferas municipal, estadual e federal. É feita por profissionais de
carreira e concursados para garantir a isenção da informação da influência política.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411439

Questão 275: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Você está em uma equipe de comunicação de instituição pública que edita um jornal semanal com notícias gerais, internacionais e também da instituição que sejam de
interesse da comunidade. Em uma das reuniões de pauta, surge a sugestão de cobertura para um fato em outra comunidade.

Considere as afirmações abaixo, sobre a correta ação da equipe para esta sugestão de pauta:

I. A análise do fato deve levar em consideração os critérios de noticiabilidade relevância, proximidade e novidade.

PORQUE

II. A relevância é a capacidade de o fato ter impacto sobre a vida da comunidade; a proximidade estará na possiblidade de uma abordagem que possa fazer o
público comparar a situação do fato com a da própria comunidade e a novidade é o quanto o fato é atual ou ter algum aspecto que o torne novo.

Sobre a proposição apresentada:

a) As duas afirmações são falsas e não há relação de causalidade entre elas.


b) As duas afirmações são verdadeiras, mas a segunda não é uma explicação correta da primeira.
c) As duas afirmações são verdadeiras e a segunda é uma explicação correta da primeira.
d) A primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa e não é uma explicação correta da primeira.
e) As duas afirmações são verdadeiras e não há relação de causalidade entre elas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411441

Questão 276: FCC - Jorn (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
A assessoria de imprensa pode

a) incluir no mailing jornalistas de todas as editorias e veículos, mesmo que não sejam ligados à área da instituição, afinal quanto maior o número de jornalistas
atingidos melhor para a distribuição do release.
b) incluir no release, além das informações pedidas pelo jornalista, outras informações complementares que mostrem aspectos positivos da instituição.
c) desprezar o monitoramento constante das redes sociais, e realizar apenas de veículos da chamada grande imprensa.
d) atrasar o retorno para os jornalistas até o limite do fechamento da edição para evitar novas perguntas por parte da imprensa.
e) divulgar nota dizendo que a instituição não vai comentar o caso para evitar outros constrangimentos se a reportagem da instituição for negativa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411459

Questão 277: FCC - Pub (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Comunicação Integrada de Marketing − CIM é o processo
a) criativo pelo qual o redator publicitário associa e edita informações para criação de uma campanha sobre a missão e valores de uma empresa.
b) de desenvolvimento e de implementação de várias formas de programas de comunicação persuasivos com clientes existentes e potenciais no decorrer do tempo.
c) de implementação de redução de custos administrativos para aumento da verba de marketing e comunicação.
d) de comunicação persuasiva e ideológica utilizado pelos partidos políticos para integrar esforços de comunicação.
e) pelo qual as áreas de marketing e comunicação criam ações virais para serem compartilhadas apenas pela internet e principalmente via redes sociais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411847

Questão 278: FCC - Pub (ALMS)/ALMS/2016


Assunto:
Campanhas de utilidade pública são utilizadas pelo Ministério da Saúde para alertar a população tanto sobre problemas sociais quanto sobre os direitos que todo
residente em território brasileiro possui. O objetivo das campanhas de utilidade pública é

a) nortear uma complexa rede de relacionamentos, como aquelas estabelecidas entre profissionais da saúde, pacientes e a população em geral.
b) combinar ações para promover, de forma exclusiva, a imagem do Ministério da Saúde perante a população brasileira.
c) promover as medidas do governo para melhorar a imagem do atual Presidente da República e do seu partido.
d) avaliar o interesse da população sobre um determinado tema social.
e) apoiar os investimentos de comunicação das indústrias da área de saúde.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/411848

Questão 279: IBFC - AnaAdm (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/Relações Públicas/2016


Assunto:
Sobre a conceituação dos tipos de comunicação com que os Relações Públicas trabalham, assinale abaixo a alternativa INCORRETA.

a) Corporativa: aquela com a particularidade de estar ligada exclusivamente à alta administração da organização
b) Pública: promove o fluxo da informação entre as necessidades da sociedade e as instituições de interesse público
c) Institucional: criada, exclusivamente, para formar imagem positiva de uma organização, pessoa, de algo ou alguma coisa
d) Pesquisa participante: aquela em que o pesquisador se mistura com os membros do grupo analisado
e) Organizacional: ação estratégica de uma organização, elaborada com base no diagnóstico global
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/420888

Questão 280: IBFC - AnaAdm (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/Relações Públicas/2016


Assunto:
Sobre o conceito de cada área abaixo, enumere corretamente a coluna da direita de acordo com a da esquerda:

1) Conjunto de técnicas e métodos destinados ao desenvolvimento das vendas, mediante quatro possibilidades: preço, distribuição, ( ) Mestre de
comunicação e produto. Cerimônias;

2) Ferramenta responsável pela relação com a mídia que envolve áreas como publicidade, relações públicas, jornalismo e propaganda. ( ) Promoção

( ) Assessoria de
3) Ação de fazer com que alguma coisa (produto, serviço, instituição etc.) seja conhecido ou divulgado
Imprensa

4) Responsável pela organização de evento: cerimônias oficiais, pública e/ou privado ( ) Cerimonialista

5) Responsável em apresentar e conduzir o evento do início ao encerramento. ( ) Marketing

A sequência CORRETA, de cima para baixo, é:

a) 1, 2, 3, 5, 4
b) 5, 3, 2, 4, 1
c) 5, 4, 2, 3, 1
d) 5, 3, 1, 4, 2
e) 1, 2, 5, 4, 3
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/420894

Questão 281: IBFC - AnaAdm (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/Relações Públicas/2016


Assunto:
Relacione o conceito com a área a que se refere. Enumere corretamente a coluna da direita de acordo com a da esquerda:

( ) Identidade
1) Expressão que confere personalidade e traduz o que se considera ideal para a instituição, representada nos conceitos de missão, visão e valores.
Visual;

2) Conjunto de elementos formais que representa visualmente e de forma sistematizada, um nome, uma ideia, um produto, uma empresa, instituição ou ( ) Imagem
serviço. Organizacional

3) Conjunto de cerimônias usadas no trato entre pessoas e empresas, regidas pela boa educação, bom comportamento, convenções sociais e ética ( ) Etiqueta
profissional. Empresarial

( ) Identidade
4) Resultado do balanço entre as percepções positivas e negativas que a organização passa para um determinado público
Institucional

Assinale a alternativa que apresenta a sequencia correta, de cima para baixo:

a) 1, 2, 3 e 4
b) 2, 4, 3 e 1
c) 2, 4, 1 e 3
d) 3, 2, 1 e 4
e) 1, 3, 4 e 2
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/420904

Questão 282: IBFC - AnaAdm (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/Relações Públicas/2016


Assunto:
A questão da imagem da organização é um ponto importante, pois a identidade de uma empresa vai refletir os fatores preponderantes para a conquista de espaços. É
fundamental que algumas providências sejam tomadas.

Analise as afirmativas abaixo, dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) Deixar que a sinergia entre os circuitos de comunicação coletiva, humanas e administrativas aconteça de forma espontânea;

( ) Desenhar a imagem individual dos produtos ou linhas de produtos a partir da identidade organizacional, que se quer projetar para a opinião pública, podendo
ainda agregar situações que, juntas, darão à empresa uma personalidade perante o mercado.

( ) Estabelecer condições para o uso e desenvolvimento de canais de comunicação, com indicações de forma, conteúdo e linguagem.

( ) Criar e estimular meios de comunicação informal e alternativa de forma criativa e espontânea

( ) Posicionar a comunicação como ferramenta indispensável, mas que representa despesa para a organização.

Assinale a alternativa correta:

a) F, V, V, V, F
b) V, V, V, V, V
c) F, V, F, V, F
d) F, F, F, V, F
e) V, V, V, V, F
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/420905

Questão 283: IBFC - Jorn (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/2016


Assunto:
Ao produzir conteúdos jornalísticos, o profissional de imprensa precisa conhecer bem cada veículo, buscando aproveitar ao máximo suas características.

Neste contexto, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. A multimidialidade só poderá ser exercida plenamente no jornalismo televisivo com a entrada em vigor da TV Digital.

II. Imediatismo é a característica que permite a um meio de comunicação, como o Rádio, transmitir uma notícia no momento em que ela acontece.

III. O Rádio também tem como característica a Instantaneidade, ou seja, é preciso estar sintonizado no exato momento em que a notícia é veiculada para captá-
la.

IV. Com a Internet, o jornalista passou a contar com uma nova e importante característica na execução de seu trabalho: a interação, fazendo com que o público
também interfira na produção da notícia.

Estão corretas as afirmações:

a) I, II e IV apenas
b) I, III e IV apenas
c) II e III apenas
d) II, III e IV apenas
e) Todas as afirmações estão corretas
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/421306

Questão 284: IBFC - Jorn (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/2016


Assunto:
Leia atentamente o texto abaixo.

“O conceito de objetividade posto em voga consiste basicamente em descrever os fatos tal como aparecem; é, na realidade, abandono consciente das interpretações, ou
do diálogo com a realidade, para extrair desta apenas o que se evidencia. A competência profissional passa a medir-se pelo primor da observação exata e minuciosa dos
acontecimentos do dia-a-dia. No entanto, ao privilegiar aparência e reordená-las num texto, incluindo algumas e excluindo outras, colocando estas primeiro, aquelas
depois, o jornalista deixa inevitavelmente interferir fatores subjetivos. A interferência da subjetividade nas escolhas e nas ordenações será tanto maior quanto mais
objetivo, ou preso às aparências, o texto pretenda ser...”
LAGE, Nilson. Ideologia e Técnicas da Notícia. Florianópolis: Insular, 2001.

Ao ler o texto acima, podemos estabelecer que, na opinião do autor:

a) Um bom jornalista é aquele que descreve bem os fatos, sem nunca se deixar levar pela subjetividade
b) Na prática jornalística há, sempre, uma parcela de subjetividade
c) A interferência da subjetividade será menor se o jornalista se esforçar para ser sempre objetivo em seus textos
d) Só ao dialogar com a realidade o jornalista poderá alcançar o conceito de objetividade em seu trabalho
e) Ao citar “o conceito de objetividade posto em voga” o autor se refere apenas às suas próprias crenças
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/421331

Questão 285: IBFC - Jorn (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/2016


Assunto:
Considerando os seguintes itens:

I. Editorial

II. Espaço do leitor

III. Reportagem

IV. Ombudsman

V. Notícia

São classificados como gêneros jornalísticos de caráter informativo:


a) I, II e IV apenas
b) I, III e IV apenas
c) III e V apenas
d) II, III e IV apenas
e) Todos
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/421333

Questão 286: IBFC - Jorn (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/2016


Assunto:
Segundo o professor Francisco Gaudêncio Torquato do Rego, o critério para a seleção do que será noticiado em um veículo jornalístico corporativo dependerá sempre do
tipo e das características da empresa em questão. No entanto, é possível listar algumas orientações e práticas gerais. Selecione abaixo a alternativa INCORRETA neste
contexto:

a) Quanto mais universal for a publicação, maior seu índice de leiturabilidade. A recíproca é verdadeira: temática única limita o poder de penetração
b) Assim como ocorre nos veículos de comunicação de massa, o principal compromisso do jornalismo corporativo é com o leitor, isso significa que toda informação
deve ser divulgada no jornal da empresa, mesmo aquela cuja divulgação possa causar prejuízos à própria empresa
c) É importante estabelecer uma estrutura de captação de informações dentro da organização, com a participação dos colaboradores
d) É indicado que exista uma proporção entre os gêneros jornalísticos, de forma a conferir dinamismo estilístico e variedade na disponibilização de conteúdos
e) Mesmo o público leitor de uma publicação corporativa pode ser bastante heterogêneo, por isso, pesquisas são importantes instrumentos para conhecer seus
gostos e hábitos
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/421336

Questão 287: IBFC - Jorn (EBSERH-HUAP)/EBSERH-HUAP/2016


Assunto:
O Jornalista Heródoto Barbeiro, em sua obra “Crise e Comunicação Corporativa” lembra que, cada vez mais, blogueiros e twitteiros postam comentários sobre marcas,
atributos, bens e serviços na Internet. Assinale abaixo a alternativa que não corresponde à orientações básicas para a Comunicação organizacional neste novo contexto:

a) As equipes de Comunicação organizacional devem estar atentas às redes sociais, monitorando permanentemente as menções sobre a empresa
b) Hoje não há mais dead line
, a nova mídia está aberta 24 horas por dia, inclusive sábados, domingos e feriados
c) As mídias sociais são um modismo. Para uma empresa, seu uso deve ser restrito, pois a exposição pode trazer riscos, mas nenhum benefício
d) É preciso desenvolver métodos para superar eventuais desconfianças e transformar o internauta em um aliado da marca e não seu adversário
e) Com a disseminação das redes sociais, as crises deixaram de ser domésticas
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/421352

Questão 288: FCC - Ana Com (CREMESP)/CREMESP/2016


Assunto:
Considere que o Conselho Regional de Medicina tenha publicado um importante parecer que modifica um determinado procedimento consolidado havia muitos anos.
Decidiu-se realizar uma campanha de esclarecimento dos profissionais usando todos os canais disponíveis, incluindo as seguintes ações:

I. Produzir um vídeo curto, de dois a três minutos, para redes como Twitter, Facebook e Youtube, divulgando também um link para informações mais detalhadas
no website da autarquia, incluindo o atalho para o próprio parecer.

II. Publicar uma postagem com o parecer dividido em diversos arquivos, em formato de imagem, para gerar viralização no Twitter e no Facebook.

III. Criar um blogue, que posteriormente pode ser usado em outras campanhas similares, com textos didáticos e que esclareçam as mudanças, apresentando
também o link para o parecer.

IV. Postar as principais mudanças em séries de tweets, contando com o compartilhamento para potencializar o alcance.

V. Criar memes que chamem a atenção para clicar em links de textos explicativos postados anteriormente no site ou blogue do Conselho, incluindo atalho para o
parecer.

É válido, nas redes sociais, APENAS o que se afirma em

a) III, IV e V.
b) II, III, IV.
c) I, II e III.
d) I, III e V.
e) I, IV e V.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/426673

Questão 289: FCC - Ana Com (CREMESP)/CREMESP/2016


Assunto:
A comunicação de um conselho profissional deve seguir todos os trâmites de um órgão público, inclusive com relação à Lei de Acesso à Informação.

POIS

Embora não seja uma instituição de direito público de Administração direta, seu caráter como autarquia pública a coloca como uma das entidades que devem seguir os
preceitos da publicidade no trato com a coisa pública.

É correto concluir que

a) as duas são afirmações verdadeiras, mas não possuem relação causal entre si.
b) as duas são afirmações verdadeiras e a segunda explica a primeira.
c) as primeira é uma afirmação falsa, mas a segunda é verdadeira.
d) a primeira é uma afirmação verdadeira, mas a segunda é falsa.
e) ambas são afirmações falsas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/426674
Questão 290: FCC - Ana Com (CREMESP)/CREMESP/2016
Assunto:
A publicação de uma descoberta científica em periódicos (revistas, repositórios, bases de dados etc.) costuma ser realizada após um processo chamado peer-review, que
consiste em

a) verificação por cientistas mais experientes na área que, caso aprovem os resultados a serem divulgados, assinam a divulgação como coautores.
b) avaliação formal dos resultados, caso tenham sido codificados dentro de normas aceitas internacionalmente, como DIN e Chicago, ou, no caso brasileiro, ABNT.
c) avaliação do trabalho, sua pertinência, método e resultados por “pares”, ou seja, por outros cientistas especializados no mesmo campo em que a descoberta foi
realizada.
d) análise pelos editores do periódico, os quais verificam pertinência, adequação editorial, método, validade dos resultados e formatação (Chicago, DIN ou ABNT)
e) enfileiramento das submissões de trabalhos com as descobertas para publicação por ordem de chegada, com a passagem à frente de descobertas de relevância
internacional.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/426675

Questão 291: FCC - Ana Com (CREMESP)/CREMESP/2016


Assunto:
Um jornalista foi pautado para fazer a cobertura da sentença do julgamento dos responsáveis por um acidente ocorrido dez anos atrás nas obras de uma estação de
metrô. Muitos dos leitores da publicação já não se lembram desse fato, sendo necessário relembrá-los do acontecimento e seus desdobramentos. Nesse caso específico, é
recomendável que o jornalista escreva

a) uma suíte.
b) um editorial.
c) um texto-legenda.
d) uma legenda.
e) um box.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/426697

Questão 292: FCC - Ana Com (CREMESP)/CREMESP/2016


Assunto:
Em uma entrevista televisiva, a utilização do recurso chamado contraplano dá ao espectador a sensação de que

a) o repórter está lendo a pergunta.


b) a entrevista é feita ao vivo.
c) há duas câmeras no local da reportagem.
d) o entrevistado está mentindo.
e) estão mostrando os dois lados da questão.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/426699

Questão 293: FCC - Ana Com (CREMESP)/CREMESP/2016


Assunto:
Nos últimos tempos tem-se presenciado, como uma das várias tendências do mercado, as revistas customizadas. É preconizado que essas mídias trabalham seguindo
aquilo que se convencionou chamar, com relação ao público-alvo, de padrão de consumo midiático. Do ponto de vista editorial, essas publicações devem,
fundamentalmente, oferecer como vantagem aos seus leitores

a) serem objeto de destaque nas reportagens.


b) promoções e descontos na compra de produtos.
c) resumo dos acontecimentos semanais.
d) conteúdos exclusivos ou personalizados.
e) análises aprofundadas com viés acadêmico.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/426707

Questão 294: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
No planejamento de comunicação, a análise de FOFA (forças, oportunidades, fraquezas e ameaças), ou SWOT (do inglês strenghts, weaknesses, opportunities and
threats
) é uma ferramenta usada para

a) levantar as especificidades de demandas orçamentárias.


b) mapear o público e/ou partes interessadas.
c) identificar a opinião pública para nela interferir.
d) estabelecer a necessidade de comunicação integrada.
e) compreender o cenário e estabelecer estratégias.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439283

Questão 295: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
Considere as afirmações abaixo sobre a atuação de um órgão público nas redes sociais digitais.

I. Para cumprir o que determina a Lei de Acesso à Informação, a qual prevê preferência para disponibilização de informações ao cidadão valendo-se de meios via
internet, um órgão público é obrigado a atuar nessas redes.

II. A presença nas redes representa pelo menos dois tipos de vantagens para um órgão público: diálogo direto com o cidadão e capacidade de antecipar crises.

III. Mesmo quando não se está nas redes, é necessário monitorá-las, pois a existência de perfis falsos − fakes − em uso apócrifo do nome do órgão público pode
confundir o cidadão ou até mesmo ser usado de maneira maliciosa.
IV. Devido à facilidade propiciada pelo desenvolvimento tecnológico em relação a recursos e equipamentos, é possível iniciar a presença do órgão público nas
redes sociais independente de dimensionamento de equipe.

V. Perfis da instituição pública nas redes sociais não suprem a necessidade de manter um website com as informações disponibilizadas obrigatoriamente, conforme
preconiza a Lei de Acesso à Informação.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I, II e III.
b) II, III e V.
c) II, III e IV.
d) III, IV e V.
e) I, IV e V.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439339

Questão 296: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
A estruturação de instrumentos e processos por uma instituição estatal, como um tribunal de justiça, com a finalidade de publicitar e fornecer informações de interesse do
cidadão é uma atividade de comunicação

a) institucional.
b) pública.
c) governamental.
d) jornalística.
e) publicitária.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439342

Questão 297: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
A política de comunicação de uma organização pública (conjunto de valores, princípios e diretrizes que orientam o planejamento e a execução das atividades de
comunicação) é estabelecida em sintonia com

a) os resultados de pesquisa de opinião.


b) as diretrizes da gestão.
c) as preferências governamentais.
d) a identidade institucional.
e) o dimensionamento da equipe de comunicação.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439343

Questão 298: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
O presidente da instituição na qual você é assessor, quando é questionado em debates e entrevistas, elabora respostas longas.

Sobre esta situação, é correto

a) evitar organizar coletivas de imprensa com o presidente pois é uma característica que a equipe de assessoria não consegue mudar.
b) incentivar essa prática de respostas do presidente apenas para responder aos veículos impressos.
c) fazer processo de media training
para que o presidente possa adequar as respostas que sejam mais coerentes com o tempo dos veículos e também nas coletivas
de imprensa.
d) encaminhar para o serviço de fonoaudiologia, pois essa não é uma função da equipe de comunicação.
e) quando uma entrevista for solicitada, recolher as respostas previamente com o presidente e depois deixar o atendimento da imprensa com o porta-voz.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439345

Questão 299: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
Será criado e disponibilizado ao público um novo sistema de consulta a processos, por meio de login e senha, no site da instituição. Sobre a divulgação deste sistema
para a imprensa, é correto

a) comprar grande espaço publicitário nos veículos de maior índice de audiência para despertar o interesse dos jornalistas.
b) criar um release testemunho com depoimento de cidadãos que usaram e aprovaram o sistema.
c) fazer um release convite para cidadãos testarem o sistema nos computadores da instituição.
d) construir release como se fosse notícia completa, seguindo o gênero informativo, incluindo fotos e informações de contato da assessoria.
e) release serviço com a data da coletiva e, após o folow-up, entregar o material completo com fotos e depoimentos.
distribuir

Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439392

Questão 300: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
Após a divulgação, nas redes sociais, de incidente ocorrido nas dependências da instituição envolvendo dois cidadãos durante uma audiência, o setor de comunicação foi
chamado para agir. A sequência correta das ações é:

a) Apuração com o departamento envolvido para levantar as informações; redação de nota com a versão oficial da instituição; aprovação da nota com a presidência;
convocação de coletiva de imprensa para a divulgação da nota.
b) Iniciar a apuração dos fatos apenas se a repercussão chegar aos veículos jornalísticos. A partir desta situação, apurar os fatos com os personagens envolvidos,
redigir nota com a versão oficial, aprovação da nota com a presidência, divulgação da nota para a imprensa e monitoramento.
c) Redação de resposta imediata na rede social em que o fato foi divulgado para mitigar a repercussão. Apuração dos fatos com o departamento envolvido; redação
de nota com o posicionamento oficial, aprovação com a presidência, divulgação da nota para imprensa e monitoramento das redes sociais e veículos jornalísticos.
d) Redação da primeira versão da nota; divulgação da nota nas redes sociais e para a imprensa; monitoramento das redes sociais. Se a repercussão continuar
grande, apurar mais detalhes com o departamento envolvido, redigir nova nota com a versão oficial da instituição, aprovar com a presidência e divulgar em todos os
veículos das redes sociais e jornalísticos.
e) Apuração com o departamento envolvido para levantar as informações; redação de nota com a versão oficial da instituição; aprovação da nota com a presidência;
divulgação da nota nas redes sociais e para a imprensa e monitoramento, tanto das redes como dos veículos jornalísticos.

Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439398

Questão 301: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
São objetivos do clipping:
a) levantamento e reprodução das notícias que citam diretamente a instituição e também as dos setores de interesse dos servidores que recebem o material, em
todas as mídias (impressa, digital e eletrônica).
b) levantamento das notícias que citam diretamente a instituição em qualquer das mídias jornalísticas (impressa, digital e eletrônica) e até das redes sociais.
c) classificação das notícias dos setores estratégicos para a instituição em todas as mídias (impressa, digital e eletrônica); as notícias que citam diretamente a
instituição entram no relatório gerencial.
d) organização das reportagens publicadas na imprensa que foram geradas a partir de releases produzidos pelo departamento de imprensa.
e) levantamento e divulgação para os veículos de imprensa de todas as mídias (impressa, digital e eletrônica) dos releases produzidos pelo departamento de
imprensa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439401

Questão 302: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
Sobre jornal mural e intranet é correto afirmar:

a) O jornal mural, afixado nos quadros de aviso, é mais aproveitado se os colaboradores da instituição frequentam espaços específicos (café, restaurante, guichê do
RH). Para a comunicação via intranet ser funcional sugere-se que serviços só possam ser acessados por ela (holerite, requisições de compra, etc.)
b) O jornal mural deve ser substituído aos poucos pela intranet, pois sustentabilidade é compromisso que as corporações devem não só defender, mas praticar.
Assim, todas as informações das instituições só circulariam pelo meio digital.
c) A adoção da intranet exige investimento pesado da instituição na aquisição de tablets e acesso à rede 4G. Por isso, em tempos de crise econômica, é
recomendável a circulação de informações pelo jornal mural.
d) O jornal mural é instrumento de comunicação interna ascendente, organizado pelos colaboradores, sindicato, grêmio e associações. A intranet é o instrumento de
comunicação interna oficial, responsável pela circulação das informações consideradas relevantes pela instituição.
e) Intranet e jornal mural são instrumentos de comunicação caros e obsoletos. As informações oficiais da organização devem circular por SMS e mensagens do
aplicativo de mensagens instantâneas e redes sociais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439406

Questão 303: FCC - AJ TRT20/TRT 20/Apoio Especializado/Comunicação Social/2016


Assunto:
No jornalismo radiofônico o editor utiliza vários critérios e recursos, dentro da ética, para finalizar as matérias da melhor forma possível, entre os quais temos o “limpar a
sonora”. Esse recurso consiste em eliminar do áudio

a) frases polêmicas de uma entrevista.


b) declarações que possam gerar processos.
c) posicionamentos contrários à direção.
d) merchandising sem autorização prévia.
e) tosses, longas pausas, silêncios e titubeios.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/439424

Questão 304: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
O Presidente da Câmara vai dar uma entrevista coletiva no Anfiteatro da APM. A Assessoria de Imprensa prepara o ambiente com uma mesa e um microfone de mesa,
considerando que a autoridade deve falar por meio do aparelho e não nele. Para que as respostas do Presidente sejam bem captadas e as câmeras de televisão consigam
mostrar claramente o seu rosto, o microfone

a) deve ser posicionado próximo à sua boca.


b) precisa estar instalado próximo a uma superfície refletora.
c) deve ser acoplado a um refletor parabólico e instalado a cerca de 1m do vereador.
d) mais adequado é o headset para que o Presidente consiga ouvir os seus interlocutores.
e) deve ser colocado ao seu lado e voltado para a sua clavícula.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442215

Questão 305: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
Em julho de 2015, os sites e portais virilizaram a notícia da prisão do chamado “estuprador do Taboão” dada por um influente telejornal vespertino. Segundo o âncora do
informativo, o homem se encaixava na descrição do criminoso e havia sido reconhecido por duas vítimas. O acusado foi alvo de ameaças e sua imagem foi intensamente
divulgada pela internet. Entretanto, ele foi liberado por não ser o verdadeiro agressor. Essa forma de noticiar o fato desrespeita artigos do Código de Ética dos Jornalistas
Brasileiros. Entre eles, o que afirma que

a) o jornalista não pode usar o jornalismo para incitar a intolerância, o arbítrio e o crime.
b) a presunção de inocência é um dos fundamentos da atividade jornalística.
c) o jornalista não deve assumir a responsabilidade por publicações, imagens e textos de cuja produção não tenha participado.
d) o profissional pode recusar submeter-se a diretrizes contrárias à precisa apuração dos acontecimentos e à correta divulgação da informação.
e) é dever do jornalista opor-se ao arbítrio, ao autoritarismo e à opressão, bem como defender os princípios expressos na Declaração Universal dos Direitos
Humanos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442221

Questão 306: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
O primeiro veículo de comunicação a publicar uma imagem foi o jornal Daily (Nova Iorque) em 1880. Hoje a fotografia jornalística constitui uma especialidade da
atividade jornalística com a finalidade de dar uma informação clara, precisa e concisa através da imagem. Para os pesquisadores da área,

a) a fotonotícia agrega imagens que possui uma disposição lógica para o entendimento, mostrando a cena com pequenos cortes e funcionando como uma animação.
b) a fotorreportagem é um gênero cujo conjunto de fotos forma uma narrativa ou quando uma série de fotos são construídas em torno de um tema específico, como
o ensaio fotográfico.
c) a fotografia de entrevista refere-se à imagem que não cumpre apenas a função de só informar, mas constitui-se em uma construção da realidade e do contexto.
d) a foto simbólica, quando é usada para assegurar ou ampliar a informação, trabalha em conjunto com a matéria jornalística.
e) a fotossequência se caracteriza por publicar uma foto com alto teor informativo e consegue, independentemente da notícia, comunicar o fato.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442242

Questão 307: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
Para Pierre Zémor, o relacionamento da organização pública com seu público corresponde a uma forma particular da comunicação representada por quatro exigências:
informar por dever e, na maioria das vezes, em uma situação de falta de desejo ou de motivação de compra por parte do público; assegurar a pedagogia indispensável
para transmitir uma mensagem complexa; incluir a comunicação no processo de identificação e deliberação do serviço; enfim,

a) reduzir as tensões entre o contribuinte e o poder instituído.


b) ampliar o debate público.
c) orientar o público a respeito de suas obrigações.
d) cooperar com a administração identificando possíveis pontos de atrito.
e) contribuir para restituir o sentido de vida coletiva.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442243

Questão 308: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
Assinale a alternativa cujo trecho de matéria que, pelas características de construção, pertence ao gênero opinativo.

a) É com uma história de 80 anos que quero voltar a conversar com os leitores neste espaço dominical. No último dia 20, a Associação Comercial e Industrial de
Marília completou oito décadas de uma força essencial. Notem que, quando Vargas saiu da vida e entrou para a história, há exatos 60 anos, a Associação Comercial e
Industrial de Marília havia acabado de completar 20 anos de existência. Duas décadas já de puro auxílio à classe produtiva de nosso município. (Correio Mariliense,
25.08.2014)
b) Levantamento feito pela reportagem do Correio Mariliense aponta que a Penitenciária de Marília é a segunda mais superlotada na região. Um estudo feito junto a
SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) mostra que o complexo abriga 124,26% de presos a mais do que deveria. Ao todo no estado de São Paulo são 78
unidades prisionais. (Correio Mariliense, 27.08.2014)
c) Vazamento na rede coletora de esgoto ocasiona mal cheiro na rua Capitão Salomão, na altura do nº 209, no Bairro Monte Castelo, zona sul da cidade. O problema
existe há um mês e morador pede providências urgentes da Administração Municipal. “Meu neto jogou bastante água perto do vazamento para diminuir o odor, mas não
adiantou muito. É muito desagradável este cheiro ruim de esgoto que entra em casa”, salientou o aposentado Antônio Franco. (Jornal da Manhã, 23.01.2016)
d) Jonathan Calleri, 22, será o quarto reforço do São Paulo para 2016. O atacante que deixou o Boca Juniors deverá chegar ao Brasil hoje, se não houver
imprevistos, para realizar exames médicos e assinar contrato com o São Paulo - vínculo de empréstimo, da Inter de Milão ao São Paulo, até o meio de 2016. (Diario de
Marilia, 23.01.2016)
e) A polícia de Marília registrou, na última sexta-feira (15), um roubo que foi anunciado de forma inusitada em Marília. Para não chamar a atenção, bandido informou
por escrito que uma loja de produtos naturais estava sendo assaltada, por meio de um bilhete. A vítima foi uma mulher de 31 anos, lojista na avenida Nelson Spielmann.
Segundo a denúncia, o ladrão caminhou até o balcão tranquilamente e sem falar nada, mostrou um papel em que estava escrito a palavra “assalto”. (Diário de Marilia,
19.01.2016)
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442247

Questão 309: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
O romantismo de Lulu Santos poderia ser discutido por anos. “Olha meu bem o céu. Vê quanta luz, quanta estrela. Quase todas mortas. Só não é chegado para nós o
tempo que se apagarão. A gente tá na lanterna, do tempo que virá”. O fato de muitas das estrelas do céu não existirem mais, nos coloca diante de uma realidade
diferente. O que é real é o que vemos?

Os antigos já diziam “só acredito vendo”. Mas quando se vê acontecimentos não necessariamente estamos diante da veracidade dos fatos. A verdade “nua” e “crua” é
hipotética e depende do tempo e do ponto de vista de um determinado ponto uma vez que “todo ponto de vista é meramente a vista à partir de determinado ponto”.
Erra e se engana quem diz que viu a verdade como um todo uma vez que a verdade não pode ser empacotada quem dirá encaixotada.

O povo brasileiro deve prestar atenção nestas eleições onde costuma-se aparecer os donos da verdade e os “salvadores da pátria”. Muitas vezes o que vemos hoje é
apenas uma luz de uma estrela que se apagou uma vez que vivemos reflexos (mesmo anos depois) de decisões políticas feitas no passado.

Esse texto foi publicado no Correio Mariliense sem assinatura. Pelas suas características pode-se afirmar que se trata de um(a)

a) artigo.
b) fait-divers.
c) editorial.
d) feature.
e) crítica.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442249

Questão 310: VUNESP - Rep Apr (CM Marília)/CM Marília/2016


Assunto:
Para Margarida Kunsch, a atuação harmoniosa da comunicação institucional, comunicação mercadológica, comunicação interna e comunicação administrativa corresponde
à comunicação

a) empresarial.
b) corporativa.
c) pública.
d) colaborativa.
e) organizacional.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/442252

Questão 311: VUNESP - Jorn (CM Registro)/CM Registro/2016


Assunto:
Do ponto de vista de grande parte dos estudiosos da produção jornalística, entre eles Nilson Lage, a entrevista com jogadores de futebol no final de uma partida registra
declarações que são esperadas ou irrelevantes, mas que se realiza por mera dimensão simbólica. Entrevistas desse tipo são mais centradas na exposição do entrevistado
do que no teor de suas opiniões. Entrevistas com esse objetivo são chamadas de

a) rituais.
b) temáticas.
c) testemunhais.
d) em profundidade.
e) ocasionais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/445764

Questão 312: VUNESP - Jorn (CM Registro)/CM Registro/2016


Assunto:
Na apresentação de um artigo sobre os critérios de noticiabilidade do jornalismo investigativo, Leonel Azevedo de Aguiar assegura que “a importância dos estudos sobre
as rotinas produtivas vincula-se à possibilidade de fusão das duas principais tendências da pesquisa sobre comunicação de massa, apontando uma tentativa de superação
interdisciplinar: a convergência entre, por um lado, a pesquisa sobre os emissores e a lógica produtiva dos meios de comunicação de massa e, por outro, a pesquisa
sobre os efeitos em longo prazo. Nosso projeto está, entretanto, limitado à primeira tendência de pesquisa, pois o objetivo proposto é o de estudar o processo pelo qual o
jornal impresso diário constrói a representação social da realidade”, a partir da

a) hipótese do agenda setting.


b) teoria estruturalista.
c) teoria funcionalista.
d) hipótese de gate kepper.
e) teoria do newsmaking.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/445771

Questão 313: VUNESP - Jorn (CM Registro)/CM Registro/2016


Assunto:
O jornalista de economia Zachery Kouwe, do New York Times, demitiu-se do cargo quando os seus editores colocaram em dúvida a autoria de uma matéria por ele
assinada. Em uma entrevista sobre o assunto ao New York Observer, Kouwe afirmou que nunca inventou uma notícia. Segundo ele, ocultar a fonte de trechos copiados
na matéria foi uma atitude “estúpida e descuidada” durante o processo de compilação dos diversos textos de serviços noticiosos, que ele reescrevia e editava. Pelo seu
“descuido”, o jornalista foi acusado de cometer

a) injúria.
b) plágio.
c) difamação.
d) apropriação indébita.
e) contravenção intelectual.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/445775

Questão 314: VUNESP - Jorn (CM Registro)/CM Registro/2016


Assunto:
As discussões sobre a regulação da mídia, para os especialistas, ainda não estão suficientemente maduras para se transformarem em normas. Entre os pontos mais
polêmicos, é correto afirmar que as propostas apresentam alguns objetivos comuns, entre os quais,

a) impedir a formação de monopólio nos meios de comunicação.


b) regulamentar a propriedade cruzada dos meios.
c) estabelecer parâmetros para a propriedade de emissoras de rádio e TV por políticos.
d) regulamentar o aluguel de espaços da grade de programação de TV para terceiros.
e) criar o Fundo Nacional de Comunicação Pública para financiar programas da Sociedade Civil Organizada como MST, MTST, UNE e similares.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/445778

Questão 315: VUNESP - Jorn (CM Registro)/CM Registro/2016


Assunto:
Uma dessas matérias foi publicada em um dos periódicos da região e representa a opinião da empresa jornalística sobre o tema desenvolvido no texto. O trecho
correspondente a um editorial é o seguinte:

a) Projeto ensina gestantes a confeccionar enxoval para bebês (Registro Diário - 16.12.15)
O ‘Projeto Laços de Amor’, uma parceria entre a Secretaria de
Assistência e Desenvolvimento Social com o Fundo Social de Solidariedade, ensina a gestantes a costurar e fazer o enxoval dos bebês. A entrega dos certificados
aconteceu na noite desta quarta-feira (15), no CRAS Bloco B. As 8 participantes ganharam o kit que confeccionaram durante os três meses de aulas, com lençol, fronha,
macacão, toalhinha de boca e bolsa.
b) Queima de fogos em Pedro de Toledo (O Vale do Ribeira – 15.12.15) A Prefeitura Municipal de Pedro de Toledo decidiu não realizar programação de queima
de fogos deste final de ano. A não realização do evento é devido à crise financeira que o País está passando, e também a grande queda de arrecadação dos recursos
federal, estadual e municipal. Na prática, o Prefeito informou que com essa economia o dinheiro deverá ser destinado a atender as demandas da saúde, educação,
assistência social, agricultura e infraestrutura.
o
c) C nsaúde abre processo seletivo emergencial para contratação de médicos para Vale do Ribeira e Litoral Sul (Jornal Regional – 4.12.15)
O
Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira e Litoral Sul abriu processo seletivo emergencial para contratação de profissionais em diversas especialidades
médicas. A contratação será pelo prazo determinado de um ano ou até a elaboração de concurso público, fundamentada no Artigo 37, IX da Constituição Federal. De
acordo com a diretora de Recursos Humanos do Consórcio, Leiri Mello, as vagas são para o Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua, de Pariquera-Açu.
d) Não toquem em nossos meninos e meninas (Jornal regional – 4.12.15 – pág.2) Em São Paulo, Capital, a quarta-feira, 02, abriu com pancadaria em avenidas
e escolas. A Polícia Militar, sob ordens, está fazendo a reintegração de posse das escolas ocupadas e reprimindo estudantes, (a maioria adolescentes) que são contra a tal
reorganização escolar que se manifestam nas ruas. A polícia está batendo nos jovens?
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/445789

Questão 316: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
Em junho de 2006, o jornalista Luiz Weis comentava, no Observatório da Imprensa, a crítica feita pelo técnico Carlos Alberto Parreira sobre a tradução labial de uma
conversa sua com Zagallo, que foi ar em um importante programa de televisão do Brasil. Para o autor, os profissionais
da emissora descumpriram o Código de Éticados Jornalistas Brasileiros porque não obedeceram o que está prescrito no

a) art. 7º, inciso III – que proíbe o jornalista de impedir a manifestação de opiniões divergentes ou o livre debate de ideias.
b) art. 12, inciso II – que recomenda a apresentação de provas que fundamentam os assuntos de interesse público.
c) art. 6º, inciso VIII – que afirma ser dever do jornalista respeitar o direito à intimidade, à privacidade, à honra e à imagem do cidadão.
d) art. 11, inciso II – que impede o jornalista de divulgar informações de caráter mórbido, sensacionalista ou contrário aos valores humanos.
e) art. 7o, inciso V – que impede que o jornalismo seja usado para incitar a violência, a intolerância, o arbítrio e o crime.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455017

Questão 317: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
O mês de julho de 1960 marcou o início de atividades de uma importante emissora de televisão. Foi dela o primeiro Festival Nacional da Música Popular Brasileira
;a
primeira telenovela diária; foi a precursora da horizontalidade e da verticalidade da programação. O cenário político foi o responsável por determinar o seu fim, em 1970,
principalmente porque a marca editorial de seu telejornalismo tinha como alicerce o “nacionalismo democrático” e defendia a manutenção de João Goulart na presidência
da república. O nome dessa emissora era

a) TV Cultura.
b) TV Difusora.
c) TV Tupi.
d) TV Excelsior.
e) TV Paulista.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455363

Questão 318: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
Assinale a alternativa que contém o lead de uma matéria que pode ser considerada fait-divers.
a) Um terremoto de 7,5 graus de magnitude na escala Richter atingiu as regiões Centro e Sul do Peru na noite desta terça-feira (24). Os tremores também puderam
ser sentidos em algumas cidades ao norte do Brasil, como em Rio Branco, no Acre. Moradores de Manaus, no Amazonas, também relataram ter sentido as
movimentações de terra. (IG)
b) As áreas de instabilidade que persistem sobre parte da Região Sudeste desde o fim da semana passada provocam chuva também sobre os rios e represas que
compõem o Sistema Cantareira e os demais mananciais que abastecem a Grande São Paulo. (Terra)
c) O Barcelona convidou a Roma para um passeio nesta terça-feira (24), no estádio Camp Nou, na Espanha. E o time italiano aceitou. Com um golaço atrás do outro,
o atual campeão da Europa venceu por 6 a 1 e assegurou o primeiro lugar do grupo E da Liga dos Campeões, com 13 pontos, oito a mais que a própria Roma e o Bayer
Leverkusen, 2º e 3º do grupo, respectivamente, empatados com cinco pontos. (Bol)
d) Uma austríaca de 85 anos destruiu metodicamente quase um milhão de euros em notas de grande valor antes de morrer a fim de prejudicar seus herdeiros. O
Banco Central da Áustria disse estar disposto a substituir cédulas rasgadas. (G1)
e) Uma universitária inglesa ficou famosa nas redes sociais por fazer uma postagem relatando um caso de racismo no trabalho. Na segunda-feira (23), Lara Odoffin
publicou no Facebook um e-mail em que um empregador nega a ela uma vaga na empresa por causa de suas tranças. (R7)
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455367

Questão 319: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
O Observatório da Imprensa veiculou um texto a respeito de organização do texto jornalístico no qual o autor, ao se referir a uma prática do meio, afirma que “o formato
tornou-se quase uma unanimidade na imprensa porque poupa tempo do leitor e permite que o texto seja cortado para adequar-se ao espaço editorial disponível, sem
comprometer a qualidade da notícia ou da informação”. Essa referência diz respeito

a) à pirâmide normal.
b) ao lead resumo.
c) à pirâmide invertida.
d) ao nariz-de-cera.
e) à pirâmide mista.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455369

Questão 320: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
Para profissionais experientes da área radiofônica, a linguagem desse meio

a) deve ter frases curtas e estar na ordem direta. É preciso evitar orações interpostas que, além de confundirem o ouvinte, acabam induzindo a erros de
concordância.
b) deve evitar o lead porque os textos radiofônicos são curtos por natureza, e a resposta às questões clássicas do jornalismo não faz sentido no rádio.
c) precisa considerar a audiência rotativa do veículo e repetir palavras para que o ouvinte não perca os argumentos fundamentais do texto.
d) deve ter construções eruditas porque o rádio tem finalidade educacional e cultural e o compromisso de melhorar o nível intelectual de seus ouvintes.
e) precisa usar termos regionais e gírias para que o texto seja entendido de imediato.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455374

Questão 321: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
Os estudiosos de Comunicação Pública afirmam que as mensagens públicas são complexas porque objetivam contribuir com três das mais importantes incumbências do
poder público que são:

a) previsão, proteção e antecipação.


b) aplicação, proteção e antecipação.
c) regulação, proteção e antecipação.
d) regulação, aplicação e antecipação.
e) aplicação, proteção e previsão.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455390

Questão 322: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
No dia 7 de maio de 2015, foram discutidas, em audiência pública, duas propostas de lei que combatem o monopólio no setor de comunicação. Os projetos de lei de
autoria de Cláudio Magrão e Ivan Valente têm a finalidade de

a) proibir que políticos tenham prioridade na concessão de emissoras de rádio e de televisão.


b) regulamentar o artigo 220 da Constituição Federal.
c) impedir a criação dos chamados “púlpitos eletrônicos”.
d) proibir a veiculação de publicidade de cigarro e de bebidas alcoólicas.
e) regulamentar o capital estrangeiro nos meios de comunicação do Brasil.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455394

Questão 323: VUNESP - Jorn (Pirassununga)/CM Pirassununga/2016


Assunto:
O webjornalismo tem características peculiares possibilitadas pela tecnologia que emprega. As mais visíveis são as seguintes: instantaneidade, interatividade,
multimidialidade, hipertextualidade, personalização de conteúdo e

a) volatilidade.
b) periodicidade.
c) público dirigido.
d) perenidade.
e) isolamento.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/455399

Questão 324: COMPERVE (UFRN) - Jorn (Jurucutu)/Pref Jurucutu/2016


Assunto:
As redes sociais se apresentam como ambientes propícios para gerar repercussão em relação a marcas, produtos ou serviços das organizações. Do ponto de vista da
assessoria de comunicação, a ação de interação que representa maior nível de comprometimento do internauta é

a) curtir.
b) compartilhar.
c) visualizar.
d) comentar.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/458281

Questão 325: COMPERVE (UFRN) - Jorn (Jurucutu)/Pref Jurucutu/2016


Assunto:
A função principal consagrada ao envio do press-release às redações dos jornais, dos rádios e das TVS pelas Assessorias de Comunicação é

a) oferta de matéria-pronta.
b) convocação de entrevista.
c) sugestão de pauta.
d) veiculação de nota à população.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/458300

Questão 326: COMPERVE (UFRN) - Jorn (Jurucutu)/Pref Jurucutu/2016


Assunto:
No âmbito do jornalismo da internet, o expediente do webjornal é um conteúdo do tipo
a) funcional.
b) dinâmico.
c) estático.
d) colaborativo.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/458301

Questão 327: COMPERVE (UFRN) - Jorn (Jurucutu)/Pref Jurucutu/2016


Assunto:
Uma entrevista em off para a imprensa tem como pré-requisito
a) revelar o nome do assessor de comunicação.
b) suprimir o nome do autor da matéria.
c) preservar a identidade do assessorado.
d) deixar de fornecer a informação.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/458304

Questão 328: COMPERVE (UFRN) - Jorn (Jurucutu)/Pref Jurucutu/2016


Assunto:
A produção de um texto não-linear para espaços virtuais, como jornal online, site de busca, homepage de organizações, blogs e ambientes de redes sociais implica
a) dispensar emprego do lead na lógica da notícia.
b) indicar ligações semânticas com outro texto.
c) inverter o conceito referente à pirâmide invertida.
d) dispensar formalidades da linguagem jornalística.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/458307

Questão 329: COMPERVE (UFRN) - Jorn (Jurucutu)/Pref Jurucutu/2016


Assunto:
Ao aplicar, adequadamente, na redação de notícia, a técnica jornalística da “Pirâmide Invertida”, o jornalista deve

a) mencionar o nome das fontes primeiro, antes do cargo ou da função.


b) colocar os fatos mais importantes em ordem decrescente na matéria.
c) inserir os acontecimentos em ordem inversa ao tempo de ocorrência.
d) começar a matéria sempre com declaração textual de uma fonte.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/458310

Questão 330: MS CONCURSOS - Ass (CRECI 1)/CRECI 1 (RJ)/Comunicação/2016


Assunto:
Veja o texto publicado por ocasião da morte do empresário Roger Agnelli, ex-presidente da Vale, e de sua família, em um acidente de avião, no dia 19 de março de 2016,
em São Paulo: “Foi com grande pesar que recebi a notícia do falecimento do empresário Roger Agnelli, sua mulher, filhos, genro e nora, em acidente aéreo. Agnelli
dedicou sua carreira profissional a grandes empresas brasileiras, sempre comprometido com o desenvolvimento do País. Perdemos um brasileiro de extraordinária visão
empreendedora. Neste momento, manifestamos nossa solidariedade a seus parentes e amigos. Dilma Rousseff - Presidenta da República Federativa do Brasil”. A
motivação do texto e sua autoria revelam que se trata de:

a) Nota oficial
b) Comentário
c) Relatório
d) Artigo
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/473733

Questão 331: MS CONCURSOS - Ass (CRECI 1)/CRECI 1 (RJ)/Comunicação/2016


Assunto:
Leia o texto publicado no jornal O Estado de S. Paulo, em 23 de março de 2016, a seguir: “A fisioterapeuta brasileira Neuseli Marino Lamari, moradora de São José do Rio
Preto, interior de São Paulo, perdeu o trem e escapou de um dos ataques em Bruxelas ontem. Ela tinha uma reunião na Universidade de Bruxelas, mas se atrasou e não
conseguiu embarcar no trem alvo do atentado. Após conseguir se comunicar com seus parentes, ela relatou cenas de pânico e incredulidade e disse estar aliviada. „Foi
por pouco, ainda estou muito chocada. Apesar do alívio por não ter entrado naquele trem, não deixa de ser assustadora toda essa confusão‟. Estações de trem foram
fechadas e Neuseli teve de esperar a liberação para voltar a Paris, onde está hospedada. A fisioterapeuta viajou para a Europa para representar o Brasil no Congresso
Mundial de Hipermobilidade, realizado em Paris. Em seguida, ela foi para a capital belga para uma série de reuniões com um grupo de estudos sobre a síndrome de
Ehlers-Danlos, na qual se especializou”. Sobre o trecho transcrito e as noções a respeito de texto de jornalístico, veja as afirmações e quais delas estão corretas:

I – O relato da rotina da fisioterapeuta busca a relação de proximidade com a notícia, já que ela mora em São José do Rio Preto.

II – Trata-se de uma suíte centrada nos acontecimentos simultâneos ao fato principal.

III – Trata-se de uma narração jornalística com ênfase na intensidade, pois busca o nível das ressonâncias emocionais do fato, a impressão que deixa.

IV – A descrição do ambiente busca contextualizar as informações veiculadas nas notícias principais que focaram nos ataques em Bruxelas.

a) I e II, apenas.
b) III e IV, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I e IV, apenas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/473735

Questão 332: MS CONCURSOS - Ass (CRECI 1)/CRECI 1 (RJ)/Comunicação/2016


Assunto:
Um gênero de redação que é a forma de expressão do jornalista/escritor e que busca transmitir ao leitor seu juízo sobre os fatos, ideias, estados psicológicos pessoais e
coletivos; tem, em seu sentido tradicional, o relato de acontecimento de ordem cronológica, reportando-nos à atualidade, ao momento, ao instante; passa da história e
da literatura para o jornalismo, ocupando as colunas da imprensa diária e periódica; traz a valoração do fato, ao tempo em que vai se narrando; ao relatar algo, nos dá a
sua versão do acontecimento; põe em sua narração um toque pessoal; trata-se de:

a) Crônica
b) Reportagem
c) Roteiro
d) Release
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/473736
Questão 333: MS CONCURSOS - Rep (CRECI 1)/CRECI 1 (RJ)/2016
Assunto:
Leia o trecho a seguir: “A necessidade de se pensar sobre [...] surge diante da constatação prática de que não há espaço nos veículos informativos para a publicação ou
veiculação da infinidade de acontecimentos que ocorrem no dia a dia” (SILVA, 2005, p. 97). Em outro trecho, a seguir, tem-se que: “[...] não é, pois, uma classificação
abstrata [...]; é, antes, a lógica de uma tipificação que tem por objetivo atingir fins práticos de uma forma programada e que se destina, acima de tudo, a tonar possível
a repetitividade de certos procedimentos”. (WOLF, 1999, p. 197). Sabendo-se o modo de fazer do jornalismo, os trechos abordam os:

a) Critérios de noticiabilidade
b) Noções de entrevista
c) Efeitos do mass media
d) Processos do agenda setting
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/474219

Questão 334: MS CONCURSOS - Rep (CRECI 1)/CRECI 1 (RJ)/2016


Assunto:
De acordo com o Código Brasileiro de Telecomunicações, constitui abuso no exercício de liberdade da radiodifusão o emprego dos seguintes meios de comunicação como
prática de crime ou contravenção, exceto:

a) Omitir segredos de Estado ou assuntos sobre a defesa nacional.


b) Ofender a moral familiar, pública ou os bons costumes.
c) Veicular notícias falsas, com perigo para a ordem pública, econômica e social.
d) Fazer propaganda de guerra ou de processos de subversão da ordem política e social.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/474226

Questão 335: MS CONCURSOS - Rep (CRECI 1)/CRECI 1 (RJ)/2016


Assunto:
Leia o trecho do texto, não assinado, publicado na edição do dia 21 de março de 2016, no jornal O Estado de S. Paulo: “Se o Brasil não melhorar de maneira substancial
os serviços de saneamento básico, todo o conjunto de ações de combate ao vírus zika em curso ou que vierem a ser tomadas não será suficiente para afastar o risco de
surgimento de novos e graves problemas de saúde pública causados pelo mosquito Aedes aegypti – mesmo que essas medidas alcancem o resultado esperado. Em
documento divulgado há dias, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que, para o combate eficaz ao vírus zika, os países que enfrentam o problema precisam
melhorar o sistema de saneamento básico. A Organização Mundial da Saúde (OMS), por sua vez, estima que 95% dos casos de vírus zika, dengue e chikungunya –
doenças que vêm causando grandes problemas no Brasil e em outros países – poderiam ser evitados se os governos das nações mais afetadas por eles tivessem adotado
medidas ambientais adequadas. Embora não tenha sido esse seu objetivo, a avaliação das duas organizações internacionais representa uma crítica direta à ação do
governo brasileiro – e de outros países que enfrentam os problemas de saúde pública causados pelo Aedes aegypti – na área de saneamento básico. Promessas,
programas, metas de universalização dos serviços essenciais têm sido frequentemente citados pelo governo Dilma Rousseff, mas os resultados práticos são pífios. A
ampliação da rede de abastecimento de água e da rede de coleta de esgotos e o aumento do volume de dejetos tratados antes de seu lançamento nos cursos d’água não
têm ocorrido na velocidade necessária para que, como ainda promete o governo, a universalização dos serviços de saneamento básico seja alcançada em 2033. Se
mantido o ritmo atual dos investimentos, essa meta só será atingida em 2054, mais de 20 anos depois do prazo anunciado pelo governo, segundo estudo divulgado há
alguns meses pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Até lá, boa parte da população continuará convivendo com os problemas de saúde causados por falta de
água corrente, lançamento de esgotos nas ruas sem tratamento e coleta inadequada de resíduos sólidos. As crianças são as vítimas preferenciais das más condições
sanitárias em diversas regiões. Dados mais recentes indicam que 35 milhões de brasileiros não são atendidos por rede de abastecimento de água e metade da população
não conta com serviço de coleta de esgoto, que por isso é lançado in natura no ambiente. Escassez de recursos, legislação dispersa e às vezes conflitante, excesso de
burocracia em razão da multiplicidade de órgãos que tratam do assunto, baixa qualidade dos projetos executivos estão entre os problemas mencionados há anos como
causa do atraso dos programas de saneamento básico no País e que o Plano Nacional de Saneamento Básico não conseguiu resolver. O País paga o preço desse atraso”.
Observando a estrutura do texto e as palavras destacadas, juntamente com as noções da linguagem jornalística, tem no texto acima:

a) Crônica
b) Reportagem
c) Editorial
d) Resenha
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/474230

Questão 336: VUNESP - Asst (Pres Prudente)/Pref Pres Prudente/Criação e Redação/2016


Assunto:
Assinale a alternativa correta que indica o trecho que pertence a um editorial.

a) O Grêmio Prudente nem precisou entrar em campo diante do Assisense, no domingo, para saber que não tinha mais chances de lutar pelo acesso à série A-3. A
partida terminou em 0 a 0. A vitória do Olímpia no sábado, por 3 a 1 contra o Taboão da Serra, eliminou de vez as chances gremista. (O Imparcial)
b) A pesquisa realizada em seis supermercados da cidade durante os dias 2 e 3 de março constatou uma inflação em relação ao mês anterior de 1,83%. Ou seja, o
consumidor que gastava R$ 455,50 para compra de uma cesta básica, hoje gasta, em média, R$ 463,82. Em relação ao mês anterior, os produtos que mais apresentam
altas foram a cebola, com alta de 22,42%, e os ovos brancos (dúzia), com aumento de 21,70%. (Jornal Prudendia)
c) O calçadão da Rua Tenente Nicolau Maffei, no centro de Presidente Prudente, ganhou novas lixeiras subterrâneas. A instalação é feita pela Prudenco (Companhia
Prudentina de Desenvolvimento), assim como ocorreu no Parque do Povo. O trabalho iniciou na semana passada, na Rua Felício Tarabai, e já foi concluído na Rua Doutor
José Foz. Os locais receberam os contêineres que serão usados para descarte de resíduos pelos comerciantes e transeuntes do centro. (O Imparcial)
d) Um adolescente de 15 anos, que participou de um assalto no dia 9 de outubro, no Jardim Bongiovani, em Presidente Prudente, onde um advogado de 67 anos
levou um tiro na cabeça, foi apreendido pela Polícia Militar (PM). Segundo o Capitão Ives Minosso, da Força Tática da PM, o menor tentou fugir ao avistar os militares que
realizavam patrulhamento no Jardim Morada do Sol. (G1)
e) Na manchete de hoje O Imparcial noticiou que a contratação de funcionários temporários para o final do ano, na área central de Presidente Prudente, deverá
sofrer uma queda de 16%. Para muitos, o dado não é tão alarmante, já que significa que apenas uma parcela da população será privada de um “emprego temporário”.
No entanto, ao contextualizar essa informação, nota-se que esse fato é apenas um sintoma de uma patologia bem mais difícil de ser tratada do que aparenta.(O
Imparcial)
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/496880

Questão 337: VUNESP - Asst (Pres Prudente)/Pref Pres Prudente/Criação e Redação/2016


Assunto:
A Câmara dos Deputados concluiu, no dia 20 de outubro de 2015, a votação de um projeto de lei que regulamenta o direito de resposta para quem se sentir ofendido por
reportagem jornalística publicada ou exibida nos meios de comunicação.

De autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), o projeto prevê o direito de resposta se o conteúdo da reportagem atentar, “ainda que por equívoco de informação,
contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física

a) ou maior inimputável ou menor de idade”.


b) e cidadãos que exercem mandato eletivo”.
c) e funcionários públicos no exercício de sua função”.
d) ou jurídica identificada ou passível de identificação”.
e) ou jurídica em dia com suas obrigações fiscais”.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/496887

Questão 338: VUNESP - Asst (Pres Prudente)/Pref Pres Prudente/Criação e Redação/2016


Assunto:
Profissionais brasileiros, inspirados em Pierre Zémor, defendem que faz parte das finalidades da Comunicação Pública

a) proteger as instituições políticas para preservar o equilíbrio social.


b) contribuir para que os projetos institucionais sejam absorvidos pelos interlocutores.
c) auxiliar o cidadão a integrar-se às entidades criadas para manter o equilíbrio político da nação.
d) ouvir as demandas, as expectativas, as interrogações e o debate público.
e) impedir que as mudanças políticas se transformem em risco para as instituições públicas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/496897

Questão 339: VUNESP - Asst (Pres Prudente)/Pref Pres Prudente/Criação e Redação/2016


Assunto:
A Abracom (Associação Brasileira das agências de Comunicação) editou um Caderno de Comunicação Organizacional intitulado “Como entender a Comunicação Interna”.
Essa publicação cita entre os veículos impressos uma “publicação com conteúdo específico e dirigido que, de maneira sucinta, informa sobre os acontecimentos recentes
da empresa de interesse do público-alvo”.

Essas características correspondem ao seguinte projeto editorial:

a) boletim.
b) jornal mural.
c) revista.
d) jornal.
e) newsletter.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/496899

Questão 340: VUNESP - Asst (Pres Prudente)/Pref Pres Prudente/Criação e Redação/2016


Assunto:
Ao comentar um dos preceitos mais importantes da redação jornalística, o Manual da Redação da Folha de S.Paulo afirma que o profissional precisa incorporar uma
dinâmica ao texto para torná-lo “no dia a dia sintético, ágil, interessante, aprofundado e abrangente em reduzido espaço. É importante partir do princípio de que o leitor
pode não conhecer, necessariamente, fatos que precederam a notícia que se divulga”. Para que a matéria consiga esse nível, ela deve trazer perspectiva histórica recente
dos acontecimentos, isto é, o tema precisa

a) ter suíte.
b) ter um tratamento didático.
c) evitar declarações em off.
d) ser contextualizado.
e) originar-se de uma cozinha.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/496903

Questão 341: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
De acordo com Lustosa (1996), a codificação da mensagem informativa ou noticiosa dos veículos de comunicação de massa apresentou várias mudanças relevantes ao
longo do tempo. Constituiu um grande processo evolutivo no qual os próprios veículos foram aprendendo a codificar suas mensagens de acordo com os canais utilizados.
Estabeleceu-se uma linguagem própria para cada veículo, de acordo com as peculiaridades de sua recepção, por parte da massa e de suas características específicas.
Assim, é correto afirmar que:

a) os processos de produção de sentidos seguem o mesmo padrão para os diferentes campos sociais.
b) o texto utilizado em uma reportagem impressa em revista pode ser utilizado no rádio sem alterações.
c) os processos de produção de sentidos são emitidos por estratégias discursivas em vários campos sociais.
d) a articulação da linguagem utilizada nas redes sociais é a mesma utilizada pelos apresentadores de telejornais.
e) os processos de produção de sentidos não estão inseridos em sistemas e contextos produtivos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504851

Questão 342: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
Entre os instrumentos disponíveis para a comunicação social, a entrevista pode constituir uma técnica eficaz para obter respostas pré-pautadas por um questionário. Com
base no exposto, é correto afirmar que:

a) a entrevista não será um instrumento efetivo da comunicação humana, se encarada como simples técnica.
b) uma entrevista fria na relação entrevistado/entrevistador atinge os limites possíveis do diálogo.
c) o entrevistador pode submeter-se a diretrizes contrárias à divulgação correta da informação.
d) o discurso direto e a subjetividade não serão marcas presentes na entrevista.
e) a entrevista deve seguir rigorosamente o roteiro pré-estabelecido, não permitindo novos questionamentos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504853

Questão 343: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
De acordo com Barbeiro e Lima (2001), em veículos de comunicação, como o rádio, a entrevista adquire grande importância porque é capaz de transmitir o que o
jornalismo impresso nem sempre consegue: a emoção. A partir daí, conclui-se que:

a) a entrevista não visa ao maior esclarecimento do público sobre um assunto de interesse geral.
b) deixar pistas de que a entrevista foi ensaiada pode prejudicar a credibilidade do entrevistado/ entrevistador ou do próprio veículo de comunicação.
c) o ato de entrevistar requer espontaneidade.
d) a entrevista não comporta opiniões.
e) o entrevistador pode frustrar a manifestação de opiniões divergentes.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504854

Questão 344: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
Segundo Gadini (1994), “A diferenciação estabelecida entre acontecimento (fenômeno de percepção do sistema) e notícia (fenômeno de geração do sistema) pontua a
diferença existente entre a realidade social, conjunto de relações e fenômenos, e o acontecimento-notícia, enquanto produção de sentido efetuado pelos procedimentos
técnicos que constituem a atividade jornalística”. Com base na citação, é correto afirmar que:
a) notícia é o fato tornado público.
b) notícia é uma versão do fato tornada pública.
c) para produção da notícia, não é preciso preservar a língua e a cultura nacionais.
d) a informação divulgada pelos meios de comunicação não se pautará pela real ocorrência dos fatos.
e) a obstrução indireta à livre divulgação da informação não é considerada crime contra a sociedade.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504855

Questão 345: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
O planejamento logístico e o planejamento editorial devem manter uma estreita relação em coberturas jornalísticas de grandes eventos. A interação entre os recursos
tecnológicos e materiais, disponibilizados tanto pelo promotor do evento quanto pelo veículo/empresa de comunicação, e o tratamento editorial a ser dado ao
acontecimento são alguns dos principais aspectos que norteiam essa pré-organização. A partir daí, entende-se que:

a) o planejamento logístico é de responsabilidade exclusiva dos editores-chefes.


b) o repórter deve ser responsável por garantir o acesso à tecnologia de transmissão de informações.
c) o tratamento editorial antecede o planejamento logístico.
d) durante o planejamento editorial são definidas as pautas e determinadas as funções de cada membro da equipe.
e) o planejamento editorial não depende do planejamento logístico.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504856

Questão 346: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
Em uma produção radiofônica ou audiovisual, o termo em inglês Background, tecnicamente conhecido como BG, pode ser descrito como:

a) intervenção por telefone.


b) entrevista ao vivo.
c) música de fundo.
d) participação de convidados.
e) pausa para comerciais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504861

Questão 347: PR4 (UFRJ) - Ass (UFRJ)/UFRJ/Direção e Produção/2016


Assunto:
Os gêneros radiofônicos são identificados por sete categorias: Jornalístico, Educativo-Cultural, Entretenimento, Publicitário, Propagandístico, Serviço e Especial. Com base
nessas definições, é correto afirmar que:

a) programa instrucional, audiobiografia, documentário educativo-cultural e programa temático compõem o gênero Entretenimento.
b) Spot jingle
, , testemunhal e peça de programação formam o gênero Educativo-Cultural.
c) Peça radiofônica de ação pública, programas eleitorais e programa religioso caracterizam o gênero Especial.
d) Notas de utilidade pública, programete de serviço e programa de serviço formam o gênero Publicitário.
e) nota, notícia, boletim, reportagem, entrevista, comentário, editorial, crônica, radiojornal, documentário jornalístico, mesas-redondas ou debates, programa
policial, programa esportivo e divulgação tecnocientífica integram o gênero Jornalístico.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/504864

Questão 348: Instituto AOCP - RP (UFFS)/UFFS/2016


Assunto:
Para se colocar em prática a comunicação pública de forma eficaz, é necessário adotar o verdadeiro sentido da comunicação pública estatal, que é o interesse público.
Sobre esse tema, é correto afirmar que

a) o Princípio da Supremacia do Interesse Público está diretamente presente em toda e qualquer atuação da Administração Pública.
b) comumente o interesse público é dividido em primário e secundário, sendo o primário aquele que visa o interesse patrimonial do Estado.
c) o interesse público é um conceito secundário no que diz respeito à democracia e na natureza do próprio governo.
d) o interesse público refere-se ao bem geral e possui supremacia sobre o interesse privado, já que o interesse público visa o bem-estar de um número maior de
pessoas.
e) o interesse público secundário coincide com a realização de políticas públicas voltadas para o bem-estar social, satisfazendo o interesse da sociedade, do todo
social.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/529818
Questão 349: Instituto AOCP - RP (UFFS)/UFFS/2016
Assunto:
A comunicação pública pode assumir diferentes formas de acordo com a missão de cada instituição pública. Considerando esse conceito, relacione as colunas e assinale a
alternativa com a sequência correta.

1. Comunicação organizacional.
2. Comunicação governamental.
3. Comunicação política.
4. Comunicação da sociedade civil organizada.

( ) É estabelecida pelo Governo ao criar um fluxo informativo e comunicativo com o cidadão.

( ) Estuda e trabalha a análise e a solução de variáveis associadas à comunicação no interior da organização e de seu ambiente externo.

( ) Caracteriza-se por formas e práticas de comunicação desenvolvidas pela sociedade e pelos membros do terceiro setor, também sendo denominada como
Comunicação Comunitária.

( ) Nesta forma, utilizam-se instrumentos e técnicas da comunicação para a expressão pública de ideias, crenças e posicionamentos jurídicos.

a) 1 – 3 – 4 – 2.
b) 2 – 1 – 4 – 3.
c) 3 – 4 – 1 – 2.
d) 4 – 1 – 2 – 3.
e) 2 – 3 – 4 – 1.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/529819

Questão 350: Instituto AOCP - RP (UFFS)/UFFS/2016


Assunto:
O conceito positivo de uma organização frente à opinião pública é primordial para seu sucesso e para sua legitimidade perante seus públicos de interesse. Porém essa
legitimidade só é conquistada na medida que a organização atende os interesses coletivos, o que só se torna possível quando os canais de comunicação mantidos por ela
são eficazes.

Nesse sentido, qual forma de comunicação atende essa necessidade estratégica de “servir ao interesse público”?

a) Comunicação política.
b) Comunicação social.
c) Comunicação organizacional.
d) Comunicação estratégica.
e) Comunicação interna.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/529823

Questão 351: Instituto AOCP - RP (UFFS)/UFFS/2016


Assunto:
Dentro da área de Relações Públicas, em uma organização, antes da realização do planejamento, é aconselhável realizar uma análise situacional. Sobre esse processo, é
correto afirmar que

a) o diagnóstico organizacional, dentro das relações públicas, prevê a avaliação estratégica e deve ser realizado exclusivamente por uma empresa especializada.
b) o diagnóstico empresarial em Relações Públicas pode ser definido como o levantamento e análise do desempenho da organização e é usado apenas para facilitar
suas decisões.
c) em linhas gerais o diagnóstico organizacional, para a área de relações públicas, também pode ser chamado de mapeamento e atua como uma investigação das
relações existentes entre as organizações e seus públicos-alvo.
d) dentro do diagnóstico situacional a análise de SWOT é a única ferramenta que traz dados precisos sobre a organização.
e) para se realizar um diagnóstico organizacional eficiente a entrevista com funcionários é mais importante que a análise documental.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/529832

Questão 352: FEPESE - Jorn (CM São José)/CM São José/2016


Assunto:
Nilson Lage, em seu livro “Estrutura da notícia”, aponta três fases sucessivas no processo de elaboração de uma notícia. Quais são elas?

a) Escolha dos eventos, levantamento de dados, apuração.


b) Eleição do tema, escolha de fontes, definição do lead.
c) Entrevista com fontes, ordenação dos fatos, escolha do lead.
d) Seleção dos eventos, ordenação dos eventos, nomeação.
e) Definição do lead, seleção de dados, inscrição das fontes.

Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/533113

Questão 353: FEPESE - Jorn (CM São José)/CM São José/2016


Assunto:
O jornalismo contemporâneo, seja escrito, radiofônico ou televisual, comporta uma grande variedade de modelos de reportagem. Em seu livro “Técnica de reportagem”,
Muniz Sodré e Maria Helena Ferrari apresentam três modelos fundamentais. Quais são eles?

a) De fatos, de ação e documental.


b) Factual, dialético e performativo.
c) Narrativo, descritivo e informativo.
d) De fatos, de dados e interpretativo.
e) De fatos, de opinião e de interpretação.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/533114

Questão 354: FEPESE - Jorn (CM São José)/CM São José/2016


Assunto:
Qual das afirmações abaixo define o que é a apuração no jornalismo?

a) Abertura de matéria impressa, digital ou televisiva, após investigação dos fatos relacionados a um acontecimento.
b) Organização eletrônica de arquivos, com acesso a partir de terminais próximos ou a longa distância.
c) Levantamento, documental e por entrevista, dos dados de uma notícia ou reportagem.
d) Organização dos dados obtidos a partir da investigação junto às fontes e aos arquivos.
e) Fase final da produção de uma notícia para telejornal, a partir do material coletado pelas equipes.

Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/533123

Questão 355: FEPESE - Jorn (CM São José)/CM São José/2016


Assunto:
Qual dos seguintes gêneros textuais do jornalismo designa o texto que recorre ao tratamento artístico para ultrapassar o que se deduz racionalmente dos fatos?

a) Artigo
b) Crônica
c) Editorial
d) Soft news
e) Briefing
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/533125

Questão 356: INAZ do Pará - Jorn (CREFITO 12)/CREFITO 12/2016


Assunto:
Em uma reportagem televisiva, como é chamado um trecho de entrevista escolhido pela edição?

a) Passagem
b) Sonora
c) Off
d) Teaser
e) Standup
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/549755

Questão 357: INAZ do Pará - Jorn (CREFITO 12)/CREFITO 12/2016


Assunto:
Há vários tipos de textos opinativos no jornalismo. Entre os tipos de textos opinativos abaixo, qual representa a posição do órgão de comunicação?

a) Crônica
b) Editorial
c) Carta do Leitor
d) Coluna
e) Resenha
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/549759

Questão 358: INAZ do Pará - Ass Co (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
Saber o deadline de cada redação é muito importante na relação assessor de Comunicação x Mídia. No que consiste o deadline?

a) Na linha editorial da redação.


b) No tempo limite para finalizar uma edição.
c) Na linha de trabalho da redação, levando apenas em consideração o estilo de texto.
d) Nas reportagens que não são de interesse de cada veículo.
e) No tempo de duração de cada telejornal.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554716

Questão 359: INAZ do Pará - Ass Co (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
O Media trainingé um processo muito utilizado pelas assessorias de Comunicação, principalmente para que os assessorados saibam se posicionar diante de uma
entrevista. Neste sentido, o que é importante não destacar para o assessorado?

a) Saber diferenciar as características de cada veículo de comunicação.


b) Ser claro e objetivo.
c) Estar munido de todas as informações possíveis sobre o assunto que será abordado na entrevista.
d) Tentar combinar antes o que será perguntado para evitar assuntos polêmicos.
e) Não fugir de perguntas, principalmente as polêmicas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554717

Questão 360: INAZ do Pará - Ass Co (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
A Teoria do Newsmaking trata sobre a divulgação de notícias pelo Jornalismo e começou por estudos feitos pelo psicólogo alemão Kurt Lewin, em 1947. Esta teoria tem
como base a ideia de que:

a) É semelhante à Teoria do Espelho ao acreditar que as notícias são reflexos da realidade.


b) As notícias não são reflexos da sociedade e o jornalismo é uma construção da realidade.
c) A elaboração de notícias não tem relação com a rotina de produção das empresas.
d) A elaboração de notícias tem pouca relação com a rotina de produção das empresas e o jornalismo não é uma construção da realidade.
e) O jornalismo é um reflexo da realidade e agenda os assuntos que serão divulgados, de acordo com o interesse público.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554718

Questão 361: INAZ do Pará - Ass Co (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
Muitos estudiosos citam como uma das vantagens do jornalismo on-line ou webjornalismo, a utilização do hipertexto. No que consiste o hipertexto?

a) O texto produzido de forma simples e direta.


b) O texto escrito para ser lido de forma linear, sem a necessidade ou possibilidade de acessar outros textos.
c) Um texto conciso adaptado ao jornalismo on-line, semelhante ao utilizado no rádiojornalismo.
d) Um texto de telejornalismo adaptado para o jornalismo on-line.
e) O texto combinado com imagens, sons ou vídeos que podem ser acessados por meio de links.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554721

Questão 362: INAZ do Pará - Ass Co (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
Seu assessorado está prestes a lançar um serviço que pode se tornar notícia para os telejornais. Diante dessa sugestão de pauta, o que o assessor não deve fazer?

a) Produzir um texto como sugestão de pauta e enviar para a imprensa.


b) Preparar o assessorado para entrevista direcionada à televisão.
c) Encaminhar sugestão de pauta sem se preocupar com indicações de locais que possam servir de imagens para a reportagem.
d) Entrar em contato diretamente com os jornalistas para divulgar a importância da pauta.
e) Marcar uma entrevista coletiva para apresentar o serviço.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554723

Questão 363: INAZ do Pará - Jorn (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
A objetividade jornalística é alvo de muitas críticas por estudiosos do Jornalismo, mas ainda é um conceito difundido na área acadêmica. Sobre este conceito, é correto
afirmar que uma das características da objetividade jornalística é:

a) Relatar algumas informações apuradas, não levando em consideração a imparcialidade.


b) Ser fiel e publicar os fatos apurados.
c) Divulgar o posicionamento de algumas partes envolvidas na notícia, dando ênfase às fontes mais importantes.
d) Publicar apenas o que achar relevante, omitindo algumas informações.
e) Produzir um texto jornalístico, mesclando opiniões e fatos apurados.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554813

Questão 364: INAZ do Pará - Jorn (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
Hoje em dia, as redes sociais exercem influência sobre os assuntos divulgados pela mídia. Na década de 1970, os pesquisadores norte-americanos Maxwell McCombs e
Donald Shaw elaboraram teoria do agendamento, que trata sobre a determinação de assuntos na mídia. De acordo com esta teoria, é correto afirmar que:

a) A opinião pública escolhe os assuntos abordados na mídia.


b) A mídia determina os assuntos que serão divulgados para a opinião pública.
c) Os assuntos são publicados apenas conforme o período do ano.
d) Não há definição sobre qual instituição define as pautas.
e) Mídia e a população têm o mesmo peso na escolha dos assuntos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554818

Questão 365: INAZ do Pará - Jorn (CM Santarém)/CM Santarém (PA)/2016


Assunto:
Discute-se muito, no Brasil, a importância da função social do jornalismo, num momento em que as empresas jornalísticas precisam de verbas publicitárias para se
manter financeiramente. Sobre a função social do jornalismo, o que é mais correto afirmar?

a) Trata-se apenas de divulgar as notícias.


b) Informa notícias, com base nos interesses privados.
c) Divulga assuntos que não necessariamente sejam de interesse público.
d) Divulga com responsabilidade as informações de interesse da sociedade, trazendo reflexões e despertando o senso crítico.
e) Divulga com responsabilidade as informações da sociedade, de forma parcial.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/554821

Questão 366: IDECAN - Tec NS (UERN)/UERN/Jornalista/2016


Assunto:
Recentemente, saíram leis que influem no funcionamento dos meios de comunicação e nas práticas profissionais dos jornalistas. São elas:

a) As que impedem o monopólio nacional ou estadual de empresas jornalísticas.


b) As que impedem que os políticos sejam donos de empresas de rádio e televisão.
c) As que regulamentam o direito de resposta, previsto na Constituição de 1988, e a que cria o Marco Civil da Internet.
d) O direito de resposta e a proibição de tornar públicas conversas telefônicas ou a troca de mensagens nas redes sociais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/598871

Questão 367: COPESE-UFT - Entre (Pref Guaraí)/Pref Guaraí/2016


Assunto:
Analise as afirmativas sobre os importantes conceitos para realização da entrevista do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

I. Família é a unidade nuclear, composta por um ou mais indivíduos, eventualmente ampliada por outros indivíduos que contribuam para o rendimento ou tenham
suas despesas atendidas por aquela unidade familiar, todos moradores de um mesmo domicílio.

II. Morador é a pessoa que tem o domicílio como local habitual de residência e nele reside na data da entrevista.

III. Responsável pela Unidade Familiar (RF) é um dos componentes da família e morador do domicílio, com idade mínima de 16 anos, e, preferencialmente, do
sexo feminino.

Marque a alternativa CORRETA.

a) Apenas a afirmativa I está correta.


b) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
c) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
d) Todas as afirmativas estão corretas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/606126

Questão 368: COPESE-UFT - Entre (Pref Guaraí)/Pref Guaraí/2016


Assunto:
Para o maior sucesso de uma entrevista, devem-se considerar algumas normas no contato inicial. Sobre esse momento da entrevista, marque a opção INCORRETA.

a) Desde o início, deve-se estabelecer uma abordagem amistosa e explicativa.


b) É importante obter e estabelecer a confiança e assegurar o caráter de confidencialidade das informações.
c) Deve-se criar um ambiente que leve o entrevistado a ficar à vontade e falar naturalmente sendo, por isso, indicado inclusive o uso de brincadeiras e piadas leves.
d) Rapport
é a expressão usada para indicar a atmosfera de cordialidade e confiança à comunicação a ser mantida na entrevista.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/606128

Questão 369: COPESE-UFT - Entre (Pref Guaraí)/Pref Guaraí/2016


Assunto:
Sobre a técnica de entrevista, marque a opção CORRETA.

a) O pesquisador não pode levar o entrevistado a uma penetração maior em suas experiências ou explorar áreas não previstas no roteiro de perguntas.
b) As perguntas devem ser feitas de acordo com o tipo de entrevista: padronizadas ou não-padronizadas.
c) Deve-se impedir ao informante restringir suas respostas e informações e evitar perguntas que sugiram respostas.
d) Visando manter o clima de cordialidade e conversa, as respostas devem ser anotadas imediatamente após a entrevista.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/606129

Questão 370: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
A redação de uma chamada requer cuidados especiais, pois ela figurará na primeira página do jornal, residindo aí muito de sua importância. NÃO constitui parte de suas
características

a) apresentar informações sobre matéria interna.


b) esgotar o assunto da notícia em poucas linhas.
c) convidar o leitor à leitura da notícia completa.
d) incentivar o leitor a comprar a publicação.
e) valorizar o conteúdo editorial da publicação.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/258993

Questão 371: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
O jornalismo digital ampliou o conteúdo de sua produção, indo muito além do conhecido trinômio utilizado pelo jornalismo impresso: texto, fotos e gráficos. Há uma série
de outros elementos que foram e estão sendo incorporados ao webjornalismo, tais como áudios, vídeos, animações e até informações vindas de e-mails. Isso fez com
que o texto no jornalismo digital deixasse de ser

a) informativo.
b) isento.
c) definitivo.
d) imparcial.
e) analítico.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/258994

Questão 372: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
Entre os vários gêneros jornalísticos, este se caracteriza por ser um texto assinado que reflete a opinião de seu autor ou um determinado ponto de vista. Trata-se

a) da notícia.
b) da suíte.
c) da reportagem.
d) do editorial.
e) do artigo.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/258995

Questão 373: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
Uma entrevista coletiva atrai repórteres de jornais, revistas, rádios, tevês e internet. Sobre o tratamento dispensado aos profissionais dos vários veículos é correto afirmar
que, embora ele tenha de ser igualitário,

a) os integrantes de jornais e revistas devem ser privilegiados, pois são, por excelência, formadores de opinião.
b) os profissionais de rádio e tevê devem receber tratamento diferente, pois preparam o conteúdo da entrevista in-loco.
c) os jornalistas de internet são atendidos antes, pois trabalham praticamente online
.
d) os pertencentes aos grandes veículos devem receber atenção especial, pois dão mais audiência.
e) os membros de pequenos veículos devem se contentar em apenas registrar o evento, sem fazer perguntas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/258999

Questão 374: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
É certo que o que chamamos de opinião pública não nasce por geração espontânea. É provável que muito dessa opinião chamada pública seja construída pelos veículos
de comunicação na seleção e veiculação das notícias. Ao profissional responsável por essa seleção e a essa situação hipotética da-se o nome, respectivamente, de

a) gatekeeper e agenda setting.


b) gatekeeper e Consenso de Washington.
c) copydesk e Consenso de Washington.
d) copydesk e agenda setting.
e) gatekeeper e agenda Washington.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/259007

Questão 375: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
A comunicação pública se refere ao fluxo de informações e de interações entre agentes públicos e atores sociais. Nesse sentido, em atendimento ao interesse público, ela
ocorre

a) de forma restrita na relação entre entidades governamentais e cidadãos.


b) de forma parcialmente restrita entre entidades governamentais e cidadãos.
c) em um composto por entidades governamentais, privadas, do terceiro setor, representativas, imprensa e o cidadão.
d) apenas entre entidades governamentais, com participação esporádica do cidadão recebedor de serviços específicos.
e) no universo restrito entre os poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, suas instâncias de escalões inferiores e o cidadão.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/259014

Questão 376: FCC - Ana (CNMP)/CNMP/Apoio Técnico Especializado/Comunicação Social/2015


Assunto:
A comunicação organizacional integrada é formada por um mix que compreende

a) nível estratégico (executivo), nível tático (gerência) e nível operacional (produção de bens/serviços).
b) relações públicas (comunicação institucional), comunicação interna (ou administrativa) e marketing (comunicação mercadológica).
c) jornalismo (comunicação com o público externo), publicidade (comunicação com o consumidor) e produção editorial (criação e impressão de material de
campanha).
d) plano de comunicação (comunicação institucional), plano de marketing (comunicação mercadológica) e plano de mídia (comunicação da marca).
e) identificação demográfica (comunicação regional), de interesses de colaboradores (comunicação institucional) e expectativas de clientes (comunicação externa).
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/259025

Questão 377: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Na perspectiva da comunicação integrada, assinale a opção que apresenta exemplos de comunicação mercadológica e de comunicação institucional, respectivamente.

a) Propaganda institucional e jornalismo empresarial.


b) Venda pessoal e merchandising .
c) Marketing
cultural e assessoria de imprensa.
d) Marketing
direto e marketing social.
e) Promoção de vendas e feiras de produtos.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280311

Questão 378: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Durante o media training, o profissional de comunicação deve preparar o assessorado para, na relação com os jornalistas,
a) explicitar, sempre que possível, o fato de ser anunciante do veículo noticioso, o que aumentará a chance de publicação de informações favoráveis à empresa.
b) solicitar a leitura da matéria antes da sua publicação, de modo a corrigir eventuais equívocos de informação ou ajustar a angulação do texto.
c) mostrar-se mais solícito com profissionais de TV, atendendo-os primeiro numa coletiva e sempre que possível segurar microfone de modo a esconder a canopla.
d) priorizar as frases de efeito e a linguagem técnica em detrimento dos dados concretos, de modo a demonstrar sua erudição e estabelecer a distância necessária
em relação ao repórter.
e) olhar diretamente para o entrevistador para aumentar a sensação de confiabilidade, a exceção da entrevista para TV, quando o olhar deve ser dirigido para as
câmeras, para estabelecer empatia com o telespectador.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280326
Questão 379: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015
Assunto:
O uso de microcâmeras escondidas para realização de reportagens televisivas não é um recurso novo, mas ainda suscita discussões.

Para que seu uso esteja de acordo com a ética jornalística é necessário que

a) o Ministério Público tenha autorizado a gravação das imagens que serão posteriormente usadas como parte do processo penal a ser aberto pela empresa
jornalística.
b) o personagem gravado esteja em situação criminosa de flagrante delito e que a polícia tenha sido previamente avisada.
c) o assunto da reportagem seja de interesse público e que, após outras tentativas e avaliações, essa seja a única maneira de realizar a matéria.
d) seja usada apenas para gravar cenas privadas de pessoas públicas, pois o cotidiano das celebridades é de interesse público.
e) seja autorizada pelas chefias de reportagem como recurso para obtenção de informações exclusivas ligadas a quaisquer temas capazes de alavancar a audiência.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280327

Questão 380: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Em relação ao conceito de comunicação pública, em uma perspectiva contemporânea, analise as afirmativas a seguir.

I. Exige a participação da sociedade e de seus segmentos apenas como receptores da comunicação do governo e de seus poderes institucionalizados.

II. Pode ser entendida como um processo que se instaura na esfera pública entre Estado, Governo e Sociedade para ser um espaço privilegiado de negociação
entre os interesses de várias instâncias de poder constitutivas da vida pública do país.

III. Restringe-se à informação veiculada pelos meios estatais de comunicação em oposição à iniciativa privada e aos grandes conglomerados globais de mídia.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280328

Questão 381: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
A partir do agendamento de uma entrevista exclusiva com um repórter de TV na sede da empresa, o assessor de imprensa deve orientar seu assessorado sobre como se
comportar em tal ocasião.

As opções a seguir apresentam algumas dessas orientações, à exceção de uma. Assinale-a.


a) Priorize o uso de frases curtas e simples nas respostas.
b) Escolha o local da entrevista de modo a evitar ambientes visualmente poluídos.
c) Use roupas com cores vibrantes e acessórios chamativos para se destacar no vídeo.
d) Demonstre tranquilidade na condução objetiva das respostas.
e) Cite o nome da empresa ou do produto, de modo discreto, sempre que cabível.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280333

Questão 382: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Na entrevista radiofônica, quando se está no ar, espera-se que o entrevistador

a) dê sinais curtos de aprovação para o entrevistado, tais como “ hãhã”, “mmm”, “sim
”.
b) repita o nome do entrevistado em momentos diferentes da entrevista quando esta for muito longa, de modo a situar o ouvinte.
c) pergunte o nome do entrevistado, bem como a pronúncia correta, como forma de quebrar o gelo.
d) faça perguntas genéricas, começando sempre com “ o que o senhor(a) acha de....” ou “como o senhor (a) vê
...”, para dar mais liberdade ao entrevistado.
e) estenda o tempo da entrevista, mesmo que o entrevistado não tenha a informação desejada, como forma de cumprir o roteiro de perguntas previamente
estabelecido.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280338

Questão 383: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
A coletiva é um gênero de entrevista bastante utilizado pelas assessorias de imprensa porque

a) transcorre em tom de conversa e dá oportunidade a cada jornalista de esgotar os seus questionamentos.


b) estimula o diálogo através de réplicas e tréplicas por parte dos repórteres.
c) proporciona o atendimento simultâneo a diversos jornalistas fornecendo informações exclusivas para cada um deles.
d) o comando da sistemática da entrevista fica frequentemente por conta do entrevistado e de sua assessoria.
e) os jornalistas sentem-se constrangidos em meio aos colegas e restringem-se a perguntas acessórias.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280339

Questão 384: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Assinale a opção que indica exemplos de textos opinativos em rádio, genericamente chamados de comentários.
a) Off e passagem.
b) Notícia e sonora.
c) Manchete e abertura.
d) Suite e crônica.
e) Editorial e crítica.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280341

Questão 385: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Sobre as crises de imagem, analise as afirmativas a seguir.

I. No gerenciamento de crises deve-se considerar a velocidade da comunicação e a diversidade de canais por meio dos quais a informação se propaga, por isso a
empresa deve ser cada vez mais ágil em tomar a frente de processo de fornecimento de informações de interesse público.

II. A divulgação de qualquer problema de uma empresa caracteriza imediatamente uma crise de imagem, que além de inevitável, mesmo sendo bem
administrada, causará perdas irrecuperáveis na relação da companhia com a opinião pública.

III. O comitê de gerenciamento de crise trabalha para minimizar o estrago na reputação da empresa, identificandoe punindo imediatamente o responsável pelo
vazamento da informação geradora da crise e movendo processos judiciais contra os jornalistas que a divulgaram.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280349

Questão 386: FGV - Anal (DPE MT)/DPE MT/Jornalista/2015


Assunto:
Sobre a Comunicação Pública, analise o fragmento a seguir.

“O uso da expressão está associado ao esforço de _____a vida das pessoas pela comunicação. Para conseguir isso, os instrumentos de _____ são usados a partir da
perspectiva _____ em sua plenitude e não apenas em suas faces de consumidor, leitor, usuário. Praticar comunicação pública implica assumir o espírito público e
privilegiar o interesse _____em detrimento de perspectivas pessoais e corporativas.”
Assinale a opção que completa corretamenteas lacunas do fragmento acima.

a) beneficiar – controle – da comunidade – governamental


b) estimular – convencimento – da sociedade – empresarial
c) influenciar – informação – da comunidade – econômico
d) controlar – divulgação – do indivíduo – comunitário
e) melhorar – comunicação – do cidadão – coletivo
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280352

Questão 387: CESPE - APF (DEPEN)/DEPEN/Área 2/2015


Assunto:
Com relação ao gênero digital representado na figura, julgue o item que se segue.

O gênero digital apresentado caracteriza-se como um espaço de debates acerca das opiniões de escritor e leitor. Além disso, no exemplo fornecido, tais discussões podem
ser compartilhadas e ampliadas por meio de redes sociais das quais o leitor faça parte.

Certo
Errado
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/280582

Questão 388: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
A estratégia de comunicação da sociedade civil organizada pode ser chamada de comunicação:

a) social;
b) mercadológica;
c) pública;
d) persuasiva;
e) interativa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284830

Questão 389: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
Determinado político foi convidado a participar ao vivo de um programa de auditório num canal aberto de televisão. O apresentador conduziu a entrevista e optou pelo
viés do entretenimento: a participação do político era entremeada com apresentações de grupos musicais, piadas e análise da conjuntura política e econômica do país.
Desse modo, é correto afirmar que a política convertida em espetáculo acarreta a manutenção do status quo
, uma vez que:

a) a outorga para operação de um canal aberto de televisão tem como contrapartida a veiculação de propaganda partidária disfarçada de entretenimento;
b) o enquadramento de assuntos em linguagem de mídia de massa promove a distração do público;
c) osaparelhos ideológicos de Estado , na definição de Althusser, são instrumentos para o exercício pleno da democracia;
d) o marketing eleitoral, num jogo de relações de interdependência, transforma todo político em celebridade e toda celebridade em potencial candidato político;
e) osaparelhos repressivos de Estado mascaram suas estratégias de dominação por intermédio da programação televisiva.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284844

Questão 390: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
Uma celebridade esportiva foi convidada por uma revista nacional de grande circulação para uma exclusiva, com direito à chamada na capa da publicação. No entanto, o
esportista exigiu que seu assessor de comunicação tivesse acesso ao texto final que seria publicado cabendo, a esse profissional, o direito de suprimir trechos que
julgasse “prejudiciais” à imagem da celebridade. Ao ceder às exigências, a revista:

a) errou, pois o leitor recebeu material editorial de tez sensacionalista;


b) errou, pois o valor intrínseco dos fatos e, consequentemente da publicação, foram maculados;
c) acertou, pois o retorno em circulação justifica a perda de autonomia editorial;
d) nem acertou tampouco errou, pois não cabe juízo de valor em ações de marketing;
e) acertou, pois o relacionamento entre a empresa jornalística e as fontes de informação é de confiança.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284845

Questão 391: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
O Brasil veio a conhecer a atividade de impressão relativamente tarde em relação a outros países do continente. Por aqui, ela aportou sob o manto da coroa portuguesa,
em 1808, por intermédio da Imprensa Régia. Antes disso a metrópole portuguesa reprimira qualquer tentativa de se estabelecer algum maquinário de impressão. Com
relação a esse período histórico, é correto afirmar que:

a) a Gazeta do Rio de Janeiro apresentava linha editorial favorável ao governo imperial e, por esse motivo, enfrentou, logo no primeiro ano de sua fundação, a
concorrência de pasquins;
b) o Correio Braziliense recebia aporte financeiro de Napoleão Bonaparte para ser impresso e distribuído clandestinamente no Brasil;
c) o Correio Braziliense se destacou, entre outros motivos, pelo pioneirismo, ao publicar imagens por intermédio da técnica da litografia;
d) três meses antes da Gazeta do Rio de Janeiro, o Correio Braziliense circulava em território nacional, com periodicidade quinzenal e cerca de 20 páginas por edição;
e) o Correio Braziliense, de propriedade de Hipólito da Costa, continha seções como Política, Artes, Literatura e Ciências, entre outras.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284848

Questão 392: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
O presidente de uma empresa estatal considerou oportuna a publicação de um artigo assinado por ele em um jornal de circulação regional. O assessor de imprensa
sugeriu, então, um determinado tipo de release a fim de tentar a veiculação daquele texto como espaço editorial, uma vez que a compra de espaço publicitário era
inviável face ao contingenciamento de verbas. O material enviado, portanto, para a seção opinativa do jornal é o release:

a) padrão;
b) dirigido;
c) opinião;
d) especial;
e) artigo.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284852

Questão 393: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
Três revistas de grande circulação nacional e histórico de relacionamento positivo com a assessoria de imprensa solicitaram exclusividade na entrevista com o Ministro da
Educação. O assessor de imprensa informou a todos que o Ministro, por um problema de agenda, disporia de apenas 30 minutos para atender às solicitações. O encontro
deveria ocorrer, portanto, numa mesma data e local. Desse modo, para atender à solicitação das revistas e conciliar a atividade com a agenda, o mais recomendado é:

a) selecionar apenas uma das revistas para realização da entrevista exclusiva de 30 minutos;
b) realizar pool de imprensa com 30 minutos de duração e acesso restrito apenas às três revistas;
c) conceder entrevista exclusiva de 10 minutos para cada uma das três revistas;
d) disponibilizar áudio com a fala do ministro, com 30 minutos de duração, para as revistas solicitantes;
e) organizar conferência de imprensa, com 30 minutos de duração, sem a presença das três revistas.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284853

Questão 394: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
Danos irreparáveis à imagem de pessoas ou instituições podem ser causados pela prática de um tipo de jornalismo torpe, que avilta a ética jornalística. Devido à política
editorial que o norteia, é flagrante a falta de rigor na metodologia científica de pesquisa. Matérias prontas antes de serem apuradas, roteiros de entrevista contendo as
declarações que precisam ser extraídas das fontes e frases fora do contexto para conferir tom histriônico à reportagem são apenas alguns exemplos da prática desse
modelo de jornalismo.

A partir das considerações acima, é correto inferir que:

a) liberdade de expressão e liberdade de imprensa são álibis para a prática do jornalismo denunciatório de viés sensacionalista;
b) a concorrência acirrada entre as empresas jornalísticas e a necessidade de diferenciar-se justificam o modelo jornalístico voltado para novos padrões de consumo;
c) o marketing da notícia assegurou às empresas jornalísticas ganhos na circulação e/ou audiência ao valorizar o enquadramento da notícia espetacularizada;
d) esse padrão noticioso atende à lógica da inclusão social proporcionada pela distribuição de renda e formação de uma nova classe média;
e) o modelo paradigmático de jornalismo, de acordo com a lógica de mercado de consumo, é oferecer um produto popular, com destacada qualidade técnica e
excelente retorno financeiro.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284855

Questão 395: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
A coordenação de jornalismo de uma emissora de rádio do gênero talk and news
decidiu veicular, em comemoração ao aniversário de fundação da cidade, um programa
especial ao vivo. A transmissão e realização do programa acontecerão na principal praça pública. Caberá ao produtor do programa:

a) obter autorização das autoridades competentes para realização do evento; operar unidade móvel para transmissão externa e disponibilizar todos os equipamentos
necessários;
b) solicitar apoio técnico e logístico para a transmissão; convocar os recursos humanos envolvidos no programa a ser realizado;
c) requerer repórteres e locutores para o programa ao vivo; editar e montar o programa, sempre de acordo com a linha editorial da emissora;
d) selecionar as trilhas musicais para o programa especial e elaborar as vinhetas; prospectar possíveis anunciantes para patrocinar o programa especial;
e) zelar pela plástica do programa especial em consonância com a linha editorial da emissora; realizar entrevistas e reportagens ao vivo para o programa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284857

Questão 396: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
A assessoria de imprensa de uma empresa do setor alimentício monitorou as redes sociais e apurou críticas sobre a qualidade de um dos produtos comercializados.
Segundo depoimentos dos consumidores, a qualidade teria caído a partir do momento em que o principal fornecedor de matéria-prima foi substituído. Para evitar que as
críticas maculem a marca da empresa, é fundamental gerenciar a crise de imagem. Para tanto, os procedimentos recomendados pressupõem:

a) implementar uma gestão de comunicação low profile;


b) eleger a rede social como plataforma midiática exclusiva de enfrentamento;
c) outorgar o gerenciamento a empresas terceirizadas;
d) assumir o comando da dinâmica das informações;
e) contratar celebridade midiática para representar a empresa.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284858

Questão 397: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
O propósito precípuo do Jornalismo Público por vezes é distorcido, de modo que é necessário posicionar corretamente o compromisso e a natureza desse gênero de
atividade. Daí se infere que os parâmetros que norteiam o jornalismo público o afastam do jornalismo Estatal, pois a natureza do processo jornalístico:

a) obedece a uma dinâmica própria, autônoma e independente que tem como meta a defesa do interesse público e a promoção da cidadania;
b) nos moldes de produção do sistema capitalista, atende a uma dinâmica que objetiva fiscalizar o Estado e os agentes públicos;
c) prioriza os interesses coletivos, com subsídio público ou privado, sem conflitos de interesse;
d) resguarda os países democráticos da interferência do Estado na difusão da informação;
e) propugna pela transparência nas relações público-privadas, uma vez que independe das verbas publicitárias governamentais.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284859

Questão 398: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
A assessoria de comunicação de uma empresa varejista aposta em redes sociais para fidelização dos clientes. Dessa forma, as plataformas mais utilizadas são o e twitter
o instagram. Para manter os consumidores e/ou reforçar a marca, as postagens fazem uso das hashtags
. Dentre as recomendações para uso eficaz desse mecanismo
destaca-se:

a) a utilização dehashtags mais utilizadas pelos usuários, ainda que sem relação direta com a empresa;
b) a pesquisa da hashtag mais apropriada para cada rede social;
c) a criação de hashtags para despertar a curiosidade dos consumidores;
d) a relativização das hashtags de conteúdo em prol da originalidade nas postagens;
e) a utilização de apenas uma hashtag por postagem a fim de não distrair o consumidor.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284862

Questão 399: FGV - ADP (DPE RO)/DPE RO/Analista em Comunicação Social - Jornalismo/2015
Assunto:
Um grande evento de moda foi realizado em 2008 numa capital brasileira. Fechado ao público em geral, apenas pessoas do meio e a imprensa tinham acesso aos
desfiles. Para obter credenciamento era necessário preencher uma ficha online, disponível no hotsite
. A assessoria de imprensa responsável pela organização informava
ainda que era imprescindível anexar o diploma de conclusão do curso de jornalismo. Imaginemos a situação hipotética na qual um indivíduo, para atender a exigência
acima mencionada, teria forjado um diploma a fim de se passar por jornalista. Ao agir dessa maneira, ele estaria sujeito a responder por crime de:

a) lesa pátria;
b) estelionato;
c) fraude processual;
d) apropriação indébita;
e) concussão.
Esta questão não possui comentário do professor no site. www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/284863
Gabarito
200) Certo 201) D 202) E 203) C 204) D 205) E 206) B
207) D 208) B 209) E 210) C 211) E 212) D 213) C
214) B 215) D 216) D 217) A 218) B 219) B 220) D
221) B 222) C 223) B 224) D 225) B 226) D 227) C
228) C 229) Certo 230) Certo 231) Errado 232) Errado 233) Errado 234) Certo
235) Errado 236) Certo 237) Certo 238) Errado 239) Certo 240) Certo 241) Errado
242) Certo 243) E 244) C 245) E 246) B 247) E 248) E
249) E 250) E 251) E 252) E 253) B 254) B 255) D
256) D 257) A 258) A 259) D 260) C 261) B 262) C
263) B 264) C 265) E 266) B 267) B 268) A 269) A
270) B 271) C 272) E 273) A 274) C 275) C 276) B
277) B 278) A 279) D 280) B 281) B 282) A 283) C
284) B 285) C 286) B 287) C 288) D 289) B 290) C
291) A 292) C 293) D 294) E 295) B 296) B 297) D
298) C 299) D 300) E 301) A 302) A 303) E 304) E
305) B 306) B 307) E 308) A 309) C 310) E 311) A
312) E 313) B 314) A 315) D 316) C 317) D 318) D
319) C 320) A 321) C 322) B 323) D 324) B 325) C
326) C 327) C 328) B 329) B 330) A 331) B 332) A
333) A 334) A 335) C 336) E 337) D 338) D 339) A
340) D 341) C 342) A 343) C 344) B 345) D 346) C
347) E 348) D 349) B 350) C 351) C 352) D 353) A
354) C 355) B 356) B 357) B 358) B 359) D 360) B
361) E 362) C 363) B 364) B 365) D 366) C 367) D
368) C 369) B 370) B 371) C 372) E 373) B 374) A
375) C 376) B 377) D 378) E 379) C 380) B 381) C
382) B 383) D 384) E 385) A 386) E 387) Certo 388) C
389) B 390) B 391) E 392) E 393) C 394) C 395) B
396) D 397) A 398) B 399) B