Você está na página 1de 10

AUTO da arrematação dos Dízimos Reais da capitania do Rio Grande (1723).

Fundo documental
do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte. s/nº de caixa.

[fl. 1] DSC 04441

1. Centoz mil Reis e pello terceyro dous mil Cruzados, de que o lansou
2. tãobem por ser com as mesmas condissois com que lançou
3. Francisco Pita lhe não foi aseito com o mesmo Pareser do dito
4. Capitão mor e pella Larga espera da satisfação dos filhos da folha
5. e despesas precisas e necessarias sendo tãobem incito o lanso
6. sem aver acrescimo suficiente na Real fazenda Com as taes
7. Condissois; e por passar munto de meya noite deferio digo, e
8. não haver lanssadores, deferio o dito Provedor a tal aRe-
9. matassão pera o dia doze do Corrente mes, pera que há
10. vendo milhoramento no lanço dos coatrosentos e sin-
11. coenta mil Reis conveniente se aRematar por hum
12. anno somente na forma dos editaes, e forma deste
13. auto e logo mandou ao Meyrinho Diogo de Mello de
14. Albuquerque noteficasse aoz lançadores Contheudos
15. neste auto que no nal dia consignados se achara prezentes
16. e de tudo fis este auto em que assignou o dito Prove-
17. dor Almoxarife, e mais oficiais da fazenda e Porteyro que
18. o fes de huma Crus por não saber ler nem escrever e o Coronel
19. Bento Correa da Costa e Eu Estevão Velho de Mello es-
20. Crivão que o escrevy.
21. Visente Dias de Novoa
22. Soares
23. Diogo de mello de Albuquerque
24. Bento Correa da Costa
25. Davi Rodriguez de oliveira
26. Crus † de Manoel Alvres

[Inserção moderna, ao lado esquerdo do texto] 1723 – arrematação de dízimos reais

[fl. 1 verso] DSC 04442

1. Auto de ARematação afinal dos Dizimos Reais


2. desta Capitania do Rio Grande este Anno de 1723
3. para 1724
4. Anno do nascimento do Nosso Senhor Jezus Christo de mil e setecentoz e vinte
5. e tres annos aoz doze dias do mes de septembro do dito Anno nesta Cidade do Natal
6. Capitatania do Rio Grande na praça della nas Cazas do Armazem onde esta em
7. estillo Remataremce as rendas reais por não aver Caza de Contoz estando
8. a meza armada em prezença do Provedor da fazenda Real Jozeph So
9. ares e do Almoxarife della o Alferes Vicente Dias da Novoa e do Meyrinho
10. Diogo de Mello de Albuquerque e o Escrivão da Sua vara David Rodriguez de oliveira
11. e de mim escrivão da fazenda Real ao diante nomeado, Mandou o dito
12. Provedor a Manoel Alvres que serve de Porteyro pello não haver do Conselho
13. apregoasse o lanço de quatrocentos e sinquenta mil Reis que pellos Dizimos
14. desta Capitania havia lanssado o Alferes Tenente Francisco Antunez
15. Vieyra, como constava do Auto atras a folhas 28 por ser hoje o dia pera o qual
16. havia ficado deferida a Rematassão pellas circunstancias no dito Auto de
17. claradas, o que o dito Porteyro dano Comprimento, com hum Ramo verde
18. na mão em alta e emtelegivel vos comessou dizendo quatrocentoz
19. e sincoenta mil rs me dão pellos Dizimos Reais desta Capitania do Rio grande
20. há quem mais dê venhasse a mim Receberey seu lanço que hoje se aRe-
21. mata. E Logo lansou em meza Francisco Pita da Rocha Brandão
22. pellos Dizimos Reais desta Capitania pello digo por este Anno prezente
23. seiscentos mil Reis, e pello segundo novecentos mil Reis e pello ter-
24. ceyro hum conto de Reis, com condição de pagar a vista as propinas
25. deste primeyro Anno e as mais em cada hum anno no mes de Agosto
26. e não pagar aos filhos da folha senão no segundo Anno de Sua aRe-
27. matassão na forma que se tem observado desde a aRemata-
28. ção do Capitão Manoel Ferreira Machado athe o prezente, e depois
29. de pagos os filhos da folha nos ditos tres annos socecivos que
30. são o de cetecentos e vinte e sinco, o de cetecentos e vinte
31. e seis, e o de setecentos e vinte e sete correr a espera livre
32. no de cetecentos e vinte e oito, vinte e nove e trinta e
33. no de setecentos e trinta e hum pagar o Resto de Sua aRe-
34. matassão como setem observado a quarteis. E pello [dito]
35. Provedor foi dito que Corresse o lanço pera que havendo tal acre-
36. cimo nas suas rendas a vista das condissois [corroído] se conhesia

[fl. 2] DSC 04444

[Inserção moderna, acima do texto] 1723 e 1724 – Dizimos da Capitania

[À margem esquerda] 1724

1. Auto de ARematasão final dos Dizimos


2. desta Capitania do Rio grande este anno de 1723
3. que acaba em 1724
4. Anno do nascimento do Nosso Senhor Jezus Christo de mil e setecentos
5. e vinte e tres annos aoz oito dias do mes de septembro do dito Anno
6. nesta Cidade do Natal Capitania do Rio grande na praça della em a caza
7. do Armazem pella não haver de Contos onde este em estillo Rematamce
8. as Rendas Reais estando a meza armada Em prezença do Provedor da fa-
9. zenda Real Jozeph Soares e do Almoxarife della o Alferes Vicente
10. Dias da Novoa Meyrinho e escrivão de sua vara Diodo de Mello de Al-
11. buquerque e David Rodriguez de oliveira E de min Escrivão ao diante nomeado
12. mandou o dito Provedor ao Porteyro Manoel Alvres troucesse em pregão os
13. Dizimos Reais desta dita Capitania pera que avendo lanço Conveniente
14. se Rematarem afinal a quem por elles mais desse por haver chegado
15. o Alvará de confirmação da Provedoria mor do Estado que se acha registrada
16. no livro 7º desta Provedoria a folhas 112 Cuja aRematação se a de fazer na for-
17. ma do Edital Registrado no dito livro a folhas 113 que comtem as condissoes seguintes:
18. Rematarce por hum anno Com tres de espera livres depois de pagoz
19. os filhos da folha e despezas precizas e necessarias pera no fim delles
20. no Anno seguinte se pagar o Resto que se dever dos ditos Contratos sendo
21. a satisfação doz filhos da folha e despezas precizas neste mesmo da aRema-
22. tassão pagandosse huma e outra Couza a quarteis tudo na forma das
23. ordens de Sua Magestade que DEUS guarde e estillo observado visto que por
24. Cauza da Vigoroza Seca senão poder dar comprimento a nova ordem
25. do dito Senhor de trinta de Março do Anno proximo passado de
26. mil cetecentos e vinte e dous Registrada nesta Provedoria em dito
27. livro a folhas 103 verso pella qual foi servido ordenar se Rematassem
28. em quatro Ribeyras separadas Cada huma das Capitanias que
29. pello tal Incomveniente de seca se nã pode observar o pre-
30. zente anno Como Consta de hum termo feito perante o Ca-
31. pitão mor desta Capitania Jozeph Pereyra de Afonseca
32. e officiais do Senado da Camera que se acha Registado em
33. o dito livro a folhas 113 verso a cuja aRematação se anexa o gado
34. do vento sem sem marca, nem signal por expecial ordem

[fl. 2 verso] DSC 04446

1. Ordem de Sua Magestade Registrada nesta Provedoria; e Comessão a Correr


2. os taes Dizimos para o pescado e asucar do primeyro de Agosto pro-
3. ximo passado the o ultimo de Julho do Anno vindouro, e
4. pera o gado, e lavouras do dito Anno vindouro dee mil cetecentos
5. e vinte e quatro, the o ultimo de Dezembro delle na forma ob
6. servada e declarada nos editais que pera esta Rematassam
7. se fixarão o que o dito Porteyro dando em tudo compri
8. mento Com hum Ramo Verde na mão, em alta, e inte
9. legível vos começou a pregoar dizendo, quem quizer lanssar
10. nos Dizimos Reais desta Capitania a que se anexa o gado do vento
11. sem marca, nem signal por hum anno Com tres Livres de espera
12. pera no fim delles pagar o Resto de Sseu Contrato, depois de pagos os filhos
13. da folha E despezas precizas e necessarias no Anno de Sua aRemata-
14. ção Venhasse a min Receberey seu lanço que hoje se aRemata
15. afinal por ser o dia consignado. E logo lanssou o Alferes Tenente
16. Francisco Antunes Meyra por este anno nos Dizimos desta Capi-
17. tania Coatrosentos e sincoenta mil Reis, com o qual
18. lansso lhe foi aseyto, pello dito Provedor e mandou que
19. o Porteyro o apregoasse o que foi satisfeito e logo o lanssou Fran-
20. cisco Pita seiscentos mil Reis pellos dizimos desta Capitania com
21. az Condissoiz seguintes de lhe serem Rematados por tres annos dando
22. o mesmo preço em cada hum e de não pagar dos filhos da folha
23. senão no segundo anno depois do da aRematassão e o resto pagar
24. depois de passados tres annos que vem a ser no quinto anno depois
25. do da dita Rematasão havendo Respeito ao primeyro segundo
26. e terceyro anno Correndo depois de cada hum destes annos
27. sempre o mesmo pretexto que no primeyro pagando as propinas
28. deste anno a vista, e as mais depois em cada hum anno, cujo lan-
29. ço não aseytou o dito Provedor, com parecer do Capitão mor desta
30. Capitania Jozeph Pereyra de Affonceca pello prejuízo que se concidera
31. nos ditos digo na fazenda Real, pellos annos vindouros se esperar
32. serem favoráveis, e rematandosse em cada hum, e na forma da
33. ordem de Sua Magestade as Ribeyras se esperar muito acressimo E logo
34. Lanssou o Coronel Bento Correa da costa pello primeyro anno
35. Coatrosentos mil Reis, e pello segundo outros coatrocentos

[fl. 3] DSC 04447

1. [À margem direita] 19
2. Aos vinte e sinco dias do mes de Agosto de mil e setecentos e vinte
3. e coatro annos neste Citio de Santa Roza, Ribeyra do Apodi termo
4. da Cidade do Natal Capitania do Rio Grande trouce em pregão
5. o porteyro Salvador Soares os Dizimos Reais da dita Ribeyra e
6. gados do vento della no lanço de sento e noventa mil Reis que
7. nelles Lanssou o Coronel Bento Carvalho e Sylva: e não houve
8. neste dia que o milhorace de que fis este termo por fe do dito
9. porteyro em que asignou de hua Crus por não saber ler, nem es-
10. crever. Eu Estevão Velho de Mello Escrivão que o Escrevy
11. Crus  de Salvador Soarez
12. [À margem direita] 20
13. Aoz vinte e seis dias do mes de Agosto de mil e setecentos e vinte
14. e Coatro annos neste Citio de Santa Roza, Ribeyra do Apodi
15. termo da Cidade do Natal Capitania do Rio grande
16. trouce em pregão o porteyro Salvador Soares os Dizimos Reais
17. da dita Ribeyra E gado do vento della no lanço de sento, e
18. noventa mil Reis que Lanssou o Coronel Bento Carvalho
19. e Silva, E não ouve neste dia quem milhorace de que fiz
20. este termo por fê do dito Porteyro que asignou de hua
21. Crus por não Saber ler nem escrever eu Estevão Velho
22. de Mello escrivão que o Escrevy
23. Crus  de Salvador Soarez
24. [À margem direita] ferial
25. Aos vinte e Sete dias do mês de Agosto de mil e ssete
26. centoz e vinte e Coatro annos neste Citio de Santa
27. Roza, Ribeyra do Apodi termo da Cidade do Natal Capi
28. tania do Rio Grande não ouve pregão nos Dizimos Reais
29. e gados de vento da dita Ribeyra por ser dia ferial
30. de que fis este termo pera Constar. Eu Estevão
31. Velho de Mello Escrivão que o Escrevy

[fl. 3 verso] DSC 04448


1. [À margem esquerda] 21
2. Aoz Vinte e oito dias do mes de Agosto de mil e
3. cetecentos e vinte e Coatro annos neste Citio de Santa
4. Roza Ribeyra do Apodi termo da Cidade do Natal
5. Capitania do Rio Grande trouce em pregão o porteiro
6. Salvador Soares oz Dizimos Reais e gado do vento
7. da dita Ribeyra no lanço de sento e noventa mil Reis
8. que lanssou o Coronel Bento Carvalho e Sylva
9. E não ouve neste dia quem milhorace o dito lanço
10. de que fis este termo por fê do dito porteyro que a-
11. signou de hua Crus por não Saber Ler, nem
12. escrever. Eu Estevão Velho de Mello es-
13. Crivão que o Escrevy
14. Crus  de Salvador Soares
15. [À margem esquerda] 22
16. Aos vinte e nove dias do mês de Agosto de mil e setesentoz
17. E vinte e Coatro annos neste Citio da Aldeya de São João do
18. Apodi termo da Cidade do Natal Capitania do Rio Grande
19. pera onde veyo asistir o tribunal da fazenda Real pera
20. nella se aRematarem os Dizimos Reais por se vereficar que
21. o gentio da dita Aldeya oz Indicios que dava de guerra hera
22. Com outro gentio assistente nas Piranhas e sendo
23. ahi trouce em pregão o Porteyro Salvador Soares oz
24. Dizimos Reais e gados do vento da dita Ribeyra no lanço
25. de sento e noventa mil Reis e não ouve quem o milhorace
26. de que fis este termo por fê do dito Porteyro que
27. asignou de hua Crus por não Saber Ler nem Escrever
28. Eu estevão Velho de Mello escrivão da
29. fazenda Real que o Escrevy
30. Crus de Salvador Soares

[fl. 4] DSC 04449

1. [À margem direita] 16
2. Aoz dezacete dias do mes de Janeiro de mil e setecentos e vinte
3. e coatro annos nesta Cidade do Natal Capitania do Rio Grande na praça
4. della trouce em pregão o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais e
5. miunças desta Capitania em o que não ouve Lanço algum de
6. que fis este termo por fê do dito Porteyro que assignou de hua Crus
7. por não Saber Ler nem Escrever: E eu Estevão Velho de Mello
8. Escrivão da fazenda Real que o Escrevy
9. Crus  de Manoel Alvrez
10. [À margem direita] 17
11. Aoz dezoito dias do mes de Janeyro de mil e ssetecentos e vinte
12. e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capitania do Rio Grande na praça
13. della trouce Em pregão o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reaiz
14. E miunças desta dita Capitania em o que não ouve Lanço algum de
15. que fis este termo por fê do dito Porteyro que asignou de hua Cruz
16. por não Saber Ler nem escrever Eu Estevão Velho de Mello es-
17. Crivão da fazenda Real que o Escrevy
18. Crus  de Manoel Alvrez
19. [À margem direita] 18
20. Aoz dezanove dias do mes de Janeyro de mil e ssetecentoz
21. E Vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capita-
22. nia do Rio Grande na praça della trouce em pregão Por-
23. teyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais, E miunças desta
24. dita Capitania Em o que não houve Lanço algum de que
25. fis este termo por fê do dito Porteyro que assignou de
26. hua Crus por não Saber Ler nem escrever Eu Estevão
27. Velho de Mello escrivão da fazenda Real que o Escrevy
28. Crus  de Manoel Alvrez

[fl. 4 verso] DSC 04450

1. [À margem esquerda] 19
2. Aoz vinte dias do mes de Janeyro de mil e setecentos
3. E vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capi-
4. tania do Rio Grande na praça della trouce em pregão
5. o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais e miunças
6. desta dita Capitania em o que não houve lanço
7. algum de que fis este termo por fê do dito Porteyro
8. que assignou de hua Crus por não Saber Ler nem escre-
9. ver E eu Estevão Velho de Mello Escrivão da fa-
10. zenda Real que o Escrevy
11. Crus  de Manoel Alvrez
12. [À margem esquerda] 20
13. Aoz vinte e hum dias do mes de Janeyro de mil e sete-
14. centos e vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capi-
15. tania do Rio Grande na praça della trouce Em pregam
16. o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais e miunçaz
17. desta dita Capitania em o que não ouve Lanço algum
18. de que fis este termo por fê do dito Porteyro que asig-
19. nou de huma Crus por não Saber Ler nem escre-
20. ver. Eu Estevão Velho de Mello escrivão da fa-
21. zenda Real que o Escrevy
22. Crus  de Manoel Alvrez
23. [À margem esquerda] 21
24. Aoz vinte e dous dias do mes de Janeyro de mil e sete-
25. centos e vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal
26. Capitania do Rio Grande na praça della trouce em pre-
27. gão o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais e miunças
28. desta dita Capitania Em o que não houve Lanço al-
29. gum, de que fis este termo por fe do dito Porteyro que
30. asignou de huma Crus por não Saber Ler, nem escre-
31. ver. Eu Estevão Velho de Mello Escrivão o Escrevy
32. Crus  de Manoel Alvrez

[fl. 5] DSC 04451

1. [À margem direita] 22
2. Aoz vinte e tres dias do mes de Janeyro de mil e ssete-
3. centos e Vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capita-
4. nia do rio Grande, na praça della trouce Em pregam
5. o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais e miunçaz
6. desta dita Capitania Em o que não ouve Lanço al-
7. gum de que fis este termo por fê do dito Porteyro que
8. asignou de huma Crus por não Saber Ler nem escrever
9. Eu Estevão Velho de Mello escrivão que o escrevy
10. Crus  de Manoel Alvrez
11. [À margem direita] 23
12. Aoz vinte e Coatro dias do mes de Janeyro de mil e ssete-
13. centos e vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capita-
14. nia do Rio Grande na praça della trouce em pregão o Por-
15. teiro Manoel Alvres oz Dizimos Reais E miunças desta
16. dita Capitania em o que não ouve Lanço algum de que
17. fis este termo por fê do dito Porteyro que asignou de
18. hua Crus por não Saber Ler, nem escrever. Eu Estevão
19. Velho de Mello esCrivão que o Escrevy
20. Crus  de Manoel Alvrez
21. [À margem direita] 24
22. Aoz vinte e sinco dias do mes de Janeyro de mil
23. e cetecentos e vinte e Coatro annos nesta Cidade
24. do Natal Capitania do Rio Grande na praça della
25. trouce Em pregão o Porteyro Manoel Alvres oz di-
26. zimos Reais e miunças desta dita Capitania em que
27. não ouve lanço algum de que fis este termo por
28. fê do dito Porteyro que asignou de huma Crus por
29. não Saber Ler, nem escrever. Eu Estevão Ve-
30. lho de Mello escrivão que o escrevy
31. Crus  de Manoel Alvrez

[fl. 5 verso] DSC 04452

1. [À margem esquerda] 25
2. Aoz vinte e seis dias do mes de Janeyro de mil e ssecentoz
3. e vinte e Coatro annos nesta Cidade do Natal Capi-
4. tania do Rio Grande na praça della trouce em pre-
5. gão o Porteyro Manoel Alvres oz Dizimos Reais, e mi-
6. unças desta dita Capitania Em que não ouve lansso
7. algum de que fis este termo por fê do dito Porteyro
8. que asignou de hua Crus por não Saber Ler, nem escre-
9. ver. Eu Estevão Velho de Mello escrivão da
10. fazenda real que o Escrevy
11. Crus  de Manoel Alvrez
12. [À margem esquerda] 26
13. Aoz vinte e sete dias do mes de Janeyro de mil e se-
14. tecentos e vinte e coatro annos nesta Cidade
15. do Natal Capitania do Rio Grande na praça della trou-
16. ce em pregão o Porteyro Manoel Alvres os Dizimoz
17. Reais e miunças desta dita Capitania Em que não
18. ouve lanço algum de que fis este termo Por
19. fê do dito Porteyro que asignou de hua Crus por não
20. Saber Ler nem escrever. Eu Estevão Velho de Me-
21. llo escrivão da fazenda Real que o Escrevy
22. Crus  de Manoel Alvrez
23. [À margem esquerda] 27
24. Aoz vinte e oito dias do mes de Janeyro de mil
25. e setecentos e vinte e Coatro annos nesta Cidade
26. do Natal Capitania do Rio Grande na praça della
27. trouce Em pregão o Porteyro Manoel Alvres oz di-
28. zimos Reais e miunças desta dita Capitania em que
29. não ouve lanço algum de que fis este termo por
30. fê do dito Porteyro que asignou de huma Crus por não
31. Saber Ler nem escrever eu Estevão Velho de Mello
32. Escrivão que o Escrevy
33. Crus  de Manoel Alvrez

[Até aqui não consegui ver o número das páginas, mas o documento em si está bem desordenado,
vc vai ter que ver por data]

[fl. 42] DSC 04453

1. [À margem direita] 4
2. Aoz dezoito dias do mes de Agosto de mil e setecentos e vinte
3. e Coatro annos neste Citio de Santa Roza ribeyra do Apodi termo da
4. Cidade do Natal Capitania do Rio grande trouce em pregão o por-
5. teyro Salvador Soares os Dizimos Reais E gados do vento della em
6. Cujo dia não ouve lanço algum de que fis este termo por fê do dito
7. Porteyro que asignou de huma Crus por não Saber ler, nem escre-
8. ver Eu Estevão Velho de Mello escrivão da fazenda Real
9. que o Escrevy
10. Crus  de Salvador Soarez
11. [À margem direita] 15
12. Aoz dezanove dias do mes de Agosto de mil e ssetecentos e vinte
13. e Coatro annos neste Citio de Santa Roza Ribeyra do Apodi termo
14. da Cidade do Natal Capitania do Rio Grande, trouce em pregão o Porteiro
15. Salvador Soares os Dizimos reais e gados do vento della em cujo
16. dia não ouve lanço algum de que fis este termo por fê do dito
17. Porteiro que asignou de hua Crus por não Saber Ler, nem escrever
18. Eu Estevão Velho de Mello Escrivão que o Escrevy
19. Crus  de Salvador Soarez
20. [À margem direita] ferial
21. Aoz vinte Dias do mes de Agosto de mil e setecentos e vinte e
22. Coatro annos neste Citio de Santa Roza Ribeira do Apodi termo da
23. Cidade do Natal Capitania do Rio Grande não ouve pregão
24. noz Dizimos Reais, e gado do vento por ser dia ferial de que
25. fis este termo pera Constar Eu Estevão Velho de Mello
26. escrivão da fazenda Real que o escrevy
27. [À margem direita] 16
28. Aoz vinte e hum dias do mes de Agosto de mil e setecentos
29. e vinte e coatro annos neste Citio de Santa Roza Ribeyra do Apodi
30. termo da Cidade do Natal Capitania do Rio Grande trouce em pregão
31. o Porteyro Salvador Soares os Dizimos Reais e gado do vento della
32. em cujo dia não ouve lanço algum de que fis este termo
33. por fê do dito Porteyro que assignou de hua Crus por não saber
34. ler nem escrever Eu Estevão Velho de Mello es-
35. crivão da fazenda Real que o escrevy
36. Crus  de Salvador Soarez

[fl. 42 verso] DSC 04455

1. [À margem esquerda] 17
2. Aos vinte e dous dias do mes de Agosto de mil e ssetecentos e vinte
3. e Coatro annos neste Citio de Santa Roza Ribeyra do Apodi termo
4. da Cidade do Natal Capitania do Rio Grande trouce em pre-
5. gão o Porteyro Salvador Soares oz Dizimos Reais, e gado do vento
6. desta dita Ribeyra; e nelles Lanssou o Coronel Bento Car-
7. valho e Sylva Sento e noventa mil Reis Livres pera sua
8. Magestade que Deus guarde Com o qual Lanço Continuou o dito por-
9. tey e não ouve neste dia quem o milhorace de que fis
10. este termo em que assignou o dito porteyro de huma
11. Crus por não Saber Ler nem Escrever. Com o dito
12. Lanssador. E eu Estevão Velho de Mello escrivão da
13. fazenda Real que o Escrevy
14. Bento Carvalho e Silva
15. Crus  de Salvador Soares
16. [À margem esquerda] 18
17. Aoz vinte e tres dias do mês de Agosto de mil e setecentos
18. e vinte e Coatro annos neste Citio de Santa Roza Ribeyra
19. do Apodi termo da Cidade do Natal Capitania do Rio Grande trouce
20. em pregão o porteyro Salvador Soares oz Dizimos Reais e gado do vento
21. desta dita Ribeyra no lanço de sento e noventa mil Reis que por elles
22. digo que nelles Lansou o Coronel Bento Carvalho e Silva, e não
23. ouve neste dia quem milhorace o lanço de que fis este termo
24. por fe do dito porteyro que assignou de huma Crus por não
25. Saber Ler nem Escrever Eu Estevão Velho de Mello es-
26. crivão que o Escrevy
27. Crus  de Salvador Soarez
28. [À margem esquerda] ferial
29. Aos vinte e Coatro dias do mes de Agosto de mil e ssetecentoz
30. e vinte e Coatro annos neste Citio de Santa Roza Ribeyra
31. do Apodi termo da Cidade do Natal Capitania do Rio
32. Grande não ouve pregão noz Dizimos Reais por ser dia ferial
33. de que fis este termo pera Constar Eu Estevão Velho de Mello
34. escrivão o escrevy.

Interesses relacionados