Você está na página 1de 3

St.

João Crisóstomo

Sobre o Casamento
São João Crisóstomo, foi chamado de “boca de ouro” por causa de sua extraordinária pregação.
Ele fez um sermão perspicaz sobre o ensinamento inspirado de São Paulo sobre o casamento
em Efésios 5: 21-33 que é resumido aqui porque é muito longo para ser citado na íntegra.1
Princípios gerais Não há relação entre os seres humanos tão próxima quanto a de um marido e
mulher, se eles estão unidos no amor como deveriam ser. Esse laço é tão forte que é a força
que liga a sociedade. O homem pegará em armas e até mesmo sacrificará suas vidas em prol
desse amor. São Paulo abre sua instrução com um princípio de igualdade, “fique sujeito um ao
outro” (Ef 5:21). Em seguida, dirigindo-se às esposas, ele diz: “Seja sujeito a seu marido como
ao Senhor” (Ef 5:22). Observe, o princípio orientador - “quanto ao Senhor”. Em outras palavras,
quando uma esposa cede ao marido, ela deve considerar que está lhe obedecendo como parte
de seu serviço ao Senhor. Então, Paulo acrescenta: "Como a Igreja está sujeita a Cristo, assim
também as esposas estejam sujeitas a seus maridos" (Ef 5:24). O marido ocupa o lugar da
cabeça, enquanto a esposa ocupa o lugar do corpo - ou melhor, o coração. “Pois o marido é a
cabeça da mulher, como Cristo é a cabeça da Igreja, seu corpo e é ele mesmo seu Salvador” (Ef
5:23). Essa atitude traz harmonia na família e evita lutas sem fim pelo controle. Ao longo dos
anos tenho observado que uma esposa determinada geralmente ganha a batalha da vontade,
mas perde a guerra quando o marido se retira da discussão para a televisão, esportes, hobbies,
livros ou, pior ainda, um relacionamento adúltero. O santo observou: “Se houver igualdade de
autoridade, nunca haverá paz. Uma casa não pode ser uma democracia, governada por todos,
mas a autoridade deve necessariamente repousar em uma pessoa. O mesmo é verdadeiro para
a Igreja: quando os homens são guiados pelo Espírito de Cristo, então há paz. Havia cinco mil
homens na igreja de Jerusalém, e eles eram de um coração e alma, e ninguém disse que
qualquer uma das coisas que possuía era sua, mas estavam sujeitos um ao outro; isso
certamente é uma ilustração de sabedoria e temor piedoso. Observe, no entanto, que Paulo
explica o amor em detalhes, comparando-o ao amor de Cristo pela igreja e nosso amor por
nossa própria carne ”. A obediência é difícil, mas o amor é mais difícil. Paulo ordena aos
maridos: “amem suas esposas, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela” (Ef 5:25). Se
necessário, um marido deve entregar sua vida por sua esposa. Mas, mesmo assim, o marido
nunca fará nada igual ao que Cristo já fez por nós. Um marido é chamado a se sacrificar pela
pessoa a quem ele voluntariamente se juntou, mas Jesus se entregou por nós que nos voltaram
as costas para ele no ódio 1 São João Crisóstomo Sobre Casamento e Vida Familiar, Seminário
do Santo Vladimir, pp 43-64. João tornou-se o bispo reformador de Constantinopla em 397. Ele
era amado pelo povo, mas ele tinha inimigos poderosos que forçaram seu exílio em 404 para a
fronteira armênia em um lugar que o santo chamou de “o lugar mais solitário da Terra”.
inimigos implacáveis fizeram com que John suportasse uma marcha da morte com pouco
descanso através de sertão acidentado sobre trilhas de montanha. Ele morreu da provação em
14 de setembro de 407, glorificando a Deus com suas últimas palavras. 2 do pecado. Um
parceiro para a vida, a mãe de seus filhos, a fonte de toda alegria, nunca deve suportar medo e
ameaças, mas amor e bondade. Que tipo de casamento pode haver quando a esposa tem
medo do marido com medo de que ele não a ame? O marido que não faz da esposa o ente
querido da família fracassou como marido e como homem. Uma das descobertas no
casamento é a percepção de que nosso cônjuge não é a pessoa perfeita que pensávamos antes
do casamento ou, se soubéssemos que não eram perfeitos, descobrimos mais limitações. Bem,
é claro, porque se espera que cresçam e se tornem menos imperfeitos através dos sacrifícios
de amor que um casamento bem-sucedido implica. Orgulho, teimosia e egoísmo são
tendências que impedem, sim, até aleijar o amor genuíno. Aprender a amar é a tarefa
desafiadora de toda a vida. Assim, quando o ardor original não nos impressiona mais com sua
intensidade original, precisamos lembrar que o amor autêntico é um ato da vontade, não um
borbulhar de sentimentos e hormônios. Assim, Jesus "ofereceu orações e súplicas, com altos
clamores e medos, àquele que pôde salvá-lo da morte" (Hb 5: 7). Jesus estabelece o padrão de
fidelidade conjugal em circunstâncias difíceis. Assim, São Paulo nos lembrou: “Ora, dificilmente
alguém morrerá por um homem justo, embora talvez para um homem bom alguém ouse
morrer. Mas Deus mostra o seu amor por nós porque, enquanto ainda éramos pecadores,
Cristo morreu por nós ”(Rm 5: 7-8). Os pais da igreja adoravam contrastar Adão e o novo Adão,
Jesus Cristo. Assim, Crisóstomo escreveu: “Do lado de Adão veio o portador da corrupção, mas
do lado de Cristo veio a vida. A morte floresceu no paraíso, mas estava na cruz. O filho de Deus
compartilha nossa natureza para que possamos compartilhar a Sua; como Ele nos tem Nele,
assim nós O temos em nós. ”São João Crisóstomo lembra os maridos para amarem como Jesus.
Busque a beleza da alma e imite o Noivo da igreja. . . O amor que começou em bases honestas
ainda continua ardentemente, já que seu objeto é a beleza da alma, não do corpo. . . Procure
carinho, gentileza e humildade em uma esposa; estes são os sinais de beleza. Mas não
busquemos características físicas amáveis, nem a censuremos por carecer de coisas sobre as
quais ela não tem controle ”. Conheço um homem que ama mais sua esposa quando vê suas
estrias e as cicatrizes de sua cesariana, porque elas representam insígnias de honra
exemplificando sua disposição de se dedicar a seus filhos. Eles representam seu amor
abnegado. A acusação, “maridos, amem suas esposas”, é uma obrigação séria, não um favor
nem uma sugestão. Os homens devem reconhecer que herdamos uma ferida em nossa
capacidade de amar que veio de Adão, que tinha medo de colocar sua vida em risco para Eva
quando a serpente adúltera a seduziu no Éden. Deus disse isso a Eva após a Queda: “Mas o seu
desejo será para o seu marido, e ele te governará” (Gn 3:16). Inúmeras mulheres desde que
ansiavam pelo coração de seu marido, mas suportaram um tirano em seu lugar. Para um
marido cristão isto é além de vergonhoso! Existe um paralelo maravilhoso que ocorre no
casamento e que é análogo à nossa unidade em Cristo. No casamento, dois se tornam uma só
carne. “Nosso relacionamento com Cristo é o mesmo; nós nos tornamos uma só carne com Ele
através da comunhão. ”Desenvolvendo essa comparação, o santo acrescentou que 3 Gênesis
revela“ que, para dois, tornar-se uma só carne é um grande e maravilhoso mistério. Agora
Paulo fala de Cristo como o maior mistério; pois Ele deixou o Pai e desceu a nós, e casou com
Sua Noiva, a Igreja, e tornou-se um espírito com ela: "aquele que está unido ao Senhor torna-
se um espírito com ele" (1 Cor 6:17) ”. Em contraste, Crisóstomo observou: “Quão difícil é ter
harmonia quando marido e mulher não estão unidos pelo poder do amor!” Então o santo
acrescentou: “E se minha esposa se recusar a me obedecer?”, Um marido perguntará. . Deixa
pra lá! Sua obrigação é amá-la; cumpra o seu dever! ”Lembre-se, Paulo começou com a
admoestação:“ Sejam sujeitos uns aos outros por reverência a Cristo ”(Ef 5:21). Crisóstomo
resume a instrução de Paulo com estas palavras: “A esposa deve respeitar o marido mesmo
quando ele não lhe demonstra amor, e o marido deve amar a esposa mesmo quando ela não
lhe mostra respeito ... No entanto, ela deveria reverenciá-lo como a cabeça e ele deveria amá-
la como seu corpo ... Isto, então, é o que significa casar-se em Cristo: casamento espiritual
[sacramental] é como nascimento espiritual, que não é de sangue, nem da vontade da carne
(Jo 1: 13) ... Busquem as coisas que agradam a Deus, e as que agradam o homem seguirão em
breve ... Portanto, é possível para nós superarmos todos os outros em virtude, tornando-nos
bons maridos e esposas. ”Como falar com os outros esposa “Sempre comece dizendo a ela que
você a ama ... Diga a ela que você a ama mais do que a sua própria vida, porque essa vida
presente não é nada, e que sua única esperança é que vocês dois passem por esta vida em de
tal maneira que no mundo vindouro vocês estarão unidos em perfeito amor. Diga a ela: "Nosso
tempo aqui é breve e fugimos, mas se estivermos agradando a Deus, podemos trocar esta vida
pelo Reino vindouro. Então seremos perfeitamente um com Cristo e um com o outro, e nosso
prazer não conhecerá limites. Eu valorizo o seu amor acima de todas as coisas, e nada seria tão
amargo ou doloroso para mim como o nosso estar em conflito um com o outro. Mesmo se eu
perder tudo, qualquer aflição é tolerável se você for fiel a mim. ”Ele acrescentou:“ Prefira-a
antes de todos os outros. ”Vida espiritual juntos Rezem juntos em casa e vão à igreja; Quando
você voltar para casa, deixe que cada um pergunte ao outro o significado das leituras e das
orações ... Lembre-se que nada nesta vida deve ser temido, exceto ofender a Deus. Se o seu
casamento é assim, a sua perfeição irá rivalizar com o mais sagrado dos monges ... Certifique-
se de que você se humilhará e que suas palavras são cheias de graça e bondade ... Se nós
ordenarmos nossas vidas dessa maneira e estudarmos diligentemente as Escrituras , vamos
encontrar lições para nos guiar em tudo o que precisamos! ”O fruto“ Que tipo de pessoa você
acha que os filhos de tais pais serão?… Pois geralmente as crianças adquirem o caráter de seus
pais, são formadas no molde do temperamento de seus pais, amem as mesmas coisas que seus
pais amam, falem da mesma forma, e trabalhem por 4 com os mesmos fins ...

In this way we will be able to please God, and to pass through the course of this life in virtue
and to gain those blessings which He has promised to those who love Him.’ Saint Charles
Borromeo Catholic Church, Picayune, MS http://www.scborromeo.org Reposted with
permission of James Seghers and Totus Tuus Ministries http://www.totustuus.com All Rights
Reserved