Você está na página 1de 13

Problemas

de Planejamento e
Controle de Produção (PCP)

Disciplina: PESQUISA OPERACIONAL


BACHARELADO EM ADMINISTRACÃO

Profa. Camila Campos Colares
Exemplo 1:

•  Certa empresa fabrica dois produtos P1 e P2. O lucro


unitário do produto P1 é de R$1.000,00 e o lucro unitário de
P2 é de R$1.800,00. A empresa precisa de 20 horas para
fabricar uma unidade de P1 e de 30 horas para fabricar uma
unidade de P2. O tempo anual de produção disponível para
isso é de 1.200 horas. A demanda esperada para cada
produto é de 40 unidades anuais para P1 e 30 unidades
anuais para P2. Qual é o plano de produção para que a
empresa maximize seu lucro nesses itens ? Construa o
modelo de programação linear para esse caso.
Exemplo 1 – solução :
a.  Quais as variáveis de decisão ?

O que deve ser decidido é o plano de produção, isto é, quais as


quantidades anuais que devem ser produzidas de P1 e P2.

Portanto, as variaveis de decisão serão :

X1 à quantidade anual a produzir de P1
X2 à quantidade anual a produzir de P2


Exemplo 1 – solução :
b.  Qual o objetivo ?

O objetivo é maximizar o lucro, que pode ser calculado :

Lucro devido a P1: 1.000 . X1 (lucro por unidade de P1 x quantidade produzida de P1)
Lucro devido a P2: 1.800 . X2 (lucro por unidade de P2 x quantidade produzida de P2)

Lucro total: L = 1.000 X1 + 1.800 X2

Objetivo : maximizar L = 1.000 X1 + 1.800 X2



Exemplo 1 – solução :
c.  Quais as restrições ?

As restrições impostas pelo sistema são :

q  Disponibilidade de horas para a produção : 1.200 horas.

Horas ocupadas com P1: 20 X1 (uso por unidade x quantidade produzida)


Horas ocupadas com P2: 30 X2 (uso por unidade x quantidade produzida)
Total de horas ocupadas na podução : 20 X1 + 30 X2
Disponibilidade : 1.200 horas
Restrição descritiva da situação : 20 X1 + 30 X2 ≤ 1.200



Exemplo 1 – solução :
c.  Quais as restrições ?

As restrições impostas pelo sistema são :

q  Disponibilidade de mercado para os produtos (demanda)

Disponibilidade para P1: 40 unidades


Quantidade a produzir de P1 : X1
Restrição descritiva da situação : X1 ≤ 40

Disponibilidade para P2: 30 unidades
Quantidade a produzir de P2 : X2
Restrição descritiva da situação : X2 ≤ 30

Exemplo 1 – solução :

Resumo do modelo: max L = 1.000 X1 + 1.800 X2



•  Sujeito a :

Restrições técnicas: 20 X1 + 30 X2 ≤ 1.200 ; X1 ≤ 40 ; X2 ≤ 30




Restrições de não negatividade : X1 ≥ 0 , X2 ≥ 0



Exercício 1

Um sapateiro faz 6 sapatos por hora, se fizer somente


sapatos, e 5 cintos por hora, se fizer somente cintos. Ele
gasta 2 unidades de couro para fabricar 1 unidade de
sapato e 1 unidade de couro para fabricar 1 unidade de
cinto. Sabendo-se que o total disponível de couro é de 6
unidades e que o lucro unitário por sapato é de 5 unidades
monetárias e o do cinto é de 2 unidades monetárias, pede-
se: o modelo do sistema de produção do sapateiro, se o
objetivo é maximizar seu lucro por hora.
Exercício 2
Uma fábrica produz dois tipos de tinta, t1 e t2. Cada tinta tem
um custo por litro, e um determinado lucro, e há também
restrições relacionadas aos níveis de produção de cada uma.
•  As tintas t1 e t2 tem custo de produção por litro igual a $5 e
$4, respectivamente.
•  Os preços de venda das tintas são de $6 e $5.5;
•  O orçamento da empresa só permite gastar $1400 com a
produção de tintas;
•  Um contrato de fornecimento com uma outra empresa exige
que pelo menos 60 litros da tinta t1 seja produzido;
•  A empresa pode produzir no máximo 250 litros da tinta t2
por mês, por restrição do fornecedor, que não consegue
atender a demanda maior que essa.
Queremos determinar a quantidade ótima de cada tinta para
maximizar o lucro da empresa.
Exercício 3
Certa firma processa dois tipos de fibra sintética (A e B) usando as
mesmas máquinas. No departamento responsável pela mistura de
ingredientes, que dispõe de 200 horas por mês, a produção é limitada
por 2 horas por tonelada da fibra A e 4 horas por tonelada da fibra B.
No departamento responsável pela embalagem as necessidades são 6
horas por tonelada da fibra A e 8 horas para a fibra B, com um total
máximo de 480 horas disponível de máquinas por mês. Para o
departamento responsável pelo corte das fibras, as necessidades são
10 e 6 horas por toneladas das fibras A e B, respectivamente. Esse
departamento dispõe de apenas 600 horas de máquinas por mês.
Outros departamentos limitam a produção de fibra B a um máximo de
35 toneladas por mês. O lucro é de R$ 8,00 por tonelada para a fibra A
e R$ 10,00 para a fibra B. A firma deseja determinar as quantidades
mensais de fibras A e B que devem ser produzidas de forma a
maximizar os lucros.
Exercício 4
A Companhia Vinícola do Dão produz dois tipos de vinho: Dão
Reserva e Vinho de Mesa. Os vinhos são produzidos a partir de
64 toneladas de uvas que a empresa comprou este Outono. Uma
tina de 5000 litros de vinho de Mesa exige 8 toneladas de uvas e
uma tina de vinho Reserva exige 4 toneladas. A empresa dispõe
de um máximo de 50 metros cúbicos de espaço e de 120 horas
de tempo de processamento. Uma tina ocupa 5m3 de espaço. O
tempo de processamento de uma tina de vinho Reserva é de 15
horas, enquanto que o tempo de processamento do vinho de
Mesa é de 8 horas. A procura para cada tipo de vinho está
limitada a 7 tinas. O lucro de cada tina de vinho Reserva é de
9000 e o lucro de cada tina de vinho de Mesa é de 5000. A
empresa pretende determinar as quantidades de cada tipo de
vinho a produzir. Formule o problema linear correspondente.
Exercício 5
Certa empresa fabrica dois produtos P1 e P2. O lucro por
unidade de P1 é de $100 e o lucro unitário de P2 é de $ 150. A
empresa necessita de 2 horas para fabricar uma unidade de P1 e
3 horas para fabricar uma unidade de P2. O tempo mensal
disponível para essas atividades é de 120 horas. As demandas
esperadas para os 2 produtos levaram a empresa a decidir que
os montantes produzidos de P1 e P2 não devem ultrapassar 40
unidades de P1 e 30 unidades de P2 por mês. Construa o modelo
do sistema de produção mensal com o objetivo de maximizar o
lucro da empresa.
DÚVIDAS?