Você está na página 1de 9

Essas são algumas características dos seres no novo patamar vibratório: poderes

extra-sensoriais como telepatia, sensibilidades auditiva e visual; acoplamento de


partes da mesma mônada; contatos com as energias sutis na natureza (trazendo o
respeito pela terra fértil e por todos os seres); pensamentos e manifestações
diferentes; confiança na lei de abundância universal que traz a fartura em todos os
sentidos; perfeito controle e domínio de suas potencialidades internas; equilíbrio
emocional; responsabilidade por seus atos e atitudes; desapego das coisas passadas;
prática do auto-perdão, compreensão e compaixão por todos os seres e formas de
vida; plena confiança na manifestação do Cristo interno; alegria constante
incentivando os seres a caminharem por si mesmos e quebrando, assim os laços de
dependência.

Se você já vive desta forma está dentro da quarta dimensão. Caso contrário, está na
tentativa de penetrar nela. Não desanime, você é capaz, esteja pronto para fechar as
portas do passado, reconhecendo o que precisa ser trabalhado dentro de você. Para
penetrar nessa dimensionalidade, o primeiro passo é aceitar aquilo que se é mesmo
que ainda pulsem sentimentos de vibrações inferiores. Tudo é divino e sagrado; se
não há conflitos, jamais se pode chegar à harmonia. "Não se vai ao belo se não se
passa pelo feio!". No silêncio de seu interior, você pode encontrar a nossa presença e
todas as respostas que procura. Vença o medo, envolvendo-se na luz do Cristo.

Meditação para elevação vibratória - Vibre agora imaginando um cristal


irradiante em meio a uma cascata de luz. Penetre nele, vá ao centro e aconchegue-se
calmamente dentro de uma flor de Lis, toda branca. Nela está a chave do Portal que
conduz todos os seres à evolução da alma. Sinta o perfume, deixe-se envolver pelo
aroma que suavemente aciona suas percepções. Entregue-se a essa luz branca na
chama viva do Santuário de Lis. Alcance todo seu potencial vibratório, abra-se em
amor por você mesmo e sentirá uma suave presença que vai plasmando aos poucos a
energia feminina do Cristo do novo tempo. É a Mãe do Mundo, o Grande Ser que
paira agora sobre todo este local de luz. É envolvente, terna, muito suave. Dedique
especial atenção agora para o sentimento do perdão que tudo regenera e alcance a
misericórdia divina. Deixe-se ficar assim o tempo necessário ao seu realinhamento.
Você está penetrando na zona intermediária agora. Acione esta força com fé,
coragem e esperança.

É igualmente bom ter o hábito de ter alguma disciplina mental na forma de algum exercício de
concentração. Quanto melhor sua habilidade para se concentrar, melhor você será para enviar e receber
uma transmissão telepática.

O exercício de concentração mais simples que você pode fazer é melhorar sua consciência dizendo a você
mesmo palavras positivas que elevam suas vibrações e fazem de você uma pessoa mais consciente,
exemplos de afirmações positivas são “Eu sou abundante”, “Eu sou generoso e cheio de recursos”, “Eu
tenho paz mental”, é fácil fazer suas próprias afirmações, diga a você mesmo as qualidades que você quer
adquirir, de certo modo você está mentindo a si mesmo, mas é uma boa mentira e tudo começa com a
crença de que isso é possível. Você pode também melhorar sua autoconsciência e elevar suas vibrações
mudando sua postura e padrão respiratório, quando você caminha, caminhe com uma postura mais
confiante, também o stress e a pressão que temos que lidar em nossas vidas não nos ajuda a termos uma
respiração natural. Qi gong e Yoga têm práticas que ajudam a obter um hábito respiratório correto que usa
a capacidade total dos pulmões.

Aprendendo a recepção telepática


Por 10 a 15 minutos sente-se confortavelmente ou deite-se. Comece observando seus pensamentos, fique
familiarizado com seu próprio fluxo de pensamentos, não julgue, nem faça comentários ou siga uma certa
seqüência de pensamentos, é aqui que alguma experiência em concentração ajuda mesmo.

Quando você pode distinguir bem seu próprio fluxo de pensamentos, você descobrirá uma camada de
pensamentos desconectados, de imagens e até sons.

É difícil dizer o que você conseguirá com esse exercício, imagens podem envolver pessoas que você
conheça ou não, vozes podem ser familiares ou não, imagens podem surgir.

Escreva uma descrição de tudo que você percebeu, se envolve alguém que você conhece você terá que
verificar com aquela pessoa se o que você recebeu foi uma legítima recepção.

Nem tudo que você receber será telepático, para ficar melhor nisso, você tem que conhecer melhor sua
própria energia; dessa maneira você será capaz de separar telepatia de sua energia e de sua imaginação.

Aprendendo a transmissão telepática

Esse é um exercício de iniciante, o mais fácil que você pode fazer, que consiste de enviar amor para
alguém.

Deite ou sente-se confortavelmente, feche seus olhos e imagine uma esfera violeta brilhante de luz violeta
encima de sua cabeça, essa simboliza o seu chakra coronário que guarda a energia da sabedoria, agora se
concentre no centro do seu peito e imagine uma luz rosa brilhante que guarda a energia do amor.

Imagine uma corrente de luz violeta vindo de seu chakra coronário para o chakra cardíaco, isso faz sua
energia do coração mais sábia porque sem sabedoria seu coração é sentimental e irracional; faça a luz do
coração chegar até seu chakra coronário porque sem a energia do coração seu chakra coronário é frio e
distante, brinque com isso até você ter uma boa sensação, para terminar imagine um fluxo de luz vindo de
seu chakra cardíaco para o chakra cardíaco de alguém que você escolher. Faça isso por alguns minutos,
você sabe quando a outra pessoa recebeu sua transmissão telepática pelo modo como você se sente, se
você está se sentindo melhor e mais feliz é um excelente sinal que sua mensagem foi recebida, em alguns
casos raros, você pode se sentir exaurido e frustrado, isso acontece quando você envia amor a alguém que
fechou coração dela para você.

Não procure por respostas na outra pessoa porque você pode não recebê-la, a única medida do sucesso é
a maneira que você se sente ao fazer isso, normalmente se você faz esse exercício muitas vezes com a
mesma pessoa, seu relacionamento vai começar a melhorar de um novo modo, mais amável eu diria.

Telepatia Para Iniciantes

Essa técnica é para pessoas que querem fazer telepatia, mas nunca fizeram isso antes. Essa técnica
presume que você é um completo novato quase sem habilidades. Você pode usar essa técnica para
contatar alguém que conheceu no passado para encontrar com a pessoa de novo e é claro que você pode
usar para contatar qualquer um.

Se você tem uma vida desordenada, assiste muita TV, joga muito videogame e ouve música alta, tire uma
hora para digerir tudo isso, vá caminhar num parque e então volte para a técnica.
Trabalho de preparação:

Pela manhã, preste atenção em como se sente. Tome nota disso. Este é seu nível base de sentimento.

Técnica:

1. Faça cinco minutos de alongamento, estique todos os grupos de músculos.

2. Faça dez minutos de respiração nasal.

3. Deite ou sente-se ereto, relaxe, feche seus olhos e conte de 100 a 1. Imagine cada número em seu olho
mental, respirando-os. Agora, você deve ter o estado mental apropriado para fazer a comunicação. Preste
atenção em como se sente. Como você se sente? Isso é muito importante.

4. Imagine-se num lugar calmo, pode ser uma praia, uma montanha, perto de um lago, uma floresta, um
parque, um deserto, qualquer lugar que você ache que seja pacifico e calmo. Caminhe no local, não force a
imagem, deixe aparecer por si só.

5. Imagine a pessoa que você quer contatar na sua frente. Tente conseguir o máximo de detalhes. Preste
atenção em seus sentimentos, você pode já estar recebendo impressões. Iniciantes normalmente
registram a impressão na forma de sentimentos no plexo solar.

6. Aqui há três possibilidades:

A. Conversar com essa pessoa longamente. Como se sente? Se se sente exaurido, e é difícil de manter a
conversa, sente que não é adequado então significa que ou a pessoa não está disponível para você ou você
está recebendo impressões negativas dessa pessoa. Se parece confortável e você consegue conversar
interminavelmente significa que as coisas estão indo bem. Um sinal do sucesso é a conversa muito fácil de
manter que você até se perde no papo.

B. Construa um enredo, o enredo pode ser tão longo quanto meia hora. Por exemplo, imagine você e essa
pessoa caminhando ou visitando algum lugar. Se você pode fazer isso sem esforço isso é um bom sinal. Se
você se sente exaurido ou desconfortável então há um problema.

C. Vá até essa pessoa, preste atenção aos seus sentimentos e então comece a conversar com essa pessoa.
Preste uma atenção especial aos seus sentimentos, compare-os com seu sentimento base da manhã. Você
pode estar recebendo uma transmissão. Você não tem que se concentrar num comando, como “vem aqui”
ou acolá. Apenas tenha a vontade de enviar impressões positivas. Continue a transmitir até se cansar.

D. Termine a sessão e deixe-a completamente, esqueça. Esse é o passo mais importante.

Teoria:

Quando você se conecta dessa maneira você está enviando energia e impressões positivas. Se você fizer
corretamente a pessoa irá gostar de sua energia e impressão. Quando você deixa isso de lado e esquece, a
pessoa não irá mais sentir a energia e irá querer conectar-se. Isso causa a atração e faz a pessoa querer
encontrar com você.

Troubleshooting(Localização de Defeitos):

Alguns problemas podem aparecer, se você não consegue relaxar e se concentrar. Nesse caso, é melhor
você aprender isso primeiro.
Você se conecta, mas se sente muito mal e triste. Isso não é nada bom. Mande para essa pessoa seu amor
e termine a transmissão. Nesse ponto, você não é hábil o suficiente para entender o que está
acontecendo. É melhor não bagunçar as coisas.

Exercício de Ativação e Alinhamento dos Chakras


Esse exercício é útil para criar um campo energético de
equilíbrio e harmonia.
Prepare um ambiente confortável, com luz suave. De
preferência em lugar silencioso, não muito frio, nem muito
quente.
Coloque-se confortavelmente, sentado ou deitado. Procure
relaxar toda a musculatura de seu corpo. Repare na sua respiração
e procure suavemente colocar um compasso mais calmo,
respirando mais profundamente.
Essa respiração deve ser abdominal. Imagine seu abdômen se
enchendo de ar e vá soltando aos poucos até soltá-lo totalmente.
Faça essa respiração por algumas vezes até sentir que está
completamente relaxado.
Agora a cada inspiração que der imagine o ar entrando por
suas narinas numa cor vermelha como se fosse uma névoa, indo se
depositar no seu chakra básico, localizado entre o ânus e os
genitais, que se abre para baixo.
Veja esse chakra como se fosse uma flor e a cada inspiração
concentre sua atenção, simplesmente sem intenção nenhuma ou
expectativa. Sua atenção estimula uma suave animação do chakra
que começa a girar lenta e constantemente. Uma energia morna e
latejante flui do mesmo. Sinta como você fica calmo e sereno,
repleto de gratidão pelo planeta que é o seu lar. Conserve essa
calma e serenidade dentro do seu ser.
Imagine agora o ar mudando para a cor laranja e a cada
inspiração ele entrando por suas narinas como uma névoa, indo
se depositar no seu chakra esplênico, localizado abaixo do umbigo
um palmo, abrindo-se para frente.
Da mesma forma concentre somente sua atenção a cada
inspiração, que anima o segundo chakra, fazendo-o circular um
pouco mais vibrante do que no primeiro chakra.
Essas vibrações vão se expandindo em círculos cada vez
maiores até o envolver totalmente, como se estivesse abraçando e
aconchegando com muita energia. Sinta a grande segurança,
deixe-se levar pelo carinho, confie.
Essa é a energia de um novo tempo, de um novo momento e
um sentimento profundo de felicidade se espalha por todo seu
ser. Guarde com você esse sentimento.
Concentre-se agora no terceiro Chakra o do Plexo solar,
localizado dois dedos acima do umbigo, abrindo-se para frente.
Inspirando o ar profundamente na cor amarela como se fosse uma
névoa, deposite no chakra com toda a intensidade de sua mente.
Permaneça assim, sua atenção estimulando o chakra do plexo
solar, fazendo com que se desprenda uma energia morna e
poderosa. Essa energia penetra no mais profundo de sua alma,
aquecendo e iluminando como os raios de um sol. Sinta a paz e a
força que partem de você.
Inspirando o ar profundamente na cor verde como se fosse
uma névoa, deposite no quarto chakra, conhecido como
Cardíaco, localizado no meio do peito, que se abre para frente.
Simplesmente sinta essa região, sem expectativas, nem
objetivos. Essa atenção produz em seu chakra cardíaco uma
vibração que se espalha em ondas suaves, ondas de energia que
fazem esse centro de força entrar em movimento giratório,
abrindo-se como uma flor.
Imagine que essa flor abre suas pétalas conforme gira lenta e
suavemente sua cor esverdeada intensifica seu brilho partindo
raios de luz, despertando em você muito amor e harmonia que te
liga aos planos mais altos.
Sinta junto de você uma presença angelical, um ser amigo que
te ampara, protege e orienta em todos os momentos de sua vida.
Fique com esse sentimento de amor e com a certeza de que você
nunca está sozinho.
Passando a atenção para o próximo chakra, o da laringe, que
se localiza na cavidade do pescoço, inspirando o ar na cor azul
clara, como se fosse uma névoa, deposite-o com intensidade.
Somente perceba essa região, dedicando sua atenção, sem
esperar nada, sem objetivos. Sua atenção anima o chakra da
garganta, você percebe que ele começa a vibrar em círculos,
espalhando um brilho azul suave por todo seu íntimo.
Dentro de você sinta que sua vida se torna clara, ampla, livre e
ilimitada. Tudo nesse momento se transforma dentro de você,
todas as possibilidades se ampliam e você percebe que tudo pode,
que tudo sabe.
Nesse momento você se aceita como é e deixa essa sua nova
energia interna se irradiar livremente e abertamente para fora,
contagiando a todos, ao ambiente e ao planeta.
Concentre sua atenção no chakra Frontal, situado na testa, com
abertura para frente. Inspire profundamente e ao fazê-lo visualize
o ar na cor azul escuro, índigo. Concentre sua atenção no chakra,
envolvendo-o numa névoa nessa cor e lhe transmitindo energia.
Essa energia estimula uma vibração que se espalha em círculos
de uma forma sutil. Deixa uma sensação de calma profunda e
quietude, um silêncio absoluto das profundezas das águas.
O silêncio é cada vez maior, seus pensamentos estão claros,
nítidos, na superfície da mente. Sua consciência torna-se plena,
desse silêncio chega até você em forma de intuição, imagens, sons,
sensações ou compreensões diretas.
Enquanto você permanece com essas sensações, encaminhe sua
atenção para o chakra coronário, situado no alto da cabeça, que
se abre para cima. Coloque somente atenção no alto da cabeça e
de uma pequena abertura visualize uma luz clara e violeta
brilhando no seu interior.
Imagine que você entra no seu interior como num templo
sagrado e de lá vê uma nova abertura, como um teto que por ele
penetra uma luz branca e brilhante que se derrama sobre você e
penetra pelos seus poros te preenchendo completamente.
Nesse momento você se torna pleno. Você reconhece que essa
luz brilha dentro de você desde o começo, que ela te une ao
criador e juntos vocês se tornam um.
Repouse nessa luz, sem desejar ou querer nada. Simplesmente
usufrua dessa magnitude do momento e se deixe iluminar. Você
voltou a sua origem e essência, você chegou ao fim da sua
viagem...
Essa luz permanecerá para sempre dentro de você, dentro de
sua alma. Permita que isso permaneça em sua vida e dentro do
seu mundo.
Vá voltando sua atenção novamente para o seu corpo,
espreguice-se, respire profundamente e sinta que você está de
volta no aqui-e-agora. Com os olhos fechados ainda, sinta mais
uma vez todas as emoções e sensações que essa viagem te
despertou e com calma abra os olhos.
Arranje um espaço confortável e calmo, onde não seja perturbado. Antes de começar a meditação,
assegure-se SEMPRE que se rodeia com a luz branca de Deus. Ou pode imaginar ser uma bolha de luz.
Invoque Deus, os seus Anjos, os Mestres ou os Guias para o protegerem. Para começar a Meditação,
sente-se numa posição confortável, ou no chão com uma posição yogi ou numa cadeira, com as costas
apoiadas. Certifique-se que a roupa não está demasiado apertada. Sente-se calmamente, observando
com os olhos tudo o que o rodeia. Escute os sons, permitindo que os ouvidos os recebam. Sinta os
músculos começarem a relaxar. Concentre-se num objeto tal como a chama de uma vela ou uma
mancha branca numa parede e sinta o seu corpo a relaxar ainda mais. Permita que os seus olhos se
fechem suavemente e sinta os músculos à volta os olhos a relaxar.

Concentre-se na sua respiração. Respirar é o movimento do prana, que é vida/força e vida/energia


que tem duas polaridades, a inspiração e a expiração. Note que a inspiração é fria e a expiração é
quente, Torne-se agora ciente da vibração cósmica do som. Este som é a ausência de som do AUM ou
OM (o som do universo). Sinta o seu corpo começar a descontrair cada vez mais enquanto você
continua a fazer pequenas respirações profundas através do nariz, e exala através da boca.

Comece a focar o seu conhecimento no espaço a seguir ao nariz, entre as duas sobrancelhas, a área
conhecia como o terceiro olho. Mantenha-se focado nesse ponto durante todo o tempo que restar para
a meditação. Enquanto faz isso, a sua respiração irá encontrar o seu próprio ritmo e você irá tornar-se
menos ciente dela porque se mantém focado no terceiro olho. Se os pensamentos começam a chegar à
sua mente, veja-os como nuvens que passam e fora da cabeça. Mantenha-se sentado e num estado
descontraído. O resto da viagem é seu.

Não se preocupe se a viagem dure somente alguns momentos. Com o tempo e com a prática, será mais
fácil e mais natural.

Estabeleça uma hora certa para a sua prática, em que não haja perturbação, em que não seja
interrompido e crie a disciplina de fazer a sua meditação com regularidade. Os benefícios
recompensam, de longe, o treino intenso.

Qual é a primeira técnica para alterar a respiração?

T: São as técnicas de yoga que foram adquiridas durante séculos. O indivíduo deve seguir a
orientação de um técnico yoga.

H: O primeiro procedimento para alterar a técnica da respiração de alguém, é aprender a respiração


yoga?

T: E outras técnicas de yoga. Todas a técnicas de yoga criam o equilíbrio do corpo. Uma vez que haja
equilíbrio, o corpo ajustar-se-á à respiração por um ato da vontade.

H: Por favor, podes explicar melhor?

T: Ninguém pode comunicar telepaticamente com o Reino mais Alto ou com seres de outros planetas
senão quando a consciência se erguer acima da vibração do corpo, ou se erguer mais alto do que a
vibração do corpo físico.

H. Por favor, explica porquê e como, a respiração é o factor principal para submeter o sistema nervoso
vegetativo, de modo a que as capacidades telepáticas possam ser focadas.

T: A respiração é o principal transportador ou fonte de energia. Quando, de algum modo, o poder da


respiração é alterado, quer seja por diminuir a força da entrada ou da saída, ou alterar a frequência, o
sistema vegetativo também fica alterado.

A quarta dimensão não distingue o você do eu; antes, contem somente mensagens. O mecanismo da quarta
dimensão funciona da seguinte forma: uma mensagem é gravada na mente, e isso se reflete na esfera mais
próxima, que é o corpo e a vida cotidiana. Portanto, não existem segredos na quarta dimensão. No mundo da
quarta dimensão e diante de Deus, nada é encoberto, tudo é visto claramente.
Se falhamos e, consequentemente, concebemos um pensamente errôneo, devemos ser curados com Palavra
do Antigo e do Novo Testamentos. A Palavra de Deus é uma Palavra que pertence a quarta dimensão espiritual.
Jesus disse: “As palavras que eu lhes disse são espírito de vida” (João 6.63). A Palavra tem o poder de
transformar a mentalidade das pessoas. A terceira dimensão será modificada quando a mentalidade for curada
pela Palavra.

O terapeuta holístico Leonel Vicente ressalta que a quarta dimensão vem a ser, no caso, “um estado de
espírito” para quem vive na Terra. “Podemos verificar já mudanças no planeta, que encaramos como
relacionadas à quarta dimensão, que tem a ver com essa questão do tempo [onde tudo passa mais rápido]”,
afirma.